Saturday, July 29, 2006

 

Educar ao invés de Medicar !


Todos os sintomas que surgem e incomodam o nosso corpo são devidos a hábitos que temos que são prejudiciais ao nosso corpo. A medicina tradicional costuma tratar (não curar!) esses sintomas, recomendando a ingestão de medicamentos. No entanto, nenhum medicamento é feito para CURAR qualquer doença: é feito apenas para suprimir os sintomas das doenças. A única forma de realmente curar qualquer doença é através da mudança dos hábitos prejudiciais, que levaram primeiramente ao surgimento dessa doença (que não tinhamos quando éramos bebês, não genética). Para isso precisamos receber a informação adequada, verdadeira, de quais hábitos de vida que nos estão prejudicando o físico, e mudarmos esses hábitos patológicos para hábitos saudáveis. Daí a necessidade de "educar ao invés de medicar". Lembrar sempre que médicos são especialistas em TRATAR doenças. Saúde é algo diametralmente oposto a doença, algo em que a maioria dos médicos são analfabetos. Porisso mesmo é que os médicos, em média, não vivem mais anos do que o restante da população: não sabem como preservar suas próprias saúdes... No entanto, todos os órgãos que tratam de doenças são chamados eufemisticamente de "saúde", como Ministério da Saúde (na realidade, da Doença), Centro de Saúde (de Doença), Secretaria da Saúde (da Doença), etc etc. Para enganar (deseducar) o povo... Quanto mais você freqüenta esses lugares, menos saúde você terá, e mais doenças ganhará...

Friday, July 28, 2006

 

Pensamentos de Eckhart Tolle - 3

Da Referência [1]:

Com muita facilidade as pessoas ficam aprisionadas nas armadilhas de seus próprios pensamentos!

Como a mente humana tem um imenso desejo de saber, de compreender e de controlar, ela confunde opiniões e pontos de vista com a verdade. A mente afirma: "as coisas são exatamente assim". Você precisa ir além dos seus pensamentos para perceber que, ao interpretar a "sua vida" ou a vida e o comportamento dos outros, ao julgar qualquer situação, você está expressando apenas um ponto de vista entre muitos possíveis. Suas opiniões e pontos de vista não passam de um punhado de pensamentos. Mas a realidade é outra coisa. Ela é um todo unificado em que todas as coisas se interligam e nada existe em si e por si. Pensar fragmenta a realidade, cortando-a em pequenos pedaços, em pequenos conceitos.

A mente pensante é uma ferramenta útil e poderosa, mas torna-se muito limitadora quando invade completamente a sua vida, impedindo você de perceber que a mente é apenas um pequeno aspecto da consciência que você é.

A sabedoria não é um produto do pensamento. A sabedoria é um profundo conhecimento que vem do simples ato de dar total atenção a alguém ou a alguma coisa. A atenção é a inteligência primordial, a própria consciência. Ela dissolve as barreiras criadas pelo pensamento, levando-nos a reconhecer que nada existe em si e por si. A inteligência une a pessoa que percebe ao objeto percebido, num campo unificado de percepção. É a atenção que cura a separação.

Referência:
[1] Eckhart Tolle, O Poder do Silêncio, Editora Sextante, 2005.

Wednesday, July 26, 2006

 

Pensamentos de Sondra Ray - 12

Da Referência [1]:

SAÚDE E IMORTALIDADE


Se a vida é a energia criativa do ser, então sua perfeita expressão não é a totalidade e a saúde? A saúde é dinâmica, não estática. Ela é uma atividade de vida prazerosa, fluida, circulante, em plena manifestação. Quanto mais forte sua pulsão de vida, mais saudável você será. Então é óbvio que desistir do pensamento doentio de que a morte é inevitável, vai melhorar tremendamente sua saúde.

Você consegue perceber que toda cura é temporária até que você cure a morte? Você pode ser ensinado a curar qualquer coisa com o poder de sua mente. Mas, se você não se curar de sua crença na morte, você irá criar uma nova maneira de se matar! O livro Um Curso em Milagres deixa bem claro que toda doença é doença mental. Isso significa que você cria todas as condições em seu corpo com sua mente. Você cria seus sintomas com seus pensamentos negativos. Todo sofrimento é o grande esforço envolvido em se apegar a um pensamento negativo. Se você criou os sintomas, então você pode "descriá-los". Qualquer coisa, portanto, é curável, mas só se você pensar assim, disser isso e realmente acreditar nisso. Na realidade, é mais fácil se curar do que você pensa. Deu muito trabalho criar sua doença, deve ter demorado anos. "Descriá-la" pode ser tão fácil quanto exalar os pensamentos negativos pelos quais você se esforçou tanto e aos quais se apegou por tanto tempo. Se você mudar sua mente, seu corpo mudará automaticamente.

De certa forma, todos os pensamentos negativos que temos são como pequenas mortes. Se você está realmente se permitindo ter pensamentos negativos, seu corpo sofrerá e se rebelará! Câncer, por exemplo, é conseqüência da batalha entre a própria pulsão de vida e a pulsão de morte na mente de uma pessoa. As células do corpo ficam confusas. Quando a pulsão de morte é mais forte do que a pulsão de vida, a pessoa morre. Se o indivíduo reforçar sua pulsão de vida para que ela seja mais forte do que a pulsão de morte, ele sobreviverá. Conheço muitas pessoas que se curaram de câncer, mesmo nos últimos estágios e com grave metástase. Eles fizeram isso com sua mente, não com substâncias externas. Assim que você tiver um sintoma, descubra o pensamento que o causou. "O médico é a mente do próprio paciente", diz Um Curso em Milagres.

Referência:
[1] Sondra Ray, Viva Para Sempre, Editora Gente, 1999.

 

Pensamentos de Eckhart Tolle - 2

Da Referência [1]:

ALÉM DA MENTE PENSANTE

A maioria das pessoas passa a vida toda aprisionada nos limites dos próprios pensamentos. Nunca vai além das estreitas idéias já feitas, do sentido do "eu" condicionado ao passado.

Em você, como em cada ser humano, existe uma dimensão de consciência bem mais profunda do que o pensamento. É a essência de quem você é. Podemos chamá-la de presença, de percepção, de consciência livre de condicionamentos. Nos antigos ensinamentos religiosos, essa consciência é o Cristo interior ou a sua natureza búdica.

Descobrir essa dimensão liberta você do sofrimento que causa a si mesmo e aos outros, quando você conhece apenas esse pequeno "eu" condicionado e deixa que ele conduza sua vida. O amor, a alegria, a criatividade e a verdadeira paz interior só podem entrar em sua vida quando você atinge essa dimensão de consciência livre de condicionamentos.

Se você reconhecer, mesmo esporadicamente, que os pensamentos que passam por sua cabeça são meros pensamentos; se você consegue se dar conta dos padrões que se repetem em suas reações mentais e emocionais, é sinal de que essa dimensão de consciência está emergindo. Ela é o espaço interno em que o conteúdo de sua vida se desdobra.

A corrente do pensamento tem uma enorme força que pode muito facilmente levar você de roldão. Cada pensamento tem a pretenção de ser extremamente importante. Cada pensamento quer sugar sua completa atenção.

Eis um novo exercício espiritual para você praticar: não leve seus pensamentos muito a sério!

Referência:
[1] Eckhart Tolle, O Poder do Silêncio, Editora Sextante, 2005.

 

Oscar Quiroga - 24


VERDADES PARADOXAIS

Enquanto isso, aqui na nave Terra a perversidade de uma espécie humana que existe constantemente atormentada tornou-se ilimitada, e assim tornou-se, também, normal que se desafie a bondade e felicidade que eventualmente surgir, e que inevitavelmente surgirá, a provar-se suficientemente forte para suportar a ignomínia. Qualquer sinal de nobreza será castigado, argumentando-se, inclusive, com a boa razão da democracia, de que não deve haver verdade absoluta, nem únicos donos da verdade. É fato, num mundo democrático não deve haver únicos donos da verdade, porém isso não renega o fato de a sabedoria ter desde sempre descoberto a verdade ser única, e vai tentar dormir você com um paradoxo desses aninhando em seu coração!

 

Relacionamento Humano

"A finalidade com que o ser humano nasce neste mundo não é somente a evolução e o aprimoramento da própria alma, mas também o cumprimento da missão que Deus lhe atribuiu"
Masaharu Taniguchi

Pais e filhos

O ser humano não consegue viver só. Está sempre cercado de companheiros, vive em sociedade. Citando um exemplo de mais fácil compreensão, é necessária a existência de pai e mãe para o nascimento de uma pessoa. E aí começam os relacionamentos humanos. O destino da pessoa muda conforme o bom ou o mal relacionamento humano que ela tem com os outros.

Para que esse relacionamento ocorra de modo construtivo e sem incidentes, torna-se necessário, em primeiro lugar, ter a mente que agradece aos pais. O bebê se afeiçoa aos pais e aprende docilmente o que eles lhe ensinam. Não existe nenhum bebê que se revolte ou cometa violência contra os pais. Se essa mente de bebê se desenvolver sem restrições, a vida da pessoa será repleta de alegria e felicidade. Mas por que, sem ela perceber, essa mente acaba mudando, chegando a tornar-se cheia de revolta e de ódio?

Na verdade, o homem não é apenas corpo carnal. O corpo carnal é algo semelhante a um instrumento ou veículo para o uso da nossa alma, que foi criado principalmente através de nossos pais. É exatamente como uma bicicleta, ou motocicleta, que ganhamos dos pais. No caso dessas máquinas, é possível percebermos claramente "Ganhei de meus pais!", mas, no caso do corpo carnal, é possível que não tenhamos essa percepção clara, já que ele foi formado no ventre da mãe, a partir de elementos muito pequenos, chamados de espermatozóide e óvulo.

