Sunday, June 30, 2013

 

Oscar Quiroga - 1997

O vasto oceano de vida



O Universo é um vasto oceano de Vida no qual circulam correntes maiores e menores desse mistério. Nós mesmos estamos no meio de um rio cuja corrente não sabemos onde começou nem como terminará, mas como somos investigadores fazemos nossas ilações a respeito do antes, do agora e do depois. A nossa curiosidade pela origem nos torna, paradoxalmente, presos a essa corrente misteriosa, e toda prisão é também uma dor. Isso é assim porque não temos como saber o que era antes ou se existe alguma coisa que poderia ser a primeira, a origem de tudo. Deuses, humanos, fantasmas, peixes, árvores, animais, todas são manifestações dessa corrente misteriosa que é a Vida, sujeitas a um momento em que a dor se torna consciente, porque percebe estar no fluxo, sendo impermanente, pois em algum momento terminará e se converterá em cinzas.

Labels:


Saturday, June 29, 2013

 

Oscar Quiroga - 1996

Verdade


Tudo pode esperar, tudo pode ser protelado, com exceção da verdade. Porém, como nossa humanidade é livre, o que implica ter à sua disposição uma margem de manobra na qual pode mental, emocional e fisicamente criar o que sua imaginação urdir, a verdade pode ser distorcida e prorrogada. Porém, como é a própria verdade o sustentáculo dessa margem de manobra que nossa humanidade chama de liberdade, em algum momento essa emergirá e se manifestará com violência proporcional ao tempo em que foi oprimida e recalcada. O que é verdade? Perguntarão muitos suspeitando não haver nada parecido, e outros tantos afirmarão que não há verdade absoluta, só relativa. Enquanto isso, verdade é que a fonte da Vida é a mesma para todos, os que duvidam, os que acreditam e os que nem sequer pensam nisso. Verdade é que tudo progride na direção de Algo Maior.

Labels:


Friday, June 28, 2013

 

Oscar Quiroga - 1995

Ser quem somos


Se você existe é porque houve anteriormente um processo criativo que trouxe você à existência. Se você é produto de criação, então você se sujeita a um processo de evolução. Se você evolui, em algum momento você sentirá a opressão desse processo e, também, se horrorizará com a perspectiva do fim; então se insurgirá contra esse destino e buscará se libertar desse. Portanto, em algum momento todos nos deparamos com que precisamos suspender a evolução e apenas ser, fluindo com o incessante Universo, nos desapegando de inícios, meios e fins. Nesse instante eterno não buscamos mais saber quem fomos em existências pregressas, porque percebemos que envolvidos com as memórias não nos sobraria tempo para existir na atual. Ser quem somos, apenas isso, levitar no Infinito. Que delícia! Que experiência sublime!

Labels:


Thursday, June 27, 2013

 

Oscar Quiroga - 1994

Avanço possível


O avanço das melhorias é possível, mas é melhor não sair por aí exigindo o imediatamente impossível, pois dessa forma se criariam adversidades desnecessárias. O avanço das melhorias é possível, porque é fundamentado na lei cósmica que protege todos os reinos, visíveis e invisíveis, na busca de progredir na direção de Algo Maior. Como no mundo humano nada é automático, essa lei cósmica parece deixar de funcionar por períodos tão longos que nossa humanidade desanima e se sente desamparada. Porém, quando, por própria escolha, se insurge contra o que a oprime, nossa humanidade faz tudo voltar a ser como deve ser. Contudo, seria ingênuo pensar que o mundo poderia ser reformado do dia para a noite, nós chegamos onde estamos pelo esforço de todas as gerações que nos antecederam, e o que fizermos será colhido pelas vindouras.

Labels:


Wednesday, June 26, 2013

 

Pesticida em Alimentos


Teste rápido detecta pesticida em alimentos [1]
Biossensor criado pela Universidade Federal de Mato Grosso usa nanotecnologia para encontrar contaminação
Aparelho foi desenvolvido para achar agrotóxico que, apesar de banido, continua a ser usado

Pensando na proteção dos trabalhadores agrícolas e nos consumidores de alimentos, um esforço conjunto da USP (Universidade de São Paulo) e da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) criou um teste rápido e portátil para detectar a presença de um pesticida (metamidofós) cujo uso foi banido no Brasil, mas que ainda é encontrado em lavouras brasileiras, sobretudo na região Centro-Oeste.

Hoje, a identificação do metamidofós depende de exames laboratoriais. Estados que não dispõem dessas estruturas precisam enviar suas amostras a outros lugares - principalmente São Paulo e Rio de Janeiro - para detectar a substância, processo que leva até dez dias.

Com o novo método, o agrotóxico é identificado em aproximadamente 30 minutos.

"A detecção clássica de pesticida requer treinamento de pessoal e uso de equipamentos complexos, além da resposta demorada. Com a utilização deste biossensor, daria para treinar o próprio produtor e os trabalhadores. É fácil de usar e ainda dá para levar no bolso", afirma Izabela Gutierrez de Arruda, autora do trabalho. 

Natural de Cáceres, no Estado de Mato Grosso, a pesquisadora diz que a realidade da agricultura em seu Estado, no qual trabalhadores rurais sofrem com a intoxicação pelo metamidofós, inspirou sua pesquisa.

As propriedades desse pesticida fazem com que ele seja prejudicial para as funções neurológicas. Além disso, também causa danos aos sistemas imune, reprodutor e endócrino.

O TRABALHO

O conjunto funciona nos moldes de um leitor de glicose usado por diabéticos.

Uma fita, que serve como reagente, é inserida no material a ser testado e, depois, colocada em um aparelho portátil.

O biossensor é uma película finíssima contendo a enzima acetilcolinesterase que, quando entra em contato com as moléculas do metamidofós, tem sua ação inibida. Isso diminui a produção de prótons, mudança que é "lida" pelo aparelho, levando à indicação dos índices de contaminação na amostra.

O dispositivo detecta o agrotóxico na água e também nos alimentos - que precisam ser liquidificados antes de passar pelo exame.

OUTROS USOS

"Com esse mesmo princípio, seria possível identificar também outros agrotóxicos das classes dos organofosforados ou carbamatos [que incluem outros produtos em uso no Brasil]", completa a pesquisadora.

