Wednesday, April 26, 2017

 

Oscar Quiroga - 3331

Te coloca no devido lugar

Antes de ti milhões de seres humanos se agarraram às suas conquistas e afirmaram, do alto de suas autoridades, "isto é meu, estas são minhas realizações, pelo meu poder tudo isto foi obtido". Todas essas pessoas deixaram de existir e suas realizações e conquistas passaram para outras mãos e nada de novo houve, não há nem nunca haverá nessa dinâmica. Não procures distinções através de tuas conquistas nem tampouco te convenças demais a respeito do alcance de teus poderes, é legítimo que te sintas o centro do Universo, mas é ilegítimo que te convenças de tudo ter começado contigo e que não há nada mais importante que ti. Nesta nossa época a única distinção que um ser humano poderia obter é a de pensar menos em si e mais no que sua presença seria capaz de oferecer ao mundo e aos semelhantes.

Labels:


Tuesday, April 25, 2017

 

Oscar Quiroga - 3330

Sai de ti

Sai de ti pelo menos uma vez ao dia, todos os dias, isso garantirá que teus pontos de vista individuais sejam enriquecidos por uma visão maior, a de pertenceres a um complexo e vasto sistema de distribuição de Vida, que é o próprio Universo em que te movimentas e experimentas ser. Enquanto não te atreveres a sair de ti continuarás empobrecendo tudo que tocares, pois, não importando o fausto material em que existas ou a fama e prestígio que tiveres conquistado entre teus semelhantes, tuas ações não servirão ao Universo, não terão nenhuma ressonância que perdure para além de tua existência. Experimenta, por isso, sair de ti uma vez ao dia, todos os dias, observando tua participação no reino humano, o qual, por sua vez, integra o conjunto de todos os reinos do Universo, visíveis e invisíveis.

Labels:


Monday, April 24, 2017

 

Presença e Invisibilidade


É possível um objeto material estar no nosso raio de visão e não conseguirmos vê-lo com nossos olhos? Resposta óbvia: SIM. Alguns exemplos ilustrativos disso:

1. Um micróbio pode estar bem perto de nosso corpo físico e não conseguimos enxergá-lo devido ao seu tamanho físico reduzido.

2. Certa ocasião vi um vídeo [1] em que o palestrante mostrou uma foto de uma frota de discos voadores alemães em pleno ar, com alguns deles já parcialmente invisíveis, devido ao acionamento da barreira de invisibilidade naquele instante. Portanto, tecnologia de invisibilidade parece já existir.

3. Quando um ventilador está desligado você enxerga perfeitamente suas hélices paradas. Quando você liga o ventilador e as hélices passam a girar ("vibrar") velozmente, você não mais as enxerga (ficam invisíveis). O ser humano é composto de vários corpos (físico, astral, etc), cada um vibrando em uma determinada faixa de frequências. O corpo físico vibra em uma faixa baixa de frequências que podemos enxergar com nossos olhos físicos. Quando o ser humano perde o corpo físico (via "morte") ele ainda continua possuindo outros corpos (astral, etc), com vibrações mais elevadas do que a do corpo físico, que não conseguimos ver com nossos olhos físicos (são, portanto, invisíveis), e que carregam consigo nossa consciência. Esses seres humanos invisíveis ("mortos") podem estar ao nosso lado, nos vendo, mas nós não os vemos (quando conseguimos visualizar parcialmente essas pessoas, as chamamos de fantasmas). Existem seres humanos que conseguem controlar a vibração do seu corpo (um Saint Germain, por exemplo), podendo sair ou entrar na faixa de visualização física de seu corpo, ou seja, aparecendo ou desaparecendo com o seu corpo físico. Neste caso, não é preciso "morrer" para desaparecer da realidade física.

[continua]

Referência: 
[1] Vídeo https://www.youtube.com/watch?v=NI7CbkYcpCE da palestra de Randolph Winters; veja após o instante 1h:24min:10seg.

