Monday, May 30, 2005

 

Eu Sou Eu, Eu Sou Livre - 2


2. Defendendo o Dogma

Junto com a ilusão de que somos livres, existe a ilusão de que somos diferentes. Parece uma contradição, mas não é.

Somos únicos dentro de nossa consciência multidimensional, mas dentro da visão limitada da “Zona Livre de Embaraços” existem “diferenças” sem fim, que nós chamamos dogmas que, na verdade, não são diferentes. David Icke passa a fazer uma comparação dos métodos de terrorismo [para incutir medo] aplicado pelas religiões católica, judaica e islâmica, visando todas o mesmo fim: manipular os fieis, via medo. Todas dizendo que Deus está de seu lado, e portanto elas podem praticar a matança das pessoas entre si, em nome de Deus. Existe um tema comum nessas religiões: atemorizar a população para fazer ela se conformar aos seus ditames. Ninguém “nasce” um cristão, um judeu ou um muçulmano. As pessoas são condicionadas para se tornarem um cristão, judeu ou muçulmano após seu nascimento.

Nós continuamos a acreditar demais e pensar de menos. Intuitivamente, nos “sentimos” menos ainda. A rigidez e a manipulação das “crenças” [dogmas e preconceitos] é a forma como somos controlados. Os conflitos através das eras não têm sido entre opostos, mas versões do mesmo estado mental: o desejo de controlar os outros. Além das religiões, pode-se citar, por exemplo, os esquemas políticos: o Comunismo [extrema esquerda] não é diferente do Nazismo [extrema direita]. A extrema esquerda, simbolizada por Josef Stalin, acredita em controle centralizado, ditadura militar e campos de concentração. A extrema direita, simbolizada por Adolf Hitler, acredita em controle centralizado, ditadura militar e campos de concentração. Conseguiu ver diferença? Claro que não. Comunismo e Nazismo não lutaram pela liberdade na Segunda Guerra Mundial; foi uma guerra para decidir qual aspecto do mesmo padrão de pensamento iria controlar as terras da Europa Oriental.

Em toda as Zonas Livres de Embaraços dos dogmas religiosos, políticos, “científicos” e econômicos você encontra estes não-opostos [ “oppo-sames”, no dizer de DI ] brigando e condenando-se entre si. A velha tática de dividir para governar sobre todos. Não se pára uma ditadura com outra ditadura. Você não pára a violência com violência [Vide o Bush, com sua “guerra ao terrorismo”...]. E você não elimina o ódio com mais ódio. Você apenas dobra o ódio. Nem você remove divisões abanando sua bandeira, colocando os desejos de seu país acima das necessidades dos outros do planeta, e dizendo que sua pátria e população é a melhor do mundo.

Você pára uma tirania com liberdade para todos; você termina a violência sendo pacífico; você elimina o ódio com amor; você termina o dogma com liberdade de expressão; e você remove as divisões compreendendo que todos nós somos UM – todos aspectos da mesma consciência infinita que chamamos Deus.

Dentro da Zona Livre de Embaraços existe muito poucas diferenças entre as pessoas, em suas atitudes básicas e respostas. As pessoas são aspectos do mesmo rebanho. É fora da Zona que descobrimos nossa verdadeira situação única. No interior, as “diferenças” precisam ser fabricadas para nos presentearmos com a ilusão de escolha e de variedade, caso contrário iríamos logo perceber que a humanidade é um conjunto de pensamentos programados e uniformes. Esta é a razão para os “iguais” serem apresentados como “opostos”. Opostos não brigam entre si. Os não-opostos brigam entre si. O oposto do desejo de brigar e de se impor é o desejo de amar e de libertar. Estes opostos não podem brigar porque um irá sempre se recusar a fazer isso. Portanto, quando você ver conflito físico e verbal isto será sempre entre aspectos do mesmo estado mental – não-opostos – e nunca entre opostos. Aqui reside toda a base do dividir-e-governar: criar divisões com “diferenças” fabricadas, não existentes, e , então, por as partes uma contra a outra.

Recapitulando, a humanidade está em uma prisão porque:

a. Ela entrega a outros sua mente e entrega a outros sua responsabilidade e poder de pensar por si mesma.

b. Ela é consumida pelo temor, especialmente o medo do que a outra pessoa vai pensar de você – o medo de ser diferente e único.

c. Ela procura impor seus dogmas sobre todos e nega o direito de cada um de nós de ser diferente e de ter nosso ponto de vista próprio e único.

Em vista disso, para escapar da prisão global é óbvio:

a. Pensar por nós mesmos e recusar que outros nos diga o que fazer, ser ou dizer.

b. Sumir com o medo, já que o medo é nossa criação. Não precisamos ter medo, se escolhermos isso. Não precisamos esconder nossa unicidade, se escolhermos isso. Podemos facilmente fazer uma outra escolha.

c. Respeitarmos nosso direito próprio de acreditar naquilo que escolhermos e, crucialmente, respeitarmos o direito de todo mundo fazer o mesmo, livre de pressão, de ridículo, condenação e imposição de qualquer espécie.

Nestas poucas sentenças você tem os meios para transformar este mundo, de uma prisão para um paraíso. Nenhum revolver precisa ser disparado, nenhuma trincheira precisa ser cavada, nem mais um movimento político precisa ser criado. Tudo que precisa é que você respeite o seu direito de ser diferente e de respeitar o direito de todos de ter essa mesma liberdade.

Sim. É só isso.

Paz e amor, Rui.

Labels:


Sunday, May 29, 2005

 

Oxigênio e Saúde - 13


Já que temos falado sobre água oxigenada, acabo de receber um e-mail [vide abaixo] sugerindo seu uso para combater a gripe [causada por um vírus e, portanto, matável com H2O2, evitando a vacina]. Basicamente, a remetente sugere colocar 2 gotas
de H2O2 10 volumes [= 3%] em cada ouvido antes de ir dormir [deve fazer um pouco de barulho no ouvido, mas não precisa se apavorar com isso, são os vírus da gripe morrendo!]. Se a garganta também já estiver incomodando, ela sugere que se faça, adicionalmente, um bom gargarejo com esta água até aliviar esse incômodo. A dica está dada [funcionou para a pessoa do e-mail abaixo].

Um abraço, Rui.

"This has worked for me. Be blessed, Patti

The Flu Shot [avoid it!]

The flu season has arrived. I saw a commercial on the TV, and it told me so. And I saw the sad line-ups of people looking to be saved from this menace. Instead of assaulting your immune system with a vaccine or buying their symptom suppressant, try this:

Take two drops of 3% H2O2 (hydrogen peroxide) in both ears before retiring each night. The flu virus enters the ears, not the mouth. It has a short life span but while there, it lays its eggs and once hatched, they proceed
into the body hatching more as they travel eventually ending up in the lungs. If you feel for the first time a tickle in the throat, this means it's where they have progressed and in a couple days, they will be in the lungs. Gargling with H2O2 until the tickle stops will quite often kill them in the throat if caught soon enough.

If you use preventive measures now, you won't need any luck getting through another season. Of course if your immune system is strong, it alone will fight off the buggers and you need not worry about becoming another statistic."

Labels: ,


 

Eu Sou Eu, Eu Sou Livre - 1


1. A Manada Desnorteada

Afinal, quem é você? O que encontra-se atrás dos seus olhos? Quando você olha em um espelho, o que você enxerga? Você vê o verdadeiro você ou aquilo que você foi condicionado a crer que é você? Os dois são tão tão diferentes! Um é uma consciência infinita capaz de ser e criar tudo aquilo que escolhe, e o outro é uma ilusão aprisionada por suas limitações percebidas e programadas.

Que beleza é viver na terra da liberdade. Você é livre para ver as notícias e os jornalistas e correspondentes te dizerem, sem questionamento, a explicação oficial dos eventos – explicações projetadas para garantir que você veja o mundo da forma desejada por eles e que reaja da forma desejada. Você está livre para fazer o que nós dizemos a você; livre para pensar da forma que dissermos a você; livre para viver da forma que dissermos para você. E você está inclusive livre para morrer como nós dissermos a você, nas guerras friamente criadas para destruir, controlar e manipular.

Deixamo-nos transformar em um rebanho. Uma vez que nós aceitamos a mentalidade de rebanho, nós podemos ser controlados e dirigidos por algumas poucas pessoas. E nós somos! Nós paramos de pensar por nós mesmos e entregamos fora as nossas mentes [poder]. Quando nossas respostas ao medo são ativadas, nós corremos para aceitar o que nos for imposto.

É razoavelmente fácil alguns controlarem toda a população do planeta, quando você controla a educação [na realidade, a doutrinação] e os meios de comunicação – as fontes de “informação” e as mensagens [mantras] que bombardeiam a mente consciente e subconsciente desde o berço até o túmulo.

Vá a uma rua lotada e observe as pessoas que passam. Você não está vendo o todo real e infinito delas. Você está olhando para a máscara que elas projetam para o mundo. É a máscara que elas acreditam ser aceitável para o resto dos prisioneiros, para evitar ser ridicularizado ou condenado por pensar e agir de forma diferente às demandas da Zona Livre de Controvérsias/Embaraços.

Se você deseja ser livre, pare de viver uma mentira. Pare de negar você mesmo. Você é um aspecto único de tudo que existe, a soma total de todas as suas experiências únicas desde que você primeiramente tornou-se uma consciência, uma infinidade de tempo atrás. Esta é uma razão para ficar alegre. Não existe nenhum aspecto da consciência, em toda a criação, que é igual a você. Você é especial, assim como todo mundo é igualmente especial. Mas, ao invés de sermos alegres e orgulhosos de sermos especiais, nós acabamos deixando que esta situação única se transformasse em algo a se temer: “Oh meu Deus!”

É comum sucumbirmos ao mito sobre “homem e mulher ordinária na rua” ou “pessoa comum”, à idéia de que as massas são apenas “ordinária” e apenas algumas pessoas, que são “extra-ordinárias”, conseguem algo na vida. Este sistema de crença nos diz que nós somos “ordinários” e, portanto, devemos saber qual é o nosso lugar. Na verdade, não existe um homem, mulher, criança ou folha de grama “ordinária” em toda a criação, mas as pessoas são persuadidas a acreditar nesse mito e, portanto, acabam atuando no papel de um ser “ordinário”. É um ato que eles foram condicionados a desempenhar, como um ator no palco. Ordinário não é o que somos, é meramente o que nós escolhemos acreditar que somos. Mas isso é muito poderoso no sentido de diminuir nosso senso de valor; é uma outra motivação para entregarmos nossa mente para aqueles que nós acreditamos que são “melhores” que nós. Tudo parte do condicionamento que inclui a baboseira de que nós nascemos todos pecadores, seja lá o que isso queira dizer.