Assim, podemos dizer que nosso corpo foi criado principalmente pelos nossos pais, mas isso se refere apenas ao corpo carnal. A alma é o nosso corpo real, que existe como vida eterna desde muito antes do surgimento do corpo físico atual. Se assim não fosse, e os pais tivessem criado até a vida, os filhos seriam propriedade dos pais, e estes teriam total liberdade de vender, comprar, dar cabo ou pisotear os filhos. Mas, se a lei proíbe essas práticas, é porque reconhece o homem não como apenas corpo carnal, mas sim como alma e possuidor de respeitável individualidade. Em todos os países isso é reconhecido naturalmente, o que deve significar que as pessoas que instituíram as leis e a moral não puderam determinar que o homem seja apenas o corpo carnal em si.

O que diz a sutra sagrada

Se os pais tivessem criado até a vida, as pessoas não seriam vida eterna, mas sim produto dos pais, e a vida teria uma duração muito curta. Isto porque o corpo carnal perece em aproximadamente 100 anos, não restando vida após isso, mas apenas restos mortais.

Porém, na sutra sagrada da Seicho-No-Ie [Chuva de Néctar da Verdade], consta que nossa alma (espírito) fabrica o corpo carnal. Na sua parte final, consta o seguinte:

"...O homem, em sua natureza verdadeira, é Homem-Deus, é Espírito eterno, indestrutível e imortal, e não é máquina feita de matéria, nem é a matéria pré-existente em que se alojou o espírito; tal dualismo é totalmente errôneo. A matéria é, antes, sombra do espírito, produto da mente, assim como o casulo é produto do bicho-da-seda. Não é no casulo pré-existente que se aloja o bicho-da-seda; o bicho-da-seda é que, expelindo o fio, constrói o casulo e nele se aloja..."

Ou seja, está escrito que o corpo carnal chamado casulo é um instrumento fabricado pelo bicho-da-seda. Ali não há mensão de pai e mãe. Diz, metaforicamente, que o bicho-da-seda (filho) fabricou o próprio casulo de carne, sem a intermediação dos pais. Mas, como sempre repeti anteriormente, o filho (bebê) não vive só; sem os pais, não é possível nascer neste mundo. Portanto, podemos dizer que, no caso do ser humano, o corpo carnal é obra conjunta dos pais e do próprio filho.

Cientificamente falando, os genes dos pais são passados para o corpo dos filhos, e também há genes próprios dos filhos. Destes, a maioria é herança dos genes dos antepassados. Isto porque os pais também herdaram o corpo carnal dos antepassados. Existe também entre pais e filhos semelhança de nível espiritual. Há semelhança de carma entre eles; eis porque vieram a este mundo como pais e filhos.

Desta forma, nossa alma (espírito) vive neste mundo terreno fazendo uso do corpo carnal, porisso podemos dizer que nunca vivemos sós, mas sim na companhia de nossos pais e antepassados. Se os pais têm vários filhos, temos a oportunidade de conviver com irmãos, e é importante valorizarmos este relacionamento familiar e vivermos agradecendo-nos mutuamente.

O relacionamento humano não se restringe aos irmãos. Mais tarde, ele se estende aos amigos e parentes, com quem vivemos, ajudando-nos uns aos outros. Assim, aprendemos uns com os outros, e em muitas ocasiões recebemos ajuda de professores, colegas mais velhos ou mais novos. Na sutra sagrada Palavras do Anjo está escrito:

"... Sabei que a infinidade de almas humanas são todas reflexos do mesmo Espírito Divino, à semelhança de milhões de imagens de um mesmo objeto refletidas em milhões de espelhos dispostos em torno dele... porisso, sois irmãos entre si. Se compreenderdes que todos os seres são irmãos, que todas as vidas são irmãs, que todas as criaturas formam um todo indivisível e que Deus é Pai de todos os seres, brotará espontaneamente em vós o sentimento de amor e louvor do próximo..."

Muitas pessoas conseguem viver amando-se e louvando umas às outras, transcendendo diferenças de povos e raças. Podemos dizer que não existe relacionamento humano tão feliz e maravilhoso como este.

Comportamento alegre

Assim, é importante a convivência com amigos e outras pessoas, reconhecendo-lhes as virtudes a agradecendo e ajudando-se mutuamente. Aqueles que se limitam a falar com restrito número de pessoas através de telefone celular, ignoram os desconhecidos e não os ajudam em nada, acabam com o grupo desunido, tendo relacionamento difícil, brigando entre si, ou maltratando e sendo maltratados.

Portanto, tomemos a iniciativa de descobrir as partes positivas daquilo que acontece no mundo, a beleza, os atos de bondade, e tenhamos uma vida repleta de alegria e gratidão mútua.

Fonte:
Seicho Taniguchi, Relacionamento Humano, Revista Pomba Branca, Seicho-No-Ie, pp. 8-10, Novembro 2005.



Tuesday, July 25, 2006

 

Pensamentos de Sondra Ray - 11

Da Referência [1]:

Há muita pesquisa documentada que indica que as pessoas que meditam realmente vivem mais tempo (e melhor) do que as que não meditam.

Você ficaria surpreso com o que sua mente e seu corpo podem fazer quando você percebe que é Espírito e quando se permite ser o que você é: Eterno e Divino. O Deus dentro de você sabe como produzir espontaneamente o que é necessário para sua Imortalidade pessoal.

OS NOVOS ENSINAMENTOS

Recomendo a leitura do livro New Teachings for an Awakening Humanity [Novos Ensinamentos para uma Humanidade Alerta], de Virginia Essene [2]. Aí, Jesus nos lembra que o poder espiritual é a base do que chamamos ciência:

Muito será revelado para aqueles com coração aberto, que amam Deus acima de tudo. Muitas leis universais serão dadas aos cientistas "pacíficos"... muitos mistérios serão explicados.

No primeiro capítulo, somos lembrados de que nosso trabalho é ser os guardiões da Terra. E também de que uma parte de nós está em um dimensão mais alta agora - mas a maioria de nós não aceita isso. Outra passagem do Cristo nesse livro:

A terceira dimensão, onde você reside em sua carne física, é mais densa em vibração e usa a morte como seu término da experiência de vida. Mas você funciona a partir da quarta área ou de uma até mais alta através de sua intuição ou do conhecimento de sua alma, se seu coração estiver aberto e sua mente for dedicada ao Deus vivo. Na quarta dimensão, nenhuma morte física é possível. Mostrei essa verdade com minha ressureição há quase 2000 anos. Isso significa que a natureza de Deus em você tem a capacidade de mudar em muitos níveis de evolução e serviço, independente de sua personalidade saber disso ou não.

Mais para frente temos:

Compreenda que você é luz e energia, pois é isso que Deus é. Conseqüentemente, você sempre esteve vivo como uma criação espiritual. Portanto, no nível da alma, você é uma imensa massa coletiva de energia em identidade. Você não tem idade e é eterno... Você está aqui para demonstrar autocontrole...

E mais:

Um dia, seus corpos de forma física serão como aquele que lhes mostrei no momento de minha ressureição, e além disso eles se tornarão cada vez mais leves. Não há limite no plano de Deus.

Jesus disse na Bíblia: "O poder da vida e da morte está na língua" [parafraseando teríamos: "o que você diz é o que você consegue com seu corpo"]. Em [2], Jesus diz:

Eu vim para dizer que você é uma criação escolhida de Deus a quem foi dado o lívre arbítrio para viver ou morrer espiritualmente - para acreditar ou não. O homem pode se elevar acima do pensamento negativo (da morte) e sobreviver à experiência chamada morte... Eu vim para mostrar que quando sua forma física morre (se você escolheu isso), você fica então em seu corpo leve ressuscitado. Mas eu também mostrei para você que um corpo pode ser literalmente elevado na luz, em vez de ser deixado decaindo ou morrendo aqui.

Em outras palavras, você também pode se desmaterializar e ascender - como Ele o fez.

Referências:
[1] Sondra Ray, Viva Para Sempre, Editora Gente, 1999.
[2] Virginia Essene, New Teaching for an Awakening Humanity [1994/95 Update], Spiritual Education Endeavors Publ. Company, 1994.

Monday, July 24, 2006

 

Pensamentos de Eckhart Tolle - 1

Abaixo segue idéias relatadas na Referência [1]:

SILÊNCIO E CALMA

A calma é a nossa natureza essencial. O que é a calma? É o espaço interior ou a consciência onde as palavras aqui escritas são assimiladas e se transformam em pensamentos. Sem essa consciência, não haveria percepção, não haveria pensamentos nem mundo. Você é essa consciência em forma de pessoa.

Quando você perde contato com sua calma interior, você perde contato com você mesmo. Quando perde esse contato, você fica perdido no mundo. Sua mais íntima noção de si mesmo, de quem você é, não pode ser separada da calma. Ela é o EU SOU, mais profundo do que seu nome e da sua forma externa.

O equivalente ao barulho externo é o barulho interno do pensamento. O equivalente ao silêncio externo é a calma interior. Sempre que houver silêncio à sua volta, ouça-o. Isso significa: apenas perceba-o. Preste atenção nele. Ouvir o silêncio desperta a dimensão de calma que já existe dentro de você, porque é só através da calma que você pode perceber o silêncio. Note que, quando você percebe o silêncio à sua volta, você não está pensando. Você está consciente do silêncio, mas não está pensando.

Quando você percebe o silêncio, instala-se imediatamente uma calma alerta no seu interior. Você está presente. Nesses momentos você se liberta de milhares de anos de condicionamento humano coletivo.

