Tuesday, December 31, 2013

 

Oscar Quiroga - 2162

Tensão excessiva


Há tensão excessiva no ar, uma que não é condizente com o teórico destino que nossa humanidade procura numa data como esta. Falta espírito comunitário e sobra individualismo, uma combinação nada auspiciosa quando há excesso de humanos reunidos tendo de dividir o mesmo espaço e recursos. Por isso, toma distância das pessoas decididamente irritadas, neste momento elas são líderes que carregam outras pessoas na direção de acidentes e experiências violentas, condições às quais nossa humanidade se acostumou e familiarizou mediante filmes e seriados, se convencendo, por isso, de tudo ser uma aventura. Toda supervisão será pouca para garantir o bem-estar e segurança das milhares de pessoas que se reunirão para celebrar o réveillon.

Labels:


Monday, December 30, 2013

 

Oscar Quiroga - 2161

Humanos conglomerados


Quando a presença de teus semelhantes for perturbadora e irritante, pensa que tua presença provoca os mesmos sentimentos naqueles que num acesso de ira tu desintegrarias com um raio laser, se essa arma estivesse ao teu alcance. Não é nenhum dos mistérios do destino o que conglomerou tantos seres humanos em espaços tão exíguos e com recursos limitados para tentarem experimentar divertimento ilimitado, foram os passos que eles e elas deram consciente e intencionalmente os que acabaram reunindo-os. Agora estão todos reunidos, todos exigindo atenção, todos querendo ser servidos e ninguém facilitando a vida de ninguém. Isso aí tem tudo para acabar mal, por isso, ao primeiro sinal de que as coisas podem fugir do controle, pensa um pouco naqueles que tu amas e em nome deles te abstém de provocar acidentes.

Labels:


Saturday, December 28, 2013

 

Oscar Quiroga - 2160

Pagando caro


E agora queres em poucos dias te divertir tanto que isso valha como equilíbrio por todas as penas e opressões que sofreste durante o ano que se encerra? Talvez seria sábio de tua parte reconsiderar essa expectativa, pois pode te fazer ingressar numa onda que de tão exagerada tende a se transformar em violenta a qualquer momento. Imagina milhares de pessoas aglomeradas se sentindo no direito de se divertir a todo custo, sem respeitar normas ou regras básicas de convivência. Imagina só! Caro pagas para te sentires acima de contratempos e adversidades, caro pagas para estar dentro de um lindo carro que ficará engarrafado na estrada junto com outros, caro pagas para te hospedares em lugares exclusivos, mas em algum momento irás verificar que falta o básico para te divertires, leveza.

Labels:


Friday, December 27, 2013

 

Oscar Quiroga - 2159

Sagrada arte da despreocupação

Data estelar: Lua será Vazia das 9h01 até 11h59, horário de verão de Brasília

Aproveita o período de Lua Vazia para também esvaziar tua mente de preocupações, Tu não precisas dessas, Tu as podes dispensar, deixá-las num cantinho escuro de tua mente de castigo. Afinal, tuas preocupações já te castigaram tanto durante o ano que tens autorização para lhe devolver um pouco da moeda com que ela te tratou. Agradece às preocupações por terem te atormentado tanto, castiga elas com tua indiferença agora. Esvazia tua mente de preocupações, põe no lugar delas a alegria que te torna leve, essa que se torna presente quando viver te interessa. A sagrada arte da despreocupação é o que precisas, não apenas para viver bem hoje, mas principalmente para contra-arrestar a onda agressiva que vem vindo por aí.

