Sunday, January 31, 2016

 

Oscar Quiroga - 2895

A conexão de tua alma

Quando tudo esteja dando errado, quando teus planos forem por água abaixo, quando te sintas a última das últimas almas entre o céu e a terra, retoma o fio de meada de tua consciência, respira intencionalmente com serenidade, respira não apenas oxigênio para nutrir teu corpo, mas também respira a imaginação de a glória infinita do Universo percorrer cada interstício infinitesimal de teus átomos, nutrindo-os com a conexão que os faz existir. Quando tudo esteja dando certo, quando teus planos forem vitoriosos, quando te sintas a alma que superou todas as outras, a que está no topo do mundo, faz o mesmo, respira o Universo para te reconectar. Teu bem-estar não se nutre de seres uma alma isolada, mas de consciência da conexão infinita.

Labels:


Saturday, January 30, 2016

 

Oscar Quiroga - 2894

O bem-estar


O bem-estar e todas as práticas, hábitos e costumes derivados desse hão de se tornar teu objetivo principal de vida, cada dia precisa ter tempo consagrado para te aproximares dessa condição e estabilizá-la a tal ponto que as preocupações, dores e sofrimentos se transformem em exceções. Definitivamente, nossa humanidade não nasce neste belo planeta para sofrer, porém, nem tampouco para existir em contínuo hedonismo. Nossa humanidade nasce neste planeta para levitar sobre o oceano de circunstâncias e se tornar maior. O bem-estar, por isso, não significa que tu devas ter um corpo belo, vibrante e cheio de vigor, mas que teu corpo seja refinado o suficiente para não teres de lhe prestar atenção contínua. O bem-estar te conduz a tomar decisões acertadas nos tempos auspiciosos e adversos.

Labels:


Friday, January 29, 2016

 

Oscar Quiroga - 2893

Um dia levitarás


De nada adianta tentar afirmar que o mundo seja uma ilusão e que, por isso, não haveria motivo para sofrer, já que tudo se resolveria através dos pensamentos. O mundo é real e os traumas também, acontecem situações medonhas e ofensivas que traumatizariam até aos anjos, não há ilusão alguma envolvida nisso, é tudo muito real. Essas situações, porém, são circunstâncias que o ser interior, que tu e nós somos, há de administrar da forma que o alcance do entendimento conseguir. Aí sim podemos encontrar ilusões e fantasias, com as quais os terapeutas do mundo lidam e trabalham de acordo, também, com o alcance de seus entendimentos. Tu, como ser interior, precisas entender que um dia levitarás sobre o oceano de situações traumáticas e que tens de te preparar para isso, porque essa dimensão também é real.

Labels:


Thursday, January 28, 2016

 

Oscar Quiroga - 2892

Despreocupação

A ansiedade com que inicias cada dia, as preocupações que te atormentam, esses são exemplos de o quanto o sofrimento define tua existência. Pois bem, começa a fazer um exame minucioso de o quanto tua mente se envolve nesse tipo de experiência e, mediante o uso de tua vontade, intencionalmente rouba um minuto diário das preocupações e ansiedade. Começa a praticar a ciência da despreocupação, pois, tu não és aquilo que te preocupa, tu és o ser que tem capacidade de encontrar soluções para os problemas que te afligem. Se ainda não encontraste essas soluções, isso tampouco deve te preocupar, é apenas uma questão de tempo e também de criatividade que as encontres. Aproveita a manhã de Lua Vazia para te despreocupar, para, pelo menos, existir durante um instante sem te definir pelo sofrimento.

Labels:


Tuesday, January 26, 2016

 

Oscar Quiroga - 2891

Sofrer te apequena

Tua alma é minuciosa e detalhista na descrição de dores e sofrimentos, compartilha esse exercício com milhares de pessoas. Quando alguém, numa roda de conversa discursa sobre suas dores e limitações, logo todas as pessoas presentes se unem e também discursam sobre as delas. De forma surpreendente, o mesmo não acontece quando alguém discursa com entusiasmo sobre golpes de boa fortuna; as pessoas calam e, em silêncio, ruminam sentimentos negativos. É assim que o mal-estar é protegido enquanto o bem-estar, teoricamente exaltado, na prática surge como ofensivo, porque sua revelação ameaça o edifício existencial que é sustentado e definido em torno das limitações, dores e sofrimentos. Compreende de uma vez por todas, sofrer não é auspicioso, sofrer não liberta. Sofrer te faz ser menos do que poderias ser.

Labels:


Monday, January 25, 2016

 

Oscar Quiroga - 2890

O digno que se torna indigno

Detestas sentir medo e te apequenar diante da vida, mas ao mesmo tempo proteges esse sentimento medonho, te agarras a ele como se fosse impossível viver sem sentir medo, sem que algo esteja doendo, sem um sofrimento em torno do qual construir um discurso e protege-lo da perspectiva de ser desintegrado, pois, sem ele tua vida pareceria perder sentido. A proteção é uma atitude digna, mas se proteges o que deve ser destruído, pela tua insistência transformas o digno em indigno. Precisas ir além do mundo que construíste, há mais vida para ser vivida, vida abundante. Pensa assim, se de um momento a outro se desintegrassem todos os ingredientes que te fazem sofrer, o que restaria? Tua alma estaria preparada para viver essa vida abundante que se descortinaria e surgiria maravilhosa e radiante?