Responsável por "abraçar" o projeto do IFSC (Instituto de Física de São Carlos) da USP, o professor Francisco Eduardo Gontijo Guimarães destaca o uso da tecnologia avançada, mas que cabe na palma da mão.

"O uso de nanomateriais potencializou os efeitos da enzima e acelerou o processo", explica o pesquisador.

Orientador do trabalho, Romildo Jerônimo Ramos, da Universidade Federal de Mato Grosso, diz que a pesquisa tem também um aspecto social muito importante, facilitando a identificação da contaminação dos lençóis freáticos e evitando que trabalhadores e moradores de regiões rurais sejam atingidos por seus graves efeitos.

O biossensor já foi registrado. A descoberta foi a primeira patente da Universidade Federal de Mato Grosso.

O grupo de estudo, que contou ainda com a participação do pesquisador Nirton Cristi Silva Vieira, aguarda agora investimentos para dar prosseguimento ao projeto, sobretudo vindo de empresas e indústrias. Os custos do aparelho devem ficar entre R$ 100,00 e R$ 200,00, mas podem ser reduzidos a depender da escala de produção.

Referência:
[1] Giuliana Miranda, Jornal Folha de São Paulo, Caderno Ciência+Saúde, pg. C7. 12 de junho de 2013.
( dê um duplo clique na figura para ampliá-la )

Labels: , , , , , , ,


 

Mensagem de Mãe Maria


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Mentes confusas, emoções contraditórias, ações descabidas de sentido e intensidade, eis o momentum por que passam os Filhos da Terra.

A confusão permeia a vida do ser humano, tornando o dia a dia cada vez mais repleto de preocupações.

A mente não consegue resgatar a calma que se faz necessária para mergulhar no silêncio que revela a verdade.

Todavia, amados, sem o silêncio da mente vossas almas não falam.

É preciso, pois, que possais fazer um esforço para acalmar vossos pensamentos, utilizando o poder da oração.

Orai, amados, orai com devoção, orai na certeza que vossas orações geram energia, e é essa energia gerada por vossas preces que possibilitará a cada um de vós enxergardes a verdade, e na verdade podereis renascer para vivenciar esta nova etapa evolucionária que se abre para toda a humanidade.

A compreensão do poder da oração se faz necessária neste tempo; orar é se comunicar com a Mente de Deus, orar é transformar cada palavra verbalizada em vibração com a finalidade de vos aproximar do mundo além da ilusão, para que possais reconhecer a verdadeira identidade de tudo que vos cerca, e para que possais tornar-vos próximos de vossos iguais.

A oração eleva vossa vibração, a oração possui o poder de vos fazer mergulhar em um estado de contemplação onde todas as respostas são simples, eis que verdadeiras, onde vosso caminho readquire sentido, onde vossos débitos se revelam e com eles o caminho para saldá-los, onde vossa responsabilidade não vos permite mais fingir, mentir, enganar, trair eis que a clareza do resultado de vossos pensamentos, sentimentos e ações se mostram transparentes, onde a lei de causa e efeito, que rege vosso universo e vossas vidas, é compreendida e faz total sentido em vosso viver.

É tempo de orar, a verdadeira oração, aquela que não se desculpa para fugir da responsabilidade, que não implora por se achar injustiçado, mas sim a oração que busca a verdadeira comunicação com a Mente de Deus com o intuito de resgatar a clareza e, na clareza, exercitar o livre-arbítrio, sempre buscando o bem comum, sempre corrigindo as injustiças, sempre equilibrando o dar e receber, sempre exercitando a troca justa que permite a todos tudo ter.

Não existe instrumento mais poderoso do que a verdadeira oração, para dissolver o véu da ilusão que tolda vossos olhos, embota vossas mentes, que vos faz agir egoisticamente, que alimenta a separação.

Sim, a separação; estais separados da Mente de Deus! É essa separação que vos faz mergulhar na ilusão, que vos incentiva a valorizar o exterior de pessoas e coisas, que vos incita a julgar, a espezinhar aqueles que não considerais vossos “iguais”, que vos divide em raças e nações.

É tempo de dissolver a ilusão, amados, e a vida vos oferece esse instrumento poderoso a que chamais “oração”.

Exercitai, pois, vosso poder através da oração, simples, singela, intensa, amorosa sempre com o intuito de gerar energia para reconhecer a verdade, a vossa verdade e a verdade de tudo que vos cerca, para que a ilusão se dissolva e com ela a confusão e o caos que ainda imperam em vossas vidas, e na vida de todos os habitantes do planeta azul.

O amor bate às vossas portas na forma de um sorriso, de um gesto de ternura, de um abraço fraterno, de um olhar generoso, de um estender a mão.

Acolhei, pois, essa energia amorosa, reconhecendo como a vida é simples, como a convivência pode ser gratificante, como a transparência é necessária para que a confiança seja resgatada entre os Filhos da Terra, e a herança divina finalmente possa ser partilhada entre todos.

É tempo de viver, a verdadeira vida, a vida que não cobra, mas sim compartilha, a vida que não exige do outro, mas dá, a vida plena de sentido onde os porquês foram finalmente compreendidos, e a verdadeira família novamente se reúne, fraterna, amorosa, em paz, a família que compreende e exercita o compartilhar como forma de tornar plena a sua satisfação e a satisfação de todos os seus irmãos.

Bem amados, que possais orar, a verdadeira oração, a oração que possa gerar cada vez mais energia, para que todos os vossos irmãos reencontrem o caminho da Luz.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe. 

SP-25/06/2013-Mensagem de Mãe Maria-16-2013 recebida por Jane M. Ribeiro.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 1993

Contenção


Nenhum outro ser visível dos reinos da natureza é capaz de conter seus impulsos, a não ser o humano. É uma opção muito dura, mas possível. Muito mais dura ainda neste momento, em que a insurgência da alma contra a opressão adquiriu seu momentum, porém, não é pela simples liberação da energia contida que o humano molda seu destino, mas também pelos momentos em que reconhece a necessidade de se conter, de fazer concessões e de protelar sua revolta, dando a chance de algo acontecer além da mera destruição do que pareceriam ser os obstáculos. A partir de agora, e por um tempo, a contenção é mais propícia do que a manifestação irrestrita dos impulsos, a despeito desses parecerem indômitos. Não seríamos humanos se construíssemos nossos destinos só na base dos impulsos.