Labels:


Thursday, December 26, 2013

 

Oscar Quiroga - 2158

Aquieta tua mente


Inicia agora mesmo o processo de aquietar tua mente, deixando de lado as discussões intermináveis que se processam na forma dessas conversas que continuas tendo com pessoas que não estão presentes fisicamente, são diálogos mentais. Inicia agora mesmo esse aquietamento, a aterrissagem num âmbito pacífico, faze isso em nome de te desconectar de uma onda crescente de agressividade que atingirá seu pico nos dias anteriores ao réveillon. É uma coincidência a se levar em conta, essa época do ano já não é das mais tranquilas, as pessoas bebem demais, extrapolam todos os limites da civilidade e colocam em risco as outras. Aquietar tua mente e abdicar das discussões interiores te colocará à margem dessa onda de agressividade e, também, será tua contribuição para facilitar a vida das pessoas com que te relacionares.

Labels:


Wednesday, December 25, 2013

 

Oscar Quiroga - 2157

Humanos reunidos


Coordenar reuniões e esperar que tudo saia de acordo ao planejado é uma expectativa digna, é o anseio de todos os anfitriões e anfitriãs. Reunir humanos, porém, é sujeitar tudo ao mistério das químicas e conexões sutis que acontecem entre as pessoas. Enquanto que cada pessoa por separado pode ser isso ou aquilo, reuni-las significa sujeitar tudo ao imprevisível. As palavras que para umas sejam meras piadas, para outras podem ser insultos inaceitáveis, gestos espontâneos e inofensivos podem ser tratados como agressões, mas o oposto também é verdadeiro, haveria quem quisesse agredir com ironias que outras pessoas receberiam com indiferença que anulasse seu veneno. Reunir humanos é uma caixa de surpresas, impossível saber de antemão qual será o resultado. Admirável coragem dos anfitriões e anfitriãs!

Labels:


Sunday, December 22, 2013

 

Oscar Quiroga - 2156

Por quê?


Um ponto de luz que levita no infinito conectado com tudo e todos, eis a melhor descrição de tua realidade mais real. Por que será que nada disso percebes? Por que será que ignoras a realidade em que te movimentas e experimentas ser? Ao passo que te declaras só e te lamentas por isso, todas as conexões estão disponíveis para contrariar essa afirmação que te serve de base para teus murmúrios melancólicos. Ao passo que afirmas constantemente para ti que tudo é difícil, que tudo é pesado, que a existência terrena é limitada e dura, o vazio cósmico te abraça e acolhe, te protege e incentiva ao encontrares sem medo, com alegria. Por que nossa humanidade olha para o lado oposto da realidade que a liberta? Por que esse desejo de sofrer?

Labels:


Saturday, December 21, 2013

 

Oscar Quiroga - 2155

Faze o que queres


Faze o que queres, esta é a lei que rege a existência humana aqui na Terra. Contrapondo-se a essa lei, tentando regulamentá-la para, teoricamente, conter excessos, se erguem muitas estruturas civis e religiosas. Porém, na prática continua regendo a lei original, faze o que queres. Há alguma dúvida sobre isso? Observa o mundo com a mente aberta e verifica que o número de transgressões às regras que supostamente conteriam os excessos supera o número de obediências. Faze o que queres, esta é a lei. Aceita as consequências e lida com elas é a segunda lei, mas a esta ninguém dá a devida consideração, nossa humanidade acha lindo se iludir com que fazer o que quiser seria um direito inalienável e completamente desvinculado de arcar com a responsabilidade das consequências.

Labels:


Friday, December 20, 2013

 

Oscar Quiroga - 2154

Mundo de tolos


Em que momento tua autoestima se transformou em autoexaltação? Sabes quando? No exato momento em que não percebeste essa transformação, mas a deixaste passar com naturalidade, ciente de que merecerias todos os elogios do mundo, pois tinha chegado tua hora de te colocares acima de teus semelhantes. Deixa te lembrar algo que já sabes, tudo que sobe, também há de descer um dia, no momento em que tua autoestima se transformou em autoexaltação foi também quando iniciou a tua queda. A roda da fortuna é volúvel, o que hoje exalta, amanhã destrói, e aquilo que ontem estava por baixo verás que fica por cima. Há algo além dessa roda da fortuna, que é própria do mundo dos tolos, dos que fingem ignorar que ao chegarem ao topo desse mundo estão livres da queda. Busca o além, transcende o mundo de tolos.

