Thursday, September 30, 2010

 

Meditações do Osho - 28


A única preparação necessária para experimentar o divino é deixar a mente de lado. É nisso que consiste a meditação: uma estratégia para parar essa mente constantemente barulhenta, essa mente louca que vai falando e falando, sem motivo algum. Ela está ocupada mas sem ocupação alguma.

Não estou dizendo que a mente tem de ser destruída. Ela só precisa ser deixada de lado - então, quando você precisar dela, você pode usá-la. É como seu carro, guardado na garagem. Quando você quer usá-lo, você pode tirá-lo da garagem, e assim ser o mestre (do carro e da mente).

Mas, normalmente, a situação mental se torna exatamente oposta: é como um carro que insiste em não entrar na garagem. Ele diz: "Não vou parar e entrar na garagem". Ele diz: "Você tem de correr junto comigo". E ele continua correndo, 24 horas por dia. Mesmo quando você está dormindo, a mente continua ativa. Geralmente isso começa na infância e não pára até a hora da morte, a menos que a pessoa comece a entrar em meditação.

Para aqueles poucos que entram em meditação, a mente pára, e de repente eles notam o sol que se escondia por trás das nuvens da mente. Essa percepção da luz suprema, do sol supremo, é o conhecimento divino.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 1053


OS DESÍGNIOS MAIORES


A dignidade é a pureza, a força, a liberdade e a condição pacífica que conduzirá sempre e inexoravelmente o ser humano à vitória. Eventualmente parecerá o contrário, que a dignidade produz derrota, mas isso acontece perante as condições atuais do mundo, que é iníquo pela condescendência da maioria. A derrota aparente de um ser humano digno não se compara nem de longe com o fracasso radical daqueles que cantam vitória, mas são indecentes. Desígnios maiores compensam a aparente derrota dos justos e conduzem à catástrofe os que conquistam vitória como resultado de ardis indecentes. Quem é indigno se oculta por trás do fausto material para que não se note a sua indecência. Quem é digno brilha com luz própria e não precisa de adereços.

Labels:


Wednesday, September 29, 2010

 

Meditações do Osho - 27


A meditação ocidental nada mais é do que uma espécie de pensamento. Pensar em coisas superiores é considerado meditação. Quando você pensa em Deus, quando pensa em Cristo, quando pensa no amor, isso é chamado de meditação.

No Oriente, o pensamento não é de modo algum associado a meditação. Se você está pensando em Deus ou em dinheiro, não importa - qualquer ato de pensar em qualquer objeto é uma perturbação na meditação. No Oriente, a meditação significa um estado de não-pensamento, apenas puro ser. E essa é a maior experiência na vida, quando você simplesmente existe. Nenhum pensamento atravessa o seu ser, todo o trânsito pára, a mente desaparece. Mas a consciência está mais presente do que nunca, pois tudo que se escondia por trás dos pensamentos não está mais escondido. Tudo que se envolvia nos pensamentos não está mais envolvido. Toda a energia é liberada. O indivíduo é simplesmente um lago de energia, tão silencioso que nem a menor ondulação se levanta.

Nesse lago silencioso de consciência, de energia, a existência é refletida fielmente, e então conhecemos o que é. Deus é um outro nome para "aquilo que é".

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 1052


ELEVAÇÃO E BAIXEZA


Quem é digno, consciente de seu valor e ciente da justa medida de sua decência, infunde respeito sem sequer buscar isso. Quem é indigno o sabe ainda que se dedique a negá-lo o tempo inteiro, apesar de o medo no canto dos olhos trair as palavras que diz. O medo é o motivo principal de toda agressividade e arrogância, a declaração mais transparente da soberba, da presunção e, por isso, da baixeza também. Assim é que as pessoas indignas, não tendo como infundir respeito, fazem o que podem e se dedicam a espalhar medo e a tentar corromper seus semelhantes para rebaixá-los ao patamar delas. Ainda que a esmagadora maioria de humanos seja indigna isso nunca se converterá na elevação que só a nobreza de caráter pode evocar.

Labels:


Tuesday, September 28, 2010

 

Meditações do Osho - 26


Quando você está ciente, você começa a buscar e a procurar um segundo nascimento. E ele só é possível por meio da meditação. O primeiro nascimento é pela mãe; o segundo, é pela meditação. Por isso, nas antigas escrituras a meditação é chamada de "a mãe verdadeira".

Jesus diz aos discípulos: "Se vocês não nascerem de novo, não encontrarão o reino de Deus". No Oriente, a pessoa que alcançou Deus é chamada de dwij: nascido duas vezes. O segundo nascimento libera a sua fragrância.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , ,


 

O Celibato e a Barriga

"Amor só de mãe", frase popular.

Os celibatários começam a mudar seu interesse das mulheres para a comida. Você pode olhar para os saniássins indianos (e as estátuas de budas), os assim chamados mahatmas, e você sempre os achará muito gordos, com barrigas enormes. E a razão é que toda a sexualidade deles perverteu-se. Eles começaram a focar a libido no alimento.

Comida e sexo estão profundamente relacionados, muito intimamente relacionados, desde o comecinho da vida encarnada. A comida é necessária para a sobrevivência do indivíduo e o sexo é necessário para a sobrevivência das espécies. O sexo é exatamente como a comida para as espécies e a comida é como sexo para o indivíduo. Sem comida o indivíduo morrerá, sem o sexo as espécies morrerão.

Se você começa a reprimir sua sexualidade, então, o escape natural é do amor para o almoço! Isso não é coincidência. Olhe para uma fotografia de Swami Shivananda Maharaj. Toda a sua vida ele falou sobre iôga e meditação, mas vendo seu retrato, parece que ele esteve apenas comendo e comendo o tempo todo. Ele não podia andar - ficou gordo demais. Não podia erguer suas próprias mãos - elas ficaram tão pesadas que duas pessoas tinham que carregar suas mãos!

Portanto, não se torne muito interessado em almoço, isso pode ser perigoso. A menos que o celibato aconteça por conta própria, naturalmente, como uma consequência de profunda consciência-alerta, ele vai ficar focado numa coisa, ou noutra - vai descobrir um escape. E a comida está muito próxima.

A criança, desde a mais tenra idade, torna-se associada à idéia de comida e amor. Eles se tornam quase que dois aspectos da mesma moeda, porque ele recebe amor da mãe e também o alimento da mãe. O seu objeto de amor e o seu objeto de alimento é o mesmo, a mãe. Não somente a mãe, mas principalmente o seu seio: ela recebe o alimento do seio e, também, o calor e o sentimento de amor.

Há uma diferença: quando a mãe ama o filho, o seio tem uma sensação diferente e uma vibração diferente. A mãe tem um grande prazer com a criança alimentando-se no seu seio - é um estímulo à sexualidade da mãe. Se a mãe está realmente apaixonada pelo filho, ela chega quase a uma alegria orgástica. Seus seios são muito sensíveis - eles são a zona mais erótica do corpo dela. Ela começa a se excitar e a criança começa a sentir isso. A criança começa a tomar ciência do fenômeno de que a mãe está tendo prazer. Ela não está simplesmente alimentando-a, ela está tendo prazer naquilo.

Mas quando a mãe dá o seio apenas por necessidade, então, o seio é frio - não há o calor nele. A mãe está sem vontade, está com pressa. Ela quer acabar logo com a mamada, tão rapidamente quanto possível, e a criança sente isso. Fica muito aparente que a mãe está fria, não está amando, não tem calor. Ela não é realmente uma mãe. O filho parece indesejado, ele sente-se indesejado. A criança se sente desejada somente quando a mãe tem prazer com a criança alimentando-se no seu seio, quando aquilo se torna quase um relacionamento amoroso, quase um relacionamento orgástico. Somente então a criança sente o amor da mãe, sente-se necessária à mãe. E ser necessário à mãe é ser necessário à existência através da mãe. Seja qual for a sua idéia sobre a mãe, essa vai ser a sua idéia sobre o mundo.

