Friday, January 31, 2014

 

Oscar Quiroga - 2193

Fraternidade universal


Começa o dia com a firme intenção de melhorar a qualidade dos relacionamentos que são mais valiosos, mas cuida para que esse valor seja medido com sabedoria. Só isso te ajudará a discriminar os relacionamentos que manténs por puro interesse material de outros, que envolvem complexidades maiores, por ser subjetivos. Uma vez que consideres com sabedoria os relacionamentos valiosos e te dediques a melhorá-los ganharás a certeza de que aquilo que até aqui achavas beirar o impossível adquire novos contornos. A impossibilidade sempre está atrelada, no mundo humano, ao isolamento. A união faz a força, esta frase traduz fielmente a fraternidade universal, que não é utopia, é uma real potência cosmogônica.

Labels:


Thursday, January 30, 2014

 

Oscar Quiroga - 2192

Sonhos de grandeza


Teus sonhos de grandeza não hão de ser constrangidos por serem difíceis de realizar, porém, se não fizeres tudo o que estiver ao teu alcance para realizá-los, esses te esmagarão. Sonhar e não realizar é a segura fórmula da infelicidade. Por isso, se a realidade concreta te deu um puxão e verificaste o quanto te falta para te aproximares desses sonhos, chegou o momento de atualizar a consciência de que o primeiro passo na direção da realização consiste em deixar de sonhar e despertar. Assim, uma vez que tua alma esteja de posse de todos os sentidos, com a cabeça no lugar e ciente de todos os aspectos favoráveis e desfavoráveis aos teus empreendimentos, poderás ter certeza de que, no mínimo, terás feito tudo que estava ao teu alcance, e isso não passará despercebido aos misteriosos movimentos do destino.

Labels:


Wednesday, January 29, 2014

 

Oscar Quiroga - 2191

Trabalho e ócio


Fazer tudo direito, cumpre todos teus deveres, objetiva beneficiar o maior número possível de pessoas através de teu trabalho, sem nunca prejudicar alguém intencionalmente. Cumpre tuas responsabilidades como pai, mãe, cidadão ou cidadã, e como ser humano no mundo inteiro. Porém, considera que o descanso também é um dever, uma necessidade tão importante quanto todas as outras, pois do usufruto dos períodos de ócio resultará que sejas uma alma melhor e, assim, poderás retomar teus afazeres e ao longo do tempo irradiarás benefícios e uma influência luminosa que atingirá mais e mais pessoas, sem nem sequer ter essa intenção. Aproveita todos os períodos de Lua Vazia para descansar, para te dedicar à prática da sagrada arte da despreocupação.

Labels:


Tuesday, January 28, 2014

 

A Terra e os Seres Humanos


O planeta Terra nasceu e começou a se expandir, da mesma forma que um bebê recém-nascido. Desde o início, a sua superfície externa possui dois orifícios, um superior e outro inferior, que são as aberturas existentes nos polos, que ligam a superfície externa com o mundo intraterreno, o interior oco da Terra. Existe um ponto central que brilha com muita intensidade, que é o Sol Central que, na Terra, recebeu o nome de Surya.

Todo planeta, assim como nós, é um ser em evolução. Tem um Cristo, que é o Sol Central, cuja sede é o coração. Como nós, um planeta é um ser em evolução: nasceu, e sua existência tem uma finalidade, uma meta a cumprir. Tem que evoluir, sim, pelos próprios méritos e usando seus próprios recursos.

Nos primórdios do sistema solar a que a Terra pertence, entre Marte e Júpiter, havia um outro planeta (Tiamat), que se desintegrou durante uma colisão com um outro corpo celeste (uma lua de Nibiru). Os fragmentos daí resultantes constituíram o atual "Cinturão dos Asteróides" e formaram, também, a maioria das luas dos planetas do nosso sistema solar.

Só que a Lua da Terra não é um pedaço desse planeta que explodiu mas, sim, uma nave-laboratório artificial, devidamente tripulada, vinda de muito longe. Os tripulantes desta nave são os Pitris, seres bem graduados da organização Fraternidade Branca, ligados com a criação de mundos e, nesse trabalho, eles representam, controlam e dirigem a energia cósmica feminina, o magnetismo.

A Lua veio para que a Terra cumprisse o seguinte Plano: abrigar três Raças Humanas, durante o período que vai desde o nascimento físico até a sua Mestria; e, depois que essas três humanidades saírem, ascencionar, como ser planetário, para a quarta dimensão, depois para a quinta dimensão, etc. O Plano é esse. Os Pitris vieram para materializar o corpo físico-denso da humanidade terrestre e desenvolver o seu psiquismo; eles trabalham muito com a sensibilidade dos homens, com a intuição, com a relação com a Mãe, pois assim é a Lua.