Labels:


Sunday, January 24, 2016

 

Oscar Quiroga - 2889

Um dia tu te cansas

Se desprezares alguém, desprezas algo em ti também. Se elogiares alguém é porque também elogias algo em ti. Essa é uma realidade que podes questionar, já que tua liberdade te autoriza, mas que não podes negar, ela é maior do que teus questionamentos. Ainda maior é a verdade de que nunca tua alma será inteira preferindo os elogios e evitando o desprezo, pois, por melhor que sejas, por mais impecável que seja tua atuação, sempre haverá por aí alguém que te desprezará. Essas divisões não podem ser consideradas ilusórias, são palpáveis e mobilizam recursos de todos os tipos o tempo inteiro. Um dia, porém, tu te cansas disso tudo e começas a te exercitar no árduo processo de introspecção que te torne competente para navegar nessa ambiguidade toda com destreza, sem que tua alma seja afetada por nada.

Labels:


Saturday, January 23, 2016

 

Oscar Quiroga - 2888

O universo não é exclusivo

Serás grande quando parares de tentar existir num Universo exclusivo, fingindo que não te diz respeito uma boa parcela das experiências que te atingem os sentidos e que tua mente, por meio de sonhos e visões, faz emergir e tua consciência não pode deixar de perceber. Serás grande quando reconheças que tu não és o que te disseram que deverias ser, mas que tu és essa complexa mistura de dimensões, das quais algumas te confortam, enquanto não sabes o que fazer com as outras, já que insistes em continuar tentando existir num Universo exclusivo. Aceita tudo de ti e porás teus pés no mistério do amor, como resultado se irradiará de ti um carisma que antes era mascarado e distorcido pela constante tentativa de ser quem deverias ser, objetivo que nunca conseguiste, não consegues e nunca conseguirás atingir.

Labels:


Friday, January 22, 2016

 

Oscar Quiroga - 2887

Tu és uma entidade complexa

O mistério de que coisas boas aconteçam a pessoas ruins e coisas ruins a pessoas boas não precisa ser decifrado, só constatado, compreendido e aceito como fato consumado, assim são as coisas no Universo. Isso deveria te servir de orientação para parares de tentar existir numa dimensão exclusiva, só de coisas boas, ou se te apaixonas pelo inferno, de seres um demônio que produz malefícios. Tu és uma entidade complexa, há algo danoso em ti, que se alimenta de ofensas e distorções, e essa dimensão convive com outra, que irradia benefícios e quer praticar atos que melhorem o mundo. Aceita tua complexidade, é a melhor atitude que podes tomar para começar a construir uma vida verdadeira e teres presença de espírito para reconhecer o valor de tuas decisões e te responsabilizar pelas opções que fizeres.

Labels:


Thursday, January 21, 2016

 

Oscar Quiroga - 2886

Tu não és o trauma

Em algum momento obscuro do passado, por alguma decepção ou porque testemunhaste algo muito distorcido, teu ardor também se distorceu e acabou vinculado a um estado lamentável, aprisionado por uma circunstância traumática que passou a te definir e mascarar quem tu verdadeiramente és. Tu não és o trauma, tu és o ardor que foi aprisionado no trauma. Essa é uma boa notícia, porque ratifica que tu és maior do que qualquer trauma e que tua alma só permanece circunscrita a esse porque o deseja. Essa é a distorção do ardor, desejar a prisão quando pode, pela mesma força do desejo, ansiar uma vida plena e se dedicar constantemente a experimentá-la. Nada nem ninguém pode te salvar, tu podes aproveitar sugestões e orientações, mas para salvar-te precisas decidi-lo e praticá-lo.

Labels:


Wednesday, January 20, 2016

 

Oscar Quiroga - 2885

Amor cósmico

O amor não é romântico, porque o romantismo exalta as virtudes e oculta os vícios. O amor é verdadeiro, contempla todas as nuances da realidade, as compreende e unifica num todo harmonioso, belo e dramático. Nunca conhecerás o amor se tentas que parte de tuas experiências sejam deixadas de fora, como se pudesses fingir que não acontece o que acontece. O próprio amor, que ama através de ti, à revelia de tua vontade, continuará trazendo essas experiências até que tu, consciente e intencionalmente, as compreendas e integres. O amor, definitivamente, não é uma experiência pessoal, é uma potência cosmogônica que aguarda em suspense o momento em que uma consciência individual lhe permita passagem e expressão para continuar sua obra de alinhavar todos os mundos do Universo, como se fossem pérolas de um colar.

Labels:


Tuesday, January 19, 2016

 

Oscar Quiroga - 2884

O Arco

A definição do teu ser não está nos traumas pelos quais te condóis nem tampouco pelos acontecimentos que te exaltam e pelos quais te parabenizas. A definição do teu ser está num arco que une condolências e regozijos e no qual estão escritas frases que só o amor é capaz de decifrar. Ainda não percebeste que não há mal que dure para sempre nem tampouco bem que seja eterno? A única permanência da qual podes ter certeza é a da constante oscilação entre os opostos. Para que essa oscilação não te açoite com vertigem precisas compreender e aceitar que não há nada que seja completamente mau nem tampouco existe algo ou alguém que seja absolutamente bom. Tentar viver exclusivamente numa ou noutra direção põe teus pés num caminho de ilusões que te drena energia e te faz perder o precioso tempo de viver.

Labels:


Monday, January 18, 2016

 

Oscar Quiroga - 2883

Tua definição

Ao pensares constantemente em teus dramas e te preocupares excessivamente em considerar-te um ser inferiorizado diante da complexidade da vida, acabas te definindo pelas circunstâncias que te açoitam e não pelo ser que tu verdadeiramente és. Por que te apaixonaste tanto pelos dramas e pelo exercício de lamentar-te das fraquezas? Compreende de uma vez por todas, essa foi a tua escolha e, por isso, só serás maior do que as circunstâncias quando abandones o vício de te definires por essas. Não há configuração estelar nem acontecimento traumático que possa te definir completamente, há a interpretação que tu faças do que te aconteça e, a partir desse momento, e pelo resultado do convencimento que consolides, te definirás e passarás a ser essa definição. Quando superarias esse vício? Quando assim o decidires e praticares.