Uma criança que não foi amada pela mãe, vai sentir-se alienada na existência - ela se sentirá um forasteiro, um estranho. Ela não pode crer em Deus, não pode confiar na existência. Se ela não pôde nem ao menos confiar na mãe, como pode confiar em mais alguém? A confiança torna-se impossível. Ela duvida, ela suspeita - ela fica continuamente em guarda, com medo, apavorada. Ela encontra inimigos, competidores, em toda parte. Ela tem medo de ser esmagada e destruída o tempo todo. O mundo não parece ser um lar para ela, absolutamente. Ela não pode ser religiosa.

A religião nasce, o primeiro vislumbre religioso acontece à criança, no seu relacionamento com a mãe. Se este relacionamento está envenenado, então, algo bem na fonte está envenenado. Então, torna-se muito difícil levar religião à criança. Então, ela precisa de grande psicoterapia, então, ela precisa de um longo, longo, e árduo processo doloroso de retorno, de modo que ela possa desenredar todas as suas memórias horrorosas, de modo que ela possa se livrar de todas as suas velhas associações. A menos que isso aconteça, ela não se sintonizará com nenhuma abordagem religiosa em direção à existência.

O ateísmo nasce do relacionamento - do primeiro relacionamento, da primeira familiaridade -, e este é com a mãe, principalmente com o seio da mãe. Se a mãe está feliz, se tem prazer na amamentação, então, o filho jamais comerá demais, porque ele confia - ele sabe que a mãe está sempre presente. Sempre que ele estiver com fome, suas necessidades serão satisfeitas. Ele jamais come demasiadamente.

A criança bem-amada permanece saudável. Ela não é nem magra, nem gorda - mantém o equilíbrio. Mas, se a mãe é fria, se a mãe está ali sem querer estar, então, a criança começa a engordar demasiadamente, porque ela sente medo - quem sabe se depois a mãe estará ali, ou não? Ela se enche em sua capacidade máxima; a barriga começa a crescer.

Todas as crianças pobres têm barrigas grandes pela simples razão de que sua mãe tem de sair para o trabalho o dia todo - elas sentem falta da mãe. Ela pode voltar à noite - cansada, exausta, sem disposição para o amor ou para o calor do afeto. O filho parecerá uma carga. E uma vez que a associação da criança tiver passado do amor para a comida, então toda a sua vida será uma complexidade desnecessária.

Não é por acaso que, na Índia, onde o celibato foi proposto durante séculos, exaltado por séculos, as pessoas se tornaram viciadas em comida. Tantos molhos que você não encontrará em nenhum outro lugar do mundo, e tantas espécies de comida! A razão é que a vida amorosa das pessoas está faminta e elas têm de preenchê-las de algum modo, estufando-se de algum modo com comida.

Fonte:
Osho, Zen - A Transmissão Especial, Madras Editora, 1999. ISBN 85-7374-182-1.

Labels: , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1051


TRAIÇÕES ÍNTIMAS


Todo ser humano se arrependerá dos passos que deu e das atitudes que tomou contrariando o que verdadeiramente sentia nesses momentos. Os sentimentos não mentem jamais, é impossível emocionar-se de mentira, mesmo os atores e atrizes precisam compenetrar-se e vivenciar o momento quando desempenham seus papéis e se emocionam. Quando alguém toma atitudes contrárias aos seus sentimentos logo começa a formular distorcidos raciocínios para se convencer de que aguenta a situação, que a coisa não foi tão ruim assim e que houve compensações pelo crime íntimo que sabe ter cometido. Porém, o medo no canto dos olhos trairá para sempre as palavras que dirá a partir de então e em algum momento futuro, inevitável, terá de libertar o que amarrou.

Labels:


Monday, September 27, 2010

 

Meditações do Osho - 25


Todos os mestres, de todas as épocas, sempre declararam que todos nós nascemos um rei divino, mas somos totalmente ignorantes desse fato. Não conhecemos nosso mundo interior, permanecemos ignorantes de nosso verdadeiro reino. E, como ignoramos o reino que nos pertence, que é nosso para sempre, vivemos desejando coisas pequenas, implorando por coisas pequenas.

Estamos sonhando que somos mendigos. Ao acordar, temos uma grande surpresa: descobrimos que não somos mendigos, e sim reis.

Este é o propósito da meditação: torná-lo ciente de seu reino, torná-lo ciente de seu mais alto potencial. Depois que você começa a ficar ciente, a jornada não é difícil. Basta um leve despertar e o sono quase passa, as coisas ficam mais fáceis. Mas, se você não despertar, isso não pode acontecer na realidade, não pode se realizar.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , ,


 

Diagnóstico com Radiação Ionizante


Diagnósticos com radiações ionizantes (raios X) são prejudiciais à nossa saúde e devem sempre ser evitadas, se possível, pois elas vão se acumulando em nosso corpo com cada diagnóstico. Hoje em dia é muito comum o uso de raios X em radiografias dos pulmões, dos dentes, dos ossos em geral, em tomografias, em mamografias (que colaboram para surgir câncer de mama), etc. O artigo abaixo [1] mostra um dos efeitos negativos envolvidos na tomografia. Na realidade, qualquer quantidade de radiação ionizante já é uma overdose, já que é prejudicial ao corpo... Quando é que ocorre uma overdose de picada de cobra? Qualquer picada já é uma overdose...

Overdose de radiação intoxica centenas de pacientes nos EUA
Tomografia cerebral feita em vários hospitais causou a queda de cabelo

Quando os cabelos de Alain Reyes caíram de repente em uma faixa estranha circundando sua cabeça, ele não foi o único a se preocupar com sua saúde.

Seus colegas de trabalho em uma empresa de transportes começaram a evitá-lo e seu chefe o mandou para casa, temendo que ele tivesse uma doença contagiosa.

Foi só mais tarde que Reyes descobriu a causa do problema: ele recebera uma overdose de radiação durante um exame feito em um hospital de Glendale, Califórnia (EUA), depois de sofrer um derrame.

Outras centenas de pacientes que passaram pelo procedimento - uma tomografia computadorizada de perfusão cerebral, que detecta o derrame pelo fluxo sanguíneo - também receberam radiação demais.

As overdoses, que começaram a vir à tona no ano passado, desencadearam uma investigação da FDA (Food and Drug Administration, agência reguladora de remédios e alimentos nos EUA).

Após dez meses de investigação, essa agência ainda não forneceu um relatório final sobre o caso.

Mas uma análise feita independentemente pelo jornal "New York Times" constatou que as overdoses de radiação foram mais graves e em número maior do que se sabia até então.

Os pacientes relataram sintomas muito piores que a queda de cabelos. Segundo especialistas, eles podem, a longo prazo, enfrentar riscos de câncer, problemas nos olhos e danos cerebrais.

Em alguns casos, os técnicos não sabiam como realizar o exame da maneira certa. Mas entrevistas com diretores hospitalares e uma revisão dos registros públicos levantam dúvida em relação à responsabilidade dos fabricantes, incluindo a precisão com que projetam seus softwares e equipamentos e o treinamento que oferecem aos técnicos que os usam.

O "NYT" constatou que as maiores overdoses ocorreram no Hospital de Huntsville, no Alabama: até 13 vezes a quantidade de radiação normalmente usada.

De acordo com a fabricante dos aparelhos, a GE Healthcare, os diretores do hospital disseram que usaram altos níveis de radiação (ionizante!) para obter imagens mais claras (e clientes mais mortos...).

Especialistas dizem que isso não se justifica.

Mesmo quando é feita da forma certa, uma tomografia computadorizada de perfusão cerebral envolve uma dose grande de radiação (ionizante!), equivalente a mais ou menos 200 radiografias cranianas (ionizantes!). Mas não existem critérios rígidos para determinar quanta radiação (ionizante!) é demais (qualquer quantidade de radiação ionizante nos é prejudicial!).

Referência:
[1] Walt Bogdanich, do "New York Times", tradução de Clara Allain, Jornal Folha de S. Paulo, Seção Saúde, pg. C9, 3 da agosto de 2010.