Labels:


Thursday, December 19, 2013

 

Oscar Quiroga - 2153

Conjuntos de experiência


Tua presença está inserida em conjuntos de experiência e Vida de diversas abrangências, do atômico ao cósmico, quantos desses percebes? Teu corpo físico está em comunhão com a natureza, suas forças se manifestam através de ti. Teu ser histórico e psicológico está em comunhão com a civilização, sua estrutura moral se manifesta através de ti, concordes com ela ou não. Tua alma, essa realidade que ainda ignoras, mas que pressentes de forma vaga e imprecisa, está em comunhão com um mundo ainda invisível de seres que navegam de forma consciente na realidade das conexões infinitas, essas fazem pressão para se manifestarem através de ti, mas Tu ainda as ignoras, apenas as pressentes e, na melhor das hipóteses, motivam tua busca de Algo Maior. Te prepara todos os dias para ir além do que conheces.

Labels:


Wednesday, December 18, 2013

 

Oscar Quiroga - 2152

A razão


Para que discutes? Por que é tão importante teres a última palavra na discussão? O que ganhas conquistando o troféu da razão? Se tivesses razão conhecerias a verdade, e se conhecesses a verdade ela teria te libertado, e se livre fosses não precisarias discutir. Então, se discutes é porque não és livre, e se não és livre é porque desconheces a verdade e, desconhecendo-a, como poderias ter razão? Percebes agora que toda discussão é apenas uma encenação de pessoas que supostamente possuem a razão? Observa melhor o acontecimento e percebe que quem discute nunca tem razão, porque ao fazê-lo o único objetivo em marcha é o conflito em si mesmo e nada além. Quem conhece a verdade e está com a razão do seu lado não tem tempo a perder, seu conhecimento responsabiliza sua alma com atividades incessantes.

Labels:


Tuesday, December 17, 2013

 

Oscar Quiroga - 2151

Lua Cheia e Vazia

Data estelar: Lua Cheia também será Vazia das 7h29 até 16h18

Como nossa humanidade ainda trata a alma como uma ideia vaga e imprecisa, a combinação de Lua Cheia e Vazia continua sendo perigosa, não por sê-lo em si mesma, mas como produto de nossa ignorância. Nossa humanidade precisa administrar duas realidades simultaneamente, a objetiva e a subjetiva, as duas têm o mesmo peso, as duas são igualmente reais. Porém, o sistema todo da civilização se apoia apenas sobre a realidade objetiva e fica sobre nós, individualmente, o ônus de decidir o que fazer quando a realidade subjetiva invade o terreno da objetiva, requerendo atenção e coordenação. Essa interpenetração de mundos fica ainda mais acirrada em períodos como o atual. Administre-a como puder, mas saiba que você não está só nessa empreitada.

Labels:


Monday, December 16, 2013

 

Mensagem de Mãe Maria - 31/2013


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

A vida se renova, as dores se dissolvem, a alegria retorna quando se aproxima o tempo de renascer.

Sim, amados, renascer para o mundo novo, o mundo onde a esperança sempre se renova, o mundo onde a paz brota de dentro de cada ser, o mundo onde a luz se faz presente, e alimenta os Filhos da Terra, deixando para trás o tempo do limite e da escassez; o mundo da plenitude, onde a vida se mostra em todo esplendor e o amor transborda de cada coração revelando a felicidade ímpar daqueles que reencontraram o caminho para, unidos, compartilhar a beleza, a abundância e a igualdade na Mãe Terra.

Esse mundo existe, amados, e aí está aguardando que os Filhos da Terra transponham o portal da ilusão para ter acesso ao mundo da verdade. 

Este é o grande presente que a vida vos oferece neste findar de mais um ano no vosso tempo, ano de transição para o novo, ano de purificação, ano de conclusão das pendências que se arrastaram com cada um de vós, e que já não podiam mais vos acompanhar, eis que transpor o portal da ilusão exige o estado de “estar livre” das amarras do passado.

