Saturday, August 31, 2013

 

Oscar Quiroga - 2049

Só barulho


O temor que você sente pela ruína possível não se validará como profecia, é apenas o boicote que sua própria mente faz consigo mesma, brincando de esconde-esconde. Os maus augúrios, quanto constatada sua falibilidade, fogem com o rabo entre as pernas guinchando de vergonha, mas a mente presunçosa finge que não é com ela, que essa seria uma cena de um filme que ela assiste sem identificar-se, como se fosse coisa alheia. E o poder mental como é que fica? Reclama ainda indignada a mente! Fica que enquanto você ficar só pensando em que o poder da mente é capaz disso ou daquilo a vida continuará passando, inexorável, e as realizações que você poderia ter conquistado ficaram todas no universo das potencialidades. Nem seus mais lindos sonhos nem os assustadores pesadelos, nada, só o barulho tagarela da mente!

Labels:


Thursday, August 29, 2013

 

Oscar Quiroga - 2048

Os assaltantes


Suprima de sua mente as ideias que conduzirem sua alma a um estado de preocupação. Poderia você fazer isso? Com certeza! Sua alma é capacitada a tomar decisões e dentre todas as possíveis está também a de pensar o que tiver vontade de pensar. Você não faria isso por amor-próprio? Suprimir de sua mente o que for nocivo, o que provocar estados de ânimo distorcidos? Que vício sórdido conduziria alguém a se agarrar a esses estados como se fossem um cobertor seco e quentinho numa noite chuvosa? E se você se pegar pensando o que não quer agora mesmo, se pensamentos idiotas tiverem se esgueirado dentro de você embaixo do seu nariz, que vai fazer? Permitir que se acomodem dentro de sua casa? Você trataria bem os assaltantes que vieram roubar suas preciosidades? Você os deixaria à vontade para que ficassem mais tempo?

Labels:


Wednesday, August 28, 2013

 

Oscar Quiroga - 2047

A mente


Como um armário cheio de roupas que o dono nunca usou nem vai usar, a mente está farta de si, atolada de ideias que achou valiosas e que a elas se apegou como se fossem um tesouro, mas que nunca colocou em prática. De boas intenções nunca praticadas é pavimentado o caminho do inferno, todo mundo sabe disso. Porém, entre saber e colocar em prática a sabedoria há apenas uma decisão, uma parte da mente mais próxima do Ser que raramente nossa humanidade usa, preferindo em seu lugar se deixar levar pela força das circunstâncias. Envergonhada de si mesma por ser menos do que poderia, nossa humanidade costuma reagir indignada a essa constatação, que recebe como acusação. Porém, se as verdades não puderem ser ditas, em que mundo viveríamos?

Labels:


Monday, August 26, 2013

 

Mensagem de Mãe Maria - 22/2013


Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

A fonte do amor reside na paciência infinita que precisais despertar em vós.

A paciência gera equilíbrio, e o equilíbrio faz acordar vossa visão, expandindo vossa compreensão e alimentando vosso poder de compartilhar.

Quem compartilha age com desprendimento, sem se importar com resultados, sabendo que a semente do amor sempre pode ser plantada, não importa onde, não importa como, mesmo quando inserida em um “não”. 

Sim, amados, um “não” pode estar preenchido do mais sublime amor.

Amar não significa sempre dizer sim, sempre estar disponível; amar é um estado de ser que revela a consciência do Criador, e o Criador ama sempre, mesmo quando esse amor se manifesta através de desafios ou de aparentes perdas.

Lembrai-vos que estais encarnados e vivenciais vossas experiências no mundo da ilusão, e o mundo da ilusão está ainda revestido de múltiplas camadas de densidade que não vos permitem enxergar a verdade contida na lei de Deus-Pai-Mãe que rege causa e efeito.

Causa e efeito vos traz a compreensão de que inexiste injustiça no mundo da terceira dimensão.

O que vos faz crer na injustiça é o desconhecimento de todos os atos que praticastes ao longo de vossa jornada, e que mostram seus efeitos na vida do dia a dia.

A justiça divina sempre está presente em vossas vidas e na vida de vosso planeta.

É preciso ir além do mundo da ilusão para compreender o propósito de tudo que permeia vossa existência, e compreendendo que o vosso passado é responsável por vosso presente é possível sim expressar só amor, em todos os atos, em todas as ações. 

O mundo precisa de amor, eis que só o amor dissipa a ilusão da separação revelando a beleza das diferenças que completam os iguais. 

Essa é a magia de vosso mundo, onde os iguais se manifestam sob múltiplas faces, revelando múltiplos povos, múltiplas nações, múltiplas linguagens, múltiplas religiões. 

 É preciso, pois que o ser humano reconheça essa verdade, de que todos são iguais, e que o amor é a linguagem a ser resgatada para manifestar essa verdade.

Sem amor o ser humano só reconhece falsas diferenças, sem amor o ser humano continua  alimentando o ódio e a separação, sem amor a paz é uma utopia, sem amor sempre haverá desigualdade, sem amor a plenitude que precisa ser vivenciada por todos continuará a ser apenas um sonho, sem amor vosso planeta continuará a ser o mundo dos desiguais.