Labels: , , ,


 

Nova Campeã Brasileira de Longevidade


Neste meu blog eu já comentei diversas vezes sobre a campeã brasileira de longevidade, a mineira negra Maria do Carmo Jerônimo, que viveu 129 anos. Este ano de 2010 viu surgir uma nova campeã de longevidade (outra mulher...), Maria Olívia da Silva, que morava no Estado do Paraná - Brasil.

Maria Olívia da Silva nasceu em Varsóvia, na Polônia, em 28 de fevereiro de 1880, e faleceu na noite de 8 de julho de 2010, em Astorga (Distrito de Içara) - Paraná (Brasil), depois de passar mal após o jantar, portanto com 130 anos, 4 meses e 8 dias de idade. Os documentos originais de nascimento de Maria Olívia foram queimados acidentalmente quando ela morava na cidade de Centenário do Sul (PR), na década de 1960. Por isso, o Guiness Book, o livro dos recordes, nunca a reconheceu como a mulher mais velha do mundo. Maria Olívia veio para o Brasil quando tinha 3 anos de idade, e foi registrada em Itapetininga (SP). Ela se casou duas vezes e teve dez filhos naturais e quatro adotivos. Desses todos, apenas três estão vivos.

Vaidosa, gostava de ganhar presentes, de se perfumar e estar rodeada de pessoas. Evangélica há 53 anos, adorava ver sua casa cheia de "irmãos". Ela dizia que o segredo de sua longevidade era a sua dieta baseada em banana e feijão.

Fontes:
1. Jornal O Estado de S. Paulo, pg. C4, 10 de julho de 2010.
2. Jornal Correio Popular, Campinas-SP, pg. A18, 10 de julho de 2010.

Labels: , , ,


 

Oscar Quiroga - 1050


DIGNIDADE E INDECÊNCIA


A consciência do próprio valor é o princípio da dignidade. É impossível a alma mentir a si mesma, ela pode formular distorcidos raciocínios para evitar a justa medida de sua dignidade ou indecência, mas o medo nos olhos trairá para sempre as palavras que dirá. Sem dignidade o humano é menos do que pode ser, seu brilho se apaga e mesmo que se rodeie de opulência em algum momento a indecência o esbofeteará, contaminando as pessoas que diz amar. Dignidade, princípios, elevação e nobreza, erra feio quem se convence de que estas abstrações são coisas do passado, de elites recalcitrantes. Dignidade é o que eleva a despeito da aparência. Indecência é o que produz decadência, independente do fausto ou glória aparente.

Labels:


Sunday, September 26, 2010

 

O Iceberg

"Quando não se vai pelo amor, vai-se pela dor", Jesus

O iceberg é uma "montanha de gelo" que flutua no mar, próximo aos polos terrestres. A parte externa do iceberg, a que fica acima do nível do mar e que podemos observar diretamente, é muito menor do que a sua parte interna, muito maior e que fica submersa, que fica oculta de nossa visão direta. Devido a essa característica, o movimento do iceberg não se dá devido aos ventos externos (acima do nível do mar) mas devido à presença de correntes marítimas internas (abaixo do nível do mar).

Podemos fazer uma boa analogia do iceberg com a natureza do ser humano. Cada ser humano é constituído por um mundo externo, composto por nossas atitudes e ações, comportamento e aquisições materiais e intelectuais. Esse nosso mundo externo representa também nosso corpo físico, mente e personalidade (nossos papeis sociais). O nosso mundo interno, muito maior que o mundo externo, é constituído por nossos pensamentos, emoções, sentimentos e nosso Eu interior (nosso Eu Verdadeiro). O mundo interno representa também nossa alma. É nesse mundo interno onde reside a nossa felicidade, constituída por nossa alegria interna, paz interior e visão interior.

Quem cria o seu dia? Quem conduz a sua vida? Dependendo da pessoa, pode ser o seu mundo externo ou o seu mundo interno. Mas é importante notar que o que acontece dentro de nós (no nosso mundo interior) irá criar o que acontece fora de nós. Portanto, ao nos melhorar iremos melhorar o mundo que nos rodeia. Nesse sentido, Platão já dizia "Viva de acordo com um desses valores máximos: beleza, verdade, amor, liberdade, justiça, igualdade, paz, e você terá Felicidade".

Quando ocorreu o grande tsunami na Ásia, em 2004, alguns mergulhadores estavam dentro do mar (no mundo interior) e se salvaram, mal percebendo a sua passagem devastadora na superfície. Quando voltaram à superfície verificaram o grande estrago que tinha ocorrido fora, na superfície marítima (mundo externo) pela passagem da grande perturbação conhecida por tsunami. Da mesma forma, quando nos firmamos no nosso mundo interno de forma adequada conseguimos suplantar facilmente as perturbações que ocorrem no mundo externo.

Fonte: Palestra na Brahma Kumaris, proferida por Marcos Adriano Infantozzi, intitulada "Novas inteligências (intelectual, emocional e espiritual) - ferramentas para desenvolver o equilíbrio interno", Campinas - SP, 26.09.10.

Labels: , , , , ,


 

Meditações do Osho - 24


A coisa mais difícil na vida é receber um presente, porque isso vai contra o ego. É mais fácil dar, muito mais fácil. Mas receber é muito difícil. E receber quando você não merece - aí é mais difícil ainda. E nós não merecemos o presente - nada fizemos para ganhá-lo. Não somos dignos da bem-aventurança, mas a existência no-la dá - não porque a mereçamos, mas porque há abundância dela na existência, que fica grata quando você a recebe, pois você lhe tira um fardo, lhe tira um pequeno peso. Mas lembre-se: é muito difícil receber um presente. Parece uma humilhação. O indivíduo fica um pouco sem graça. Um sannyasin tem de aprender a receber um presente com grande alegria e celebração, porque, quanto mais receptivo o indivíduo se tornar, mais lhe será dado. Se você for totalmente receptivo, todo o céu descerá e entrará em seu ser neste exato momento, aqui e agora. De sua parte, basta estar absolutamente aberto e pronto.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1049


O ESPÍRITO DA ÉPOCA


Os deuses não andam entre nós para não ser endeusados, preferem a iconoclastia à devoção cega que nossa humanidade parece disposta a oferecer. Sobre esta cegueira se moldam líderes com aparência de iluminados, mas o que haveria de elevado nestes? Um dia estão aqui e amanhã desaparecem e todo o trabalho que tiveram para criar e sustentar o personagem será levado pelo olvido. Destruir os ídolos é o espírito de nossa época, para nos livrar de dogmas e aprender a pensar por nós mesmos e, assim, respeitar o que deve ser respeitado e superar o que precisa ser superado. O espírito de nossa época é nos organizar porque assim o desejamos e não porque sejamos a base da pirâmide em cuja ponta se instala um parasita que se auto-intitula líder.

Labels:


Saturday, September 25, 2010

 

Meditações do Osho - 23


A primeira coisa a lembrar é que a vida nos foi dada, ela não é uma conquista nossa! Na verdade, não a merecemos. É uma estranhíssima lei da existência o fato de que aqueles que a merecem - como um Buda, um Cristo - desaparecem da vida, e os que não a merecem ganham uma vida após a outra para viverem. Quando você a merece, você está pronto para desaparecer para sempre no supremo. Se você não a merece, você terá de voltar muitas vezes.

A segunda coisa a lembrar é a força do espírito. Ela também não é sua, mas é o constante fluxo de Deus em você. Você o respira a cada momento, claro que inconscientemente. Quando você se tornar consciente, você ficará surpreso. Nós comemos Deus, nós respiramos Deus - não há nada além de Deus. Ele é nosso alimento, nossa raiz, nossos galhos, a folhagem, as flores, os frutos. Ele é tudo e nós não somos nada.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1048


A COBIÇA


Como é que a humanidade evoluiria sem colocar em prática os princípios norteadores da evolução? Sem justiça, sem educação, sem praticar-se a arte de pensar para fomentar o desenvolvimento da consciência, sem valorizar a subjetividade e proteger a vida, a evolução acaba logo sendo distorcida para apresentar-se como mera necessidade de pertencer a classes economicamente mais altas. Se o dinheiro fosse capaz de erradicar a miséria esta não existiria mais em nosso planeta. A miséria é subjetiva, é o que resulta de a maior parte do tempo ser a cobiça a que norteia os passos de nossa humanidade. A cobiça é sua própria e particular prisão, aquela em que você entrou porque quis e se mantém dentro dela porque finge não haver nada mais desejável.