Olhe para uma árvore, uma flor, uma planta. Deixe sua atenção repousar nelas. Note como estão calmas, profundamente enraizadas no Ser. Deixe que a natureza lhe ensine o que é a calma.

Quando você olha para uma árvore e percebe a calma da árvore, você também se acalma. Você se conecta à árvore num nível muito profundo. Você sente uma unidade com tudo o que percebe na calma e através dela. Sentir a sua unidade com todas as coisas é amor.

O silêncio ajuda, mas você não precisa dele para encontrar a calma. Mesmo se houver barulho por perto, você pode perceber a calma por baixo do ruído, do espaço em que surge o ruído. Esse é o espaço interior da percepção pura, da própria consciência. Você pode se dar conta dessa percepção como um pano de fundo para tudo o que seus sentidos apreendem, para todos os seus pensamentos. Dar-se conta da percepção é o início da calma interior.

Qualquer barulho perturbador pode ser tão útil quanto o silêncio. De que forma? Abolindo a sua resistência interior ao barulho, deixando-o ser como ele é. Essa aceitação também leva você ao reino da paz interior que é a calma. Sempre que você aceitar profundamente o momento como ele é - qualquer que seja a sua forma -, você experimenta a calma e fica em paz.

Preste atenção nos intervalos - o intervalo entre dois pensamentos, o curto e silencioso espaço entre as palavras e frases numa conversa, entre as notas de um piano ou de uma flauta ou o intervalo entre a inspiração e a expiração. Quando você presta atenção nesses intervalos, a percepção de "alguma coisa" se torna apenas percepção. Dentro de você surge a pura consciência desprovida de qualquer forma. Você deixa então de identificar-se com a forma.

A verdadeira inteligência atua silenciosamente. A calma é o lugar onde a criatividade e a solução dos problemas são encontradas.

Será que a calma e o silêncio são apenas a ausência de barulho e de conteúdo? Não, a calma e o silêncio são a própria inteligência, a consciência básica da qual provêm todas as formas de vida. A forma de vida que você pensa que é, vem dessa consciência e é sustentada por ela. Essa consciência é a essência das galáxias mais complexas e das folhas mais simples. É a essência de todas as flores, árvores, pássaros e demais formas de vida.

A calma é a única coisa no mundo que não tem forma. Na verdade, ela não é uma coisa nem pertence a este mundo.

Quando você olha num estado de calma para uma árvore ou uma pessoa, quem está olhando? É algo mais profundo do que você. A consciência está olhando para a sua própria criação. A Bíblia diz que Deus criou o mundo e viu que era bom. É isso que você vê quando olha num estado de calma, sem pensar em nada.

Você precisa saber mais coisas do que já sabe? Você acha que o mundo será salvo se tiver mais informações, se os computadores se tornarem mais rápidos ou se forem feitas mais análises intelectuais e científicas? O que a humanidade precisa hoje é de mais sabedoria para viver.

Mas o que é sabedoria e onde ela pode ser encontrada? A sabedoria vem da capacidade de manter a calma e o silêncio interior. Apenas veja e ouça. Não é preciso nada além disso. Manter a calma, olhando e ouvindo, ativa a inteligência que existe dentro de você. Deixe que a calma interior oriente suas palavras e ações [...medite].

Referência:
[1] Eckhart Tolle, O Poder do Silêncio, Editora Sextante, 2005.

Friday, July 21, 2006

 

Oscar Quiroga - 24


O CAMINHO DA VERDADE

Enquanto isso, aqui na nave Terra nossa humanidade que acredita no caminho da Verdade não deve se amedrontar pelos gritos dos materialistas que exigem provas, pois se pode, muito sinceramente, acreditar no caminho da Verdade, perceber sua realidade, sem saber ao certo onde essa estaria. A mentira, com que o caminho da Verdade deve prolongadamente lutar, se mune de argumentos cada vez mais complexos e retorcidos, levando a fazer perguntas impossíveis, que exigem respostas incríveis, e nesse sentido os heróis e heroínas que acreditam na Verdade devem, mais do que nunca, tornar-se despudorados nas atitudes com que contra-arrestam o ataque da mentira. A armadilha em que a mentira caiu reside em ter sido depositada no ventre do tempo infinito da Verdade, que a consome inexoravelmente.

Wednesday, July 19, 2006

 

Uma Resposta do Dalai Lama


Perguntaram ao Dalai Lama, o que mais o surpreendia na humanidade? Ele respondeu... os homens... pois perdem a saúde para juntar dinheiro e depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde e também por pensarem ansiosamente no futuro, esquecendo do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro... fora que vivem como se nunca fossem morrer e acabam morrendo como se nunca tivessem vivido.

Só para registro e reflexão.

Tuesday, July 18, 2006

 

Cure Câncer e Aids com Microcorrentes


Veja como você pode fazer isso, gastando menos de 2 dólares, vendo esta palestra do Dr. Bob Beck:


http://video.google.com/videoplay?docid=2095786730805958061&q=Magnetism

Em resumo, neste vídeo o Dr. Beck afirma que todas as doenças podem ser curadas utilizando conjuntamente 3 aparelhos simples e baratos, a saber:

1. Um zapper, que eletrifica - de forma pulsada - o sangue circulante;
2. Um arranjo para gerar prata coloidal, que é um antibiótico natural, sem efeitos colaterais nocivos;
3. Um emissor de campo magnético pulsado, que usa um flash de câmara fotográfica acoplado a uma bobina.

Usando essas técnicas, o Dr. Beck, que era gordo ficou magro, e era calvo e ficou cabeludo, segundo suas afirmações neste vídeo...
Por que essas soluções não são do conhecimento público? Palavras do Dr. Beck: "Um paciente curado é um freguês perdido"...

Um abraço, Rui.

PS: Hoje o ator Raul Cortez morreu de câncer, certamente sem saber das soluções acima...

 

Oscar Quiroga - 23


INTRIGAS E FOFOCAS


Enquanto isso, aqui na nave Terra a intriga e a fofoca estão na crista da onda, mas só os humanos que mentem conseguem acreditar naquilo que não tem fundamento algum, a não ser a fantasia. Desafortunadamente, todos os seres humanos mentem, só varia o grau e freqüência em que isso é exercido. Por isso, nesta época homens inferiores se tornaram grandes, e pela mão desses se disseminou a miséria e a infelicidade entre os que os tornaram grandes, pois ainda que cada uma das almas em particular fosse astuta o suficiente para evitar cometer esse erro, todas elas, em conjunto, padeceram da tolice de olhar a língua que falava as palavras, desconsiderando a ação que era cometida simultaneamente. Intrigas e fofocas constroem governos, mas também os destroem.

 

Magnetismo e Saúde - 2


MAGNETISMO NO INTERIOR DO CORPO


O corpo humano é uma máquina que funciona utilizando sinais eletromagnéticos. Cada célula do corpo recebe esses sinais do cérebro através de um sistema nervoso central. A comunicação eletromagnética entre cada uma das 60 trilhões de células do nosso corpo depende da presença do campo magnético terrestre. Em outras palavras, se o campo magnético terrestre se anular, o sistema de comunicação entre as células irá cessar. Isso, obviamente, iria causar a morte do corpo físico, já que cada célula iria se comportar de forma independente das outras células, o caos! Daí, novamente, a constatação de grande quantidade de fósseis quando da reversão (passando pela anulação) do campo magnetostático da Terra, como vimos anteriormente.

No interior do corpo o campo magnético presente é devido a duas fontes: 1. uma componente desse campo magnético é produzida pelo próprio corpo (via mente e metabolismo); 2. outra componente magnética é devida ao campo magnético do planeta (que possui, por sua vez, uma componente estática e outra dinâmica, principalmente na ressonância Schumann). O magnetismo gerado internamente no corpo não é suficiente para sustentar a sua vida. Como conseqüência, os humanos possuem uma total dependência de uma fonte externa de magnetismo (geralmente fornecido pela Terra). Como vimos, o campo magnético fornecido pela Terra tem diminuído de intensidade nos últimos milênios. O corpo humano se adaptou à essa diminuição da energia magnética natural planetária, mas uma hipótese razoável é supor que houve, também, uma perda correspondente na vitalidade fisiológica e na eficiência de todas as funções do corpo.

Esta menor eficiência corporal poderia explicar a diminuição substancial do período de vida humana ao longo das eras históricas. Na Bíblia, os primeiros humanos tinham períodos de vida próximos de 1.000 anos, quando o campo magnético era mais intenso que o atual. Já nos Vedas, que abarcam períodos muito mais antigos (e cíclicos!), temos relatados os seguintes períodos de vida típicos:

1. Primeira Era (Era de Ouro) = Satya Yuga; período de vida típico: 100.000 anos.
2. Segunda Era (Era de Prata) = Treta Yuga; período de vida típico: 10.000 anos
3. Terceira Era (Era do Cobre) = Dvapara Yuga; período de vida típico: 1.000 anos (era bíblica)
4. Quarta Era (Era de Ferro) = Kali Yuga (atual); período de vida típico: 100 anos (se tiver uma vida regrada)

A idéia básica das terapias magnéticas (magnetoterapias) é colocar o corpo em contato com campos magnéticos que simulem os campos magnéticos presentes nestes passados distantes, levando a um melhor desempenho geral no funcionamento do corpo. Este é o motivo da recomendação, por exemplo, para se dormir em uma cama magnética, com travesseiro magnético, e para beber água imantada, que foi também submetida a um campo magnetostático mais intenso que o fornecido atualmente pelo planeta.