Não ficamos com medo pelo que os presidentes, primeiros-ministros, banqueiros globais pensam a nosso respeito – é a reação de nossos amigos, família e colegas de trabalho que nos preocupa e nos amedronta para nos conformarmos. A reação dos outros escravos! A força policial mental, emocional e espiritual, que controla as massas, é formada...pelas massas. É como ter uma cela cheia de prisioneiros e quando um dos prisioneiros encontra um meio de escapar, todos os outros prisioneiros correm para bloquear a saída.

Preconceito é a palavra vital aqui. As pessoas são condicionadas para terem preconceitos contra outros membros e grupos dentro de cada cultura e sociedade, e essas diferentes formas de preconceitos são usadas para dividir e governar a manada. O preconceito pode ser racial, religioso ou político, ou baseado em antecedentes, ganho financeiro, tipo de trabalho ou estilo de vida. Isto permite a manipulação da consciência coletiva florescer e, no entanto, se parássemos de procurar impor NOSSA versão do certo e errado, bom e mal, moral e imoral, em cima dos outros, nós removeríamos os meios de tal manipulação global. Nós precisamos nos livrar de TODOS os preconceitos – AGORA!

Nós julgamos as pessoas, e a nós mesmos, não pelo que somos, mas por aquilo que possuímos ou por aquilo que “fazemos”. O “papel” que desempenhamos não é “nós”, assim como o personagem que um ator representa não é a personalidade real do ator. Nossos trabalhos e “papeis” são veículos temporários para adquirir experiência, só isso. Somos consciência em evolução em uma jornada eterna em direção de um maior amor, conhecimento e compreensão, mas nós nos esquecemos disto e nós temos sido encorajados a esquecer disto. Somos como atores que pensam que o filme é a realidade. É apenas um jogo, mas nós pensamos que ele é real. Estamos levando o jogo muito a sério. É apenas um filme e ele deveria ser alegre.

Democracia não é liberdade, é uma ditadura camuflada de liberdade. A mesma força controla, direta ou indiretamente, todos os principais partidos políticos e movimentos sociais. Quando você vota em uma eleição, você está escolhendo entre diferentes aspectos da mesma força. O dinheiro e a mídia decide quem torna-se presidente dos Estados Unidos e o dinheiro e a mídia são possuídas e controladas pelas mesmas pessoas. 30 pessoas dizendo a outras 49 o que elas devem fazer não é liberdade. Na realidade, a maioria dos governantes são eleitos por uma minoria da população. Liberdade é o direito de TODAS as pessoas expressarem quem elas são, o que elas pensam, e como elas desejam viver suas vidas: livres de imposição ou constrangimentos de ninguém. É poder celebrar nossa individualidade única sem regras, regulagem, ridicularização e condenação daqueles que procuram impor seus pontos de vista da vida sobre o resto de nós.

Até que aprendamos a respeitar nosso, e de todos, próprio direito de ser diferente, fazer nossas próprias escolhas, e criar nossas próprias realidades conscientes, livres de imposições e da pressão para nos conformarmos, nós iremos permanecer em uma prisão fabricada por nós mesmos. Continuaremos a ser, ao mesmo tempo, o policial e o prisioneiro. E um punhado de pessoas, com uma agenda muito desagradável, irá continuar a mandar no mundo. A escolha, como sempre, é nossa. Podemos aceitar a prisão ou podemos sair para a liberdade. A liberdade está distante de apenas um pensamento...

Referência: David Icke, "I Am Me, I Am Free: The Robots' Guide to Freedom"

Labels:


Friday, May 27, 2005

 

Luz da Vida e Luz da Morte - 15


O PAPEL DA LUZ NA SAÚDE


“O Super Nutriente” em Falta na Maioria dos Ambientes Iluminados Artificialmente

“O Super Nutriente” em falta na Maioria dos Ambientes Iluminados Artificialmente, é o alerta dos Cientistas.
Óculos pintados e escuros podem prejudicar sua saúde e deprimir o seu sistema imunológico e as glândulas endócrinas!

Um nutriente que viaja a 300.000 km/s de uma fonte localizada a 148,8 milhões de km de distância, junto com a comida, água e ar, fazem parte do sistema de suporte à vida na Terra.

É a luz do sol.

Mas a luz também provém de fontes criadas pelo homem, e é aí que mora um certo número de problemas.
O tipo errado de luz artificial pode transformar estudantes em pessoas irritadiças na escola, reduzir a produção entre trabalhadores de uma fábrica e tornar trabalhadores de escritórios preguiçosos.
A insuficiência de luz do tipo correto pode interferir com a absorção de cálcio nos idosos e contribuir para o enfraquecimento dos ossos, comprova estudos científicos.

Do lado positivo, a luz pode ser usada para controlar a icterícia (usando as chamadas “billy lights”, UV), nos recém nascidos. Ela também pode aumentar a produção de carne bovina; o Gado que passa por “dias mais longos” debaixo de uma luz artificial correta é de 10 a 15% mais pesados, sem aumento no consumo de comida.

A luz que os cientistas consideram um “super nutriente” é a luz de espectro total, a qual vem diretamente do sol ou lâmpadas fluorescente especiais que simulam a luz do sol. (Na verdade, apesar da designação dessas lâmpadas artificiais, elas não correspondem ao espectro total da luz solar). Lâmpadas incandescentes e a maioria das lâmpadas fluorescentes não produzem o espectro completo da luz. Isso contribui para a “má-iluminação”, afirmam os foto-biologistas, cientistas especializados no estudo dos efeitos da luz em criaturas vivas.

A ciência da foto-biologia é recente. Alguns foto-biologistas dizem que os médicos mostraram pouco interesse nesse assunto até mais ou menos 5 anos atrás. A Sociedade Americana de Fotobiologia foi fundada há apenas 8 anos atrás. Uma maneira de classificar a luz é através de uma tabela indicadora de cor com índice até 100. A lâmpada fluorescente de espectro total chega a 91; Fluorescentes brancas comuns, 68; outras fluorescentes, 56. Sob luz natural ou uma fonte artificial que duplique a quantidade de luz natural, há menos fadiga e stress nos humanos, aumenta-se a acuidade visual e a produtividade, revelam estudos.

Considere:

-As plantas que cresceram sob luz artificial que chega aproximadamente à duplicação do espectro completo da luz, podem florescer em dias marcados ao se controlar o tamanho do dia.

-Em fábrica de laticínios, ao mudar a quantidade de exposição à luz, das naturais 9 a 12 horas de luz por dia para 16 horas sob luz fluorescente de espectro completo, aumenta-se a produção de leite entre 10 e 15%.

-A luz de espectro completo é usada no tratamento contra sarna, icterícia neonatal e infecções de herpes simplex.

-Raios solares estimulam a glândula pineal, órgão do tamanho de uma ervilha localizado na cabeça. Estas glândulas secretam melatonina, um hormônio que parece controlar muitas funções corporais. Quando inserida em animais, a melatonina induz ao sono, inibe a ovulação e modifica a secreção de outros hormônios. Os experts dizem que tanto plástico como óculos de sol comuns ou lentes de contato bloqueiam alguns dos raios ultravioletas que viajam do olho até a glândula pineal.

-No Center for Improvement of Undergraduate Education, Ithaca, N.Y., estudantes trabalhando em classes com luz fluorescente próxima à luz solar, experimentaram um significativo aumento na acuidade visual e redução da fadiga, comparado com a performance regular sob luzes fluorescente.

-John Ott, Sarasota, Fla., um pioneiro na pesquisa da luz e saúde, nos últimos 50 anos têm alertado sobre o efeito maléfico de alguns tipos de luz. Anteriormente, não lhe deram muita atenção, mas agora há estudos básicos que dão suporte às suas idéias. Ott comentou que ele primeiro notou coisas estranhas acontecendo em criaturas vivas sob certos tipos de fonte de luz quando ele estava trabalhando em fotografias de lapso de tempo para os filmes de Walt Disney.

-No zoológico de Bronx, curadores dão crédito à luz de espectro total como contribuinte na sobrevivência de pingüins de crista, um tímido pássaro marinho, em cativeiro. Sob a influência do “brilho solar interno”, os pingüins, pela primeira vez, botaram ovos que chocaram.

-Coisas estranhas aconteceram no Zoológico Parque de Burnett em Syracuse, N.Y., quando a luz solar simulada foi instalada como esforço para diminuir o vandalismo. “O zoológico se tornou uma verdadeira sala de maternidade,” comentou o diretor Charles T. Clift. “Os pumas se apaixonaram novamente e produziram sua quarta cria, colhemos cinco ovos de ganso, no mínimo 8 cabritos nasceram e a população de veados cresceu em 20. A grande Lizzie deu cria a um ursinho. O mini canguru produziu um novo mini canguru e a chimpanzé ficou grávida.”

Phillip Huges Ph.D., um cientista da Duro-Test Corp., North Bergen, N.H., disse que os experimentos do zoológico de Syracuse é apenas um exemplo dos efeitos da luz natural ou semelhantes. Hughes é vice-presidente da Duron Test, empresa que fabrica a lâmpada fluorescente de espectro total mais usada mundialmente, Vita-Lite. Cientista especializado em ciências neurológicas, fisiologia e psicologia, Hughes afirma: “A luz é definitivamente um nutriente. Ela é essencial para a vida e todo o sistema endócrino. A luz tem o seu papel na ativação dos hormônios.”

A Vitamina D é sintetizada pela luz ultravioleta na pele. Os receptores da Vitamina D ajudam o desenvolvimento adequado dos ossos e previne o raquitismo. A Vitamina D facilita a absorção do cálcio.
“Sob luz longe daquela parecida com a vinda do sol, um estudo confirmou que a absorção do cálcio decaiu nos idosos quando estes permaneciam trancados dentro de casa. Mas aqueles sob luz de espectro completo obtiveram um aumento na absorção do cálcio.”