Nada é garantido no mundo humano, porque as pessoas não são objetos que se pode manipular de acordo com estratégias e planos. A natureza humana guarda o privilégio de ser inesperada, imprevista e surpreendente.

Labels:


Friday, September 24, 2010

 

Meditações do Osho - 22


A vitória vem quando você conhece o segredo. E só há um segredo que vale a pena descobrir: seu mais profundo e íntimo eu. Esse é o lugar mais sagrado de todos.

As pessoas fazem viagens para toda parte - isso não é difícil. O homem já chegou à Lua - isso é tão fácil! Mas é muito difícil chegar ao centro do próprio ser. É lá que se esconde o segredo dos segredos, a chave mestra capaz de desvelar todos os mistérios.

Sendo um sannyasin, você entra no caminho da autodescoberta. Ele já está lá, só temos de descobri-lo. Temos apenas de remover algumas coisas desnecessárias, algumas cortinas, e de repente estamos cara a cara com o próprio Deus. O segredo é que somos deuses, e a desgraça é que nos tornamos mendigos.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , ,


 

Eleição Presidencial


Estamos a poucos dias da eleição presidencial e é importante lembrar daquela frase atribuída a Jesus Cristo: "Conheça a verdade e ela te libertará"....

VOTE NA DILMA

por Arnaldo Jabor

VOTE NA DILMA !

As promoções da época!

Vote na Dilma e ganhe, inteiramente gratis, um José Sarney de presente agregado ao Michel Temmer.

Mas não é só isso, votando na Dilma você também leva, inteiramente grátis (GRÁTIS???) um Fernando Collor de presente.

Não pense que a promoção termina aqui.

Votando na Dilma você também ganha, inteiramente grátis, um Renan Calheiros e um Jader Barbalho.

Mas atenção: se você votar na Dilma, também ganhará uma Roseana Sarney no Maranhão, uma Ideli Salvati em Santa Catarina e uma Martha Suplício em S. Paulo.

Ligue já para a Dirceu-Shop, e ganhe este maravilhoso pacote de presente: Dilma, Collor, Sarney pai, Sarney filho, Roseana Sarney, Renan Calheiros, Jáder Barbalho, José Dirceu, Delúbio Soares, José Genoíno, e muito, muito mais, com um único voto.

E tem mais, você também leva inteiramente grátis, bonequinhos do Chavez, do Evo Morales, do Fidel Castro ao lado do Raul Castro, do Ahmadinejad, do Hammas e uma foto autografada das FARC´s da Colombia.

Isso sem falar no poster inteiramente grátis dos líderes dos bandidos "Sem Terra", Pedro Stedile e José Rainha, além do Minc com uniforme de guerrilheiro e sequestrador.

Ganhe, ainda, sem concurso, uma leva de deputados especialistas em mensalinhos e mensalões. E mais: ganhe curso intensivo de como esconder dinheiro na cueca, na meia, na bolsa ..., ministrado por Marcos Valério e José Adalberto Vieira da Silva e José Nobre Guimarães.

Tudo isto e muito mais!

TSE retira comentário do Arnaldo Jabor do Site da CBN

Leia o comentário de Dora Kramer, Estadão de Domingo:

'A decisão do TSE que determinou a retirada do comentário de Arnaldo Jabor do site da CBN, a pedido do presidente 'Lula' até pode ter amparo na legislação eleitoral, mas fere o preceito constitucional da liberdade de imprensa.'

A VERDADE ESTÁ NA CARA, MAS NÃO SE IMPÕE

(ARNALDO JABOR)

O que foi que nos aconteceu?

No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor, 'explicáveis' demais.

Toda a verdade já foi descoberta, todos os crimes provados, todas as mentiras percebidas.

Tudo já aconteceu e nada acontece. Os culpados estão catalogados, fichados, e nada rola.

A verdade está na cara, mas a verdade não se impõe. Isto é uma situação inédita na História brasileira!!!!!!!

Claro que a mentira sempre foi a base do sistema político, infiltrada no labirinto das oligarquias, mas nunca a verdade foi tão límpida à nossa frente e, no entanto, tão inútil, impotente, desfigurada!!!!!!!!

Os fatos reais: com a eleição de Lula, uma quadrilha se enfiou no governo e desviou bilhões de dinheiro público para tomar o Estado e ficar no poder 20 anos!!!!
Os culpados são todos conhecidos, tudo está decifrado, os cheques assinados, as contas no estrangeiro, os tapes, as provas irrefutáveis, mas o governo psicopata de Lula nega e ignora tudo !!!!!

Questionado ou flagrado, o psicopata não se responsabiliza por suas ações. Sempre se acha inocente ou vítima do mundo, do qual tem de se vingar. O outro não existe para ele e não sente nem remorso nem vergonha do que faz !!!!!

Mente compulsivamente, acreditando na própria mentira, para conseguir poder. Este governo é psicopata!!! Seus membros riem da verdade, viram-lhe as costas, passam-lhe a mão nas nádegas. A verdade se encolhe, humilhada, num canto. E o pior é que o Lula, amparado em sua imagem de 'povo', consegue transformar a Razão em vilã, as provas contra ele em acusações 'falsas', sua condição de cúmplice e Comandante em 'vítima'!!!!!

E a população ignorante engole tudo... Como é possível isso?

Simples: o Judiciário paralítico entoca todos os crimes na Fortaleza da lentidão e da impunidade. Só daqui a dois anos serão julgados os indiciados - nos comunica o STF.

Os delitos são esquecidos, empacotados, prescrevem. A Lei protege os crimes e regulamenta a própria desmoralização Jornalistas e formadores de opinião sentem-se inúteis, pois a indignação ficou supérflua. O que dizemos não se escreve, o que escrevemos não se finca, tudo quebra diante do poder da mentira desse governo.
Sei que este é um artigo óbvio, repetitivo, inútil, mas tem de ser escrito...

Está havendo uma desmoralização do pensamento.

Deprimo-me:

Denunciar para quê, se indignar com quê? Fazer o quê?'

A existência dessa estirpe de mentirosos está dissolvendo a nossa língua. Este neocinismo está a desmoralizar as palavras, os raciocínios. A língua portuguesa, os textos nos jornais, nos blogs, na TV, rádio, tudo fica ridículo diante da ditadura do lulo-petismo.

A cada cassado perdoado, a cada negação do óbvio, a cada testemunha, muda, aumenta a sensação de que as idéias não correspondem mais Aos fatos!!!!!

Pior: que os fatos não são nada - só valem as versões, as manipulações.

No último ano, tivemos um único momento de verdade, louca, operística, grotesca, mas maravilhosa, quando o Roberto Jefferson abriu a cortina do país e deixou-nos ver os intestinos de nossa política.

Depois surgiram dois grandes documentos históricos: o relatório da CPI dos Correios e o parecer do procurador-geral da república. São verdades cristalinas, com sol a Pino.

E, no entanto, chegam a ter um sabor quase de 'gafe'.

Lulo-Petistas clamam: 'Como é que a Procuradoria Geral, nomeada pelo Lula, tem o desplante de ser tão clara! Como que o Osmar Serraglio pode ser tão explícito, e como o Delcídio Amaral não mentiu em nome do PT ? Como ousaram ser honestos?'
Sempre que a verdade eclode, reagem.

Quando um juiz condena rápido, é chamado de exibicionista'. Quando apareceu aquela grana toda no Maranhão (lembram, filhinhos?), a família Sarney reagiu ofendida com a falta de 'finesse' do governo de FH, que não teve a delicadeza de avisar que a polícia estava chegando...

Mas agora é diferente.

As palavras estão sendo esvaziadas de sentido. Assim como o stalinismo apagava fotos, reescrevia textos para contestar seus crimes, o governo do Lula está criando uma língua nova, uma neo-língua empobrecedora da ciência política, uma língua esquemática, dualista, maniqueísta, nos preparando para o futuro político simplista que está se consolidando no horizonte.

