Wednesday, December 31, 2008

 

Tornando-se como Deus - 4


Deus disfarçado de você


O guarda na porta da prisão é muito rude. Esse guarda, o Oponente, convenceu seus prisioneiros que nós somos inferiores e insignificantes. A verdade é que nós estamos destinados a nos tornar como Deus, mas nós fomos enganados para nos tornarmos os internos de um presídio, nos comportando como formigas, indiferentes à grande distância entre o que nós somos e o que nós podemos ser. Nós flutuamos entre ações e reações. No entanto, nós poderíamos ser infinitos.

A Bíblia diz que o homem foi criado na imagem de Deus. Portanto, você tem a mesma essência e conseqüentemente o mesmo potencial que Deus. Você está destinado a se tornar como Deus, portanto sempre se pergunte, Já estou parecido com Deus? Estou manifestando os poderes de Deus? Posso curar os doentes e abençoar as pessoas? Já fiz a ressureição de mortos? A medição rapidamente estende-se ao infinito. Eu não devo apenas me medir contra mim mesmo. Eu devo me medir com Deus. Todos os vivos têm um destino infinitamente mais rico do que eles percebem.

Se você não está fazendo o que deveria fazer - e cada pessoa deveria fazer algo espetacular - você nunca estará desfrutando contentamento. A minha medida deveria ser essa: onde estou, não em comparação com os outros, mas em comparação com mim mesmo? Onde estou no caminho de meu próprio potencial? O crescimento não deve ser linear, mas exponencial. Um pequeno crescimento aumenta nosso sentimento de contentamento exponencialmente e cada passo torna o próximo mais fácil.

Se nossos pensamentos e ações não estão nos levando para Deus, nós precisamos mudar. Que progresso estamos fazendo? Isto não pode ser quantificado por ninguém fora de nós mesmos. Precisamos nos perguntar isto: se nós continuarmos na trajetória de nossa vida por mais 5, 10 ou 20 anos, onde nós iremos estar? Teremos já nos transformado em Deus? A resposta deveria nos fazer repensar nossos esforços. Quando dissolvemos as correntes de nossa prisão e juntamos nossa essência com a essência de Deus, nós revelamos nossa natureza divina cada vez mais. No final, nós podemos nos tornar imortais e inclusive ressuscitar os mortos. É esta a visão que precisamos manter permanentemente à nossa frente.

Nós estamos presos em um paradigma de insignificância. O que dizemos não tem importância. O que fazemos não tem efeito. Nós estamos isolados, separados, finitos. Nós somos rochas ao invés de montanha.

Realizando nosso potencial arrebenta o paradigma da insignificância e nos leva para uma realização adicional: tudo tem seu valor, cada coisa afeta tudo que existe.

O Oponente nos convenceu de nossa falta de poder, o que não é verdade. Se nós executamos uma ação negativa hoje, alguém do outro lado do mundo pode receber a energia negativa de nossa ação enviada para o universo. Por sua vez, essa pessoa pode se inclinar para fazer algo negativo e a negatividade irá crescer exponencialmente. No fim, ela irá vir de volta para a pessoa que a originou.

O que pensamos e o que fazemos entra na consciência global e a muda. Cada vez que um de nós revela mais sua natureza divina, isso influencia o Ser coletivo. Quando você torna-se como Deus, torna-se mais fácil para outras pessoas se tornarem como Deus. O mundo está se equilibrando como numa balança. Sua pequena contribuição pode fazer a diferença e a balança se desequilibrar para um dos lados...

Labels:


 

Oscar Quiroga - 432


AGLOMERAÇÕES PERIGOSAS


Enquanto isso, aqui na Terra que segurança e alegria poderia haver entre os humanos que se aglomeram competindo entre si, tratando-se como objetos que precisam ser eliminados no melhor estilo de vídeo game? Aqui convivem lado a lado o panorama de beleza e glória com o de crueldade egoísta. A beleza e glória é produzida por aqueles humanos que se importam com seus semelhantes e que contrariam sistematicamente os outros, cruéis egoístas, que enxergam o mundo e as pessoas como algo que deve ser explorado em benefício próprio. Estes dois panoramas também convivem dentro de cada alma e é este o conflito que se acirrou no tempo atual, porque, definitivamente, há de se tomar uma decisão. Afinal, de que lado vai ficar cada alma?

Labels:


Tuesday, December 30, 2008

 

Oscar Quiroga - 431


DECIDA O SEU LADO


Enquanto isso, aqui na Terra a Vida respira com beleza, bondade, verdade e criatividade. Por que nossa humanidade teima em perpetuar a crueldade egoísta que resulta de caprichos e insegurança? A pureza de esferas elevadas se encontra disponível, mas o pensamento a percebe com muita dificuldade porque se agarra do ódio, do inconfessado desejo de vingança e da tola atitude de se iludir com que dinheiro suficiente livraria das consequências de todas as atitudes imprudentes. Todas as indicações foram dadas, todos os sinais emitidos, a oportunidade surgiu. Assim como a glória se manifesta através de quem vê o que deve ser visto, a mais horrenda face de nossa humanidade se expressa pela rejeição desta oportunidade. Decida de que lado vai ficar você.

Labels:


Monday, December 29, 2008

 

O Sentido da Vida


O sentido da vida


A vida acompanha padrões ordenados, de acordo com um plano? Há um plano inteligente e intencionalmente posto em marcha que se expressa como o cosmos? Há uma ordem imanente por trás da aparente desordem? Ou será que tudo acontece ao acaso, e nós somos produto da lei matemática das probabilidades?

A mente humana não sabe responder a estas questões com plena certeza do que fala, e se pergunta a respeito do sentido da vida há milênios, busca essa que resultou em inúmeros avanços filosóficos assim como também em depressões profundas e cinismos cruéis.

Contudo, quando se olha o céu e, mesmo quando não se sabe nada de astrologia, se sente uma emoção sublime ao contemplar a beleza de sua coreografia, e intimamente o coração reconhece participar dessa grandeza, essa é uma experiência que atualiza a marca da ordem, da existência de um plano inefável que permeia toda a criação.

Nós não sabemos qual é esse plano, nossa mente não comporta tal grandeza, mas é capaz de participar dela. O objetivo deste artigo não é desvendar o grande plano cósmico, mas sim a forma com que nós decidimos o sentido de nossas pequenas vidas perante essa vida grandiosa, colossal, que é o cosmos.

Você percebeu a sutileza da afirmação anterior? Eu afirmei: DECIDIR a forma com que damos sentido a nossas pequenas existências perante a vida colossal, que é o cosmos.

Pois é, nessa sutileza se entremeiam todos nossos problemas, e também as soluções. Aprendemos a dar sentido a nossas vidas de acordo com as experiências passadas, e isso é divulgado amplamente nos meios de comunicação como uma ideologia. Damos por sabido que o tempo é um rio que nos empurra do passado ao futuro, e que o futuro só poderia resultar do que nos aconteceu no passado. É só prestar atenção aos filmes produzidos em Hollywood, quando o rapaz e a mocinha começam a contar um ao outro as experiências da infância, pode confirmar que a cena seguinte será o namoro. Isso, que poderia ser banal, denuncia uma ideologia que estrutura os relacionamentos sociais, e que define o sentido da vida, já que ela, a vida, só faz sentido, culturalmente, de acordo com as experiências passadas, como se tudo que fôssemos, ou tudo que conseguíssemos realizar, fosse meramente produto do que nos aconteceu no passado.

Contudo, essa não é a única maneira de dar um sentido à vida e, me perdoem, tampouco é a melhor, pois essa visão nos amarra a um passado que, de fato, é apenas uma construção da memória, e não uma realidade consumada. Abominamos o determinismo, mas trabalhamos mentalmente com essa hipótese o tempo inteiro, a de que o passado não pode ser mudado, e a de que as experiências passadas moldam, irrevogavelmente, tudo que nos acontecerá depois.

Porém, contrapondo-se a essa ideologia, e negando-a, se pode tranquilamente experimentar a ruptura com os vínculos do passado, e outorgar sentido à vida guiando-se pelas esperanças. Nesse sentido, e por isso ser absolutamente possível, não apenas as mesmas experiências da infância resultam em destinos diversos, de assassinos e santos, como também as pessoas que se encontram, em vez de ter como única possibilidade a união pelo reconhecimento de semelhanças nas experiências passadas, têm também a oportunidade de criar laços em torno das esperanças e ideais que pretendem realizar no futuro. Isso outorga sentido à vida através do futuro, e não do passado.

Pode parecer banal esta afirmação, mas ao mesmo tempo, dar sentido à vida apoiando-se no passado, faz com que as pessoas não mudem com a velocidade necessária, e, também, se vejam em crise de relacionamento constantemente, já que a vida lhes exige mudanças, mas como elas observam seus relacionamentos sempre do ponto de vista passado, sofrem por não cortar os vínculos com esse na velocidade com que oportunidades futuras surgem.

A afirmação misteriosa deste artigo é: Há coisas que acontecem por causa do que virá a ocorrer depois, no futuro. Memórias do futuro produzindo acontecimentos atuais. Encontros que só farão sentido quando, no futuro, outras coisas ocorrerem.

