Wednesday, October 31, 2012

 

Oscar Quiroga - 1768

E a Lua Vazia continua...

 

Data estelar: A Lua continuará Vazia até as 16h41, horário de verão de Brasília

Eis a oportunidade: passar tangencialmente pelas obrigações objetivas cotidianas, programar-se mentalmente para adotar uma atitude despreocupada e experimentar viver as horas de Lua Vazia como se você fosse morrer no fim do dia e tivesse esses instantes para desfrutar a existência como nunca o fez. Pensar na própria morte deveria ser um exercício cotidiano, em primeiro lugar para exorcizar a melancolia e, uma vez feito isso, absorver desse pensamento a certeza da transitoriedade e, dessa, o desejo de viver com plenitude. A oportunidade está disponível todo santo dia, a toda hora, porém, quando a Lua vem desenvolvendo um período Vazio tão longo quanto o atual, essa é infalível, tanto quanto a desorientação ao não observá-la.

Labels:


Tuesday, October 30, 2012

 

Oscar Quiroga - 1767

Lua Cheia e Vazia


Uma combinação como a de hoje, de Lua Cheia e Vazia ao mesmo tempo, é oportunidade de observar quanto nossa humanidade faz a dança da barata tonta ao tentar continuar dentro do que chama de normalidade, que se reduz à produção e objetividade. Acontece que essas condições representam apenas um terço da realidade que todos devemos processar. Restam a subjetividade e a vaga noção de transcendência que, sem lhes prestar a devida atenção, reduz nossa realidade a um terço dela. Em momentos como hoje, em que os outros dois terços emergem com maior força, a humanidade que não se treina cotidianamente para lhes prestar a devida atenção e reverência dança no ritmo da barata tonta e, para equilibrar o ridículo, manifesta agressividade inusitada, como se a violência fosse ocultar o medo que sente.

Labels:


Monday, October 29, 2012

 

Oscar Quiroga - 1766

Os pensadores


Quanto mais pensadores houver em nossa humanidade, mais rápido será o esclarecimento e a consequente libertação da ignorância, que não é feita de carência de estudo ou de nutrientes, mas de excesso de convencimentos equivocados. Há excesso de opiniões, há opinadores profissionais, são aqueles que nunca vão além de seus preconceitos e reduzem a realidade a esses, promovendo confrontos motivados por uma raiva incontida, pois nessas condições nunca haverá possibilidade de desenvolver diálogos, apenas acusações. Os pensadores não emitem opiniões, formulam ideias e as modificam e lapidam através de diálogos mediante os quais ampliam a rede de conexões. Essas ideias, quando realizadas, promovem bem-estar à maior quantidade possível de gente.

Labels:


Sunday, October 28, 2012

 

Oscar Quiroga - 1765

Tudo e nada

 

Data estelar: Marte e Júpiter em oposição, Vênus em Libra; Lua será Vazia o dia todo

Tudo e nada pode acontecer num dia com estas características cósmicas, é o tipo de período em que as projeções e antecipações que nossa humanidade faz estão sujeitas ao imprevisível, inclusive as que Eu possa formular, e agradeço ao mistério da Vida continuar me surpreendendo e me demonstrando que será sempre maior do que nossas ilações. Este é o tipo de período que enfurece os que acham ofensivo perder o controle sobre a realidade, mas que apazigua e conforta os que reconhecem haver Algo Maior em andamento, algo que merece veneração, reverência e respeito. Tudo e nada simultaneamente não é uma manobra retórica para evitar definir a realidade, é o infinito se manifestando e nos colocando em nosso devido lugar.

Labels:


Saturday, October 27, 2012

 

Oscar Quiroga - 1764

As surpresas da democracia


Quando a tirania, que toma a forma de correntes políticas tanto quanto de aspectos particulares, se vê contrariada pela opinião pública, formula teorias de conspiração para legitimar sua teimosia de não perceber o óbvio, que seu tempo acabou. Suspeito que haja alguma conspiração real, mas nunca saberemos qual, nem tampouco o verdadeiro alcance dessa realidade. Geralmente as teorias conspiratórias são formuladas com inteligência, mas são sempre inverossímeis, algumas em tal medida que é hilário conhecê-las, tal como a de que todos os presidentes americanos seriam membros de uma raça de lagartos alienígenas. As pessoas conspiram, mas nunca conseguem combinar nada que se afirme ao longo do tempo, porque os indivíduos são sujeitos de seus destinos. Essas são as surpresas da democracia.