Labels:


Tuesday, June 25, 2013

 

Oscar Quiroga - 1992

A familiaridade


Paradoxalmente, a dimensão que nos é familiar e na qual todos poderíamos nos confortar é aquela que através da educação familiar e institucional aprendemos a tratar como estranha, perigosa e desafiadora. Sim, aprendemos a tratar de forma familiar o que nos é próximo e individual, as relações de parentesco, o espaço privado de nossos lares, as nossas gavetas e armários, onde guardamos nossas coisas e, finalmente, nossos corpos. Enquanto isso, observamos com estranheza o espaço público, que é o que nossa humanidade tem em comum, superando em extensão o individual. É um paradoxo, pois é nessa dimensão que temos em comum que deveríamos nos confortar, tratando-a com todo o carinho necessário para proteger e cuidar dos espaços públicos, que é onde, afinal, passamos a maior parte do tempo.

Labels:


Monday, June 24, 2013

 

Oscar Quiroga - 1991

Momentos



Assim como um dia a massa popular se levanta e demonstra sua revolta, por ter suportado silenciosamente a opressão e a injustiça, a alma de cada ser humano também desperta e se insurge contra a opressão que a existência mundana provoca, eclipsando o que de melhor se poderia manifestar. É destino insuperável que tudo deva progredir na direção de Algo Maior, mas no mundo humano se podem fazer opções que restringem e distorcem esse progresso. Porém, um dia, inevitável, a insurgência acontece. No campo popular essas insurgências marcam momentos históricos e oportunidades de reformas importantes. Essas reformas seriam impossíveis se anteriormente a alma individual não tivesse experimentado a mesma insurgência e enxergado a oportunidade. Momentos históricos só acontecem pelo somatório de momentos individuais.

Labels:


Sunday, June 23, 2013

 

Oscar Quiroga - 1990

Os discípulos



O Divino ensina, instrui e presta assistência, porém, ainda assim nossa humanidade não entende nada, pois carece de mentalidade receptiva o suficiente para aceitar os sinais que a orientam. Falta à nossa humanidade empenho para fazer de si mesma uma entidade que está aqui neste planeta para investigar a Verdade, se fazer amiga dela e desse intercurso surgirem as orientações que o Divino, amorosamente, oferece perpetuamente. Nossa humanidade deu passos importantes, estiveram entre nós os Instrutores em torno dos quais foram criadas as religiões, e estamos agora no estágio mais duro e árduo, pois nos preparamos para entender o que esses Instrutores verdadeiramente têm a nos oferecer. Porém, continuamos sem enxergar o óbvio e isso continuará sendo assim até que cada um de nós faça de si mesmo um discípulo.

Labels:


Saturday, June 22, 2013

 

Oscar Quiroga - 1989

Ser humano superior


É notável o quanto nossa humanidade se esforça para ser superior aos seus semelhantes, assim como também é notável o quanto é canastra ao assim se comportar, pois pretende conquistar superioridade sendo inferior. Nunca um ser humano será superior ao outro agindo com petulância, grosseria e maldade, pode até demonstrar força e violentar a realidade, mas a cada ato dessa natureza se inferiorizará. Um ser humano só se torna superior aos seus semelhantes quando consegue superar a si mesmo, indo além de suas pretensões pessoais e, ao abdicar dessas, se importar mais com seus semelhantes do que com sua própria alma. Assim, se dispondo a prestar serviço e ajudar a quem o merecer, o ser humano supera a si mesmo e às limitações que o encegueciam, as que distorciam as conexões de sua presença com os reinos da natureza.

Labels:


Friday, June 21, 2013

 

Oscar Quiroga - 1988

O anseio de perfeição


Nossa humanidade anseia por uma vida perfeita, intimamente sabe ter direito a essa, mas no mundo atual precisa ocultar seu anseio, pois é incorreto, não seria sensato lutar pela perfeição, já que essa seria impossível e a luta resultaria em decepção e frustração, condições tratadas com esse bom senso que sugere abandonar o anseio de perfeição. A perfeição é o Divino, a devoção ao ardor interior que, sem esse, nós não seríamos quem somos, seríamos apenas o resultado do que nos ensinaram e da influência do meio ambiente. O mundo divino, perfeito e acessível, não usa a mesma pedagogia humana, pois ao invés de exercitar a memória para acumular informações, se ocupa de propiciar o desabrochar da vida interior, para que nossa humanidade aprenda por si mesma. O que aprendemos por nosso próprio esforço fica para sempre.

Labels:


Thursday, June 20, 2013

 

Oscar Quiroga - 1987

O dom da profecia

 
A verdadeira História do mundo parece ser articulada através de conquistadores, políticos sagazes, empresários e industriais de grande poder ou Impérios opulentos. Enquanto isso, a História vai sendo escrita através de detalhes e sinais mediante os quais é possível verificar o constante e perpétuo intercurso entre nosso mundo e dimensões superiores. Aqueles que com pureza de coração aspiram a participar e compreender esse intercurso invocam, sem sabê-lo, o dom da profecia, que não é privilégio de ninguém, qualquer ser humano é dotado dessa percepção e a ela tem direito. Os profetas anunciam ao mundo as revelações que o alcance de seus entendimentos consegue interpretar, em muitos casos de forma bastante confusa, misturando nas revelações o desejo de o sofrimento terminar mediante uma catástrofe planetária.

Labels:


Wednesday, June 19, 2013

 

Oscar Quiroga - 1986

Os coprotagonistas


A História não é construída com fatos, mas através de todas as causas subjetivas que moldam, sem determinar nem coagir, o urdume sobre o qual a inefável liberdade humana tece a sua trama, aí sim, através de fatos representativos dessas causas subjetivas. Tal afirmação, apesar de óbvia, já que é só observar a própria e particular existência para verificá-la, mesmo assim permanece obscura e misteriosa, pois tal qual crianças fariam, queremos enxergar o urdume cósmico ou divino, chame-o como quiser, como se fosse feito de entidades diretamente envolvidas, que impõem as suas vontades, e nós como meros apêndices cuja única glória seria a de sermos conduzidos por forças insuperáveis. Essa visão ingênua e simplista nos complica, já que afasta de nós a compreensão de nosso coprotagonismo nos eventos cósmicos da História.

