Tuesday, February 28, 2017

 

Oscar Quiroga - 3278

A Nada Santa Ignorância

É muito mais o que todos os humanos temos em comum do que aquilo que nos diferencia. Mais de 99% de nossa carga genética é igual, apenas uma ínfima fração nos diferencia e individualiza, mas existimos autocentrados, fazendo de tudo para que nossa diferença seja exaltada e, ainda mais, ignoramos o que nos torna semelhantes e sobre essa ignorância pretendemos universalizar a ínfima parte que nos diferencia e medir o Cosmo inteiro com essa régua. Essa é a nossa nada santa ignorância, a causa produtora de todas as gradações de miséria no mundo humano, porque com cada ser humano impondo suas diferenças até o vasto espaço de nosso belo planeta acaba sendo pequeno. Queres fazer algo para que esse equívoco atávico morra em ti? Exalta a cada dia as semelhanças e desvaloriza as diferenças.

Labels:


Monday, February 27, 2017

 

Oscar Quiroga - 3277

Tua Função


Talvez tua alma esteja tão esgotada e oprimida que a única esperança que a alivia é se imaginar num remanso pacífico no qual descansar sem interrupção e desprovida de obrigações. É importante que descanses, é teu direito legítimo fazê-lo, porém, mais importante ainda é que te livres do equívoco de imaginar que tu, uma produção sofisticada do Universo, exista com o único objetivo de descansar ou, pelo contrário, viver entre o céu e a terra sob o tormento das preocupações. Uma produção tão sofisticada quanto o ser humano é há de ter uma razão de existir, alguma função para preencher seu tempo. Então, só deterás a voragem de teus tormentos subjetivos e objetivos, tanto quanto te livrarás da ilusão do descanso perpétuo, quanto descobrires tua função e te dedicares com ardor a executá-la.

Labels:


Sunday, February 26, 2017

 

Oscar Quiroga - 3276

Tua Responsabilidade


Está tudo virado do avesso e não é porque é Carnaval, a festividade faz, inclusive, que tudo tenha um pouco mais de sentido. Porém, teu sentimento de inadequação, de ser uma entidade estranha numa terra estranha, vem de muito antes e continuará assim depois de o Carnaval ser enterrado na quarta-feira de cinzas. Adequar-te a uma civilização decadente, apegada a regras de conduta que não fazem mais sentido, isso te estressa. Contudo, também te estressa te opores sistematicamente a tudo e a todos, como se tu, qual encarnação de Shiva, tivesses de destruir o Universo que se desviou de sua finalidade. Nem tanto para lá, nem muito para cá, se tu és uma entidade estranha numa terra estranha é porque te responsabilizas-te por iniciar a construção de um caminho novo, algo que ainda não existe.

Labels:


Saturday, February 25, 2017

 

Oscar Quiroga - 3275

Código de Etiqueta


Agora tu precisas assumir um código de etiqueta para continuar em frente, assumindo que o passado que te atormenta é apenas um adeus e, a partir de então, começar a te construir mediante o futuro que queres conquistar, não mais para fugir de teu passado, mas para te aproximar ao que anseias. Assim, o inferno de teu passado se desvanecerá gradualmente até um dia acordares sem angústia. Não perguntes mais as razões de tanto ódio que circula por aí, se soubesses as respostas reais cairias num choro convulsivo. Se tu és velho, transmite esse código de etiqueta aos jovens. Porém, se tu és jovem alimenta os adultos com teus sonhos, não precisas brigar com eles por tentarem te roubar o que te faz sentir vivo, se tu soubesses a razão que os leva a fazer isso provavelmente cairias num choro convulsivo.

Labels:


Friday, February 24, 2017

 

Oscar Quiroga - 3274

O Carnaval É Necessário


Relaxa, desassossega, embora muito provavelmente o Carnaval te ofenda porque o achas vulgar, inútil e contraproducente, precisas saber que essa inclinação intelectual denuncia que também reputas haver algo vulgar em ti. E há! Dos píncaros sutis de tua alma mais pura, onde experimentas a conexão que te abre a percepção a possibilidades maravilhosas, em algum momento inevitável tu também despencas a um evento que profana essa maravilha toda. Se tu não autorizas o profano que te diz respeito, então o profano continuará te ofendendo, mas também continuará existindo, porque o Universo não é feito pela metade, o Universo é tudo, sagrado e profano, elevado e abjeto. Então, se contemplar as pessoas virando a hierarquia social do avesso te ofende, isola-te, mas nada critiques, o Carnaval é necessário.