Toda a complexidade rica do país será transformada em uma massa de palavras de ordem , de preconceitos ideológicos movidos a dualismos e oposições, como tendem a fazer o Populismo e o simplismo.

Lula será eleito por uma oposição mecânica entre ricos e pobres, dividindo o país em 'a favor' do povo e 'contra', recauchutando significados que não dão mais conta da circularidade do mundo atual. Teremos o 'sim' e o 'não', teremos a depressão da razão de um lado e a psicopatia política de outro, teremos a volta da oposição Mundo x Brasil, nacional x internacional e um voluntarismo que legitima o governo de um Lula 2 e um Garotinho depois.

Alguns otimistas dizem: 'Não... este maremoto de mentiras nos dará uma fome de Verdades'!

ESSE TEXTO PRECISA E DEVE SE TRANSFORMAR NA MAIOR CORRENTE QUE A INTERNET JÁ VIU !!!

Não deixe de repassar é o mínimo que podemos fazer diante de tanta corrupção!

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1047


CIVILIZAÇÃO?


Quando nossa humanidade distorce os princípios fundamentais ela injeta perigo e calamidade a si mesma, disseminando-se logo a toda a civilização. Ninguém faria isso com firme intenção, geralmente isso resulta da cegueira momentânea do ódio ou por iniciar um caminho abraçando um ideal, mas logo tolerando pequenos desvios que com o passar do tempo substituem o ideal e se transformam no caminho. Assim é a fábrica de dor e vergonha de nossa humanidade, culpada de comissão, por enxergar claramente os desvios e fomentá-los, mas também culpada de omissão, ao contemplar as distorções e deixá-las passar. Uma civilização sem princípios não merece ser chamada assim, é apenas um bando de humanos assustados tentando cada um salvar a si.

Labels:


Thursday, September 23, 2010

 

Oscar Quiroga - 1046


PRINCÍPIOS DISTORCIDOS


Todas as doenças, físicas ou subjetivas, individuais ou coletivas, decorrem da distorção acidental ou intencional dos princípios superiores. A razão da existência é desconhecida, porém, mesmo assim todo ser humano reconhece na intimidade o impulso inato de proteger a vida. Como a vida não é uma posse exclusiva de ninguém, cuidar dela significa agir em torno do princípio de que cuidar dos semelhantes, do meio ambiente e de todos os reinos da natureza resulta em cuidar de si mesmo também. Esta é uma verdade independente de nossa humanidade acreditar nela, é o que é. Todas as distorções e argumentações que se levantam contra ela precisam ser repetidas à exaustão porque só continuarão existindo enquanto houver quem acredite nelas.

Labels:


Wednesday, September 22, 2010

 

Nossos Chakras e a Terra Oca


Olhando nosso corpo de frente parece que temos sete chakras (centros energéticos rotatórios), mas numa visão tridimensional temos, na realidade, doze chakras (seis pares = 5 eixos horizontais + 1 eixo vertical, ligando o chakra da coroa com o chacra da base), conforme pode ser visto na figura abaixo.

Como o ser humano anda completamente na vertical e a nossa Terra é oca contendo um Sol Interno (chamado de "Espírito Santo" na Bíblia), nós que moramos na superfície externa (convexa) recebemos mais energia do sol interno no nosso chakra mais inferior, ao passo que os humanos que habitam a superfície interna (côncava) recebem mais energia no seu chakra superior, o que propicia um maior desenvolvimento espiritual desses seres. A figura abaixo mostra a distribuição geométrica comentada acima.

A maioria dos animais andam de quatro e, portanto, recebem um estímulo uniforme em todos os seus chakras e, dessa forma, possuem uma melhor saúde e um melhor equilíbrio que os seres humanos. Quando nos deitamos (ao dormir, por exemplo), ficamos numa posição semelhante aos dos animais e também estimulamos mais uniformemente todos os nossos chakras, o que nos é muito salutar.

Os seres humanos são seres com doze corpos, um para cada planeta solar ou signo do zodíaco (ou para cada um dos dedos dos pés ou das mãos dos anunnaki, os criadores da raça homo sapiens). Todos os doze corpos possuem densidades e funções diferentes, e interpenetram uns com os outros. Cada um desses corpos está ancorado por centros de energia chamados de chakras que, por sua vez, estão ligados às principais glândulas endócrinas do corpo.

Os habitantes humanos da Terra Interna, que andam na vertical como nós, têm suas cabeças sempre voltadas em direção ao sol interno central e recebem estimulação mais intensa nos seus chakras superiores (especialmente no terceiro olho), enquanto nós da Terra Externa recebemos estimulação plena de nossos chakras inferiores (especialmente o da base). Os habitantes da Terra do Meio (Middle Earth), no interior da crosta terrestre, recebem uma estimulação equilibrada de todos os chakras pois existe um dispersão da luz e da energia bem no interior da crosta da Terra (leia o livro Etidorhpa, a esse respeito). Isso é especialmente assim na região de gravidade zero, onde o corpo físico está num repouso perfeito e onde não há qualquer envelhecimento ou deterioração. A força da gravidade e o envelhecimento estão muito inter-relacionados.

O estímulo maior dos chakras superiores resulta em indivíduos que são dominados por suas faculdades mentais e espirituais mais elevadas, enquanto a estimulação dos chakras inferiores resulta em indivíduos que são governados por suas naturezas física e emocional mais baixas. A maioria dos animais andam de quatro, com seus chakras na horizontal e, portanto, recebem estímulos iguais em todos os seus centros energéticos, o que os deixam mais saudáveis e mais equilibrados do que os seres humanos. Quando nos deitamos (quando estamos descansando ou dormindo) permitimos que haja estímulo igual em todos os centros energéticos do nosso corpo e, portanto, isso é muito regenerativo. Ficando de ponta cabeça (a cabeça em baixo e as pernas em cima) ou dormindo com um travesseiro debaixo de nossos pés (ao invés de sob nossa cabeça) não apenas aumenta o fluxo de sangue na cabeça, mas também aumenta o estímulo dos chakras da coroa e da testa (pineal, terceiro olho) que são responsáveis por nossas faculdades superiores.

Muito tempo atrás, quando a Terra estava envolvida por uma camada atmosférica (canopy=dossel, cobertura, telhado, proteção) de água e gelo (como ocorrerá novamente no futuro, com a evaporação mais intensa causada pelo aquecimento global), os raios do sol interno eram totalmente capturados e refletidos por essa camada e permaneciam confinados na atmosfera terrestre, o que resultava em uma estimulação maior e mais uniforme de todos os nossos centros vitais (como consequência, vivíamos muito mais tempo no nosso corpo físico, como nos contam a Bíblia e os Vedas). Quando esta camada foi destruída ou retirada, causando a Grande Inundação (Dilúvio), o processo degenerativo se estabeleceu. O maná/prana que provia todas as nossas necessidades alimentares em todos os níveis, se dissipou, e a fome e a luxúria, além do sentimento e pensamento inferiores, se firmaram em nossas vidas.

A regeneração total começa no nível físico com um ambiente saudável, e isso pode apenas acontecer quando a cobertura aquosa do planeta for restaurada permitindo que toda a energia do sol interno (que a Bíblia chama de "espírito santo") reative completamente todos os nossos chakras e centros de energia e nos torne inteiros novamente.

Fonte: http://www.librarising.com/esoterica/chakras.html

Labels: , , , , , , , ,


 

Meditações do Osho - 21


A existência é a nossa única segurança. Dinheiro, poder, prestígio - nada é seguro. Família, amigos, até a própria vida - nada é seguro. Estamos cercados de insegurança.

Há só uma coisa que é segura, e não pode ser encontrada em nenhum lugar externo. Ela só pode ser encontrada em nosso âmago, em nosso íntimo. Deus mora lá. Essa é a morada de Deus - o coração de nossos corações!

