Thursday, July 31, 2014

 

Oscar Quiroga - 2363

Equilíbrio


Diante da estupidez cega que circula por aí, apresenta sabedoria entusiasta. Diante da falsidade e da superficialidade, apresenta expressões verdadeiras e fundamentadas. Diante das intrigas, apresenta comportamentos vinculados à retidão. Diante da variabilidade e instabilidade das opiniões superficiais, ocupa uma posição definida. Diante do desequilíbrio, apresenta equilíbrio. Porém, o mais importante de tudo é compreenderes que para executares o necessário equilíbrio terás de suportar a oscilação constante, pois, como poderias equilibrar o jogo sem jogá-lo? No início essa oscilação te parecerá insuportável e não saberás o que fazer, mas com o andar do tempo as oscilações serão suaves, não haverá notas estridentes nem cores violentas, assim como tampouco preocupações estapafúrdias.

Labels:


Wednesday, July 30, 2014

 

Oscar Quiroga - 2362

O que te importa


Contabiliza as pessoas e coisas que te são importantes e verifica se fazes a tua parte, protegendo o que te importa, nutrindo constantemente o que te importa para que seja evidente o valor que outorgas, e verifica também se esses vínculos importantes são devidamente revelados, se todas as pessoas sabem disso ou se por ventura manténs oculto o que mais te importa. A importância denota teu interesse, aquilo que merece tua atenção, mas se nem sequer prestar a devida atenção àquilo que te importa, como poderia tudo o mais andar bem? É natural que pela vontade de proteger o que te importa te excedas e acabes sufocando e ocultando essas coisas e pessoas, porém, se tratares bem o que te importa perceberás esse exagero e tentarás corrigi-lo o quanto antes e da melhor forma possível.

Labels:


Tuesday, July 29, 2014

 

Oscar Quiroga - 2361

Amálgama


É inútil te atormentares com o convencimento de que teu coração está em conflito com a razão, essa é uma ilusão, uma reminiscência de um passado que não existe mais, pois a matéria e o espírito foram amalgamados e tua própria existência é a prova disso. Tu és a mistura útil de algo sutil que te vincula à realidade ilimitada e de matéria densa que te limita. O assunto está resolvido, por que te estendes em conflitos que nunca se resolverão porque são apenas inventos? Tu já és a resolução desse conflito, tua utilidade no Universo consiste em ser essa amálgama rara, Tu és a síntese de um processo antigo, de uma alquimia complexa. Por que tua mente insiste em não reconhecer isso? Parece até que te apaixonaste pelo conflito e te agarras com tanta sanha a esse que nada mais importaria, só o conflito.

Labels:


Monday, July 28, 2014

 

Oscar Quiroga - 2360

Segunda-feira vazia


Faze as pazes com tua consciência, te liberta da culpa de não teres vontade para iniciar a semana útil, o céu te autoriza a te despreocupares e deixares de lado os compromissos tão importantes que pareceria que sem esses perderias teu lugar na civilização. Tua vida não se resume a produzir, tua vida requer nutrientes que só com a mente sossegada e o coração aprazível poderias receber, e nem sempre os finais de semana ou feriados são períodos propícios a isso; às vezes, como agora, em plena segunda-feira encontras o terreno fértil para mandares teus importantes compromissos te buscar lá na esquina enquanto Tu te dedicas à prática da sagrada arte da despreocupação. Assim, em paz com tua própria alma evitarás te atrapalhar e irradiarás uma influência positiva a todas as pessoas com que te relacionares.

Labels:


Sunday, July 27, 2014

 

Oscar Quiroga - 2359

Resiste à brutalidade!



Por que queres arrancar da vida o que ela deseja te oferecer? Por que violentarias alguém em nome de teu exclusivo prazer? Só um distorcido sentimento de autodestruição te levaria a fazer algo assim. Por que toda ideia de vitória se contamina com a derrota alheia? Isso não é vitória, só competição, caprichosa e mutável como a própria Lua, hoje te coloca no topo do mundo, amanhã te faz rastejar na lama. Vitória assim, transitória, é suficiente para ti? Vitoriosos só são os humanos que conquistam suas fraquezas e detêm as rédeas de suas mentes e, francamente, dentre bilhões existentes só se poderia contar em dezenas os realmente vitoriosos, os imprescindíveis que, graças a eles e elas, nossa humanidade continua merecedora de ser chamada assim. Resiste à brutalidade!