Labels:


Sunday, January 17, 2016

 

Keylux, de Arcturus


Keylux é o título de um livro de Fábio del Santoro. Abaixo estão alguns trechos desse livro, repassados por Keylux, um arcturiano.

Vejo na Terra pedaços de pessoas jogados nas lixeiras em lugares que vocês chamam de hospitais, que, em tese, salvam vidas. Nenhum hospital salva vidas porque vocês são os únicos que podem salvar suas vidas, e salvando-as nunca irem parar em hospitais sangrentos. Hospitais reparam vidas, mas são vocês que as salvam realmente.

A vida na Terra piorou muito nos últimos milênios porque existem forças trabalhando para o mal terrestre, e dimensionalmente isso é importante explicar, porque o mal e o bem se contrapõem nesta dimensão. O mundo de vocês que está lá fora está se destruindo aos poucos, mas um novo mundo será construído sobre novas bases.

Nossas naves espaciais estão ancoradas ao redor do planeta Terra há milhares de anos. O Todo nada mais é do que uma vasta e infinita rede de comunicação onde todos têm informação sobre tudo o que acontece no universo. A Terra e tudo o que acontece nela, está sendo relatado a cada segundo para o Todo.

O nó da materialidade terrestre é um dos maiores "nós" que teremos que desatar porque sem que isso seja resolvido, vocês não passam para a quarta dimensão e muito menos para a quinta. Somos nós, os arcturianos, que vamos estabelecer contato com vocês quando os efeitos da transição terrestre começarem pra valer. O processo de demolição das calotas polares está em evolução.

Pânico e deslocamento em massa é tudo o que os chefes de governo não querem que aconteça em seus países (não querem perder o controle sobre as massas). Mas a transição envolve perdas. A Terra irá para uma quinta dimensão, parte dela ainda ficará na quarta dimensão, mas jamais ela será um planeta de terceira dimensão novamente (portanto, quem continuar na terceira dimensão terá que ir para outro planeta).

Nossas naves entrarão na atmosfera terrestre sempre que for necessário para equilibrar as perdas e danos e estaremos livres para intervir, porque os efeitos da Roda Cármica sobre nós já serão nulos até então. Os polos trarão mais trabalho do que qualquer outra manifestação que a natureza causar na mudança de rotação e de eixo terrestre. Só lamento pelas perdas humanas que se sucederão, não pelo aspecto de morte física, mas pela omissão das autoridades responsáveis pelo seu bem estar e por suas vidas.

Muitos de nós andamos entre vocês enjaulados em armaduras de silicone e plástico que imitam direitinho a pele humana. As religiões não construíram uma ponte entre vocês e a verdade, porque este não é o papel destinado às religiões, que hoje procuram no dízimo sua sustentabilidade no mundo cruel e desumano da terceira dimensão.

O seu padrão vibratório ideal é conseguido através de sua própria vontade, ninguém os empurrará para ele, mas observem que aos poucos, todos vocês que estão se elevando percebem mudanças no comportamento padrão básico humano. Tudo que se refere à alimentação descontrolada, contato com negatividades pessoais e relações estagnadas na negatividade, tendem a sofrer uma pressão para que acabem, ou se afastem definitivamente de suas vidas.

Há uma amnésia terrestre imposta pelas leis cármicas da terceira dimensão.

Governos terrestres atacam governos terrestres movidos pela ambição de matar e destruir, possuir aquilo que não pode ser possuído porque nada, absolutamente nada, pertence a ninguém. Tudo nos foi emprestado no universo e é bom que se saiba disso o quanto antes. A ambição  humana de ter e poder levou o homem a patamares nunca antes registrados de tolices sem fim.

Quando o homem vence o medo natural que está impregnado a milhares de anos em suas células, ele compartilha a união com o universo e, assim, consegue sentir-se unido a milhares de outros seres que assim como ele,tiveram medo um dia.E que, agora, desfrutam da absoluta paz existente entre os que adotam as Leis Universais e seguem suas vidas baseadas neste fundamento primordial.

Vocês foram manipulados por seus governos para nada saber, e vocês continuam nda sabendo. Continuam cultuando falsas expectativas de vida e se corrompendo para terem aquilo que os desejos materiais que os corrompem sejam materializados.

O Todo não quer a destruição da Terra senão ele mesmo já a teria destruído. O Todo que a evolução da Terra e dos humanos e porisso pediu auxílio às nações amigas dos humanos, mesmo sabendo que os humanos acham ou têm certeza de que estão sós entre bilhões de galáxias. Vocês acreditam na mentira, aprenderam a gostar da mentira e não vivem mais sem ela. Preferem ouvir uma boa mentira que pareça com a verdade do que saber a verdade dos fatos.

Não existe morte após a vida. Existe vida o tempo todo em todos os lugares, mesmo para vocês, humanos. O que ocorre é que vocês saem da matéria densa em que viveram um período de suas vidas e continuam vivendo em outras camadas do universo, acompanhados de quem vocês são afinados energeticamente.

Não existem perdas, e sim mudanças. Vocês detestam esta palavra chamada "mudança", porque isso significa alterar o estado em que as coisas estão. Vocês classificam como mudar para pior ou mudar para melhor, devido ao mundo de dualidades em que vivem, mas não existe isso. Existe apenas a mudança fundamentalmente. A morte é uma mudança brusca, vocês dizem, mas não se trata disso. Quem morre na Terra surge em outro ponto do universo e assim a vida progride e continua. Não existe nada de tenebroso, a não ser que a sua mente crie o tenebroso e atraia imagens tenebrosas para você.