Sim, no novo mundo inexiste passado, eis que o passado vos acompanhou até este momentum para vos mostrar vossos erros e acertos, vossas pendências e vossas omissões.

Hoje, neste tempo, vosso passado, e tudo que nele foi armazenado, emergiu em vossas mentes conscientes, e o aprendizado de tantas vidas vos liberou todas as ferramentas para que pudesses transformar a densidade do passado em luz.

Sim, luz, a essência do Criador, a herança que Ele compartilhou com todas suas Criaturas. 

Luz que transforma limite em unidade, luz que dissolve ódios e incompreensões, luz que sana dores e doenças de qualquer espécie, luz que tudo preenche com abundância, luz que tornam transparentes corpos e mentes, eis que nada mais há a esconder, luz que devolve a beleza dos puros de coração, luz que reverbera no mundo como uma única linguagem, a linguagem do amor, amor que é a pura essência do Criador.

Amados, aceitai o esplendor do mundo que reconquistastes ao longo da jornada, aceitai a abundância que ele vos oferece, aceitai saúde e imortalidade, aceitai ser feliz.

Este é e sempre foi a vontade do Pai para os Filhos da Terra, e finalmente, os Filhos da Terra compreenderam o desejo do Pai e estão prestes a concretizá-lo com as bênçãos de todos aqueles que já reencontraram o Pai em seus corações, e com Ele o mundo novo.

Aproveitai, pois, esse período que antecede o Natal para olhar dentro de vós, e com muita honestidade aceitar concluirdes o que perceberdes que ainda não foi purificado ao longo de vossa jornada, para que a celebração do nascimento de vosso Mestre Jesus na noite de Natal traga, com suas bênçãos, a celebração da Redenção de cada um de vós.

Bem amados, honrai, pois, neste Natal vossa herança divina, honrai vossa filiação divina, honrai a presença do divino em vós, celebrando a vinda de Mestre Jesus mergulhados na pureza que Ele revela, para que o amor flua de todos os corações, a paz se derrame por todos os rincões e o amor fale mais alto e possa se transformar, definitivamente, como a única linguagem compartilhada pelos Filhos da Luz.

Bem amados, feliz Natal de Renascimento, e que vossas orações deem suporte aos vossos irmãos que precisam de fé e determinação para prosseguir no Caminho da Luz.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe. 

SP- 16/12/2013-Mensagem de Mãe Maria-31-2013 recebida por Jane M. Ribeiro.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 2150

Lua Cheia


Os movimentos erráticos e irritados de nossa humanidade, sincronizados com a Lua Cheia, denunciam a total incompetência com que administramos nossas existências entre o céu e a terra. O que deveria ser objeto de regozijo, elevação e glória se transforma numa demonstração de atitudes mesquinhas e egoístas. O Universo é um colossal oceano de Vida, que circula e se irradia através de cada uma das entidades que o compõem, sejam essas galáxias inteiras, estrelas, reinos da natureza ou cada um dos indivíduos. Tentar desvincular-se desta realidade cósmica é o princípio da incompetência; nós, por aqui, fingimos que não temos nada a ver com isso e, então, quando essa circulação de Vida se intensifica, na Lua Cheia, experimentamos de forma perturbada e violenta o que deveria ser motivo de regozijo e elevação.

Labels:


Sunday, December 15, 2013

 

Oscar Quiroga - 2149

O tempo


O ano chegou ao fim e ainda não fizeste quase nada do que tinhas intenção entusiasta por ocasião das festas do fim do ano passado. Especulas que, talvez, o tempo esteja andando mais rápido que de costume e, por isso, os dias ficaram mais curtos. Isso, porém, não é verdade, a despeito de todas as argumentações filosóficas e científicas. Acontece que o tempo não é uma coisa que possa ser esticada ou encurtada, é uma experiência abstrata, a mesma que nossa humanidade experimenta através dos consensos que circulam por aí. Por isso, se houver consenso de que o tempo andou mais rápido que de costume, de nada adiantará dizer o contrário. Porém, como nem todas as pessoas concordam com os consensos oficiais, vale a pena dizer o que deve ser dito. O tempo não andou mais rápido, foi você que vivenciou mais experiências.