Labels:


Friday, October 26, 2012

 

Oscar Quiroga - 1763


Os tiranos


Os humanos se transformam em tiranos quando se recusam a observar que a realidade é multifacetada e, ainda que motivados por boas intenções originais, acumulam poder para eliminar o que lhes seja diferente, pretendendo um mundo que seja reflexo único e exclusivo de suas ideologias. Esse processo acontece em várias dimensões e proporções e, século vai, século vem, sempre ressurge também em ondas políticas que assolam o povo, inculcando o confronto, pois, povo dividido é povo vencido e dominado. Os tiranos não são de extrema direita nem de extrema esquerda, são tiranos e ponto final, são injustos e cruéis, são os que colocam suas vontades pessoais acima do bem comum, que pela sua própria natureza deve ser multifacetado e diversificado.

Labels:


Thursday, October 25, 2012

 

Oscar Quiroga - 1762


O vício infame


Década vem, década vai, entram umas ideologias, saem outras, alguns partidos sobem ao poder e depois de lá são derrubados, assim as coisas parecem mudar, mas o mundo humano continua estacionado nos preconceitos, esse vício infame da mente que julga precipitadamente para evitar observar a realidade com mais atenção e equanimidade, único processo que garantiria perceber que há uma conexão tão íntima entre todos os seres humanos que só mediante o estabelecimento formal da interdependência de todos os cidadãos se poderia, finalmente, conquistar a tão sonhada justiça social. Enquanto se prolongar o estado de confronto social, nunca haverá a realização desse sonho, pois o bem comum não pode ser mais de uns ou menos de outros; ou é de todos, ou certamente não será nunca de ninguém.







Labels:


Tuesday, October 23, 2012

 

Oscar Quiroga - 1761


Ideologia viciada


Há milhares de anos, na planície de Kuru, no Noroeste da Índia, houve uma das guerras mais sangrentas da história humana, relatada na epopeia do Mahabharata, cujo principal motivo foi a eliminação da casta dos Guerreiros, pois ela pretendia eternizar o sistema de castas. Foram derrotados, mas ideologias são vícios que nossa humanidade não larga facilmente. De tempos em tempos, continua aparecendo algum grupo que pretende impor privilégios inerentes a esta ou àquela raça, como se a genética determinasse o que os indivíduos mereçam durante a breve existência. O sistema de castas é falido, não é legítimo determinar o rumo existencial pela raça ou classe social em que se nasce, cada indivíduo deve encontrar liberdade suficiente no mundo para provar, pelo próprio mérito, o que consegue realizar.





Labels:


Monday, October 22, 2012

 

Oscar Quiroga - 1760


O caminho perfeito

Nossa humanidade quer mais vida, quer intensidade, quer beleza, quer sentir que seu esforço vale a pena. Porém, a inércia da mediocridade é tremenda, o montão de barulhentos atiradores de pedras nivela o empenho de nossa humanidade de boa vontade num patamar em que se prolonga desnecessariamente o discurso de que a vida deva se resumir no “uns contra outros”. Ora! Essa viagem pode até ter tido início digno e justo, mas é comprovado que quanto mais ódio investimos na guerra contra os demônios, um dia acordamos e não mais percebemos que nos transformamos nos demônios que combatíamos. No fim, e com a mão no coração, só podemos observar que no mundo humano o bem não era tão puro quanto parecia nem o mal tão sinistro quanto o pintavam e, também, que Espírito não é neutralidade, mas caminho perfeito.

Labels:


Sunday, October 21, 2012

 

Oscar Quiroga - 1759


O momento da verdade

Um dia cairás sobre teus joelhos e reconhecerás tuas imperfeições, pois terás visto outra dimensão mais abrangente na qual te movimentas e experimentas ser. Nesse momento, ao diminuíres a ti mesmo começarás a te elevar, pois enquanto pensavas que eras maior que teus semelhantes, apenas engrossavas a longa linhagem de pretendentes a ser mais que nunca conseguiram sair do lugar. Só quando perceberes e sofreres ao contemplar o inferno que resultou da escalada que fizestes na montanha da cobiça estarás minimamente pronto para reorientar tuas vitórias numa direção verdadeira, que não produz efeitos colaterais nocivos. Esse será um momento de extrema tensão, no qual provarás a verdadeira fibra de teu ser, o momento em que nada nem ninguém poderá te salvar, quando elevarás a ti mesmo com tua própria força.