Labels:


Thursday, February 23, 2017

 

Oscar Quiroga - 3273

Autoriza


Autoriza certo grau de desânimo, tu não precisas estar na crista da onda todos os dias nem a toda hora ser a pessoa mais lúcida e divertida entre o céu e a terra. Autoriza certo grau de desânimo porque o Universo respira, teu coração pulsa, a noite segue ao dia e, certamente, depois de esgotares o desânimo te renovarás. Sempre que puderes, enquanto a Lua for Vazia, autoriza-te a te despreocupar de tudo que em quaisquer outros momentos te infundiria ansiedade. Não precisas te preocupar sempre com as preocupações, podes deixá-las de castigo num canto de tua alma, elas estarão aí, disponíveis, quando queiras te relacionar novamente com elas. Embora a vida civilizada te exija que sejas brilhante e eficiente, tu sabes que isso é impossível. Autoriza, então, que em certos períodos tu sejas o oposto disso.

Labels:


Wednesday, February 22, 2017

 

Oscar Quiroga - 3272

Entre a Lucidez e a Ignorância


Entre a lucidez e a ignorância transitas tu por aqui. A lucidez te acorda no meio da madrugada com o senso de urgência de quem tem certeza de estar atrasado a um compromisso importante, embora a ignorância que te cega te impeça de reconhecer qual seria esse. A lucidez, durante a vigília, propicia que reconheças que teus semelhantes merecem ser chamados assim porque eles e elas também passam pelo mesmo sufoco. A ignorância, na mesma vigília, te torna brutal e te autoriza a tratar os mesmos semelhantes, que agora reputas serem diferentes, com agressividade, encontrando em todos eles a culpa de teus tormentos, imaginando que se te livrasses deles encontrarias a paz. A lucidez amplia tua percepção da realidade enquanto a ignorância te torna um ser mesquinho e hipócrita.

Labels:


Tuesday, February 21, 2017

 

Oscar Quiroga - 3271

Tua Prosperidade


O turbilhão de ideias interessantes que te motiva a seguir em frente com entusiasmo e firme vontade de prosperar há de ser equilibrado mediante uma inteligente administração de recursos e a sábia adequação de hábitos que preencham tua rotina com repetições virtuosas. Sim! À primeira vista te parecerá chato, já que o turbilhão de ideias te faz sentir uma divindade capaz de tudo, enquanto que o equilíbrio necessário do lado de cá parece te condenar a ser um trabalhador braçal que se sente diminuído diante da complexidade de tudo que há de ser feito para que as magníficas ideias deixem de ser apenas isso, e se transformem em obras consumadas. Entende, não haverá golpe de sorte que te tire dessa dinâmica, tua prosperidade há de ser construída aos poucos e com firme persistência.

Labels:


Monday, February 20, 2017

 

Oscar Quiroga - 3270

É Tudo Real!


Nada te é negado no mundo sutil das ideias e tu aceitas a realidade dessas, comprovando-a através das emoções que sentes quando te imaginas nessa ou naquela situação que represente elevação. As ideias são reais, assim como também teus sonhos, ou por ventura tu dirias que as emoções que sentes quando sonhas são mera fantasia? É tudo real! Tua presença está conectada ao futuro possível e de lá recebe todo o incentivo necessário para, sobre essa conexão de natureza cósmica, construíres com teu próprio esforço a ponte que te leve até lá. Essa ponte não se construirá sozinha, não será produto de nenhum golpe de sorte, através de hábitos virtuosos e de uma agenda organizada de atividades, tu, o ser humano capaz de sagradas façanhas, completarás a realização e atingirás teu objetivo.