Propagai, pois, o amor no mundo, amados, exercitando a paciência, revelando compreensão, alimentando a igualdade, o discernimento e a clareza, para que a vida resgate seu verdadeiro sentido, e para que os desafios não mais sejam considerados castigos, mas sim bênçãos que vos permitem quitar débitos passados resgatando, paulatinamente, a liberdade que vos permite escolher conscientemente, o caminho a seguir.

Amados, aproveitai este momentum quando todas as portas estão abertas, para buscar deixar emergir o verdadeiro amor, o amor divino, o amor que não reconhece fronteiras, o amor que se revela em todas as circunstâncias da vida, não importa onde, não importa como, não importa com quem e por que.

Assim vosso mundo será inundado com a essência crística que tudo provê, e vós, e todos os vossos irmãos, finalmente vivenciarão a plenitude que permeia a nova Idade do Ouro na Mãe Terra. 

Bem amados, que vossas orações emanem sempre a frequência de luz do amor incondicional, para que vossos irmãos possam clarear suas mentes e corações e reencontrem o caminho da luz.

Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos com o meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

 Fr – Mensagem de Mãe Maria-22-2013 recebida por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 2046

Mentiras e verdade


Sua mente tagarela argumenta que o que você fez não é bem o que você fez, pois a intenção era outra e tal e tal e tal. Sua mente tagarela não se detém sequer por um instante, como se por acaso o barulho pudesse modificar a clara reflexão do espelho da realidade. Dizem que sustentar com firmeza uma mentira por tempo suficiente a transformaria em verdade, mas como todas as mentiras, essa também é outra delas. Quando o tempo começa a cavar seus sulcos nada resiste e a primeira a morrer é a mentira, carente de sustentação. Verdade é o que vive em seu coração e também em todos os outros, porque para a vida que vive não há distinção entre um coração e outro, só prefere as mentes que comungam com a realidade e que através de seus olhos se manifesta o poder que vê. Você ainda é o poder de ver, mas você quer ser o poder que vê.

Labels:


Sunday, August 25, 2013

 

Oscar Quiroga - 2045

Divino dinheiro



O Divino é aquilo ao qual nossa humanidade se entrega sem reservas nem questionamentos, porque o reconhece maior, a toda poderosa energia que permeia o Universo, a chave que abre as portas. Infelizmente, nos tempos modernos e talvez por obra de equivocadas razões que os supostos guardiões do Divino pregaram ao longo de séculos, nossa humanidade chegou até aqui descrente no Divino. Porém, não perdeu a capacidade de se entregar a Algo Maior, apenas concentrou essa inerente perspectiva em outro alvo. Hoje em dia é o Dinheiro o que está entronado no lugar do Divino, nossa humanidade se tornou questionadora de tudo, inclusive do próprio Divino como uma instância real, mas nunca se atreve a questionar o Dinheiro, esse lhe serve muito bem entronado no altar, nossa humanidade o venera e por ele se sacrifica.

Labels:


Saturday, August 24, 2013

 

Oscar Quiroga - 2044

Busca de prazer


A busca de prazer nem sempre dá o resultado esperado e, em alguns casos, termina mal, vide o caso de doenças sexualmente transmissíveis, que só se transmitem por negligência. A busca de prazer é essencialmente motivada por algo que é nobre, uma perspectiva de entrega, de confiança plena que não é normalmente experimentada no dia a dia. Uma atitude nobre e elevada, que pela sua própria merece ser concentrada num objetivo da mesma altura. Considere o seguinte, se todo seu regozijo se concentra em práticas objetivas e concretas, você deixou de perceber outras perspectivas, que são as abstratas. Uma boa leitura provoca regozijo, ouvir música também, assistir a um espetáculo teatral, enfim, fornecer nutrientes à alma resulta em prazeres que podem ser compartilhados e que enriquecem a todos.

Labels:


Friday, August 23, 2013

 

Oscar Quiroga - 2043

Necessidades abstratas


Nossa humanidade há de venerar a natureza como um filho bom venera sua mãe, mas é contraproducente imaginar que nós só seríamos felizes se voltássemos a existir como nossos remotos ancestrais. Nossa humanidade é da natureza, mas também é feita de outras forças além das planetárias e, por isso, há algo mais disponível na consciência, um traço de criatividade que a natureza não possui, dado ela seguir um movimento inexorável e automático. Em nós a criatividade não se manifesta automaticamente, ela precisa ser invocada diante de necessidades que a natureza não supriria. A natureza não oferece violinos em árvores, é nossa humanidade que utiliza os recursos para construir, porque nós precisamos suprir necessidades abstratas, de beleza, de harmonia, de algo que por aqui não está.