Labels:


Saturday, October 20, 2012

 

Oscar Quiroga - 1758

O caminho espiritual

Quando formos capazes de aceitar nossos semelhantes como são, belos e imperfeitos, com suas faltas, fracassos e vitórias, nos identificando com eles, então poderemos dizer que trilhamos o caminho espiritual. Até lá fingiremos que nos elevamos, mas na prática seremos mais um de uma longa dinastia de egoístas que pretendem ser mais do que os semelhantes. Cada ser humano deve reconhecer sua própria vileza antes de erguer o dedo e acusar seus semelhantes, pois nesse reconhecimento reside a semente do amor e quando essa começa a germinar, a mente faz tantas conexões e reconhecimentos que não lhe resta mais tempo para discursar sermões acusadores, se dedica o tempo inteiro a superar as falhas em si mesma, conhecendo que esse seria o melhor serviço que poderia prestar para construir um mundo verdadeiramente melhor.





Labels:


Thursday, October 18, 2012

 

Oscar Quiroga - 1757

Atmosfera tóxica


A atmosfera mental encontra-se em estado tóxico porque as pessoas emprestam seus ouvidos a quaisquer patranhas, dando-lhes maior impulso ao passá-las para frente com ares de quem sabe tudo. A fofoca é um veneno e há quem faça uso dela plantando ideias tóxicas que uma legião de humanos facilmente manipulável, mas que se acha no comando de sua própria realidade, se encarrega de passar para frente. Assim estamos como estamos, com maior dificuldade do que a necessária para conseguir distinguir a mentira da verdade. E vai tentar esclarecer! Imediatamente você será alvo de insultos, porque essa atmosfera tóxica é como uma droga sem a qual essa legião já não sabe mais como viver, sem reconhecer que aquela sensação no fundo da consciência de algo estar errado é o claro aviso de isso não ser vida, mas decadência.

Labels:


Wednesday, October 17, 2012

 

Oscar Quiroga - 1756

As provocações

Data estelar: A Lua cresce Vazia o dia inteiro

Absorva as provocações, mas evite reagir, isso provocará uma ação mais sábia para você administrar toda estupidez que nossa humanidade ignorante produz todos os dias. E antes que algum xiita ideológico me acuse de extrema direita por me referir aos ignorantes, que fique claro que não se fala aqui de nenhuma ignorância dos iletrados ou desnutridos, fala-se aqui da ignorância dos que se agarram a conceitos equivocados e fazem deles suas bandeiras, tal qual os xiitas ideológicos que me criticariam de ser de extrema direita por me referir à ignorância. As provocações da estupidez resultam em perda de tempo e recursos preciosos, pois induzem a um estado de coisas em que os que arvoram princípios e talentos precisam se defender o tempo inteiro, ao passo que a ignomínia viceja sem maiores impedimentos.

Labels:


Tuesday, October 16, 2012

 

Mensagem de Mãe Maria


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

É tempo de curar vossas mentes, é tempo de renunciar ao medo, a dor e a violência, para que a mente crística possa se manifestar através de cada um de vós.

Para tanto é preciso que possais alimentar vossa fé e disciplinar vossos pensamentos.

Vossa mente foi condicionada a manifestar a vontade de vosso ego-personalidade; vida após vida obscurecestes a manifestação de vossa alma e alimentastes a força do vosso ego.

Este é o tempo em que se faz necessário inverter esse processo, revendo vossos valores, atentando para vossos preconceitos, eliminando o julgamento de vossas vidas, para que vossas escolhas sejam pautadas pelos novos valores que se revelam através da sabedoria ancestral, que novamente se encontra disponível para os Filhos da Luz.

Vosso ego absorve conhecimento; vossa alma revela sabedoria. Na sabedoria está contida a eterna verdade do Criador.

Resgatar a sabedoria é resgatar a verdade, resgatar a história de vossas trajetórias nesse planeta, resgatar os porquês dos acontecimentos que se manifestam em vossas vidas.

Buscai, pois, revelar vossa sabedoria, curando vossas mentes, resgatando o equilíbrio, buscando exercitar as tarefas do dia a dia com alegria, focando vossa atenção no lado belo da vida – que sempre é obscurecido por vosso ego – doando amor e compreensão para tudo que vos cerca, lembrando que vosso corpo físico reflete as escolhas manifestadas em vossa mente, e enquanto vossa mente estiver focada na dor, no limite e na violência vosso corpo só poderá revelar a angústia que atrai o envelhecimento, a doença e a morte.