Em um livro que está para ser lançado sobre a medicina holística, produzido com fundos do Instituto Nacional de Saúde Mental, Hughes comenta: “Junto com a comida, ar e água, a luz solar é a o fator mais importante na sobrevivência da vida humana. A radiação solar ativa outros importantes eventos bioquímicos em nossos corpos evolvendo o controle endócrino, temporização do nosso relógio biológico, regulação do nosso ritmo de 24 horas, prontidão do sistema imunológico, desenvolvimento sexual, regulação do stress e fadiga, controle viral e de infecções gripais e alívio nas desordens do sistema nervoso.”
Ele diz que as duas ou três ultimas gerações são as primeiras a passar 3/4 de suas vidas sob luz artificial. “Nós ainda não sabemos completamente o efeito disso”, comenta.

Sob a luz de espectro total, relatórios científicos russo demonstram que a produção aumenta e o absentismo diminui. Este tipo de luz é obrigatório em muitos locais de trabalhos na Rússia. Em escolas russas, foi demonstrado que a luz de espectro completo ou tratamento ultravioleta ajuda na performance acadêmica, melhora o comportamento estudantil e alivia a fadiga. Os Russos praticam a terapia de luz nos mineiros de carvão que passam suas horas de trabalho longe da luz natural. Uma vez ao dia os mineiros têm que se despir e passar meia hora sob luz natural ou sob iluminação artificial de espectro total. Hughes diz que os Russos relataram que este regime é útil tanto para a prevenção como para o tratamento da doença do pulmão preto. “Pesquisadores Russos e especialistas documentaram que a tolerância do corpo aos poluentes ambientais aumentou com o uso da luz de espectro total, a qual também aumentou a efetividade dos procedimentos de imunização”, comenta Hughes.

O governo do oeste alemão restringe o uso de lâmpadas fluorescentes frias de espectro limitado em prédios públicos por causa do seu espectro distorcido.

Ott, pioneiro e expert na saúde e luz, sustenta que aquelas luzes a vapor de sódio, agora oferecidas como o ultimo avanço tecnológico, não reproduzem a espectro total da luz natural. “Fort Worth, distrito escolar no Texas, foi um dos primeiros a instalar iluminação de sódio em talvez uma dúzia de colégios. E foi um dos primeiros a removê-la por reclamações de ambos professores como alunos, relatando dores de cabeça, cansaço visual ou outros problemas relacionados com a saúde", relata Ott. Ott sustenta que outro grande problema com todos os tipos de lâmpadas que descarregam gases, incluindo as de vapor de mercúrio e fluorescentes de espectro limitado, é que elas emitem radiação que brutalmente enfraquecem a força muscular, afetando tanto a realização acadêmica como o comportamento.

Um artigo recente da revista Consumer´s Research comenta sobre o risco à saúde relacionado com algumas lâmpadas fluorescentes, sugerindo novos testes às industrias e ao governo. “Há boas razões, em nossa opinião, para as agências governamentais e os engenheiros industriais, para se iniciar imediatamente programas de pesquisa em laboratório sobre os efeitos das características espectrais da luz artificial em animais usados para pesquisa e em seres humanos", diz o artigo.

Um psiquiatra que usa luz em sua terapia é o Dr. H.L. Newbold de Nova Iorque. “Antes de começarmos a nos civilizar em semi-invalidez, nós recebemos uma abundância de luz de espectro completo: a do tipo que a natureza nos provê em forma de luz solar,” comenta NewBold, autor de “Mega Nutrients for Your Nerves”.
“Uma vez que nós todos nos escondemos por de trás de mesas de escritório ou em nossas poltronas na sala de estar, a ciência eficientemente nos fornece com luz elétrica.” “Se sua empresa está realmente atualizada você provavelmente está trabalhando sob luz fluorescente, a qual talvez possa ser o sonho do engenheiro industrial com a perfeição – mas acontece de ser o dispositivo mais deficiente em nutriente de todos os dispositivos de iluminação.” “Até aquelas lâmpadas comuns são preferíveis à total artificialidade do ambiente fluorescente”. Newbold usa iluminação de espectro completo no seu escritório e possui um plástico especial no lugar do vidro nas janelas do seu escritório que permitem a entrada ultravioleta da luz natural do dia.
Para permitir o ultravioleta da iluminação de espectro completo seguir o seu caminho para o cérebro, ele sugere lentes especiais para os óculos e acordos para seus pacientes.

No tratamento da icterícia amarela, os recém nascidos tinham transfusão sangüínea completa. Isso era assim até uma enfermeira notar que um bebê ictérico parecia estar melhorando sozinho. O berço do bebê estava perto de uma janela aberta, e a luz natural estava entrando. Os bebês perto da parede e fora do alcance dos raios solares não estavam indo tão bem quanto esse. Então o tratamento foi experimentado em bebês com icterícia, e funcionou. Agora quase 25.000 recém nascidos por ano, recebem o tratamento.

De fato, três bebês famosos receberam o tratamento alguns anos atrás no Columbia-Presbyterian Hospital em Nova Iorque. Três dos quíntuplos Kienast tiveram icterícia e foram curados pela luz de espectro completo. Quando foram pra casa, foram para o berço junto com uma luz de espectro completo.

Como que a iluminação e os óculos pode afetar seu temperamento:

O tipo de iluminação em sua casa e escritório pode afetar seu humor e ajudar a prevenir ou curar artrite e outras doenças, um expert revelou. Até mesmo a cor da tinta nas lentes que você usa nos seus óculos ou óculos de sol pode roubar sua energia ao prevenir certos tipos de comprimentos de ondas de entrar no seu sistema, de acordo com John Ott, diretor do Enviromental Health and Ligh Reseatch Institute of Sarasota, Fla.

“A luz está bem documentada que ao entrar nos olhos influencia as glândulas mestres, a pituitária e a pineal, as quais controlam todo o sistema endócrino.” Diferentes tipos de condição de iluminação englobam a natural, luz solar sem filtragem, lâmpadas incandescentes, luz fluorescente, luz solar filtrada por diferentes tipos de vidro e a luz solar refletida em interiores de diferentes cores.

Em experimentos feitos com estudantes do primeiro ano de graduação em Sarasota, pesquisadores encontraram que crianças que trabalham em salas de aula com lâmpadas fluorescentes frias brancas são mais hiperativas do que estudantes em outras salas de aula com tubos fluorescentes de espectro completo que duplicam a luz natural, mas com escudos que barram as radiações maléficas.

“Sob a luz comum, lâmpadas fluorescentes brancas frias, alguns dos estudantes do primeiro ano de graduação mostraram fadiga nervosa, irritabilidade, lapsos de atenção e comportamento hiperativo”, relata Ott, autor de Health And Light (Livro de bolso, $1,95). “Dentro de uma semana depois que as novas luzes foram instaladas, as crianças se sentavam e prestavam mais atenção aos seus professores.”

Dr. Ott diz que tipos diferentes de luz podem também ter efeito no curso de doenças. Experimentos com ratos demonstraram que os ratos que viviam sob luz fluorescente rosa desenvolveram câncer mais rapidamente do que aqueles que viviam sob luz fluorescente branca e luz natural. Óculos de sol pintado podem também afetar seu físico e comportamento psicológico porque eles bloqueiam certas cores do espectro da luz que você precisa pra a saúde, declara Ott.

Ele diz que convenceu um homem com câncer de próstata a parar de usar óculos pintado de rosa. “Por três anos ele usou novos óculos transparentes que deixam passar o espectro completo ultravioleta, e aparentemente, seus problemas desapareceram.”

Notas Especiais:

Nossos amigos, Dean e Mary Hardy, autores de “Pyramid Energy Explained”, nos disse que eles têm visto mais pessoas que têm tido envenenamentos por mercúrio em seus sistemas. Através de investigação para saber onde essas pessoas moravam e seus estilos de vida pessoais, eles encontraram que na maioria dos casos, estes indivíduos estavam sendo expostos à sistemas de iluminação por vapor de mercúrio. Estas pessoas foram encontradas dormindo sob luzes de poste nas ruas que eram do tipo de vapor de mercúrio. Depois de uma certa quantidade de tempo, a freqüência com a qual o mercúrio ressoa seria absorvida pelo corpo. Algumas dessas pessoas bloquearam a luz que refletia dentro de seus quartos o que finalmente corrigiu o problema.

Uma observação que eu fiz no meu local de trabalho: Uma iluminação a vapor de mercúrio foi instalada do lado de fora do nosso prédio há alguns anos atrás. Desde aquele tempo, nós tempo tipo problemas com o crescimento da grama naquela área. Agora nós precisamos trocar freqüentemente a grama morta por novas. E mais, nós temos tido problemas com insetos. Certamente, as lâmpadas de sódio liberam uma luz amarela a qual faz os insetos irem pra longe, então isso deve cuidar do problema com insetos.

E mais, nós os remetemos à idéia de Tesla que diz, qualquer FONTE RADIANTE está emitindo extremamente energéticas e altamente carregadas PARTÍCULAS FÍSICAS. Ele indicou que esta matéria altamente energética poderia estar sendo colhidas e acumuladas usando as técnicas apropriadas.

Isso então não oferece a possibilidade de que o vapor de mercúrio, sob a influência das altas correntes potenciais, pode estar se acumulando nos tecidos do corpo?

Fonte: http://www.sumeria.net/health/light

Leitura recomendada:

Explorando o espectro – Os efeitos da luz artificial e natural no processos biológicos e saúde, por Dr. John Nash Ott

Fonte traduzida de: www.davidicke.com - David Icke´s Web Site.
Traduzido por: rauser@bol.com.br

Labels: ,


 

Luz da Vida e Luz da Morte - 14


Existem FATOS e exitem INTERPRETAÇÕES DOS FATOS, assim como existe uma CAUSA fundamental e suas várias CONSEQÜÊNCIAS. É muito comum trocarmos a ordem das coisas e errarmos em nossas conclusões. Ao fazermos jejum podemos nos SENTIR mal. Muitos concluem, portanto, que jejum FAZ mal, não enxergando o processo curativo que está em andamento. Exemplos nesse sentido podem ser dados aos borbotões...


Em muitas praias, existe uma vegetação rasteira que lança delicadas florzinhas, que se mantêm belas tomando todo o sol, da manhã até a noite. Todos os animais que vagam sobre a terra, também ficam expostos ao sol durante a maior parte do dia e passam muito bem dessa forma. Seres humanos, quando exposto dessa mesma forma ao sol, podem apresentar problemas na pele. Uma interpretação possível para isso: o sol faz mal à saúde [assim como: o jejum faz mal]. Por que o sol ajuda as flores e aos animais, e, aparentemente, nos prejudicaria? Porque o sol encontra em nosso corpo um material de baixa qualidade, e sendo ele um poderoso limpador e bactericida, ele efetua uma batalha de limpeza no nosso corpo, que pode deixar algumas seqüelas. Porém, a longo prazo, vivem mais e melhor as pessoas que possuem maior exposição ao sol e ao jejum...