Labels:


Thursday, August 22, 2013

 

Oscar Quiroga - 2042

Criatividade

A história de nossa humanidade é também a história da criatividade e, pela força da dialética, da resistência exercida em oposição a essa, a qual não deixa de ser uma espécie de avesso da criatividade, o lado escuro da força. Nós, humanos, somos inventores, onde estivermos, sob circunstâncias que nos oprimirem ou facilitarem, sempre encontraremos uma forma de não nos ater às forças do Universo, mas tentaremos aproveitá-las para conduzi-las a destinos que de outra forma não se revelariam por si sós. Música, arquitetura, literatura, nada disso deu em árvores ou foi garimpado nas entranhas do planeta, fomos nós os que pressentimos essa possibilidade e a transformamos em realidade. O uso e consolidação da criatividade humana é que deveria ser a base de todo o sistema educacional.

Labels:


Wednesday, August 21, 2013

 

Oscar Quiroga - 2041

Ralé


Aprende a cavalgar sobre a Vida de tua vida, oferece teu corpo, mente e alma ao que de mais elevado consigas imaginar para que a nobreza se irradie através de ti. Retesa tua mente como um arco e dispara ao futuro verdades dignas, pois você as reencontrará lá na frente, na estrada misteriosa que é o tempo. Enquanto isso, se observas que a ralé parece ter mais força e estar empossada nos governos do mundo, e percebes a injúria que isso provoca, observa melhor tua alma, pois é na elevação dela que consiste a perspectiva de equilíbrio para que esse equívoco histórico seja superado. E, por favor, que os patrulheiros ideológicos que pululam entre os leitores não interpretem errado minhas palavras: ralé não é o grupo de excluídos da economia, mas o de indivíduos motivados por rancor, ódio e raiva.

Labels:


Tuesday, August 20, 2013

 

O Estado Policial Médico


Quando se trata da preservação de nossa saúde, estamos ainda vivendo na Idade das Trevas. O governo do país foi sequestrado por uma organização criminosa (tipo máfia) que se dá o direito de tratar do nosso corpo, chamada de classe médica, que pratica a chamada medicina ortodoxa oficial, que anula nossa liberdade de escolha de tratamentos alternativos. A anulação de nossa liberdade vem através de leis nacionais aprovadas por imposição desse setor ditatorial médico. A medicina oficial se auto-julga melhor que Deus (o criador do nosso corpo), pois proibe, via legislação, que tenhamos liberdade de escolha de um método natural (em harmonia com a Natureza, com Deus) para tratar nossos problemas de saúde. Vamos citar alguns pontos dessa ditadura médica.

Quando uma criança nasce aqui no Brasil, é obrigatório, por lei, que ela seja inoculada por dezenas de vacinas obrigatórias no seu primeiro ano de vida. Se a criança não tomar todas essas vacinas, tendo a sua "caderneta de vacinação" "em dia", ela não poderá receber ensino em escolas e nem ser hospedada em instituições para crianças (creches), pois a legislação do país proibe isso, por imposição médica. Um sistema imunológico forte consegue-se maximizando a saúde e, não, maximizando o número de vacinas tomadas. Por formação, médico não entende nada de saúde, entende apenas de doenças (apenas algumas, pois se incentiva a "especialização"), que estão em extremos opostos. Ter saúde não consiste apenas na ausência de sintomas doentios. O número excessivo de vacinas está fazendo com que os casos de autismo em crianças esteja atingindo níveis pandêmicos. As campanhas terroristas feitas pelo governo (a mando dos médicos) procuram fazer com que as pessoas adultas também façam filas para serem vacinas, como é o caso da vacina contra a gripe, dada a idosos. Circula na internet a informação de que o espalhamento inicial do vírus da Aids (ou Sida = Síndrome da ImunoDeficiência Adquirida) foi feito via vacinas convencionais (contaminadas propositadamente por esse vírus, desenvolvido em laboratório), ministradas rotineiramente todos os anos. Você ainda está interessado em correr o risco de ser infectado por doenças graves ao se sujeitar em receber vacinas convencionais?

Outro ponto da ditadura médica: por imposição da legislação, a água pública distribuída à população não pode ser pura! Ela precisa ser contaminada por vários elementos químicos (como cloro e flúor) porque os médicos afirmam que esses elementos ajudam nossa saúde. Eu não tenho a liberdade de escolher uma água na minha torneira que não tenha esses elementos. A inclusão de flúor na água, segundo a justificativa médica, é para proteger nossos dentes, algo que nunca foi provado oficialmente a contento, em testes feitos em populações distintas (com e sem uso de flúor na água). Portanto, eu não tenho liberdade de dispensar esse tratamento médico dentário, imposto pela ditadura médica, se tomar a água pública distribuída à população.