Conhecer o Deus interior é ir além de toda segurança. Então tudo é seguro e garantido. E, quando tudo é seguro e garantido, a amargura desaparece naturalmente, a ansiedade desaparece, e surge uma grande bem-aventurança. Essa bem-aventurança é o mais profundo anseio de seu ser.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , ,


 

Oscar Quiroga - 1045


GUERRAS JUSTAS E INJUSTAS


A roda da fortuna determina os rumos da civilização denunciando a estreita visão de nossa humanidade. Hoje uns se declaram vitoriosos para um dia, tão certo quanto que sem Sol haverá noite, esses mesmos vitoriosos amargarão derrota. Sabendo disso, o que seria mais digno? Deixar-se levar pela corrente aparentemente insuperável do destino ou armar-se contra as circunstâncias e pela força de vontade superar o que seja imbatível? Há guerras justas e as há também injustas. Estas últimas são as mais conhecidas, matanças e prejuízos colocados em marcha sobre argumentos pífios. Porém, há guerras que determinam o equilíbrio cósmico, a fundamental necessidade de não se perderem de vista os princípios e virtudes que fazem de nós seres humanos.

Labels:


Tuesday, September 21, 2010

 

Oscar Quiroga - 1044


AS NAÇÕES


Todas as Nações escolhem o destino que instituirão como o legado que se transmitirá ao longo de gerações até que um novo Espírito do Tempo, se encontrar gente disposta a expressá-lo, se encarregará de promulgar um destino diferente. As grandes tendências nunca se percebem através de vozes altissonantes ou espetáculos retumbantes, mas pelos pequenos detalhes, mudanças de tom nos discursos e temas de conversas aparentemente banais. Todas as Nações merecem o nome que levam porque constituem uma unidade que congrega todas as diferenças que lhes são inerentes. Quando surgem líderes que afirmam o progresso só ser possível com a eliminação de tais ou quais dos cidadãos, tenham certeza, aí mesmo começou o processo sinistro da tirania.

Labels:


Monday, September 20, 2010

 

Meditações do Osho - 20


Estamos tão próximos da existência, mas, como duas linhas paralelas, seguimos em frente e nunca nos encontramos. Quando paramos de ir ao passado e ao futuro, essas linhas paralelas começam a se aproximar cada vez mais. Um dia, de súbito, só existe uma linha: as duas linhas desapareceram. Esse é um momento de grande júbilo, de grande bênção. É isso que todo mundo procura e deseja. E, como as pessoas não encontram, elas tornam-se amarguradas.

Esteja pronto. E o único modo de estar pronto é viver apenas no presente e, então, você se tornará um lar para a existência. Essa é a realização da sua vida.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1043


ATENÇÃO AOS PEQUENOS SINAIS


Nas menores mudanças de tom e de ambiente se percebem as grandes tendências. Todos os humanos que comprometeram seus princípios e literalmente venderam suas almas por um punhado de moedas vivem em constante medo, uma experiência muito estressante. Esta foi uma tendência tentadora que, pela força da normalidade, se transformou em algo aceitável e aparentemente bom, as contas que chegavam clamando por pagamento assim o referendavam. Porém, viver com medo não é viver, é esconder-se constantemente do inexorável destino de ter de desamarrar o que foi amarrado pela própria intenção. Sustentar um artifício é possível, mas não para sempre. Nas menores mudanças de tom e de ambiente se percebem as grandes tendências. Preste atenção senão...!

Labels:


Sunday, September 19, 2010

 

Meditações do Osho - 19


O ser humano é capaz de se tornar um anfitrião para a existência, um lar para a existência. A menos que se torne um anfitrião e um lar para a existência, você permanecerá irrealizado. Sem permitir a entrada da existência, o indivíduo cai em profunda frustração, pois, no momento em que a existência entra em nosso ser, nós nos tornamos a existência. Esse é nosso destino final. Só com a realização dele é que haverá o contentamento e a alegria de chegar em casa.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 1042


PAZ E ORDEM


Só haverá paz e ordem no mundo quando você, indivíduo humano, através de autoconhecimento e correto pensamento, que não resulta de aderir a partidos políticos ou religiões, estabelecer como prioridade absoluta a erradicação dos comportamentos que trazem confusão e dor ao mundo através dos relacionamentos. O propósito é estabelecer prosperidade e amor entre o céu e a terra, o que nunca acontecerá com ninguém se continuarmos a pensar que tal nobre objetivo dependa de desintegrar adversários, assassinar inimigos e cometer quaisquer crimes em nome de nosso bem-estar pessoal em detrimento do bem comum. As coisas estão como estão porque banalizamos os crimes e pagaremos o justo preço por este erro, que afetará principalmente as gerações vindouras.

Labels:


Saturday, September 18, 2010

 

Oscar Quiroga - 1041


O QUE É CIVILIZAÇÃO?


Nada há de mais valioso para a regeneração do mundo e a erradicação da iniquidade do que reconhecer a importância dos relacionamentos corretos. É impossível haver existência humana em estado isolado, já que SER, do ponto de vista nosso, é relacionar-se, sem isso não há existência. Relacionamentos são desafios e responsabilidades, é o início da sociedade, da cultura, da civilização. A civilização não é uma entidade independente de você, é o produto do relacionamento que você estabelece com as outras pessoas e com sua própria alma. Se há iniquidade é porque você comunga com ela, se há beleza é porque você a produz em seus relacionamentos. A civilização é o somatório de tudo que ocorre na intimidade dos relacionamentos humanos.

Labels:


Friday, September 17, 2010

 

Oscar Quiroga - 1040


A INIQUIDADE QUE NOS ENVERGONHA


A iniquidade que nos envergonha, ainda que em si mesma signifique não haver mais vergonha perante a prática de crimes e incorreções, é a mais clara expressão de que o processo mundial requer intervenção divina. Os deuses se expressam através dos humanos e se pretendemos corrigir o rumo do mundo teremos de começar o trabalho reformulando nossos valores íntimos. Esta transformação não pode acontecer como resultado de leis, isso nunca deu certo. A regeneração terá lugar entre nós quando, como indivíduos, sejamos conscientes do que nos limita em pensamento, palavra e obra. A iniquidade viceja perigosamente hoje em dia porque outrora e agora achamos que quando a testemunhamos não era tão importante lhe fazer frente e vencê-la.

Labels:


Thursday, September 16, 2010

 

Oscar Quiroga - 1039


NÓS, OS RESPONSÁVEIS


A inquidade, que é a banalização do crime, não é o estranho privilégio de um partido político, de uma Nação ou de uma raça em especial, esta catastrófica confusão é o resultado da miséria que há em cada um de nós, a permissividade com que tratamos os pequenos crimes que testemunhamos sem nos envolver para contrariá-los, já que estávamos sempre ocupados com coisas mais importantes. Sem compreender o problema individual nunca compreenderemos o processo mundial e, por isso, tampouco teremos capacidade de conduzir as coisas ao destino mais feliz possível. Sendo nós mesmos os que provocamos a miséria do mundo e sua iniquidade, é inútil buscar um sistema político que resolva as coisas por nós. Sendo nós mesmos os responsáveis pelo caos, nós teremos de transformar a nós mesmos em entidades melhores.

Labels:


Wednesday, September 15, 2010

 

Meditações do Osho - 18


O divino é nossa substância, nosso verdadeiro ser. Não é uma coisa que está fora de nós, é nosso íntimo, nossa interioridade. Não precisamos procurá-lo ou ir atrás dele. Ele só precisa ser lembrado, pois nos esquecemos dele. Nossa divindade não está perdida; simplesmente nos esquecemos de quem somos.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 1038


O DIA DO JULGAMENTO


Quando a prática do crime é banalizada ao ponto de não provocar mais surpresa ou vergonha e, pelo contrário, ser promovida entre os humanos que se organizam e sindicalizam para continuar avançando nesse sentido é, também, quando miticamente acontece o Dia do Julgamento. Falar em mitos não é desprezar o conceito nem tampouco torná-lo vago. Pelo contrário, o que os mitos e lendas relatam é infinitamente mais real do que o escrito nos livros oficiais de história. O que a história relata são fatos maquiados pelo tom pedante dos conquistadores, enquanto que os mitos descrevem a real experiência subjetiva de nossa humanidade perante condições que se repetem ao longo do tempo, só mudando o nome dos protagonistas e o endereço em que acontecem.