Labels:


Tuesday, June 18, 2013

 

Oscar Quiroga - 1985

Empenho e inércia


Todos os seres humanos somos devidamente equipados para perceber o Divino, o grandioso mundo que dá sustentação e protege a evolução de todos os seres. Todos os seres humanos temos direito a essa percepção, porém, ela só pode ser fruto de empenho e boa vontade, não acontece de forma automática. O único que acontece de forma automática é a inércia das qualidades inerentes à matéria; por mais preguiçosos que nos tornemos em algum momento teremos vontade de algo e nos movimentaremos nessa direção e, entre as vontades caprichosas e a inclinação a nada fazer encontraremos raros momentos de harmonia, mas quase sempre sofreremos, pois nosso sofrimento decorrerá de intimamente sabermos ser melhores do que isso, mas não nos empenharmos o suficiente para perceber e vivenciar o que merece ser percebido e experimentado.

Labels:


Monday, June 17, 2013

 

Oscar Quiroga - 1984

Na história de nossa humanidade


A História oficial, que gira pragmaticamente em torno de fatos e manifestações, é apenas uma pálida e difusa cópia do imenso e abrangente desenvolvimento de um intercurso entre a vida objetiva e aquilo que a sustenta. Esse intercurso nossa humanidade só consegue aceitar e pressentir através de alegorias e mitos. Nós, os diminutos seres, percebemos o reflexo do grandioso e, ou nos convencemos, cheios de pretensão, sermos os únicos a percebê-lo, ou nos armamos de boa vontade e presença de espírito para nos abrirmos passagem e chegarmos lá, para então participar ativamente de dimensões que, por enquanto, são apenas alimento da imaginação. Do lado de lá, cientes de nossos esforços, se estendem mãos amigas a ajudar e instruir. É nesse intercurso que se desenvolve a verdadeira História de nossa humanidade.

Labels:


Sunday, June 16, 2013

 

Oscar Quiroga - 1983

Evolução


Todos os mundos progridem na direção de Algo Maior, sofisticando suas habilidades e inerentes potencialidades. Os minerais buscam a perfeição geométrica das pedras preciosas. Os vegetais veneram o Sol e transformam os minerais em beleza. Os animais transformam minerais e vegetais em força e pelo ímpeto avassalador do instinto demonstram habilidades fantásticas que se aproximam da sofisticação humana e, mediante o convívio doméstico, absorvem qualidades e veneram o humano. O humano, porém, tendo de evoluir por própria vontade e livre escolha, nem sempre honra essa veneração, muitas vezes maltratando o animal que lhe oferece toda sua reverência. Contudo, mesmo assim nossa humanidade também evolui na direção de Algo Maior, que é só uma suspeita, já que nada lhe deve ser imposto, tudo ela decide, inclusive a própria evolução.

Labels:


Friday, June 14, 2013

 

Oscar Quiroga -1982

Calendários


Nos dias em que o período de Lua Vazia acontece de manhã, a inércia faz seus efeitos contaminarem a tarde também. Isso porque a civilização, com seus calendários desconectados do Algo Maior que lhes daria sustentação, não aceita que a realidade da Vida seja misteriosa e que seria melhor instituir de forma sagrada uma organização dos afazeres tendo em vista o Algo Maior. De certa forma as religiões fazem essa tentativa, mas na atualidade apitam muito pouco, a civilização se inclinou perigosamente ao materialismo e prefere venerar a Igreja da Ciência, desconsiderando que essa tem mais perguntas do que respostas e, ainda por cima, perguntas mal formuladas, que por si mesmas conduzem a equívocos. Enquanto isso, pelo menos observar os ciclos de Lua Vazia e se abster de objetivar planos nesses já seria um refresco bom para o dia a dia.

Labels:


Thursday, June 13, 2013

 

Oscar Quiroga - 1981

Uma palavrinha


É comum que uma palavrinha bem curta, de duas letras apenas, se torne a grande culpada de todos os males, na tentativa humana de explicar a subversão de valores que se difunde na civilização. É a palavra EU, curta em extensão, porém, muito longa e complexa em significados e efeitos. Acontece que sem essa palavrinha nossa humanidade não poderia ter solução de continuidade, todo dia teria de acordar e começar novamente a vida do início, como se não tivesse havido antes nem haveria depois, sem a palavra EU seria impossível ter a consciência de que as coisas continuam, que tudo se concatena e, em última instância, graças a essa palavra compreendemos a infinita conexão de átomos e galáxias. Ao mesmo tempo, se a palavra EU estaciona em si mesma se apropriando das conexões, detém o processo de ampliação, envenena todas as conexões.

Labels:


Wednesday, June 12, 2013

 

Oscar Quiroga - 1980

O problema


Avança uma posição, a seguir retrocede duas. Eis um tempo desafiador! O mundo que supostamente deveria ser o baluarte de uma estrutura consolidada, apta a dar sustentação e proteger os seres humanos para que progridam e tenham condições de experimentar bem-estar, esse mundo está de pernas para o ar, de ponta-cabeça. Porém, está aí, ocupando espaço e tempo e pela desordem que viceja em seus labirintos consome os recursos materiais e ideais que deveriam ser canalizados em nome da construção de uma sociedade justa. O resultado disso, que se alastra ao longo de décadas, é a invenção de uma cultura em que a cobiça passou a ser a justificativa de todas as violências, um retrocesso ao tempo em que a vida humana era mero obstáculo a ser destruído em nome da satisfação da cobiça. Eis o problema que temos de resolver.

Labels:


Tuesday, June 11, 2013

 

Mensagem de Mãe Maria


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

A dor do que considerais “perda” se acentua neste tempo de transição.

Lembranças do passado retornam, dúvidas se acentuam, tristezas são revividas com tal intensidade que parecem a vós estarem acontecendo novamente.

Mágoas, incertezas, dores retornam gerando muita confusão em vossas vidas.