Labels:


Saturday, December 14, 2013

 

Oscar Quiroga - 2148

A natureza do governo


Queres vida mansa e tranquila, tudo resolvido, com uma constante perspectiva de progresso que elimine completamente a ansiedade? Queres isso, não precisas ter pudor de assumi-lo, esse é um desejo que circula à solta por nossa humanidade. O dia a dia, porém, é distante desse desejo, as coisas se complicam por si sós, a própria estrutura burocrática dos governos com a qual vais esbarrar inevitavelmente é um obstáculo sério a tuas pretensões de vida mansa e tranquila. Nenhum governo vai te deixar em paz, porque se viveres em paz serás uma pessoa alegre que se relacionará abertamente com os semelhantes criando laços muito fortes. O governo não quer isso, o governo quer que Tu olhes teus semelhantes com desconfiança, pois só poderá te governar enquanto a união fraternal estiver desintegrada.

Labels:


Friday, December 13, 2013

 

Oscar Quiroga - 2147

Superstição


Superstição é associar eventos de tal maneira que se cria o convencimento de que uns são causa dos outros. Sobre um raciocínio impecável desses, se elaboram disparates e a mente humana, poderosa e criativa, é capaz de montar tormentos e regozijos pela sua própria e eficiente maneira de atuar. Porém, os eventos continuam não tendo nada a ver entre eles a não ser a básica união de tudo com tudo, que é a própria essência da Vida. Essa seria a causa remota da superstição, mas a Vida não se envolve diretamente com os monstros que nossa humanidade inventa, apenas fornece o combustível e por aqui fazemos o que queremos. Associar sextas-feiras 13 com sorte ou azar é uma tradição que remonta a um ato de traição, quando os Templários foram destruídos.

Labels:


Thursday, December 12, 2013

 

Oscar Quiroga - 2146

Versão oficial de fim de ano


A versão oficial da realidade do fim do ano é abrir a carteira para gastar, este é o consenso. Muitas pessoas discordam, mas são sobrelevadas por uma inércia que as desanima, já que não podem se opor a essa sem levar pedrada de alguma forma, alguém reclamará que elas são sempre do contra. Estejam certas ou não na sua discordância, há algo de virtuoso nelas, começaram a questionar essa versão da realidade e certamente questionam muitas outras também. Questionar o mundo e como as coisas são é um exercício saudável, pois o mundo não existe por si mesmo, se sustenta e preserva através de consensos silenciosos. O mundo não é natural, é um artifício de nossa humanidade e, por isso, questioná-lo é o início de criar outro, maior e melhor.

Labels:


Wednesday, December 11, 2013

 

Oscar Quiroga - 2145

Vida una


Versão não é um verso grande, é um modo particular de interpretar uma história, é um ponto de vista. A verdade é o Cosmo, o qual, como um diamante lapidado, pode ser abordado através de suas diversas facetas, cada uma dessas representando uma versão. Isso não torna a verdade relativa, mas infinita. A mania de repetir à exaustão que a verdade é relativa deriva da necessidade de enganar, mentir e simular que as coisas são diferentes do que são. Pretender que a verdade seja relativa é esvaziá-la de seu significado transcendente, ficando apenas com uma forma que será preenchida com as simulações convenientes de plantão. Enquanto isso, a verdade é o que une os opostos, mal e bem, homens e mulheres, ricos e pobres, orgânicos e inorgânicos; tudo participa da mesma Vida, uma só Vida.