ÁGUA SOB CAMPO MAGNÉTICO

A maior parte de nosso corpo é constituída de moléculas de água (H2O, constituída de 2 átomos de hidrogênio e um de oxigênio): quase 80% ao nascer e algo próximo de 40% ao morrer com idade avançada. Portanto, nossa vida é um processo contínuo de desidratação, verificável pelo aparecimento de rugas no nosso rosto a partir de certa idade (de certo grau de desidratação). A água responde facilmente a certas influências físicas (como o campo magnético, a temperatura, etc) e mentais/emocionais. Isto ocorre porque a molécula de água é neutra (sem carga elétrica total) mas é também polar: o centro das cargas positivas e negativas (de mesma intensidade) não coincidem, e acabam formando uma molécula que possui um dipolo elétrico, que pode ser movido pela presença de um campo elétrico ou magnético no local em que tal molécula estiver presente.

O cientista japonêz Masaru Emoto [1] mostrou, através de fotografias tiradas com um microscópio, que a água pode ser considerada como um gravador magnético de emoções/sentimentos: moléculas de água sem qualquer estruturação entre si (em águas poluídas, água destilada artificialmente, etc) passam a ter uma estruturação (junção eletrostática de moléculas polares de água vizinhas) com formato básico hexagonal, quando sujeitas a uma oração dirigida a ela, um bom sentimento (de amor, de agradecimento), sob a influência de um texto escrito com boas palavras ou sob o efeito de uma boa música clássica (heavy metal desestrutura a água!). Por que a boa estruturação (junção) das moléculas de água é importante para nossa saúde? Porque essa melhor estruturação permite que esses conjuntos de moléculas possam ser absorvidos por nossas células, hidratando-as e evitando o processo desidratante do envelhecimento (e de geração de doenças).

Existe um brinquedo infantil que consiste em conseguir passar alguns blocos cilíndricos, de seções transversais diversas, através de uma placa com furos com os formatos dessas seções transversais. Caso semelhante ocorre com os grupamentos de moléculas de água presentes juntos da célula, mas ainda no seu exterior: para a "boca" da célula poder engulir um certo grupamento de moléculas de água, esse grupamento deve ser adequado (em particular, não muito grande, pois caso contrário, não irá passar pela "boca" da célula; tente comer uma maçã inteira, sem dividí-la em pedaços...). A aplicação de campo magnético (e emoções positivas) na água ajuda na obtenção de uma melhor agrupamento das moléculas polares da água. As moléculas de água líquida se agrupam (grudam) entre si porque cada molécula de água é polar e possuem cargas positiva e negativa separadas espacialmente; portanto, uma molécula de água irá ter sua parte positiva atraída pela parte negativa da molécula de água vizinha e assim sucessivamente, podendo formar aglomerados de muitas moléculas "coladas" entre si; se esses ajuntamentos forem muito grandes, não irão conseguir passar pela "boca" reduzida da célula. Como no brinquedo infantil citado, se os blocos forem muito pequenos, passarão todos pelos buracos (bem maiores, relativamente) da placa (bocas das células, no nosso caso).

Neste ponto, é importante nos acautelarmos com uma nova tecnologia que está surgindo: nanotecnologia. É uma técnica que permite a construção de estruturas cerca de mil vezes menor do que as utilizadas em microcircuitos eletrônicos. Uma das áreas de nanotecnologia consiste na fabricação de fármacos e produtos de beleza utilizando partículas de dimensões nanométricas. Devido ao seu minúsculo tamanho, essas partículas passam facilmente pela "boca" das nossas células, indo parar no interior da célula. Como essas nanopartículas não ocorrem normalmente na natureza e são partículas mortas (sem vida), e como "Da morte só vem morte" (Jesus), essas partículas mortas dentro da célula irão matar a célula [a célula não consegue barrar a entrada dessas partículas para o seu interior, devido aos seus tamanhos extremamente reduzidos]. Portanto, evite o uso, junto ao seu corpo, de produtos que usem nanotecnologia, para preservar a saúde de suas células!

[continua]

Referências:
[1] Masaru Emoto, As Mensagens da Água, Editora ISIS, 2004.

Para saber mais:
1. http://mais.uol.com.br/view/60lcne84cc19/a-importncia-do-magnetismo-na-sade-humana-0402366AD4A96326?types=A&

Labels: , , ,


Monday, July 17, 2006

 

Oscar Quiroga - 22


NECESSÁRIO E DESNECESSÁRIO


Enquanto isso, aqui na nave Terra, correm milhares de boatos a respeito do que é, do que foi e do que virá a ser, mas nada corresponde à realidade, dado ninguém saber ao certo a natureza do momento em que existe. Os intriguistas sempre existiram, e apesar de considerar-se únicos e originais, donos da verdade, todos têm aquele olhar que tenta fazer acreditar que sabem de segredos que os outros desconhecem, mas sempre esses segredos são desgraçados, nunca os intriguistas são capazes de saber algo positivo a respeito de nada. Nossa humanidade de boa vontade anda cansada de existir num mundo de mentira, que produz problemas desnecessários, dado ser desprovido de nobreza. A nobreza é exclusiva das pessoas verdadeiras, que não necessitam ser reconhecidas como tais.

Sunday, July 16, 2006

 

Frase do Dia

"A melhor maneira de protejer uma coisa má é negar a sua existência"

Credo Mutwa - Africa do Sul

 

Vampiros Modernos


Vampiros Modernos
por Henrique G. Wiederspahn

Na nossa sociedade atual, mais do que nunca, estamos cercados de vampiros.

Hoje em dia, os vampiros não se mais vestem de preto, saindo na calada da noite em busca do pescoço de pessoas inocentes. Mas vão muito além, ao sugar a energia vital das pessoas que se deixam ser o alimento para esses seres, comuns e iguais a nós.

Primeiro, vamos a alguns esclarecimentos. Tudo o que vive nutre-se das fontes de energia natural. Elas são obtidas através dos alimentos sólidos e líquidos, bem como, do ar que respiramos. Da mesma forma, nutrem-se ainda da energia vital existente em abundância no Universo. Em nosso planeta, ela pode ser obtida quando caminhamos descalços na natureza, seja em uma praia ou parque, abraçamos uma árvore, ou praticamos certos exercícios respiratórios.

O ser humano é um complexo sistema de combinação, síntese e interação de energias, através de um processo psíquico e bioquímico bastante avançado. Assim, cada um de nós troca energia com o meio, as pessoas e os seres com as quais se encontra ao longo do dia. Conforme a necessidade, absorvemos ou descarregamos a energia vital existente em nós.

Para o desenvolvimento e manutenção da vida, a nutrição energética é, de longe, a mais importante e necessária. Podemos passar alguns minutos sem respirar, alguns dias sem alimentos sólidos ou líquidos, mas não podemos ficar um segundo sequer desconectados de nossas fontes de energia vital sem que isso nos leve à morte.


Os Chakras

A energia vital é absorvida através dos chakras. Ligados ao nosso corpo psíquico ou sutil, sua função é estabelecer uma ponte de ligação com as energias vitais do universo necessárias para a manutenção da vida no indivíduo. Os chakras principais são em número de sete, cada um com uma atribuição específica ligada à absorção e distribuição da energia vital.

Embora seja possível absorver energia vital através dos meios naturais acima citados, em virtude das atribulações dos grandes centros urbanos, ocorre um maior desgaste, na mesma medida que há uma maior escassez de fontes naturais de energia (árvores, praia, cachoeiras, etc.).

Técnicas orientais como a Hatha Yoga e o Tai Chi Chuan, por exemplo, têm como objetivo a manutenção da energia vital através de técnicas posturais e respiratórias.


Equilíbrio Energético

Pessoas equilibradas nutrem-se de fontes naturais de energia. Essas pessoas sentem-se felizes e bem dispostas quando em contato com a luz do sol, à beira de um lago ou em contato com a natureza. Geralmente, são queridas pelos animais domésticos, particularmente cães e gatos.

Equilibradas, consciente ou inconscientemente, saberão dosar suas reservas energéticas, potencializando-as e empregando-as construtivamente através de uma vida estável e sadia.

A prática de atividades físicas moderadas, uma alimentação balanceada e correta, bem como, posturas mentais e psicológicas adequadas, levam a uma vida plena, característica de pessoas energeticamente equilibradas.


Os Vampiros

Porém, há um outro tipo de pessoas que, por terem perdido o contato com sua natureza interior, também perderam a capacidade de absorver e sintetizar a energia vital existente no Universo. Para se manterem vivas, precisam buscar outras fontes, passando a sugar a energia vital de outras pessoas. Esses são os vampiros modernos.

Existentes em grande número e em constante proliferação em virtude das características dos grandes centros urbanos, podem tanto ser conscientes como inconscientes de sua condição de vampiros. Os vampiros conscientes são mais raros, pois sabem das conseqüências cármicas desse ato.

Na verdade, a grande maioria de nós, em um momento ou outro de nossas vidas, acabamos nos comportando como vampiros da energia vital alheia. Quando enfrentamos situações difíceis que nos deixam em estado neurótico, é comum buscarmos conforto e apoio nos outros. Em certas ocasiões, estaremos também sugando suas energias, pois as nossas se exauriram.

A principal característica do vampiro é o egocentrismo. Essa postura reflete-se na atitude do corpo, geralmente côncava, ou seja, voltada para dentro. A postura ideal para a absorção de energia é a "convexa", voltada para fora.

Quanto mais a pessoa estiver voltada para si mesma, maiores serão as suas dificuldades de estabelecer contato com as fontes naturais de nutrição energética e maiores serão as suas necessidades de obtê-las de outras pessoas.

Todos temos mecanismos de defesa contra a perda de energia vital. O mais eficiente deles é a manutenção do equilíbrio interno. Quando esse estado de harmonia se estende ao corpo sutil, impede o ataque de invasões predatórias.