Paz, saúde e muito sol para todos(as)
Rui.

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 2


HUMANIDADE: REPRODUTORA OU CRIADORA?

Aqui na Terra nossa humanidade precisa aceitar definitivamente o fato comprovado de ela não ser mera reprodutora da espécie, e sim criadora de mundos, capaz de reinventar seus passos entre o céu e a terra, em vez de convencer-se de tudo ser repetição do que já foi feito antes. Ao contrário do que muitos filósofos afirmaram, nada se repete, e se por acaso parece que, sim, tudo retorna e se repete, isso resulta do escasso tempo concebido para compreender a evolução de nossa humanidade. A repetição, a reprodução do que já foi feito, esses são sinais de uma ideologia decadente, que tenta impedir a consciência humana recuperar seu merecido lugar, a de criadora de mundos, desvinculando-se da postura de ser mera reprodutora do que outros fizeram.

Labels:


Thursday, May 26, 2005

 

Ligação entre Pesticidas e Doença de Parkinson


Estudo indica ligação entre pesticidas e Parkinson


Quinta, 26 de maio de 2005, 15h49

A antiga suspeita de que a exposição a pesticidas estaria ligada ao aparecimento do mal de Parkinson ganhou força com a publicação de um estudo liderado pela Universidade de Aberdeen, na Escócia. A pesquisa, divulgada na edição eletrônica da revista New Scientist, avaliou mais de três mil pessoas (767 portadoras do mal de Parkinson) em cinco países europeus: Escócia, Itália, Suécia, Romênia e Malta.

Os estudados tinham por volta de 60 anos e histórico de vida e saúde bastante semelhantes, mas eram expostos a pesticidas em freqüências diferentes. "Nossa avaliação mostrou que o uso de pesticidas tem uma influência importante no risco ocupacional de desenvolvimento de Parkinson", disse à revista Anthony Seaton, que dirigiu a pesquisa.

Segundo os cientistas, os que praticam jardinagem e por isso são expostos a índices elevados de pesticidas são até 43% mais propícios a desenvolver Parkinson do que os que não se expõem aos produtos. Em pessoas que se expõem com uma freqüência menor, este índice é de 9%.

O mal de Parkinson é uma doença neurológica e degenerativa incurável, que afeta os movimentos. A pesquisa não identificou que tipo de pesticida traria mais riscos à saúde e cientistas apressaram-se a frisar que os fatores genéticos e hereditários são o que, até agora, mais influem no desenvolvimento do mal de Parkinson.

O comitê que aconselha o governo britânico sobre pesticidas pediu avaliações mais específicas, que abordem os produtos químicos individualmente.

BBC Brasil

Labels: ,


 

AIDS: O Grande Truque dos Illuminati


AIDS: O Grande Truque dos Illuminati

O vírus HIV NÃO causa Aids. O HIV não causa nada! Essa declaração é surpreendente, dada a propaganda e a aceitação do meio científico e, através dele, do público, de que o vírus HIV é o único causador da Aids. O HIV é um vírus fraco e não desmantela o sistema imunológico. Nem é a Aids passada sexualmente. Existem dois tipos principais de vírus. Usando uma analogia de avião, você poderia chamar uma linhagem desses vírus de um vírus “piloto”. Ele pode mudar a natureza de uma célula e levá-la para a doença. Isto normalmente acontece muito rapidamente após o vírus se instalar. E existe o vírus “passageiro” que vive fora da célula, pegando uma carona, mas nunca afetando a célula até causar doença.

O HIV é um vírus passageiro.

Portanto, por que razão ele se tornou o vírus bicho-papão do mundo? A pessoa que anunciou que o HIV causava Aids foi um norte-americano, Doutor Robert Gallo. Desde então ele tem sido acusado de má conduta profissional, seu teste tem sido denunciado como fraudulento e dois dos executivos de seu laboratório foram condenados por ofensas criminosas. Dezenas de milhões de pessoas são testadas para identificar anticorpos de HIV todo ano e o Dr. Gallo, que patenteou o seu “teste”, ganha seu direito autoral [royalty] em cada um deles. Luc Montagnier, um parceiro de Gallo na teoria HIV-causa-Aids, acabou admitindo em 1989: “o HIV não é capaz de causar a destruição do sistema imunológico que se observa em pessoas com Aids”. Cerca de 500 cientistas no mundo inteiro concordam com ele. Assim como o Dr. Robert E. Wilner, autor do livro ‘A Trapaça Mortal: A Prova que Sexo e HIV certamente não causam Aids’.

O Dr. Wilner inclusive injetou-se com o vírus HIV em um programa de entrevista na televisão, na Espanha, para provar suas alegações. Outros médicos e autores chegaram à mesma conclusão, entre eles Peter Duesberg, PhD, e John Yiamouyiannis, PhD, no livro deles ‘Aids: A Boa Notícia é que HIV não a causa. A Má Notícia é que “Drogas de Recreação” e Tratamentos Médicos, como AZT, causam’. Este é um título longo, mas resume a situação. As pessoas estão morrendo de Aids por causa doo tratamento usado para “tratar” Aids! Funciona dessa forma. Agora é aceito pelo sistema social e pelas pessoas que o HIV causa Aids, tendo o sistema construído este mito em todo diagnóstico e “tratamento”. Você vai ao médico e te dizem que o seu teste HIV deu positivo [positivo apenas para os anticorpos de HIV, a propósito, eles na realidade não testam com respeito ao vírus em si]. Por causa da propaganda, muitas pessoas já começam a morrer emocionalmente e mentalmente quando elas são comunicadas que elas são HIV positivas. Elas foram condicionadas a acreditar que a morte é inevitável.

O medo da morte leva elas a aceitar, geralmente exigir, os “tratamentos” mais modernos que supostamente param a ocorrência da Aids [eles não param]. O remédio mais famoso é o AZT, produzido pela organização Wellcome, cujo dono, vejam só, são os Rockefellers, uma das famílias chaves da manipulação na Nova Ordem Mundial.

O AZT foi desenvolvido como uma droga anti-câncer para ser usada em quimioterapia, mas descobriu-se que era muito tóxico inclusive para isto! O efeito do AZT no “tratamento” do câncer era matar células – simplesmente isso – não apenas matar as células cancerosas, mas matar células, cancerosas e saudáveis. A questão, e isso é aceito inclusive no meio médico, era: iria o AZT matar as células cancerosas antes que ele matasse tantas células saudáveis que ele matasse o corpo? Esta é a droga usada para “tratar” HIV. Qual é o seu efeito?

Ele destrói o sistema imunológico, portanto CAUSANDO a Aids. As pessoas estão morrendo devido ao tratamento, não devido ao HIV. A Aids é simplesmente o colapso do sistema imunológico, para o qual existem inúmeras causas, nenhuma das quais passa através do sexo. Essa é outra trapaça que tem gerado uma fortuna para os fabricantes de camisinhas e tem criado um medo enorme em torno da expressão de nossa sexualidade e da liberação e expansão de nossa força criativa.

O que aconteceu desde a Grande Trapaça da Aids é que agora qualquer pessoa que morre devido a um sistema imune deficiente é dita que morreu do termo que engloba tudo, Aids. Está inclusive embutida no diagnóstico. Se você for HIV positivo e você morrer de tuberculose, pneumonia, ou 25 outras doenças não relacionadas agora relacionadas pelos trapaceiros à Aids, você será diagnosticado como ter morrido de Aids. Se você não é HIV positivo e você morre de uma dessas doenças, você é diagnosticado como tendo morrido dessa doença, não de Aids. Isto manipula os números todos os dias, para indicar que apenas os HIV positivos morrem de Aids.

Isto é uma mentira!

Muitas pessoas que morrem de Aids não são HIV positivas e a razão para os números de mortes por Aids não terem subido como previsto é que a grande maioria das pessoas diagnosticadas como HIV positivas nunca desenvolvem a Aids. Por que?

Porque o HIV não tem nada a ver com Aids!

Qualquer coisa que destrua o sistema imunológico causa Aids e isso inclui as chamadas drogas recreacionais. A vasta maioria das mortes de Aids nos Estados Unidos envolve os homossexuais e isto perpetua o mito que isso tem algo a ver com sexo. Porém, os homossexuais nos USA estão entre os maiores usuários de drogas, que os médicos genuínos têm vinculado à Aids. As prostitutas que tomam drogas geralmente pegam Aids, as prostitutas que não tomam drogas invariavelmente não pegam Aids. O aumento do número de Aids nos Estados Unidos corresponde perfeitamente com o aumento do uso de drogas – a maior parte dela disponibilizada à população nas ruas por elementos de dentro do Governo dos EUA, incluindo Bill Clinton e George Bush. Na África, a destruição do sistema imunológico, agora conhecido como Aids, é causada pela má saúde – falta de boa comida, água limpa e efeitos gerais da pobreza. Hemofílicos não morrem do sangue infectado de HIV, eles morrem, como faziam antes da trapaça da Aids, de uma sutileza em seus próprios sistemas imunológicos. Seus sistemas imunológicos ligam-se a proteínas externas presentes no sangue injetado e em raras ocasiões podem ficar confusos durante este processo e passam a atacar a si mesmos. O sistema imunológico deles, efetivamente, comete suicídio. O HIV é irrelevante neste caso. No entanto, quantas pessoas hoje em dia, que foram diagnosticadas HIV positivas, estão tendo suas vidas arrasadas pelo medo de que os sintomas da Aids podem começar a qualquer momento?

O AZT é um assassino. Não existe um único caso do AZT ter revertido os sintomas de Aids. Como ele poderia fazer isso? Ele está causando os sintomas, pelo amor de Deus! A indústria da Aids vale hoje bilhões de dólares por ano e gera uma fortuna inimaginável para a indústria de drogas controlada pelos Rockefellers e pelos resto da Elite Global.