A primeira raça humana da Terra foi a dos Els, que era bem mais alta do que as raças posteriores, com os homens medindo aproximadamente 3,50 m e as mulheres um pouco mais baixas. Naquela época, na Terra, não havia morte, competição, luta pela sobrevivência, vitória do mais forte sobre o mais fraco. Havia, sim, perfeita harmonia na natureza. Os Els tinham uma longa cabeleira que funcionava como antena e os homens não tinham qualquer vestígio de pêlos no rosto. Tinham um olho onividente, enxergando em qualquer faixa de frequência, inclusive enxergava através da matéria, percebendo a energia que a animava. Os Els foram viver no interior da Terra (Agartha). Após conhecerem muito bem a Terra, os Els começaram a se voltar para o céu. Para isso, construíram aeronaves, a que chamaram de Merkabas, A bordo deles, os Els passaram pelos portões estelares (que continuavam fechados à Loja Negra) e empreenderam viagens maravilhosas pela galáxia e fora dela. O Merkaba podia controlar, perfeitamente, todos os fenômenos derivados da lei da gravidade, neutralizando qualquer força de atração de qualquer corpo celeste. Os imortais Els, também conhecidos como a Raça dos Ciclopes, finalmente deixou a Terra e desmaterializou todos os vestígios de sua civilização neste planeta.

A segunda raça humana terrestre recebeu o nome sagrado de Issim, mas ficou mais conhecida pelo nome de Hiperbórea, por ter habitado o continente de mesmo nome localizado no Ártico, já na superfície externa da Terra. Tal como os Els, os Issim jamais evelheceram ou morreram. Quando a Lei da Evolução lhes impôs um novo albergue planetário, eles se foram, depois de desmaterializarem a sua brilhante Civilização de Ouro.

A terceira raça humana recebeu o nome místico de Aben. Esta raça compõe-se originalmente de três etnia: branca, amarela e vermelha; com o tempo, devido a vários fatores, houve alteração na cor da pele dos indivíduos. As causas da mudança da cor dos homens são várias, mas a causa principal foi um desequilíbrio entre a força vital e os componentes básicos da pele.Semelhantemente às raças precedentes, usavam cabelos longos (soltos ou arranjados em tranças). O ouro, nessa época, ainda continuava abundante e à disposição dos homens. Ao contrário dos Els e dos Issim, os Aben já apresentam pêlos no corpo: barba e bigode e pêlos pubianos. Tal como a segunda Raça, a terceira também habitou a superfície externa planetária, apesar de ter conhecimento de Agartha (Terra oca). Os Aben espalharam-se pelo vasto continente de Gondwana, que os Aben chamavam de Mu, uma variante de Ma ("Mãe"). Eles se autodenominavam Rutas ("adoradores do Sol"). Chamavam o Sol de Ra. Os Rutas movimentavam-se em harmonia, ordem e progresso. Vigorava o Dharma (a Lei Universal) e não o Carma. Só que aí chegaram, para ficar, os exilados de Capela.

[continua]

Referência:
Marisa Varela, Resgate, Missão Orion Editora, Rio de Janeiro-RJ, 1995. ISBN 85-85-890-03-7.


Labels: , , , , , , , , , , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 2190

Felicidade


Em teus devaneios imaginas que a riqueza material solucionaria todos teus problemas e afirmaria teus pés definitivamente na felicidade. Pensa melhor, apesar de o chavão rezar que dinheiro não compra felicidade, há nisso uma pista importante que pode te esclarecer. Por ventura, os ricos são todos felizes? Tu mereces prosperidade material, mas não te enganes a respeito de que essa garantirá tua felicidade, pois para conquistá-la precisas prosperar espiritualmente também. Só as pessoas que prosperam material e espiritualmente em equilíbrio são felizes, todas as outras sacrificam algo importante em benefício de conquistar riqueza material ou avanço espiritual, e vivem desequilibradas. Felicidade é plenitude, e plenitude é equilíbrio nesse casamento indissolúvel de tua alma com teu corpo.

Labels:


Monday, January 27, 2014

 

Oscar Quiroga - 2189

Tédio


Tu não sofres tédio porque a existência estacionou numa repetição a perder de vista, Tu sofres tédio porque teu espírito de aventura não recebe alimento suficiente. Tua alma precisa se aventurar, ela reconhece intimamente que tudo que avançou e conquistou resultou de atrevimento. Porém, uma vez as conquistas se consolidaram começou a etapa de manutenção, que se repete a perder de vista e faz minguar o devido alimento para o espírito de aventura. Pois bem! Agora sabes que deves te aventurar de novo, porém, não sabes mais por onde começar. Te digo, precisas começar por te desapegar do que já conquistaste, pousando os olhos de tua mente naquilo que ainda é virtual. Afinal, estás entre o céu e a terra para tornar real tua imaginação, para te atrever a ir aonde ninguém tenha ido.

Labels:


Sunday, January 26, 2014

 

Oscar Quiroga - 2188

Méritos


Saber exatamente como e por que algo precisa ser feito e não hesitar em proferir a opinião, independente de não seres Tu a pessoa mais importante presente, isso, com certeza, te transformará numa pessoa chata. Porém, apesar da chatice tua alma terá, também, se tornado tão valiosa que não poderá ser ignorada. Ao avançar em conhecimento e te tornares perito na atividade que desempenhas, deixarás de bajular outrem, não te sobrará tempo para puxar o saco de ninguém, tua alma estará tão concentrada na atividade que dispensará quaisquer relacionamentos hipócritas. Porém, se nada fazes para te aprimorares diariamente em tuas atividades, então a bajulação será imprescindível, será teu porto seguro, teu passaporte ao progresso. Porém, um dia encontrarás acima de ti aquela pessoa chata que chegou lá pelo próprio mérito.

