Wednesday, January 31, 2018

 

Oscar Quiroga - 3610

Há tensão, logo existes

Frases bonitas que te inspirem podem te ajudar temporariamente a superar os momentos de desespero e promover uma visão mais ampla de tua posição no mundo, porém, se tu não fazes a tua parte e continuas em frente com tua caminhada, retornarás rapidamente ao estado sombrio que tua própria mente te inflige. Não busques paz celestial, não busques a felicidade como condição imprescindível para fazer a tua caminhada, não é de paraíso que tu precisas, mas de reconhecer que a tensão é essencial, pois, é inerente à tua condição humana. Suporta a tensão, faz dela a tua amiga, ela é a mais fiel expressão de que tu existes, porém, suportar a tensão não há de fazer de ti uma pessoa sacrificada sem saber a razão de tanto sacrifício. Estás aqui para que dessa tensão surja a veia criativa que potencialmente há em ti.

Labels:


Tuesday, January 30, 2018

 

Oscar Quiroga - 3609

Quem és tu?

Está bem, tu tens alguns poucos ou muitos problemas para resolver e isso te consome recursos vitais. Porém, nada te autoriza a definires tua existência sobre teus problemas. A definição de tua existência é feita em torno de como fazes para resolver esses problemas. Tu não és os problemas que te atormentam, tu és quem alinha intelecto, desejo e corpo para resolver os problemas e continuar a viagem na direção dos objetivos mais elevados que anseies realizar. Por isso, não te detenhas a imaginar que, em primeiro lugar, deverias resolver todos teus problemas e tensões, isso nunca acontecerá. Em primeiro lugar há de vir sempre a viagem na direção de teus objetivos e, como efeito colateral, resolver quaisquer problemas que surgirem.

Labels:


Monday, January 29, 2018

 

A Cura pela Água - 2

Trechos deste livro [1] de Louis Kuhne (1835-1901)

Os depósitos de substâncias estranhas quase sempre começam numa parte do corpo e nela são sempre mais fortes do que na parte oposta; e esta é sempre o lado em que costumamos dormir, já que essas substâncias obedecem à lei da gravidade. São as substâncias estranhas que produzem a doença. As substâncias estranhas não deveriam encontrar-se no corpo, pelo menos em sua forma presente, porque as substâncias nutritivas não obedecem à ação da gravidade no corpo. O corpo tende a expulsar as referidas substâncias estranhas, seja por meio de úlceras ou chagas abertas ou por suores abundantes e erupções. A doença consiste na presença de matérias estranhas no corpo.

Existem dois caminhos diferentes pelos quais as substâncias estranhas (mórbidas) podem introduzir-se no corpo: via nariz até os pulmões e no estômago através da boca. Nesses dois caminhos existem guardas, mas os mesmos não são de todo insubornáveis, pois que às vezes eles deixam passar substâncias que não deveriam entrar no corpo. Os guardas do ar são o nariz e do estômago é a língua. O alimento dos pulmões não está tão desfigurado como aquele do estômago, já que mesmo hoje em dia preferimos, em geral, o ar puro (o que não ocorre com os alimentos inseridos pela boca).

É muito difícil determinar que quantidade de alimento um estômago doente pode suportar. Tomemos como exemplo uma maçã, que é um alimento completamente sadio para um doente. Às vezes apenas uma maçã faz bom proveito a um doente fraco, ao passo que duas maçãs pode ser-lhe prejudicial. O fato é que todo excesso é um veneno para o corpo. Nunca devemos esquecer que tudo o que entra no estômago tem que ser digerido (o que requer dispêndio de energia). Tudo o que é excessivo é também um veneno e converte-se em substância estranha ao corpo; por conseguinte, a maior temperança no comer e no beber são a base de uma saúde duradoura (não é só o peixe que morre pela boca...). 

Chamo as substâncias de estranhas porque simplesmente não pertencem ao corpo. O corpo tenta libertar-se delas por vias destinadas para esse objetivo. As substâncias estranhas passam diretamente dos pulmões ao ar via expiração. O intestino expulsa para fora aquelas que se encontram no estômago e aquelas que passaram para o sangue são eliminadas por meio do suor, da urina e da expiração; isto é, pela pele, pelos rins e pelos pulmões.

O corpo está sempre disposto a reparar as consequências de nossas faltas. Se exigimos que nosso corpo execute um grande trabalho de eliminação, ele não poderá cumpri-lo totalmente e, então, ele se verá obrigado a alojar em si mesmo as substâncias estranhas inseridas nele. Longe de servir para o desenvolvimento do corpo, elas nada mais fazem senão prejudicá-lo, visto que dificultam a circulação do sangue e com isso a nutrição. As substâncias se depositam aos poucos em determinados lugares, sobretudo nas proximidades dos órgãos de excreção, em cuja direção rumam. Logo que isso se inicia, o depósito faz rápidos progressos, se não se modifica logo o modo de vida. Então se apresentam as primeiras alterações das formas. O corpo já está enfermo, mas a sua enfermidade ainda não causa dor, crônica ou latente. Desenvolve-se tão lentamente que o doente não se apercebe e somente depois de algum tempo sentem-se alterações desagradáveis. Não sente mais apetite, não pode mais trabalhar como antes, o espírito se perturba. Não obstante isto, tal estado é suportável por tanto tempo quanto funcionem os órgãos de excreção, conquanto os intestinos, os rins e os pulmões mantenham sua atividade e a pele transpire suficientemente. Mas, tão logo se enfraquecem tais funções, apresenta-se grande mal-estar no estado do corpo. 

O depósito de substâncias estranhas começa nas proximidades dos órgãos de excreção, mas continua depois pelas partes mais distantes, principalmente em direção às partes superiores do corpo. É muito raro conseguir acompanhar o desenvolvimento da doença desde o início, já que, em sua maioria, as pessoas já nascem com uma carga de substâncias mórbidas e é esta a razão por que quase nenhuma criança deixa de passar pelas doenças chamadas da infância, as quais são um processo de purificação, visto que o corpo se esforça por libertar-se, desta forma, das substâncias estranhas que contém.

As substâncias que mormente se depositam no baixo-ventre invadem finalmente o corpo inteiro e impedem o desenvolvimento regular dos órgãos. Embora os órgãos se ajudem, em parte aumentando seu volume, com isso não podem desenvolver-se em toda a sua perfeição, visto que a substâncias estranhas sempre usurpam o lugar das substâncias nutritivas. Logo que se impeça a circulação adequada do sangue, a nutrição sofre completamente e os órgãos encolhem-se por causa das substâncias estranhas ali depositadas. 

Em toda fermentação pululam pequenos organismos vegetais; as substâncias em fermentação passam por transformações notáveis e ganham muito em volume. Toda fermentação produz calor; quanto mais violenta, mais alta a elevação de temperatura. Os pequenos organismos da fermentação não podem desenvolver-se mais do que em um terreno adequado. Havendo substâncias estranhas no corpo, basta um impulso esterno adequado para colocá-las em fermentação. Uma dessas causas ocasionantes é a mudança brusca do tempo (donde provèm os resfriados). Tenho observado que a fermentação começa sempre no baixo-ventre. Frequentemente produz a diarréia e cessa com ela. Muitas vezes, principalmente quando há prisão de ventre, o corpo não consegue reagir e, então, a fermentação invade todas as partes em que se depositaram as substâncias estranhas. A fermentação busca a saída pelo alto; então percebemos em primeiro lugar os sintomas nas partes superiores, apresentando-se as dores de cabeça (enxaqueca). A fermentação produz calor, elevando a temperatura no interior. Este é o estado conhecido com o nome de febre. A febre é uma fermentação que se produz no corpo. A fermentação é uma decomposição, uma transformação, ou espécie de putrefação, na qual se desenvolvem pequenos organismos vegetais chamados bacilos. O ato da fermentação ou da decomposição altera a forma primitiva da massa inicial. Toda doença aguda é destinada à expulsão das substâncias estranhas.

As substâncias estranhas em fermentação tendem a dilatar-se e oprimem-se contra a pele que encerra o corpo. Essa pressão encontra a resistência da pele. Isso produz um friccionamento que desenvolve calor. Esse é o calor conhecido com febre. As substâncias em fermentação podem encontrar uma saída e desprenderem-se do corpo com o suor. Com este expediente, o interior do corpo fica mais descarregado; a pressão da pele e o calor diminuem imediatamente. 