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 3329

O modo de ser

Nunca compreenderás o modo de ser do Universo estacionando tua mente no que alcanças a compreender. O Universo contém tudo, mas tu só conténs o que podes; se buscas resolver alguns mistérios da Vida de tua vida, então também queres ser grande como o Universo. Comporta-te como o Universo, que é um complexo e sofisticado sistema de distribuição de Vida. Na eventualidade da distribuição de Vida ser represada pela tua ânsia de que esse poder seja exclusivamente teu para te brindar com vantagens sobre outras entidades, então deixarás de fazer a distribuição e começarás a dizer: "isto é meu, essas são minhas realizações, tudo que faço me pertence". Assim começa teu declínio, porque, que valor haveria para o Universo numa entidade que desvia para si o que existe para ser distribuído?

Labels:


Sunday, April 23, 2017

 

Oscar Quiroga - 3328

Ir além

Se soubesses que hoje seria teu derradeiro dia entre o céu e a terra, o que farias? Dissiparias teus recursos em prazeres que evitas? Farias algo útil por aqueles que amas? Deixarias algo que fizesse sentido para as futuras gerações? Como, afinal, usarias teus últimos momentos? Talvez nem a certeza de que te falta pouco tempo de respiração seja suficiente para conseguires ir além de tuas dúvidas e dilemas, mas em algum momento terás de encontrar o incentivo radical que te motive a empreender uma ação incomum, algo que ratifique que tua presença não é apenas uma poeira insignificante no Universo. Toma uma atitude que chame a atenção e, suportando as críticas maliciosas daqueles que se sentem insultados na sua mediocridade, mesmo assim ir em frente, nem que seja para falhar e depois tentar de novo.

Labels:


Saturday, April 22, 2017

 

Oscar Quiroga - 3327

O abismo

Às vezes o redemoinho de dilemas e dúvidas te carrega a lugares tão estranhos que tudo te parece estranho também; despertas um dia qualquer da semana, olhas ao teu redor, aos teus familiares e te perguntas: "quem são estas pessoas?". É tudo estranho, estranhas teu corpo, mas na prática nada mudou a não ser teu olhar, que ficou realista, que percebe os fatos na sua crueza, sem véus. Dias assim não são para amadores, dias assim requerem uma presença de espírito fora do comum, pois, te mostram o abismo entre o que tu achas que tudo deve ser e como tudo é de fato. A presença de espírito te servirá para não chutares o balde, já que esse estado mórbido de consciência passará. Afinal, ninguém tem culpa, os dilemas e dúvidas apenas denunciam o muito que pretendes e o pouco que te atreves a realizar.

Labels:


Friday, April 21, 2017

 

Oscar Quiroga - 3326

Muda tuas razões

Quando os fatos não se encaixarem mais nas tuas razões e argumentações, faz um favor a ti e a todas as pessoas com que te relacionas, muda teus pontos de vista, amplia teu entendimento. Todos se beneficiarão com isso, inclusive tu. Precisas aceitar tuas limitações e desenvolver a boa vontade de superá-las, pois, se repetes as mesmas razões à exaustão sem nunca as questionar, nunca superarás o estado de conflito em que te meteste. Eventualmente, dá o braço a torcer e outorga a razão para dar fim a um conflito que nunca se resolveria, considera que não é suficiente repetires que não queres ter razão, que a única coisa que queres é ser feliz, pois, se na prática te deixas envolver na competição das razões, que valor teria repetires frases aparentemente sábias? Muda tuas razões, só isso agregará felicidade.

Labels:


Thursday, April 20, 2017

 

Oscar Quiroga - 3325

Esclarecimento

Prefere uma verdade doída que te esclareça a uma mentira corrosiva que te moeria as entranhas aos poucos, ao longo do tempo. Não te faltarão oportunidades para o esclarecimento, o Universo é generoso, pois, que serventia terias tu sem entender o mínimo de teu próprio funcionamento e, assim, fazer a parte que te toca? Só como efeito de muitas distorções e confusões poderias imaginar que uma entidade tão complexa e sofisticada como a tua, por ser parte do reino humano, existiria apenas para se lamentar e desanimar. Ter dúvidas, dilemas e incertezas sobre quem tu és e para que existes não te autoriza a gastares o precioso tempo da existência para te desanimares e, assim, evitares empreender o que tua voz interior determina, nem que seja para a testares e verificares sua procedência ou impertinência.