Labels:


Sunday, February 19, 2017

 

Oscar Quiroga - 3269

CÉU E INFERNO


Ser humano é uma experiência cósmica completa, mas que não ocorre automaticamente, movida por instintos inevitáveis que conduzem tudo ao seu destino. A experiência cósmica completa precisa ser coordenada de forma intencional. Céu e inferno em equilíbrio, o céu porque está tudo ao teu favor para que sejas grande como podes, inferno porque isso não te é dado de mão beijada, tu precisas conquista-lo, te fazer merecedor do que é teu destino. Em ti o denso e o sutil se interpenetram para que existas em equilíbrio, em ti o infinito encontra um canal de expressão mediante esse equilíbrio e tu, como o morador interior, sabes que podes e tens direito de experimentar essa grandeza. Nenhum lamento te aproximará a essa condição, tu tens de te atrever a realizar as façanhas com que sonhas.

Labels:


Saturday, February 18, 2017

 

Oscar Quiroga - 3268

CONCLUSÕES APRESSADAS


Nunca tires conclusões apressadas a respeito das pessoas, elas, como tu, são entidades complexas e sofisticadas que, também como tu, não se atrevem a ser tudo que potencialmente são porque estão soterradas sob um montão de conceitos equivocados a respeito da vida. As conclusões apressadas que tirares só reforçarão os equívocos. Assume o lugar de tua alma, a testemunha interior que observa com distanciamento tudo que acontece e que, também, pode observar sua própria atuação, como se fosse ao mesmo tempo protagonista e observadora. Tuas conclusões precipitadas encurtam o tempo que terias disponível para decifrar os enigmas que se apresentam a ti o tempo inteiro, esses que poderias usar para, a cada solitário instante, ser mais inteligente e encontrar estratégias melhores para existir.

Labels:


Friday, February 17, 2017

 

Oscar Quiroga - 3267

INDIGNIDADE


Nunca faças nada de que possas te envergonhar, pois, do jeito que o mundo denso funciona, isso será usado contra ti. Considera, também, que mesmo que leves uma vida proba e de nada tenhas de te envergonhar, se alguém quiser te fazer mal espalhará mentiras sobre ti e até o que não tiveres feito será usado contra ti. Desafortunadamente há um consenso social que parte do princípio de que todo mundo está fazendo algo errado, que ninguém é capaz de sustentar com dignidade a vida que tenta levar. O olhar indigno se tornou moeda corrente, nada pode te salvar dele, por melhor que seja o que fizeres, alguém não gostará e se dará o direito de levantar suspeitas contra ti e, mais desafortunadamente ainda, haverá uma plateia imensa a oferecer seus olhos, boca e ouvidos para engrossar o coro das maledicências.

Labels:


Thursday, February 16, 2017

 

Oscar Quiroga - 3266

DIGNIDADE

Reserva-te o direito de chorar quando tua alma esteja alquebrada por suportar a ignomínia de um destino ultrajante, mas faz isso para esgotar essa emoção e, por esgotada, te erguer e enfrentar de peito aberto o que te contraria, castigando o que te castiga. 

Há uma dignidade inerente ao fato de seres humano, ela te protege, ela é temida, ela é o respeito que se irradia de tua presença.


Porém, essa dignidade ficará adormecida se nunca te atreveres a colocar em prática as ações que a demonstrem. 


Nunca faças acordos com os eventos que te oprimem, como se fosse possível aceitares um pouco de indignidade em troca de algo que desejas satisfazer. 


Tua dignidade não é moeda de troca, valoriza-te! Se para conservar ou exaltar tua dignidade tens de acabar com todas tuas amizades, então que seja!

Labels:


Wednesday, February 15, 2017

 

Oscar Quiroga - 3265

ENCONTRA O EQUILÍBRIO


Tu és uma entidade densa e sutil simultaneamente, lida com isso sem te atormentar com que devas escolher ser apenas uma metade, isso só vai fazer com que vivas uma vida distorcida. Teus cinco sentidos físicos te servem para operares no mundo denso, onde pela definição das fronteiras parece não haver nenhuma conexão entre os eventos e onde tua consciência encontra dificuldade para enxergar com clareza a solução de continuidade. Tua mente está dividida, em parte se alimenta das impressões do mundo denso e se apega a essa desconexão, porém, outra parte de tua própria mente está voltada ao ser interior que tu és. Não trates o ser interior receando que seja irreal, pois, é tão real quanto o mundo denso onde tudo está desconexo. Encontra o equilíbrio entre o denso e o sutil e permanece sempre aí.