Vocês não entendem que a morte não existe, assim como o tempo e um monte de outras coisas que vocês acreditam, porque foram ensinados e dirigidos para acreditar em mentiras. Morrer e viver são iguais, porque não existe morrer, existe mudar. As pessoas mudam da Terra para outro espaço-tempo, só isso.

Mudar é maravilhoso porque você se torna mais presente na vida universal e entende que a vida e a morte se congratulam porque existe mudança constante no universo. Nós morremos, ou melhor, mudamos, sempre que necessário for, apesar de nossa vida como arcturianos abraçar 800, 900 anos terrestres com muita facilidade.

Nós somos muito prudentes em relação ao que ingerimos, e nosso ritmo de vida é condizente com as Leis Universais, que não permitem abusos. Damos muito valor ao nosso corpo, ao habitáculo em que reside a vida e não nos permitimos violar esta verdadeira casa que nos recebe e protege por tantos e tantos anos.

Vocês cometem excessos devido à falta de espiritualidade que assombra a Terra. Quantos de vocês entendem que seus corpos são templos onde a fé divina habita? As religiões existem para dizer a vocês o que devem fazer, e mesmo assim elas não conseguem dizer a vocês que a vida existe em todos os planos do universo, e que absolutamente ninguém morre.

A vida existe em todos os quadrantes e quando vocês "mudam", observam melhor o universo do que quando estão encarcerados em corpos terrestres. A viagem de um espírito que quer vestir a roupa da Terra não é nada fácil, porque ele sabe que para viver neste planeta de terceira dimensão, sua roupa de carne e osso terá de ser resistente para aguentar as densidades vibracionais do local.

Vocês são violentos em tudo o que fazem, e seus corpos estão sendo reduzidos a pó mais e mais rapidamente porque vocês não respeitam suas leis e, muito menos, as leis que regem o universo. Ao destruir o corpo com má alimentação, vocês estão mandando uma mensagem para o universo, dizendo que são capazes de se matar aos poucos, de se destruir aos poucos e que não aceitam as limitações do corpo que possuem.

No universo, tudo é muito rápido e é bom que vocês comecem a se habituar com isso porque o tempo, ou melhor, a sensação do tempo que vocês conhecem não vai existir mais em breve. Eu aviso que quem decidir ir em direção ao futuro terá que afastar definitivamente a violência de sua existência.

Andamos em nossas naves e muitas vezes nossos corpos é nosso veículo espacial, porque podemos nos teletransportar, ou seja, transferir moléculas de nosso corpo físico para outro lugar no tempo-espaço sem a utilização de um veículo plasmado ou material.

Suas emoções são poderosas, tanto para construir como para destruir, e eu acho que este é um momento onde as emoções da população terrestre estão em desarmonia, porque vocês estão mais destruindo do que construindo.

Autoridades sem moral para tanto, revogam o seu direito de se comunicar com outros seres de outros planetas.  Elas gastam muitos milhões para produzirem o medo, em obras que não dignificam, explorando o lado sombrio das emoções humanas. Vocês foram enganados tantas e tantas vezes que isso se cristalizou como uma verdade absoluta entre os meios eleitorais terrestres. A lama que encobre uma eleição é muito maior do que toda a lama a ser removida depois de um tsunami. E é disso que seus governantes tem muito medo, de perderem o poder dado por vocês a eles, e que pode de alguma forma, vir a parar nas mãos de uma nova cultura vinda do espaço.

Por que você não pode se conectar ao seu Deus e às divindades do universo sem intermediários? Eleja-se agora ao maior cargo que existe no universo: o de lider de sua própria vida!

Eu visito vocês em seus sonhos e vocês me visitam em meus sonhos, porque nós sonhamos também, mas os sonhos para nós significam atravessar dimensões, e aprender com o Todo que a vida não cessa nem quando descansamos ao dormir. A interpretação dos sonhos, dá a eles uma importância maior ao aprendizado interior. Todos que vivem na Terra possuem amnésia.

Muitos de nós enviaram mensagens dizendo sobre muitas coisas e que parte delas pode não ter acontecido "materialmente", mas podem ter acontecido em uma Terra à qual vocês não têm acesso, em outra dimensão. Enganos acontecem, é verdade, mas na grande maioria dos casos, os enganos ocorrem porque existe intromissão humana no que é dito e isso desqualifica a comunicação, porque foi alterada.

Muitas coisas não farão mais o mínimo sentido para nós e para vocês na Terra do futuro, e eu quero destacar algumas coisas materiais que vocês têm e que não servirão mais para nada: mesa, cadeira, telefone, carro, aluguel, navio, postos de combustível, bancos, postes de luz, imagens em igrejas, igrejas, santos, crenças, morte, vírus, médicos, pacientes, filhos, famílias, fome, crime, sucesso e fracasso. Quando tudo mudar, vocês partirão para uma nova dimensão mesmo sem sair do lugar e de suas casas, e tudo à sua volta vai ficar meio diferente, e isso é porque vocês não estarão mais na terceira dimensão e sim na quarta e alguns na quinta dimensão. Nestas dimensões não existe nada material como existem hoje na terceira dimensão e porisso elas simplesmente vão sumir da noite para o dia e você não sentirá a mínima falta delas.

Observem que estamos falando com vocês da quarta dimensão, que é onde me encontro agora, estacionado com minha nave prata, mas saibam que é na quarta dimensão que nos encontraremos.

Cada vez mais vocês estarão sujeitos a mudanças. E eu espero que vocês realmente entendam e saibam que iniciado o processo, ele é irreversível. A atração para a quarta dimensão é magnética e ela se inicia dentro de você. Todos vocês que estão acessando a quarta dimensão interiormente, estão sofrendo consequências físicas, mentais, psicológicas, espirituais e materiais.