Antes da percepção do calor, durante dias, semanas ou meses inteiros pode-se observar uma sensação ao que parece totalmente oposta, isto é, de frio. No entanto, a explicação é muito simples. O frio se produz quando o depósito de substâncias estranhas é tão considerável que o sangue já não consegue chegar com facilidade até as extremidades (pés e mãos). Nesta situação, o sangue se comprime mais nas partes internas, onde se produz grande calor. 

Este depósito dura algum tempo, até que as substâncias acumuladas se põem a fermentar por qualquer das causas mencionadas, isto é, em consequência de mudança de temperatura ambiente, de sacudidas externas ou forte emoção. Os vasos sanguíneos se obstruem parcialmente sobretudo em suas ramificações mais tênues, de modo que o sangue não pode circular até a camada exterior da pele. Daqui provém a frialdade nas extremidades e o frio no corpo inteiro. 

O corpo recobra a saúde tão logo regride o ato da fermentação. Não se pode imaginar uma infecção misteriosa causada por bacilos sem que já existam substâncias estranhas ao corpo. Não se trata, pois, de matar os bacilos e, sim, de afastar as causas da fermentação, ou seja, as substâncias estranhas. Então estes pequenos monstros, que tanto terror têm incutido nos espíritos fracos, desaparecem espontaneamente.

Quanto menores os seres, mais difícil de destruí-los diretamente. É o que acontece principalmente com os bacilos. Para afastá-los é inútil querer destruí-los com medicamentos; colimaríamos melhor nosso objetivo, se procurássemos excluir a sua causa, isto é, expulsando do corpo as substâncias estranhas. 

A natureza age em grande escala: da mesma forma age ela em pequena escala, porque suas leis são uniformes. Da mesma forma que os insetos, os mosquitos, os carnívoros e os animais que se alimentam de carniça só se encontram, vivem e subsistem nas regiões em que acham terreno conveniente e pereceriam se não dispusessem desse terreno propício, de igual modo é impossível a existência de febre sem o depósito de substâncias estranhas no corpo: o ato de fermentação, a que damos o nome de febre, só pode produzir-se quando no corpo existem substâncias estranhas. 

Para curar a febre, deve-se tornar a pele permeável, deixando que o corpo transpire. Quando o suor aparece, as substâncias em fermentação encontram saída e diminui a grande tensão, da mesma forma que o calor da febre. O suor, no entanto, não elimina totalmente a causa da doença. Na maior parte do tempo a fermentação atinge apenas uma parte das substâncias depositadas no corpo.; as outras substâncias que ainda não entraram em movimento, e que aumentam com novos depósitos, constituem um foco permanente de febre que só precisa duma ocasião favorável para eclodir de novo. Deve-se, portanto, expulsar estas substâncias que ainda se encontram no corpo. Para esse fim introduzi os banhos derivativos (com água fria), de esfregadura do tronco e de assento, os quais serão descritos posteriormente. Estes banhos incitam o corpo a expulsar, de maneira natural, as substâncias mórbidas que se acham nele. 

Em todos os doentes apresentam-se alterações das formas naturais do corpo. Estas alterações são produzidas por substâncias estranhas. A presença destas substâncias estranhas no corpo constitui a doença. Estas substâncias estranhas são substâncias que o corpo não pode empregar e que nele permanecem em consequência duma digestão insuficiente. 

As substâncias estranhas são putrecíveis (decomponíveis) e constituem o terreno em que pode desenvolver-se uma fermentação (bacilos). A fermentação começa no baixo-ventre, onde está depositada a maior parte das substâncias estranhas, mas continua subindo rapidamente pelo corpo. O estado morboso se transforma, produzem-se dores e, em seguida, febre. 

Não existe mais do que uma única causa da doença, não há mais do que uma doença que se manifesta por diferentes sintomas. Rigorosamente falando, não podemos distinguir diferentes doenças, mas somente diferentes sintomas morbosos. Portanto, há uma unicidade das doenças, não existindo mais do que uma única doença (acúmulo de substâncias estranhas).
 
Referência:
[1] Louis Kuhne, Cura pela Água: A Nova Ciência de Curar, Hemus Editora, 7ª Edição, 1996.

Labels: , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3608

Fazer sentido

Pensa bem, que sentido haveria no surgimento de um reino tão sofisticado e complexo quanto o humano para que seus integrantes passassem a existência se queixando de dores e mágoas? Começa, de imediato, a diminuir drasticamente o tempo de tuas queixas, faz isso se queres que tua existência adquira sentido. Porém, se queres continuar gastando teu tempo remoendo mágoas e afirmando tudo ser muito difícil entre o céu e a terra, vai em frente e existe à margem do que continuará disponível para ti, mas que tu só conseguirás descobrir quando tomares a decisão de seguir o sentido. Teu sentido é único e original, mas também é o sentido do reino humano, por isso, não é suficiente que lutes para te conhecer, é imprescindível que também conheças o que é semelhante aos que achas serem diferentes.

Labels:


Sunday, January 28, 2018

 

A Cura pela Água - 1


Trechos deste livro [1] de Louis Kuhne (1835-1901), que tem, como sub-título A Nova Ciência de Curar (sem remédios e sem operações).

Na primeira metade do Século 20, a Igreja Adventista no Brasil tinha dois livros sagrados: um era a Bíblia, para ir para o Céu, e, o outro, era esse livro [1] do Louis Kuhne, que ensinava a curar (não apenas "tratar") todas as doenças humanas usando apenas um agente: a água. Seu livro relata inúmeros casos de sucesso de pessoas que passaram por seu tratamento. O livro foi escrito por Kuhne após 25 anos de trabalho penoso nessa área de doenças. Com seus banhos com água, ele declara com toda certeza que toda doença é curável, seja qual for seu nome. Ele  disse que cura qualquer doença e não qualquer doente!

O corpo inteiro constitui um conjunto uniforme, cujas partes se acham constantemente em relação recíproca, de modo que o mal-estar de uma parte certamente influi sobre as outras partes. Se a forma exterior do corpo não é normal (fora do nosso conceito do belo), isso será prova da existência de influências negativas que a alteraram. Portanto, a doença altera as formas do nosso corpo. As doenças se revelam por transformações do corpo, principalmente da cabeça e do pescoço. Em cada doença particular, sempre está envolvido o corpo inteiro. Boa digestão é prova de boa saúde. Os nossos excrementos devem ser expulsos sem sujar o corpo (a ânus), da mesma forma que ocorre com os animais selvagens. A observação constante da natureza viva me revelou a mudança inevitável da forma exterior de cada órgão em consequência da doença, como ela se gera e como fazer ela desaparecer.

Referência:
[1] Louis Kuhne, Cura pela Água: A Nova Ciência de Curar, Hemus Editora, 7ª Edição, 1996.


Labels: , ,


 

Oscar Quiroga - 3607

A alma subjetiva

Ainda que hoje não fosse domingo tu terias direito a descansar, porque é para isso que servem os períodos de Lua Vazia. Tu te acostumaste a partir do princípio de que a realidade só é composta de atividades objetivas e produtivas, mas acontece que é assim que negligencias a outra metade da realidade, a subjetiva, que é tão real quanto. Quando a Lua está Vazia é o momento em que terias de suspender todas as atividades objetivas e oferecer à tua alma, a parte do teu ser que funciona subjetivamente, condições para se expressar. Tua alma precisa de despreocupação, tua alma precisa de momentos de alegria, se sentir conectada e à vontade com o meio ambiente em que existe. Tua alma precisa que tu lhe ofereças orações e meditação, porque essas são as linguagens que ela entende.

Labels:


Saturday, January 27, 2018

 

Oscar Quiroga - 3606

Arquiteturas

O pior que poderia te acontecer é nada acontecer. Por isso, encara os imprevistos que te obrigam a modificar teus planos como algo positivo. O alcance de teu entendimento a respeito do funcionamento da vida é, na maior parte do tempo, o único problema que precisas solucionar, pois, confiando em que sabes tudo, em que tens tudo sob domínio, te esqueces de que tua vida está incluída em conjuntos maiores e mais sofisticados do que os planos que te parecem perfeitos, por ter sido tua alma que os arquitetou. Tuas arquiteturas, ou se inserem dentro da arquitetura maior em que tua existência acontece, ou sofrerão ajustes feitos imprevistos, que te parecerão negativos, mas representarão o melhor que poderia te acontecer, pois, se nada te acontecesse, significaria que a Vida te trata com indiferença.

Labels:


Friday, January 26, 2018

 

O Guardião do Sétimo Portal


Trechos deste livro [1] de Maura de Albanesi.