Labels:


Tuesday, December 10, 2013

 

Oscar Quiroga - 2144

Leveza


Apesar das inúmeras tarefas que precisam ser desempenhadas e das obrigações que devem ser cumpridas, é propício descansar durante o período da manhã até a Lua finalizar seu período Vazio. Tua ansiedade não fará o tempo andar mais depressa nunca! Tua ansiedade só serve para atrapalhar o que poderia ser feito com a alma leve, despreocupada e alegre. Diante de um cenário complexo e estressante, ciente de que deves desempenhar a parte que te toca, respira fundo, atualiza a memória de momentos alegres e leves, e só quando teu humor estiver lá em cima arregaça as mangas e te dedica a fazer com eficiência o que tua ansiedade só complicaria. A beleza da vida está sempre por aí, disponível para aqueles que se atrevem a percebê-la.

Labels:


Monday, December 09, 2013

 

Oscar Quiroga - 2143

Versão


Planetas são entidades vivas compostas por inúmeras espécies orgânicas e inorgânicas. Mundos são versões dessas realidades, pontos de vista que, tendo um número de entidades concordado silenciosamente a respeito, se transformam em realidades inquestionáveis. Porém, no fundo continuam sendo versões e, como tais, sujeitas a serem alteradas a qualquer momento. Que momento seria esse? Quando essas versões não forem mais necessárias e, pelo contrário, ocuparem o lugar das visões imprescindíveis que libertam e providenciam combustível para continuar progredindo, então se autodestroem sob seu próprio peso. Vivenciamos isso na época atual, o mundo desmorona, se mantém como um morto-vivo porque ainda há gente suficiente que acredita que a realidade é o que é, e não apenas uma versão.

Labels:


Sunday, December 08, 2013

 

Oscar Quiroga - 2142

Realidade maior do que nós


O déjà-vu, frase do idioma francês que significa "já visto", é uma experiência que te afirma de forma consistente que sempre há algo mais à espreita. Tentamos não valorizar demais esse tipo de experiência porque ameaça nossos convencimentos culturais, porém, quando acontece somos tomados por um assombro, temos a nítida impressão de estarmos dentro de um sonho, onde tudo e todos são déjà-vu. As coincidências também são experiências significativas, que não são meras casualidades, no tempo e no espaço incidem de forma coordenada assuntos e eventos que emergem sem sequência lógica, como quando você pensa nitidamente em alguém e logo depois acontece o encontro improvável. Tudo isso leva a constatar que apesar de todo o esforço humano para dominar a realidade, ainda somos dominados por essa.

Labels:


Saturday, December 07, 2013

 

Oscar Quiroga - 2141

Relacionar-se é inevitável


Relacionar-se é inevitável, tanto que um dia haverás de abandonar teu veículo corporal e te tornar invisível entre o céu e a terra. Relacionar-se é inevitável porque o Cosmo inteiro é uma rede infinita de conexões, e como nossa humanidade é uma experiência material completa em que o visível e o invisível se combinam em proporções iguais, temos nessa experiência do relacionamento a mais importante de todas, para nosso tormento e regozijo. Ainda que tenhas te decepcionado e que decidas nunca mais te relacionar, reconhecerás que essa intenção está fadada ao fracasso, pois de forma inevitável te relacionarás novamente. Diante do inexorável destino, só resta a nossa humanidade administrar isso da melhor forma possível, sendo fiel, verdadeira, amorosa e aproveitando o inevitável para agregar bem-estar.

Labels:


Friday, December 06, 2013

 

Oscar Quiroga - 2140

Sonhos e realidade


Para efeitos cósmicos, é irrelevante que Tu te esforces em distinguir teus sonhos daquilo que chamas de realidade, pois teu ser permeia todas as circunstâncias com a imaginação. As coisas de tua vida não são coisas, são representações, são significados, são cabides de tuas fantasias e imaginações. Por isso, como podes Tu pretender que haja diferença entre o que chamas de realidade e teus sonhos? O que sobraria dessa realidade se repentinamente todos teus sonhos desaparecessem? Sobraria apenas tua perplexidade, um vazio existencial do tamanho do Universo. Sonha, faze isso sem pudor nem temor, entende de uma vez por todas que teus sonhos dão vida à realidade, que isso não é alucinação, mas um poder que nossa humanidade utiliza de forma constante sem sequer conhecê-lo inteiramente.