Labels:


Saturday, January 25, 2014

 

Oscar Quiroga - 2187

Mentira e verdade


Há humanos que mentem porque sentem que isso é necessário. Há humanos que mentem fazendo uso de muita imaginação, são poetas. Há humanos que mentem sem nenhuma necessidade, por esporte. Há os que mentem porque percebem conveniência nisso, há também os que praticam a mentira pelo prazer de engambelar seus interlocutores, num jogo de manipulação no qual só uma das partes goza enquanto a outra desconhece seu papel. Independente das razões e da postura dos mentirosos, uns justificáveis, outros além de qualquer justificativa, para todos a mentira e a verdade acabam se misturando de tal maneira que perdem a capacidade de distinguir se a vida que levam é de verdade ou apenas uma mentirinha a mais no vasto oceano da Vida.

Labels:


Friday, January 24, 2014

 

Oscar Quiroga - 2186

Sabedoria e disparate


Nunca saberás ao certo se uma frase sábia é realmente elevada e libertadora ou, por ventura, um grande disparate apenas. Nunca! Tu terás de observar as entranhas dessa frase e ir além da sensação que inicialmente te infunde, atrevendo-te a colocá-la em prática, pois só a prática será a prova de sua sabedoria ou de seu disparate. Há no mundo muitos charlatães, que são tão eficientes e sutis na sua charlatanice que nem eles próprios conseguem perceber a falácia do que transmitem. Sabedoria e disparate comungam numa mesma dimensão, ambas têm conotações perigosas, podem libertar ou escravizar. Tanto a liberdade quanto a escravidão da mente são perigosas no mundo de nossa humanidade. Nada é seguro, Tu terás de dirimir a dúvida na prática.

Labels:


Thursday, January 23, 2014

 

Oscar Quiroga - 2185

Governo


A esta altura do campeonato podemos ter certeza de que deve haver, mesmo, uma forma certa e eficiente de governar os países e conduzi-los a um movimento de prosperidade e bem-estar para seus povos. Podemos ter essa certeza, pois estamos absolutamente familiarizados com todas as formas erradas de governar, os países não prosperam e seus povos não desfrutam bem-estar. Leis, códigos, recursos infindáveis, nada detém os bandidos e os corruptos; talvez fosse melhor deixar o mundo seguir seu próprio curso, desgovernado, pois até agora todas as tentativas de governá-lo não se mostraram boas, apenas paliativas. Quem gosta de viver num mundo que não sabe curar suas próprias feridas? A natureza é indiferente a qualquer governo, sempre encontra uma forma de manifestar-se. Por que nossa humanidade deveria ser diferente?

Labels:


Wednesday, January 22, 2014

 

Oscar Quiroga - 2184

O verdadeiro


O que é verdadeiro não se preocupa com ser verdadeiro, desabrocha sereno como uma flor, manifestando o que lhe for inerente de maneira espontânea, sem segundas intenções, apenas sendo o que é, nada além, nada aquém. Entendes agora a razão de teus ancestrais sábios terem escrito com fogo a recomendação de que conheças a ti mesmo, que conheças a intimidade de tua alma? Entende agora também que conhecer não é necessariamente um exercício acadêmico, você pode dispensá-lo eventualmente, pois o conhecimento sugerido é o da percepção, o do aproveitamento das experiências para reconhecer a própria natureza e vocação. Assim, com esse conhecimento consolidado, não terás de te preocupar com a verdade, apenas a manifestarás e isso te libertará da série infindável de obrigações que te escraviza.

Labels:


Tuesday, January 21, 2014

 

Mensagem de Mãe Maria - 01/2014


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Tudo retorna neste tempo, alegrias, tristezas, dificuldades, limitações.

Retornam, também, irmãos de outras esferas, que viram nascer o homem divino em vosso planeta, e hoje se aproximam com a missão de auxiliar a humanidade a completar o processo da Ascensão.

Rejubilai-vos, pois, amados filhos, rendendo graças ao momento presente e a tudo que ele vos trás.

Buscai abrir vossas mentes para que o divino se manifeste em cada um de vós, o homem divino que resgata o passado e constrói o presente com a clareza de quem emergiu da ilusão e sabe que o futuro reserva inúmeras alegrias para os justos de coração.

Vossas mentes não podem mais continuar atreladas aos limites da matéria; urge, pois, liberar a mente crística para tornar possível o reencontro do sagrado, e no sagrado a unificação de todos os corpos em uma única e mesma frequência, a frequência que permite o reconhecimento da santidade de todos os seres de todos os reinos em todas as dimensões.

O caminho para tanto se acha gravado na Mãe Natureza, e é tempo de resgatar esse caminho comungando com Ela, para que vossos ouvidos possam ouvir novamente o canto sagrado que sustenta a criação, e que permeia cada pequena porção de vossos bosques e vossas florestas, de vossas montanhas e de vossos vales, de vossas águas, desde as pequenas gotas do mais humilde regato até as caudalosas águas de vossos oceanos, mares e rios, e, também de vossos animais. 