Outro ponto negro da nossa atual medicina: só existe um único protocolo que deve ser obrigatoriamente seguido por todos os médicos para o tratamento de câncer: cirurgia+quimioterapia+radioterapia. Médico que não seguir esse protocolo terá sua licença para praticar medicina cassada e será chamado pejorativamente de "charlatão", independentemente de seu protocolo alternativo funcionar melhor do que o protocolo oficial. Se o médico, agora já chamado de charlatão, insistir em continuar usando seu protocolo alternativo, terá sua clínica invadida e fechada por policiais, a mando do "Conselho de Medicina", que fiscaliza e impõe suas práticas tenebrosas, a mando de uma cúpula manipuladora que age nos bastidores, que nunca é identificada publicamente. O protocolo oficial não ataca a(s) causa(s) inicial(is) do câncer e, portanto, não cura qualquer câncer, apenas some com os sintomas (os efeitos da causa inicial). A cirurgia é um atestado de burrice (ignorância) da atual medicina: "não sei curar e, portanto, corto e jogo fora". As drogas farmacêuticas e a radiação procuram fazer sumir os sintomas, sem mexer nas causas (que poderia ser, por exemplo, tomar muita cachaça e feijoada) e, portanto, apenas agridem (como também as vacinas) o corpo, fazendo com que o paciente morra mais cedo (vá mais cedo para o cemitério). Vejo, quase todos os dias na televisão, o resultado dessa agressão (uma visão deprimente): crianças (e adultos) sem nenhum fio de cabelo na cabeça, resultado desse tratamento desumano do câncer. Hipócrates, o grego considerado o Pai da Medicina, dizia que "primeiramente não prejudicar o doente" e, depois, "que o seu alimento seja o seu remédio e que o seu remédio seja o seu alimento". Quando foi que seu médico perguntou sobre sua alimentação, antes de receitar o seu remédio? Que panorama dantesco de nossa atual macabra medicina da Idade das Trevas, não é mesmo?


Labels: , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 2040

Fato cósmico


Os laços de fraternidade são um fato cósmico, tudo está interligado e em permanente conexão. Nós, por aqui, equivocadamente convencidos de que nada tem a ver com nada e oprimidos pela sensação de exílio, preferimos existir em discordância com o que buscamos. Sim! De fato buscamos o que não queremos enxergar, agindo como uma espécie de ratinhos predadores, aproveitando as sobras dessa força cósmica que é a fraternidade. Enquanto isso, aqueles que pressentem haver Algo Maior erguem as mãos numa prece para invocar o Divino na forma que mais lhes agradar, quem poderia dizer que Deus seria exclusivo dessa ou daquela religião? Mesmo os que acham agradável prescindir do Divino e se declaram céticos só conseguem fazê-lo porque a Vida da vida deles e delas, que tudo interliga, lhes fornece combustível para pensar e decidir.

Labels:


Monday, August 19, 2013

 

Oscar Quiroga - 2039

Fraternidade


Nossa humanidade está convencida de que a fraternidade é uma utopia, algo que só poderia ser instaurado com muito esforço para contrariar a natureza belicosa, algo que só duraria um tempo curto. Isso porque, logo, a animosidade desintegraria o ideal de fraternidade e tudo voltaria ao mesmo de sempre, sangue e destruição provocados pela cobiça. Enquanto isso, a fraternidade é uma força cósmica, o fio de meada que alinhava tudo e todos, inclusive o equívoco conceitual, transformado em verdade, de que a natureza humana seria destrutiva. Fraternidade é um fato, mas que só é perceptível às pessoas que se atrevem a praticá-lo. As poucas pessoas que o fizeram provocaram mudanças fabulosas na história, resistindo bravamente a se entregar ao caos, como o pequeno grande ser chamado Mahatma Gandhi.

Labels:


Sunday, August 18, 2013

 

Oscar Quiroga - 2038

Grande coisa que não é grande


Termine bem o dia de hoje para que a semana útil comece da melhor forma possível. Para isso, será necessário abster-se de permitir que as preocupações encontrem abrigo em sua consciência, como se fossem algo tão importante e valioso que validaria a irritação que surge ao ver que as pessoas não dão a mínima para elas. Grande coisa suas preocupações não serem grande coisa! Nem você deveria lhes outorgar tamanha importância, afinal, é domingo, a semana útil sequer começou, e, vamos combinar, antecipar-se aos problemas que terá de resolver não facilitará o processo. Pelo contrário: você, com a alma preocupada, não teria o mesmo tino para descomplicar que só a alegria e a leveza da despreocupação proveria. Suas preocupações não são grande coisa, não adianta argumentar, desista.

Labels:


Saturday, August 17, 2013

 

Oscar Quiroga - 2037

Meditando


Em vez de evitar as más companhias, substitua essa atávica advertência por um comportamento positivo, se aproxime das boas companhias. Essa aproximação não precisa ser física, pois se você imaginar que as boas companhias das quais quer se aproximar se encontram em pontos distantes do planeta, ou mesmo que seria difícil se aproximar delas porque você não as conhece e não haveria, de imediato, alguém que apresentasse você a elas, não veja nisso um impedimento. Feche seus olhos e imagine estar na companhia dessas boas pessoas, sem falar, sem necessidade sequer de vê-las em sua mente, apenas pressentindo a presença e a influência que delas irradia. Você pode, através desse exercício, substituir essas pessoas físicas por Anjos, Arcanjos, a Deusa Mãe, o Filho de Deus ou o próprio Deus e, inadvertidamente, você estará meditando.

Labels:


Friday, August 16, 2013

 

Mensagem de Mãe Maria - 21/2013


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

As portas da liberdade se abrem para os Filhos da Terra que ousam trilhar o caminho do amor.

Nada pode ser conquistado sem amor, nada pode ser consolidado sem amor.

