Thursday, February 03, 2011

 

Oscar Quiroga - 1177


DEVIR


Lucro, prazer, dever e cumprimento de obrigações; os opostos do mundo estão constantemente mudando de lugar, forma e tempo de atuação. Tentar dedicar-se exclusivamente a uma vida de prazeres desprezando os deveres faz a alma perder de vista a realidade básica do Universo do qual é feita e no qual experimenta ser. Sábias são as pessoas que aceitam o constante devir e mudança de tudo, porque reconhecem que em alguns momentos devem sacrificar o prazer em nome do dever, assim como também em outros o dever maior consistirá em recuperar a alegria através dos meios que forem disponíveis. Quem consiga fluir através desse incessante devir que a tudo e todos modifica será a alma que poderá chamar a si mesma de feliz, mas nem terá vontade disso.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?