Labels:


Wednesday, April 19, 2017

 

Oscar Quiroga - 3324

Humildade fingida

Tu és deus e deusa dos mundos que inventas pela força de teus desejos e pelas complexas formulações mentais que precisas fazer para equilibrar a conta entre as restrições morais provenientes de tua educação e tua própria autoridade moral, a mesma que te leva a declarar-te deus e deusa de teus mundos, a despeito de que, por razões politicamente corretas, finjas humildade e sentencies não ser verdade essa afirmação. Não fosse verdade a afirmação passarias a maior parte do tempo servindo a teus semelhantes em vez de utilizares todos teus recursos para correr atrás da realização de teus desejos. Melhor começares a dar o verdadeiro nome a tuas atitudes, pois, esse será o patamar para qualquer transformação real que pretendas fazer. Ser deus e deusa de teus mundos não é errado, errado é fingir humildade.

Labels:


Tuesday, April 18, 2017

 

Oscar Quiroga - 3323

Tempo

Tanta coisa para fazer e parece haver tão pouco tempo disponível! Quando te encontres alinhavando ideações em torno dessa premissa, detém tudo de imediato porque estás iniciando um ciclo de complicações desnecessárias e contraproducentes. O tempo não é uma coisa que encha ou esvazie para comportar tuas atividades, desejos e necessidades. O tempo é a experiência mental com que tu empreendes o que precisas fazer, seja por obrigação ou por anseio. O tempo não pode te faltar nem sobrar, porque não é um objeto. O tempo te parecerá amplo ou estreito na mesma medida do estado de ânimo com que tu encares as ações necessárias. Começa a fazer amizade com o tempo para não te atormentares com algo que é desnecessário. Há tanto com que se mortificar, que o tempo não seja uma dessas experiências.

Labels:


Monday, April 17, 2017

 

Oscar Quiroga - 3322

A Necessidade

A necessidade é a mãe de todos os destinos e, apesar de teus desagrados, tudo que existe, se existe, responde a uma necessidade, muitas vezes tão intrincada que a nossa mente limitada por preferências e aversões não é capaz de aceitar. Contudo, chega uma hora em que precisas ampliar teu entendimento sobre a vida, sair do lugar em que te colocas, como se o Universo tivesse começado com teu nascimento e fosse terminar com tua morte. No mínimo, precisas aceitar que até tu podes ser alguém inaceitável para outrem e que, dentro dele ou dela, há autoridade suficiente para imaginar que tu não deverias existir, da mesma forma com que tu te autorizas muitas vezes a imaginar que essa ou aquela pessoa tampouco deveria existir. Enquanto isso, e a despeito das preferências, o Universo contém a tudo e a todos.

Labels:


Sunday, April 16, 2017

 

Oscar Quiroga - 3321

Faz alguma coisa

Está tudo bem, ainda quando te parece o contrário e, te digo, essa não é uma afirmação panglossiana, mas uma fiel descrição da realidade. Tu existes levitando no infinito, tua presença é protegida por um complexo sistema cósmico que equilibra a si mesmo fazendo uso de todas suas entidades, animadas e inanimadas, mas não as desanimadas, que provocam desequilíbrio. Por isso, não te desanimes! Esse é o momento em que te recusas a participar do complexo sistema de equilíbrio cósmico e colocas teu curto alcance de entendimento da realidade acima da própria realidade, como se o não entender o que acontece te outorgasse razão para julgar que nada possui um sentido, que tudo é em vão. Faz algo para transcender teu desânimo, faz algo em nome de tudo que é feito por ti o tempo inteiro.

Labels:


Saturday, April 15, 2017

 

Oscar Quiroga - 3320

Dinâmica do desejo

Tu tens desejos de coisas porque as coisas te desejam também, há toda uma mutualidade entre ti, a alma que deseja com o objeto ou sujeito de teu desejo e, também, na conexão que é o próprio ato de desejar. Se tu percebesses o quanto é real essa interligação nunca mais te decepcionarias por imaginar que estás distante do que desejas. Para ter essa percepção da realidade tu precisas desenvolver o órgão interior, o terceiro olho, aquele mesmo que te afirmam ser irreal e inexistente. Acontece que, como o terceiro olho não se desenvolve espontaneamente em nossa humanidade, porque precisa ser exercitado intencionalmente, então há todo um convencimento de essa história ser um conto de fadas. Aliás, as fadas também existem, mas essa é outra história, por enquanto não vou te cansar com ela.