Tudo em nós é aproveitado para o nosso crescimento e o dos outros. Sempre serviremos com o que temos para servir. Nada é desperdiçado. Até os maus servem à lei, mesmo sem o saberem. O que fazemos para o outro também fazemos para nós. Essa é a lei da reciprocidade.

No astral existiam corpos mergulhados no limo sujo, gosmento, despontando somente cabeças de pessoas com os olhos esbugalhados e fixos no nada. Ele sentiu o frio invadir o seu corpo. De repente, um movimento em seus pés chamou-lhe a atenção. Para seu espanto, ele estava pisando numa cabeça que chorava alucinada. A religião é a maior fonte formadora de culpas.

A felicidade real vem do pouco que se tem. Quando a felicidade se baseia no muito que se conquistou, ficamos abalados por qualquer infortúnio. São os valentes e os brutos que o céu aguarda. Só os valentes terão a coragem de enfrentar o mal e seguir. Faça seu trabalho. Mas faça para o bem. A morte é apenas do corpo. Nosso espírito é imortal. O corpo é apenas um instrumento necessário para as tarefas que o espírito precisa realizar na Terra. Você se sente fraco  quando seu corpo está envelhecido e, ao morrermos, ficamos somente com o corpo etérico, que guarda as memórias do corpo físico.

Nós vamos à Terra sempre com duas missões: uma pessoal, que visa adquirir sabedoria, conhecimento e também, quando estamos prontos, reavaliar nosso carma; a segunda missão é  coletiva, que está a serviço de uma contribuição com o desenvolvimento da Terra e do povo que lá está encarnado. Ambas se interligam para que possamos evoluir nas leis do amor. Estamos em desenvolvimento. Nossas escolhas nos colocam em situações das quais nos arrependemos depois, mas sempre conseguimos tirar grandes lições de nossos erros. Só nós mesmos temos a condição de nos fazer mal. O mal que acreditamos fazer é o mal que infligimos em nós mesmos, assim como o bem que fazemos ao próximo é o bem que fazemos a nós mesmos. Lembre-se disso e não caia na tentação de se estagnar na culpa. É curando que se é curado.

Após o almoço (em um mosteiro terrestre), todos retornaram ao dormitório por quarenta minutos para o repouso do corpo e a digestão dos alimentos comidos. Quem não consegue controlar o corpo, nunca conseguirá controlar a mente. O corpo responde a impulsos e reflexos imediatos do desejo do que virá, e a alma responde a impulsos de desejo do que realmente é. Se não estiverem equalizados a alma e o corpo, o que se quer e o que se tem realmente, perde-se a função dos dois, ocasionando dor ao corpo. Dor no corpo é dor da alma em dessincronia com o corpo. É quando se valoriza mais o ter em vez do ser. Assim como a árvore está fixa sem estar parada, nós também estamos em movimento mesmo quando nosso corpo não se movimenta. Apesar de a árvore estar parada, há uma movimentação. A seiva que sobe pelo caule, os nutrientes da terra, a fotossíntese realizada pelas folhas, o crescimento e desenvolvimento da árvore. Se não houvesse movimento, como poderia haver tamanha transformação? Há sempre algo sendo movimentado (nas coisas vivas) e, mesmo que invisível aos nossos olhos, é perceptível ao nosso sentimento. Para tudo há um devido tempo e cada um tem o próprio desenvolvimento. Nunca se deve comer por comer, pois o alimento tem a função única e exclusiva de nutrir o corpo. 

Treinar e obter conhecimentos têm de andar lado a lado. Se um desponta mais, o outro perde o sentido. O conhecimento teórico aguça a intuição. A intuição só se mantém com o treino e a prática intensa. Somente assim entramos na estabilidade espiritual. O queixume enfraquece o espírito. Se você não encontrar o fácil, sempre viverá o difícil. A culpa não faz andar para frente. Não há culpa nem punição. Apenas agem as leis de causa e efeito que a todo instante incidem sobre todos os seres. O sofrimento é um simples processo de lapidação da alma. Não há julgamentos, a própria alma é que se julga e se recrimina e a culpa a adoece. Nunca há força energética exterior que cause isso. A liberdade se estende até onde o espírito é capaz de ir e este limite tem a ver com seu crescimento, aceitação, compreensão de um todo e, acima de tudo, com sua capacidade de amar.

Cada dimensão requer uma frequência vibracional. Se o corpo etérico de algum espírito não se adequa perfeitamente àquela vibração, é preciso usar certas "capas energéticas". Os carmas só são purificados na Terra. É necessária uma nova ação concreta baseada na lei do amor. No mundo espiritual realizamos o que sabemos, ampliam-se conhecimentos que devem ser testados e provados na carne, mas não se adquirem novas habilidades (no mundo espiritual). O nascimento na Terra é o caminho para a evolução do espírito. A Lei do Carma é o conjunto de todas as suas ações em vida e suas consequências. Não importa o que o outro faça a você, mas como cada um reage diante dos acontecimentos. A Lei do Carma atua na ação tomada pelo espírito. Se uma criança já aprende como se dá o manuseio da faca e, ainda assim, opta por ferir pessoas com este instrumento, aí sim ela desencadeia rachaduras em sua alma, pois, quando ferimos o outro com consciência, ferimos a nós mesmos. E este processo de ferimento em si e no outro é que dá início à roda cármica. Muitos conhecimentos se adquirem no mundo espiritual. A Terra é para sedimentar no espírito os verdadeiros conhecimentos. Só assim eles farão parte essencial do espírito. Conhecimento sem prática é o grande laboratório de carma. Conhecimento adquirido na Terra penetram eternamente no espírito. Conhecimentos adquiridos no mundo espiritual devem ser praticados na Terra para firmarem no espírito. Não veja o carma como punição, já que nada se pune, pois é a consequência natural dos atos e sua repercussão na alma. Assim que você fecha uma ferida, sua vibração muda drasticamente e, desta forma, você ajudará os outros. 

Na morte nos desfazemos apenas do invólucro corpóreo. Seu corpo físico morreu, mas o seu espírito continua vivendo. Dependendo do grau de evolução de conhecimento e sabedoria, é permitido ao espírito escolher em qual dimensão quer atuar, auxiliando no equilíbrio e bem-estar dos demais. O amor sempre está presente, de um jeito ou de outro, pois essa energia permeia tudo. Uma pequena gota de amor move oceanos. Na Terra sempre há alguém por perto servindo de canal para o amor celestial. Esse é o grande círculo da vida! Tudo gira em torno do amor. A doença abre as portas da fé, facilitando a assimilação de energia.

Como nos libertamos das redes cármicas? Tendo ações concretas, repletas de amor. É o amor que neutraliza o carma. Quando em vida infligimos a dor a alguém ou a nós mesmos, intensificamos o nosso carma, pois encarnamos para agir dentro da lei evolucional do amor: amar ao próximo como a si mesmo. O caminho evolutivo não é linear, é feito de subidas e descidas. O sofrimento e a dor servem para despertar o amor e não é preciso submeter o outro a nenhuma dose a mais do que o próprio sofrimento que cada um já carrega. Como é possível se libertar das redes cármicas? Basta usar o livre-arbítrio e executar ações que comprovem a consciência adquirida. Falar, desejar, se lamentar e pensar não é suficiente. É preciso agir diferente para que aos poucos a pressão dessas redes afrouxe e a pessoa consiga se desvencilhar, não porque alguém a deixou sair, mas porque sua própria frequência não é mais compatível com a rede em questão. Esta é a cegueira em que vivem os humanos: a ilusão de que estão separados de um Todo Unificado e que suas ações não comprometem a todos. Os humanos vivem sustentados por mentiras criadas por eles mesmos. Os humanos, com sua facilidade em criar verdades ilusórias e segui-las com afinco, tornam-se alvos da escuridão. 

Todo poder é separatista e se opõe à unicidade na qual vivemos, permeados pelo amor que não pune. Libertar-se deste emaranhado de correntes a que encarnados e desencarnados estão afiliados desde o início de seu caminho na Terra é um desafio individual e coletivo. Os que se libertarem conseguirão fazer grandes mudanças, contanto que não se iludam novamente, pois a sensação logo após sair das redes é de perda de poder. A consciência traz a clareza, a ação traz o compromisso de agir segundo essa nova consciência. É preciso força, pois para ingressar no novo é necessário abdicar totalmente do velho, sem olhar para trás. No pós-morte humano, tudo se materializa de forma intensa e total, pois não há as distrações que o mundo terreno propicia. Portanto, as consequências aqui são imediatas. Existe um sentido maior a todo sofrimento e dor. Não há valor algum no dinheiro e ninguém deve deter o que não é seu. Dinheiro e ouro são energias que devem fluir. O ódio e as brigas são coisas inúteis. O processo de evolução é como um rio. Todos são levados pela correnteza. Alguns se prendem em alguma pedra por determinado período, mas o fluxo é certo para todos. 