Labels:


Tuesday, February 14, 2017

 

Oscar Quiroga - 3264

TUA MISSÃO


Se as regras e leis que organizam o mundo e a convivência social têm a capacidade de te proteger e propiciar teu bem-estar e prosperidade, seria sábio que tu as respeitasses e seguisses à risca. Porém, se te adequar às regras do mundo te complica e diminui tuas chances de prosperares como mereces, há uma lei maior que te protege para chutar o balde e te orientares pelo teu direito natural, ser feliz sem que tua felicidade signifique a intencional infelicidade de ninguém. Tu não deves servir às leis, as leis devem te servir, tu não deves obedecer ao que desobedece a orientação básica, seres humanos não existem neste planeta condenados ao sofrimento, mas para exercer uma função que lhes é inerente por ser integrados ao Universo. Encontra esse lugar e nunca mais saias daí, essa é tua missão.

Labels:


Monday, February 13, 2017

 

Oscar Quiroga - 3263

SÊ HUMANO!


Pensa bem, que razão haveria para o Universo apresentar um reino com entidades tão sofisticadas e complexas quanto os humanos são, quanto tu és, somente para existir com medo e passar a maior parte do tempo definindo suas existências em torno de problemas? Alivia tuas costas do peso que carregas, tu não existes para te definir em torno de problemas, mas para colocar em prática essa sofisticação toda que te torna humano. Reduz o tempo de tuas queixas, elas te vinculam a um redemoinho existencial que faz nossa humanidade ser muito menos do que ela pode ser. Aumenta o tempo em que te atreves a colocar em prática as soluções de teus problemas, está tudo bem que erres, aguenta as críticas e te aperfeiçoa. Enfim! Sê humano!

Labels:


Sunday, February 12, 2017

 

Oscar Quiroga - 3262

O TODO INTEGRADO


Tuas preferências e antipatias são legítimas, tua mente funciona assim, discriminando, porém, esse jogo de opostos te torna parcial e enquanto permaneças com teu ser preso a esse jogo não experimentarás nada que seja verdadeiro, pois, a verdade abrange tudo e todos, sem distinção. A vida não é um jogo de futebol que te autorize a torcer por um time e querer destruir o outro. A vida é um jogo integral que te convida a perceberes que ela sustenta tudo e todos, o que tu preferes e o que te provoca antipatia. Observa, senão, teu próprio corpo na sua intimidade realista, observa todos os cheiros e todos os recantos, em ti se misturam elevações e abjeções, mas todas as partes são necessárias. Tu, por exemplo, morrerias se teu intestino tivesse o mesmo perfume que usas em teu cabelo.

Labels:


Saturday, February 11, 2017

 

Oscar Quiroga - 3261

TUDO É UNIVERSO

Se percebes o que percebes é porque há algo que conecta o ser que percebe ao objeto da percepção num todo integrado e unificado, como uma amostra infinitesimal de como funciona o infinito Universo. 

Se tu te habituas a criticar o que percebes, como se estivesse desvinculado de ti ou tua presença fosse distante da percepção, com isso distorces o funcionamento da realidade.


Se tu fazes isso, não te admires de teres tantas dores musculares por torções e torcicolos.


Afinal, é isso que escolhes para ti, se tentas distorcer tuas percepções para fingir que nada tens a ver com elas, é natural que, pelo próprio funcionamento unificado do Universo, essas distorções encarnem em ti.


Aceita o que percebes em vez de trata-lo como um corpo estranho.


Quem percebe, o que é percebido e a percepção, tudo é Universo.