Quando a Terra chegar ao limite de seu tempo e tiver que fazer as mudanças necessárias para ser um planeta de quarta e quinta dimensões, muitas vidas não terão como resistir às mudanças cruciais que terão que enfrentar e infelizmente partirão deste plano, para depois retornarem em novos corpos já adaptados ao novo patamar dimensional. As mudanças vibracionais ocorrem de dentro para fora e não de fora para dentro, e só depois de muitos seres terem realizado suas mudanças é que o Todo ordenará que a Terra se transforme materialmente, alterando mares e continentes, alterando o mapa terrestre de como ele foi conhecido até hoje.

O caos em que vocês vivem hoje não libertou ninguém e não libertará porque o caos interessa às forças negativas do planeta.

Vocês estão sendo modificados todos os dias e chegarão a um patamar onde deixarão os vícios da Terra para se modificarem diante das verdades universais. A abertura da mente humana está caminhando rapidamente e em pouco tempo vocês não precisarão comer tanto o quanto comem.

O conflito é a velha forma que vocês encontram para não resolver os problemas e ficar com eles anos a fio. Conflitos geram mais conflitos e isso não é absolutamente necessário. Não se iludam com palavras de que tudo vai acabar bem. Nada irá acabar bem se vocês não começarem a se mexer e a hora é agora! A mentira é um aspecto da dualidade terrestre.

Vocês parecem não saber ou não querer saber que possuem vários corpos além do físico. O corpo físico é o planeta onde mora a alma que anima este corpo e com a sua exaustão, ele desaparece para dar à alma a liberdade de habitar outro corpo mais sutil.

A Terra onde vivo não é a Terra que vocês vivem, porque ela é menos dimensional, ou seja, possui uma densidade diferente, mais apropriada para nós que somos da oitava dimensão. Mas ainda é a Terra e não deixa de ser a Terra, mas devidamente alterada porque nas dimensões subsequentes também existe vida na Terra e muitos de vocês a conhecem e a habitam quando vão dormir e seus corpos sutis se retiram dos invólucros terrestres.

Furacões, tempestades, terremotos, ondas gigantes e outras categorias de ventos e ondas de todo o tipo açoitarão a Terra porque ela está em desequilíbrio e o momento de se reestabilizar é agora. O não saber faz com que vocês comam mais e mais para não verem o que vai acontecer, tal é o medo de vocês de uma catástrofe natural não revelada e que não pode ser contida. Não precisa rezar para pedir para nada acontecer, porque vai acontecer. É questão de saber apenas o dia. Não é preciso ter medo, pois em três dias no máximo tudo se acalmará e voltará a vibrar na quarta e quinta dimensões. Vocês estarão salvos em algum lugar seguro para os frágeis corpos humanos e cada um de vocês saberá para onde ir para escapar da violência das mudanças. Nuvens bloquearão o sol por alguns dias e tudo irá virar noite.

Dentro de vocês existe um espelho dimensional e isso significa que tudo o que vocês pensam dentro de vocês será refletido para fora dos limites do corpo e da mente. Porisso é necessário cautela com o que se pensa. Tudo o que viverem intensamente interiormente, dentro de suas mentes e pensamentos mais secretos, se revelarão no exterior, na vida refletida fora dos limites do corpo. Porém, seis bilhões de pessoas não possuem este conhecimento. Logo, grande parte delas está refletindo para fora seus dramas e medos, suas inseguranças e insatisfações ao mesmo tempo. Grande parte das tragédias humanas e que alimentam a mídia e os noticiários são criados por vocês mesmos.

Vocês criam o seu mundo interior e este mundo interior é refletido para fora, porque o seu mundo interior é uma dimensão espelho. A dimensão terrestre acolhe todos os reflexos de mundos interiores sem exceção. Os humanos ficam, na maioria das vezes, refletindo em suas vidas o que conseguem ver forra de seu mundo íntimo e particular, e, assim, se contaminam, ficam expostos às energias e conceitos que estão sendo jogados para o seu mundo principalmente pela mídia, com a qual vocês se conectam todos os dias. Vocês são os emissores, vocês são os produtores das novelas de suas vidas.

Os corpos foram criados para abrigar mundos. Mundos dimensionais que refletidos, criarão novos mundos externos dentro de uma unidade biológica chamada de planeta. Um planeta nada mais é do que um corpo vivo que criou uma realidade em sua dimensão interna e o refletiu para fora. O que vocês vêem com seus olhos quando olham para um planeta, é o reflexo dimensional de um mundo interior do próprio planeta, que é um ser vivo também. Existe sempre uma troca de realidades entre os seres vivos, e esta troca de realidades produz os fatos que compõem a vida nos planetas.

A lei da atração terrestre nada mais é do que algo matemático. Se o seu mundo interior é composto dimensionalmente de valores qeu podem se materializar no mundo externo, eles vão se materializar. Mais cedo ou mais tarde. E isso não tem nada a ver com aquilo que você acredita e sim com aquilo que você sabe, que coabita com você em seu planeta interior. O mundo interno que você habita é o seu verdadeiro mundo. É com ele que você se identifica e é com ele que você vai ficar quando estiver fora do corpo. Ao morrer, é neste mundo que você vai habitar. No seu mundo interior, seu verdadeiro mundo. A realidade não está aqui fora. A realidade é interna, formando uma dimensão interna, um mundo cercado de seus valores pessoais.

O afastamento das grandes cidades significa nada mais, nada menos, do que o desprendimento da alma das coisas excessivamente materiais, e da grande massa energética que existe sobre qualquer grande cidade do mundo, que privilegia os sentidos e nunca a razão. A razão é abandonada quando você mata o corpo aos poucos para aguentar uma situação vivente de stress.