É o amor, e só o amor, que faz emergir a compreensão necessária nos momentos em que a vida vos desafia a mergulhar no novo. 

O amor vos mostra o caminho, o amor dissolve o medo, o amor vos incentiva a nada temer quando necessitais tomar um novo rumo no dia a dia de vossa jornada.

Só o amor vos mostra o que precisa ser deixado para trás, e só ele vos dá forças e vos impulsiona a prosseguir sempre em frente.

Lembrai-vos que as múltiplas faces por vós criadas ao longo da jornada, e que vos permitiram sobreviver aos acontecimentos do dia a dia, precisam ser dissolvidas, uma a uma, levando com elas um passado de dor, sofrimento, lutas, desamor, egoísmo, separação.
 
Só assim podereis recuperar vossa verdadeira face, e com ela, recuperar também vossa liberdade.

Ser livre é o vosso destino; precisais vos libertar, e libertar a todos com quem ainda manténs algum vínculo que não seja o puro amor.

O novo tempo não admite mais qualquer tipo de dependência entre os Filhos da Terra.

É preciso, pois, trocar a dependência, que sempre vem recheada de egoísmo, pelo compartilhar que revela em sua essência só amor.

Deixai ir, amados, deixai ir pessoas, situações, sentimentos, emoções, condicionamentos, preconceitos.

Deixa ir tudo que vos prende, vos sufoca, que suga vossas energias, que vos mantêm atados por cordas invisíveis que não vos permitem o caminhar.

É hora de caminhar, livre, consciente de que a liberdade, como tudo no universo tem um preço; sabeis que o preço é alto, eis que ele exige a transformação de todo o egoísmo que permeia ainda vosso ser, o egoísmo resultante da atuação exacerbada de vosso ego que sempre vos convence que o outro aí está para vos servir.

O outro, amados, aí está para servir à Luz através do compartilhar com vós.

É hora, pois, de mergulhar no estado do compartilhar, com a certeza de que compartilhando a Luz vos suprirá de todo o necessário para continuardes seguindo com alegria os passos ditados por vossos corações; é ele que sempre vos permite enxergar as oportunidades de compartilhar e, assim, cumprir vosso propósito.

Bem amados, muitos de vossos irmãos ainda não recuperaram a clareza que lhes permitam enxergar o propósito divino que os trouxe à Mãe Terra.

É hora de ajudá-los, sendo sempre o reflexo daquilo que pregais, para que o despertar seja rápido e vosso planeta, e todos vossos irmãos, possam resgatar a liberdade que revela a verdadeira face dos Filhos da Luz.

Que vossas orações alimentem o espírito libertário que paira sobre o vosso planeta, para que todos sejam tocados pelos ares transformadores da nova era, e possam seguir em frente conscientes que a felicidade se conquista a cada dia, a cada pensamento e a cada ação. 

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-12/08/2013-Mensagem de Mãe Maria-21-2013 recebida por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 2036

Graça e desgraça


A vocação divina de nossa humanidade, combinada com o pouco registro da consciência a respeito da transcendência desse fenômeno cósmico, resulta em que cada indivíduo se convence plenamente de suas razões serem maiores e melhores do que as alheias. Se nossa humanidade compreendesse de verdade o significado da divindade, ela abandonaria sumariamente essa postura, pois não veria graça nenhuma, pelo contrário, pura desgraça. A graça do divino reside nas infinitas conexões de tudo com tudo, na teia cósmica que une o infinitamente grande com o infinitesimalmente pequeno. A desgraça que o humano inventa sobre essa graça radica em desejar que tudo seja uma questão exclusivamente individual. Enquanto isso, o divino nada exclui, tudo compreende.

Labels:


Thursday, August 15, 2013

 

Indução de Parto e Autismo


Segundo os resultados do estudo, a indução de partos pode estar diretamente relacionada com uma das causas que pode levar o bebê a desenvolver autismo; também, de acordo com esse estudo, fica registrada a necessidade de elevar o número de pesquisas sobre as causas dessa doença.

A pesquisa foi realizada em conjunto pela Universidade de Michigan e a de Duke e é a maior pesquisa que já foi feita nos Estados Unidos, voltadas ao autismo; de acordo com os dados apurados, o risco de o bebê que nasceu por meio de parto induzido desenvolver autismo é ainda maior se tratar-se do nascimento de um menino.


Para fazer a pesquisa, os profissionais participantes tiveram acesso a todas as crianças que nasceram na Carolina do Norte nos últimos oito anos, além de pegarem também os históricos escolares dessas crianças e relacionarem entre si; o resultado foi que, de um total de 625 mil crianças nascidas, uma porcentagem de 1,3% dos meninos possuíam autismo e um número de apenas 0,4% das meninas apresentaram autismo.


Através da pesquisa ficou concluído que os bebês masculinos que nascem por um parto induzido têm o risco de desenvolver autismo de 35% mais alto do que os bebês que nascem de maneira natural.


Para as meninas, os riscos só aumentam quando o parto é acelerado, porém os responsáveis pelo estudo dizem que é necessário que sejam realizados novos e mais aprofundados estudos para identificação desses problemas. 