Este é um tempo em que a humanidade tem a possibilidade, através de suas escolhas, de vivenciar o rejuvenescimento e a imortalidade.

Tudo começa na mente, não vos esqueçais.

Mente sã corpo são, atentai para essa verdade.

Enquanto vosso padrão mental revelar a estreiteza do vosso ego-personalidade vosso corpo continuará se deteriorando, para revelar nada mais do que envelhecimento.

Buscai, pois, transmutar vosso passado purificando todo limite, dor, sofrimento que se deram em vossa jornada pelo desconhecimento de quem verdadeiramente sois.

Hoje sabeis que sois seres de luz, filhos do Pai Criador que vos dotou de seu poder ilimitado.

Utilizai esse poder com sabedoria, amados, olhando com honestidade para vossa realidade, assumindo a responsabilidade por vossas escolhas, ativando o imenso amor que permeia vossa essência e se revela através de vossos corações, para que possais MUDAR.

Mudar vossos padrões e vossa realidade, deslocando o foco de vossa atenção para vosso chacra cardíaco, onde pulsa e vibra vossa Chama Trina, a força do Pai, do Filho e do Espírito Santo em vós, escolhendo a luz em detrimento da escuridão, a luz que revela a beleza, a alegria e a plenitude de cada ser, para que o novo mundo se mostre para todos vós, o mundo da unidade, o mundo da justiça divina, o mundo onde impera soberano o amor incondicional. 

Bem amados, acentuai vossa conexão com vossa alma utilizando o poder da oração; orai, orai, orai alimentando a intenção de ajudar a transmutar toda a densidade que permeia vosso mundo e o inconsciente coletivo, e que continua gerando guerras, conflitos, separação.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-16/10/2012-Mensagem de Mãe Maria-20-2012 recebida por Jane Monachesi Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 1755

O raciocínio intencional


Ainda que pelo crescente número de humanos se entregando à estupidez e engrossando o coro da decadência pareça surgir o panorama de que os princípios eternos teriam sido derrotados, um raciocínio desses só poderia ser alimentado de ignorância, porém, não daquela que resulta de falta de estudo ou nutrientes, mas da ignorância de assumir conceitos equivocados e substituir os princípios por esses. Algo assim não acontece por efeito do panorama de tolices que a humanidade desenvolve, mas como resultado de uma decisão íntima, a de se entregar à estupidez e engrossar o coro da decadência. Nossa humanidade não é o que lhe acontece, nossa humanidade é o que faz com o que lhe acontece, ou ainda há em sua alma alguma dúvida a esse respeito?

Labels:


Monday, October 15, 2012

 

Oscar Quiroga - 1754

 

NA PRÁTICA, A TEORIA É OUTRA


É segunda-feira e teoricamente você deveria entrar de cabeça na ciranda produtiva, se travestindo de engrenagem para continuar alimentando um sistema que você não compreende, pois não brinda com os resultados prometidos. Enquanto isso, o sentimento interior não é propício a se envolver nessa atividade, a alma quer outra satisfação, quer desfrutar com leveza um estado de despreocupação que, apesar de incongruente com as circunstâncias, parece acenar com uma legitimidade irrecusável. Neste momento você recebe carta branca do Universo para voltar a ser criança e olhar o mundo com admiração, maravilhando-se por ser esse um fértil campo para você inventar algo interessante, e não para ser castigado constantemente.

Labels:


Sunday, October 14, 2012

 

Oscar Quiroga - 1753

A lei


A aversão que nossa humanidade sente em relação à Lei tem conotações muito mais amplas e profundas do que se poderia pensar. Não afirmo isso para declarar que nossa humanidade inteira seja marginal e criminosa, mas no sentido de que a Lei pesa sobre sua consciência a fazendo imaginar constantemente que essa seja mera limitação de sua liberdade. Contudo, a Lei pressupõe uma Ordem Maior que protege e incentiva a liberdade, promovendo-a para o maior número possível de pessoas, em detrimento dos caprichos particulares que ameaçariam o bem comum. A revolta de nossa humanidade contra a Lei é puramente egoísta, sendo a medida desse egoísmo a que distingue os criminosos dos de postura adolescente, sendo todos, porém, egoístas. Só quando a ideia do bem comum cria raízes, o humano passa a brandir a Lei com dignidade.