Referência: AIDS: The Great Con Trick, by David Icke.

http://saudeperfeitarfs.blogspot.com

http://saudeperfeita.weblogger.terra.com.br

Labels:


 

Oscar Quiroga - 1


OS HUMANOS CRIADORES DE MUNDOS


Aqui na Terra as perspectivas de nossa humanidade são tão diferentes de tudo que ela já experimentou, que se tornou muito perigoso aferrar-se às estratégias do passado para solucionar os problemas atuais, ou mesmo os futuros. Para piorar a situação, a cultura se caracteriza pelo seu conservadorismo, que resiste à imprescindível criatividade com que se devem tratar os assuntos institucionais e sociais. Agora, e no futuro, será melhor errar por atrever-se a experimentar do que por pretender assegurar-se no terreno supostamente prudente das estratégias consagradas no passado. Mais do que nunca, nossa humanidade precisa ser quem ela é, uma espécie capaz de criar, de reinventar tudo. Nós não somos meros reprodutores, somos criadores de mundos.

Labels:


 

Oxigênio e Saúde - 12


Como temos comentado, uma fonte fundamental de energia nutriente é o oxigênio. Em yoga, chega-se a dizer que cerca de 90 % da energia utilizada pelo corpo, provem do oxigênio absorvido pelo sistema pulmonar e pela pele. Na ausência de oxigênio [ficando sem respirar] nossos corpos físicos só sobrevivem por alguns minutos. Isto mostra que "a vitamina O" é o nosso nutriente mais importante. Esta forma de ingestão de energia é o significado mais comum usado para a palavra "prana". Nas florestas e nas regiões de águas não poluídas, o campo energético do ar é realçado. Se o ar circula através de aparelhos de ar-condicionado, sem contato com a luz do sol, poluído, perde energia e tem sua força vital ressonante, que nos é disponível, diminuída. Esta energia do oxigênio entra nos pulmões, que circundam o chakra do coração, e age como um ponto de equilíbrio entre os chakras superiores e inferiores. Quando a respiração está estável, a mente fica calma. Esta observação sugere uma ligação importante entre a respiração e a mente. Oitenta por cento do oxigênio que inspiramos é dirigido ao cérebro. A ejaculação masculina pode ser controlada pelo controle da respiração...


O oxigênio é, também, absorvido diretamente por nosso corpo através da nossa alimentação bucal. Os radicais livres provêm da poluição externa e interna ao corpo, resultado de uma dieta pobre. As correntes elétricas vivas em nosso corpo são maximizadas com a maior quantidade possível de oxigênio. É importante o consumo de alimentos naturais frescos vibrantes, com uma alta energia dos elétrons, para formar essa corrente elétrica. É a energia da luz solar, armazenada como energia desses elétrons ativos, que encontramos nos alimentos crus, orgânicos e integrais.

É importante, portanto, manter um nível alto de oxigênio nos nossos tecidos. Isto não é fácil num ambiente poluído e estressante. O estresse causa uma deficiência de oxigênio no nosso organismo. Por exemplo, a carga causada por substâncias tóxicas ambientais no nosso ar, água e alimentos, consome o oxigênio para a desintoxicação. Os poluentes químicos, o cloro na água e os gases de combustão dos carros, tudo isso exige que usemos o suprimento de oxigênio do nosso corpo para nos protegermos. O estresse emocional produz adrenalina excessiva e hormônios que exigem oxigênio para o seu metabolismo. Traumas físicos reduzem a circulação na região afetada, o que leva à diminuição da quantidade de oxigênio nas células.

Existe um livro muito iteressante, que enfatiza a importância do oxigênio em nossa saúde. Chama-se "Flood your body with oxygen" [ Inunde seu corpo com oxigênio ].

Paz e saúde, com muito oxigênio, para todos(as).
Rui.

Labels:


 

Luz da Vida e Luz da Morte - 13


É possível identificar algum ponto em comum nos casos abaixo?


1. No Brasil, a mulher que mais viveu foi uma escrava negra, de nome Maria do Carmo Jerônimo, falecida há pouco tempo, com 129 anos;
2. Minha avó materna sempre cuidou pessoalmente de seu jardim e horta, e visitava constantemente suas amigas, a pé. Morreu aos 98 anos;
3. Jesus Cristo pregou seu evangelho, a pé, por todo o Oriente Médio e passou 40 dias fazendo jejum no deserto;
4. Foi feito um levantamento [em país do hemisfério norte] entre carteiros: os que fazem serviço externo (entrega de correspondência) possuem, em média, melhor saúde e vivem mais do que aqueles que fazem serviço interno.

Será que existe uma dose maior de Sol nesses casos?
Paz a todos. Rui.

Labels: , , ,


Wednesday, May 25, 2005

 

Luz da Vida e Luz da Morte - 12


Na minha opinião, as radiações eletromagnéticas que se situam em torno dos picos de radiações que já existiam na época de nossa formação biológica (época primeva) são salutares ao nosso organismo e aquelas situadas nos correspondentes "vales" espectrais são agressivas e nocivas, sejam elas radiações naturais ou geradas pela humanidade. Tenho comentado sobre radiações artificiais nocivas, geradas nos citados vales, como a energia elétrica em 60 Hz. No entanto, radiações artificiais geradas em torno dos picos podem ser úteis na preservação de nosso corpo, como nessa notícia que saiu no suplemento Folhateen do Jornal Folha de São Paulo (26.8.02), sessão "Científicas":


LUZ PARA ACABAR COM A ACNE

Um aparelho que combate acne usando luz azul de alta intensidade para destruir a bactéria causadora do problema foi aprovado por reguladores norte-americanos. Todo o tratamento, que não apresenta efeitos colaterais, demora cerca de 15 minutos, e o paciente não sente dor e pode voltar às suas atividades normais logo após a sessão. A acne aparece normalmente em regiões do rosto, do pescoço e das costas."

Porém, convém sempre notar que, para que um problema de saúde não volte a aparecer novamente, devemos remover as CAUSAS, isto é, "ser salvo do pecado e, não, ser salvo NO pecado"; "Vá e não peques mais...", como foi dito...

Paz e saúde para todos, Rui.

Labels:


 

Água cura tudo - 27


Com relação a esse assunto de água magnetizada, tenho algumas opiniões: as moléculas de água [H2O], em um determinado recipiente, estão em permanente movimento térmico na temperatura ambiente; essas moléculas são 'polares', formando um dipolo elétrico a nível molecular [existe cargas elétricas de sinais opostos, de mesma amplitude - portanto a molécula, no total, é neutra - separadas por uma distância da ordem do tamanho dos átomos constituintes da molécula]; portanto, há uma tendência, a nível molecular, de essas moléculas polares se atrairem entre si [pelas regiões de cargas elétricas opostas] para formar grandes aglomerados, do tipo 'colares'; o movimento térmico contribui para contrabalançar esta tendência de 'grandes colares'; além disso, ao aplicarmos um campo magnético estático [imã] às moléculas polares da água em movimento térmico, essas moléculas ficarão sugeitas a uma força magnética que irá favorecer alinhamentos preferenciais das moléculas de água em determinados planos espaciais [dependendo da direção do campo magnético aplicado]; aparentemente, isto iria favorecer a formação de colares maiores, mas a literatura parece indicar o contrário, isto é, que as moléculas de água se agregam em conjuntos menores e com diminuição da tensão superficial dessa água; neste sentido, a água irá 'molhar' melhor as células do organismo [por estar com agregados menores], resultando em todos os efeitos positivos associados a esse tipo de água [magnetizada].


Acredito, no entanto, que o efeito da água magnetizada fica mais potencializado se ela for MOVIMENTADA antes de ser utilizada. Acredito que nos lugares que possuem águas curativas milagrosas [como em Lourdes, na França], elas possuem essas propriedades por causa da geologia local [em particular, o magnetismo local] e por causa de sua oxigenação [devido à sua fonte primária e à movimentação até chegar ao local do consumo]. A movimentação da água irá favorecer o aparecimento de agregados menores das moléculas de água. A bíblia possui uma passagem que parece concordar com essa idéia: havia um lugar onde existia uma fonte de água que fazia milagres de cura [ao se banhar nela], QUANDO AS ÁGUAS DA FONTE SE AGITAVAM [quando ficavam paradas não aconteciam as curas].

O problema da poluição das águas domiciliares poderia ser bastante minorado se jogássemos fora nossos desinfetantes tóxicos, limpadores, alvejantes e inseticidas, e os substituíssemos por...água oxigenada. O peróxido de hidrogênio é o único agente germicida composto apenas de água e oxigênio. Como o ozônio, ele mata os organismos causadores de doenças pelo processo de oxidação [queima!]. O peróxido de hidrogênio é considerado o mais seguro de todos os sanitadores naturais. Ele mata os microorganismos oxidando-os, que pode ser descrito melhor como um processo de queima controlada. Quando o H2O2 reage com material orgânico, ele decompõe-se em água [H2O] e oxigênio [O].

Aproveito o gancho do H2O2 para lembrar que ele, também, pode substituir [usar H2O2 de 10 volumes], com vantagens, o creme dental na escovação dos dentes e para bochechos: os dentes ficarão mais claros e as gengivas menos irritadas [pelo assassinato dos germens...] - funcionou no meu caso. Tenho lido, também, que a escovação pode ser melhorada [ficando mais eficaz] com a inclusão adicional de bicarbonato de sódio e.... sabonete em barra! O fluor deveria ser evitado ao máximo! É praticar para ver o resultado...

Um grande abraço, Rui.

Labels: , , , , ,


Tuesday, May 24, 2005

 

Água cura tudo - 26


Todos sabem que quando as pessoas são levadas em estado crítico para hospitais, é comum instalá-las em uma UTI [Unidade de Terapia Intensiva, ou CTI=Centro de Terapia Intensiva], onde geralmente o paciente é inicialmente tratado com a inalação de oxigênio gasoso puro [oxigênio bi-atômico, O2]. Isto justifica-se porque estamos geralmente inalando uma porcentagem bem menor que a ideal de oxigênio do ar, devido à poluição geral de nossa atmosfera [gerando, inclusive, os famosos "buracos na camada de ozônio"].