Mas quando perdemos esse centro de gravidade e o projetamos para fora de nosso corpo, debilitamos todas as defesas. Quando se diz que a pessoa está "fora de si", referimos a um estado de desequilíbrio que pode levar à loucura, mas que expressa muito bem o conceito enunciado.

Os vampiros são espertos e sabem que, para obter a energia que precisam, é necessário primeiro desequilibrar a vítima, de modo que suas defesas deixem de representar obstáculo. Ou seja, fazem com que a vítima perca o seu próprio centro. A criatividade dos vampiros não tem fim.


10 Tipos de Vampiros

1. Cobrador
Cobra sempre, principalmente o que não lhe é devido. Acha que tem direito a tudo sem dar nada em troca. Ao cruzar com ele na rua, ao invés de cumprimentá-lo com um "Olá, como vai?" ele irá achar alguma coisa para cobrar de você: "Puxa, até que enfim te encontrei. Faz tempo que espero notícias suas ou um telefonema... Você se esqueceu de mim?"

Antídoto: Se você cair na dele e vestir a carapuça, sentindo-se culpado, já estará enfraquecendo as suas defesas. O melhor antídoto contra esse tipo de vampiro é cobrar de volta: "É isso aí! Eu decidi que nunca mais iria ligar para você antes de você me ligar para saber se estou bem". E, sem subestimar a fome do vampiro, caia fora rapidinho!

2. Crítico
Ele critica negativamente a tudo e a todos. Seu lema é reclamar sempre, elogiar nunca! Desse jeito, transmite para a vítima uma visão feia das coisas, das pessoas e de tudo que a rodeia. Esse tipo de crítica cria uma aura escura e pesada, fazendo com que a vítima se torne presa fácil desse vampiro.

Antídoto: Dizer claramente o quanto ele está exagerando ao apresentar uma visão distorcida, que não concorda com o que ele diz e que deve estar muito infeliz para prestar atenção nos aspectos negativos das outras pessoas e do que o cerca. Tchauzinho e caia fora!

3. Adulador
Esse é o famoso "puxa-saco". Ele a cobre de elogios exatamente como naquela fábula de La Fontaine, "O Corvo e a Raposa". O corvo, no alto de uma árvore, carrega em seu bico um pedaço de queijo. A raposa esperta diz ao corvo que sua voz é belíssima e pede que ele cante. Seduzido pelas lisonjas, o corvo abre o bico, emitindo um grasnido e deixando cair o queijo. Rapidamente, a raposa o abocanha e, antes de comê-lo, passa uma lição ao estúpido corvo: "Todo adulador vive às custas de quem o escuta". Portanto, cuidado com que lhe elogia excessivamente, pois pode ser um vampiro pronto a lhe sugar suas energias.

Antídoto: Simplesmente não dê ouvidos. Se ele insistir, conte-lhe a fábula acima. E caia fora!

4. Reclamador
Cada fala ou gesto desse vampiro contém uma reclamação explícita ou implícita. Faz oposição a tudo e a todos, nada está suficientemente bom, protesta sempre, reivindica tudo, sem parar. Como suas reclamações têm pouco ou nenhum fundamento, esse vampiro raramente dispões de argumentos sólidos e válidos para justificar os seus protestos.

Antídoto: mande esse vampiro parar de encher a sua paciência. Adeusinho e caia fora!

5. Perguntador
Pergunta sobre tudo, sem parar, como se empunhasse uma metralhadora. E se você tentar responder, ele o cortará antes que termine a sua resposta, fazendo-lhe outra pergunta, talvez sobre um assunto totalmente diferente. Esse vampiro nem se importa com o que você diz. Sua técnica visa apenas desestabilizar o equilíbrio mental da vítima, perturbando o fluxo de seus pensamentos.

Antídoto: Não ocupe a sua mente à procura de respostas. Para cortar a investida do vampiro, reaja fazendo-lhe uma pergunta bem pessoal e contundente, do tipo "Ei, me diga uma coisa: quando você transou bem feito pela última vez?" E, é lógico, dê as costas e caia fora!

6. Lamentador
Atacando pelo lado emocional e afetivo da vítima, faz tudo para despertar pena e comiseração. Conta sobre sua vida como se fosse um martírio sem fim ou como se fosse uma novela mexicana. Cheio de mágoas e ressentimentos, coloca-se na posição de vítima de um mundo cruel e injusto.

Antídoto: Diga claramente a esse vampiro que você odeia lamentos porque não resolvem os problemas. Se ele insistir, sugira uma solução radical como eutanásia ou suicídio (os vampiros morrem de medo de morrer!). Tchau e bênção: caia fora!

7. Pegajoso
Investe contra as portas da sensualidade e sexualidade da vítima. Aproxima-se como se quisesse engoli-la com os olhos, com as mãos (às vezes, com a boca, através do beijo). Parece mais um polvo querendo envolver a presa em seus tentáculos. Se você não escapar rapidamente, ele irá sugar a sua energia em qualquer uma das duas possibilidades: seja conseguindo seduzi-la com seu jogo ou provocando repulsa e nojo. Em ambos os casos, você já perdeu o seu próprio centro e ele sorverá a sua energia vital.

Antídoto: Sem medo de ser feliz, corte logo a dele dizendo que você está com uma tremenda dor de barriga. Corra para o banheiro e fique trancada até o vampiro desaparecer da área.

8. Falador
Ele tentará entrar através de seus ouvidos. Falará horas sem parar sobre qualquer assunto, prendendo a sua atenção por horas a fio. Assim, mantém a atenção da vítima ocupada enquanto suga sua energia. Você percebe que está diante desse tipo de vampiro quando, depois de horas falando, você está morrendo de cansaço e não consegue mais prestar atenção a uma palavra que lhe é dita.

Antídoto: Diga-lhe que está com uma tremenda dor de cabeça e deixe-o falando sozinho.

9. Hipocondríaco
A cada dia que passa, aparece com uma doença nova e um batalhão de remédios para curá-las. É a sua maneira de chamar a atenção, preocupação e cuidados. Se encontrar receptividade, descreverá os mínimos detalhes de seus sintomas e toda a dor que está associada. Geralmente, quando termina de contar sua estória, sente-se ótimo e bem disposto. E quem ouviu, arrasado e péssimo.

Antídoto: Dê-lhe o telefone de um médico e vá embora sem dar ouvido às lamúrias.

10. Encrenqueiro
Para esse tipo de vampiro, as coisas só são resolvidas no tapa. Ao contrário do que poderia parecer, ele não tem o desejo de intimidar a vítima criando sentimentos de medo e insegurança, mas sim, despertar raiva e agressividade. Assim que a vítima compra a briga, ele reage, desestabilizando-a completamente.

Antídoto: Faça-se de doido e conte uma piada. Se insistir em provocá-la, diga-lhe para socar o travesseiro ou uma parede. Se continuar, ponha um Lexotan na bebida dele e caia fora.

______ o O o ______


 

Trauma de Violência atrofia Cérebro

Pânico, Pavor, Medo, Insegurança, Depressão. Quem foi vítima de violência sabe muito bem o significado de cada uma dessas palavras. Mas os traumas que um ato violento pode deixar gravado no ser humano vão além das incômodas sensações psicológicas. O cérebro, acredite, pode atrofiar. Estudos recentes revelam que vítimas de ações violentas apresentam redução do volume do hipocampo, região que é ligada à memória. Uma informação relevante, constatada pela pesquisa, é que a atrofia se reverteu nos pacientes que se curaram da depressão, após um tratamento adequado. Os illuminati costumam usar a técnica de trauma para controlar mentalmente as pessoas que eles desejam que os sirvam.

Fonte: Jornal Correio Popular, 16 de julho de 2006, pg. B9.

Observação: Para ampliar a figura abaixo, clique 2 vezes com o cursor em cima da figura; após a figura aparecer ampliada em uma nova página, clique 1 vez novamente com o cursor (agora com um símbolo + presente) sobre a figura, para ampliá-la ainda mais. RFS.


 

Da Prisão para o Paraíso


Eis aqui um vídeo de uma palestra [From Prison to Paradise] de David Icke, proferida em Vancouver-Canadá em 2000, que expõe as mentiras [formando a "Prisão"] que nos são passadas diariamente. É importante tomarmos conhecimento dessas manipulações que nos são impostas continuamente, para que possamos ter condição de nos liberar dessas amarras [ir "para o Paraíso"] e melhorar nossa qualidade de vida. Já foi dito, corretamente, que "Conheça a verdade, e a verdade vos libertará", significando que somos escravos das mentiras que nos são impostas desde nosso nascimento. O vídeo, em inglês, é muito esclarecedor, neste sentido, e possui mais de 6 horas de duração!

http://video.google.com/videoplay?docid=87869282557761133&q=From+Prison

Boa sessão de vídeo.
Rui.