No que acreditar, como liberar um passado que teima sempre em voltar?

Ouvindo vossos corações, amados!

Ele vos fala diuturnamente, mas é preciso que possais exercitar o silêncio e o não julgamento para que possais ouvi-lo, sem nenhuma interferência de vossos egos.

Vossos egos geram confusão, vossos egos vos fazem acreditar na impossibilidade de serdes livres e felizes, vossos egos incutem em vossas mentes a falsa verdade de que sois seres impotentes perante a vida, e que nada podeis fazer para alterar vossa realidade, vossos egos vos limitam, vos mergulham na inércia e no pessimismo, vossos egos alimentam vossa ignorância quanto à verdade suprema de que sois Seres de Luz.

Lutai, pois, contra a supremacia de vossos egos, amados, lutai com afinco, colocando vossa consciência em tudo que expressais, relembrando a cada passo que sois Filho do Criador e que tudo podeis, deixando de cultuar o passado que não pode voltar, olhando para todos os eventos que ainda vos causam dor e sofrimento como mais uma ferramenta que vos permitiu chegar onde estais, prontos para uma nova etapa em vossas evoluções, certos da vitória da luz sobre a escuridão, conscientes de vossas responsabilidades perante o todo, crédulos no poder de tudo ser e tudo ter.

Não vos deixeis abater pelo desanimo quando vos confrontardes com momentos difíceis; buscai aceitá-los como um estímulo, para seguirdes em frente, buscai compreender o porquê desses eventos, sem nunca vos entregar, sem nunca esmorecer, sem nunca alimentar a falsa verdade de que sois vítimas de algo externo a vós, de algo que não podeis controlar, que independe do vosso querer.

Não, amados! Tudo depende de vós, tudo foi criado por vós, por vossas atitudes do passado, por vosso desconhecimento do propósito que vos fez encarnar nesse mundo onde impera a ilusão.

Sim, ilusão! 

Hoje sabeis que vossa mente cria vossa realidade, que sois dono de vosso destino, que ser feliz ou não só depende do vosso querer, o querer que precisa vir acompanhado das atitudes que possibilitem as mudanças necessárias em vossas vidas, para que a abundância de tudo que precisais rompa as portas que se fecharam num passado distante por vossa própria escolha e consentimento.

Sim, amados!

Fechastes as portas da plenitude para que pudesses merecê-la em decorrência de vossos atos.

Atos conscientes, atos imbuídos de gratidão, atos espontâneos na ajuda ao próximo, atos amorosos revestidos da compreensão de que a vida sempre preenche vossas necessidades quando cuidais das necessidades dos outros; é com este pensamento e esta atitude que podereis mudar vossa realidade, que podereis transformar vossos passados, que podereis perdoar e serdes perdoados.

O perdão liberta, o perdão tem a capacidade de ajudar-vos a concluir todas as pendências de vossos passados próximo ou distante.

O novo tempo não admite a ilusão. 

Resgatar a vossa verdade se faz premente para que possais transformar todos os eventos do passado que não foram vivenciados com amor.

Na Casa do Pai só adentra aquele que não carrega nada além do amor.

O Pai vos chama, o Pai reclama por vossas presenças, o Pai vos oferece todas as ferramentas para ajudar-vos a por um fim à dor, escassez e ao limite.

Não desperdiceis, pois, as ofertas generosas de vosso Pai. Recebei-as com amor e utilizai-as com consciência e discernimento, para que a vida se torne mais e mais leve, os desafios menos frequentes, e o dia a dia mais pleno de luz.

Bem amados, que vossas orações levem amor e compreensão a todos os vossos irmãos, para que a falsa realidade em que muitos ainda estão mergulhados dê lugar à verdade divina que revela o caminho para a comunhão com Deus-Pai-Mãe.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-10/06/2013-Mensagem de Mãe Maria-15-2013 recebida por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

O Suicídio


O suicídio é uma das primeiras causas de morte em homens jovens nos países desenvolvidos e emergentes. Mata, em média, 26 brasileiros por dia [1]. E ninguém gosta de falar sobre esse assunto.

No Brasil, a taxa de suicídio entre adolescentes e jovens aumentou pelo menos 30% nos últimos 25 anos. O crescimento é maior do que o da média da população, segundo o psiquiatra José Manoel Bertolote, autor do livro "O Suicídio e sua Prevenção".

Essa curva ascendente no nosso país vai contra a tendência observada em países da Europa Ocidental, nos Estados Unidos, na China e na Austrália. Nesses lugares, o número de jovens suicidas vem caindo, ao contrário do que acontece no Brasil, aponta um estudo da University College London publicado no periódico "Lancet" no ano passado.

"Na década de 1990, a taxa de suicídios aumentava em todos os países do mundo, e a OMS [Organização Mundial da Saúde] lançou um programa de prevenção. Os países que fizeram campanhas de esclarecimento conseguiram baixar os números", diz o psiquiatra Neury Botega, da Unicamp.

No Brasil o tema é tabu até para os profissionais de saúde. Nos registros da Datasus [Banco de dados do Sistema Único de Saúde], o suicídio aparece como "mortes por lesões autoprovocadas voluntariamente". Um longo eufemismo, segundo Botega. Evita-se a palavra, mas o problema se perpetua.

A taxa de suicídios cresce por uma conjugação de fatores. "A sociedade está cada vez menos solidária, o jovem não tem mais uma rede de apoio. Além disso, está desiludido em relação aos ideais que outras gerações tiveram", diz Neury.

Há ainda uma pressão social para ser feliz, principalmente nas redes sociais. "Todo mundo tem que se sentir ótimo. A obrigação de ser feliz gera tensão no jovem", diz Robert Gellert Paris, diretor da Associação pela Saúde Emocional de Crianças e conselheiro do CVV (Centro de Valorização da Vida).

A troca de informações sobre o suicídio pode evitar muitos casos: de acordo com a OMS, dá para prevenir 90% das mortes, se houver condições para oferta da ajuda.

Quem pensa em suicídio está passando por um sofrimento psicológico e não vê como sair disso. Mas não significa que queira morrer.