O tempo não é apenas um rio que nos empurra do passado em direção ao futuro, esse mesmo tempo também é o mesmo rio, só que seu fluxo provém do futuro e se dirige ao passado, reinventando-o.

Você decide a maneira com que se relacionará com ele, e a sua decisão resultará no sentido de sua vida. Tudo é uma decisão. Dar sentido à vida pelo passado é uma decisão, e dá-lo pelo futuro ainda irrealizado também é uma decisão.

O que você vai decidir hoje?

Fonte: Oscar Quiroga http://www.astrologiareal.com.br/(ovictgnqwrsyqb55irsyr345)/artigos/index.aspx?id=22&Dia=3&Mes=5&Ano=2005

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 430


O MISTÉRIO DA TEIMOSIA


Enquanto isso, aqui na Terra nossa humanidade lamenta o destino que ela inventou, mas é implacável consigo mesma, agarrando-se do ódio que sente e da forma caprichosa e insegura com que trata a oportunidade atual. Como se pode ajudar uma humanidade que se dirige ao abismo pela sua própria decisão? Por que as pessoas ainda preferem a autodestruição e o engano à iluminação da consciência? Este mistério da teimosia é insondável. E, no entanto, chegará o momento em que o ódio arraigado na injustiça com que foram tratadas as riquezas até agora terá de ser abandonado, assim como também a forma caprichosa e insegura com que se lidou com a vida, pensando-se que com suficiente dinheiro as consequências da imprudência não seriam sentidas.

Labels:


Sunday, December 28, 2008

 

Oscar Quiroga - 429


O TAMANHO


Enquanto isso, aqui na Terra é propício aceitar e compreender o desafio que temos pela frente. O atual colapso do mundo financeiro nada mais é do que a prova de que o mundo espiritual, com Cristo, o Messias, o Imã Mahdi ou Buda no comando se encontra à caminho e que, quanto mais esta luz espiritual se aproxima de nós, tanto mais difíceis se tornam nossos problemas. Isto é assim porque nossa realidade mundana é desprovida de espírito, existimos numa espécie de zumbi, um morto-vivo, seduzidos pela idéia de que isto era tudo que de máximo podíamos conquistar. O ponto de mutação aconteceu e agora só resta decidir o tamanho do impacto que precisaremos para nos dedicarmos com afinco e persistência e reinventar nossa civilização.

Labels:


Saturday, December 27, 2008

 

Viver Sem Comer e Sem Beber

"A vida (e a saúde) só vem da vida, e da morte só vem (doenças e) morte", Jesus
"Informação sem aplicação não vale nada"

Se identificamos uma informação como verdadeira mas não a implementamos na prática, nenhum de nossos problemas será solucionado. Obter informação sem colocá-la em ação é mero entretenimento, sem maiores conseqüências em nossa vida. Temos uma tendência de manter nossa rotina diária, evitando mudanças que julgamos desnecessárias. No entanto, é importante fazermos periodicamente uma auto-análise para tentar identificar aspectos negativos que repetimos diariamente em nossa vida. Tudo que vem da Natureza, sem a interferência do ser humano, possui vida. No entanto, temos um contato íntimo e diário com coisas mortas, como nossa comida cozida, nosso ar morto (poluído), nossa cama morta, nossa roupa morta, nossos calçados mortos, nossa água morta (poluída) e meios de comunicação que tem como tema principal a morte. Depois disso, ficamos sem entender porque ficamos com nossa saúde abalada. Que santa ignorância!

Vamos fazer um exercício mental. Vamos supor que você more em um grande centro urbano que, repentinamente, tenha todos os seus suprimentos de alimentos sólidos e líquidos interrompidos definitivamente. Isso pode parecer algo inviável, mas não é. Como exemplo, lembre-se do que aconteceu na cidade de Nova Orleans logo após a passagem do furacão Katrina. A chegada de um tal de Planeta X (Nibiru) pode fazer um Katrina passar por sua cidade e em todas as cidades do planeta. O que você faria em tal situação?

A grande maioria das pessoas acredita que precisa se alimentar com substâncias sólidas e líquidas todos os dias, para poder manter seu corpo físico vivo. A idéia associada a isso é que precisamos da energia dos alimentos (via seus nutrientes) para poder manter vivo nosso corpo físico. Você já parou para pensar se isso é verdadeiro? Certamente, o nosso corpo físico precisa de energia para se manter vivo, porém existem muitas outras formas de energia, além das substâncias que introduzimos pela boca, que estão ao nosso dispor para nos doar energia. Uma fonte de energia que usamos durante as 24 horas do dia é o ar que respiramos: não podemos passar cinco minutos sem ele, ao passo que sem comer e sem beber podemos passar muitos dias. A outra fonte de energia imprescindivel para toda a vida neste planeta é a radiação solar. Existem duas outras fontes de energia ao nosso dispor, para conservar nosso corpo físico, que Jesus [1] chamou de Anjos da Mãe Terrena. A pergunta que precisa ser respondida é esta: será que é necessário incluir a energia extraída dos alimentos, além do total energético fornecido pelos quatro anjos da Mãe Terrena, para manter vivo nosso corpo físico? Existe vários indícios de que a resposta a essa pergunta é que não há necessidade de incluir alimentos sólidos e líquidos para ter o total necessário de energia para manter vivo, e com saúde, o nosso corpo físico. Pelo contrário, as substâncias ingerida pela boca parecem se constituir em uma fonte de desenergização do nosso corpo físico, pois nosso organismo pode perder mais energia eliminando as substâncias ingeridas do que a energia que ele consegue extrair dessas substâncias, dando, como resultado final, um balanço negativo de energia ao nosso desfavor.

Vejamos quais são as pessoas mais conhecidas que provaram publicamente a possibilidade de viver bem, durante longos períodos de tempo, sem ingestão de substâncias alimentícias pela boca. A primeira pessoa é a australiana Jasmuheen, que nasceu com o nome Ellen Greve, em 1957, na Austrália (New South Wales) de pais emigrantes noruegueses. Escreveu um livro [2] sobre esse assunto, sugerindo um processo de 21 dias para iniciar-se no estilo de vida sem alimentação bucal. Possui um site (local) na internet, onde compila suas idéias [3].

No Ocidente, o pioneiro na divulgação do respirantismo (breatharianism) - viver apenas de ar - foi o negro norte-americano chamado Wiley Brooks, que escreveu este livro [4] e possui um local na internet, onde divulga suas idéias [5]. Mais recentemente, um outro negro, chamado Jericho Sunfire, também se diz respirantista e pode ser visto em [9].

O caso mais impressionante de prova conclusiva da possibilidade humana de viver sem comer foi dada pelo engenheiro mecânico indiano chamado Hira Ratan Manek. No período de 2000-2001 ele ficou em jejum durante 411 dias, na cidade de Ahmedabad-Índia, acompanhado 24 horas por dia por um time internacional de 21 médicos e cientistas. Durante todo esse período, sua "alimentação" consistiu de absorver energia diretamente do ar (respirou o tempo todo), da água (bebeu durante todo o período), do Sol (ficava longos períodos olhando para o Sol) e da Terra (ficava longos períodos com os pés descalços na terra). Ele possui um endereço na internet onde detalha suas idéias [6]. Detalhes do jejum de 411 dias de HR Manek você encontra aqui [7].

No Brasil, informações detalhadas sobre o viver de luz podem ser encontradas em [8].

Pessoas das cidades que acreditam que precisam se alimentar diariamente para se manterem vivas, terão que escolher uma das seguintes opções, quando houver uma descontinuidade prolongada no abastecimento de comidas em sua região:

1. Suicidar-se: se a pessoa se apavorar, não vendo solução para a falta de comida, pode achar que a solução do problema pode ser o suicídio. Esta foi a "solução" encontrada pelos corretores da bolsa de valores de Nova Iorque, quando ela quebrou em 1929: a "chuva de corretores" que saltaram do alto dos edifícios daquela cidade, naquela ocasião. Nessa ocasião, no entanto, não estava faltando comida para esses corretores...apenas eles não aceitaram a mudança repentina de categoria social, de rico para pobre...

2. Roubar comida de seus semelhantes mais previdentes: esta é uma solução temporária, pois as pessoas e locais assaltáveis, que possuem comida estocada, consiste de um grupo finito de pessoas/locais e, portanto, o estoque de comida irá sumir (ser devorado) rapidamente. Lembre-se do que ocorreu em Nova Orleans após a passagem do furacão Katrina...

3. Deixar a cidade desabastecida em direção a zonas rurais onde cresce comida (principalmente frutas): esta é a solução final, que todos os comedores terão que optar se quiserem continuar comendo. Como conseqüência, haverá enorme quantidade de pessoas congestionando as rodovias que levam das cidades para o campo...

Aquela pessoa que já aprendeu a viver de luz pode continuar vivendo no seu local de costume, não precisando se deslocar para outros lugares...