Labels:


Saturday, October 13, 2012

 

Oscar Quiroga - 1752

O necessário movimento


E as mudanças que você planeja intimamente, vão ficar para quando? No que depender das circunstâncias, vão ficar para nunca! Essas mudanças e melhorias precisam ser colocadas em marcha por obra e graça da força de vontade, a despeito de as circunstâncias serem favoráveis ou adversas. Independentemente de seus movimentos concretos serem bem-sucedidos ou frustrados, há algo que precisa ser feito, pois de outra forma você não estaria aí planejando intimamente mudanças e melhorias. Há uma necessidade que fornece o combustível para esse movimento, porém, o que acontece quando você só põe combustível e não o usa para que a máquina da vida se coloque em marcha? Indigestão e problemas ainda maiores dos que se tentava resolver planejando melhorias.

Labels:


Friday, October 12, 2012

 

Oscar Quiroga - 1751

A vida define


As potencialidades são imensas, mas nossa humanidade realiza menos do que imagina. Essa discordância entre a teoria e a prática é incômoda, confronta nossa humanidade com sua pior inimiga, a preguiça, aquela que sopra ao ouvido a sugestão de não ser necessário se esforçar tanto e que todo trabalho deveria ser feito tendo em vista o descanso posterior, o que levaria a realizá-lo o mais rapidamente possível e de forma desleixada. Enquanto isso, nossa humanidade fica sonhando com a vida que levaria se tivesse recursos suficientes para prescindir do trabalho, imagina todas as potencialidades. Enquanto isso, a Vida não define o caráter humano por uma vitória, uma derrota ou pela constante imaginação, a Vida define o humano pelo modo de se comportar quando está só, livre da interferência do olhar alheio.

Labels:


Thursday, October 11, 2012

 

Oscar Quiroga - 1750

O ser e o espelho


Os espelhos são teimosos, reproduzem tudo sem nunca errar, atuam em perfeita sincronia. Você pode tentar desviar o olhar, mas os espelhos exercem uma atração que vai muito além do narcisismo, a atração dos espelhos é a mesma que a da verdade, nós queremos ver com nossos próprios olhos a imagem de nós mesmos e com semelhante fervor queremos conhecer a verdade que nos liberte. O ser interior que verdadeiramente somos, ou se esforça constantemente para que o personagem que o representa no mundo seja a imagem refletida por um espelho liso e de camada metálica homogênea, ou se esquece de si mesmo e se acostuma com uma imagem de si refletida em espelhos que deformam, tais como esses que encontramos em parques de diversões. O trabalho existencial é duplo, ser quem somos e adotar espelhos fiéis.

Labels:


Wednesday, October 10, 2012

 

Oscar Quiroga - 1749

Os humanos e os problemas


Os seres humanos não definem a si mesmos pelos problemas que experimentam, mas é esse o tipo de diálogo mais difundido no planeta, agora mesmo há milhões de pessoas enunciando a outras seus problemas e constrangimentos. Mesmo assim, não são os problemas que definem suas vidas e experiências mais importantes, mas a maneira com que os humanos tentam superar esses problemas, ou solucioná-los. Isso, sim, define um ser humano! Enquanto a conversa fica na dimensão da queixa, os humanos se convencem de ser entidades passivas às quais os problemas acontecem. Quando o ser humano se levanta e, cheio de um misto de temor e coragem, decide impor sua vontade aos problemas, começa a definir sua presença e torná-la útil e vibrante. A partir desse momento, esse humano nunca mais se queixará de seus problemas.

Labels:


Tuesday, October 09, 2012

 

As Fezes


Se inserimos regularmente substâncias sólidas e líquidas pela boca é natural esperar que a maior parte delas saiam pelo ânus, na forma de fezes, também de forma regular. Portanto, o número de vezes que deveríamos ir ao banheiro defecar durante o dia deveria ser igual ao número de refeições que temos por dia, já que o nosso tubo digestivo na região do intestino está totalmente tomado com fezes devido à nossa ingestão de alimentos diária. Entrando alimento novo, o alimento antigo é empurrado para sair pelo ânus, caso contrário iríamos aumentar de peso continuamente, tornando-nos obesos (o que está se tornando uma epidemia hoje em dia). Passarinhos, que comem o dia todo, defecam muitas vezes por dia.