Você morre quando seu corpo não tem mais forças para manter seu espírito. Se o homem viver na Terra sabendo da vida pós-Terra, ele será mais cauteloso em cada atitude que tomar. Não desperdiçará o tempo da Terra. O homem precisa acordar para o amor. Não há outro caminho de salvação a não ser o amor. Liberte-se do desejo de poder, pois ele lhe rouba o verdadeiro poder, que é amar. Não há nenhuma lei que o punirá. A lei serve para conduzí-lo ao caminho do bem. Desperte para o amor. Cessem as guerras na Terra e o inferno não terá como se alimentar e também cessará. Cesse o ódio e dê lugar à paz.

Referência:
[1] Maura de Albanesi, O Guardião do Sétimo Portal, Vida & Consciência Editora, São Paulo, 2015. ISBN: 978-85-7722-439-5.

Labels: , , , , , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3605

O Ardor

Agora, que teu coração arde de vontade de se lançar a alguma aventura, tu tens algumas decisões importantes para tomar, mas a principal consiste em usar teu discernimento para cuidar de não perder a oportunidade de te aventurar lutando contra qualquer coisa ou pessoa que eventualmente representar um obstáculo para esse movimento. Tu não estás aqui para lutar contra nada ou ninguém, tu estás aqui para lutar a favor do que tuas visões te transmitem, produzindo o ardor característico no coração. Esse ardor foi sentido por teus ancestrais e continuará sendo sentido enquanto houver humanidade entre o céu e a terra. Contudo, nem todos os indivíduos fizeram algo positivo sobre esse ardor, a imensa maioria se confundiu e usou o ardor para destruir o que era obstáculo em vez de construir um caminho.

Labels:


Thursday, January 25, 2018

 

Oscar Quiroga - 3604

Não estás aqui para descansar

Viver em paz não é um objetivo digno de um ser humano, tua própria natureza nunca te deixará viver em paz, pois, o Universo encontra nela um canal por onde irradiar criatividade, por onde inventar condições que os outros reinos não teriam capacidade de expressar. Não estás aqui para descansar e passar o tempo, estás aqui para colocar tua marca registrada em tudo que fizeres, mesmo que sejam coisas aparentemente banais. Música, arquitetura, medicina, pensa em algo que faça parte da civilização e comprovarás que nada foi criado naturalmente, tudo provém do gênio humano que, contrariando a força das circunstâncias, inventou uma condição melhor. Nada disso foi feito em paz, tudo requereu conflito e muito esforço dos pioneiros que tiveram as visões e se atreveram a coloca-las em prática.

Labels:


Wednesday, January 24, 2018

 

Ecos do Coração - 14


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.
 Image result for foto grande: toque entre pessoas

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3603

Anarquia

Cuida para não te acostumar a receber más notícias sobre o que acontece no mundo, como se essas pudessem ser acomodadas numa gaveta de teu processo existencial enquanto continuas sustentando a normalidade. As más notícias representam um atentado contra tudo que te ensinaram, contra o funcionamento da estrutura do mundo, que, se funciona de outra maneira significa que não podes mais contar com a proteção da justiça e dos órgãos que representam a garantia de que o mundo continuará servindo aos interesses da civilização. Se for para a anarquia se tornar normal, que esse direito seja estendido a todos e não apenas a uma elite de privilegiados que se apossam da estrutura do mundo para fazer o que bem entendem, cuidando de seus interesses particulares em vez de prestar o serviço a que se destinam.

Labels:


Tuesday, January 23, 2018

 

Mensagem de Mãe Maria - 02/2018


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

É tempo de resgatar a perfeição de vossos corpos, para que possais compreender com clareza em que ponto do caminho estais, e aonde realmente escolhestes chegar.

Vosso corpo mental necessita ser purificado e controlado por vossas almas.

Não deixeis, pois, que pensamentos brotem e tomem forma em vossas mentes sem a aceitação de vossas almas.

Tendes já as ferramentas que vos possibilitam abrir as portas de vossas mentes somente para pensamentos que possam vos ajudar a construirdes uma nova realidade.

Sim, amados, já vos dizia Mestre Jesus que aqueles que cultivam o amor em seus corações impossibilitam suas mentes de manifestar pensamentos originados pelo ego, sempre negativos, ilusórios e limitadores.

Enquanto o amor for alimentado, vossas mentes só conseguirão revelar pensamentos que contenham amor.

Curai vossas mentes pelo exercício do amor, e buscai equilibrar vossas emoções.

Vossas emoções se manifestam desordenadamente, porque ainda não conseguistes compreender que o que existe é somente o aqui e agora.

Só o momento presente importa, porque só ele é real, só ele sedimenta vossos passos na Mãe Terra, só ele tem o poder de vos revelar quem realmente sois.

Vossas atuações, a cada instante sagrado, são o que alimenta ou não vossas almas, e podem construir ou destruir o acesso a mais um degrau em vossas jornadas rumo ao que chamais ascensão.

O que é a ascensão para vós?

A ascensão é o momentum sagrado que vos permite acesso à total liberdade, e esta liberdade é o resultado de vossos pensamentos, sentimentos e ações de cada instante na forma do tempo que existe em vossa dimensão. 

Ação! A ação que se origina em vossos pensamentos, de acordo com o sentir de vossos corações, só se concretiza através de vossos corpos físicos.

Desnecessário dizer quão importante ele é para que possais cumprir vossas missões.

Zelai, pois, por vossos corpos físicos.

Ele é o templo que permite a ação de vossos egos ou de vossas almas.

Escolhestes dar vazão ao querer de vossas almas, e todas as partes que compõem vosso físico são Inteligências que se comunicam em uma longa cadeia, para manter a integridade de vossas vestimentas de carne.

É tempo de reconhecerdes esta verdade, e ajudar essas inteligências a se manterem saudáveis, para que possais continuar caminhando em vossa Mãe Terra.

Lembrai-vos, pois, que para manterdes saudável este sofisticado sistema se faz necessário que o alimenteis com alimentos saudáveis, vivos, retirados da natureza e cuja função é vos proporcionar combustível para a manutenção de vossos recipientes em perfeito funcionamento. 
 
Todos os órgãos que compõem vosso físico precisam de combustível, e depende de vós, só de vós, fornecerdes-lhes aqueles que, pela alta vibração, geram luz, ou aqueles que, pela densidade, vos mantém na baixa vibração do mundo da ilusão.

Assim, amados, é preciso que possais cuidar com atenção de vossos corpos físico, emocional e mental, para que eles, sintonizados na freqüência da luz e unificados pelo trabalho incessante em vosso dia a dia, possam se integrar a todos os seus semelhantes, para revelar a verdadeira identidade dos Filhos da Luz, habitantes da Mãe Terra.

Bem amados, que vossas orações continuem impulsionando vossos irmãos a redescobrirem o caminho do coração, para que todos possam se reintegrar na busca e concretização da ascensão.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-23/01/2018-Mensagem de Mãe Maria-02-2018, recebida por Jane M. Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3602

Tua condição humana

Evita o engano de buscar culpados para o sentimento de estagnação, esse é um equívoco que não apenas nada soluciona como também te afunda ainda mais nesse sentimento enfadonho. Tu tens de tomar a iniciativa de colocar em prática tuas ideias criativas, pois, esse é o movimento que te torna humano. Tua condição humana te coloca entre o céu e a terra, entre o infinito e as limitações, entre a imortalidade e a morte, e a distância entre uma condição e a outra é decidida no íntimo de teu coração. Dessa decisão resultará também o quanto tuas teorias estão coordenadas com tua prática, o quanto tu demonstras, através de teu exemplo, teus pontos de vista. Melhora em ti a relação entre as abstrações e as objetividades e comprovarás na prática o quanto todos teus relacionamentos melhorarão também.