Labels:


Tuesday, September 14, 2010

 

Meditações do Osho - 17


Tudo é divino. Na verdade não existe Deus, apenas o divino. Deus não é uma pessoa, mas uma qualidade; não é uma pessoa, mas uma presença.

A idéia de Deus como uma pessoa é antropomórfica: construímos essa imagem de acordo com nossa imagem. Ela nada mais é que o homem projetado, não é o Deus verdadeiro. Por isso Buda silencia a respeito de Deus; ele sempre fala do divino, nunca de Deus.

Minha experiência pessoal é a mesma: não há Deus, apenas o divino - toda a existência transborda de divino. Não há divisão entre Deus e o mundo; a existência é divina.

Comece a olhar para a existência com essa visão, com esses olhos, e você ficará surpreso, pois você passará a ver coisas que nunca tinha visto antes. Você passa pelas mesmas coisas todos os dias: as mesmas árvores e os mesmos pássaros e as mesmas pessoas. Mas, com essa visão de que tudo é divino, você começará a olhar para as coisas sob uma nova luz. O mundo, então, não será mais um enigma, não será mais um problema, não será mais uma dúvida - ele não será uma dúvida a ser sanada, e sim um mistério a ser vivido.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1037


INTERVENÇÃO


Nós percebemos a confusão que há em nós e ao nosso redor e entendemos que, do ponto de vista político, esta não é uma crise que passará sem deixar marcas, há um significado extraordinário e mítico no que acontece aqui e agora. Iniquidade é o estado de coisas em que o crime não causa mais surpresa em quem o testemunha nem vergonha em quem o pratica. A banalização do crime é um atentado contra a estrutura evolutiva de nossa espécie, é o mítico instante em que o mundo invisível intervém para restaurar o equilíbrio. Estas intervenções se dão através de seres humanos em particular ou das forças da natureza e, aos nossos olhos, geralmente assumem o formato de aparentes catástrofes, mas que em seus íntimos são ajustes e compensações.

Labels:


Monday, September 13, 2010

 

Mensagem de Mãe Maria


Amados Filhos,


Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Compreensão, a vida vos pede compreensão!


Lembrai-vos que todos os desafios que não foram enfrentados no passado retornam agora.


É preciso, pois, que não vos deixeis envolver pelo desespero, acreditando que o mundo se desmorona à vossa frente, e com ele todos os vossos sonhos e ideais.


Compreendei, amados, que vossos sonhos e ideais só podem se transformar em realidade quando puderdes enxergar todos os vossos desafios, para enfrentá-los com tolerância, paciência e amor.


Nada do que ocorre em vosso momento vem do acaso, nada.


Tudo tem um sentido, e buscar compreender o sentido transforma vosso momento caótico em um momentum de muita alegria e gratidão.


Alegria pela possibilidade de por um fim às vossas pendências do passado, e gratidão por reconhecerdes a oportunidade que a vida vos oferece de resgatardes vossa liberdade.


Acalmai, pois, vossa mente e vosso coração.


Buscai deixar o pessimismo de lado, lutai para reencontrar a alegria e segui em frente, com muita firmeza, crendo no vosso poder, crendo na vossa filiação divina, crendo na correção do caminho que escolhestes, crendo na vida que tem vos oferecido todas as oportunidades para ser feliz.


Amados, é preciso atentar, todavia, para os limites que vossos corpos físicos ainda vos impõem.

Respeitai, pois, vosso corpo físico, templo da vossa alma; não exigi dele nada mais do que ele pode vos oferecer; lembrai-vos que viveis em um mundo onde ainda impera o limite, e longo ainda é o caminho para resgatardes a completude do vosso invólucro carnal.


Buscai, pois, atender aos alertas que ele vos tem enviado.

É momento de desacelerar vossas atividades, eis que a exaustão está prestes a bater em vossa porta.


É preciso que possais incluir, com urgência, momentos de descanso em vossa rotina, momentos em que possais vos entregar ao silêncio, não só da vossa mente, mas também do vosso físico.


Vossas almas clamam para que possais compreender que sem o vosso físico em perfeito estado de equilíbrio não conseguireis dar conta das múltiplas atividades que estão por vir.


Buscai a solidão de um recanto que vos ofereça paz, tranquilidade e alegria, e mergulhai nessa energia por alguns instantes durante algumas vezes em vosso dia a dia.


Aproveitai para ingerir muita água, aquecer vosso corpo com a luz do sol, e respirar o prana que podeis já filtrar de vosso ar poluído.


Não se faz necessário mais do que alguns momentos, momentos que atuarão como um bálsamo no corre-corre do vosso dia a dia, na maré de pensamentos que, como uma enxurrada, carregam vossas mentes, e no peso que se faz presente em vossos corações.


E orai, amados! Orai com devoção, orai com a intenção de vos aproximardes mais e mais da Mente de Deus, para que a clareza se manifeste em vossas mentes, para que o amor aqueça vossos corações, e para que a paz daqueles que já compreenderam o porquê da longa jornada se faça presente, devolvendo-vos a alegria de viver.


Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.


SP-13/09/2010 – Mensagem de Mãe Maria-2502010, canalizada por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 1036


INIQUIDADE


A banalização das práticas criminosas e dos atentados contra a natureza humana e sua inerente evolução resulta no estado de coisas conhecido por iniquidade. Em nome da iniquidade cidades e continentes foram suprimidos miticamente da Terra, mas a história registra estes fatos de forma nebulosa, porque não interessa promover a confiança na experiência subjetiva. A história relata fatos, sempre do ponto de vista dos conquistadores. Os mitos descrevem experiências subjetivas reais que se repetem até nossa humanidade desentortar o que ela mesma deturpa. O mundo invisível só intervém diretamente em nossos afazeres quando o avanço da iniquidade coloca em risco o equilíbrio da justiça cósmica. As intervenções são sempre, aos nossos olhos, catástrofes.

Labels:


Sunday, September 12, 2010

 

Meditações do Osho - 16


Jesus diz que o reino de Deus está dentro de você. Este é o ensinamento essencial de todos os seres despertos: não vá a lugar algum, não busque nem procure fora de você, pois não encontrará nada lá. Você continuará vazio, irrealizado, frustrado, porque o verdadeiro reino, as verdadeiras riquezas são parte de sua interioridade, de sua subjetividade, de sua alma.

A humanidade comum é extrovertida. Se você segue na direção exatamente oposta, isso é introversão. Não que eu seja contra o mundo, mas não conhecer a si mesmo é muito perigoso. Quando você se conhece, você pode andar pelo mundo todo compartilhando e vivendo sua alegria, assim não há problema algum. Se você estiver enraizado em seu ser, você pode ser tão extrovertido quanto quiser, nada conseguirá prejudicá-lo. Você pode viver numa feira livre, mas sua meditação não será perturbada.

Mas a primeira coisa, o principal, é você se assentar interiormente, conhecer sua realidade interior. E todo o meu esforço é para ajudar você a se voltar para dentro, a entrar em si, de todas as maneiras possíveis.

Não posso lhe dar a verdade, ninguém pode, mas posso indicar onde ela se encontra. Não se encontra na Lua, não se encontra no Everest; ela está dentro de você.

Aprenda a fechar os olhos e a enxergar seu interior.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1035


UMA QUESTÃO DE EQUILÍBRIO


Convencer-se de ser difícil contra-arrestar a onda maligna que assola a civilização é omitir-se de fazer sua parte. Na prática, isso resulta em você permitir que a onda maligna avance. O pecado de omissão não é menor do que o da comissão, pois, enquanto uma só pessoa provoca o mal intencionalmente inúmeras outras são coadjuvantes e se omitem enquanto ocultamente nas suas intimidades celebram por isso não acontecer a elas. Assim como um dia, inevitável, você experimentará a dor de testemunhar a omissão de ajuda quando você a precisar, e se lembrará de ter feito o mesmo no passado, também verá a mão amorosa se estender na sua direção se você plantar essa semente e, em vez de omitir-se, fazer sua parte em nome da evolução. Uma questão de equilíbrio.