Os integrantes da pesquisa dizem que esses resultados, contidos nesse estudo, ainda não são suficientes para que se possa dizer com certeza de que o parto induzido faz com que as crianças sejam portadoras de autismo; para eles se faz necessário que outros estudos como esse sejam realizados, para que se possa chegar a uma possível causa da doença.

Vimos também, em postagem anterior, que o autismo relaciona-se com as vacinas (a maioria delas compulsórias) dadas às crianças desde o nascimento.

Fonte: http://www.noticiasbr.com.br/segundo-pesquisa-inducao-de-parto-pode-elevar-o-risco-de-autismo-116822.html , consultada em 15/08/2013.

Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 2035

Semideuses


Em algum momento da história espiritual humana, houve um salto qualitativo, e, de animais assustados que éramos, nos transformamos em semideuses. Porém, ao que tudo indica, a mente humana não registrou claramente o fenômeno. Esta afirmação soa estranha, mas, mesmo carentes de provas, temos a pista de que nossa humanidade reconhece vagamente uma vocação divina, se delicia com publicações, palestras e imagens que evoquem essa ideia, enquanto a mente continua tendo dificuldade de estabilizar a afirmação. Uns dirão que aí está a prova de tudo ser balela, outros, como eu, dirão que, pelo contrário, essa é a pista de como as coisas aconteceram e de como chegamos à situação ineludível de, se não desenvolvermos nossa capacidade de fazer milagres, sucumbiremos sob o peso da tragédia que inventamos, nosso milagre às avessas.

Labels:


Wednesday, August 14, 2013

 

Oscar Quiroga - 2034

Por uma vida mais intensa


Quem, em seu são juízo, abandonaria o desejo de experimentar uma vida intensa? Quem, em seu são juízo, se acomodaria conscientemente na mediocridade? Mesmo que fizéssemos isso em nome de descansar do estresse provocado por tantas discordâncias experimentadas, nossas inerentes naturezas retornariam um dia e nos encontraríamos novamente desejando uma vida mais intensa e verdadeira. A mediocridade nos seduz porque acena com a ideia de que limitar a percepção do mundo resultaria em administrar melhor nossos problemas, mas a médio e longo prazo resulta apenas em descobrir que nós mesmos nos encerramos num calabouço conceitual e, além disso, perdemos a chave, enxergando a vida intensa e verdadeira quadrada e pequena, através das frestas.

Labels:


Tuesday, August 13, 2013

 

A Pele


O corpo do ser humano necessita de energia para funcionar corretamente. Essa energia é internalizada através de vários mecanismos, como o sistema digestivo, respiração, pele, etc. Vejamos a função da pele na manutenção do funcionamento correto do corpo.

A pele é o maior órgão do corpo humano, responsável pelo nosso sentido físico do tato. A pele, assim como os pulmões, respira e executa as mesmas funções dos pulmões (troca gasosa e absorção de prana). Além disso, a pele absorve a radiação que vem do sol, e podemos dizer que é nesta parte do nosso corpo que a fotossíntese ocorre. A pele sintetiza algumas substâncias para o corpo, como, por exemplo, a vitamina D. A pele é também um detector de, entre outras, temperatura, umidade, consistência e radiação. No ato sexual, uma quantidade significativa de energia é transferida, através da pele, entre os corpos envolvidos.

Através desse órgão muitas substâncias líquidas e gasosas podem entrar (e sair) no corpo. Ao executar esta função, a pele age de forma semelhante ao do intestino. Graças à pele o corpo pode remover muitas substâncias supérfluas, o que também a caracteriza como um órgão de excreção. Gases, perspiração (suor), muco e sebo, que fazem o corpo cheirar de forma específica, são substâncias que contêm toxinas que estão sendo excretadas.

Do que foi dito acima podemos conjecturar que ao se colocar cosméticos (cremes, shampoos, batons, pós) sobre a pele faz com que essas substâncias sejam absorvidas pelo corpo. Elas então irão circular com o sangue e envenenar o corpo, dando ao sistema corporal responsável pela limpeza mais trabalho para executar. Isso pode predispor o corpo, após um certo número de anos, a ter várias formas de doenças. Portanto, antes de você colocar sobre seu corpo (sua pele) qualquer cosmético, pense sobre isso. Por exemplo, se um shampoo que você deseja usar puder ser bebido sem posteriormente você sofrer qualquer problema corporal, então muito provavelmente ele é adequado para lavar seus cabelos. Similarmente, é com um creme, se ele não é digerível adequadamente então ele também não é adequado para a sua pele.



Labels: , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 2033

Mediocridade


Sinto informar que a mediocridade nossa de cada dia se desenvolve no exato instante em que, por indolência, nos abstemos de pensar sobre as consequências de nossos atos. Essa é a mediocridade que provoca acidentes mortais de trânsito, também é a que espalha doenças, é a que alimenta o egoísmo. Sim! Não há nada mais medíocre que o egoísmo, pois o ato de pensar mais em si do que no bem comum empobrece a civilização que um dia inevitavelmente empobrecerá o egoísta também. É o cerne da mediocridade! Enquanto isso, nossa humanidade é capaz de ser muito mais e sabe disso, reconhece em sonhos os ideais elevados e se entusiasma, mas, a seguir, morre de preguiça e se agasalha na visão de a grande maioria também se acomodar na preguiça, logo confundindo normalidade com mediocridade.