Labels:


Monday, January 22, 2018

 

Oscar Quiroga - 3601

Só falta tua iniciativa

Expressa tua criatividade, honra tua natureza humana. Criar não te destina a ser um profissional da arte, mas a tratar tua vida cotidiana com o toque mágico de, a todo momento, encontrar uma maneira melhor de desempenhar tuas tarefas. Ideias vêm à tua mente aos borbotões, tu podes contar com elas, porém, quanto mais ideias tiveres e menos te atreveres a colocar algumas em prática, maior será a congestão que experimentarás, o que resultará em impaciência, tédio e irritação. Nada nem ninguém pode te obrigar a colocar em prática tuas ideias criativas, isso só acontecerá como resultado de um ato de vontade. Nesse sentido, tu és uma presença solitária, mas aí reside um paradoxo, pois, a partir do momento em que solitariamente tomes a iniciativa de criar, de imediato tua presença se conectará ao Universo.

Labels:


Sunday, January 21, 2018

 

Oscar Quiroga - 3600

A incongruência

Se a distância entre teus conceitos e a tua prática cotidiana fosse encurtada ao ponto de tua presença ser um exemplo vivo de tuas ideias, tu nunca mais precisarias argumentar, quanto menos discutir com quem quer que fosse, porque os exemplos demonstrariam concretamente o que nenhum argumento conseguiria explicar. As discussões sempre giram em torno de tentar demonstrar de forma abstrata o que a realidade concreta não suporta, é essa incongruência entre a teoria e a prática a que alimenta todas as brigas e discordâncias, mas que, ao mesmo tempo, pessoa nenhuma se atreveria a aceitar essa realidade, pois, isso significaria deixar de ter razão. Não adianta dizeres que preferes ser feliz a ter razão, o único progresso possível consiste em encurtar a distância entre a teoria e a prática.

Labels:


Saturday, January 20, 2018

 

Ecos do Coração - 13


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.

O bebê mamando próximo do coração materno...
 
Image result for foto grande: bebê mamando na mãe

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3599

Amor é tensão

Tu podes experimentar o amor através de correntes telúricas que te brindam com a perspectiva do acasalamento. Tu podes experimentar o amor através da complexa coreografia dos relacionamentos sociais e psíquicos. Tu podes experimentar o amor como a conexão de tudo com tudo que é a expressão da operação cósmica da Vida. Tu também podes experimentar o amor te tornando uma presença transparente através da qual a Vida de tua vida encontre um ponto de irradiação para nutrir e beneficiar o mundo. Tu podes e mereces experimentar todos os amores, mas precisas te tornar capaz de suportar a tensão que é inerente a cada uma dessas experiências, aprendendo a administrá-la com sabedoria. Por isso, não busques mais o amor como o paraíso em que descansarás da tensão. O amor é tensão, tensão é relacionamento.

Labels:


Friday, January 19, 2018

 

Ecos do Coração -12


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.

Os três porquinhos adotaram uma cadela como mãe...
Related image

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3598

Trata bem a tua alma

Trata tua alma subjetiva com cuidado, pois, é ela a faísca central ao redor da qual tudo o mais gira em torno. Nada em tua educação te ensinou a valorizar tua alma, nem mesmo as religiões fizeram isso e, como resultado, tu negligencias o que é mais importante, aquilo que em ti é a faísca central, a Vida de tua vida, a qual, ao mesmo tempo, se sintoniza com centros de vida ainda maiores e mais abrangentes. Para deixar de tratar tua alma de forma negligente, tu precisas abrir um espaço cotidiano para estabelecer um relacionamento intencional com tua própria alma, um diálogo que te permita tratar tua alma com o mesmo nível de realidade com que tu tratas tua presença física, tua personalidade exterior. Hoje é um dia propício para começares a estabelecer esse relacionamento.

Labels:


Thursday, January 18, 2018

 

Ecos do Coração - 11


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.

Eu acho que o bebê está gostando do toque da mãe...

Image result for foto grande: mãe e filho sorrindo

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3597

A luta que te torna humano

Em vez de repetir os mesmos tormentos de sempre, motivados pelos teus dilemas mais íntimos, coloca esses em outra perspectiva diferente, nem que seja para experimentar abordá-los de outro ponto de vista. Qualquer atitude que tu tomares para evitar a repetição será coroada, não apenas com o alívio que sobrevirá, como também por te infundir ânimo renovado para continuares a luta que te torna humano: encurtar a distância entre tuas teorias e a prática cotidiana. Teus dilemas são o reflexo dessa luta, mas eles não podem se converter no destino de tua vida, porque são apenas um efeito colateral do esforço de coordenar tua alma subjetiva e tua personalidade objetiva. Esforço esse que requer que tu te atrevas a testar na prática tuas teorias para descartar as inúteis e valorizar as criativas.

Labels:


Wednesday, January 17, 2018

 

Ecos do Coaração - 10


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.

O tigre certamente está gostando do contato, você não acha?
Equilibrio com Yoga, para o corpo a respiração e a mente ...

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3596

A força dos pressentimentos

Tua condição atual não é exclusivamente o produto de teu passado, tu também tiveste, durante o trajeto que te trouxe até aqui e agora, os pressentimentos que te orientaram ao futuro e o continuam fazendo. Porém, o quanto te acomodaste nos convencimentos sobre como as coisas devem ser foi também o quanto chegaste até aqui pela pressão da inércia do passado, que se repete de forma incessante através de ti, gostares disso ou não. Para frear essa repetição enlouquecedora, tu tens a força dos pressentimentos para te guiar, mas esses só serão úteis se, por um ato de vontade, tu os valorizares acima das memórias e os colocares no lugar de orientadores sobre o que seria melhor fazer no momento. Os pressentimentos são vagos, não esperes respostas diretas desses, mas te dão pistas valiosas também.

Labels:


Tuesday, January 16, 2018

 

Mensagem de Mãe Maria - 01/2018


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Mais um ciclo se inicia na vida dos Filhos da Terra.

Momentum de colheita, momentum de verdade, momentum de liberdade.

Sim, amados, este é o tempo em que vossas almas se desprendem das múltiplas camadas de densidade impostas pelo mundo da ilusão.

A realidade resgata a clareza onde paira a verdade que precisa ser reconhecida e adotada por todos vós.

O mundo mergulha em um novo nível de vibração, e vossos corpos recebem o impacto que necessita ser assimilado para que possais continuar a trilhar o caminho da redenção.

Perguntai-vos, pois, o que é verdade, o que é mentira, na certeza que a resposta irá se revelar cristalina em vossas mentes e em vossos corações.

Mentes e corações se unificam para entender e expressar uma mesma linguagem, a linguagem do amor, a linguagem do coração, a linguagem da nova era que se impõe soberana para todos aqueles que ousaram acreditar, e seguir em frente, na busca de um mundo onde todo caos foi suprimido pela força do amor.

Amor, amados, mais uma vez volto a vos falar de amor, e se assim faço é porque percebo que o mundo continua carente de amor.

O amor é a chave para manterdes essa nova realidade, é a chave para a consolidação da vossa liberdade, é a chave para a manifestação do vosso poder, o poder de ser uno com o Pai Criador.

Amor é a causa primeva para a existência desse vosso mundo.

O Pai, por amor aos filhos, criou um mundo onde a liberdade de escolher as experiências, por que cada um queria passar, fosse a possibilidade maior que traria à tona a compreensão de que ser como o Pai é buscar o caminho da luz.

Tantos éons se passaram para que a compreensão dessa verdade fizesse sentido para todos vós.

Livre arbítrio não é a possibilidade de escolher aleatoriamente o que pode parecer melhor para vossas vidas.

Livre arbítrio é exercitar a única escolha possível para voltar à morada do Pai, a escolha da luz em detrimento da escuridão.

Vossa alma é a expressão da luz do que sois, vosso ego a expressão da escuridão que criastes com vossas escolhas equivocadas, e que vos remeteu a todo tipo de limitação.

O limite não é mais necessário em vossas vidas.

O caminho se alarga, mais e mais, o horizonte se dissolve nas profundezas do infinito, e vossas vidas podem e devem ser vividas na mais alta expressão da liberdade, a liberdade responsável, a liberdade que decorre da implementação das necessidades de vossas almas, liberdade que faz renascer a solidariedade, que desperta a compreensão de que o outro é uma extensão do que sois, o outro sois vós, e reconhecendo o outro podeis reconhecer vossas múltiplas facetas, as boas e as ruins, e assim fazendo usar vosso poder para transformar aquelas que ainda não se adequaram aos princípios da luz.

Tempo maravilhoso de ser vivido, tempo de reencontrar os muitos aspectos de vós que se expressam em outras formas, em outras dimensões.

Tempo de SER, amados!

Ser a expressão do divino, ser a manifestação do amor, ser a revelação da verdade, ser livre, ser a vibração que se reintegra ao som do universo, ser o filho de Deus no mundo da manifestação, ser como vosso Amado Irmão.