Ao respirar todos os venenos existentes nas grandes cidades, vocês se descontrolam mentalmente e a todo o seu sistema nervoso central, e quando isso acontece, os sinais dos tempos aparecem em formas de doenças degenerativas desagradáveis que os levam precocemente à morte material. Ora, eu não preciso ficar falando aqui por muito mais tempo o que vocês ganham trabalhando nas grandes cidades. Vocês sabem. Ganham câncer!

Tudo o que vai acontecer com a Terra já aconteceu em outra situação, em outro momento da vida deste planeta e acontecerá de novo. As mudanças são necessárias e são necessárias no universo, para que exista o equilíbrio constante.

Vocês estão sendo destruídos por vocês mesmos e isso levará anos até que tudo acabe para começar de novo, mas saibam que acontecerá porque não existe nada no universo que esteja em desequilíbrio constante, e não será a Terra e seus habitantes que quebrará esta lei universal.

A vida se encontra em equilíbrio em todos os lugares e quando a vida não está em equilíbrio constante, as chuvas começam a ser mais fortes, assim como os ventos, os mares e a força da Terra e seus terremotos. Quando a natureza surge agressiva é porque não existe como não ser agressiva, porque ela está em desequilíbrio constante e ela quer se harmonizar (equilibrar), mesmo que para isso ela tenha que destruir quem a está destruindo (desequilibrando).

Não vamos salvá-los, porque só serão salvos aqueles que trabalharem por seus mundos internos e estes serão salvos por si mesmos. O que vocês chamam de conforto eu chamo de burrice, porque expõe vocês a perigos, inexistentes em uma floresta habitada por seres de maior senso harmônico. Lembrem que vocês são os exterminadores do seu próprio futuro.

Não queremos que ninguém fuja para nenhum lugar e sim que tenham dentro de si o abrigo mais concreto, porque vocês sempre estarão seguros em seus mundos. Vocês não estão sendo castigados. Vocês castigaram a Terra com sua volúpia por poder e dinheiro, e agora recebem de volta o retorno de todo este investimento. A Terra passará para um estágio breve na quarta dimensão e pulará para a quinta, onde permanecerão por um longo espaço de tempo. Nós fazemos tudo que se possa fazer para uni-los ao Todo sem que para isso vocês tenham que sofrer, porque não existe sofrimento quando o Todo está em você e você está no Todo universal.

Labels: , , , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 2882

Celebração

Celebra desengonçadamente o próprio fato de existires entre o céu e a terra, melhor será que dances fora do ritmo que passar teu tempo querendo celebrar, mas não te atrever a fazê-lo por pudor de que, ao olhar dos outros, teus movimentos pareçam atabalhoados. Esses olhares ofensivos não têm autoridade sobre ti, refletem a dor das pessoas, incapazes de elas mesmas se atirarem durante um momento a uma experiência pura e ingênua. A pureza te protegerá sempre, porque a pureza não é desprovida de manchas, ela é pura e verdadeira justamente porque compreende todas as imperfeições e brinca com elas numa dança desengonçada, ébria do poder da verdade. Durante um instante te entrega ao Universo, permitindo que sua graça te alegre e, como resultado, que tua presença alegre àqueles com que te relacionas.

Labels:


Saturday, January 16, 2016

 

Oscar Quiroga - 2881

Uma Pessoa Melhor

Serás uma pessoa melhor quando sejas uma pessoa verdadeira, fiel à complexidade de tua constituição. Contra isso tens o impulso de continuamente tentar ser quem deverias ser, ajustando-te aos modelos de todas as fontes educacionais e das forças morais que se manifestam através de ti, por tua presença estar integrada à civilização. Nada deves reprimir, pois, se houver algo em ti que te ofende e que não aceitas, reprimi-lo seria lutar contra isso com suas mesmas armas e, por isso, nunca conquistarias vitória, apenas te enredarias numa luta sem fim. A pessoa melhor que tu podes ser é uma pessoa íntegra, inteira, complexa e cheia de vieses. Aquilo que desprezas no mundo está em ti também, nunca serás melhor desprezando no mundo o que não tens coragem de aceitar que está em ti também.

Labels:


Friday, January 15, 2016

 

Oscar Quiroga - 2880

Aceita Tua Complexidade

Para que tu sejas uma entidade verdadeira entre o céu e a terra, observa, compreende e aceita o que tu és em vez de continuar construindo personagens sobre o que deverias ser. Deixa de lado o que deverias ser, esses ideais são apenas meias verdades, para que teu destino seja verdadeiro tu precisas da verdade inteira. Observa, compreende e aceita tudo que experimentas, tuas sensações íntimas, tuas motivações, teus impulsos e, principalmente, tuas emoções, porque elas são fiéis à verdade, nunca encontrarás ambiguidade nelas, pois, são transparentes e refletem com sinceridade o que tu és. Aceita tua complexidade, há forças opostas se digladiando o tempo inteiro em ti e não será te apegando exclusivamente a uma delas e reprimindo a outra que conseguirás ser uma entidade verdadeira e plena.

Labels:


Thursday, January 14, 2016

 

Oscar Quiroga - 2879

Busca Ser Maior

Para que a Astrologia faça verdadeiro sentido, terás de buscar nestas linhas aquilo que te torna maior do que foste até aqui, pois, enquanto continuares jogando o mesmo jogo do mundo, o céu não caberá em ti e, por isso, continuarás vendo nele algo ameaçador, o que é real, porque a grandeza é ameaçadora à mesquinharia. Doses crescentes de lucidez te farão deixar de lado razões e pontos de vista que serviam exclusivamente ao jogo mesquinho do mundo, feito de ofensas, danos e prejuízos, ou de seus contrários, imagens paradisíacas de limbos espiritualmente corretos, mas que são incapazes de anular as ofensas, a não ser com novas ofensas. Busca ser maior, compreendendo e aceitando que todas as forças do Universo convergem em ti.