Labels:


Friday, April 14, 2017

 

Oscar Quiroga - 3319

Evita a dispersão

Para evitar te dispersares em múltiplos quereres, escolhe um anseio e te dedica com afinco e organização a executá-lo. Seria impossível esgotares o cardápio completo de experiências, nem sequer a existência inteira seria tempo suficiente para isso, acabarias passando por muito e conhecendo pouco. Evita a superficialidade, te concentra, mesmo que ao custo de te conter um pouco, em algum anseio que seja de tua escolha e, principalmente, não esperes nada acontecer que não seja fruto de teu esforço e ação ordenada. Pode te parecer que estas afirmações sejam platitudes e talvez o sejam, porém, a sabedoria sempre tem de apontar o óbvio, pois, é justamente por negligenciar as questões óbvias que nossa humanidade se complica, tanto, que acaba enfiando os pés pelas mãos e pisando na jaca.

Labels:


Thursday, April 13, 2017

 

Oscar Quiroga - 3318

Nada te é negado

Embora tenhas argumentos bem elaborados para te convenceres de ser impossível satisfazer teus anseios, o Universo em que te movimentas e experimentas ser nada te nega. Precisas descobrir em que parte do caminho boicotas teus próprios anseios; te dou uma dica sobre onde encontrar essa informação. No momento em que dás ouvidos à preguiça e deixas de empreender a necessária ação que te aproximaria aos teus anseios, nesse instante acontece o boicote. O Universo nada te nega, mas não te entrega nada de mão beijada, tudo há de ser conquistado. As medidas de aproximação e distanciamento serão determinadas pela ação que empreenderes e por aquela que, ainda sabendo necessária, deixas de executar, ou executas com desleixo. A negligência é tua inimiga, ninguém a impõe, tu a tratas como amiga.

Labels:


Wednesday, April 12, 2017

 

Oscar Quiroga - 3317

Realidades

Tão reais quanto os reinos mineral, vegetal, animal e humano, há também reinos da natureza do Universo que não são perceptíveis pelos órgãos físicos, mas não por isso deixam de nos impressionar de alguma forma, na mesma medida em que tenhamos desenvolvido o órgão de percepção das sutilezas do mundo invisível. Há os que, por própria decisão, limitam seu conceito de realidade ao que opera dentro da frequência perceptível pelos cinco sentidos físicos. Boa sorte para eles e para elas! Há os que, por fé, adoram a ideia de haver um mundo invisível, mas ficam sempre distantes desse, porque não se atrevem a conhecê-lo nem o experimentar. Boa sorte para eles e elas! Há, ainda, os que investigam todas as realidades, sutis e concretas, e obtêm experiências. Bom trabalho para eles e elas!

Labels:


Tuesday, April 11, 2017

 

Oscar Quiroga - 3316

Alma e personalidade

Como tu ainda tens pudor de dar à tua alma o mesmo status de realidade que outorgas à tua personalidade, o resultado inevitável é tua vida interior ser muito rica em imaginações sem que tua vida exterior seja o fiel reflexo delas, em ações concretas. Por isso, a proximidade de toda Lua Cheia te fará sentir na obrigação de colocar algo em prática, mas não saberás exatamente o quê, pois, desconheces a realidade de tua própria alma e, no fim, acabas, de forma geral, enfiando os pés pelas mãos durante as Lua Cheias, fazendo o que depois te provoca arrependimento. Quanto mais acentuada é essa distorção quando à Lua Cheia se agrega um período de Lua Vazia, como é o caso de hoje! Anda com cautela, te preserva.