Que a compreensão desta nova etapa vos leve a assumir as rédeas de vossas vidas, cumprindo vossas tarefas, transformando vossas muitas faces, mudando a vibração de vossos corpos pelo exercício da verdade, para que o renascer nesse novo patamar de luz vos traga felicidade e paz.

Bem amados, que vossas orações continuem a ser exercitadas com muito fervor e reverência, para que as minhas bênçãos continuem inundando, através de cada um de vós, esse vosso amado planeta e todos os meus filhos.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-16/01/2018-Mensagem de Mãe Maria-01-2018 recebida por Jane M. Ribeiro.

Labels:


 

Ecos do Coração - 9


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado. 

Dormir em conchinha

Image result for foto grande: homem e mulher em conchinha

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3595

O propósito continua vigente

Contempla o resultado das ações que empreendeste no passado, faz as correções pertinentes e continua tua viagem com a alma orientada por tudo que ainda pretendes realizar. Enquanto respirares, o propósito de vida que tua presença representa continuará vigente, esse não tira férias, não dorme nem precisa descansar, está ativo através da respiração, que conecta tua alma interior com tua personalidade objetiva, te brindando com a oportunidade de colocares em prática tuas visões. O Universo não teria criado um reino tão sofisticado quanto o humano para que seus integrantes passassem a existência se queixando de limitações e dificuldades. Tu sonhas, tu tens corpo e isso te outorga todos os recursos que precisas para continuar em frente e fazer o que sem tua presença não aconteceria.

Labels:


Monday, January 15, 2018

 

Em Busca de Respostas


Abaixo trechos de um livro de Zibia Gasparetto [1].

Ninguém está só! Seja qual for o caminho que você escolher, sempre estará ao seu lado um espírito de luz, um amigo espiritual, inspirando-lhe bons pensamentos, fortalecendo-o nos momentos difíceis e colocando em seu caminho pessoas que o auxiliem a atravessar os desafios do amadurecimento. São seres que sentem prazer em dar amor e plantam o bem com dedicação e alegria, mas respeitam o arbítrio de cada um.

O poder de escolha é a força do espírito. Você é livre para escolher como quer viver. Pode experimentar o que quiser, e a sabedoria divina responderá no momento certo com o resultado de seus atos.

Se você acredita em "crime e castigo" e imagina que Deus em sua imensa grandeza o esteja vigiando, chegará o dia em que descobrirá que sua consciência é seu único juiz e que seu espírito é eterno. Você poderá ir pelo caminho do mal, da destruição e, quando não suportar mais o peso de sua dor e matar o próprio corpo, descobrirá que ainda continua vivo. Então, só lhe restará fazer o caminho de volta: aprender o valor da vida, tornar-se uma pessoa melhor, desenvolver seus dons e conquistar o prazer de viver.

O poder de Deus é muito maior do que você  imagina. Ele trabalha sempre criando mundos, seres e vidas, na sustentação do universo. Nós somos seus filhos amados, e Ele nos criou à sua semelhança (somos deuses). Somos simples (Ele colocou dentro de nós, em estado latente, todos os elementos de que precisamos para evoluir) e ignorantes (não sabemos como a vida funciona). Deus nos deu o poder do arbítrio e deixou-nos livres para escolher caminhos, experimentar, aprender a viver e, com essa atitude, nos tornou dignos de criar o próprio destino. Em cada um colocou vocações para que pudessem colaborar e contribuir com o progresso da humanidade.

A vida tem leis funcionais que regem tudo e só trabalham por mérito. Quando você busca algo e consegue, encontrou o caminho certo. Você comemora, sua força cresce. Quando erra, você se deprime. Esse não é o melhor caminho. Reaja! Não alimente essa energia. O erro ensina mais que os acertos. A experiência é positiva e apenas nos mostra que precisamos mudar o rumo. Analise melhor o assunto, tente ir por outro caminho tantas vezes quantas forem necessárias e persista até obter o que quer; afinal, você tem a eternidade pela frente e sabe que um dia conquistará o progresso. Só consegue vencer quem assume o controle da própria vida, busca conhecimento e se esforça para realizar a própria felicidade. 

A reencarnação de um espírito é um processo delicado. Ele precisa passar pela redução do corpo astral para que o corpo de carne, a ser gerado, tenha todas as características específicas de que precisará para poder atuar, preencher as necessidades de progresso do espírito. Ao mesmo tempo, nesse período, ele terá de se preparar emocionalmente, conforme os problemas que ainda tem e o progresso que almeja alcançar. O corpo de carne que cada um tem foi feito exclusivamente para aquela pessoa pois, na gestação, é o corpo astral do reencarnante que se une ao óvulo feminino fecundado e gera o novo instrumento que ele usará para viver neste mundo. Especialistas do assunto auxiliam os reencarnantes nesse processo, durante o qual eles irão perdendo a lucidez, que pode ser maior ou menor, conforme o nível de evolução que se tem. Por outro lado, à medida que o momento de nascer se aproxima, os espíritos têm muito medo de nascer. Sabendo que vão esquecer o passado, enfrentar o desconhecido, testar seus conhecimentos, suas conquistas, assumir a responsabilidade de escolher o próprio caminho,  alguns querem desistir. Há casos em que o bebê enrola o cordão umbilical no pescoço na hora de nascer, será a vontade inconsciente de fugir? Eu mesma vi casos em que na hora do parto, mesmo tudo estando normal, o espírito em vez de querer sair, subia na barriga da mãe. Felizmente, todos estão sendo auxiliados por espíritos e conseguem vencer o medo. O aborto é um ato de agressão onde o feto é ferido, feito em pedaços, em um momento em que não terá como se defender. Além disso, ainda estará destruindo todo o trabalho de preparação, sendo que os pais foram programados, e em tudo há um esforço para que os envolvidos possam rever não só os problemas passados como também melhorar o senso de realidade e aprender a viver melhor.

Ninguém está só. Em todos os momentos, os amigos espirituais auxiliam, conforme podem, fortalecendo, aliviando, inspirando o melhor. Ao desencarnar, espíritos socorristas recebem quem chega. Conforme a necessidade, convidam o espírito que chega para irem ao lugar onde receberão tratamento para restaurar o equilíbrio. Esse seria o melhor caminho. Todavia, muitas pessoas, ao deixarem o corpo, ainda estão muito ligadas às experiências vivenciadas no mundo físico, preocupando-se com os que ficaram, com as coisas inacabadas, com o medo do futuro, e recusam-se a ir com eles, preferindo continuar no ambiente familiar. Os espíritos não interferem nessas escolhas. Esperam que eles reconheçam que não podem fazer nada mais pelos que ficaram. Além disso, ao permanecer no mundo material, eles continuarão sentindo os sintomas da doença, prolongando seus sofrimentos. Então, eles mesmos suplicarão pela ajuda e aceitarão ir para onde devem ficar. A morte é algo natural e todos no mundo terão de voltar para a sua casa no astral. É um processo irreversível e é preciso aceitar aquilo que é. Dramatizar, querer que a pessoa volte, só vai dificultar o equilíbrio de todos, alimentando o sofrimento , inutilmente.

Quando alguém precisa de ajuda, a vida sempre coloca outro alguém do lado para auxiliar. O medo da morte contribui para que a pessoa prolongue o seu próprio sofrimento, resistindo apesar de saber que não tem mais chance de recuperar a saúde. Aceitar a verdade faz com que os espíritos amigos possam intervir e auxiliar. É muito bom descobrir que o objetivo da vida é a felicidade e a conquista da sabedoria. Mas a vida só trabalha por mérito. Para obter essa conquista, cada um terá que fazer a sua parte: conquistar o equilíbrio, jogar fora todo mal, ficar no bem absoluto. Além disso, cada pessoa tem uma vocação e vem preparada para agir em determinada área na Terra. 

O passado passou, mas tudo que vivenciamos fica arquivado em nosso inconsciente. Algumas vezes, pedaços de cenas vividas no passado, podem surgir em nossos sonhos. Conhecer a verdade nos liberta, e a ilusão aprisiona. É na vivência do dia a dia que vamos conhecendo a verdade, saindo da ilusão e vendo as coisas como elas realmente são. Sempre que enveredamos pelo caminho da ilusão e estamos escolhendo mal o caminho, nossa alma, que é divina, traz, por meio do sonho, pedaços de vivências passadas, como advertência, a fim de que possamos mudar as nossas atitudes. 