"O sentimento é ambivalente: a pessoa quer se livrar da dor, mas quer viver. Por dentro, vira uma panela de pressão. Se ela puder falar e ser ouvida, além de diminuir a pressão interna,, passa a se entender melhor", diz Paris.

O CVV oferece apoio 24 horas pelo telefone 141 e pelo site www.cvv.org.br.

Já observei pessoalmente que há uma tendência de aumento de suicídios em regiões frias. Durante muitos anos, a Suécia foi a campeã mundial de suicídios. Quando morei nos EUA (no norte do estado de New York), na década de 1970, os casos de suicídios costumavam ocorrer durante o longo inverno (com muita neve) nessa região. Atualmente, vemos que no ranking mundial [1] os países com mais suicídios são países com invernos muito frios. Inclusive no Brasil, verificamos no mapa [1] que a maior incidência de suicídios ocorre na região sul, a mais fria do país.

Referência:
[1] Iara Biderman, Vontade de Morrer, Caderno Equilíbrio, Jornal Folha de S. Paulo, pg. C8, 11 de junho de 2013. 


Read more »

Labels:


 

Oscar Quiroga - 1979

Afirmações


Agora umas afirmações um pouco duras, mas que depois de digeridas são libertadoras. Tua sensação de desamparo é exagerada, apesar de justa. É justa porque existes num mundo que subverteu princípios sem os quais nada dá certo, tua consciência o registra, se desespera e parte para a sensação de desamparo, como se tivesse sido abandonada. Contudo, essa sensação é exagerada, porque é autorreferida, tua consciência se agarra a ela como se fosse um travesseiro quentinho ou o corpo do amante, paradoxalmente busca amparo na própria sensação de desamparo, como se fosse seu último refúgio. O exagero é egoísta, pois a força concentrada nessa é a mesma que, revertida por obra da vontade, faria você observar a beleza da natureza, do céu e do olhar de quem cuida de você.

Labels:


Monday, June 10, 2013

 

Oscar Quiroga - 1978

Os instrutores


Nossa humanidade é nossa humanidade porque opera com uma margem de manobra que chama de livre-arbítrio, seu regozijo e seu tormento. É seu regozijo porque disponibiliza a perspectiva de ir além das condições e circunstâncias dadas. É seu tormento porque o livre-arbítrio seria impossível sem sofrer com dilemas e dúvidas. Essa margem de manobra, porém, não é ilimitada, porque nossa humanidade não é o único reino da natureza e o Universo funciona de acordo com a Lei de que todos os mundos progridem sempre na direção de Algo Maior. Se nossa humanidade, através do livre-arbítrio, distorce essa Lei a ponto de danificar o progresso dos outros reinos ou de entidades de seu próprio reino, então os mundos superiores a nós intervêm, sacrificando a si mesmos de puro amorosos que são, caminhando entre nós na forma de Instrutores.

Labels:


Sunday, June 09, 2013

 

Oscar Quiroga - 1977

As atitudes


O dia é todo seu e você é do Universo, que é maior que você, é a dimensão na qual sua existência acontece e você experimenta ser. Dimensionar hierarquicamente as experiências promove a reverência ao que é maior e o senso de responsabilidade a respeito do que for menor do que sua presença. As duas atitudes são auspiciosas, pois, tanto o venerar e render culto ao que for superior a você quanto se responsabilizar e proteger as vidas que forem menos abrangentes que você representam a irradiação da melhor influência que seu ser poderia emitir. Nossa humanidade anda embotada e ensimesmada demais, se acha o máximo e, por isso, não venera o superior, assim como também evita se responsabilizar pelo inferior, considerando que não tem nada com isso. As duas atitudes são nocivas e complicam tudo.

Labels:


Saturday, June 08, 2013

 

A Doença Celíaca - 2


A doença celíaca é uma intolerância permanente ao glúten, uma proteína que está contida nos seguintes tipos de cereais: trigo, centeio, cevada, malte (subproduto da cevada), aveia e espelta, também conhecida como trigo ancestral ou trigo rústico.

Se forem ingeridos cereais ou alimentos que contenham glúten, ocorre uma inflamação do intestino, as vilosidades intestinais atrofiam e a mucosa do intestino delgado é danificada. Por isso, os nutrientes dos alimentos como proteínas, carboidratos, vitaminas, minerais e gordura não podem ser absorvidos adequadamente pelo organismo ou são apenas absorvidos parcialmente.

Diferentes sintomas podem sinalizar a doença celíaca. Os sintomas típicos (clássicos) são: diarreia, perda de peso e de força, abdômen inchado, dor abdominal, náuseas e distúrbios em nível de crescimento, especialmente em crianças.

Em adultos, os sintomas são agravados fora da área intestinal: debilidade, fadiga, anemia, osteoporose, deficiências vitamínicas e minerais e intolerância à lactose.

Existem ainda outros sintomas - chamados de atípicos - que podem indicar para a doença celíaca, tais quais osteoporose, dor nas juntas ou inflamação das juntas (artrite), intestino preso, dentre outros. Porém, somente um especialista pode confirmar a existência da doença.

A doença celíaca é mais comum do que se suspeita, atingindo até 1% da população. Para cada doente celíaco diagnosticado na Europa, existem entre 7 e 10 pessoas não diagnosticadas. A doença celíaca ocorre em qualquer idade.

A doença celíaca pode se detectada por determinação de anticorpos específicos no sangue. Para obter a confirmação do diagnóstico, é necessário realizar uma biópsia do intestino delgado.

Importante: não se deve iniciar a dieta sem glúten antes da confirmação do diagnóstico de doença celíaca, pois isso afeta o resultado dos exames.

A única terapia atualmente possível é uma alimentação rigorosa isenta de glúten para toda a vida. Os doentes ficam rapidamente assintomáticos se a alimentação sem glúten for cumprida de modo persistente.

Na natureza, muitos alimentos não contêm glúten, como carne, peixe, ovos, frutas, verduras e legumes, arroz, milho e batata.

Há também comercialmente uma vasta seleção de produtos preparados sem glúten, tais como farinhas, pães, massas e biscoitos.

No Brasil, de acordo com a legislação atual, todos os alimentos comercializados devem apresentar a informação "contém glútem" ou "não contém glúten" nas embalagens. Consulte os rótulos de todos os produtos que for consumir.