Saturday, July 15, 2006

 

Fonte Ambulante de Alergia


Nos bancos: proteínas de ácaros e de pêlos de animais
Crédito: Miguel Boyayan
Quem tem alergia começa logo a espirrar ou tossir assim que entra em um carro. Parece ter alergia ao próprio carro. Mas não. Quase metade dos automóveis é também depósito ambulante de proteína de ácaros ou de pêlos de cães e gatos que põem em ebulição os mecanismos de defesa do corpo humano. Resultados: espirros, nariz escorrendo, coceira no olho. Em uma palavra, alergia. O acúmulo dessas proteínas, chamadas alérgenos, revela um pouco dos hábitos dos proprietários dos carros, concluiu Ernesto Taketomi com sua equipe da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Minas Gerais. Munidos de um aspirador de pó portátil, os pesquisadores coletaram amostras de poeira do banco do motorista e do passageiro de 60 carros de passeio e de 60 táxis. A poeira dos táxis continha mais alérgenos de ácaros que os automóveis particulares. Em quatro de cada dez táxis havia proteínas de ácaros em concentrações elevadas o suficiente para causar alergia, problema observado em apenas 5% dos carros de passeio, de acordo com o artigo publicado no Journal of Investigational Allergology and Clinical Immunology. A razão dessa diferença é que em Uberlândia, como em muitas cidades do interior, os taxistas estacionam seus carros à sombra com os vidros abertos para manter a temperatura interna amena, criando um ambiente favorável à proliferação dos ácaros. Já os donos dos veículos de passeio não se importam em parar o carro sob sol forte – o calor ajuda a eliminar os ácaros. O problema com os carros de uso privado é outro: em metade deles o nível de uma proteína encontrada no pêlo de cães era elevado a ponto de deixar alerta o sistema de defesa ou mesmo disparar uma crise alérgica. A contaminação do veículo, claro, está associada à presença de um animal de estimação em casa. Mesmo que o dono não o leve para passear de carro, como constatou a equipe de Taketomi em um estudo anterior.

Meu comentário: Observe esta informação "o calor ajuda a eliminar os ácaros", mais um motivo para tomarmos banhos de sol diários...

Fonte: Revista Pesquisa FAPESP, Edição 125 - Julho 2006, pg. 34.

Labels: , ,


 

O Hormônio da Uva


O hormônio do vinho


Crédito: Miguel Boyayan
As uvas usadas para fazer os tipos de vinho tinto de amplo consumo podem conter altos níveis de melatonina, um hormônio que induz ao sono, de acordo com o trabalho de uma equipe da Universidade de Milão, Itália. A descoberta da melatonina na casca da uva explica por que tantos de nós relaxamos gradativamente depois de um gole, seguido por outro, por outro e por outro. Poderia também ajudar a regular o ritmo circadiano, que determina os padrões de sono e vigília, do mesmo modo que a melatonina produzida pela glândula pineal, segundo Iriti Marcello, coordenador desse estudo, publicado na Chemistry & Industry. Pensava-se até recentemente que a melatonina era produzida somente pelos animais – até ser descoberta em plantas, possivelmente com propriedades antioxidantes. Marcello disse ter encontrado melatonina na casca das uvas das variedades Nebbolo, Merlot, Cabernet Sauvignon, Sangiovesse e Croatina. Richard Wurtman, neurologista do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Estados Unidos, não está convencido. Para ele ainda é preciso saber se os compostos descobertos são mesmo melatonina – ou algo muito parecido.

Meu comentário: Observe que o hormônio está presente na uva crua e pode, talvez, estar presente em produtos derivados dela, como vinhos e sucos de uva, se o processamento industrial não se incumbir de eliminá-lo!

Fonte: Revista Pesquisa FAPESP, Edição 125 - Julho 2006, pg. 32.

Labels: ,


Friday, July 14, 2006

 

Oscar Quiroga - 21


O FILHO DA LUZ VEM A NÓS


...Enquanto isso, aqui na nave Terra a mentira dominou o mundo de nossa humanidade por um tempo tão longo que já começava a se lidar com a certeza de as coisas serem assim mesmo. Porém, para contra-arrestar essa certeza imunda houve sempre outra, relegada a nível de mera suspeita, que é a fé. A fé nunca foi apenas uma vontade de acreditar, mas a prova viva de a vida ser maior e melhor. Por isso, a contemplação da decadência desse mundo que se sustenta em mentiras sobre mentiras não deveria assustar nossa humanidade, pois mesmo que ela se veja obrigada a ver familiares, amigos e tutores sendo arrastados por esse final do tempo, também pode, e deve, sintonizar a exaltação disso ser mais do que necessário, para que o filho da luz venha a nós.

 

Frase do Dia


"Não continue por onde o caminho possa conduzir. Em vez disso, vá por onde não há caminho e deixe a sua trilha"


Anônimo.

Thursday, July 13, 2006

 

Oscar Quiroga - 20


O PODER DA DESPREOCUPAÇÃO


Enquanto isso, aqui na nave Terra, que nossa humanidade de boa vontade descanse e se despreocupe, e que faça isso a despeito do recrudescimento de notícias ruins que pipocam com força de mísseis nos meios de comunicação. Mais do que nunca, é necessário imprimir a marca da leveza e da alegria na consciência humana, pois a mentira, que domina há mais tempo do que o permitido, faz uso do medo e do ódio para se perpetuar no poder. Acontece apenas que nada de novo a mentira é capaz de produzir, e todos seus mecanismos já foram desmascarados, sendo, por isso, iminente o seu fim. E para apressar esse fim, não é necessário guerrear ou criticar, apenas ancorar um mínimo de alegria, leveza e despreocupação. Exercite-se nessas virtudes.

Wednesday, July 12, 2006

 

Magnetismo e Saúde


O Planeta Terra possui um campo magnético, gerado por sua própria dinâmica (movimentação). Este campo magnético armazena energia magnética, necessária para a manutenção da vida e da saúde dos seres vivos deste planeta. A intensidade deste campo varia com a localidade escolhida no planeta (interior, superfície ou exterior), mas, uma vez fixada a localidade, esta intensidade mantém-se bastante inalterada com o passar do tempo. No entanto, com o passar das eras geológicas do planeta, esta intensidade varia intensamente, inclusive havendo inversão da polaridade desse campo. Nos últimos milênios, o campo magnético terrestre tem diminuído de intensidade. No entanto, considerando períodos de tempo mais longos (de milhões de anos) verifica-se que o campo geomagnético tem uma variação cíclica de sua intensidade e sentido (já que o campo magnético é uma grandeza vetorial e não apenas escalar).

VARIAÇÃO CÍCLICA DO NOSSO CAMPO GEOMAGNÉTICO

Pesquisas têm mostrado que a Terra perdeu de 80 a 90% da intensidade de seu campo magnético nos últimos 4.000 anos: seria de 2,5 gauss, há 4.000 anos atrás, e de 0,5 gauss hoje (em um local típico dos USA). O Dr. R. Broeringmeyer, por exemplo, diz que a 6.000 anos atrás a intensidade do campo magnético terrestre era de 3,0 gauss [1]. Vejamos algumas fontes que provam esta diminuição magnética nos últimos milênios [2].

1. O U.S. Geological Survey tem mantido registros do campo magnético da terra dos últimos 160 anos e eles mostram um declínio constante de 5% desse campo a cada 100 anos. É interessante notar que, quando houve um alinhamento de planetas em 23 de janeiro de 1997, houve um aumento temporário de 20% nessa intensidade (de 0,4 para 0,5 gauss). Após eles sairem do alinhamento, o campo magnético voltou a cair na sua taxa normal. Porém, no geral tem havido um declínio contínuo.

2. Os cientistas determinaram que houve uma perda de cerca de 90% na intensidade de pico do campo magnético tomando amostras do fluxo de lava dos vulcões em diferentes épocas da história da Terra e estudando o alinhamento dos pequenos cristais de magnetita presentes na lava. Quanto mais eles estiverem alinhados, mais intenso era o campo magnético. Isto ocorre devido ao fenômeno de histerese e é um procedimento bem conhecido e usado por geólogos para determinar a idade das rochas.

3. O terceiro método é a colheita de amostras do núcleo em alto mar do espalhamento aluvial dos rios e que permite obter uma seção transversal das camadas de sedimentos acumulados. Este procedimento mostra que nós temos ciclos de 500.000 anos na variação do campo magnético da Terra. Começamos com um valor máximo num sentido (digamos negativo), passamos por zero, vamos para um valor máximo no sentido oposto (positivo) e voltamos novamente para o máximo negativo. Os cientistas encontram apenas 4,5 milhões de anos de ciclos, com cada ciclo durando 500.000 anos. Um fato interessante é que sempre existe uma camada substancial de fósseis que aparece quando há uma reversão do campo magnético (quando ele passa por zero). Esses ciclos de 500.000 anos coincidem com as eras geológicas da Terra. Organismos vivos não conseguem viver sem o campo magnético que os suportam. O Dr. Robert O. Becker fez parte de um grupo de cientistas que avaliou estes dados. Em seu livro Cross Currents, ele dá muitos detalhes a esse respeito [3]. Quando você junta esta informação com os efeitos fisiológicos sofridos por cosmonautas quando eles ficam fora do campo magnético da superfície terrestre (em um campo bem menos intenso) por longos períodos de tempo, nós começamos a perceber os efeitos resultantes. Os primeiros cosmonautas perdiam cerca de 80% da densidade de seus ossos. As espaçonaves atuais possuem geradores de campo magnético que eliminam esses problemas.

EFEITOS DO CAMPO MAGNÉTICO NULO

Valerie Hunt, Ph.D., fez pesquisas sobre campos de energia na Universidade da Califórnia, em Los Angles (UCLA), para investigar melhor este ponto. Ela construiu uma jaula "mu", onde ela podia colocar pessoas para observação. O metal "mu" dessa jaula conseguia cancelar campos magnéticos da intensidade do campo magnético terrestre e também a poluição eletromagnética que nos rodeia. Dois indivíduos foram colocados neste espaço e foram conectados a dispositivos para coleta de EEG (eletroencefalograma), EMG (eletromiograma, atividade elétrica dos músculos) e ECG (eletrocardiograma), objetivando medir os efeitos sobre o corpo na ausência de campos magnéticos ambientais [Nota: há uma componente de campo magnético corporal que é gerada por nosso próprio corpo]. Para sua surpresa, em apenas alguns minutos eles começaram a chorar convulsivamente e eles disseram que eles sentiam como se estivessem se despedaçando emocionalmente. Em mais alguns minutos, eles começaram a perder a coordenação e controle dos músculos, e ela teve que tirá-los da jaula para evitar afetar o músculo cardíaco. Tudo isso em questão de minutos !! Portanto, nós iremos enfrentar problemas com a redução do nosso magnetismo ambiental. Em setembro de 1996, a NASA anunciou que dentro dos próximos 800 anos, nós iremos ter a condição de campo magnético nulo [2]. Deu para entender o porquê da grande "camada de fósseis" na condição de campo magnético nulo, da seção anterior? Outro aspecto curioso é o seguinte: segundo a ciência, o petróleo é formado pela decomposição anaeróbica de material orgânico, que poderiam ser essas camadas de fósseis mencionadas acima. Além disso, muitos antropólogos, como Zecharia Sitchin [4], afirmam que o início da raça humana atual teve início no Oriente Médio, onde, conseqüentemente, a densidade humana era maior, durante longo período planetário. Combinando esses dois fatos, poderíamos concluir que é no Oriente Médio o local mais propício para se encontrar depósitos de petróleo. Parece que isso se confirma na prática, não? Petróleo líquido seria, portanto, cadáveres liqüifeitos!