Devido à nossa alimentação inadequada (industrializada, cozida) a periodicidade acima e a qualidade de nossas fezes deixam muito a desejar. As fezes não deveriam ter um cheiro ofensivo, pois isto significaria que a nossa situação interna não está boa, provavelmente os intestinos (e, consequentemente, o sangue, que alimenta todas as nossas células do corpo) estão repletos de toxinas.

Segundo estudiosos sobre o assunto, a cor das fezes deveria ser marrom claro (e, não, uma cor escura) e deve flutuar na água do vaso sanitário. Uma dieta de alimentos crus costuma gerar fezes que atendem todos os requisitos adequados acima.

Quando fazemos uma boa lavagem intestinal, nos livrando da maior parte das fezes lá presentes, demoramos um maior tempo para defecar, pois precisamos novamente encher os intestinos para chegar à situação normal de uma defecação por refeição.

Quem já aprendeu a viver de luz [1] de forma permanente, isto é, se alimenta apenas da substância gasosa chamada ar (via pulmões e não usa mais o estômago; em outras palavras, "vive de brisa" literalmente), não mais irá gerar fezes e o ânus irá perder sua função; essa fístula (ânus) irá então cicatrizar e desaparecer....

Referência:
[1] Jasmuheen, Viver de Luz: A fonte de alimento para o novo milênio, Editora Aquariana, São Paulo, pg. 128, 2000.

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 1748

A ignorância


A ignorância humana não é resultado de carência de estudo, de alimentação ou de recursos financeiros; a ignorância humana é resultado de excesso de convencimentos e do enraizamento de opiniões equivocadas, que pela sua constante repetição se transformam em meias verdades, a outra metade sendo preenchida pela preguiça de se aprofundar nos temas e experiências. Pois bem, ainda que essa ignorância tenha sido exaltada e entronada no lugar da sabedoria, um dia qualquer, infalível, cada ser humano se vê obrigado a se confrontar com a teimosa e fiel imagem de si mesmo no espelho de sua própria alma. Nesse momento não haverá argumentação ou justificativa, apenas o silêncio gritante do “si mesmo”, da eventual coragem de viver a verdade que destaca a constante covardia do “deixar para lá”.

Labels:


Monday, October 08, 2012

 

Oscar Quiroga - 1747

 

Nada saiu como esperado


Nossa humanidade especula e faz ilações o tempo inteiro e se convence de suas opiniões, mas o Tempo, supremo mestre, sempre vence e a surpreende com resultados diferentes das previsões que sua aparente matemática invencível tinha enunciado. Diante disso, o que nossa humanidade deveria fazer? Deixar de especular? Parece-me que não, somos quem somos porque nossas mentes brincam perpetuamente o jogo de juntar pontos com linhas e se os resultados nem sempre condizem com a realidade, pior para a realidade, pois continuaremos com nossas brincadeiras. Enquanto isso for uma brincadeira, conquistaremos sabedoria, mas se quando nada sai de acordo com o esperado, nos angustiamos e enlouquecemos e aí será melhor rever tudo.

Labels:


Sunday, October 07, 2012

 

Oscar Quiroga - 1746

Nova Ordem Mundial


Vivemos tempos que promovem confusão ou, no mínimo, dificuldade para compreender o que acontece. Eis um trabalho para o discernimento, faculdade mental que anda soterrada pela preguiça, mas que é a única capaz de distinguir o conhecimento real do banal. Vivemos tempos que promovem confusão porque os mesmos conceitos são brandidos pela turma do mal, desejosa de se perpetuar no domínio das massas, tanto quanto pela turma do bem, ansiosa para estabelecer um patamar de real justiça. Pode parecer simplório dividir o mundo em bem e mal, porém, é arriscado demais insistir que isso seja uma tolice. A nova ordem mundial é o conceito que as duas turmas brandem, agora fique você com o ônus de perceber a diferença entre elas.

Labels:


Saturday, October 06, 2012

 

Oscar Quiroga - 1745

O tempo é seu


O tempo é seu, não o ceda às preocupações, não o alugue às angústias. O tempo é seu porque você é um fragmento de infinito limitado pelas circunstâncias terrestres, sendo dessas limitações que surge o próprio tempo para, mediante suas infalíveis leis cíclicas, fazer com que tudo que tenha sido limitado retorne ao infinito e além, já que enriquecido pelas experiências. O tempo é seu porque você é a alma que imagina as limitações para se divertir com os ciclos e aproveitá-los para retornar ao infinito. Você pode ter se esquecido dessa proposta e talvez não ache mais graça nem se divirta tanto quanto antes com as limitações, mas o processo é infalível, o que foi limitado se libertará. Você se libertará, por isso, divirta-se!