Como regra geral, leia sempre a embalagem e a lista de ingredientes: por vezes, o glúten está escondido em muitos alimentos como caldos para cozinhar, sopas e até chocolates (que às vezes contém cereais). A cerveja, obviamente, contém glúten e, portanto, deve ser evitada...

No Brasil, o celíaco conta com a FENACELBRA - Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil - com sede em São Paulo e representação em vários estados, nas cinco regiões do país. Saiba mais em www.doencaceliaca.com.br

Labels: , , , , , , ,


 

Atividade Física e Câncer


Atividade física protege homens do câncer [1]

Chegar aos 50 anos com bom condicionamento cardiovascular é mais importante do que estar magro, diz estudo

Pesquisa seguiu 17 mil homens por 20 anos e avaliou incidência de tumores de próstata, pulmão e intestino


Uma pesquisa com mais de 17 mil homens nos EUA aponta que um alto nível de condicionamento cardiovascular reduz o risco de desenvolver câncer e morrer dessa doença.

O benefício independe do IMC (Índice de Massa Corporal), isto é, um homem magro que não se exercite tem um risco maior de ter câncer do que uma pessoa acima do peso que faça atividades físicas, de acordo com o trabalho apresentado no encontro anual da Asco (Sociedade Americana de Oncologia Clínica), em Chicago.

Os resultados também levaram em conta fatores que poderiam distorcer os dados, como tabagismo e idade.

Os participantes da pesquisa fizeram um teste de esforço na esteira por volta dos 50 anos. Os pesquisadores, liderados por Susan Lakoski, da Universidade de Vermont (EUA), seguiram os voluntários por cerca de 20 anos para ver quem desenvolvia câncer colorretal, de pulmão e próstata. Nesse período, 2.885 homens receberam o diagnóstico desses tumores e 347 morreram da doença.

Os participantes "em forma" apresentaram risco 68% menor de ter câncer de pulmão e 38% menor de tumor colorretal em relação aos mais sedentários. Não houve diferença para a doença na próstata. Entre os que tiveram tumores, o bom condicionamento físico foi ligado a um risco menor de morte.

Fábio Kater, oncologista do Hospital 9 de Julho, afirma que já se tinha uma ideia de que o exercício poderia ter esse efeito protetor, como no caso do câncer de mama.

"A nova pesquisa tem um peso grande pelo tamanho da amostra e tempo de seguimento. Mudanças no estilo de vida podem ter um grande impacto a longo prazo".

Ainda é preciso investigar as razões por trás dessa ligação. A oncologista Veridiana Pires de Camargo, do Hospital Sírio-Libanês, diz que algumas explicações possíveis são a redução da inflamação, a melhora da imunidade e a liberação de endorfinas por causa dos exercícios.


Referência:
[1] Mariana Versolato, Caderno Saúde+Ciência, Jornal Folha de S. Paulo, pg. C7, 3 de junho de 2013.

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 1976

O portal


Diante do portal que conduz a uma nova civilização, nossa humanidade hesita e ricocheteia nas colunas que o sustentam, numa delas regozijando-se e congratulando-se com todas suas conquistas e avanços, na outra cheia de condolências pelas atrocidades cometidas. As duas colunas são unidas por um arco no qual estão inscritos mistérios que, por enquanto, nem os humanos mais inteligentes conseguem decifrar, porém, sem fazê-lo a perspectiva de uma nova e melhor civilização não vai adiante, fica empacada no constante ricochetear entre as congratulações e as condolências. Nossa humanidade conhece bem a oscilação e conflitos provocados pelas diferenças marcantes da composição de seu reino, porém, ainda desconhece o artifício que resulta na harmonia, na melhor convivência possível de todas as diferenças.

Labels:


Friday, June 07, 2013

 

Oscar Quiroga - 1975

Convivência


Você é quem você é na mesma medida em que permitir que o ardor interior se expresse, independentemente de esse ser adequado ou não. Você não é quem você é quando precisa recalcar esse ardor, esse ímpeto interior. Há, no entanto, um equilíbrio necessário, pois acima de cada um de nós expandir-se no ímpeto do ardor interior está a boa convivência de todos com todos, e nessa dimensão adquire relevância o sacrifício de, em vários momentos, nós termos de nos abster de sermos quem somos. Seria egoísmo selvagem impor ao mundo nossos ímpetos, desconsiderando que precisa haver espaço e tempo para todos. A convivência humana não é pautada pela competição instintiva dos animais nem sequer pela razão. A convivência humana é pautada pelo Divino, que a todos sustenta em Vida Eterna.

Labels:


Thursday, June 06, 2013

 

Oscar Quiroga - 1974

Lua vazia III

Data estelar: Lua será Vazia em Touro o dia inteiro

A despreocupação é uma arte que, sem exercitá-la, nossa humanidade se torna mal-humorada, irritável e propensa a cometer estupidezes. Que a vida seja uma dimensão complexa e que continuamente nós tenhamos de nos readaptar para administrá-la da melhor maneira possível, a ninguém deve restar dúvida alguma a esse respeito. Essa condição não é privilégio nem castigo exclusivo de ninguém, é um fato da Vida e, por isso, melhor aceitá-lo e lidar com esse da melhor forma possível. Porém, isso não significa que devamos existir em constante preocupação, sobrecarregados com o peso de nossas angústias. Os planetas cumprem suas órbitas levitando no Infinito com graça, como a dança dos hipopótamos no filme Fantasia de Walt Disney. Em épocas de Lua Vazia nós também podemos desempenhar nossas funções com graça, leveza e despreocupação.

Labels:


Wednesday, June 05, 2013

 

Oscar Quiroga - 1973

Lua vazia II

Data estelar: Lua será Vazia a partir das 10h26 de hoje e até 0h33 de sexta-feira

Toda nossa educação e treinamento mental e emocional consiste primordialmente em nos concentrarmos na atividade objetiva, deixando a percepção subjetiva num lusco-fusco de valor duvidoso, como se fosse uma experiência desprezível. Assim acontece que nos momentos em que as conexões cósmicas entre o reino humano e realidades mais abrangentes propiciam o recolhimento subjetivo, nossa humanidade passa, na sua maior parte, a fazer a dança da barata tonta, que seria divertida, não fosse violenta também. Nós temos agora dois dias inteiros para não apenas testemunhar isso, como também exercitar o desapego e a despreocupação, de modo a aproveitar bem este momento. Quando as coisas começarem a dar errado ou diferente de suas expectativas, se despreocupe e nada além.