OS CAMPOS MAGNÉTICOS AFETAM OS TECIDOS VIVOS

O campo magnético afeta cada átomo do seu corpo. Os elétrons nos átomos giram em torno do núcleo. Aumentando o campo magnético presente junto do átomo, a velocidade dos elétrons orbitais aumenta e os elétrons de valência começam a pular para órbitas de maior energia. O átomo começa a vibrar com maior intensidade, num movimento chamado de precessão. A precessão resulta no aumento da ação molecular, causada pelo aumento do campo magnético. Isto cria uma órbita cônica para certos elétrons. O resultado líquido desse aumento na atividade molecular é um aumento na tranferência de elétrons, que é a base de toda as reações químicas em nosso corpo. Esta é a razão porque uma diminuição no campo magnético leva a uma menor atividade molecular e a um decréscimo de enzimas no nosso corpo. Em resumo: campo magnético mais elevado aumenta o movimento de elétrons e prótons, o que leva ao aumento da atividade molecular, resultando em reações químicas mais eficientes, o que funciona como um catalizador para melhorar as funções de nosso corpo.

[continua em 18.07.06]

Referências:
[1] http://www.e-magnetshop.com/magnetism_for_healing.htm
[2] http://www.consumerhealth.org/articles/display.cfm?ID=19990303184500
[3] Robert O. Becker, Cross Currents: The Perils of Electropollution, The Promise of Electromedicine, Tarcher/Putman, 1990.
[4] Zecharia Sitchin, As Guerras de Deuses e Homens, Editora Best Seller, 1985.

Labels:


Monday, July 10, 2006

 

Oscar Quiroga - 19



HORRORIZADA E EXULTANTE


Aqui na nave Terra nossa humanidade de boa vontade tem certeza de que tudo piora inexoravelmente, mas é melhor que supere esse convencimento, e atualize a consciência de que só pelo advento da luz teria sido possível perceber com clareza as sombras em que permaneceu mergulhada por tempo demais. O tempo da longa dominação da mentira foi longo mesmo, porém nada novo pode mais acontecer desse lado, tudo que essa sombra nefasta pôde realizar já aconteceu ao longo de milênios. Tudo que podia ser feito com o uso da mentira já foi feito, só falta seu fim, e é isso mesmo que nossa humanidade de boa vontade contempla atualmente, horrorizada por ver familiares e amigos sendo engolfados por essa sombra, mas também exultante pela iminência desse fim.

 

O Arroz Branco


Todas as atividades que repetimos diariamente, ou com bastante freqüência, deveriam ser analisadas com atenção de tempos em tempos. O objetivo deveria ser a identificação de erros que possamos estar cometendo constantemente e que, portanto, estará compromentendo nossa saúde a longo prazo. A identificação de erros deveria motivar a alteração dos hábitos danosos. Sei, no entanto, que a alteração de hábitos (vícios) é algo muito complicado, em geral. Muitas pessoas preferem morrer ao invés de mudar determinados hábitos patológicos. Geralmente, as pessoas só aceitam mudar hábitos quando existe um mal-estar que ameaça suas vidas; caso contrário, vai-se "empurrando com a barriga" a situação presente. Um argumento que é geralmente lançado pelas pessoas para não mudar seus hábitos é: "Mas todas as pessoas fazem isso!". Porém, isso não significa que todas as outras pessoas estão certas, como pode ser constatado pelo fato de todas elas acabarem indo parar no cemitério. Algumas ações que deveriam ser objeto de nossa reflexão periódicas (visando melhorias) são: dormir, respirar, comer, beber, ler, pensar, tomar banho, fazer sexo, olhar, etc.

As pessoas têm passado a comer farinhas refinadas [e outros alimentos refinados, como sal e açucar] e se tornam pessoas refinadas! O grão de trigo é um fruto que contém em seu interior uma semente ou germe. O processamento/beneficiamento (na realidade, "maleficiamento") leva à remoção de grandes porções dele, como o germe ou semente. Se os grãos de trigo caídos entre as esteiras da máquina de processamento fossem plantados na terra, um grão daria origem a muitíssimos outros. No entanto, o produto final do processamento do grão, a farinha, é algo morto. Apodrece, se colocada no solo. Sua energia vital foi extraída, perdida, assassinada, gasta. Cereal integral significa cereal sadio, saudável e santo. O ideograma japonês para Paz é uma boca junto com um grão de arroz integral. Cereais integrais devem ser muito bem mastigados, ou não podem ser digeridos. O pão de trigo integral também tem que ser muito bem mastigado. O pão refinado, no entanto, pode ser engolido às pressas, sem muita mastigação. Como de costume, os seres humanos escolhem a maneira mais fácil, a maneira mais rápida.

Vejamos, em particular, o que diz a Referência [1] a respeito do arroz branco. Em francês, arroz branco é riz. Arroz integral, não polido, é riz complêt. Seguindo-se este raciocínio, alguém poderia lhe vender apenas o miolo de uma maçã, quando você pedisse uma maçã. Quando você reclamasse, eles poderiam dizer: "Por que você não disse que queria uma maçã completa?".

O processo de refino dos grãos [arroz, trigo, etc], desenvolveu-se no decorrer de muitos séculos, no Ocidente; assim a deteriorização biológica das pessoas foi gradual. No entanto, tal deterioração foi imposta muito rapidamente ao Oriente. O arroz branco polido era novo, moderno, refinado e civilizado. Ele foi aceito em todos os lugares onde a modernização estava em voga. Em seu bojo, trouxe repentinas aparições de novos sintomas doentios. Posteriormente, esses sintomas foram chamados de beribéri, derivado da palavra senegalesa para fraqueza.

Na década de 1890, em Java, a Marinha, os missionários e os administradores coloniais holandeses foram afetados por uma verdadeira epidemia de beribéri. Eles dormiam sob telas contra mosquitos, passavam ácido carbólico uns nos outros e tinham o cuidado de não permitir que os imundos nativos os tocassem no caminho da igreja, mas nada parecia protegê-los do beribéri.

Os melhores médicos e cientistas, educados na Alemanha, foram mandados a Java para levar a cabo experiências científicas que encontrassem a cura. Muitos cientistas morreram, mas um jovem chamado Dr. Christian Eijkman tornou-se um bom detetive e descobriu a causa da doença, analisando galinhas. Em breve, ele descobriu o segredo que os nativos javaneses se recusavam a dividir com seus exércitos de ocupação alimentados com açucar branco e arroz polido. Se você come arroz branco e açucar, você pega beribéri. Coma arroz integral, não polido, e se recupere.

O jovem doutor pesquisou, em seguida, as modernas e higiênicas prisões holandesas, onde os nativos eram internados por transgressões contra o exército de ocupação. Os prisioneiros estavam sendo alimentados com arroz branco, como os pacientes do hospital colonial. Dentre os 3.900 homens, 270 contraíram beribéri. Fora da prisão, entre os nativos que viviam em cabanas de palha (em condições consideradas assustadoramente anti-higiênicas pelos antisséticos colonos holandeses), o alimento principal era o arroz não polido, debulhado pelos próprios nativos. Eijkman não foi capaz de descobrir um único caso certificado de beribéri entre uma população de 10.000 habitantes.

Uma das coisas que devem ser observadas é que todas as coisas se encontram num equilíbrio perfeito na natureza. Portanto, o homem deveria sempre comer alimentos completos para também manter o equilíbrio em si. O refinamento/purificação/beneficiamento (maleficiamento) de alimentos fornecidos pela natureza, acaba eliminando parte dos elementos que mantinham o equilíbrio natural daqueles alimentos, levando ao desequilíbrio físico/mental do consumidor desses alimentos agora desequilibrados. E você, come arroz branco todos os dias?? Deseja ter saúde permanente dessa forma??

Um abraço, Rui.

Referência:
[1] William Dufty, Sugar Blues, Editora Ground, 1975.

PS: Vejam a notícia que saiu hoje [12.07.06] no jornal Folha de S. Paulo, relacionada com o tema tratado acima:

Má Alimentação Provocou as Mortes no Maranhão

A síndrome neurológica que matou 33 pessoas neste ano de 2006 no oeste do Maranhão, segundo o Ministério da Saúde, é causada pela deficiência de vitamina B1, fruto da má alimentação. Carentes, muitas famílias da área só têm arroz branco à mesa.

O Ministério da Saúde concluiu que a falta de vitamina B1 é a causa da síndrome neurológica que atinge a população da região oeste do Maranhão, e que, de acordo com dados do próprio órgão, matou 33 pessoas desde janeiro de 2006. Outras 123 pessoas tiveram sintomas da doença, chamada beribéri.