Labels:


Monday, April 10, 2017

 

Oscar Quiroga - 3315

Felicidade

Esse objetivo elusivo que chamas de felicidade e que inúmeras argumentações acadêmicas reputam ser uma ilusão perseguir, porque decepcionaria, sabe tu, o conquistarás à medida que tua personalidade, que é o nome de tua operação no mundo exterior, se torne fiel reflexo de tua alma, o nome de tua operação no mundo interior. Da mesma forma com que, mês a mês, em cada Lua Cheia nosso satélite brilha prateado e nos brinda com plenitude o que provém do Sol, assim mesmo, pelo menos uma vez ao mês tu, a personalidade, teria de ser fiel reflexo do que tu, como ser interior determinas. Enquanto isso não ocorrer, a proximidade da Lua Cheia continuará te deixando num estado de tensão que não atinarás a razão de ser. Que tua personalidade se transforme no veículo de tua alma, isso é viver!

Labels:


Sunday, April 09, 2017

 

Oscar Quiroga - 3314

Alternância

Talvez a clareza falte durante vários momentos e com mais frequência que o habitual. Talvez tuas incertezas te fustiguem e, ao mesmo tempo, tu tenhas de te apresentar ao mundo com a aparência de ser a alma mais lúcida da Terra, dona e senhora da realidade, capaz de sagradas façanhas. No fundo é isso mesmo que tu és, mas não é menos verdadeiro que, de tempos em tempos, o ânimo te falte e, apesar das aparências que tenhas de sustentar, te sintas sob a opressão de forças que te submetem e castigam. Precisas te acostumar com a alternância de estados de ânimo, ciente de que por trás da lucidez está a obscuridade e, também, que no ventre da mais densa sombra existencial há uma faísca de ressurreição. Dança alegre e leve na alternância, ela nada mais é do que o fiel reflexo da realidade universal.

Labels:


Saturday, April 08, 2017

 

Oscar Quiroga - 3313

As contradições

Tua luta é a mesma que a de todos os seres humanos que te precederam e também com os quais convives na atualidade no mesmo planeta, é a luta à qual chegam todos os que buscam resolver as contradições entre a voz interior e o cenário que o mundo oferece. O resultado dessa luta, porém, não se dilui na massa informe da humanidade, é único e original, é a dimensão na qual demonstras teu valor, onde medes o alcance de teu atrevimento e o patamar sobre o qual podes oferecer algo que sirva de orientação e alento para teus contemporâneos e para todos os que virão depois de que tua presença não seja nada além de olvido. Deixa de tratar as contradições como meros incômodos que deves banir, é nesse campo de batalha que teu destino encontra a potencialidade de se tornar maior do que um dia imaginaste.

Labels:


Friday, April 07, 2017

 

Oscar Quiroga - 3312

Resolverás

O planeta Terra está em atividade incessante há milhões de anos e tua consciência, de vez em quando, não te deixa dormir, porque de muitas maneiras te encontras, aqui e agora, no centro do labirinto existencial onde precisas decidir o desenho de teu destino. Resolverás, sem ter certeza de que resolves, todos teus dilemas, empreendendo a ação que tua voz interior orientar, enfrentando com vigor as contradições feitas relacionamentos e tarefas com as quais tua alma está comprometida, sem saber como foi que veio a parar aqui. Esta luta que fazes tua e que fantasias ser apenas tua, é a luta de toda nossa humanidade quando chega a hora de crescer e evoluir e, por enfrentar os obstáculos, imprimir um novo viés à história, contribuindo para que a história deixe de ser uma repetição trágica.

Labels:


Thursday, April 06, 2017

 

Oscar Quiroga - 3311

A reinvenção

Pensa bem, se não houvesse uma voz interior feita pressentimento a contrariar o que o mundo, como cenário da existência, te oferece como verdades fundamentadas e regras insuperáveis, não conhecerias problemas, nem sequer suspeitarias haver algo parecido com isso. Tua consciência precisa se haver com esse lugar incômodo em que se posiciona, na fronteira entre a voz interior e as regras do mundo, tendo de decidir entre adequar-se à como as coisas são ou empreender a ação motivada pelo que a própria vontade compreende ser o melhor a fazer. Antes de ti milhares de seres humanos passaram pelos mesmos dilemas que a ti parece começaram com teu nascimento e que, por puro desespero, tu fantasias que terminariam com teu falecimento. É nesse lugar contraditório que se reinventa a vida.