Labels:


Tuesday, June 04, 2013

 

Oscar Quiroga -1972

Lua vazia I

Data estelar: Lua será vazia até 12h55, quando ingressa em Touro

Durante o período observado acima procure levar a sério sua falta de vontade de repetir exaustivamente a mesma rotina, pois esse será um tempo fora do tempo mecânico de todos os dias, a oportunidade de você reservar um pouco dessa misteriosa dimensão, que é o tempo, para renovar seus votos com a Vida maior que anima sua existência. Talvez porque as religiões oficiais não dão sustentação às suas indagações sobre o Divino, talvez porque ficou fora de moda venerar o Divino ou talvez porque a Igreja suprema dos dias de hoje seja a ciência, fato é que a falta de veneração cotidiana ao Divino não melhorou nossa humanidade e, pelo contrário, acentuou o desespero silencioso. Enquanto a Lua for vazia, tente reativar a veneração ao Divino, ensaiando uma prece ou apenas a despreocupação. Depois disso, retome a atividade "normal".

Labels:


Monday, June 03, 2013

 

Oscar Quiroga - 1971

Poetas


De médico e de louco todo mundo tem um pouco, mas e de poeta? Será que todo mundo tem um pouco? Certamente sim, pois como resultado de nossas investigações a respeito da vida, da verdade e dos impulsos que justificam nossas vitórias e também as encrencas em que nos metemos, todos, sem exceção, diferenciando-nos apenas na frequência com que os experimentamos, acabamos tentando descrever o mistério da vida de acordo com o alcance de nosso entendimento. Nesses momentos sublimes levitamos acima dos conflitos racionais mediante os quais pareceria que as explicações de uns deveriam prevalecer sobre as dos outros, quando na verdade se referem ao mesmo assunto e são parciais, seu potencial sublime consiste em que, juntas, fariam o sentido que separadas não conseguem.

Labels:


Sunday, June 02, 2013

 

Mensagem de Mãe Maria


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Neste ano de transição, muitas mudanças ainda acontecerão em vosso planeta e em vossas vidas.

Abri, pois, vossas mentes, amados, para reconhecer o que precisa ser alterado neste momento de vossas evoluções, dando vazão à nova consciência que emerge das profundezas de vosso ser, para que possais manifestar uma nova realidade na Mãe Terra.

Vossas mentes cada vez mais precisam se sobrepor aos vossos egos, gerando um novo estado de ser que precisa se refletir nas ações de vossos dia a dia.

A realidade ilusória que paira ainda em vosso planeta é o resultado de vossas criações equivocadas.

Aceitastes a dor e o sofrimento como um componente natural de vossas vidas e, assim criastes dor e sofrimento.

É tempo de limpar essa falsa realidade, limpando vossos pensamentos, purificando vossos corpos, deixando emergir toda a carga emocional que carregais como resultado de vossas criações, reavaliando tudo aquilo que sempre considerastes como verdade, questionando todos os vossos preconceitos, vossos valores, vossas prioridades.

É tempo de por um ponto final ao mar de ilusões que sustentam vossa realidade.

Só assim vossa realidade se transformará, só assim podereis auxiliar vosso planeta a se despojar do lixo acumulado em suas entranhas em decorrência dos pensamentos e sentimentos da humanidade, só assim abrireis caminho para vos reintegrar a tudo que tem vida, caminhando e atuando segundo os impulsos de vossos corações, devotando vossas energias para cocriar o verdadeiro paraíso na Mãe Terra.

Bem amados, deixai o amor fluir de vossos corações, para que vosso planeta e seus filhos sejam inundados por essa virtude divina, para que todas as mentes despertem do sono prolongado que só fez reforçar tantos desatinos em vosso planeta, que gerou guerras, que alimentou ilusões, que deu vazão à manifestação da vaidade, do egoísmo, da indiferença.

É tempo de vitória, é tempo de redenção.

Vossas almas finalmente recuperaram o espaço sagrado em vossos corpos físicos, santuários que só podem abrigar as virtudes do Pai, eis que o Pai vos fez seres humanos, o Pai vos dotou do poder de escolha para que pudésseis tornar realidade o amor manifestado, o amor compartilhado, o amor que reintegra os Filhos da Luz em um único corpo, coeso, onde cada uma de suas partes age sempre em benefício do bem comum.

A vitória só é certa para aqueles de vós que ousarem fazer do amor a mola propulsora de vossas realidades, seguindo em frente alimentados pela certeza de que a vida é um dom divino que precisa ser vivenciado em total plenitude, para que a unidade impere soberana e a paz seja alimentada pelas atitudes amorosas de todos vós.

Bem amados, que a força infinita e o poder ilimitado da oração continue sendo o instrumento utilizado por todos vós, mais e mais intensamente, para que a energia de amor e luz por elas geradas alimentem vosso amado planeta e todos os seus habitantes.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.  

SP-28/05/2013-Mensagem de Mãe Maria-14-2013 recebida por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 1970

Teus medos


Enxerga corajosamente todos teus medos, teus velhos conhecidos, os mais fiéis companheiros do caminho, aqueles que te forneceram péssimos conselhos. Agora é o momento de você lhes passar um sermão, de colocá-los em seu devido lugar, de confrontá-los com as péssimas escolhas que induziram, deixa claro aos teus medos que você reconhece seu poder, mas que a partir de agora está decidido que não sucumbirás mais ao seu encanto sinistro e perverso, teus medos não têm mais poder sobre ti. Então, teus medos te olharão com tristeza, como quando se perde um amigo querido, alguém sem o qual a vida ficará vazia. Nesse vazio existencial você construirá uma vida renovada, você encontrará a oportunidade de refazer teus personagens sobre uma base mais realista porque, convenhamos, os medos são inteligentes, mas viajam na maionese.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?