Labels:


Saturday, July 26, 2014

 

Oscar Quiroga - 2358

O ardor



Faze as pazes com teu coração, renova o ardor que te faz ser quem Tu és. Não lembras que ardor seria esse? Então dedica o dia a atualizar a consciência das vezes em que te envolveste com plenitude em algum acontecimento, ou com alguém. Identifica o que sentias nesse momento, teus pensamentos, aquilo que te propuseste fazer em nome do futuro, pois o que sentias nesse momento era maior do que o próprio acontecimento. O ardor interior que te faz ser quem Tu és é o que te eleva acima da banalidade, quando irrompe Tu não és mais um ser humano comum, és mais e o sentes com toda clareza, e o mais interessante de tudo é que essa elevação não se parece nem um pouco com a falsidade da arrogância, é uma elevação que respeita, pois reconhece a comunhão e sabe que todos são capazes de experimentá-la.

Labels:


Friday, July 25, 2014

 

Oscar Quiroga - 2357

Os idealistas



Idealistas são aqueles que veem o que as outras pessoas não conseguem enxergar e, não apenas isso, além de ver abraçam o ideal e se sacrificam para aproximá-lo da realidade concreta, pois se não o fazem sofrem tormentos indizíveis, já que ver o ideal é apaixonar-se por esse. Por ventura, Tu não farias o impossível para te aproximar constantemente de alguém por quem nutririas ardente paixão? Certamente, pois se não o fizesses definharias um pouco a cada momento sob o peso de tremenda frustração. Os idealistas são as antenas do futuro, pois nada indica que eles ou elas verão os frutos de seus esforços enquanto existam, às vezes suas antenas são tão sutis que suas visões se referem a futuros possíveis, mas muito distantes ainda. Os idealistas são os gatilhos do futuro.

Labels:


Thursday, July 24, 2014

 

Oscar Quiroga - 2356

A contrariedade



Contrariando tuas expectativas de tudo ir descambar e conquistares a razão de duvidosa reputação que teu pessimismo formulou, o Sol brilha maravilhoso, os pássaros cantam, as flores exalam aromas encantadores, as pessoas fazem gestos alegres e belos. O que? Essas descrições te agridem? Que mau humor! Sim! Há regiões tenebrosas que nossa humanidade sustenta e preserva, mas mesmo no meio das guerras mais sanguinárias, onde parece não restar sequer uma gota de espírito, eis que surge uma bela flor da lama misturada ao sangue e às fezes. Não importa o quanto te esforces para afirmar que tudo é pesado, frio e escuro, o Universo te contrariará, pois mesmo do teu humor fétido acabará emergindo uma idéia leve e sublime, uma alegria inesperada que trairá todo teu empenho no sentido contrário.

Labels:


Wednesday, July 23, 2014

 

Oscar Quiroga - 2355

Quem pensa os pensamentos?



Quem pensa os pensamentos? Há um ser interior que os pensa, ou os pensamentos se pensam sozinhos? No teu interior estás só, ninguém, por mais destro que for na telepatia, poderá invadir a esfera subjetiva do teu ser, porque é aí que Tu és, ninguém mais pode ocupar esse espaço, que não é dimensional, ou pelo menos não o é nos mesmos moldes que o espaço que um edifício ou um corpo ocuparia. Te digo isso porque apesar de Tu não tratares teu ser subjetivo com a devida reverência, lhe outorgando o status de realidade, é aí que se decide se os pensamentos se pensam sozinhos ou se Tu deterás as rédeas sobre a mente. Enquanto não o fizeres, os pensamentos serão como cavalos desbocados e perigosos, que passarão por cima de tuas verdadeiras intenções, destruindo-as com facilidade.

Labels:


Tuesday, July 22, 2014

 

Oscar Quiroga - 2354

A razão


A Vida de tua vida, a Glória de tua Alma, sem sabê-lo é isso que buscas freneticamente e nada te sacia, porque teu objetivo supremo continua oculto por trás dos prazeres e dores em que mergulhas. A lei cósmica é insuperável, não experimentarás a Vida de tua vida através dos cinco sentidos físicos, se quiseres percebê-la terás de recolher tua consciência do mundo objetivo e a afirmares na realidade interior, no mundo da Alma. Eis o problema! Tu ainda não tratas tua alma com a mesma firmeza com que consideras ser real o mundo das formas, o mundo que teus cinco sentidos percebem, Tu ainda imaginas que o mundo interior, o subjetivo, não tenha o mesmo status de realidade e, por isso, continuas te enredando na busca vã de experimentar a Vida de tua vida onde nunca a encontrarás.