Labels:


Friday, October 05, 2012

 

Oscar Quiroga - 1744

A lei


A lei pressupõe a existência de uma instância superior motivada pela sua intenção e inteligência que garante o prosseguimento de um plano, promovendo ordem e felicidade para todos. A lei nunca nos é simpática porque a reconhecemos como a limitação de nossos desejos e sagrada liberdade, que nos obriga à sujeição sem compreendê-la, de onde surge o sentimento de sermos vítimas da realidade. Essa, porém, é uma visão estreita, autocentrada no umbigo de nossos desejos particulares. Quando, em vez disso, ampliamos nosso entendimento e observamos com atenção o bem comum acima do bem particular, a lei se torna protetora, assim como também, por brandi-la, nos transforma em protetores e benfeitores. O resto é tudo subversão, crime e corrupção.

Labels:


Thursday, October 04, 2012

 

Oscar Quiroga - 1743

Emoções e decepções


Entre fortes emoções e decepções prossegue o destino humano aqui na Terra. Emocionam-se os que persistem na elaboração de um cenário propício à realização de seus ideais, enquanto se decepcionam os que perpetuamente esperam que as coisas aconteçam de acordo com seus ideais, mas não se empenham na preparação do terreno. Para os que experimentam fortes emoções, este deverá ser um momento propício para tornar definitivos alguns assuntos de seus interesses. Já para os que se decepcionam sem saber muito bem a razão disso, também haverá experiências definitivas, mas certamente não tão agradáveis. Para todos, porém, a mão de um destino maior se sugere e apresenta, pois apesar de cultuarmos nosso umbigo como centro do Universo, a verdade é outra, completamente outra e infinitamente maior.

Labels:


Wednesday, October 03, 2012

 

Oscar Quiroga - 1742

Conhecerás a verdade


Conhecerás a Verdade e ela te libertará. Que conhecimento seria esse, capaz de promover tão elevado objetivo? Certamente não será o conhecimento acadêmico, cada vez mais distante da realidade por ter se posto quase que exclusivamente a serviço da ciranda produtiva, a qual, por sua vez, não respeita a singularidade dos indivíduos humanos, mas precisa deles assustados e divididos para que sirvam de engrenagens ao sistema produtivo, consumindo produtos e venerando a ciência acadêmica como a nova religião, cujos dogmas são inquestionáveis. A verdade só poderia ser conhecida por percepção direta, por experimentá-la tão íntima e visceralmente que ao seu respeito não restaria dúvida nenhuma. A verdade pode ser identificada apenas por mérito próprio.

Labels:


Tuesday, October 02, 2012

 

Mensagem de Mãe Maria


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

É chegado o tempo da verdade.

O véu da ilusão se torna cada vez mais transparente, e a verdade do que sois emerge cristalina para cada um de vós.

Não é fácil enfrentar a verdade, não é fácil reconhecer o quanto da ilusão, ofertada por vosso mundo, se agregou a vós e foi vivenciada como verdade.

É hora de rever vossos conceitos, despojar-vos de vossos preconceitos, para que seja possível a manifestação de vossa verdadeira essência.

O que sois em essência clama para se revelar no mundo que escolhestes para evoluir.

Deixai, pois, para trás a parcela de vós que não condiz com vossa essência divina.

Não é fácil dissolver dores, mágoas, ressentimentos; não é fácil reconhecer o quanto fostes cocriadores de ilusões; não é fácil enfrentar o mundo da ilusão; não é fácil assumir a responsabilidade pelo fosso que ajudastes a cavar entre vós e vossos irmãos quando agistes com egoísmo, quando alimentastes o julgamento, quando vossas atitudes não revelaram amor.  
   
Todavia, amados, é tempo de perceber a impossibilidade de seguirdes em frente carregando toda a densidade criada em vosso passado.

O passado não se dissolve por um passe de mágica, ou porque assim desejais. 

O passado é transformado à custa de vosso trabalho, o trabalho árduo de enxergar vossa realidade com os olhos do coração, para poder resgatar os espaços escuros que resultaram de vossas ações contraditórias pela ausência de amor em vossas vidas.