Recomendo a todos a leitura do livro do Ed McCabe, com o título "Flood your body with oxygen: Therapy for our polluted World" [em português, seria "Inunde seu corpo com oxigênio: terapia para o nosso mundo poluído"]. Nesse livro ele comenta bastante sobre o oxigênio biatômico PASSIVO acima e, com mais detalhes, sobre as substâncias que liberam oxigênio monoatômico [O1] ATIVO no corpo humano. Em particular, ele apresenta muito detalhes sobre o uso de duas substâncias com essas propriedades: a água oxigenada [H2O2] e o ozônio comum [oxigênio triatômico, O3]; ambas se decompõem, liberando oxigênio monoatômico [O1] no corpo. Este elemento [O1] combate [mata] eficazmente todos os microorganismos patogênicos do corpo e células debilitadas [cancerosas] do corpo. Virus HIV [presente na aids], por exemplo, são eliminados eficazmente.

O Ed McCabe cita inúmeros casos de cura com essas duas substâncias; com H2O2, de uso externo, ele cita, por exemplo, cura de mau cheiro nos pés colocando-os durante meia hora em água oxigenada; rejuvenescimento por banho de banheira com água aquecida [para abrir os poros] e acrescida de H2O2 [cabelo deixou de ficar branco...]. Eu, em particular, tinha problema de inflamação das gengivas [gengivite, doença periodontal] que incomodava [doía] para mastigar por causa da mobilidade dos dentes em uma gengiva irritada: passei a escovar os dentes com H2O2 de 10 volumes [ e, agora, com um pouco de bicarbonato de sódio] e, agora, esse problema foi eliminado [matou os germens responsáveis por este problema] e mastigo sem nenhum incômodo. Existe um livro que detalha este uso dental de H2O2 [1].

O uso interno de H2O2 também é possível, mas deve-se tomar cuidado com a presença de estabilizantes nas águas oxigenadas comuns vendidas em farmácias. No país, aparentemente a melhor água oxigenada para uso interno parece ser a P10 [peróxido de oxigênio 10 volumes], desenvolvida especificamente para esse uso pelo Prof. Dr. Francisco Antunes, fundador da Escola de Engenharia Mauá, em São Paulo [2], útil, por exemplo, no combate [eliminação] ao virus da aids.

O uso de água ozonizada também é muito benéfico. Sistemas de hidro-colonterapia, usando a tecnologia da Condor Blanco [inserção de água ozonizada no intestino grosso, eliminando fezes antigas cristalizadas/tóxicas e oxigenando o sangue] estão disponíveis em várias cidades brasileiras [Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro]. Existem empresas no país que vendem filtros de água que ozonizam a água [por exemplo, a Casa dos Filtros, em São Paulo]. Estou pensando em usar vários litros desta água, no lugar de água oxigenada que uso, para meus banhos de banheira com água aquecida.

Movimente, também, suas águas internas com a movimentação física de seu corpo [que tal umas boas caminhadas?]...Água parada apodrece...

Muito oxigênio para todos, em um corpo bem hidratado...

Rui.

Referências:
[1] Vasilios Gardiakos, "The Smile Method: how to avoid expensive, painful and disfiguring gum surgery and dentures", Enosis Press, 1994, ISBN: 0-9646271-1-6.
[2] Francisco Antunes, "Terapia Ortomolecular Natural", Editora Cultrix, 2000.

Labels: , , ,


Monday, May 23, 2005

 

Água cura tudo - 25


A maioria das doenças desenvolve-se devido a uma diminuição das funções e da resistência do corpo, devido à ACIDOSE crônica. "Não existe morte natural. Todas as mortes das chamadas causas naturais são meramente o ponto-final de uma progressiva saturação ácida".


A acidose precede e provoca a doença. O corpo sucumbe à desordem física quando seus próprios lixos ácidos se acumulam até o ponto onde a resistência orgânica é vencida e o corpo torna-se susceptível ao resfriado, fadiga, exaustão nervosa e doença degenerativa.

Quando o corpo alcança certos limites de toxinas crescentes dentro do corpo, do tubo digestivo ou em qualquer tecido do corpo, ele começa um processo de limpeza-da-casa que toma várias formas: diarréia, dor de cabeça, resfriados, erupções na pele, abcessos, reumatismo, inflamação dos olhos e de outros órgãos, febres e tudo que nós reconhecemos como doença aguda. Tudo isso surge de uma causa original comum, uma acumulação de resíduos ácidos no corpo.

Comidas comerciais são alimentos ácidos. Alimentos ácidos são viciantes, levando a comer em excesso e a problemas de gerenciamento do peso. Alimento natural integral possui um pH balanceado.

Pessoas vivas precisam de alimento vivo, integral e alcalino. Precisamos comer alimentos vivos e integrais durante um certo tempo para reverter os efeitos de muitos anos de comer alimentos comerciais. A maioria das pessoas não possui a determinação para suplantar seus maus hábitos [vícios] alimentares.

Cada vez mais aceita-se o fato de que ácido em excesso é a causa das doenças e da morte. Afinal de contas, as células de cancer são ácidas enquanto as células saudáveis são alcalinas.

Os profissionais de saúde reconhecem a necessidade de reduzir a acumulação ácida do corpo. Eles tentam resolver este problema com alimento alcalino. Esta abordagem dietética pode funcionar se o indivíduo for persistente.

A maioria das pessoas não percebe a utilidade do uso de água alcalina para reduzir os ácidos. A água alcalina funciona melhor que a dieta porque ESSA ÁGUA NÃO ADICIONA MAIS RESÍDUOS NO PROCESSO DE REDUÇÃO DOS ÁCIDOS. Todas as dietas especiais e os exercícios físicos criam, também, mais resíduos ácidos. Água alcalina com qualquer dieta e/ou regime de exercícios funciona muito bem. Como é muito difícil mudar hábitos alimentares, beber água alcalina é uma solução fácil para nosso modo de vida moderno.

Certos médicos dizem que o ácido do estômago neutraliza a água alcalina e, portanto, beber essa água não tem utilidade. ISTO NÃO É VERDADE! O fato é que, se o estômago fica muito alcalino, ou menos ácido, devido à ingestão de água alcalina, o estômago precisa produzir mais ácido hidroclorídrico para manter o estado ácido original. No processo da produção desse ácido, o estômago precisa também produzir bicarbonato de sódio, um elemento alcalino, e colocá-lo na corrente sangüínea, tornando o sangue mais alcalino.

Se olharmos o estômago isoladamente do corpo, podemos chegar a uma conclusão errada. Quando olhamos o corpo como um todo, existirá um ganho líquido de alcalinidade quando nós bebemos água alcalina. Este é o motivo porque não faz diferença se bebemos água alcalina com o estômago vazio ou cheio.

Acidez leva à dor, à doença e à morte, enquanto a alcalinidade leva a uma melhor saúde e à longevidade.

Paz e saúde, com muita água, para todos(as)...
Rui.

Para saber mais:
1. http://www.nutrivea-po.com/alkalive_ph_booster.htm

Labels: , ,


 

O Sapo na Panela


O SAPO NA PANELA

Quando se coloca um sapo vivo dentro de uma panela cheia de água fervente, o sapo pula fora da panela. Quando se coloca um sapo vivo dentro de uma panela cheia de água fria, o sapo fica quietinho dentro da panela. Se formos, agora, aquecendo lentamente a água da panela, o sapo vai se adaptando à temperatura em elevação e não pula fora da panela, acabando morrendo cozido.

Temos comportamento idêntico ao do sapo, em nosso meio social ( = “panela”, do sapo). Se recebermos um golpe muito forte da sociedade, reagimos contra essa situação insuportável. Porém, se as coisas e situações negativas e desagradáveis forem sendo introduzidas de forma gradativa, acabamos nos ADAPTANDO a essas situações, em prejuízo de nossa saúde, e finalmente somos enterrados no cemitério. Portanto, cuidado com a sua adaptação a situações negativas, que persistem no tempo! Essa “adaptação” mata! Não se comporte como o sapo!

Um abraço, Rui.

Labels:


Sunday, May 22, 2005

 

Água cura tudo - 24


O que Kryon diz sobre a Água é o seguinte:

"Nós podemos lhes contar agora, nesta nova energia do agora, que aparecerão essências vitais mais profundas nestes próximos 12 anos do que aconteceu durante os passados 100 anos! Dizemos que aparecerão muitas delas e vocês se acharão na incerteza, porque não lhes soarão a essências vivas. Agora podemos informar o quê é que nós realmente entendemos sob o nome de essências vitais. Houve muitas discussões que se manifestaram a respeito ao que são as "essências vitais". Oh, é verdade que a substância de uma essência vital deriva-se, certamente, daquelas coisas que tem estado vivas no planeta, utilizadas nas ervas medicinais e em essências e aromas. Mas há uma na qual jamais pensaram! E quando a mencionarmos vocês dirão: "Mas Kryon, isso não está vivo." Nós vamos lhes dizer o que é. É a água! Água! E está viva, interdimensionalmente. A água começará a mostrar-lhes algo que nunca viram anteriormente... as energias de cura. Estejam alertas para uma quantidade de curas com água neste planeta! A água é a vida deste planeta. Está viva com a essência de cura. É o veículo para a essência vital e é isto o que se quer indicar todo o tempo - uma energia curadora de essência vital na água! As células mesmas, no corpo, se acham assentadas dentro de um banho de água. A Terra, em sua maior parte, é água. Agora se podem prover algumas curas mediante a água, requeridas por alguém em especial. Algumas curas serão selecionadas para equivaler à energia do que vocês necessitam, enquanto que outras poderão não servir para nada, mas nenhuma delas será daninha. Haverá uma explosão de curas pela água e algumas delas poderão surpreendê-los. Haverá toda uma quantidade delas que lhes farão pensar que se trata de "água energética". Alguma água conterá somente a energia disponível em certas partes do planeta, podendo manter-se viva a energia guardando a água em "containers", pela primeira vez na existência. A água de uma energia para a outra irá bem pela primeira vez. Busquem águas que possam beber e que cooperem com seu corpo, onde possam sentí-la nos momentos de havê-la tomado. Esta é uma informação nova, revelada agora neste dia. É algo que não havia podido ser revelado antes de se passar o marcador, porque vocês, de nenhuma forma, haveriam estado preparados para aceitá-lo. Somente havendo passado o marcador é que estas coisas podem ser brindadas a vocês, tal como o são agora; já que vocês tem a espada que canta a nota F no alto, sobre suas cabeças. A batalha entre vocês e a velha energia inclui o rejuvenescimento num nível celular. A mesma inclui a permissão para a prolongação da vida e a mesma vai começar com a água! E é disto que trata a casa verde (a Casa da Biologia). Em canalizações futuras veremos mais sobre a água".