O canto sagrado que permeia a criação vibra ao vosso redor e em cada um de vós; cada Filho da Terra, cada habitante de vosso planeta, exala esse canto ao expirar a força da vida, o prana que alimenta corpos, mentes e corações.

É a vossa canção, amados, a canção que embala a criação e atrai múltiplos seres para o vosso planeta, seres que reconhecem essa canção, seres que percebem a santidade que ela contém, e que aguardam exultantes este momento em que finalmente os Filhos da Terra obtém o merecimento de resgatar o divino e com ele a eterna canção.

Mergulhai, pois, vossa mente no âmago da Mãe Natureza, para que possais resgatar a canção dos Filhos da Luz, e com ela vossa identidade com todos os seres, de todos os reinos que habitam a Mãe Terra.

Só assim os limites serão transformados e as barreiras serão dissolvidas, dando lugar ao novo mundo, onde cada ser transita livre pelo solo sagrado da Mãe Terra, eis que todos se reconhecem como irmãos, seres ilimitados descendentes do mesmo Pai.

Praticai, também, a oração, amados!

Ela tem o poder de estabelecer um contato direto entre vosso corpo e vossa alma, permitindo assim vossa comunhão com o poder-amor-sabedoria do Pai.

Viveis um momento precioso, onde o amor se revela e a sabedoria emerge na consciência de cada um de vós.

O saber é o vosso passaporte para a nova realidade disponível, realidade que podeis reconhecer na medida em que compartilhais amor com todos os vossos irmãos.

O amor é o alicerce que sustenta a nova realidade que emerge na Mãe Terra.

Buscai, pois, exercitar o amor, buscai estender a mão aqueles que buscam a vossa ajuda, buscai sentir suas necessidades para supri-las, na certeza que as vossas necessidades também serão supridas pela fonte infinita da criação.

É hora de sair do casulo que vos envolveu e sufocou por tanto tempo.

É hora de olhar o mundo com os olhos do amor; é hora de acolher o mundo e seus seres no aconchego de vossos braços, para que possais também receber amor, e no amor experienciar a plenitude, para que não mais exista falta, limite ou dor na vida de cada um de vós.

Bem amados, cultivai a fé e a determinação, para que possais vencer todos os desafios, não aceitando mais a sensação de impotência perante os fatos da vida, buscando sempre alimentar a certeza de que viestes ao mundo para ser feliz.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-21/01/2014- mensagem de Mãe Maria-01-2014 recebida por Jane M. Ribeiro  

Labels:


 

Oscar Quiroga - 2183

Liberta o espírito


A mera ideia de "ter de fazer" é o início de todas as complicações que, depois, te tiram o sono para resolvê-las. Então, corta esse mal pela raiz, em vez de te apoiares sobre o conceito de obrigações, te atira com confiança ao oceano da Vida, te esquece de tudo que aprendeste, de tudo que tua alma foi obrigada a aturar durante os anos de educação. Ainda que tudo isso tenha te sido oferecido com a melhor das intenções, cá estás Tu às voltas com o problema produzido por "ter de fazer" coisas com as quais discordas. Esquece o que considerares que é do bem ou do mal, pois um não existe sem o outro, deixa de lado essa relação, e para substituir esse exercício liberta o espírito, faze com que tuas atividades sejam serenas como o desabrochar de uma flor. Que luz seja emitida no Universo através de ti.

Labels:


Monday, January 20, 2014

 

Oscar Quiroga - 2182

O esforço sem esforço


Quando te esforças demais, há tensão excessiva, e quando estás sob tensão excessiva não podes dar o melhor de ti. Abandona a preocupação com os resultados em primeiro lugar, só isso vai aliviar grande parte dessa tensão. Em segundo lugar a questão é mais complexa, pois é inevitável que se tenha de desenvolver uma disciplina, além de a própria atenção exercida sobre um assunto também criar uma tensão. Teu objetivo há de ser atingir o momento em que o esforço deixe de ser algo sofrido, algo imposto, tornando-se uma espécie de esforço sem esforço, algo assim com o que acontece quando caminhas, que é um esforço, mas ao mesmo tempo, por ter se tornado tão natural e espontâneo não produz mais tensão, porém, a alivia, a dispersa. Acerta o alvo com tranquilidade, evita te comparar; se competires, errarás.

Labels:


Sunday, January 19, 2014

 

A Tecnologia Não-Poluente do Ponto Zero


Desde a época de Tesla, os governos do mundo não permitem que se divulgue o conhecimento do ponto zero. Por que? Tesla queria oferecer de graça energia ilimitada para o mundo, que ele sabia que viria da tecnologia do ponto zero. No entanto, o magnata J.P. Morgan, que possuía muitas minas de cobre, não queria que a eletricidade fosse de graça. Ao contrário, ele queria forçar que a eletricidade passasse pelos fios de cobre de modo que ele pudesse medi-la, cobrar do público usuário e ganhar muito dinheiro. Por causa disso, Tesla foi barrado em sua pretensão, e desde essa época o mundo inteiro tem sido controlado (escravizado) no setor elétrico.