Labels:


Monday, August 12, 2013

 

Oscar Quiroga - 2032

Males que vêm por bem


Como estar no mundo sem ser do mundo? Uma fórmula nada fácil de praticar, mas imprescindível. Estar no mundo sem identificar-se com este produz uma solidão terrível, a incômoda sensação de sermos estranhos numa terra estranha. Quando se é estranho, o medo espreita e a desconfiança se torna moeda corrente dos relacionamentos. Como alguém poderia ser feliz assim? Porém, cientes de não sermos deste mundo, mas de outro qualquer que pode ser uma memória, uma saudade de um lugar que nunca conhecemos, a falta de identificação que nos açoita com solidão também nos salva de nos acomodarmos na mediocridade que sempre se desenvolve no momento em que deixamos de pensar na consequência que nossos atos empurram àqueles que fazem parte de nosso círculo de influência. Sim, há males que vêm por bem.

Labels:


Sunday, August 11, 2013

 

Oscar Quiroga - 2031

Humanidade complicada


Uma boa coisa sempre pode ser distorcida pela nossa humanidade e transformada em algo ruim. Porém, não são as coisas, que são inertes, as culpadas, é nossa humanidade que faz artifícios constantes, tendo o livre-arbítrio como sua principal regra de jogo, o que torna imprevisíveis os resultados. Boas ideologias políticas foram utilizadas por seres humanos desprezíveis e também por outros, de elevação e sabedoria, o mesmo acontecendo com as ideias religiosas. Essa nossa humanidade é capaz de tudo, apesar das limitações que inventa para si, manda e desmanda na realidade que ela inventa, distorce de forma maligna, mas também eleva o tom da realidade, promovendo beleza, bondade e boa convivência. Nossa humanidade é assim, bela e assustadora, elevada e abjeta, nossa humanidade é complicada.

Labels:


Saturday, August 10, 2013

 

Oscar Quiroga - 2030

Humanidade complicada


Uma boa coisa sempre pode ser distorcida pela nossa humanidade e transformada em algo ruim. Porém, não são as coisas, que são inertes, as culpadas, é nossa humanidade que faz artifícios constantes, tendo o livre-arbítrio como sua principal regra de jogo, o que torna imprevisíveis os resultados. Boas ideologias políticas foram utilizadas por seres humanos desprezíveis e também por outros, de elevação e sabedoria, o mesmo acontecendo com as ideias religiosas. Essa nossa humanidade é capaz de tudo, apesar das limitações que inventa para si, manda e desmanda na realidade que ela inventa, distorce de forma maligna, mas também eleva o tom da realidade, promovendo beleza, bondade e boa convivência. Nossa humanidade é assim, bela e assustadora, elevada e abjeta, nossa humanidade é complicada.

Labels:


Friday, August 09, 2013

 

Oscar Quiroga - 2029

A compreensão


Humano é um ser em que o mais abstrato espírito e a mais concreta matéria estão unidos por meio da inteligência, capaz de perceber essa interação levitando no infinito Universo. A espiritualidade que abomina o material é uma experiência parcial, tanto quanto o materialismo que despreza a subjetividade, por não ser capaz de compreendê-la. Matéria e espírito, objetividade e subjetividade são experiências complementares, quando não são harmonizadas e experimentadas em conjunto o ser humano vive de forma parcial, incapaz de compreender o que lhe acontece nem tampouco suas capacidades inerentes. Além dessa interação está o Universo em que tudo isso acontece e é, e essa percepção também está disponível ao ser humano, que em momentos iluminados compreende que as forças da natureza e o puxão da força da gravidade estão inseridos num panorama maior.

Labels:


Thursday, August 08, 2013

 

Oscar Quiroga - 2028

Os esqueletos no armário


A mente humana é capacitada a desenvolver três percepções e, por isso, há três tipos de realidade que podem ser percebidos e, também, três estados de consciência que entrelaçam aquele que percebe com a realidade percebida. Em nossa civilização atual apenas uma dessas percepções é plenamente desenvolvida, o que leva a considerar apenas uma das três realidades como real mesmo, as outras duas tidas como vagas demais. Nossa humanidade considera apenas a percepção objetiva e o mundo concreto como reais, deixando as percepções subjetiva e transcendente de lado, como se fossem apenas um subproduto desprezível do funcionamento concreto. Essa atitude faz nossa humanidade guardar no armário esqueletos enormes com os quais não sabe lidar e, por isso, transita por consultórios na tentativa de saber o que fazer com esses.