Labels:


Wednesday, April 05, 2017

 

Oscar Quiroga - 3310

Autoconhecimento é ação

Se o processo de autoconhecimento em que te envolveste te levou a escarafunchar tua alma em busca do que te limita e te faz sofrer, sinto te dizer, estás perdendo tempo. Deixa de lado tuas dores e limitações, prestar atenção demais a essas condições acaba viciando, ao ponto de te apegares tanto a elas que tua existência inteira passa a ser definida pelo que te limita. Processo de autoconhecimento que se preze há de te colocar bem no meio do campo de batalha entre teus pressentimentos, que motivam ações, e as regras do mundo que contradizem o que tua voz interior diz. O mundo se apresenta sólido e consistente e tu estás aí, no meio da batalha, apenas com pressentimentos para lutar e incertezas para te motivar. Tu só resolverás essa luta através da ação, autoconhecimento é isso, ação!

Labels:


Tuesday, April 04, 2017

 

Oscar Quiroga - 3309

Pressentimento

Leva a sério o pressentimento que te informa não ser possível que a existência seja definida apenas pelas condições do mundo e que tu, por honrar as tradições e a boa educação que recebeste, obedeces e te adequas a elas. O pressentimento que te informa haver algo mais é o gatilho do processo de autoconhecimento, pois, como alguém poderia fingir que não ouve a voz interior que contradiz as regras do mundo? Nunca terás certeza de que caminho seguir, se o das regras do mundo ou o da voz interior, pois, é nessa indefinição que tu, o ser humano, há de elaborar seu próprio e criativo desenho, demonstrando, como tantas vezes foi demonstrado ao longo da história, que não importa quais sejam os impedimentos, a voz interior sempre vencerá e, por vencer, iniciará uma nova onda histórica.

Labels:


Monday, April 03, 2017

 

Oscar Quiroga - 3308

Tu o indivíduo

Nos conflitos e contradições que resultam do choque entre teus pressentimentos subjetivos e as regras da vida objetiva que tua boa educação te leva a obedecer, aí mesmo se desenvolve o campo de batalha em que tu precisas decidir que orientação seguir, que desenho dar àquilo que chamas de "tua vida". Tu, o indivíduo, és um elo de uma longa corrente de eventos cósmicos que inicia no infinito e mergulha profundamente no mundo infinitesimal através de tua presença. Em ti se sintetiza a história do Universo, que se reinventa continuamente, mas que também enrijece e obstaculiza esse movimento. Os conflitos e contradições com que tu precisas lidar são a própria essência de tua humanidade e nesse campo de batalha decides, a cada solitário instante, o nível de tua elevação ou baixeza.

Labels:


Sunday, April 02, 2017

 

Oscar Quiroga - 3307

Um delicado equilíbrio

Eleva tua mira e te orienta pelos mais elevados ideais que sejas capaz de imaginar, mas ao observar que o mundo em que existes contradiz tua imaginação, evita julgá-lo com severidade ou te desanimar porque as coisas não são como deveriam ser. O "deveriam ser", apesar de parecer um julgamento coberto de boas razões nutridas pelos teus ideais, não pode te tornar uma alma ditadora que imponha suas razões ao mundo. Tu deves observar continuamente os fatos, pois, muito provavelmente tua imaginação desconsidera questões muito relevantes e as julga como sendo erradas, mas no fim do dia, quem erra és tu, ao querer impor tuas condições e tua narrativa sobre os fatos. Entre tua vontade de realizar teus ideais e a aceitação dos fatos como eles são há de haver sempre um consciente equilíbrio.

Labels:


Saturday, April 01, 2017

 

Mensagem de Mãe Maria - 03/2017


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

A vida vos oferece mais uma oportunidade de renascer para o novo tempo que se revela na Mãe Terra.

Não há mais como evitar as mudanças em vossas vidas, em vossos países, em vossas crenças, em vosso planeta.

O velho desmorona rapidamente, abrindo espaço para a proliferação da verdade que chega nesta nova era de luz.

Construir o novo exige de vós deixardes ir as falsas crenças, crenças que vos mantiveram escravos de vossos egos onde os limites se estreitaram cada vez mais, à medida da passagem do vosso tempo ilusório reinante na dimensão que reconheceis como vossa realidade.