Labels:


Wednesday, January 13, 2016

 

Oscar Quiroga - 2878

O Destaque

Tu sabes que o privilégio de te destacares dentre a multidão nunca residirá na conquista de atributos exteriores que os recursos materiais comprariam com facilidade. Tu conquistarás esse destaque quando te tornares capaz de agir como nenhuma outra pessoa se atreveria. Contempla o mundo, observa o quanto as coisas se complicam mais a cada dia e o quanto as pessoas fingem que estão no controle de suas existências enquanto, juntas, parecem se lançar ao vazio em busca de suas próprias destruições, convencidas de que destruindo os inimigos que elas mesmas inventaram conquistariam a vitória. Esse é o mundo ordinário em que tu existes, se quiseres te destacar terás, então, de sair dessa voragem destrutiva, ou se tiveres de participar dela, fazê-lo sem paixão, apenas como o cumprimento de um dever. 

Labels:


Tuesday, January 12, 2016

 

Oscar Quiroga - 2877

O Mistério de Amar

As ofensas que te endereçarem nunca poderão ser anuladas com ofensas maiores ainda, dá isto por sabido. Compreende e aceita que todas as ofensas e injúrias se alimentam da mesma fonte, há algo na própria constituição de nossa humanidade que se orienta pela vontade de provocar danos e não há nada que tenha te preparado para lidar com isso, pelo contrário, te ensinaram a reprimir essa vontade. Acontece que a repressão é outra forma de ofensa e, por isso, tudo permanece igual. O antídoto para as ofensas e danos é absorvê-los sem lhes oferecer resistência, porém, essa atitude não é para amadores, mas para aqueles que compreenderam o mistério de amar, inclusive aos inimigos. Tu sabes tudo isso, porém, saber não é suficiente, é necessário experimentar na prática para conhecer verdadeiramente.

Labels:


Monday, January 11, 2016

 

Oscar Quiroga - 2876

Vontade de ofender

Apesar de arvorares frases espiritualmente corretas e tentares te convencer através delas de que não se deve julgar ninguém, ou que é preferível ser feliz a ter razão, no campo prático da dinâmica existencial continuas tendo de lidar com uma força consistente que orienta tua vontade para ofender e tentar aniquilar aqueles que desprezas e odeias. Construir um limbo de boas intenções não te salvará dessa vontade de ofender, ela se alimenta, inclusive, dessas boas intenções mediante as quais tentas te isolar da realidade existencial. A vontade de ofender, aniquilar, encontrar regozijo no ódio e de te refestelares com pensamentos danosos é muito consistente, porém, não menos consistente é a evidência de tua alma estar conectada amorosamente àquilo que queres ofender, aniquilar e odiar.

Labels:


Sunday, January 10, 2016

 

Oscar Quiroga - 2875

Razão e paixão

Nesta trégua das paixões racionais que nossa humanidade experimenta durante um breve momento, respira com verdadeiro alívio o sossego disponível. Logo mais terás de entrar novamente no frenesi para fazer a tua parte, por isso, que respires com alegria durante alguns instantes será útil para que tua participação não seja contaminada com a violência do mundo, mas que de tua presença se irradie uma influência benéfica, que sirva para, no mínimo, as discussões levarem as pessoas a algum lugar, em vez de a própria discussão ser o destino final. Razão e paixão sempre andam de mãos dadas; apesar de nossa humanidade fingir que não é assim ela se envolve passionalmente no jogo de ter sempre a razão e passionalmente busca alguma razão que passionalmente lhe outorgue o lugar supremo de quem detém a verdade.

Labels:


Saturday, January 09, 2016

 

Oscar Quiroga - 2874

Renovação

Cada dia é uma oportunidade de renovação, por isso, alinha-te e pratica a renovação! Observa com desapego durante alguns instantes o que te preocupa e, também, o que te alegra e do qual te orgulhas. O desapego de tua observação é importante, porque apesar de gostares de algumas questões enquanto outras te provocam rejeição, todas, sem exceção, serviram para que estejas aqui e agora lendo estas linhas e sendo quem tu és. A observação desapegada de tudo que compõe o mistério de tua existência te servirá para que, a partir de agora, possas recompor o quebra-cabeça existencial e lhe dar um sentido maior e melhor. Faz isso todos os dias, mas especialmente hoje, porque o ambiente cósmico o propicia, o que significa que se praticares a renovação, os resultados serão visíveis de imediato.

Labels:


Friday, January 08, 2016

 

Oscar Quiroga - 2873

A razão suprema

Para que haja fluência no jogo das razões que domina os conflitos humanos, no qual todas as pessoas querem que suas razões particulares prevaleçam, e já que esse jogo é inevitável, não há como estar à margem dessa dinâmica, precisas te posicionar de uma forma na qual tenhas certeza de que todas as razões são temporárias e que, por isso, não deverias te exaltar desmedidamente quando tenhas razão nem tampouco te desanimar exageradamente quando percas a razão. É tudo temporário, essa é a razão suprema, mas ninguém quer assumi-la, pois isso significaria aceitar que nunca se conseguirá conquistar o lugar ansiado, que é ter em mãos o fogo prometeico da razão suprema, aquela que prevaleça e anule ipso facto todas as outras.