Labels:


Monday, July 21, 2014

 

Oscar Quiroga - 2353

A razão



O princípio da argumentação raramente consiste em esclarecimento mutuo ou de um grupo de pessoas, geralmente se atém exclusivamente a cada uma das partes envolvidas conquistar “a razão”. Isso se assemelha a esses momentos infantis em que as crianças, tomadas de mau humor, fazem o possível para dizer a última palavra, pois só isso garantiria a conquista, o triunfo sobre o outro, e essa última palavra pode ser apenas um resmungo. Surpreendente é que, para quem não participa da discussão e pode contemplá-la com distanciamento, nenhuma das pessoas que discutem parece mesmo ter razão alguma, pelo contrário, entre gritos e acusações acaloradas, fica evidente que, motivados pela ambição de conquistar a razão, todos acabam perdendo-a.

Labels:


Sunday, July 20, 2014

 

Oscar Quiroga - 2352

Autoconfiança



Autoconfiança é bom, mas precisas dosá-la com sabedoria e respeito, pois de outra forma te converterias em mais uma dessas personalidades vibrantes e cheias de si que distribuem malcriação e agressividade por onde quer que transitam. Autoconfiança é necessária, pois precisas trilhar caminhos perigosos, porém, a Vida não é um videogame em que as pessoas são todas obstáculos que precisas detonar com um clique. Autoconfiança é necessária, porém, mais necessário ainda é que faças conexões de solidariedade com teus semelhantes, isso nenhum videogame te ensina, pois todos, sem exceção, respondem à ideologia da competição. Em algum momento perceberás que te excedeste na autoconfiança agressiva quando destruíres um bom relacionamento, quando destratares pessoas que deverias reverenciar.

Labels:


Saturday, July 19, 2014

 

Oscar Quiroga - 2351

Precisas da paixão



Precisas da paixão tanto quanto precisas do ar para respirar e dos nutrientes da Terra para te sustentar. Precisas da paixão porque no fundo tua alma reconhece o ideal, é como se já o tivesse experimentado apesar de não guardar a memória clara de isso ter acontecido. Precisas da paixão porque nesse momento experimentas a perfeição, te rendes graciosamente a algo ou alguém sem titubeios, sem limitações, te entregas completamente e isso é perfeito, a eliminação das resistências te apazigua e eleva. Precisas da paixão porque essa pode ser experimentada em diversos níveis, e o físico não é o melhor. Precisas da paixão para que tua mente veja com clareza o objetivo, para que tuas emoções saibam que imaginar não é uma ilusão, mas a fiel tradução de uma realidade maior e melhor.

Labels:


Friday, July 18, 2014

 

Oscar Quiroga - 2350

Teu mundo e além



Construíste teu destino e sentes que esse te protege, que é teu mundo, tua casa. Porém, também pressentes que há outras coisas para experimentar e agora começas a sentir que o destino que construíste te limita, cobrando de ti tempo e recursos para administrá-lo e preservá-lo. Todos os dias e a toda hora ouves vozes discordantes dentro de ti e sentes a pressão de decidir a qual dessas darás mais valor, se àquela que te orienta a permanecer no mesmo lugar e continuar levando tua vida, ou à outra que te infunde ânimo para ir além do mundo conhecido. Impossível saber antecipadamente se o fracasso ou o sucesso te espera do outro lado, precisas lidar com essa incerteza com sabedoria, nunca ninguém empreendeu o caminho só com certezas. Trilha teu caminho, as coisas ficarão claras no andar da carruagem.

Labels:


Thursday, July 17, 2014

 

Oscar Quiroga - 2349

A conquista



Precisas dar o primeiro passo e precisas dá-lo todos os dias, tantos que talvez fiques com a impressão que os anos passam e não sais do lugar. Não importa! A mente não se conquista de um dia para outro, farás avanços substanciais nesse sentido assim como também sofrerás atrasos e retrocessos tão amargos que imaginarás estar no caminho errado. Porém, te afirmo, não há maior conquista para um ser humano que dominar a mente, um órgão de percepção disponível para fazer contato com uma vasta dimensão de experiências. Imagina se teus olhos vissem apenas o que eles determinassem e não o que Tu queres! Pois é isso que, por enquanto, acontece com tua mente, ela pensa o que quer e não o que Tu determinas. Todo dia precisas dar o mesmo passo, ensinar a tua mente que Tu és a alma interior que pensa.