O beribéri foi identificado no Século 19. Tem como sintomas a dormência e inchaço das pernas, dificuldade de caminhar e fraqueza. Evolui para insuficiência respiratória e cardíaca, fatores que levam à morte. Quando é tratado no início, antes de atingir o músculo cardíaco, não é mortal.

A pobreza e a má alimentação que decorre dela são traços que unem as vítimas no interior do Maranhão. Nas famílias com integrantes atingidos, visitadas pela reportagem, o arroz branco era a base da alimentação diária. Essa região é grande produtora desse cereal (que é posteriormente "maleficiado" para ser entregue à população em geral).

Na opinião do governador do Maranhão, José Reinaldo Tavares (PSB), é possível que o beribéri já estivesse vitimando moradores do interior há algum (muito) tempo, mas, como as mortes não eram registradas de maneira correta, a doença não era identificada.

Meu comentário: Se as vítimas fatais comessem exclusivamente arroz integral ou bananas, elas estariam vivas. Se você come arroz branco todos os dias, você também está sendo prejudicado por esse alimento desbalanceado. Você não costuma perceber isso porque você consome uma boa variedade de outros alimentos. Mas o prejuízo à sua saúde está sendo feito! Por que você não deixa este hábito patológico? Prefira o arroz integral, se você gosta de comer arroz.

RFS


Labels: , ,


Friday, July 07, 2006

 

Teoria das Cordas


Segue abaixo dois vídeos que acredito interessantes. Trata-se do filme legendado "O Universo Elegante" [The Elegant Universe] que apresenta a evolução histórica da Teoria das Cordas (também conhecida como a "Teoria do Tudo"), que dá forma à Teoria Unificada do Campo, perseguida mas não encontrada por Albert Einstein. Como sabemos, a Teoria da Relatividade Geral, proposta por Einstein, descreve adequadamente o universo das grandes dimensões, utilizando uma das quatro forças da natureza, a gravidade. Já a Teoria Quântica, descreve adequadamente o universo das pequenas dimensões, usando as outras três forças da natureza: eletromagnética, nuclear forte e nuclear fraca. No entanto, estas duas teorias são incompatíveis entre si, para descrever um único universo que observamos, o que aparentemente pode ser compatibilizado pela Teoria das Cordas, que descreve toda a Orquestra Cósmica...

O filme tem duas partes:

Parte 1: O Sonho de Einstein [53' 15"]
Parte 2: Cordas, a Resposta [50' 10"]

Boa sessão de vídeo!
Abração, Rui.

http://video.google.com/videoplay?docid=4469987599413644230

http://video.google.com/videoplay?docid=-2687906536189107204

PS: Existe uma terceira parte [Wellcome to the 11th Dimension] deste filme, não legendada, que pode ser vista nestes 5 endereços, em seqüência:

http://youtube.com/watch?v=Jf7YkwW4zRI&search=%22The%20Elegant%20Universe%22
http://youtube.com/watch?v=qnRBJgP_dwA&search=%22The%20Elegant%20Universe%22
http://youtube.com/watch?v=95ikbRzIxeg&search=%22The%20Elegant%20Universe%22
http://youtube.com/watch?v=hGnhsudTaRI&search=%22The%20Elegant%20Universe%22
http://youtube.com/watch?v=lPdcWrlvshk&search=%22The%20Elegant%20Universe%22



Wednesday, July 05, 2006

 

Ioga e Saúde

No livro com esse título [1], lemos o seguinte:

As pessoas esquecem-se de que o corpo humano é uma unidade indivisível. Não existe a moléstia de um único órgão: é possível, entretanto, para uma condição de estado enfermiço geral, que a moléstia culmine em apenas um órgão. Portanto, todo o ser humano adoece, e não apenas uma parte do seu corpo.

Com exercícios diários de ásanas (posturas) de vários minutos de duração, até as veias varicosas (varizes) podem ser curadas.

A saúde do corpo humano depende do estado das células e dos tecidos. A fim de serem sadios, os tecidos necessitam de:
1. Alimentação adequada e perfeito funcionamento das glândulas de secreção interna (endócrinas)
2. Rápida e completa eliminação de resíduos do organismo
3. Sadio e perfeito funcionamento do sistema nervoso.

Se não conhecermos os segredos e as leis do nosso ser, estaremos constantemente arriscados a errar por ignorância, permitindo que as moléstias se nos instalem no corpo.

Você deve comer em maior quantidade as frutas que tenham caroço e reservar um lugar de honra, na sua dieta, ao alho e à cebola. Segundo os antigos ensinamentos da Índia e do Tibete, o alho é o melhor preventivo contra o câncer. O habitante das cidades ocidentais passa, não raro, a vida inteira sem comer um pedacinho sequer desse saudável vegetal, ao passo que não existe dieta que se preze que não o inclua entre os seus itens. Por essa razão, o alho pode ser moído e misturado com suco de limão, caso alguém receie ser evitado pelos seus semelhantes por havê-lo comido. Devo acrescentar que o esfregar as gengivas e os dentes com alho ou morder cebolas e alho, para deixar que os sucos atinjam as raízes dos dentes, proporciona excelente proteção contra gengivas sangrentas e retraídas. Na Índia, os brâmanes ensinam aos discípulos: "Se quiseres alcançar a sabedoria, come mais cebolas". Recomenda-se, ainda, o alho como preventivo da senilidade precoce.

A primeira e mais importante das regras da boa respiração é: Respire pelo nariz! A porta por onde deve passar o ar é o nariz! O nariz nos protege contra as bactérias do ar. Cada órgão deveria servir ao seu verdadeiro propósito. A condição fundamental para a preservação da nossa saúde é acostumarmos cada um dos nossos órgãos a executar perfeitamente sua tarefa. A respiração iogue completa é a base mais simples e necessária de toda a respiração iogue. Claro está que será óbvio recomendar que comecemos gradualmente e evitemos o cansaço no princípio. Uma dose exagerada do que quer que seja é perigosíssima para a saúde, e isto vale também para a prática intermitente e desordenada do Pranaiama.

O senhor absoluto e a força controladora do prana é o Pensamento, chave com que podemos abrir ou fechar a porta da Vida diante de nós. Se houvermos perdido a saúde forjando pensamentos iníquos, podemos certamente recuperá-la forjando intencionalmente pensamentos justos. A verdadeira cura só ocorre quando a saúde não fica à mercê de influências exteriores ou da simples medicação; os poderes curativos hão de ser despertados dentro do próprio paciente!

Se quisermos estar bem precisamos, primeiro de tudo, acreditar na saúde. Se acreditarmos numa coisa, lutaremos por ela! Imaginemo-nos absolutamente são. O indivíduo negativo, de mente doentia, é sempre um hipocondríaco e faz exatamente o contrário disso. Imagina-se e acredita-se continuamente doente.

Um grave erro nosso é não sabermos respirar! Um respirar negligente e casual encurta-nos a vida, reduz-nos a força vital e nos torna susceptíveis à mais benigna de todas as doenças - o resfriado comum. Além disso, a pele é um segundo pulmão, pois sem a respiração cutânea não há vida. O homem civilizado fecha os poros da pele com roupas pesadas e desnecessárias, inibindo, dessa forma, completamente, uma atividade cutânea mais vigorosa e - em conjunção com os pulmões - o efeito benéfico dos estímulos externos sobre o sistema nervoso vegetativo.

[continua]

Referência:
[1] Selvarajan Yesudian e Elisabeth Haich, Ioga e Saúde, Editora Cultrix, 1997.

Monday, July 03, 2006

 

Oscar Quiroga - 18


O TEMPO DA PERFEIÇÃO

Aqui na nave Terra nossa humanidade continua aspirando a ser perfeita, e ainda que se responsabilize a essa aspiração inúmeros males como o desânimo ou a própria mentira, dado argumentar-se que se mente para o comportamento parecer o ideal que não é, também há de se convir que nossa humanidade seria irremediavelmente medíocre se não tivesse a perfeição sublime entre seus mais ardentes desejos. A mediocridade de nossa humanidade é transitória, é apenas uma fase de seu destino, pois mesmo que o tempo dessa fase supere a memória, o plano cósmico de onde deriva seu anseio de perfeição conta com a eternidade para realizar-se, não tem pressa, pois como todo mundo sabe, a pressa é inimiga da perfeição, mas íntima amiga da mediocridade.

Sunday, July 02, 2006

 

Como Resolver seus Problemas


"O primeiro passo para se livrar de um problema é reconhecer e aceitar que você é o problema, e então você se torna a solução. Nada no exterior muda, mas quando você muda, um exterior novo substitui o antigo. A lei da atração e a lei de causa e efeito funcionam desta forma."

"Todas as pessoas têm coisas que elas podem fazer agora, que elas não podiam fazer antes. Você agora pode andar, enquanto quando você era uma criancinha você não conseguia. O chão debaixo de seus pés nunca mudou, mas você mudou. Você consegue agora ler, enquanto antigamente você não podia. A língua portuguesa não mudou, mas você sim. Numa certa época, Bill Gates não conseguia escrever programas para computador (softwares), hoje ele consegue. O mundo não mudou, mas Bill mudou. Numa certa ocasião, Jesus Cristo não conseguia fazer milagres, mas posteriormente ele conseguia. Os milagres não mudaram, mas Jesus mudou. Numa certa época, o Buda não era iluminado, mas posteriormente ele se iluminou. As formas de atuar do universo não mudaram, mas as de Buda sim.

Deu para você perceber? Existem milhões de coisas que uma pessoa pode fazer agora que ela não conseguia fazer alguns anos atrás. Por que?

Nunca são essas coisas que mudam. O que mudou foi a idéia que esta pessoa tinha de si mesma."

Fonte: Artigo escrito por David Cameron

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?