O ilusório se dissolve neste tempo, e com ele a falsa realidade que norteou vossos passos e vossas vidas, que vos fez crer na separação, no limite, que vos levou a buscar o falso poder, que vos fez sacrificar a verdade para obter as poucas migalhas de felicidade que sempre terminavam em desilusão.

Não há mais como ignorar o novo que bate às portas de todos vós, não há mais como resistir às mudanças exigidas por vossas almas, não há mais como evitar a presença da luz em vossas vidas.

A luz tudo ilumina neste tempo, deixando à mostra os falsos profetas, os falsos líderes, os falsos governantes, todos aqueles que ainda buscam se esconder atrás de um falso poder, o poder que manipula, que é exercido em proveito próprio, que não visa o bem comum, que explora, que escraviza, que humilha, que ignora as necessidades de tantos irmãos, desprezados em nome de ideologias e crenças que alimentam a dor e o terror.

Tudo está à mostra, e é preciso que os Filhos da Luz se empenhem em reconhecer a existência de todo esse caos em vosso planeta, e reconhecendo mudar, sim mudar suas atitudes, pensamentos e ações, para tornar possível a consolidação das mudanças necessárias em vosso mundo; sim, o mundo passa por enormes mudanças, e é preciso que toda a humanidade também mude, olhando de frente para o propósito que trouxe a todos no mundo da terceira dimensão, o amor, a retidão, a alegria do servir.

Cada um de vós tem um caminho a percorrer para concretizar esse propósito.

Olhai, pois, para dentro de vós, buscando a conexão com vossa alma para reconhecer o vosso caminho, os passos a serem dados nesta vossa jornada, as mudanças a efetuar, as lições a aprender, o perdão a exercitar, para que possais vos despojar dos velhos padrões, liberando os paradigmas que nortearam vossos passos, abrindo-vos para resgatar vossa identidade divina, aceitando ser um co-criador e mantenedor do novo mundo, mundo onde não mais se verá líderes e liderados, ricos e pobres, mas sim irmãos, seguindo juntos para a concretização do bem comum, deixando-se guiar pela linguagem do coração, linguagem que se traduz no exercício pleno do amor incondicional.

Bem amados, Eu vos peço, aceitai o desafio de mudar!

Sem vossa transformação individual não haverá a transformação do coletivo.

Buscai, pois, a transparência, dissolvendo todas as máscaras que fizeram de vós muitas pessoas, cada uma inventada por vós para que pudessem concretizar um propósito, todas criadas na ilusão de que sendo muitos poderíeis ser feliz.

Sois um, amados, um ser de luz, um só corpo que precisa se fundir com vossa alma, uma só essência que precisa manifestar a herança que o Pai vos legou quando assumistes o compromisso de encarnar nesse vosso mundo de ilusão.

É tempo de mostrar quem sois, para que a beleza de vossa essência possa contaminar todos os vossos irmãos, que pautados no vosso exemplo buscarão também revelar suas essências, engrossando as fileiras dos Filhos da Luz que buscam a consolidação de um mundo onde a verdade, a fraternidade, a plenitude e o amor reinam soberanos entre todas às formas de vida.

Bem amados, que vossas orações continuem a alimentar a fé e o poder crístico de todos os Filhos da Terra, para que rapidamente se consolide a nova Idade do Ouro em vosso planeta e em vossas vidas.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-28/03/2017-Mensagem de Mãe Maria-08-2017 recebida por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3306

Um dia inteiro sem mentir

Algo tão infame quanto a mentira não mereceria ter um dia para celebrá-la, mas nossa humanidade adora brincar com fogo e fantasiar que sai ilesa das encrencas em que ela mesma se mete. Para um reino destinado a exercer vínculos de interdependência com tudo e com todos, a mentira é a contradição mais substanciosa com que temos de lidar, pois, ao mentir nossa humanidade declara não estar nem aí com a opinião alheia nem ter compromisso algum com os fatos, impondo uma narrativa que ela inventa para deter absoluto controle sobre um mundo que é apenas seu. Embora em muitos casos se minta com o razoável argumento de simplificar uma situação, os resultados da mentira sempre serão a complicação e o isolamento. Então, para celebrar a mentira, experimente você passar o dia inteiro sem mentir.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?