Referências:
[1] Edmond Bordeaux Szekely, O Evangelho Essênio da Paz, Editora Pensamento.
[2] Jasmuheen, Viver de Luz: a fonte de alimento para o novo milênio [Título original: Living on Light: The Source of Nourishment for the New Millennium], Editora Aquariana, 2000.
[3] http://www.selfempowermentacademy.com.au/
[4] Wiley Brooks e Nancy Foss, Breatharianism: Breath and Live Forever (The Healthy Diet for Eternal Beauty), Breatharianism International, Arvada-CO-USA, 1982.
[5] http://www.breatharian.com/
[6] http://www.solarhealing.com/
[7] http://vivendodaluz.com/PT/amboflight/hira_ratan_manek.html
[8] http://vivendodaluz.com/
[9]
http://www.suprememastertv.com/bbs/board.php?bo_table=featured&wr_id=391&url=link2_0#v

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 428


O BOM, O BELO, O VERDADEIRO


Enquanto isso, aqui na Terra nossa humanidade atualiza a certeza de que o espírito é tudo que de bom, belo e verdadeiro acontece consigo, mas principalmente é a beleza e verdade que cada pessoa se torna capaz de produzir, através de atitudes ousadas e corajosas. Isto é assim porque existimos num mundo medíocre, onde a mentira e a corrupção são as notas dominantes. No entanto, nossa humanidade não esquece que sabe reconhecer a verdade naqueles momentos em que um soluço corta sua respiração, ou quando seu peito arfa de gozo perante a contemplação da beleza. Espírito é o que de bom, belo e verdadeiro nossa humanidade aprecia e exalta. Agora, mais do que nunca, nossa humanidade atualiza a noção de que o espírito não está no templo, mas no coração.

Labels:


Friday, December 26, 2008

 

O Sal que Mata


Duas informações sobre efeitos do sal.

Primeira [1]: Alimentação: Cortar 10% do sal evita mortes, diz pesquisa

Após uma revisão da literatura médica, pesquisadores do Hospital St. George (Londres) descobriram que, se a quantidade de sal da dieta caísse apenas um grama, 52.000 mortes seriam evitadas por ano no Reino Unido. ONGs britânicas fazem campanha para que a indústria diminua o sal nos produtos. A quantidade ideal de sal é de 6 gramas por dia.

Segunda [2]: Menos sal, mais tempo de vida

O sal conserva os alimentos, mas não a saúde. Estudos recentes mostram que os índices de cânceres de estômago, esôfago e bexiga aumentam conforme cresce o consumo de sal. O sódio também está relacionado ao aparecimento de doenças cardíacas, pressão arterial alta e osteoporose. Experimente substituir o sal por temperos como vinagre, alho, ervas e especiarias.

Referências:
[1] Jornal Folha de S. Paulo, Seção Saúde, pg. C7, 22 de dezembro de 2008.
[2] Dr. Maoshing Ni, Os Segredos da Longevidade, pg. 19, Editora Sextante, 2008.

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 427


MAIOR LUZ, MAIOR PROBLEMA


Enquanto isso, aqui na Terra o colapso do sistema financeiro é a prova de que o mundo espiritual se aproxima a passos firmes e que, quanto maior é esta aproximação, mais complexos são os problemas com que temos de lidar. Acontece que inventamos uma civilização desprovida de espírito por aqui, e o pouco de espírito que tivemos foi confinado em doutrinas religiosas contaminadas pelas atitudes totalitárias de governos fanáticos. Nossos assuntos mundanos se encontram distantes da realidade divina que é nosso destino e origem e, por isso, não podemos fazer outra coisa que celebrar o colapso atual e, inclusive, incentivá-lo, cuidando especialmente para que o totalitarismo não nos seduza com planos mirabolantes de salvação.

Labels:


Wednesday, December 24, 2008

 

Tornando-se como Deus - 3


Uma rachadura na porta da prisão


Existe uma rachadura na porta da nossa prisão. Não sabemos como ela chegou lá. Mas isso muda tudo.

A luz inunda a escuridão e imagens de um mundo imensamente alegre dança em suas paredes. De repente, descobrimos que a prisão não é na realidade o mundo que nos induziram a acreditar. É meramente uma prisão. Uma prisão com internet de alta velocidade, talvez, mas continua sendo uma prisão, cujas paredes são o sofrimento e cujos portões são a morte.

A rachadura no portão nos desafia a fazer uma avaliação rigorosa de nossa situação. Devemos perceber que esta vida é uma prisão. Ao invés de gerar desespero, tal avaliação deve ser uma visualização da liberdade e da esperança. Desaparecendo no tempo, destinada a morrer, mantendo uma ilusão de separação de Deus - estas são as fontes do desespero. Substituir elas requer uma decisão de cruzar uma linha.

A jornada de se tornar como Deus precisa se tornar mais que uma idéia intrigante. Ela pricisa se tornar uma realização que entra em nossas células com a força do destino, uma realização de uma união total com Deus - onde os pensamentos de Deus tornam-se nossos pensamentos, as ações de Deus tornam-se nossas ações, as intenções de Deus nossas intenções - é um processo natural, não uma conversão religiosa. É uma transformação ocorrendo em um local invisível de nossas almas, não tendo nada com fé, moralidade, ou em ganhar o céu através de bom comportamento. É uma transformação nascida da mais antiga ciência da verdade, a Cabala, e a Cabala não é religião, mas sim tecnologia - a tecnologia anterior à religião.

A pergunta torna-se por que, se a fuga é um processo tão natural, a estrada é tão pouco usada? Por que tão poucas pessoas na história tiveram sucesso em se libertarem das paredes da prisão?
A resposta é que o caminho da fuga passa pelo último guarda da prisão, a força negativa que os textos antigos se referem como o desejo de apenas receber para si (o não compartilhar). É uma força programada nos átomos da natureza física que se opõe a todo esforço que fazemos para mudar. Daremos a esta força um nome: O Oponente.

A menos que compreendamos a natureza insidiosa do Oponente, não existe qualquer esperança de escapar. O Oponente se veste com as roupas de um amigo, ao invés de um uniforme de um guarda, e então nos trai indefinidamente como nossos captores. O pior, o Oponente nos convence que ele é nós. O que chamamos vida é um grande caso de identidade errada, e enquanto nos não distingüimos nossa identidade daquela do Oponente, nós iremos permanecer aprisionados.

Vamos começar nossa jornada de transformação sem fim e alegremente, perguntando a nós mesmos a cada momento: Esta escolha está me movendo para mais próximo ou para mais longe de Deus?

Obviamente, a mente irá dizer, Isto é apenas um livro. Não pode ser algo sério. Que chance eu tenho de relembrar esta natureza divina que supostamente eu possuo cada vez que tomo uma decisão? Como eu posso escalar as paredes que tão poucos conseguiram escalar antes de mim?

O Oponente fica satisfeito que você sinta desta forma.

Mas a cada mudança de paradigma, o impossível se apresenta com suas credenciais impecáveis e o impensável torna-se a norma.

Agora uma outra mudança sísmica ocorreu. Temos a sorte de estar vivos no momento mais extraordinário na história da consciência humana. É uma época em que o que era absurdo irá se tornar algo muito comum. Agora é possível, para um grande número de pessoas, escapar da prisão de dor, sofrimento e morte. E fazendo isso, elas formarão uma massa crítica que irá mudar o mundo para todos os demais.

Este livro é um convite para uma jornada, a suprema jornada, de prisioneiro para Deus. É estendida para você como cortesia de uma rachadura no portão que acaba de ser aberta nesta época em que nós tivemos a sorte de viver.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 426


CELEBRAÇÃO E CHOQUE


Enquanto isso, aqui na Terra a celebração da vinda do emissário estelar torna propícia a observação de a quantas anda o trabalho iniciado por Cristo há dois mil anos. Convivemos com dois mundos radicalmente diferentes, um é o da força totalitária, que infunde medo e encanta e ilude com técnicas materialistas de empobrecimento, travestidas de enriquecimento. Outro é o mundo do espírito, que não deve ser confundido com as doutrinas das religiões, pois estas se contaminaram com os métodos das forças totalitárias. Espírito é o que promove a liberdade, a beleza, a bondade e a verdade. Agora, mais do que nunca, o choque entre as duas forças está em andamento, porque o reaparecimento de Cristo é iminente. Acredite, se tiver coragem.

Labels:


Tuesday, December 23, 2008

 

Mensagem de Matthew - 2


Por que os estudantes não pensam, raciocinam e usam o bom senso? Porque os não-iluminados que trabalham apenas para si, e que usam o nome Illuminati, controlam os sistemas educacionais e produzem livros textos e outros materiais de ensino. Eles desejam que as escolas e a sociedade produzam autômatos que não façam perguntas relevantes, mas ao invés disso, pensem e ajam como foram ensinados. O controle deles se estende na produção de distrações, como programação de televisão, publicidade, ênfase nos esportes e na eliminação das artes, games eletrônicos violentos, "música" alta e desagradável armazenada em instrumentos portáteis, pornografia na internet, etc. Combinados, esses métodos das trevas têm tido sucesso em "abobalhar" muitas pessoas jovens, mas junto com desenvolvimentos positivos de outros aspectos no vosso mundo, esta situação está mudando.