Desde aquele momento na década de 1940, toda pessoa que pesquisasse a tecnologia do ponto zero e falasse publicamente sobre o assunto era morta ou desaparecia - até bem recentemente. Em 1997, uma empresa de vídeo chamada Lightworks reuniu secretamente alguns desses cientistas do ponto zero e filmou os seus trabalhos. 

Num vídeo, contaram a história do que aconteceu desde a década de 1940 e mostraram modelos das invenções do ponto zero funcionando perfeitamente. Mostraram máquinas que, depois de ligadas, produziam mais eletricidade do que precisavam para funcionar. Mostraram baterias que nunca precisavam ser carregadas. Mostraram como um motor comum a gasolina pode ser convertido para funcionar com água, com mais potência do que a gasolina. Mostraram painéis que produzem água fervente indeterminadamente desde que a temperatura externa esteja acima de -4 graus Celsius. Mostraram muitas outras invenções científicas consideradas impossíveis pelos padrões científicos atuais. Depois que a Lightworks terminou o trabalho, em um único dia o vídeo foi publicado e as informações postas em um website ("Free Energy: The Race to Zero Point", um vídeo de 105 minutos da Lightworks). Isso forçou o mundo a mudar de direção. Duas semanas depois disso, tanto o Japão quanto a Inglaterra anunciaram que estavam bem próximos de resolver o problema da fusão a frio. O mundo começou a mudar.

Em 13 de fevereiro de 1998, a Alemanha patenteou mundialmente um gerador de energia livre baseado no carbono, uma folha fina de material que produz 400 watts de eletricidade indefinidamente. Isso significa que todos os aparelhos elétricos pequenos, como computadores, secadores de cabelo, liquidificadores, lanternas, etc., não precisarão mais ser ligados à rede de energia elétrica. É o fim do estilo antigo e o nascimento da energia livre (gratuita) ilimitada.

Referência:
Drunvalo Melchizedek, O Antigo Segredo da Flor da Vida, Volume 1, pp. 276-277,  Editora Pensamento, 2009. ISBN 978-85-315-1579-8.

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 2181

Tu sabes


Tu sabes que a Vida é maior do que Tu sabes, mas como ao mesmo tempo te identificas secretamente com ela, então acabas te convencendo de que és enorme. Nada há de errado nisso, desde que a cada dia te esforces para que esse convencimento não seja vazio, mas que te sirva para progredires em conhecimento, em capacidade de pesquisar a verdade dessa identidade e a comunicares e compartilhares com os semelhantes, que têm tanto direito e merecimento a participar da grandeza da Vida quanto Tu pensas ao teu respeito. A Vida não é exclusiva de ninguém. A Vida é inclusiva, compreende e aceita toda a diversidade, é nossa humanidade, com esse vício de achar que se identificar com a grandeza seja algo exclusivo, que acaba desprezando o esforço dos semelhantes, que é motivado pela mesma busca, pelo mesmo objetivo.

Labels:


Saturday, January 18, 2014

 

Oscar Quiroga - 2180

Determinações e propostas


As determinações e propostas que fazes a ti em teu interior são sagradas, te servem para constatar que vives, que tens poder de te manifestar, que buscas algo, mesmo que não saibas o que é. Para te organizar melhor nessa busca, precisas reconhecer que o processo todo se manifesta ciclicamente, porque o tempo é a matéria do teu destino. Tu és capaz de determinar e propor porque há Algo Maior fazendo isso neste mesmo instante em que lês estas linhas. Agora te cabe reconhecer, para teu próprio bem, que além de ter determinação e propostas é imprescindível reconheceres o momento apropriado para iniciares cada empreendimento, seja esse grandioso, como a carreira que te identificará como um profissional, ou simples, como o de garantir um pouco de divertimento, já que hoje é sábado.

Labels:


Friday, January 17, 2014

 

Oscar Quiroga - 2179

Tua luz


Enquanto evoluíres, a matéria de teu corpo físico será a cada dia mais e mais transparente e conduzirá com mais eficiência a substância do teu ser interior, que é luz. Por isso, esse anseio que tens de ser brilhante e que o mundo te admire não é mera superficialidade, há um fundo virtuoso nesse desejo. Tu hás de te trabalhar constantemente para desabrochar, para que tua consciência floresça e transpareça tua alma, cuja natureza é luz. Identificar tua presença com essa luz é tudo que precisas, e no caminho de chegar lá utilizarás diversas referências luminosas, pois podes te identificar com a luz dos postes de iluminação urbana, o que será bom, mas também com a luz das estrelas distantes e poderosas, o que será muito melhor. Tua luz é assim, distante e poderosa, mas está ao teu alcance desabrochá-la.

Labels:


Thursday, January 16, 2014

 

A Despoluição Planetária


Se continuarmos a poluir nosso planeta para mover nossos veículos (automóveis, caminhões, tratores, motocicletas, trens, navios, aviões) utilizando derivados de petróleo (e álcool vegetal, no caso do Brasil) em pouco tempo iremos extinguir todas as formas de vida deste planeta. Há muitos anos existem formas totalmente não-poluentes para mover nossos veículos, usando motores que utilizam a energia livre (gratuita) [motores de energia livre - MEL, motores de energia gratuita - MEG] presente em todos os pontos do universo. Um exemplo deste motor é o motor magnético de Perendev (MMP), cujo funcionamento e princípio de operação (repulsão entre polos magnéticos de mesma polaridade de ímãs permanentes, como aqueles que costumamos colocar nas portas de nossas geladeiras) pode ser visto em [1]. Esses motores de poluição zero não vêm a público por causa de indivíduos e nações que lucram astronomicamente explorando essas formas poluentes de combustíveis, sem nenhuma consciência ecológica, preferindo matar a todos a deixar de auferir seus lucros.