Labels:


Tuesday, August 06, 2013

 

Oscar Quiroga - 2027

O ciclo de riquezas


O ciclo de renovação das riquezas que começou em 2007 atinge nesta semana a metade do caminho, um momento importante que ressalta duas questões simultaneamente: a decadência inexorável do método antigo de administração dos recursos e riquezas e também o lento alvorecer de um sistema mais sábio. Com a decadência inexorável do método antigo, nossa humanidade não deveria se importar demais, o que na prática significa abandonar sumariamente os desejos de vingança e o prazer inconfessável de testemunhar personagens representativos desse sistema se dando mal. Nossa humanidade precisa usar sua mente com sabedoria, participando, dentro do seu alcance e possibilidades, na construção de algo maior e melhor, um sistema que não tenha como subproduto a sustentação da miséria, um sistema que preserve a ética e o respeito mútuo.

Labels:


Monday, August 05, 2013

 

Oscar Quiroga - 2026

Onda inexplicável


Se uma onda de angústia inexplicável acordou você subitamente hoje e a seguir sua mente começou a argumentar para tentar explicar o acontecimento, provando a si mesma por meios racionais e supersticiosos essa onda de angústia, saiba que você andou perdendo tempo. Essas ondas de angústia nem sempre são motivadas por questões pessoais, essas ondas circulam e são consolidadas pelo somatório de pequenas e grandes angústias que nossa humanidade sofre. Se você se conecta a essa onda, experimentará algo muito maior do que sua mente seria capaz de compreender, vivenciando um sofrimento exagerado. Porém, sendo você humano lhe cabe decidir aumentar um pouco mais essa onda ou enfrentá-la com as alegrias que também acontecem e, por dar mais importância a essas, tirar da angústia um pouco de sua força.

Labels:


Sunday, August 04, 2013

 

Oscar Quiroga - 2025

Mudem a civilização!


A verdade, a retidão e a mansidão são as três virtudes purificadoras, e se nossa humanidade se agarrasse a essas com a mesma paixão com que se agarra à mentira, à distorção e à agressividade, muitos recursos sobrariam para investir em educação e saúde. Enquanto isso não for assim, os recursos são investidos em sistemas sofisticados de segurança e espionagem, também em campanhas bem arquitetadas de simulação e difamação tanto quanto em equipamento bélico. Está tudo errado porque nossa humanidade insiste em tratar seus semelhantes como adversários e enquanto tudo continuar assim, a despeito das riquezas que produzir continuará miserável. Querem erradicar a pobreza? Então mudem a civilização, porque a atual não compreende que sua própria estrutura torna inevitável a produção de miséria, já que é miserável em si mesma.

Labels:


Saturday, August 03, 2013

 

Oscar Quiroga - 2024

Espionagem


Se o véu que separa a realidade objetiva da subjetiva desaparecesse repentinamente, em vez de fazê-lo de forma paulatina, como acontece, com certeza a imensa maioria de nossa humanidade passaria vergonha, emulando o mito de Adão e Eva, logo após comerem a maçã. Todos os pensamentos e íntimas emoções ficariam expostas, tudo seria transparente, todas as mentiras e simulações reveladas. Eis um destino inexorável, é nessa direção que tudo se movimenta. Enquanto isso, nossa humanidade se preocupa com sua privacidade diante das notícias de ser espionada por departamentos de inteligência. Ora! Todo mundo quer espionar todo mundo, haja vista o sucesso dos reality shows. A única razão pela qual se deveria fazer alvoroço em torno da espionagem não é por ela própria, mas pelo uso que se faz das informações, servindo a interesses sinistros.

Labels:


Friday, August 02, 2013

 

Oscar Quiroga - 2023

Enlouquecimento


Como a mente é uma dimensão comum a toda nossa humanidade, é perigoso personalizar sensações, pois você pode acabar tendo de arcar com um peso além do suportável. É o caso de sensações depressivas ou de medo; sua alma é tomada por essas e a seguir analisa as causas de forma personalizada, porém, essas sensações são fortes demais para terem sido provocadas por suas preocupações particulares, são do mundo. Se você insiste em personalizar essas sensações acabará assumindo um ônus que não lhe corresponde e, prolongando esse equívoco, você poderá enlouquecer. A mente de nossa humanidade responde ao somatório de sensações, que precisam continuar fluindo; tentar personalizá-las é submeter-se ao risco de enlouquecer, pois essas magnitudes são maiores do que o indivíduo que tenta se identificar com elas.

Labels:


Thursday, August 01, 2013

 

Oscar Quiroga - 2022

O destino da civilização


O advento da telepatia como uma função corrente em nossa humanidade, um fato que está em andamento, transformará a civilização. A telepatia derrubará a cobrança de direitos autorais e a patente de ideias, já que se perceberá que as ideias que os autores utilizam circulam livremente pela mente de nossa humanidade, cabendo a eles e elas fazer a colagem de frases e ideias preexistentes. Esse é um trabalho que deve ser pago, porque resulta de esforço, mas não se pode reclamar a posse de algo que não se produziu de forma original. Ideias não podem ser patenteadas e privatizadas, porque são produzidas pelo esforço em conjunto de nossa humanidade. O que hoje se chama de ambiente privado será uma aberração histórica. Nossa humanidade não precisa gastar recursos com a defesa de sua privacidade, mas em como administrar melhor a transparência.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?