Muitos professores estão "vendo a luz" e inspirando seus estudantes para desenvolverem suas mentes, talentos e habilidades. As almas estão nascendo em corpos com DNA (ADN) melhorados com estrutura celular cristalina e são corretamente chamados de Crianças Cristais. Outras crianças, com capacidade intelectual aumentada e claridade espiritual vieram duas gerações antes das Crianças Cristais e são conhecidas como Crianças Índigo. Infelizmente, em muitos casos essas crianças foram consideradas anormais, tratadas sem carinho e drogadas para ficarem submissas - novamente através da manipulação dos trevosos que convenceram, sem causar suspeitas, conselheiros e pais que essas crianças excepcionais deveriam se enquadrar nas "normas". Com o espalhamento de informações sobre as crianças Cristal e Índigo, algumas das pessoas mais velhas estão se tornando conscientes de seus potenciais maiores e estão fazendo as mudanças de vida correspondentes; os pais estão reconhecendo seus filhos pequenos como dotados e sabiamente tratando-os como tais; o uso de drogas para manter as crianças com mentes ativas extraordinárias em um estado de confusão quase inconsciente (estupor) está diminuindo; e, como indicativo da influência benéfica da boa música, o número de corais e orquestras com a presença de jovens está aumentando.

Junto com o devido reconhecimento das almas cristal e índigo, eu desejo dizer também que o uso de rótulos pode manter vivos os sentimentos de separação e de antagonismo. Naturalmente os nomes são necessários para efeito de identificação, mas rotular ordens sociais, estilos de governo, partidos políticos, religiões, raças, culturas, filosofias e posições profissionais com a intenção de enfatizar diferenças, ao invés de similaridades, separatividade ao invés de união, superioridade ao invés de igualdade, ou competição ao invés de cooperação, é outra armação das trevas para criar a divisão entre vocês e os manter longe de suas mentes que a Unicidade do Todo é a grande verdade universal.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 425


A VOLTA À RELIGIÃO


Enquanto isso, aqui na Terra a essência da religião volta com força total, mas com um apelo menos místico e mais científico, apesar desta ser uma ciência absolutamente diferente daquela que conhecemos hoje. O que é religião? Basicamente é o reconhecimento do Todo pela parte, o que em nosso caso significa valorizarmos a suspeita de haver um plano diretor que arquiteta o andamento de tudo e, claro, nossa participação neste. Importante é entender que fazer parte de um plano maior não diminui nosso valor, porque este plano não existe para nos diminuir, mas para nos enriquecer e engrandecer. O que nos torna miseráveis é a nossa falta de religião cotidiana, nossa estúpida teimosia de existir fingindo que tudo é tudo e nada é nada.

Labels:


Monday, December 22, 2008

 

Oscar Quiroga - 424


O REAPARECIMENTO


Enquanto isso, aqui na Terra é iminente o reaparecimento de Cristo, o Messias, o Imã Mahdi ou o próprio Buda, mas ninguém sabe a forma ou o local deste acontecimento de proporções cósmicas, apenas que isto depende muito mais de nossa humanidade do que da parte deste Ser Espiritual que vem em nome do Altíssimo a continuar sua obra. Depende mais de nossa humanidade porque a obra tem de ser levada em frente em conjunto, de forma cooperativa. Para isso, aqui na Terra há de se reconhecer nossa parte nesse grande Todo que é o Universo, sabedoria que devia ter sido promulgada pela religião, mas que falhou, ou pela própria Astrologia, que também falhou ao se tornar instrumento de poder nas mãos do Estado, lá nos tempos da Babilônia.

Labels:


Sunday, December 21, 2008

 

Oscar Quiroga - 423


PONTO DE VISTA E ESCOLHAS


Enquanto isso, aqui na Terra tudo depende de ponto de vista e de escolhas. Ponto de vista é o que cria o consenso, particular e coletivo, que estrutura a realidade. Escolha é o que promove que a realidade constituída possa ser transformada. As escolhas que você fizer, ser humano, e os riscos que você assumir para destruir o ponto de vista que impede a emergência de uma realidade maior e melhor serão as atitudes essenciais para despertar o poder de dominar a vida e navegar por ela com graça e leveza, condições estas que não fariam sentido a ninguém, não fosse estarem impressas na alma como perspectivas a ser conquistadas. O que é bom, o que é belo e o que é verdadeiro estão à caminho, porque nós escolhemos esta perspectiva.

Labels:


Saturday, December 20, 2008

 

Tornando-se como Deus - 2


A rocha e a montanha


Uma pedra é retirada da montanha. Ela tem a mesma natureza da montanha, mas quando ela é desconectada ela não é mais chamada montanha, ela é chamada pedra. Nenhum átomo da sua essência mudou, no entanto retirando ela da montanha a transformou em outra coisa. Colocando-se a pedra de volta na montanha ela não é mais uma pedra. Portanto, a existência da pedra é determinada não por sua substância, mas por sua relação com a montanha, que é a sua fonte.

A Cabala ensina que assim como pedras são partes separadas das montanhas, os seres humanos emergem de Deus. Ao nível de alma, os humanos têm exatamente a mesma essência que Deus. Em essência, os humanos são como Deus.

Portanto, como nós nos tornamos pedras?

A Cabala fala de uma força negativa no universo, um machado que nos remove de Deus. Esta força tem um nome esquisito, mas você ficará bem familiar com ela ao final destas postagens. Ela é chamada Desejo de Apenas Receber para Si. Ela é também conhecida como Natureza do Ego, um estado que virtualmente todos nós habitamos o tempo todo. Isto é a fonte de todas as nossas dores e sofrimentos.

A palavra Deus não é um termo ideal. Nenhuma palavra teve mais problemas de interpretação e de mal interpretação do que ela. Por essa razão, os cabalistas raramente usam essa palavra. Luz do Criador é uma expressão mais precisa, porque o Criador que conhecemos é uma energia de compartilhamento e de preenchimento. É essa Luz do Criador que experimentamos naqueles momentos que a alegria nos toma, ou quando o belo inesperadamente ilumina nossas vidas.

Como a palavra Deus é geralmente entendida como um ser divino de total perfeição e com o máximo potencial, nós iremos usar isso aqui com esse sentido, de forma neutra com relação a qualquer conjunto de crenças religiosas.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 422


A ÚNICA CRISE REAL


Enquanto isso, aqui na Terra a única crise real que está em andamento é a provocada pelo enraizamento do medo de se conhecer a verdade. Uma vez que nossa humanidade superar este grande obstáculo, sistematicamente lubrificado pelas notícias veiculadas oficialmente, então se deparará com a liberdade que tanto buscou em dinheiro e em objetos, mas que sempre esteve ao alcance, no próprio coração. Para superar este veneno nefasto, que é o medo de se conhecer a verdade, há de se desenvolver a boa vontade de identificar os problemas cotidianos, pessoais e coletivos, dedicando-se tempo mental na tentativa de solucioná-los. Este seria o mesmo tempo que normalmente é tomado pelas lamúrias, pela autocomiseração e pela busca de responsáveis para culpá-los pelo estado de coisas.

Labels:


Friday, December 19, 2008

 

Mensagem de Matthew - 1


Suzanne (Suzy) Ward é a mãe de Matthew, que faleceu e passou a mandar mensagens através de sua mãe. Vou começar a postar, de forma rotineira, parte das mensagens enviadas por Matthew.


Vamos falar um pouco sobre formas pensamento. A Terra chegou a níveis de energia onde as freqüências elevadas estão acelerando tudo, e aquilo que está nos pensamentos de você está passando a se manifestar mais rapidamente que antigamente. Portanto, tenha cuidado com o que você pensa (usando adequadamente seu livre-arbítrio). Não apenas é importante focar apenas naquilo que você deseja na sua vida e no seu mundo, mas também evitar ter pensamentos de retribuição, vingança ou de punição dos outros. Estas coisas carregam vínculos de energia negativa muito pesada que explica geração após geração de violência, brutalidade e opressão, quando um lado retalia pelo o que os ancestrais do outro lado fizeram para os ancestrais do primeiro lado, desta forma gerando carma sobre carma para todas aquelas almas trabalharem. Apesar de compreendermos o desejo de responsabilizar o Presidente Bush e os outros que operam no grupo Iluminati por suas ações, que consistem de crimes contra a própria humanidade, nós encorajamos você a deixar o sistema judicial fazer o que ele fará e ficar satisfeito com isso.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 421


SABEDORIA É A MELHOR ECONOMIA


Enquanto isso, aqui na Terra é propício despreocupar-se durante o período de Lua Vazia, reservando energia e vitalidade para depois deste. Sincronizar a atividade terrestre com a celeste é tudo o necessário para manter o bem-estar e a qualidade de vida, tão desejada, mas tão pouco praticada. O tempo, esse mistério eterno, é uma experiência mental para nossa humanidade, o que significa que o bom ou mau aproveitamento deste depende da atitude. Insistir na rotina, como se todos os dias fossem iguais, é a atitude tola de quem se acha maior que o tempo. Respeitar os humores e sensações que avisam que os períodos são diferentes uns dos outros é o início da sabedoria. A sabedoria será sempre a melhor economia de todas.