Um bônus adicional resultante do uso de motores MEL/MEG é a possibilidade de utilizarmos geradores de energia livre (GEL) para gerarmos de forma totalmente não-poluente toda a energia elétrica que consumimos em nossos lares (e na indústria e comércio), como em iluminação, televisor, chuveiro elétrico, fogão elétrico, geladeira, liquidificador, máquina de lavar, etc. Para isso, basta acoplar ao eixo girante de um MEL um alternador (similar àquele usado em nossos veículos automotores atuais). Com a geração distribuída de energia elétrica em nossos lares (dispensando o seu fornecimento por companhias de energia elétrica, que trazem esse insumo de pontos concentrados distantes) teríamos uma liberdade e uma revolução muito maior do que aquela propiciada pela transição da computação concentrada (em grandes computadores mainframe) para a computação distribuída atual (utilizando nossos computadores pessoais em nosso lar).

Triste mundo em que vivemos, onde a vida não possui qualquer relevância...

Referência:
[1] Veja várias referência a esse motor em  www.oguiadacidade.com.br/video/Perendev+magnetic+motor/

 

Oscar Quiroga - 2178

A razão


Na mente de nossa humanidade se desenvolvem constantes discussões, diálogos fictícios com personagens reais que servem para constatar as discordâncias e desentendimentos. Em dias como hoje esses diálogos deixam o terreno abstrato da mente e se transformam em cartas colocadas sobre a mesa. Raramente as discussões servirão ao esclarecimento, pois funcionam, na prática, da mesma forma que mentalmente, são exercícios de raciocínio e argumentações, onde todos os que intervêm querem ter a razão, mas pelo mero fato de se envolverem nas discussões significa que a perderam. Discutir para ter a razão é sinônimo de tê-la perdido, pois ter a razão é desconhecer a verdade que unifica os que, discutindo, parecem estar em oposição.

Labels:


Wednesday, January 15, 2014

 

Oscar Quiroga - 2177

Lua Cheia


Leva a sério esse pressentimento de haver Algo Maior, pois mesmo que seja vago e impreciso acende em ti o anseio de participares e, mesmo que durante esta existência nunca venhas a constatar sua realidade, no mínimo terá te servido para as buscas mediante as quais experimentarás progresso e essa coisa elusiva que chamas de felicidade. Leva a sério o pressentimento, pelo menos uma vez por mês, durante a Lua Cheia, pois é nesse momento que o Algo Maior enlouquece os humanos que nada fazem para tentar decifrar o pressentimento. Eleva uma oração, te entrega ao mistério no qual te movimentas e experimentas ser, esses não são exercícios místicos, é um movimento real de invocação e evocação, pois o oceano de Vida em que somos se movimenta e circula, nos chamando para que dele participemos.

Labels:


Tuesday, January 14, 2014

 

Oscar Quiroga - 2176

Emoções


Nossa humanidade adora o mito de que a racionalidade seja oposta à emotividade, mas na prática não se encontra ser humano racional que não seja tomado por fluxos de emoções. O que temos é gente que aprende a racionalmente controlar e recalcar suas emoções. Eles e elas, porém, são clientes seguros de terapeutas, analistas e psicólogos, pois o recalque das emoções não faz bem à saúde. As emoções são desvalorizadas pela nossa humanidade, assim como toda a vida subjetiva, porém, o que haveria de mais verdadeiro do que as emoções? Não se pode mentir uma emoção, que o digam os trabalhadores das artes dramáticas! Quando um ator ou uma atriz precisa se emocionar, ele ou ela o fará de forma verdadeira, ou não desempenhará sua arte de forma convincente. As emoções são orientadoras certeiras.

Labels:


Monday, January 13, 2014

 

Oscar Quiroga - 2175

Luas Vazias

Data estelar: Lua cresce Vazia em Gêmeos


As duas primeiras segundas-feiras de 2014 não deram suporte para começares tuas peripécias em busca de prosperidade material, mas te servem para buscares a felicidade espiritual, isso sim! No mundo em que vives há um equívoco arraigado que provoca confusões, o de que a felicidade material e espiritual sejam antípodas, não podendo andar juntas. Até que não superes esse equívoco continuarás sem nada entender a respeito da vida, pois o casamento do espírito e a matéria é inviolável, tanto quanto a ligação de tua alma e o corpo. O equívoco se originou de haver um tempo certo para cada coisa, um para a matéria, outro para o espírito. Luas Vazias são boas para o progresso espiritual, mas atrapalhadas para o material.