Labels:


Saturday, September 11, 2010

 

Meditações do Osho - 15


O corpo nasce e o corpo morre; a mente nasce e a mente morre. Mas você não é o corpo nem a mente. Você é algo transcendental a ambos, algo que nunca morre e nunca nasce. Você sempre existiu e sempre existirá.

No momento em que se começa a sentir isso, toda a sua perspectiva de vida muda. O que era importante até aquele instante se torna irrelevante: dinheiro, poder, prestígio, tudo isso. E o que antes nunca fora importante ganha, de repente, grande importância: amor, compaixão, meditação, oração, divindade.

Lembre-se de que dentro de você há algo que é eterno, imortal.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1034


CONFESSE SEUS PECADOS, MAS NÃO FIQUE SÓ NISSO


Confesse seus pecados e será perdoado! Sim, é verdade, o espírito é amoroso e perdoa nossas faltas de omissão ou intenção mesmo. Porém, nem o perdão nos livra de ter de colher o resultado de nossos erros e redimir na prática a beleza que transformamos em aberração. Por isso, além de buscar perdão erguendo as mãos ao céu, também devemos arregaçar as mangas e superar a preguiça que nos fez omitir a participação ativa para erradicar a injustiça que outrora celebrávamos porque não nos atingia diretamente, circulava por aí e caia na horta dos semelhantes, próximos e distantes. Confesse seus pecados, mas para adquirir coragem de redimi-los, para sair desse estado letárgico omisso que dá a deixa para os malignos intencionais manipularem você.

Labels:


Friday, September 10, 2010

 

Meditações do Osho - 14


Friedrich Nietzsche disse: "Deus está morto". Mas ninguém perguntou a ele: "Quem matou Deus?" Só existem duas possibilidades: ou ele cometeu suicídio ou foi assassinado. E Deus não pode cometer suicídio. Isso é impossível, porque Deus significa bem-aventurança - por que a bem-aventurança cometeria suicídio? Deus significa verdade - por que a verdade cometeria suicídio? Deus significa eternidade - portanto o suicídio é impossível. Ele, portanto, deve ter sido assassinado.

Foram os sacerdotes que fizeram isso. Todos os sacerdotes de todas as religiões participaram dessa grande conspiração: eles mataram Deus. Claro que não podem matar o Deus verdadeiro, mas eles podem matar o Deus que eles próprios criaram. Devido aos dez mil anos de história estúpida em nome da religião, sugiro: procure o amor, esqueça tudo sobre Deus. Assim o divino virá sozinho, naturalmente. Ele certamente virá, é inevitável.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , ,


 

Oscar Quiroga - 1033


CULPADOS POR OMISSÃO E COMISSÃO


Agora você já sabe, a injustiça que você celebra por ser distante e não acontecer a você, mas a outras pessoas, é a mesma que um dia baterá à sua porta enquanto outras celebrarem que não é com elas. A injustiça é uma só, circula livremente porque as pessoas que se pensam do bem não a detém vigorosamente ainda que não sejam elas as atingidas. A omissão de ajuda e participação ativa no processo de erradicar as aberrações deste planeta não é menos culposa do que a de alguém provocar a injustiça intencionalmente. É só deixar de tomar uma atitude na hora em que esta se faz necessária, a responsabilidade será sua também. O mundo civilizado é podre porque nós permitimos, os muitos somos culpados por omissão, outros poucos por comissão mesmo.

Labels:


Thursday, September 09, 2010

 

Meditações do Osho - 13


As pessoas são duras. A vida as prepara para serem duras, porque as prepara para lutar. Lentamente, lentamente, elas perdem toda a delicadeza interior, tornam-se duras como rochas - e uma pessoa dura como rocha é uma pessoa morta. Ela só vive da boca para fora, não vive verdadeiramente.

A verdadeira vida consiste em delicadeza, vulnerabilidade, abertura. Não tenha medo da existência: ela cuida de você, ama você. Não é necessário lutar contra ela. A existência está disposta a lhe dar mais do que você pode pedir ou sequer imaginar. Mas a existência só poderá lhe dar se você for suave, delicado, vulnerável. Se você for poroso, ela entrará por todos os lados.

Seja poroso, seja aberto para a existência, sem medo. Não é preciso ter medo. Essa é a nossa existência - nós pertencemos a ela, ela pertence a nós.

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 1032


LIVRAR-SE DAS ABERRAÇÕES


Por que a queixa de um ser humano seria ouvida, reclamando da injustiça que bate à sua porta? Durante toda sua existência este ser humano se sentiu afortunado ao ver que a miséria acontecia distante, seu grande e constante esforço foi superar a condição de oprimido e se transformar em opressor. Por que o céu ouviria seu clamor? Enquanto nossa humanidade achar que nos momentos de vitória se livra da miséria, ela continuará vivendo o redemoinho que hoje exalta uns para amanhã torná-los derrotados. As vitórias passam e as derrotas também passam, só permanece o Ser Espiritual e neste todos estamos em comunhão. Funcionar sistemática e constantemente para erradicar a injustiça e miséria do planeta é a única forma de nos livrar dessas aberrações.

Labels:


Wednesday, September 08, 2010

 

Oscar Quiroga - 1031


UMA CELEBRAÇÃO DE DUVIDOSA REPUTAÇÃO


Nossa moderna civilização se estrutura socialmente sobre a oculta ideologia de "Salve-se quem puder!". Contudo, quem poderia salvar a si o tempo inteiro e, também, como se sustentaria o isolamento sobre uma consciência que constantemente busca relacionar-se para compartilhar suas glórias e dores? A ilusão é tamanha que os humanos modernos se sentem afortunados porque a miséria e a injustiça acontecem fora dos muros de suas casas, com os vizinhos ou, ainda melhor, em países distantes. Assegurar um contrato, carreira no serviço público ou ganhar na loteria resolveria tudo, brindando recursos para erguer um muro altíssimo para isolar-se da Vida. Um dia, inevitável, a injustiça e miséria penetram o muro e o vizinho celebra, porque não é com ele.

Labels:


Tuesday, September 07, 2010

 

Meditações do Osho - 12


Minha mensagem essencial é: não viva com medo, pois você não vai ser punido. Viva sem medo, pois só assim você vive totalmente.

O medo o fecha, não lhe permite se abrir. Nessa situação, você tem de considerar mil e uma coisas antes de fazer uma coisinha simples - se é certa ou errada, moral ou imoral, de acordo com a igreja ou não, se as escrituras a recomendam ou são contra ela. Quanto mais você pensa nisso, mais confuso você fica. Quando você começa a seguir esse caminho, transformando tudo em pecado, você não consegue mais viver, apenas se arrastar.

Minha abordagem é totalmente diferente: há erros, mas não existe pecado. Só é preciso lembrar uma coisa: não cometa o mesmo erro repetidas vezes, pois isso é pura estupidez. É preciso explorar a vida, e ao explorá-la às vezes você erra o caminho. Se você tiver muito medo de errar, você não pode explorar. E toda a aventura da vida é aniquilada, morta, destruída. Foi isso que as pessoas que se intitulam religiosas fizeram: tornaram a religião uma coisa séria demais, sombria, deram à religião uma impressão de tristeza.

Meu esforço é para dar a você muita alegria, gosto pela vida, coragem de se aventurar, de caminhar sem medo, de explorar todas as possibilidades que a vida oferece, sem medo de se expandir, de se abrir e de estar vulnerável. Como Deus é nosso juiz, não precisamos ter medo. Finalmente, no dia do juízo final, quando você vir Deus, poderá lhe dizer: "Sim, bebi... Por favor, me perdoe. Experimentei algumas outras coisas também". Penso que ele vai entender. Não se preocupe!

Fonte: Osho, Meditações para a Noite, Verus Editora, Campinas-SP, 2006.

Labels: , , , , ,


This page is powered by Blogger. Isn't yours?