Labels:


Thursday, December 18, 2008

 

Tornando-se como Deus - 1


Um cabalista, chamado Michael Berg, escreveu um livro [1] com as idéias abaixo.

Estas informações constituem uma carta endereçada a uma prisão. É uma prisão onde ninguém consegue sair por bom comportamento, e todos estão condenados para morrer. Você que lê isto é um habitante desta prisão, assim como eu. Para todos nós, pela primeira vez na história, uma incrível oportunidade tornou-se disponível para toda a humanidade: a oportunidade de não apenas orar a Deus, obececer a Deus, temer a Deus ou rejeitar Deus, mas também se tornar como Deus.

Estas informações é uma carta endereçada aos internos de uma prisão. Esta é uma prisão estranha, porque dentro de seu interior tem montanhas, rios e por-do-sol. A prisão não tem nome, mas com o passar dos anos seus internos arranjaram um que pegou. Eles chamam ela de vida (outros chamam de matrix). Ninguém sai dela por bom comportamento, e neste local todos estão condenados à morte.

Você que lê isto, independente de quão confortável é o seu ambiente, é um habitante desta prisão, assim como eu. A história de nossa prisão está cheia de lendas de tentativas de fuga e com conselhos freqüentes de especialistas em escapadas, mas a vida na prisão tem ficado bem invariante por milhares de anos. Isto quer dizer que a maioria dos prisioneiros não estão cientes que eles estão na prisão.

Mas agora uma oportunidade incrível se apresentou. Uma rachadura na porta da prisão apareceu e permitiu um feixe de luz solar penetrar no seu interior. Considere as informações aqui apresentadas como uma reportagem vinda desta luz solar.

Esta luz solar emana do criador do nosso universo. Nós podemos seguí-la até a sua fonte, e quando nós fazemos isso, nós descobrimos nossa própria fonte. Quando nós fazemos isso, ao invés de orar a Deus, obedecer a Deus, temer a Deus, ou rejeitar Deus, nós tornamo-nos como Deus.

Minha fonte de informação vem de um agregado de sabedoria de 5.000 anos, chamado de Cabala. O momento chegou para abrir as portas da prisão e acabar com a nossa longa história de dor, sofrimento e morte. O momento quando as pessoas se tornarão como Deus. Esse momento é agora!!

[continua]

Referência:
[1] Michael Berg, Becoming like God: Kabbalah and Our Ultimate Destiny, Kabbalah Centre International, 2004.

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 420


ALGO MISTERIOSO ACONTECEU


Enquanto isso, aqui na Terra, ao passo de que as notícias veiculadas oficialmente sustentam o lubrificado sistema de conceitos que preserva o medo no coração humano, acontecem também maravilhas e portentos, pois a todo momento mais uma mente se abre ao inovador processo de substituir a competição pela colaboração. Algo misterioso aconteceu, algo que sempre teve sua contrapartida individual. Quando uma pessoa muda seu ponto de vista, consegue mudar também os fatos de sua vida em particular. Algo aconteceu que propiciou a mudança do ponto de vista coletivo, precipitando a reinvenção da própria civilização. Por enquanto, existimos no lusco-fusco entre uma civilização e outra, mas nada pode deter o avanço e o processo de reinvenção.

Labels:


Wednesday, December 17, 2008

 

Mensagem de Mãe Maria

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Mais um Natal se aproxima; mais uma festa em que celebrais o nascimento de vosso Mestre Jesus; mais um momento para refletir e aplicar os ensinamentos por Ele deixados a todos vós.

Determinação, compreensão, lealdade, respeito, fraternidade e amor, muito amor, o amor que revela alegria, o amor que traduz a pureza dos justos, o amor que transforma a todos em iguais; esses foram alguns dos muitos atributos que Ele viveu em sua passagem por vosso planeta, atributos que precisam ser por todos vós resgatados neste tempo de redenção.

O ser humano continua querendo resultados imediatos, e quando eles não acontecem acaba desistindo de tornar realidade seus sonhos e ideais.

É preciso resgatar a persistência, amados!

A persistência há muito deixou de ser uma virtude cultivada pela humanidade, dando lugar a impaciência e ao imediatismo que levou os Filhos da Terra a mergulharem na disputa egoísta e acirrada onde lealdade e respeito perderam totalmente seu significado; os verdadeiros valores se banalizaram, a satisfação a qualquer preço passou a ser a meta, e a infelicidade tornou-se então a regra do dia a dia de todos vós.

O amor que pereniza foi substituído pelo sucesso efêmero sem que a humanidade percebesse quão ilusório é o sucesso despido de amor.

É preciso voltar a expressar o sentimento que sustenta a vida, amados, é preciso voltar a exercitar o amor.

Refleti, pois sobre este momentum buscando na trajetória do vosso bem amado Mestre os valores a serem cultivados por vós, para que a redenção ocorra e vossas vidas voltem a ser permeadas pelas virtudes divinas que geram o sentimento de alegria e plenitude que fazem da felicidade uma realidade possível em vosso dia a dia.

Buscai redescobrir vossos verdadeiros valores, para que vossas metas reflitam a vontade de vossas almas, para que vossas vidas readquiram sentido, para que os acontecimentos diários possam ser compreendidos e trabalhados com determinação, para que a lealdade dos justos esteja sempre presente em vossas escolhas e a satisfação seja simplesmente a decorrência natural de vossas ações.

Esse é o caminho que meu Filho quis vos mostrar, o caminho da coerência, o caminho da justiça, o caminho do amor.

Resgatai, pois vosso verdadeiro caminho, olhando com muita honestidade para vossas vidas, deixando para traz vossos valores ilusórios para colocar em prática vossos verdadeiros valores, os valores dos Filhos da Luz que buscam atrair as virtudes do Cristo para tornar possível a implantação definitiva da Era da Luz, a Era tão almejada e finalmente vislumbrada por todos vós.

Bem amados, que as celebrações deste final de mais um ano de vossa contagem de tempo tenham o objetivo de ser o marco para um novo momentum, e que elas venham acompanhadas da purificação de tudo que não representa o mais puro amor, o mesmo amor que vos ofertou Mestre Jesus.

Bem amados, que possais receber as bênçãos da Sagrada Família, e que vossos lares, vossos familiares, amigos e todos os habitantes do vosso planeta possam sentir nossa proximidade e nosso amor por todos vós.

Agradecemos a constância de vossas orações e que elas continuem fortalecendo a vós e a todos os vossos irmãos.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-16/12/08-Mensagem de Mãe Maria-40-2008 recebida por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

A Deusa Inanna - 5


Informações de Inanna, em [1].

O ser reptiliano masculino, chamado Marduk, junto com suas legiões, controlam a Terra neste momento [não respeitando nosso livre arbítrio] e se recusam a deixar livres os seres humanos.

A pele azul turquesa dos deuses hindus, como a de Krishna, é uma indicação de que ele é originário da constelação das Plêiades, possivelmente um nibiruano Anunnaki.

Nada morre, nada se perde. Em uma certa dimensão da realidade, nenhum de nós jamais abandonou a mente do Primeiro Criador.

O universo é um sonho holográfico projetado como um pensamento dentro da mente de Deus, e nossas percepções individuais fazem o mundo nos parecer real.

Quando Marduk se apoderou da Terra, também se apoderou de Nibiru, e seu avô Anu e seu tio Enlil se afastaram de Nibiru e foram para uma outra galáxia próxima. Nibiru, anteriormente, pertencia a Anu e a Terra tinha sido entregue aos cuidados de seus filhos Enki (Ea) e Enlil. Marduk também conquistou todo o sistema estelar das Plêiades, usando seus grandes exércitos de clones, todos projetados para parecerem-se com ele. Passou séculos criando esses batalhões de guerreiros clones em um planeta secreto. Agora, apenas a Federação Intergalática tem poder para enfrentá-lo.

Marduk, certa ocasião, estava sentado na sala de controle principal (localizada no Ceilão/Sri Lanka), observando a tela da unidade exploradora das fontes de energia. A população da Terra estava produzindo continuamente a energia necessária para que alimentassem ele e as suas legiões: sentimentos de temor, medo, culpa e ansiedade, as energias sutis das quais se alimentam suas tropas. Portanto, podemos destruir essas tropas não fornecendo essas energias para elas.

Inanna significa "Amada de Anu", pois Anu é o bisavô de Inanna. Primeiramente, Enki era chamado de Ea. A Ea foi dado o domínio sobre os mares e as águas. Ea significa "Ele cujo lar é a água". Posteriormente, Ea ficou conhecido como Poseidon, pelos gregos, e como Netuno, pelos romanos. Enki, seu nome sumério posterior, significa "Senhor da Terra". Já Enlil, irmão de Enki, significa "Senhor do Comando".