Kryon

Labels:


Saturday, May 21, 2005

 

Água, Oxigênio e Astronauta


ÁGUA, OXIGÊNIO e ASTRONAUTA

Quem tem acompanhado minhas postagens deve ter notado a minha ênfase em duas substâncias, água [série “Água cura tudo”] e oxigênio [série “Oxigênio e Saúde”], indispensáveis à manutenção da vida humana neste planeta. Estas duas substâncias estão bastante relacionadas, pois passando-se uma corrente elétrica pela água líquida, suas moléculas [H2O] liberam o oxigênio [O] na forma de gás [que se combinam, formando oxigênio O2]. Este processo é conhecido como “eletrólise da água” e é o principal processo para geração de oxigênio para os astronautas em órbita de nosso planeta. O processo completo, que ocorre na cápsula espacial, é o seguinte: os painéis solares captam a energia do Sol e a armazenam em baterias; as baterias fornecem corrente elétrica que passa pela água e libera o oxigênio dela.

Em nosso corpo físico ocorre um processo semelhante: captamos energia solar, através de nossa pele e olhos [nossos “painéis solares”], que é utilizada para fazer circular correntes elétricas através das moléculas de água de nosso corpo, gerando o oxigênio vital para nossas células. Como já mencionamos anteriormente, nosso corpo físico é controlado eletromagneticamente, o que implica na circulação de correntes elétricas. Outra forma de inserção de oxigênio em nosso corpo é através da respiração pulmonar e cutânea, como sabemos. Já expôs seus “painéis solares” ao Sol, hoje? A maior parte do oxigênio que respiramos na superfície terrestre provém do reino vegetal, através do processo de fotossíntese, que utiliza também a água como sua matéria prima.

Outro fator que nos afeta o tempo todo é a gravidade. A força da gravidade é máxima na superfície da Terra, ao nível dos oceanos. Ao subirmos na atmosfera e descermos no sub-solo, a força da gravidade em nossos corpos vai diminuindo. Pessoas que vivem ao nível do mar submetem seus corpos à máxima tensão gravitacional. Não é, portanto, coincidência que as populações humanas mais longevas vivam no alto das montanhas, como Vilcabamba-Equador, Geórgia-Rússia, e Hunzas-Paquistão. Muitos gurus também gostam de se esconder em cavernas no alto das montanhas. É fato conhecido que pessoas que escalam montanhas diminuem seu apetite, e acabam comendo menos. Se continuarem comendo o mesmo volume de comida, acabam passando mal e precisam descer da montanha, para melhorar sua condição física. Muitos gurus, lá em cima, não comem nada, vivendo apenas do prana do ar.

O efeito da força da gravidade em nossos corpos é muito extenso e variado, não afetando apenas a nossa ingestão de comida. Quem leu o livro Etidorhpa observou que, quando um homem chegou no local de gravidade zero, no interior de nosso planeta [a cerca de 700 milhas – 1.127 km – abaixo do solo], lhe aconteceram os seguintes fatos: peso zero, fome zero, respiração zero, batimentos cardíacos zero, atuação máxima da mente sobre a matéria e vivacidade máxima. Lembro-me de ter visto um filme em que uma mulher russa deslocava um lápis sobre uma mesa de vidro apenas com o poder da mente; imagine o que não faria esta mulher em um local de gravidade zero?

Indo na direção oposta de Etidorhpa, temos os astronautas que ficam em uma região de microgravidade [gravidade próxima de zero]. Eles também acabam comendo menos e perdem massa corpórea, ficando mais elegantes [assim como ratos testados neste ambiente], diminuem a taxa de respiração e de batimentos cardíacos, diminui a pressão arterial e ocorre menos problemas de sono. Outro fato interessante é que os astronautas esticam o comprimento de seu corpo em até 3 polegadas [ 7,5 cm ], cerca de 4%, enquanto sujeitos a microgravidade. A explicação é simples: seus corpos assemelham-se a molas que se estendem, quando não submetidas a uma força [da gravidade, no caso].

Abraço, Rui.

Labels: , , ,


Friday, May 20, 2005

 

Oxigênio e Saúde - 11


Mais algumas informações do livro do Ed McCabe [Flood Your Body with Oxygen] sobre o banho de H2O2:


1. Um homem que eu entrevistei me disse que ele pegou um litro de peróxido de hidrogênio de 35% [= 117 volumes!! Coisa forte!!], jogou na água da banheira, pulou dentro, e em seguida teve uma sujeira verde que saiu de seus poros e flutuou para a superfície da água;

2. Em uma de minhas viagens à Austrália, um homem se levantou durante uma das palestras e orgulhosamente disse: "Olhe para o meu cabelo", "Ele costumava ser grisalho, antes disso ele era preto, e antes disso ele era grisalho", "Peraí, do que você está falando?", eu perguntei. "Eu me banhei com peróxido de hidrogênio diluído, e meu cabelo mudou de grisalho para preto, após dois meses de banhos com peróxido. Então eu parei e ele voltou a ficar grisalho novamente. Portanto, eu voltei para a banheira e ele voltou a preto novamente."

Abraço, Rui.

Labels:


Thursday, May 19, 2005

 

As Enzimas Vitais


AS ENZIMAS VITAIS

Nascemos com uma certa reserva de enzimas. Quando nosso estoque de enzimas zera, nós somos cadáveres. O que consome nosso estoque de enzimas? Comer comida cozida e ejacular durante as relações sexuais, principalmente. Leia os dois textos abaixo, para sedimentar essas idéias.

Um grande abraço, Rui.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A próstata é uma glândula em forma de noz que está localizada abaixo da bexiga e em frente ao reto. É responsável pela secreção de fluidos e enzimas que correspondem a aproximadamente um terço do líquido espermático eliminado durante a ejaculação. Os espermatozóides são produzidos nos testículos e transportados através do ducto deferente.

Antes de desembocar na uretra, esse ducto atravessa a próstata e recebe o líquido produzido pela glândula. A uretra é um ducto localizado no pênis, através do qual passam a urina e o sêmen. As vesículas seminais são glândulas localizadas logo atrás e acima da próstata. Também produzem fluidos que são eliminados na ejaculação.

Referência: http://www.lincx.com.br/lincx/saude_a_z/saude_homem/cancer_prostata_2.asp

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O que são enzimas?

Segundo o Dr. Edward Howell, o primeiro pesquisador das enzimas, “as enzimas são substâncias que tornam a vida possível. São necessárias para todas as reações químicas que ocorrem no corpo. Sem enzimas nenhuma atividade alguma vez aconteceria. Nem as vitaminas, nem os minerais, nem os hormônios conseguem fazer o seu trabalho – sem enzimas.”

Temos uma reserva de enzimas limitada, o que nos leva a morrer quando as enzimas acabam.

Se comermos alimentos crus evitamos a destruição das enzimas que a comida contem, facilitando assim a digestão e evitando gastar as nossas próprias reservas.

Segundo ainda o Dr. Edward Howell, a falta de enzimas na comida cozida é ainda uma das razões maiores do envelhecimento e morte precoce. É ainda a causa subjacente da maior parte das doenças.

Se o nosso corpo está ocupado com a digestão de alimentos cozidos e a produção de enzimas para a saliva, suco gástrico, suco pancreático e sucos intestinais, então terá de diminuir a produção de enzimas para outros propósitos.

Quando isto acontece, então como pode o corpo produzir enzimas para o trabalho do cérebro, coração, rins, músculos e os outros órgãos e tecidos.

Esta falta de enzimas ocorre na maioria da população mundial dos países civilizados que se alimenta de comida cozida.

Segundo estudos científicos recolhidos ao longo de mais de 40 anos pelo Dr. Howell, “o homem é o que menos enzimas da digestão dos amidos tem no seu sangue, entre todas as criaturas. Também temos o maior índice destas enzimas na urina o que prova que estão a ser utilizados rapidamente”. Conseqüentemente cada vez que comemos farináceos (pão, bolos, etc.) estamos a diminuir o nosso tempo de vida.

Existe evidências que mostram que esta baixa de enzimas não é devida a nenhuma peculiaridade da nossa espécie. Na realidade, deve-se ás largas quantidades de amidos cozidos que comemos.

Além disso, é evidente a indicação que a alimentação cozida, por conseguinte sem enzimas contribui para o crescimento patológico excessivo da glândula pituitária, que regula as outras glândulas. Além disso, há pesquisas que indicam que 100% dos indivíduos com mais de 50 anos que morrem de causas acidentais tem deficiências nas glândulas pituitárias.

Seguidamente, acredita-se que a deficiência de enzimas é a causa da maturação exagerada das crianças e adolescentes dos nossos dias .É também uma causa importante no excesso de peso de muitas crianças e adultos.

Muitas experiências com animais mostram que as dietas deficientes em enzimas produzem uma maturação mais rápida do que o normal. Os animais com uma dieta cozida são também mais pesados do que os seus equivalentes que comem cru.

Outra evidencia é que os agricultores usam batatas cozidas para engordar os seus porcos antes de os levarem para o mercado. Eles descobriram que os porcos comendo batata cozida engordavam mais rápido e economicamente do que porcos comendo batata crua.

Esta evidencia mostra a grande diferença entre calorias cozidas e calorias cruas. Na verdade na sua experiência de trabalho num sanatório, o Dr. Edward Howell, descobriu que era impossível engordar as pessoas comendo cru, independentemente da quantidade de calorias ingeridas.

A propósito, outro dos efeitos relacionados com a deficiência de enzimas é que o tamanho do cérebro diminui. Mais, a tiróide aumenta de volume, mesmo na presença do iodo.
Isto foi provado em várias espécies. Na realidade não foi comprovado em seres humanos mas a evidencia é muito sugestiva.

Considera-se que o pâncreas humano é sobrecarregado com uma produção excessiva de enzimas comparado com qualquer outra criatura que se alimenta de comida crua. De fato, em proporção com o peso do corpo, o pâncreas humano é duas vezes mais pesado do que o de uma vaca.

Seres humanos que comem majoritariamente cozido, enquanto as vacas comem erva crua.

Depois, existem evidências que ratos que comem cozido tem um pâncreas duas vezes maior do que ratos que comem cru.

Mais ainda, há provas de que o pâncreas humano é um dos mais pesados no reino animal, tendo em conta o peso corporal.

Este aumento de volume do pâncreas humano é tão perigoso – provavelmente ainda mais – do que o aumento de volume do coração, da tiróide etc.. A produção exagerada de enzimas é uma adaptação patológica a uma dieta de comida sem enzimas.