Quando se está na dimensão espiritual, tendo consciência do próprio passado, o espírito sente forte a necessidade de melhorar, aprender, evoluir e aceita certas condições. No momento em que se reúne com os espíritos superiores para programar a nova encarnação, muitos espíritos exageram nas escolhas dos desafios, querendo evoluir rapidamente. Mas os orientadores reduzem o que eles desejam porque sabem que, uma vez encarnados, ao chegar no magnetismo terrestre, esquecidos do passado, irão agir de acordo com seu nível de entendimento. Quando as coisas não são como gostariam, muitos se revoltam, ficam mal e não aproveitam o que poderiam. 

Nós somos livres para escolher. Os amigos espirituais costumam dizer que as pessoas só morrem quando perderam o prazer de viver. As falsas crenças, a insatisfação, a falta de objetivos, a permanência durante muito tempo cultivando o negativismo, o medo de ver a verdade, os desenganos, a culpa, as fraquezas do mimo, e outras tantas desilusões acabem provocando desequilíbrio, vão minando o corpo e as doenças surgem, aumentando o sofrimento. Deprimidos e infelizes, anseiam pela mudança, muitos deles acreditando que a morte seja o fim de suas dores. Mas tudo isso foi apenas o fato de eles escolherem permanecer no mal. Todo bem faz bem e todo mal faz mal. Quem escolhe ficar na paz, na alegria, acredita no bem, procura provas nas verdades que a vida mostra,  observa como as coisas são, cultiva a alegria, não leva a vida tão a sério, nem dramatiza situações, joga fora a ansiedade e acredita na vida, vive mais tempo. Envelhece com saúde, aceita os limites da idade e segue adiante, cultivando sempre o melhor. A vida é assim. Cada um está onde se põe e escolhe como quer viver. Aproveite e analise em qual das duas situações você se encontra. Se não estiver bem, aproveite e escolha o lado melhor. Experimente e verá! 

No mundo astral, tudo é organizado de tal forma que os que voltam da Terra são tratados de acordo com sua necessidade. Mesmo os que não aceitam orientação, embora se sintam livres, são observados e auxiliados no momento certo. Não há uma folha que caia da árvore sem ser ignorada. Tudo está certo, do jeito que está. Os espíritos de luz nos ensinam que precisamos gerenciar nossos pensamentos, não alimentar energias negativas que abrem espaço a que espíritos desequilibrados nos envolvam. Acreditar no bem, na força positiva do nosso espírito, faz com que nossa vida seja melhor e os desafios do amadurecimento sejam vencidos. 

Neste planeta tudo é mais lento e muito diferente do mundo do astral, onde a vida se manifesta com mais rapidez. Essa lentidão aqui é para nos fazer analisar melhor nossos sentimentos e atitudes. Todo mal faz mal e todo bem faz bem. Essa é a verdade simples e forte que, quando aceita, vai nos auxiliar a escolher melhor o nosso caminho. 

A escolha é livre. Cada um escolhe como quer viver, mas colhe os resultados de suas atitudes. A vida é funcional e só trabalha por mérito. Cada espírito tem a missão de cuidar de si. É ilusão imaginar que estamos neste mundo para ajudar os outros. Poder auxiliar alguém é prazeroso, mas só faz bem quando a pessoa merece e é feito com inteligência. Este é um assunto delicado que precisa ser muito bem entendido, porquanto auxiliar alguém que não merece, poderá dar mau resultado. Intervir em um desafio de alguém, quando a pessoa foi colocada lá para ajudar a pessoa aprender, é trabalhar contra a vida e a pessoa que assim agir assumirá parte do mal que deseja evitar.

Referência:
[1] Zibia M. Gasparetto, Em Busca de Respostas, Editora Vida & Consciência, 2017. ISBN: 978-85-7722-551-4.

Labels: , , , , , ,


 

O Maior Segredo


No endereço eletrônico abaixo encontra-se a versão em português do livro "The Biggest Secret -The book that will change the world" de David Icke. Ele possui muitas informações para entender a sociedade na qual vivemos. Boa Leitura!

https://www.slideshare.net/GT-Gogeta/david-icke-o-maior-segredo?qid=5f33d1ba-4be7-4951-b6ce-ae25a6e7acfc&v=&b=&from_search=1

Labels: ,


 

Ecos do Coração - 8


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado. 

Você acha que esses dois estão preocupados com alguma coisa?

Fotos e Imagens de Animais Fofos (18)

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3594

Teu exemplo

Encurta a distância entre tuas teorias e a prática cotidiana, isso te servirá para descartar o que parece ser interessante, mas que não se mostra eficiente quando levado à prática e, ao mesmo tempo, aprimorares teus conceitos ao perceber que a realidade concreta comporta muito mais do que tinhas imaginado. Quanto maior for a distância entre tuas teorias e tua prática cotidiana, mais incongruente será tua alma e, de forma inadvertida, mais distorcidos serão também os relacionamentos em que te envolverás. Quanto menor for essa distância, menor será também o esforço que terás de fazer para explicar qualquer coisa que o valha, porque tuas atitudes concretas servirão de suporte para demonstrar teus conceitos. Teu exemplo será a prova viva de que aquilo que pensas tem valor e utilidade também.

Labels:


Sunday, January 14, 2018

 

Ecos do Coração - 7


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado. 

 Image result for foto grande: homem beijando mulher

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3593

Interdependência

Todas as soluções disponíveis são as que, por enquanto, te parecem mais complicadas. É nesse paradoxo que precisas descobrir o quanto sucumbes à tendência de contares apenas com teus recursos individuais e o quanto resistes a estabelecer e preservar laços de cooperação com as pessoas. Relacionamentos são complexos porque os seres humanos são complexos, esta é uma realidade. Porém, não te salva tentares te isolar e construíres uma realidade individual, na qual sejas independente de tudo e de todos. Essa é uma ilusão que se torna pesada à medida que o tempo passa, já que perdes o fio da meada das soluções, que sempre se encontrarão na qualidade dos relacionamentos que consigas criar e preservar ao longo da existência. Não busques mais a independência, busca a interdependência.

Labels:


Saturday, January 13, 2018

 

Oscar Quiroga - 3592

Reinventa os planos

Se teus planos falharem, reinventa tudo com rapidez, neste momento não seria interessante teimares em continuar de acordo com os planos originais. Não há alma incapaz de ser flexível, é inerente a qualquer ser humano a possibilidade de se adaptar aos eventos e encontrar estratégias mais inteligentes para continuar em frente, apesar de isso obrigar a refazer os planos. Podes te irritar à vontade, xingar o quanto quiseres, mas se pretendes mesmo que as coisas continuem em movimento, então aproveita as aparentes adversidades e refaz o roteiro original. Afinal, o bem para o qual vêm os males é justamente o de superares teu isolamento e buscares cooperação nas pessoas próximas, ou se elas não estiverem disponíveis, nos eventuais desconhecidos e anônimos que cruzarem teu caminho.

Labels:


Friday, January 12, 2018

 

Ecos do Coração - 6


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.

 Image result for equoterapia

Equoterapia: terapia por contato com cavalos

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3591

INVESTIGA A VIDA


A Vida de tua vida merece teu empenho e persistência para que a investigues e descubras seu funcionamento, que outra coisa mais importante terias a fazer com teu tempo? 

Tu, a alma que deseja, o objeto ou sujeito de teus desejos e o próprio ato de desejar, tudo provém da Vida de tua vida, por isso, que haveria de mais importante do que investigares e conheceres seu funcionamento? 


Se preferes existir como se tua presença fosse exilada do maravilhoso funcionamento do Universo, continua perdendo tempo, és livre para isso; considera que a vida seja tua e que tens total direito de estraga-la como bem desejares. 


O dia, porém, em que te ergueres e reclamares o direito de perceber o colossal funcionamento do Universo, então tomarás para ti os instrumentos que hoje depositas na sorte.

Labels:


Thursday, January 11, 2018

 

Ecos do Coração - 5


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.




Labels:


 

Oscar Quiroga - 3590

Eterno presente

Passado e futuro convergem em ti, que existes no presente eterno, mas ainda sem tomares posse dessa dimensão poderosa. Como resultado disso, o passado te atormenta e o futuro te preocupa. Nenhuma frase motivadora, por mais verdadeira que seja, te fará sair desse estado, tu precisas abrir passagem. Em primeiro lugar, arruma tuas confusões emergenciais e mitiga tuas principais dores, sem esperar que tudo seja solucionado, apenas para garantir um conforto mínimo. Em segundo lugar, inicia um persistente processo cotidiano de investigação sobre o modo de funcionamento da Vida de tua vida, pois, sem compreender suas leis como poderias tu te aproveitar delas? Está tudo dado e ao teu alcance, mas estas afirmações continuarão sem sentido se tu não te apossas delas e as praticares cotidianamente.