Labels:


Tuesday, July 15, 2014

 

Oscar Quiroga - 2348

O retorno



Tu estás longe do teu mundo, és uma alma estranha numa terra estranha, tudo te é hostil e a solidão te pesa sobre os ombros como os milênios que sentes sem saber explicar o que sentes. Porém, te movimentas na direção de retorno, pois nada mais há para experimentares que realmente te atraia, reconheces que por trás de todo o brilho e excitação que buscas espreita a decepção. É nesse momento que experimentas o maior perigo, pois inadvertidamente podes te acomodar no exílio e deixar de te movimentar na direção do retorno ao teu lugar; admirando-te com tua capacidade de suportar a solidão existencial te apaixonas pela sombra de todos teus erros e exageros. O anseio de te libertar é maior, porém, e, ainda mais, o que fizeres para te libertar contribuirá também para a libertação de teus semelhantes.

Labels:


Monday, July 14, 2014

 

Oscar Quiroga - 2347

Ajudar



Tua vontade de ajudar não há nunca de ser obstaculizada, enquanto a deixares fluir em liberdade tudo se resolverá de modo muito melhor do que se Tu seguisses as ordens que a lógica te sugere. Diante da possibilidade de ajudar sempre a lógica te sugerirá que tens outras coisas a fazer e que ninguém as fará por ti. Essa, porém, é apenas uma meia verdade, pois a lógica, sempre vaidosa e cheia de si, tenta esquecer que o Universo é maior do que ela e que sempre será mais aquilo que a lógica não sabe do que aquilo que pretende saber. A vontade de ajudar é uma resposta natural porque o Universo é feito de conexões e através dessas flui a Vida. Quando te dá vontade de ajudar e a necessidade assim o determinar, Tu estarás diante da oportunidade de cumprir a parte que te toca na trama misteriosa da Vida.

Labels:


Sunday, July 13, 2014

 

Oscar Quiroga - 2346

O único remédio



As atitudes, palavras e pensamentos positivos são importantes, mas não conclusivos, pois se passas o tempo criando uma atmosfera positiva e nada além disso, então só acontecerá isso. Isso te provará que o fazes apenas para te defender do medo que sentes de agir e, quanto a isso, só há um remédio, agir. Criar uma atmosfera positiva é um primeiro passo, mas só, pois se tens medo de agir deves agir justamente para que isso se transforme em agir sem medo. Só a prática resolverá a questão. Por isso, há um perigo embutido em passares tempo demais criando atmosfera positiva, e esse consiste em que a tal atmosfera se transforme numa nova e mais sofisticada prisão na qual te metes para evitar agir e, no fim, prestar novamente reverência ao medo de agir. Age mesmo com medo, este é o único remédio.

Labels:


Saturday, July 12, 2014

 

Oscar Quiroga - 2345

Dificuldades e oportunidades



O mais engraçado da história é que por trás de todas as dificuldades se encerra a valiosa joia da oportunidade da elevação. Ou seja, é engraçado porque nossa própria humanidade, ao se convencer de que faz mal a si e aos seus semelhantes lança os dados para que o jogo da oportunidade de tudo ser diferente seja colocado em marcha. É engraçado, mas também é trágico, porque para ver a oportunidade nossa humanidade sofre e se contorce no meio de prisões bem estreitas que inventa para si. Prisões como o conforto, o dinheiro, o temor, o ódio, o desejo de poder, o orgulho, o separatismo e a crueldade em todas suas expressões; todas são oportunidades de libertação, mas não te apresses a te convencer de que mergulhar nessas condições te libertaria, às vezes o impulso é de perdição e nada além.

Labels:


Friday, July 11, 2014

 

Oscar Quiroga - 2344

Tua humanidade



Passas por um momento difícil e as circunstâncias estão contra ti, nem sequer as pessoas que deveriam te apoiar, por serem familiares, estão aí por ti, essas são condições penosas. E, no entanto, algo em ti está convencido de que obterás a vitória e não apenas sobreviverás a tudo como também viverás melhor depois que o transe tiver acabado. O que te faz ter essa certeza? Seria apenas uma fantasia ou a idéia provém de algo em ti que não se dobra, que é maior do que as circunstâncias? Pois te digo, Tu provas tua humanidade pelo que fazes com as circunstâncias que te rodeiam. As pessoas comuns apenas seguem o fluxo das circunstâncias e são moldadas por essas, mas Tu, que pretendes ser maior, te encontras agora na situação que buscaste; provar que dobras as circunstâncias que querem te dobrar.