Nannar (ou Nanna), filho de Enlil com sua esposa Ninlil, é o deus da Lua (note que as bandeiras dos países árabes costumam incluir o símbolo da Lua). Mais tarde foi chamado de Sin (ou Sinnu). Sin casou-se com Ningal e geraram o casal de gêmeos Inanna (deusa do amor e da guerra) e Utu (deus do Sol, também chamado de Shamash). Ninhursag, irmã de Enlil e Enki, significa "Senhora da Montanha Sagrada", e teve vários outros nomes, como Ki (significando Terra), Ninmah (Grande Rainha), Nintu (Senhora do Nascimento), Mama e Mami (Mãe), Aruru, Uriash, Ninmag, etc.

Marduk, filho de Enki, foi cultuado no Egito com o nome de Ra. Posteriormente, após ele ausentar-se temporariamente do Egito, lhe foi dado, em acréscimo, o nome de Amon (também escrito Amém), que significa "invisível". Daí esse deus virou Amon-Ra. Posteriormente, Marduk brigou com seu irmão Ningishzidda (conhecido como Thoth, no Egito) e o expulsou do Egito. Thoth, e um grupo de seus seguidores, se exilou aqui na América, onde foi cultuado como o deus conhecido pelo nome de Quetzalcoatl, significando "Serpente Alada".

Referência:
[1] V.S. Ferguson, O Retorno de Inanna: Os Deuses Ancestrais e a Evolução do Planeta Terra, Editora Nova Era.

Labels: ,


 

Coma Menos, Viva Mais


Após analisar as dietas de uma centena de pessoas com mais de 100 anos, eu constatei [1] que a maioria comia menos que a quantidade média e às vezes jejuava. Elas seguem a regra dos "3/4": param de comer quando consideram estar 3/4 satisfeitas. Estudos mostram que a ingestão de menos calorias aumenta a expectativa de vida nos animais - por que não ocorreria o mesmo nos seres humanos?

Para pensar: Se comer menos faz viver mais, o que acontece com as pessoas que aprenderam a não comer nada, que apenas "vivem de brisa" (de ar) e de luz? Tornam-se imortais?

Referência:
[1] Dr. Maoshing Ni, Os Segredos da Longevidade: centenas de maneiras de viver bem até os 100, Editora Sextante, 2008.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 419


CONSCIÊNCIA = PONTO DE VISTA


Enquanto isso, aqui na Terra é no meio desta enorme confusão, chamada de crise financeira global, que nossa humanidade exercita o poder mental de discernir entre o real e o irreal, entre a ilusão e a verdade. A causa primordial deste sintoma financeiro é o irrevogável processo de expansão da consciência humana. Isto, que aos espíritos materialistas pareceria uma frase vaga e genérica, é o que produz os fatos, já que estes são moldados por aquilo que se chama de ponto de vista, a própria consciência. Mudar o ponto de vista simplesmente muda a realidade. Até aqui isto veio sendo feito individualmente, mas algo provocou a mudança de ponto de vista coletivo, dando a largada do processo de mutação da própria civilização.

Labels:


Tuesday, December 16, 2008

 

Nossas Roupas


Saúde sem remédios: Seja moderado no vestir-se




Vestir-se é quase sempre um fator de prejuízos para a saúde em geral. Quanto menos roupas uma pessoa usa melhor será a sua saúde. Isto não quer dizer que a pessoa deva andar nua, mas se cobrir com roupas leves, porosas, claras ou brancas e tecidas de fibras naturais.

Roupas escuras e com cores fortes não deixam as radiações luminosas passarem e contribuem para a morte dos tecidos, principalmente dos neurônios. Há diminuição da transmissão nervosa na ausência de luz. As cores intensas só deixam passar comprimentos de onda limitados, o que é prejudicial à saúde de várias maneiras.

Roupas apertadas, cintos e sapatos muito justos interferem na circulação. Roupas que impedem a passagem do ar promovem fermentação, transpiração, e impedem a eliminação das impurezas da pele. As fibras artificiais, em geral, interferem mais negativamente do que as fibras naturais nas funções protetoras da pele. 

Quanto mais você se protege das variações climáticas: frio, calor, umidade, etc., mais frágil e menos capaz de reação será sua pele. Pessoas que usam poucas roupas têm uma defesa e uma capacidade adaptativa naturalmente superior.

Fonte: http://www.fernandotravi.globolog.com.br/ 

Labels:


 

O Universo é Construção Sua

Afirmação de um radical: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida", Jesus

O universo é uma construção mental sua. Existem coisas certas e coisas erradas na Bíblia. Uma coisa errada é a seguinte [Gênesis 1:26]: Deus disse: "Façamos o homem à nossa imagem e semelhança". Errado! Se essa frase fosse correta, Deus teria que fazer cocô. Em que região do universo Deus acumula suas fezes, que excreta de si? Se isso não ocorre, Deus não é "semelhante" a nós!

Uma coisa certa na Bíblia é o trecho [São João 1:1-3]: No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava, no princípio, com Deus. Tudo começou a existir por meio dele e, sem ele, nada foi criado. Algumas Bíblias explicam que o "Verbo" refere-se ao segundo elemento da Santíssima Trindade: o Filho! E o Filho é Você! Portanto, tudo que existe no universo, inclusive seu corpo físico, foi feito por você!

Por que não temos consciência de que somos os construtores do universo? Porque nossa mente é como um iceberg: a maior parte não está consciente, está no subconsciente (inconsciente), que está submersa. Além disso, todos os nossos sentidos físicos nos dão informações erradas! Não podemos ter confiança absoluta de que nossos sentidos estão nos informando a verdade. Por exemplo, o que você está vendo lá no seu córtex visual do cérebro é uma versão editada (tomando como base suas experiências anteriores) do sinal luminoso real que atinge a retina de seus olhos. A mesma coisa (edição) ocorre com todos os outros sentidos.

Não seja bobo, trate bem "o outro" (seus semelhantes) porque, assim, você estará tratando bem a si mesmo, pois, no fundo, somos todos um. É exatamente porisso que, na Bíblia, se recomenda "Ame ao próximo como a si mesmo".

A verdade é a expressão do que é de fato. Logo, a verdade presencial é a expressão do que é de fato e na qualidade de estar presente. O que não está presente não é real! Nossos sentidos constituem uma barreira para acessar o real. A mente, para ter contato direto com a realidade, não pode estar sujeita a distrações e, nesse caso, já não sente medo e, dessa forma, consegue acessar o amor, que a tudo abrange, não deixando espaço para opostos. Todos os pensamentos vêm de uma única fonte. O amor é o atributo que tornam as coisas unas ("eu sou o outro", portanto "Ame ao próximo como a si mesmo").

Não é possível conciliar o real com o não-real (ilusório). Na Bíblia isso surge alegoricamente em várias passagens, como: "Não dá para servir a dois senhores ao mesmo tempo", "Separar o joio do trigo", etc.

O oposto do amor é o medo. Todo desconforto é baseado no equívoco. Não é possível ser feliz com mentiras. Felicidade é a ausência de conflitos, é a ausência de medo, é a erradicação do sofrimento, é a paz absoluta e incondicional.

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 418


NADA PODE DETER O AVANÇO


Enquanto isso, aqui na Terra nossa humanidade reconhece que precisa despertar, se livrar de ilusões e assumir o comando do destino, para conduzir tudo numa direção melhor. Nada disto seria possível não fosse a observação do entorpecimento geral e a triste constatação de que a política, a religião e a economia mundial se estagnaram numa atitude que talvez tenha sido boa no passado, mas que por falta de reinvenção se transformaram todas em instâncias decadentes. Nada pode deter o avanço de nossa humanidade na direção da verdade, o que resta saber apenas é, quanto de verdade nos disporemos a aceitar? Até que ponto seremos radicais no fechamento do capítulo anterior da história, nos dispondo a abrir mente e coração na direção do desconhecido?

Labels:


Monday, December 15, 2008

 

Oscar Quiroga - 417


O INEVITÁVEL PROGRESSO DA ALMA HUMANA


Enquanto isso, aqui na Terra, apesar da resistência e de todos os obstáculos inventados para que nossa humanidade permaneça num estado inferior ao merecido, nada pode evitar, verdadeiramente, que o espírito humano se eleve na direção do Altíssimo, representado este de acordo com os diferentes pontos de vista. No final das contas, tudo que nesta civilização existe como forma de obstaculizar o processo de aproximação ao divino será redondamente derrotado. Nada pode deter o progresso da alma humana em sua longa peregrinação da obscuridade à luz, do irreal ao real, da ignorância à sabedoria, da morte à imortalidade. O estremecimento atual de nossa civilização é a prova cabal desta verdade. Celebremos, pois!

Labels:


Sunday, December 14, 2008

 

Na Época do Imperador Amarelo...

"Conheça a verdade e ela te libertará", Jesus

Verdades são eternas. Tudo que os grandes mestres falaram há milênios ainda continua válido hoje em dia. Leia abaixo trecho de um diálogo clássico da medicina do imperador amarelo [1].