Labels:


Sunday, January 12, 2014

 

Oscar Quiroga - 2174

Ambíguo perfeito



Na mente te complicas, mas nessa mesma mente está a semente da simplificação. Por isso parece tudo tão difícil, porque no mesmo terreno onde te perdes, também te encontras. A ambiguidade, a contradição, o paradoxo, a incerteza, os dilemas, dúvidas e tormentos afins, todas essas condições das quais foges como alma que viu o diabo são os sintomas de que, no fundo, reconheces que no mesmo terreno em que te perdes terás de te encontrar. Se queres pensá-lo de outra forma, imagina-o assim, neste mesmo mundo que desprezas por achá-lo injusto, violento e infame, também se encontra a dimensão da justiça, da inofensividade e da luz verdadeira. Nas mesmas pessoas que odeias e desprezas, também se encontra a luz da inteligência, a beleza, a bondade e tudo que de bom procuras.

Labels:


Saturday, January 11, 2014

 

Oscar Quiroga - 2173

O amor


Tu és as conexões que percebas, teu progresso está eternamente vinculado às conexões que desenvolvas, tua própria capacidade de perceber é baseada nas conexões. Aliás, as conexões são infinitas, mas Tu terás de decifrá-las e desvendá-las, essa será a base de teu eterno progresso. As conexões são um fato cósmico, tudo está interligado, pois é assim que as coisas funcionam, isto é o que no oriente chamam de Dharma. O Dharma é o amor, o amor é as conexões, quanto mais conexões decifres e percebas, mais amor serás capaz de oferecer e irradiar através de tua presença. Assim constatarás que o amor não é mero sentimento, mas uma dádiva que se verte através de cada uma das entidades que compõem o infinito Universo.

Labels:


Friday, January 10, 2014

 

Oscar Quiroga - 2172

Espírito e matéria


Espírito e matéria não são adversários nem condições excludentes. Erram as pessoas que afirmam que para trilhar o caminho espiritual há de se renunciar à matéria, tanto quanto erram os que imaginam que para conquistar riquezas materiais haveria de se sacrificar a espiritualidade. A maravilha de sermos humanos consiste no equilíbrio, somos feitos com a mesma dose de espírito e matéria, e felizes seremos quando não apenas percebamos isso, mas também funcionemos material e espiritualmente ao mesmo tempo, sem tentar excluir absolutamente nada. Este é um conceito muito novo para nossa humanidade, que durante milênios gastou tempo para se convencer de que deveria fazer uma opção exclusiva, ou viver na matéria e abandonar o espírito, ou viver o espírito abandonando a matéria.

Labels:


Thursday, January 09, 2014

 

Oscar Quiroga - 2171

Ser e ter


Queres uma vida mansa? Imaginas, com regozijo interior inconfessável, o quanto farias e serias se tivesses todos os recursos materiais do mundo em tuas mãos? Bem-vinda seja tua alma ao clube dos milhares de entidades humanas que estão convencidas de que ser equivale a ter. Antes que penses que essa afirmação seja uma crítica, te convido a refletir com maior profundidade, pois mesmo que todos nós afirmemos com plena convicção de que ser não é o mesmo que ter, na prática enfiamos os pés pelas mãos nesse quesito. Todos ansiamos riquezas materiais porque algo em nós faz a equivalência entre o ser e o ter. Por isso, evitemos as críticas, não caiamos no erro de julgar em outrem o que é próprio. Em vez disso, trabalhemos em paz, espírito e matéria não são inimigos.

Labels:


Wednesday, January 08, 2014

 

Oscar Quiroga - 2170

Tu és a vida


E agora percebes o tanto de coisas que é necessário administrar para que teus sonhos e anseios deixem de ser meras imagens abstratas e se aproximem da realidade concreta. Diante dessa visão é possível que num primeiro momento te desanimes e consideres que tudo seria areia demais para teu caminhãozinho, que nunca conseguirás sequer arranhar um mínimo do que desejas realizar. Supera esse desânimo, mas não brigando contra esse, porém, abençoando-o pelos serviços que te prestou durante tanto tempo, agradecendo e com extrema gentileza lhe pedindo para ficar de lado enquanto Tu continuas em frente. Quando afirmam que a vida é uma luta constante, não enxergues nisso sofrimento ou algo além de tua capacidade. Tu és a vida.

Labels:


Tuesday, January 07, 2014

 

Oscar Quiroga - 2169

Egoísmo necessário


Um dia qualquer, que pode muito bem ser hoje, despertarás com uma sensação mais intensa do que a habitual, tua mente estará imbuída com a certeza de tudo estar bem no melhor dos mundos, e que se por ventura as adversidades ainda persistirem, que essas não prevalecerão, pois Tu és maior do que elas. Um dia qualquer, que pode muito bem ser hoje, perceberás que o egoísmo, tão vituperado e malhado, te é útil, mas não para pensares apenas em ti, em detrimento dos teus semelhantes, nada disso. Perceberás que uma pequena dose de egoísmo te faz ser maior do que as circunstâncias e que, sendo maior do que essas, prestas um inestimável serviço aos teus semelhantes, facilitando que eles e elas também façam o mesmo.