Labels:


Thursday, July 10, 2014

 

Oscar Quiroga - 2343

Mundo melhor



Abandona de imediato o tempo que perdes pensando no que fazer e vai te convertendo em alguém que é fazendo. Abandona de imediato o prazer que te dá dizer palavras que não deveriam ser ditas, porque são meramente ofensivas, e também abandona de imediato o tempo que gastas prestando atenção a esse murmúrio cruel que é a fofoca. Se queres fazer algo por ti e queres mesmo um mundo melhor no qual viver, terás de começar vigiando teu tempo e fazendo intervenções cirúrgicas nesse, pois, como Tu és uma entidade que se relaciona, o que começares fazendo por ti acabará trazendo resultados para o mundo também. Nem muito te critiques nem tampouco te refesteles em pensamentos de autocomiseração, não precisas ser uma alma boa o tempo inteiro nem tampouco te abster de ofensas só para fugir das complicações.

Labels:


Wednesday, July 09, 2014

 

Oscar Quiroga - 2342

É a tua hora!



Enquanto perdes tempo fazendo perguntas tolas tua alma enxerga o objetivo com clareza. Pois bem! Agora te levanta e vai nessa direção, ninguém há de trilhar por ti o caminho que Tu sabes que deves trilhar com teu próprio esforço e empenho. Essas perguntas que fazes são tolas porque através delas convidas outras pessoas a testemunhar teus esforços de trilhar o caminho e, enquanto assim fazes, te dispersas e não sais do lugar. Chega de perguntas! Só o silêncio será boa companhia. Muitos já trilharam esse caminho e passaram pelo mesmo aperto de precisar silenciar essa miríade de vozes tolas que grita no interior em direções discordantes e simultâneas. O mundo saberá quem Tu és pelos teus feitos e não pelas tuas palavras nem tampouco pelas perguntas que faças. Agora vai! É a tua hora!

Labels:


Tuesday, July 08, 2014

 

Oscar Quiroga - 2341

O inimigo



Um inimigo não poderia nunca ser vencido utilizando suas mesmas armas, porque isso te converteria, ao longo do tempo, no teu inimigo temido e odiado ao mesmo tempo. Para vencer teu inimigo Tu deves te elevar, colocar tudo em outra perspectiva. Paradoxalmente, para te elevar Tu deves ser humilde, comungando com o que de mais inferior houver em ti para não te exaltares em vão nem tampouco tentares te diferenciar como se a vitória que buscas te autorizaria a inferiorizar teus semelhantes. Isso é o que teu inimigo faz e ele deseja que Tu caias nessa tentação, porque assim te derrotaria. Conhece tuas limitações, conhece tuas fraquezas, todas serão exploradas para te derrubar. Assim, enquanto o tempo passa e conheces cada vez mais tuas limitações, perceberás que o inimigo odiado és Tu mesmo

Labels:


Monday, July 07, 2014

 

Oscar Quiroga - 2340

Tu és maior


Se fores realmente humilde, ascenderás ao te ajoelhares diante do que sabes ser maior do que ti. Se tua alma for realmente corajosa, vencerá fazendo concessões sem, no entanto, negligenciar sequer por um instante os princípios sem os quais tudo o mais degringolaria. Se utilizares o discernimento, tua vitória estará assegurada, porque conhecerás com exatidão tudo aquilo que precisas deixar atrás para sempre. Humildade, coragem e discernimento, estas são tuas verdadeiras armas, com elas terás de te abrir passagem pois, mesmo que tua luta não derrame sangue, não é por isso menos violenta, o campo de batalha é subjetivo e não há descanso para ti. Atualiza, por isso, o bom humor, pois esse é capaz de substituir com dignidade as experiências trágicas e atemorizantes. Tu és maior do que elas, tua vitória está assegurada.