- Eu soube que antigamente todos viviam 100 anos sem mostrar os sinais comuns de envelhecimento. Em nosso tempo, porém, as pessoas envelhecem prematuramente, vivendo apenas 50 anos. Esse fato está relacionado ao nosso ambiente ou é porque as pessoas perderam o Caminho? - perguntou o Imperador Amarelo.

Qibo, o médico da corte, respondeu:

- Antigamente, as pessoas praticavam o Caminho. Entendiam o princípio do equilíbrio de yin e yang e, assim, meditavam para ajudar a manter a harmonia com o universo. Também mantinham uma dieta balanceada, acordavam e se recolhiam em horários regulares e evitavam sobrecarregar o corpo e a mente. Por isso, viviam mais de 100 anos. Atualmente, os hábitos mudaram. As pessoas bebem vinho em excesso, comem demais e se comportam de forma destrutiva, esgotando sua essência e reduzindo sua energia. Ao buscar o prazer emocional e momentâneo, desrespeitam o ritmo e a ordem naturais do universo e, por isso, dormem mal. Desconhecem os segredos da conservação da energia e da vitalidade. Assim, não surpreende que pareçam velhas aos 50 anos e morram logo depois.

Essa conversa entre o imperador amarelo, primeiro governante da China, e o médico da corte ocorreu há uns 4.700 anos, mas continua atual. Como provou a ciência moderna, a qualidade e a quantidade do alimento que você consome têm impacto em sua longevidade.

Após examinar as dietas de uma centena de pessoas com mais de 100 anos, analisei os dados e os relacionei com as pesquisas antienvelhecimento mais recentes. Não surpreende que os hábitos desse grupo de pessoas se harmonizem com as observações do médico imperial chinês. A grande maioria dos centenários come de maneira frugal - basicamente legumes, grãos integrais, frutas, nozes e sementes -, sendo que alguns jejuam eventualmente. Os carnívoros são exceções.

Você é o que come; portanto, coma bem!

Referência:
[1] Dr. Maoshing Ni, Os Segredos da Longevidade: centenas de maneiras de viver bem até os 100, Editora Sextante, 2008.

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 416


A CLASSE POLÍTICA


Enquanto isso, aqui na Terra nenhuma solução ortodoxa aplicada ao que se conhece como crise financeira global dará outro resultado que o de complicar ainda mais as coisas. A classe política de todas as Nações é tentada, por puro medo e incompetência, a se agarrar de tudo que alguma vez deu certo no passado. Porém, a oportunidade é outra, é a reinvenção da dinâmica que cria a própria civilização a que está em andamento. Haverá alguém, entre os políticos, capaz de ver esta oportunidade? Com certeza, sim! Porém, a grande maioria, que é a que manda na democracia, se preserva agarrada a interesses pequenos, esquecendo que o motivo de a classe política existir é a busca do bem comum. O pior e o melhor do ser humano está sendo exposto.

Labels:


Saturday, December 13, 2008

 

Oscar Quiroga - 415


A TENTAÇÃO E A OPORTUNIDADE


Enquanto isso, aqui na Terra, ante aquilo que se denominou crise financeira global e por puro medo dela, a classe política de todas as Nações é tentada a tornar as regras mais severas e a fortalecer o poder do Estado. Acontece que, mesmo que haja as melhores intenções por trás de tal atitude, tudo não passa de uma tentação forjada pelo medo e pela própria incompetência, dado que a grande oportunidade atual consiste em abrir passagem ao divino atrevimento de reinventar definitiva e radicalmente a civilização. Até aqui existimos numa civilização competitiva e acumulativa, a qual provocou o estado atual de coisas. A oportunidade é reverter este processo, colocando nossa humanidade no caminho da distribuição graciosa de Vida e recursos.

Labels:


Friday, December 12, 2008

 

A Deusa Inanna - 5


Informações de Inanna, em [1].

Um acordo que permite a evolução sem intervenção na Terra terminará no ano de 2012, ano no qual a Terra irá experimentar uma divisão dimensional, separando-se em duas dimensões bem definidas. Quando, em qualquer lugar do Universo, as disputas não se resolvem pacificamente, tais conflitos se dirimem por meio de uma separação dimensional. Os habitantes da Terra terão tempo suficiente para escolher entre as duas dimensões. A natureza individual de cada ser humano tomará a decisão. Ninguém pode escolher no lugar de outra pessoa.

Uma Terra conteria as freqüências da chamada Luz e existiria dentro do que se chama de Quarta Dimensão. Nesta dimensão, os pensamentos do indivíduo tomam forma (portanto, torna-se impossível mentir), porque cada pensamento se manifesta instantaneamente (constitui-se, portanto, em um carma instantâneo, colhendo-se instantaneamente o que se planta) e cada um chegaria rapidamente à conclusão de que é o criador de sua própria realidade (com causa e efeito concomitantes).

A outra Terra ficaria nas mãos de Marduk (Chefe dos demônios) e seus tiranos. Aquelas pessoas acomodadas que preferem que lhes digam o que fazer, como pensar e que não queiram exercer seu direito divino de escolher, permaneceriam sob o controle de Marduk. Parece que há muitas pessoas que estão contentes de ter alguém que pense por elas e, portanto, há muitos que querem continuar adorando algo que está fora deles.

Quando a Terra se converter em dois mundos diferentes, não haverá um julgamento final, apenas a "separação do joio do trigo". Um belo dia, os humanos simplesmente se encontrariam na dimensão que melhor lhes acomodasse e nem notariam a mudança, embora alguns poderiam ficar com vagas lembranças, incluindo alguns mitos de um passado longínquo.

Marduk criou muitas armadilhas para ganhar adeptos. Criou uma nova religião que não tem nome oficial, mas que se conhece como CONSUMISMO. Com ela homens e mulheres chegam a considerar as coisas mais importantes que as pessoas. As pessoas passaram a se medir pelo número e quantidade de suas posses. Um altar eletrônico, que emite imagens (televisão), foi instalado em cada lar para treinar as pessoas a adorar as coisas e adquirir mais delas. Esse altar consome a maior parte do tempo de lazer dessa gente. O resto do tempo (desses escravos) se utiliza para conseguir dinheiro para comprar coisas (principalmente, comida para se suicidar). As crianças são deixadas sozinhas em casa, na frente do altar, enquanto seus pais se dedicam à busca de mais posses. Só poucos se deram conta de quão vazia se tornou a vida. Marduk está tendo cada vez mais êxito. No entanto, Seres de Luz perceberam a estratégia do altar eletrõnico e decidiram mandar para a Terra ondas de luz que têm aumentado muito de intensidade e têm surtido efeitos benéficos.

[continua]

Referência:
[1] V.S. Ferguson, O Retorno de Inanna: Os Deuses Ancestrais e a Evolução do Planeta Terra, Editora Nova Era.

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 414


LUA CHEIA: GRAÇA E DESGRAÇA


Enquanto isso, aqui na Terra tudo é tenso e difícil durante a fase Cheia da Lua, porque nossa humanidade resiste a entrar em contato com mundos mais vastos de experiência. Por melhor que seja a educação que qualquer ser humano receba, sua mente e coração são treinados para se separar dos semelhantes, da natureza e do próprio Universo que é a fonte desse mistério que chamamos Vida. Quando a Lua é Cheia, mais Luz é derramada em nosso planeta, a qual, se nós a distribuíssemos com graça e leveza, tendo nos treinado neste sentido, tudo seria magnífico. Só acontece o contrário porque resistimos a nos transformar em agentes distribuidores de Vida. Pretender acumular o que não pode ser acumulado é o que causa desgraça e caos durante toda Lua Cheia.

Labels:


Thursday, December 11, 2008

 

Oscar Quiroga - 413


PONTO DE VISTA


Enquanto isso, aqui na Terra nossa humanidade é pressionada a escolher o ponto de vista que servirá para reinventar a civilização. Algo tão simples e óbvio é justamente o que se torna mais árduo e difícil de programar. É tudo questão de ponto de vista, ou de foco de consciência. Dependendo do ponto de vista, situações trágicas podem servir para que emerjam perspectivas muito boas. Ao mesmo tempo, ainda que aconteçam maravilhas e milagres, estes podem passar despercebidos quando o ponto de vista não se abre a esse tipo de acontecimentos. O ponto de vista, escolhido de forma subjetiva, é o que determina a riqueza ou pobreza da civilização e agora, mais do que nunca, tornou-se urgente adotar um que sirva de forma eficiente ao bem comum.

Labels:


Wednesday, December 10, 2008

 

A Deusa Inanna - 4


Mais informações fornecidas por Inanna, em [1]:

O Povo da Serpente, também conhecidos como Nagas, é uma raça que veio para a Terra muito antes dos anunnaki aqui chegarem. Este Povo da Serpente veio de um setor diferente da galáxia, chamado Altair, e foram viver no centro da Terra.

O reino do Povo Serpente está dentro da Terra, onde existem muitas cidades, onde o ar é fresco e regulado por sistemas sofisticados, cujas fontes de energia estão nos polos da Terra (vide minha postagem, neste blog, intitulada "Congeladores dos Polos"). O povo serpente possui uma grande variedade de corpos: uns são humanos, outros metade serpente ou réptil. Eles podem ver na escuridão (como todos os animais, com exceção dos seres humanos!) e, com suas habilidades telepáticas, podem ter acesso às mentes de um grupo, se assim o desejarem.