Labels:


Monday, January 06, 2014

 

Oscar Quiroga - 2168

Viver despreocupadamente

Data estelar: Lua Vazia das 7h44 até 17h45, horário de verão de Brasília

Se você pensar que hoje poderia iniciar seu ano normal e útil, tire o cavalinho da chuva, a agenda cósmica não referenda esse desejo, que nem é verdadeiramente seu, é um reflexo do domínio que a revolução industrial, que trata você como mera engrenagem, detém sobre sua alma. Questione esse desejo, pois se meditar com clareza e mergulhar na sua vida interior, perceberá que o verdadeiro anseio anda na mão contrária a esse desejo, o anseio real autoriza você a descansar, a se despreocupar sem nenhum pudor ou temor. A angústia é um constrangimento inútil e contraproducente, você o pode anular com alegria, não a dos exageros, mas a da leveza, a alegria que conecta ao viver com despreocupação.

Labels:


Sunday, January 05, 2014

 

Oscar Quiroga - 2167

Manifesta o melhor de ti



Em algum momento terás de virar do avesso para que a beleza oculta em teu interior se manifeste com o esplendor que lhe é inerente. Faze isso, mas não para simplesmente te exibires, porém, com a firme intenção de melhorar o mundo, de beneficiar as pessoas com que te relacionas ao lhes ofereceres o melhor de ti, algo que normalmente está trancado a sete chaves em teu interior, à espera de um estímulo, de um “abre-te sésamo”, de um príncipe que deflore teu estado virginal e te inicie no processo de seres quem Tu és a maior parte do tempo. Por que imaginar que a existência terrestre deveria ser a tortura de não manifestares tua beleza? Exorciza esse convencimento tolo, aqui existes, aqui tens de ser vibrante, feliz, uma alma plena de saúde e bem-estar para irradiar a todas as outras espécies.

Labels:


Saturday, January 04, 2014

 

Oscar Quiroga - 2166

Recuperação absoluta


A ressaca não é dos excessos do réveillon, mas de uma vida vivida às pressas, sem o devido cuidado com tudo que envolve essa experiência sublime. Toma hoje todos os cuidados para te recuperares o mais rapidamente possível, afirmando em teu interior que a partir de agora terás mais cuidado e te empenharás com mais persistência em fazer com que tua experiência de vida, sublime e intensa, não seja relegada ao acaso nem ao "de vez em quando". Todo dia é dia de viver, todo momento é do destino, todo instante é feito de infinitas conexões que Tu podes desfrutar, te tornando uma pessoa maior e melhor. Nada disso precisa ser complicado e sofrido, essas condições decorrem de não teres ainda percebido a real realidade em que existes, te movimentas e experimentas ser. Faze, afinal, o que precisas fazer.

Labels:


Friday, January 03, 2014

 

Oscar Quiroga - 2165

Ressignificação


Ressignificar o passado é transformá-lo também, pois as coisas que aconteceram não são mais fatos, são memórias, imagens sobre as quais nossa humanidade deposita o significado que seu alcance emocional e intelectual é capaz de compreender. Na hora em que for possível ampliar essa compreensão, então também acontecerá a ressignificação, e isso mudará o passado. Somos convencidos de que o tempo seria uma espécie de rio que carrega a realidade do passado na direção do futuro, chamamos o passado de real e o futuro de virtual, ou potencial. Porém, não é menos verdade que o tempo seja o rio que vem do futuro e, passando por nós, se dirige ao passado. Por isso a ressignificação do passado é possível. Nada é imutável, nem sequer o passado. Agora te levanta e começa o teu particular trabalho de ressignificação.

Labels:


Thursday, January 02, 2014

 

Oscar Quiroga - 2164

É tudo humano


Diante das mesmas experiências os seres humanos reagem de acordo com o alcance de seus entendimentos sobre a vida, sobre as conexões de tudo com tudo ou da falta dessas. Essas reações não estão escritas nas órbitas dos astros nem no misterioso livro da vida, são produções independentes, fruto do que cada ser humano vai entendendo a respeito da Vida, se é que deseja entender alguma coisa, pois até isso, o movimento do entendimento pode ficar dormente à espera do momento em que for chamado a entrar em campo. A imprevisibilidade humana é admirável, porém, de duvidosa reputação também, por ela acontecem situações de sublime beleza e elevação, mas também produz experiências de uma baixeza abominável. Tudo, afinal, é humano.

Labels:


Wednesday, January 01, 2014

 

Oscar Quiroga - 2163

Tu és o ano novo


O ano é novo e Tu desejas que seja melhor, que traga todos os auspícios e benefícios que pensas merecer. Te afirmo, o ano só será melhor se Tu te transformares numa pessoa melhor, esta é a tua única chance de receber tudo que de bom esperas. Do ponto de vista cósmico, esta é uma data como outra qualquer, não há nada no céu que referende o início de um novo ano, é apenas uma convenção afirmar que hoje é ano novo. Porém, a mente de nossa humanidade é poderosa e cria convencimentos muito sólidos. Por isso te afirmo novamente, não é a entidade abstrata do ano que te fornecerá melhorias, Tu terás de melhorar, Tu terás de te converter, através de empenho e persistência, no tipo de pessoa que merece os benefícios que esperas receber de presente. Tu és o presente, Tu és a oferenda, Tu és a esperança de um mundo melhor.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?