Labels:


Sunday, July 06, 2014

 

Oscar Quiroga - 2339

A solidão é impossível



Tua solidão só será verdadeira se ninguém souber dela, pois se houver alguém informado de tua solidão, então essa deixará de ser. Entendes como é fácil sair da solidão? Entendes por que os verdadeiros solitários preferem a discrição e não fazem alarde nem muito menos se queixam de sua condição? Há também a solidão de constatar que tua alma está presa no calabouço de si mesma, porém, como essa é uma constatação que todo ser humano fará em algum momento da existência, não se pode chamá-la de solitária, é uma experiência compartilhada, o oposto da solidão. Também temos de pensar que como interiormente não somos apenas um, mas muitos, já que muitos estados de ânimo se reúnem no mesmo ser, impulsos cruzados do que tu sentes e não sentes convivem; nessa reunião de muitos em um só, te afirmo, a solidão é impossível.

Labels:


Saturday, July 05, 2014

 

Oscar Quiroga - 2338

Vida normal?



Em tua alma se refletem todas as forças do Universo, Tu és uma chama que se eleva em todas as direções, que te queima os sentidos, que derruba todos os muros que tua lógica limitada ergueu para tentar entender o que acontece. Tua alma é sacudida por emoções antagônicas, coisas absurdas acontecem, coisas que nem deveriam acontecer, e Tu tentas te focar, em teu formidável dinamismo tentas, com muito boa vontade, permanecer em equilíbrio. Tua alma, prisioneira de si mesma, tenta não transbordar por todos os poros, mas treme, se perde e transcende, porque não consegue deixar de ser o que é, o reflexo de todas as forças do Universo. Levar uma vida normal? Que pretensão temos todos por aqui! Como levar uma vida normal com a fúria inconcebível de todos os átomos visíveis e invisíveis a transbordar em cada acontecimento?

Labels:


Friday, July 04, 2014

 

Oscar Quiroga - 2337

Vazio


Aquilo que te causa horror existe e acontece agora mesmo em qualquer lugar do mundo, senão em vários ao mesmo tempo, pois este planeta em que existimos é uma espécie de catálogo de experiências, inclusive daquelas que reputamos impossíveis. Tentas te circunscrever a um cubículo existencial no qual imaginas estar no domínio da situação, mas tua real situação é levitar no infinito; é até um milagre que existamos, pois do vazio sideral nos protege apenas uma fina camada de atmosfera. Agora respira, teu horror é apenas um conceito, produto de tuas decisões que lapidam a realidade e resultam em dizer, disso Eu gosto, aquilo Eu abomino. A Vida não se importa com isso, é indiferente aos teus gostos e desgostos, segue um plano infalível e por isso, inevitavelmente, de vez em quando parece te ameaçar.

Labels:


Thursday, July 03, 2014

 

Oscar Quiroga - 2336

A vida é mistério



Vamos combinar e está combinado, a Vida é mistério, sempre será muito mais o que não soubermos dela do que aquilo que pensamos conhecer. Por isso, o exercício de fazer profecias segue uma linha de raciocínios lógicos, às vezes pretensamente intuitivos, porém, a Vida, porque misteriosa, pode vir a qualquer momento desbaratar nossas antecipações. Se isso é bom? Orgulhos feridos à parte, só pode ser bom, porque nós já tínhamos combinado que a Vida é mistério e que apesar de todos nossos esforços de compreendê-la, sempre haverá algo que nos escapa. Esse vazio do que nos escapa nós preenchemos com nossos desejos e anseios, mas nem sempre acertamos a sincronizá-los devidamente com o que a Vida planeja. Estar sempre preparados para o que der e vier, essa é uma atitude básica para viver bem o mistério.

Labels:


Tuesday, July 01, 2014

 

Oscar Quiroga - 2335

O amor circula




Dizes que quem não ama a si mesmo não poderia amar seus semelhantes, porém, Eu te afirmo que “si mesmo” não existe, esse é apenas um conceito, a realidade humana é relacionamento. Quando afirmas que quem não se ama não é capacitado a amar outrem, na verdade encontras uma justificativa para continuar nisso mesmo, agora com a autoridade de quem tem licença para evitar o amor só porque o nega a “si mesmo”. Nossa humanidade é cheia de justificativas; enquanto isso, o amor circula, porque é da sua própria natureza circular, fazer conexões e estabelecer vínculos. Tu não precisas fazer uma conexão com nada em ti, Tu precisas mesmo é permitir que o amor flua através de tua presença, pois esse não tem nada a ver com as histórias românticas que te contaram. Amar é usufruir as conexões que o Universo já fez.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?