Marduk, um anunnaki enkita, é o atual controlador da Terra. Ele aprendeu a alimentar-se da energia negativa (do medo, da preocupação, da raiva, da guerra, etc) dos lulus (nós!). Para ele isso é agora melhor do que a carne humana e mais fácil de administrar. Isto constitui uma forma de canibalismo sobre nós. Com essa energia tirada dos humanos, ele construiu um exército de clones para guerrear em toda nossa galáxia (as Plêiades e Nibiru, além da Terra, já cairam nas mãos dele, usando esse exército). É óbvio que para matar Marduk e seu exército de demônios de fome basta emitirmos apenas as energias eletromagnéticas associadas aos nossos sentimentos de paz, amor e alegria.

A não interferência é a lei do universo do livre-arbítrio, o nosso. No entanto, essa lei afirma que é possível ajudar a evolução de seres de outro planeta se, e somente se, esses seres solicitarem essa ajuda.

Marduk colocou na Lua da Terra um aparelho eletromagnético que fez uma conexão da ovulação feminina humana com os ciclos lunares. Nem sequer os animais terrestres podem ser fecundados com tanta freqüência como as mulheres terrestres. Com isso, Marduk transformou o amor em uma arma de guerra: ele queria mais súditos (nós) para controlar e, com isso, extrair mais energia de temor que eles geravam, para alimentar seu crescente exército de clones guerreiros. Portanto, ele fomentou essa maior procriação de seus súditos para lhe gerar maior quantidade de energia. Para Marduk, o sentimento de culpa é tão nutritivo como o temor. Quando há uma escassez (energética) de temor, Marduk ocasiona uma onda de fome, um terremoto, uma grande inundação ou um furacão.

[continua]

Referência:
[1] V.S. Ferguson, O Retorno de Inanna: Os Deuses Ancestrais e a Evolução do Planeta Terra, Editora Nova Era.

Labels: ,


 

A Rotação da Terra


A Terra está diminuindo a velocidade de rotação em torno de seu eixo, demorando mais tempo para ela fazer uma rotação completa em torno de seu eixo. Logo, os dias estão ficando mais longos, assim como os anos. O artigo abaixo [1] comenta sobre isso. Um outro fenômeno relacionado à diminuição da rotação planetária é a diminuição da intensidade do campo magnético terrestre. Estes fenômenos estão em andamento há muitos anos, e estão indo na direção de zerar a rotação e o campo magnético terrestre, o que tem profundas implicações biológicas. As causas destas reduções ainda não estão completamente esclarecidas. Uma das especulações é que este freamento da rotação terrestre está sendo causado pela aproximação de um grande corpo celeste, conhecido por vários nomes, como Planeta X, Nibiru, Hercólubus, O Destruidor, etc.


Astrônomos vão inserir um segundo extra no ano de 2008

Na madrugada do próximo dia primeiro de janeiro, quando fogos de artifício estiverem clareando o céu, a noite será mais longa. Um segundo mais longa, para ser preciso, segundo o consórcio internacional que administra o TUC (Tempo Universal Coordenado).

O segundo extra não será alívio para quem precisar de tempo para se recuperar de uma ressaca, mas é necessário para coordenar sistemas de informação que requerem grande precisão, como o sistema de localização GPS e o protocolo NTP (a hora unificada da internet).

A decisão de tornar 2008 um segundo mais longo foi confirmada agora pelo Observatório Naval dos EUA, uma das entidades integrantes do IERS (Serviço Internacional de Rotação da Terra e Referência de Sistemas).

A necessidade de adicionar tempo à duração oficial do dia 31 de dezembro é coordenar os dois sistemas de medida cronológica que existem hoje. Um leva em conta a rotação da Terra e o outro toma como base os relógios atômicos, muito precisos. O problema é que a rotação da Terra está se reduzindo de maneira extremamente sutil, e com o passar dos anos as horas atômica e terrestre saem de sincronia.

Desde 1972, quando foi criado o TUC, segundos extras foram adicionados ao tempo atômico várias vezes, para que o descompasso entre os dois relógios nunca fosse maior que um segundo. A última vez foi em 2005.

O ano de 2008, porém, será o mais longo desde 1992, a última vez que um ano bissexto ganhou ainda um segundo extra. Sistemas que estão em sincronia com o Escritório Internacional de Pesos e Medidas, em Paris, o administrador do UTC (Sigla TUC, em inglês), não precisam acertar o ponteiro "manualmente", pois os relógios atômicos cadastrados nessa entidade transmitirão a correção automaticamente.

Referência:
[1] "Astrônomos vão inserir um segundo extra no ano de 2008", Seção Ciência, Jornal Folha de S. Paulo, pg. A22, 10 de dezembro de 2008.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 412


ESCOLHAS INDIVIDUAIS E COLETIVAS


Enquanto isso, aqui na Terra a combinação de festas de fim de ano, acúmulo de desejos insatisfeitos e perplexidade diante do panorama mundial pressiona nossa humanidade para que, na melhor das hipóteses, mude radicalmente o ponto de vista através do qual tenta entender o que acontece. Na pior das hipóteses, a mesma pressão estimula a violência egoísta, velha conhecida. O ônus da escolha do ponto de vista é individual, determinando o lugar que cada ser humano ocupa na escala de evolução que conduz ao contato consciente e participativo com mundos mais vastos de experiência. O que agrega complexidade ao momento atual é que, além desta escolha individual, há de se fazer uma escolha coletiva também, reinventando-se a própria civilização.

Labels:


Tuesday, December 09, 2008

 

Mensagem de Mãe Maria: A Água

Amados filhos,

Que as bênçãos de amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Aquietai-vos! É tempo de reflexão, é tempo de renovação.

Muitas serão as transformações que vos esperam em 2009, e muito ainda precisa ser feito por vós neste momento para que as oportunidades que chegam com o novo ano possam ser recebidas e trabalhadas com afinco, para que o novo ano seja vivenciado em plenitude.

Invocai, pois, pela ajuda de vossas almas, amados, e silenciai vossas mentes para que possais reconhecer e compreender as novas escolhas a serem exercitadas, e os novos rumos que o exercício consciente delas vos levarão a trilhar.

Preparai-vos para deixar para traz vossas rotinas na certeza de que elas nada poderão acrescentar para vossas evoluções neste tempo.

Buscai o novo, novas idéias, novas maneiras de exercitar vossas potencialidades, novas formas de pensar, de agir, de vivenciar tudo aquilo que vos dá prazer.

Buscai nutrir vossos corpos com novos alimentos, alimentos vivos, para que vossos sistemas possam retornar ao estado original para os quais foram criados pelo Pai.

Urge tornar vossos corpos mais leves, amados, para que as transformações por que passam vosso planeta sejam assimiladas mais rapidamente por todos vós.

Vosso planeta se fluidifica rapidamente e urge que possais vos adaptar à perda da sua densidade, adaptando vossos corpos, tornando-os mais leves, mais saudáveis, buscando sempre na natureza o suprimento de tudo que eles precisam para continuarem sendo os veículos perfeitos para o cumprimento da jornada de vossas almas.

Buscai na água o tônico perfeito para vossas células, moléculas e átomos; a água nutre vossas células, a água acelera vosso rejuvenescimento, a água torna vossos corpos saudáveis.

Ingeri, pois, muita água para que possais, através dela, liberar todas as toxinas acumuladas em vossos sistemas, toxinas que entopem vossos circuitos, não permitindo que a luz flua naturalmente em vós, trazendo como conseqüência toda sorte daquilo que chamais “doenças”.

O ser humano não compreendeu ainda a importância e o poder do elemento água como instrumento para perenizar seus corpos.

É a água que conduz a luz que sustenta a vida, é ela a matéria prima que renova vossos corpos; sem água não há vida. Buscai, pois na água a força da vida!

Buscai ampliar vossos espaços, cultivando o contato mais direto com a natureza, resgatando a forma perfeita de vos comunicar através da comunhão com o reino animal.

Vossos animais têm muito a vos ensinar.

É tempo de aprender com eles o significado do amor desinteressado, da lealdade, do carinho, da atenção, da alegria, do companheirismo.

Buscai limpar o ar que respirais, abrindo mão da utilização de tantos produtos que a modernidade criou, e que nada mais fazem do que poluir vosso ambiente e envenenar vossos corpos.

Tudo isso, amados se faz necessário para que possais continuar trilhando vossa jornada neste tempo de transição.

Lembrai-vos que vosso planeta está mudando, e com ele vós mudais também.

É hora de aceitar os novos valores eis que eles regerão a vida dos Filhos da Terra nesse tempo em que a prioridade maior é Ser Feliz.

Bem amados, que vossas orações alimentem mentes e corações de todos os habitantes desse vosso planeta, para que todos aceitem com naturalidade as mudanças que estão por vir.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-09/12/08-Mensagem de Mãe Maria 39-2008 canalizada por Jane M. Ribeiro

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?