Transformar o passado exige responsabilidade, determinação e disciplina; exige olhar de frente vossos pensamentos, sentimentos e emoções para agir; agir em prol da transformação de tudo que acarretou limite e separação, agir para reagrupar tudo que foi separado pela vossa ação egoísta, e a de todos os vossos irmãos.

Não há tempo para alimentar culpas, não há tempo para vos focardes nas injustiças que tem envenenado vossos corações.

É tempo de assumir vossa responsabilidade por todos os eventos experenciados ao longo de vossa jornada, é tempo de esvaziar vossos corpos de toda a densidade que não vos permite viver a liberdade daqueles que já resgataram sua essência divina, é tempo de manifestar a luz de que sois partes, é tempo de ser feliz.

Ser feliz não é um estado utópico, mas uma realidade, um estado de ser disponível para todos os Filhos da Terra.

Correi, pois, atrás de vossa felicidade deixando que transborde todas as dores, todos os limites, toda a vossa negatividade; só assim podereis vos despojar de vosso passado, só assim podereis abrir espaço para que a luz se faça presente, só assim o amor poderá transbordar de vossos corações, só assim a luz será resgatada em vosso planeta.

Acelerai, pois vosso processo de purificação; buscai encarar todos os fatos, por mais dolorosos que possam ser, por mais difíceis que possam parecer; tudo pode ser transformado, amados!

O poder de mudar faz parte do vosso ser.

Sois seres dotados de livre-arbítrio, e esse dom ofertado pelo Pai para as suas criaturas vos possibilita vivenciar aquilo que quiserdes em vossa jornada.

Ousai deixar de conquistar o que é importante a vós através do sofrimento; ousai conquistar com alegria, tudo aquilo que faz parte da vossa herança divina, tudo que possa vos trazer felicidade, lembrando sempre que encarnastes para aprender a compartilhar vossas conquistas com todos os vossos irmãos e, cada ato de estender a mão vos dá de volta a luz necessária para preencherdes vossas faltas, vossas carências, vosso vazio.

Bem amados, quem estende a mão para o próximo sempre recebe da vida; nunca vos esqueçais dessa verdade.

Que vossa jornada possa ser, daqui para frente, a jornada dos justos, daqueles que sabem que a vida é feita de escolhas, e que quando deixais que vossa alma escolha, a vida sempre irá vos sorrir.

Bem amados, que vossas orações alimentem o poder de escolha de vossos irmãos, para que escolhendo a luz todos possam atingir a tão almejada ascensão.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-02/10/2012-Mensagem de Mãe Maria-18-2012 recebida por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 1741

Prazeres simples


Sempre será propício lançar mão de pequenos e simples prazeres que sirvam para promover alegria e bem-estar, pois sem isso a complexidade existencial se torna avassaladora e ninguém merece ter a alma esmagada por ela. A alegria deve ser recuperada e para isso se encontram disponíveis os pequenos e simples prazeres que cada um de nós escolhe de acordo com a inclinação e personalidade, cuidando para que o prazer particular não seja ofensivo ou ameace o bem-estar alheio. Ser bons adultos não é tanto adotar a cínica postura de rejeitar sumariamente os fugazes momentos de simplicidade, mas perceber que, talvez, haja algo muito errado na configuração do mundo, que pretende nos colocar na saia justa de nos afastarmos da alegria de viver para existir em constante preocupação e angústia.

Labels:


Monday, October 01, 2012

 

Oscar Quiroga - 1740

Humanos belos e imperfeitos


Não somos pessoas brilhantes e interessantes o tempo inteiro, nem somos sequer o tempo inteiro as pessoas que adoraríamos conhecer, nada disso! A maior parte do tempo somos pessoas comuns, esmagadas sob o peso da normalidade, da rotina, dos afazeres ordinários e pela banalidade de nossas visões e expectativas. Somos, por isso, inseguros, somos humanos, somos belos e imperfeitos. Não deveria haver novidade alguma nessas afirmações nem tampouco deveriam provocar surpresa, porém, como nos esforçamos constantemente para posar de brilhantes, interessantes e magníficos, o reconhecimento da realidade por trás dos bastidores pode soar inconveniente, tal qual essas verdades que podem ser praticadas, mas que é proibido falar delas. Porém, se não falarmos a verdade, para que termos voz?

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?