Labels:


Thursday, December 05, 2013

 

Oscar Quiroga - 2139

Liberdade


Aquilo que te oprime hoje e que te provoca angústia é o que em algum momento escolheste com muito boa vontade e entusiasmo. Agora fazes questão de te libertares dessa opressão que não mais suportas. Muito bem, nada mais legítimo do que te libertares! O que farás uma vez que sejas livre novamente? Preservarás tua liberdade, ou teu apego às encrencas te conduzirá a um novo beco sem saída para, num futuro não muito distante, te encontrares na mesma situação da atualidade, com a alma oprimida e angustiada? Se quiseres liberdade não precisas mudar as circunstâncias, o que precisas mudar é tua atitude. Parece óbvio, mas é de difícil aplicação, porque teu convencimento chama de realidade as circunstâncias, sem ter a mesma firmeza de chamar de realidade o ser interior que toma as atitudes.

Labels:


Wednesday, December 04, 2013

 

Oscar Quiroga - 2138

Trata bem todas as pessoas


Já ouviste a recomendação de que deves tratar bem todas as pessoas enquanto sobes na vida, porque poderás encontrá-las quando estiveres descendo? É uma recomendação hipócrita, baseada numa intenção manipuladora. Tratar bem teus semelhantes é um dever sagrado, independente de estares subindo ou descendo, na bonança ou no maior azar do mundo. Tratar bem significa respeitar, considerar, aceitar que as pessoas são pessoas e não objetos que atrapalham ou facilitam. Certamente Tu já percebeste quão violentos são alguns motoristas no trânsito, eles e elas são assim porque se convencem de lidarem com carros e não com pessoas dentro dos carros, nunca tomariam essas atitudes se estiverem fora de suas máquinas. Trata bem todas as pessoas, planta as sementes de um mundo melhor todos os dias.

Labels:


Tuesday, December 03, 2013

 

Oscar Quiroga - 2137

Amor que liberta


A mão amiga que você não ofereceu, o apoio que você negou, o colo que você não deu, os beijos que você poupou, os abraços e afagos que ficaram na intenção, tudo isso se transformou em entulho e obstáculos que atravancam o livre fluir de sua vitalidade. Tudo o que você negou e poderia ter oferecido em nome do amor que conecta todas as entidades do Universo e as sustenta se transformou em cacarecos que acumulam poeira em sua casa, em roupas que você nunca usa, em livros que nunca lê, em coisas, coisas e mais coisas que você não precisa. O amor que você nega e que poderia oferecer atravanca sua liberdade e emerge agora como a queixa de que você precisa ser mais livre, que algo trava sua vida e não sabe bem o quê, dado você fazer tudo para se libertar. Só o amor que você oferecer pode libertar sua alma.

Labels:


Sunday, December 01, 2013

 

Oscar Quiroga - 2136

Tempo


E assim te deparas com que o ano termina e que não avançaste tudo que pretendias e, por isso, te dá a impressão que o tempo passou mais rápido que de costume. Aí ouves e lês argumentações complexas para comprovar que o tempo andou mesmo mais rápido, e isso te alivia, pois corrobora tua sensação. O tempo, porém, não andou mais rápido, é a tua experiência subjetiva que está em comunhão com a de tua humanidade a que cria essa sensação. Desconheces as ilusões de ótica? Melhor começares a estudá-las, talvez assim tenhas uma intuição que te informe a respeito das ilusões muito bem montadas nas quais depositas tua fé. Essa de que o tempo anda mais rápido é uma delas. Não anda, o tempo é um fragmento de eternidade, fica em paz a esse respeito, essa é a pedra fundamental sobre a qual o Universo se manifesta.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?