O pâncreas não é a única parte que produz exageradamente enzimas quando a alimentação é cozida. Por adição, existem as glândulas salivares, que produzem enzimas num grau nunca visto nos animais selvagens com a sua alimentação natural.

De fato, alguns animais numa dieta crua não tem qualquer tipo de enzimas na sua saliva. As vacas e as ovelhas produzem torrentes de saliva sem enzimas.

Os cães, por exemplo, também não segregam enzimas na sua saliva quando comem comida crua. No entanto, se lhe começar a alimentá-los com amidos cozidos, as suas glândulas salivares começarão a produzir amido-enzimas digestivos ao fim de 10 dias.

Mais ainda, há mais evidencia de que os enzimas na saliva representam uma situação patológica e não normal. Isto é algo que o Dr. Edward Howell demonstrou em laboratório.

As enzimas na saliva só atacarão o amido quando este é cozido. Sendo assim, vemos que o corpo canaliza a sua limitada produção de enzimas para a saliva se de fato o tiver que fazer.

O Doutor Howell efetuou experiências em ratos em que um grupo comia carne crua e vegetais e sementes crus e o outro grupo comia o mesmo mas cozido. tentava assim ver qual dos grupos vivia mais tempo. Conclusão, ambos os grupos viviam praticamente o mesmo tempo o que surpreendeu o médico. Os ratos de ambos os grupos viveram cerca de 3 anos. Mais tarde o Dr. Howell descobriu a diferença.

Verificou que os ratos alimentados a comida cozida tinham comido as suas próprias fezes, as quais continham as enzimas excretadas pelo seu corpo.

Todas as fezes, incluindo as dos seres humanos, contém as enzimas utilizados pelo corpo. Os ratos tinham reciclado as suas próprias enzimas para os usarem outra vez. Por isso viveram tanto tempo como os outros ratos a comer cru.

Na realidade a prática de comer fezes é praticamente universal entre todos os animais de laboratório. Se bem que estes animais recebam dietas cientificas contendo todas as vitaminas e minerais, instintivamente sabem que precisam de enzimas. Por isso, comem as suas próprias fezes.

De fato, os animais com dietas cientificas desenvolvem a maior parte das doenças crônicas e degenerativas comuns aos seres humanos, se os deixarem viver até ao fim das suas vidas. Isto prova que só vitaminas e minerais não são suficientes para manter a saúde.

Para o Dr. Howell a evidencia mais impressionante de que precisamos de enzimas na nossa alimentação ocorreu no seu trabalho de sanatório quando os seus doentes eram postos em jejuns curativos.

“Quando se jejua, há uma paragem imediata da produção de enzimas digestivas. As enzimas da saliva, suco gástrico e pancreático diminuem e são raras. Durante o jejum, as enzimas do corpo estão livres para o trabalho de reparação e remoção de tecidos doentes. ”Disse.

Nos países considerados civilizados comem-se tamanhas quantidades de comida cozida que o sistema enzimático fica ocupado somente a digerir comida. Como resultado, o corpo tem falta de enzimas para manter os tecidos em boas condições.

A maior parte das pessoas que jejuam passam pelo que é chamado de uma crise curativa. Os pacientes podem sentir náuseas, vômitos e tonturas. O que se passa é que as enzimas estão a trabalhar para mudar a estrutura doente do organismo. Os enzimas atacam os tecidos patológicos e dividem as substancias indigestas e não processadas; e estas são depois evacuadas pelos intestinos, pelo vômito ou através da pele.

Vários nutricionistas dizem que as enzimas dos alimentos são destruídas pelos ácidos do estômago e por conseguinte de pouco ou nenhum valor.

O doutor Howell contrapõe que esses nutricionistas não prestam atenção a dois fatores importantes.

Em primeiro lugar, quando se come, a secreção ácida do estômago ocorre minimamente pelo menos durante 30 minutos. Á medida que a comida atravessa o esôfago, cai sobre a parte superior do estômago. Esta é chamada a secção cardíaca, uma vez que está próxima do coração.

O resto do estômago continua plana e fechada enquanto a parte cardíaca se abre para acomodar a comida. Durante o tempo que a comida fica nesta secção superior, pouco ácido ou enzimas são segregadas pelo organismo. As enzimas da própria comida começam a digerir a comida. Quanto mais desta auto digestão ocorre menos trabalho o organismo tem que realizar mais tarde.

Quando este período de 30 a 40 minutos passa, a parte inferior do estômago abre e o corpo começa a produzir ácido e enzimas. Até nesse momento as enzimas da comida não param até que o nível ácido se torne proibitivo. Como se pode comprovar as enzimas conseguem suportar ambientes muito mais vezes ácidos do que neutros.

Muitos animais tem até o que se pode chamar de compartimentos de pré digestão enzimática onde a comida se digere a si própria. É o caso de certos macacos e roedores com as suas bolsas nas bochechas, os buchos de muitas espécies de pássaros, e os primeiros estômagos de golfinhos, baleias, etc..

Quando os pássaros comem sementes ou grãos de cereais, estes ficam no bucho entre 8 a 12 horas. Nesta pausa, absorvem umidade e começam a germinar. Durante a germinação formam-se enzimas que tem o trabalho de digerir as sementes e grãos.

Os golfinhos as baleias tem um primeiro estômago que não segrega enzimas. As baleias, por exemplo, engolem grandes quantidades de alimentos sem a mastigarem. A comida decompõe-se e digere-se a si própria. Na pele dos peixes e de outras espécies marinhas que a baleia come existe uma enzima, chamado catepsina, que decompõe o peixe uma vez morto, na realidade esta enzima está presente em quase todas as criaturas.

Depois do alimento da baleia se tornar liquefeito a si próprio, passa por um pequeno canal para o segundo estômago da baleia.

Parece um mistério para os cientistas na baleia, como tanto alimento pode passar por um canal tão pequeno. Não tem idéia de que a auto digestão esteve em ação.

Questionado sobre o fato de a maioria da população comer cozido todos os dias e se poderíamos recuperar a falta de enzimas comendo ao mesmo tempo comida crua o Dr. Howell respondeu:

“Não. A comida cozida causa um desgaste tão grande na nossa reserva de enzimas que não se consegue recuperar comendo também comida crua.

Na realidade os vegetais e a fruta não são fontes concentradas de enzimas. Quando amadurecem as enzimas estão presentes para o amadurecimento. No entanto quando o amadurecimento acaba, as enzimas retiram-se para os caules e sementes.

Por exemplo quando certas companhias querem extrair enzimas da papaia , um fruto tropical, eles usam o sumo de papaia verde. A papaia madura por si não tem grande concentração de enzimas.”

Segundo o Dr. Howell as bananas, abacates e mangas são boas fontes de enzimas. Na generalidade, os frutos com um alto valor calórico são mais ricos em enzimas.

As nozes e as sementes contém inibidores de enzimas pelo que se devem colocar de molho. Estes inibidores de enzimas existem para proteção da semente. A natureza não quer que a semente germine prematuramente e perca sua vitalidade. Quer sim que as sementes germinem num solo suficientemente úmido para poderem crescer e continuar a espécie.

Desta forma, quando se comem sementes cruas ou nozes cruas, estamos a ingerir os inibidores de enzimas que neutralizam alguns dos enzimas que o organismo produz. Na realidade comer alimentos com inibidores de enzimas provoca um inchaço do pâncreas.

Todas as nozes e sementes contêm estes inibidores de enzimas. Amendoins crus, por exemplo tem uma quantidade especialmente grande. O gérmen de trigo cru também um dos piores ofensores. Além disso todas as ervilhas, feijões, e lentilhas contem alguns.

As batatas que são sementes também tem inibidores de enzimas.

Nos ovos que também são sementes, o inibidor existe basicamente na clara.

Como regra geral, os inibidores de enzimas estão confinados ás sementes dos alimentos. Por exemplo, os olhos das batatas. Os inibidores não estão presentes nas partes frescas das frutas ou nas folhas e caules dos vegetais.

Há duas formas de destruir os inibidores de enzimas. A primeira é cozer; no entanto assim também se destroem as enzimas. A segunda, que é preferível é a germinação. Assim destroem-se os inibidores de enzimas e também se aumenta o conteúdo de enzimas numa proporção de 3 para 6.

Alguns alimentos, como o feijão de soja, tem de ser bem cozidos para destruir os inibidores de enzimas. Por exemplo, muitas das farinhas de soja e pós no á venda não foram suficientemente aquecidos para destruir os inibidores.

A única solução para quem continua a comer alimentos cozidos é tomar suplementos de concentrado de enzimas de plantas.

Na ausência de contra-indicações, deve-se tomar entre uma a três cápsulas por refeição. É claro que se a sua refeição for só crua, não precisará de enzimas nessa refeição.

As cápsulas devem ser misturadas com a comida ou chupadas. Desta forma podem começar a trabalhar imediatamente. Acidentalmente, tomar enzimas extra é outra forma de neutralizar os inibidores de enzimas das nozes ou sementes não germinados.

Os concentrados de enzimas de plantas ou enzimas de fungos são melhores para pré-digestão da comida do que comprimidos de enzimas pancreáticos. Isto porque as enzimas de plantas conseguem actuar melhor em meios ácidos como o estômago, enquanto que os enzimas pancreáticos só trabalham no meio alcalino do intestino delgado.

Se os comprimidos tiverem um revestimento entérico, então não são apropriados, uma vez que só serão liberados depois de atravessar o estômago. Nesta altura é demasiado tarde para a pré-digestão da comida. Aqui o corpo já terá usado as suas enzimas para digerir a comida.

Uma alimentação deficiente em enzimas causa uma redução de 30% no tempo de vida. Assim sendo, poderíamos prolongar o nosso tempo de vida 20 ou mais anos.

Mesmo numa dieta de crus deve-se incluir enzimas pois o nosso corpo usa-as de tantas formas e assim poderemos manter a nossa reserva para situações de doença, situações extremas de temperatura e durante situações de exercício vigoroso. Conclui o Dr. Howell, que a titulo de curiosidade, já passou claramente dos 70 anos e continua a sentir-se como se tivesse 30, praticando ainda jogging todos os dias.

Fonte: www.living-foods.com - University of Natural Healing, Inc.

Referência: http://www.vegetarianismo.com.br/artigos/enzimas1.html

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?