Labels:


Friday, February 10, 2017

 

Oscar Quiroga - 3260

ENTRA EM AÇÃO


Quando ouças alguém te aconselhar a ser apenas quem tu sejas, não hesita, como se por desventura não soubesses quem tu és. Ser quem tu sejas não será nunca produto de reflexão filosófica nem de viagem de autoconhecimento, mas de te atreveres a colocar em prática o que teus pensamentos arquitetam. Em teus pensamentos formulas excelências, te atraem as virtudes da riqueza, beleza e por aí vai a lista. Em pensamentos moldas estratégias para te aproximar a essas virtudes. Em pensamentos tomas resoluções. Agora só te falta entrar em ação para verificar se te confundiste com fantasias ou se desde o começo tu, o ser “desejante” que entrou em ação, tinha a conexão verdadeira com o que desejava. Nunca saberás isso na teoria, precisas te atrever à ação. Ser quem tu sejas é isso, entrar em ação.

Labels:


Wednesday, February 08, 2017

 

Oscar Quiroga - 3259

SEM ILUSÃO

Muitas vezes te disseram que este mundo que te impressiona seria uma ilusão e que só começarias a evoluir quando aceitasses que teu verdadeiro ser é uma alma invisível que, por enquanto, se encontra numa experiência densa e terrestre. 

Pois, eu te afirmo, não há ilusão alguma nessa tua experiência terrestre e se, por desventura, ainda queres afirmar que o mundo seja uma ilusão, te convido a dar uma martelada no dedão e diante da dor gritares que tudo é uma ilusão para, nesse sortilégio, tua dor desaparecer. 


Pois é! Não vai desaparecer porque a dor é real, ela te orienta com firmeza para que te envolvas nas experiências terrestres sem te equivocar com que tudo seja uma ilusão.


O que ganhas com esse equívoco? Apenas a tola tentativa de viver as coisas pela metade.


Tu hás de ser inteiro, denso e sutil.

Labels:


Tuesday, February 07, 2017

 

Oscar Quiroga - 3258

ESTÓRIAS E HISTÓRIAS


Tu tens tuas histórias e as usas para definir quem és e em quem te convertes à medida que o tempo passa. Isso é bom e legítimo, porém, tuas histórias dizem apenas a metade de que tu és, ou podes ser. A outra metade está no futuro, nos anseios que fazem teu coração arder de vontade de realiza-los, nas mitologias que vais construindo quando te enxergas sendo alguém que ainda não és. Essas são tuas estórias e não deves trata-las como se fossem apenas maneiras de resolveres tuas angústias passadas com ilusões. Tuas estórias são tão reais quanto as emoções que sentes quando sonhas e tens pesadelos, e serão desvalorizadas da mesma maneira também, como quando alguém tenta te dizer: “não te preocupes, são apenas sonhos”. Se o tempo é um rio ele tem pelo menos dois fluxos, um que te empurra do passado ao futuro e outro que, vindo do futuro, reinventa teu passado.

Labels:


Monday, February 06, 2017

 

Oscar Quiroga - 3257

EVITA CONDENAR


Monitora teus pensamentos e tuas palavras, observa com imparcialidade as diversas orientações em que essas correntes subjetivas se movimentam. Aceita que há em ti a ambiguidade que te faz julgar muitas pessoas e acusa-las de incoerentes. Assume que em muitos momentos julgas com severidade o que não consegues aceitar que existe em ti também. Entende, tu não serias capaz de perceber o que percebes se uma dose do objeto de tua percepção não estivesse arraigada em ti. Então, a partir de agora podes continuar julgando, mas te abstém de condenar, pois, a vergonha que hoje queres infligir a alguém é a mesma que um dia te atingirá também. Porém, não deixes de condenar teus semelhantes por medo da punição futura, mas porque queiras ser alguém original e benéfico para o mundo.

Labels:


Sunday, February 05, 2017

 

Oscar Quiroga - 3256

MAIS LUCIDEZ!