Labels:


Thursday, January 07, 2016

 

Oscar Quiroga - 2872

Planos de curto alcance

Teus planos precisam ser de curto alcance neste momento, pois, está tudo revirado e não há, no ambiente cósmico em que te movimentas e experimentas ser, consistência suficiente para que tudo seja de longo alcance. Contrariando o bom senso e a sabedoria, que mandam sempre pensar de forma abrangente, neste momento é propício o imediatismo. Então, observa ao teu redor e detecta quais são as necessidades que precisam ser supridas. Podem ser questões pequenas, como colocar lubrificante na dobradiça que faz ruído há muito tempo, porém, se te guias pelas necessidades perceberás que te livras da confusão generalizada produzida pelas pessoas que ainda insistem em fazer valer suas razões e se apegam passionalmente ao que elas parcialmente entendem acerca da realidade. Contraria tudo isso.

Labels:


Wednesday, January 06, 2016

 

Oscar Quiroga - 2871

Arrependimento

Nunca percas a oportunidade de demonstrar teu arrependimento depois de ter cometido alguma ofensa ou de ter exagerado em palavras duras e destrutivas. Voltar atrás não é para os fracos, mas para os heróis e heroínas da vida cotidiana que estão empenhados em fazer de suas vidas exemplos de evolução. Erros são cometidos o tempo inteiro, tu precisas adquirir fluência existencial para que os consertos sejam feitos de forma imediata, descartando sumariamente quaisquer tentativas de tua própria mente te atormentar em silêncio. Da mesma forma com que tiveste coragem para dizer palavras duras e ofensivas, terás também de munir-te de coragem para demonstrar teu arrependimento e voltar atrás. Se isso for feito com verdadeira coragem e honestidade, evitarás que as ofensas tenham de repetir-se.

Labels:


Tuesday, January 05, 2016

 

Oscar Quiroga - 2870

A razão

A razão é como o fogo que Prometeu roubou das divindades, de um brilho incomensurável para quem se convence de tê-lo consigo, que autoriza a ocupar o lugar dos veneráveis, porém, como ainda não possui a ciência perfeita para brandi-lo com segurança e destreza, é utilizado para destruir. Ao mesmo tempo que se usa a razão para destruir alguém, quem assim utiliza esse fogo das divindades vai, aos poucos, sendo destruído também, pois depois de experimentar o gosto da experiência se sentirá na obrigação de continuar nesse supremo lugar, mas no íntimo saberá que não está à altura e, por isso, passará a mentir e cada mentira lhe devorará o fígado aos poucos, condenando à existência acorrentada no inferno dos que querem ter razão.

Labels:


Monday, January 04, 2016

 

Oscar Quiroga - 2869

O jogo das razões

No jogo ordinário do conflito das razões, no qual todas as pessoas envolvidas competem para ver quem têm a razão, porque isso legitimaria acusar e culpar os outros, no fim, todos, sem exceção, acabam perdendo a razão, pois, de acordo com as regras desse jogo não há vencedores nem vencidos, apenas competidores frenéticos que lutam com ferocidade para que suas parciais e limitadas visões sejam aceitas com o poder da razão suprema, a que contempla e contém todas as outras. Visto de fora, esse jogo é apenas ordinário e até ridículo, mas para os jogadores é de extrema seriedade podendo, inclusive, se tornar argumento para que do ódio que emerge resulte um assassinato, que parecerá passional, mas que será calculado racionalmente. As emoções e a razão se provam, assim, ser uma única coisa.

Labels:


Sunday, January 03, 2016

 

Oscar Quiroga - 2868

Nós somos o mundo

Este ano nasceu velho e decadente porque o mundo em geral, e a Terra Brasilis em particular, estão tomados por uma inércia espantosa, as poucas pessoas que se esforçam para mudar o rumo dos acontecimentos são logo esmagadas por um sistema engenhoso, mas errado e distorcido. Contudo, é o que temos para servir aos nossos filhos e consciências e, por isso, é com isso que teremos de trabalhar. Desistir não é uma opção, isso seria abandonar-se à inércia e se acomodar a ela, imaginando que aí se encontraria conforto, mas a experiência se mostra inconveniente de todos os ângulos que se a enxergue. Armar-se e lutar? Isso não funciona mais, deixemos as atitudes medievais para povos cujas culturas tenham estacionado lá. Transformemos a nós mesmos nesse mundo que tanto sonhamos e que tão pouco praticamos.

Labels:


Saturday, January 02, 2016

 

Oscar Quiroga - 2867

Tempo

Que tuas intenções sejam puras e motivadas apenas por aquilo que pretendes conquistar! Que teus sonhos se alinhem com teu corpo e tua consciência se dedique a fazer acontecer! Quando sentires que tuas paixões se revoltam e te motivam a agir para dar o troco a alguém, podes ir em frente, mas reconhece a verdade por inteiro. A meia verdade é que tens direito divino de dar o troco, a verdade inteira consiste em que, vingando-te de alguém só darias mais um empurrão à sofisticada roda do destino que, em algum lugar e tempo misterioso do futuro, voltaria a te esmagar. Purifica tuas intenções, faz isso, a não ser que ainda queiras perder tempo. Tempo é a matéria do destino, tempo é o que te atormenta e o que te glorifica.

Labels:


Friday, January 01, 2016

 

Oscar Quiroga - 2866

Chega de frustração!

Nunca mais dependas de datas ou de ambientes sofisticados para renovar-te, faz isso todos os dias de tua existência, respira o Universo, te conecta com esse algo maior que pressentes. O mundo está muito complicado e, francamente, está tudo errado, porque deixou de servir a nossa humanidade e nós, voluntariamente escravos, nos dedicamos a sustentá-lo à revelia de nossas vontades. Isso nos adoece. Depender de réveillon para renovar-se ou de fazer viagens supostamente maravilhosas para que a data seja marcante, não é nada disso que vai operar a renovação e tu bem sabes disso. Chega de frustração! Luta contra a inércia que te faz acomodar naquilo que te frustra e começa, a partir de agora, a construir o mundo com que tanto sonhas.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?