A lucidez não te deixará em paz, porque não estás aqui para viver em paz, mas para ampliar tua percepção e assimilar doses crescentes de realidade. A lucidez não te deixará em paz, não importa o quanto te esforces para te entorpecer nem o quanto te agarres a conceitos equivocados, cobertos de argumentações bem elaboradas; em algum momento um raio de entendimento te sacudirá as entranhas e não poderás voltar atrás, o edifício de teus equívocos desmoronará. Diante dessa catástrofe anunciada, que não veio a te castigar, mas a te libertar da ignorância, tu poderás ainda dar sobrevida a essa ignorância por meio do entorpecimento, te estendendo em queixas sobre o quanto a vida é uma experiência sofrida e o quanto precisas de terapias e remédios. O que tu precisas é mais lucidez!

Labels:


Saturday, February 04, 2017

 

Oscar Quiroga - 3255

A GUERRA VERDADEIRA


Algo em ti pressente as conexões de tudo com tudo, a interdependência de todas as entidades e objetos no Universo, infinitas e infinitesimais, esse algo em ti anseia essa percepção e a busca, sem saber que a busca. Algo em ti quer permanecer inerte dentro do alcance da percepção conquistada e ergue muros conceituais equivocados, mas cobertos de razões bem argumentadas, para ignorar tudo que esteja além dessa fronteira. Em teu coração se desenvolve a guerra entre o conhecimento e a ignorância, ser humano algum está livre disso, ninguém tem direito de se declarar neutro, essa guerra não é um caso particular, é o microcosmo individual de um colossal campo de batalha. Assume teu lugar, não importa qual, é preferível que sejas um ignorante assumido do que um hipócrita que finge perceber conexões.

Labels:


Friday, February 03, 2017

 

Oscar Quiroga - 3254

IGNORÂNCIA DETERMINADA


Tua virtude é perceber, teu pecado é ignorar. Quanto mais te atrevas a aceitar e assimilar as percepções que alimentam a solução de continuidade, que é a própria dinâmica do Universo em que te movimentas e experimentas ser, mais te integrarás a esse e promoverás bem-estar e prosperidade, não apenas para ti como também a todas as pessoas com que te relacionas, conhecidas e desconhecidas, próximas e distantes. Quanto mais te dediques a ignorar essa solução de continuidade e, pelo contrário, optes por promover o equívoco de nada ter a ver com nada, e de que a vida é mera consequência de formulações químicas e físicas, mais miséria e mal-estar promoverás com tua influência. Tu és consciência, é inevitável que percebas, mas tu também determinas o quão ignorante desejas ser.

Labels:


Thursday, February 02, 2017

 

Oscar Quiroga - 3253

CONSCIÊNCIA


A consciência é aquilo misterioso e impalpável, pois, não é um órgão que ocupe lugar ou que se sujeite ao tempo, mas te permite encontrar solução de continuidade entre todos os eventos que aparentemente seriam desconexos. Consciência é a atitude de encontrar um elo que conecta os eventos, mas isso não te garante que encontres sempre as conexões certas que vinculam os eventos, pois, consciência não é apenas percepção, é também a capacidade de intervires criativamente nos eventos. Isso faz com que em muitos casos inventes conexões inexistentes, o que, em último caso, serve para nutrir teorias de conspiração bem elaboradas, porém, inexistentes. Porém, é melhor que inventes conexões do que te abandonares ao equívoco de nada ter a ver com nada, pois, se assim fosse, por que serias consciência?

Labels:


Wednesday, February 01, 2017

 

Oscar Quiroga - 3252

ABANDONA A REVOLTA


Revoltar-te contra o que te oprime, apesar de ser uma atitude legítima, tu precisas reduzir o tempo existencial que dedicas a essa atitude, pois, isso te amarra a referências feitas pessoas, instituições e demais abstrações e, nessa condição de dependência mutua, um dia te descobrirás apreciando a opressão, já que tua existência seria definida pela oposição que a ela fazes. Então, agora deixa tua amada revolta de lado, ela é uma amante indigna e ciumenta, te quer só para ela, te quer desperdiçando o precioso tempo existencial na dinâmica de oposição. Então, agora começa a usar a mesma energia que antes gastavas na oposição para te aproximar com firmeza a tudo que anseias experimentar e que supostamente não era possível porque havia algo ou alguém te oprimindo, te reprimindo ou te castrando.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?