Labels:


Wednesday, January 10, 2018

 

Oscar Quiroga - 3589

Um dia diferente

Hoje não encontrarás sequência nos eventos que te ofereça uma base para haver uma lógica no que acontecer. Hoje encontrarás sentido através das imagens que tua alma informa e que podem se apresentar a ti na forma de sonhos vívidos ou devaneios que não te permitam te concentrar como gostarias, para dar conta das tarefas. Hoje também acontecerão coincidências que te revelarão o quanto o tempo não é só um rio que te empurra do passado na direção do futuro, mas também uma linha que provém do futuro e reinventa o teu passado. Abre tua alma hoje para ampliar teu entendimento sobre a Vida de tua vida, tu estás diante da maravilha que é levitar entre o nada e a eternidade, que é tua real condição, apesar de ser muito raro pensares sobre ela. Hoje é um dia diferente, não o trates como normal.

Labels:


Tuesday, January 09, 2018

 

Ecos do Coração - 4


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.
 Related image
Índia amamentando filhote de animal selvagem. Rômulo e Remo, os fundadores de Roma, quando recém-nascidos, foram amamentados por uma loba, segundo a lenda...

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3588

Em que confias?

O dia em que depositares em tua força de vontade a mesma confiança com que tratas tuas preocupações, terás dado um passo definitivo para estar no mundo sem ser do mundo. Ser do mundo significa acreditares nas más notícias e desprezares os sinais de evolução humana. Ser do mundo significa existires sob o peso das preocupações, como se tudo fosse difícil e angustiante. Ser do mundo significa te convenceres de que não tens recursos suficientes para realizar teus sonhos. Assim, sendo do mundo, existes em completa desconexão das forças que continuam disponíveis a ti, mas que não podem fazer nada por ti até acreditares em tua própria vontade com o mesmo vigor com que acreditas que tudo está fora do teu alcance. Está tudo dito, só falta te atreveres a agir como o ser humano que és.

Labels:


Monday, January 08, 2018

 

Enquanto Dormes


Trechos do livro de Leni W. Saviscki [1]

Jesus disse: "Nenhum fio de cabelo cai de vossas cabeças sem que o Pai o saiba". Tudo o que acontece no plano físico, primeiro se concretiza no Astral. Aquilo que chamamos de "desgraça", na verdade foi um mal necessário. O que realmente tem valor e é imortal é o espírito, onde reside a vida. Quem estava naquele momento dentro da aeronave que caiu? Inocentes? Não, ou então a Lei Divina seria como a dos homens, injusta e falível.  Agruparam-se naquele momento no avião todos os espíritos que precisavam passar por aquela experiência, para seu aprendizado, seja por resquícios cármicos trazidos de vivências passadas ou por freio necessário à vivência atual. Tal fato fica claro quando se descobre que algumas pessoas que viajariam  naquele voo, por algum motivo, o perderam, ou quando se noticia que, milagrosamente, alguém sobreviveu ao desastre. Sendo assim, o responsável pelas nossas desgraças ou pelas nossas conquistas somos nós mesmos, ninguém mais. Da Terra se leva a vida que ali se levou e, consequentemente, cada um terá o desencarne da maneira como é necessário.  Muito sofrimento seria evitado se todos abrissem os ouvidos e compreendessem que a vida é imortal; que a chamada morte é somente uma passagem em que se perde o uniforme usado na Terra e que, do outro lado, continuamos vivos e atuantes.

Algumas vezes a mente física consegue captar e trazer à tona boa parte da sabedoria gravada em seu inconsciente, região onde guardamos toda nossa história de vida, desde que adquirimos consciência na forma hominal, senão antes disso. 

Como não existem penas perpétuas nem castigo divino, pois Deus é Pai e não carrasco, também podemos curar as feridas que trazemos em nós, curando as feridas dos outros, antes que a Lei nos pegue endividados e precisemos ressarcir com a mesma moeda ("olho por olho, dente por dente"). O objetivo da reencarnação não é voltar para pagar contas atrasadas, mas aprender a lição ignorada anteriormente e, dessa forma, desapegar do ego, auxiliando a todos a fazer o mesmo a fim de ajudar a melhorar o mundo. É desse jeito que ressarcimos, total ou parcialmente, o nosso saldo devedor.

O corpo físico é o templo que abriga nosso espírito na Terra; por isso, deve ser respeitado e bem cuidado. Porém, sendo templo, não é divindade. Quando os valores se invertem e esquecemos do que é imortal para endeusar somente o que é perecível, estamos nos condenando a perder os dois, pois no momento em que se devolve à terra o que é da terra (via morte), o espírito, que continua vivo, sente-se à deriva, já que perdeu seu comandante. E quem deve comandar nossa existência é nosso espírito, exercício que deve ser aprendido ainda pela grande maioria. 

O espírito que desencarna não se transforma em santo, muito menos em fantasma. Não desaparece nem evapora. Apenas se despe do uniforme carnal que não lhe serve mais, para seguir em corpo fluídico, invisível aos nossos olhos físicos. Mas esse "seguir" não significa que todos que morrem conseguem imediatamente se desvincular do plano terreno. Para os que têm essa dificuldade, são necessários atenção e tempo especial dos socorristas, que, por sua vez, necessitam do auxílio imprescindível dos encarnados, principalmente dos familiares e amigos, nas primeiras horas pós-morte. 

Qualquer dor que causamos ontem vem bater na nossa porta hoje, em busca de ressarcimento. Por isso, não existem vítimas diante das leis supremas. Existem, sim, devedores com saldo negativo, trazido do Além-túmulo. A melhor fórmula medicamentosa existente em nosso mundo é o perdão, pois por meio dele conseguimos nos libertar de um fardo do passado. 

Nós, espíritos desencarnados, quando autorizados pela Grande Energia, temos a plasticidade de um corpo astral modificável na aparência e na forma, porém mantendo sempre a essência e o objetivo de nossa missão, que é o que realmente interessa. A casa de caridade que trabalha com a espiritualidade, seja ela um terreiro de umbanda ou outro templo qualquer, é um hospital de almas. Para lá se encaminham os necessitados de cura para suas dores emocionais, mentais ou espirituais e, por que não, também físicas. O ser humano atual não sabe mais parar, muito menos introspectar-se, razão pela qual também sofre. O espelho disso são os consultórios médicos e terapêuticos sempre lotados e, da mesma forma, os centros espiritualistas. As pessoas não se conhecem porque não se olham e, se o fazem, não se enxergam. Resta então buscar alguém que lhes diga o que está errado nelas ou que lhes receite um remédio, um alívio. Mas, para certas dores, não há calmante; há, sim, mudanças de atitude a serem feitas, ou seja, uma reeducação. Quando silenciamos nossa mente e conseguimos nos conectar com nosso "eu" superior, já terapeutizamos, com esse gesto, cinquenta por cento de nossas dores. Nessa condição de quietude, nos tornamos aptos e acessíveis aos espíritos que ali estão presentes para o auxílio fraterno.

Todos nós temos um mestre interior muito sábio e, quando aprendemos a ouvi-lo, nos surpreendemos com as mudanças positivas que ocorrerão em nossa existência. As entidades que ali estão são seres dispostos ao auxílio, mas acima de tudo aprenderam a respeitar o livre-arbítrio do outro e por isso só podem ajudar a quem estiver apto a receber essa ajuda. Nem Jesus curou a todos, mas somente aqueles que tinham fé e merecimento. Quando os templos entenderem que não se ajuda "resolvendo" o problema do sofredor, mas que é preciso fazê-lo compreender como se processa a autocura, as filas de sofredores diminuirão, dos dois lados da vida.

Se existe um crime que se possa praticar contra a evolução de um ser, é lhe negar informações, é deixar de ensiná-lo, de lhe apontar o caminho. Por outro lado, cuidado com a imposição. É preciso respeitar o livre-arbítrio e, se um espírito se nega ao aprendizado, nada lhe imponha, mas também não o carregue no colo. É assim que o Grande Pai faz com Seus filhos: dá a todos as mesmas oportunidades e os deixa livres para escolher, isentando-se no entanto de estancar sua dor se esta foi sua escolha. 

O objetivo da luz não é "combater" as trevas, mas sempre foi e sempre será, enquanto essa dualidade habitar nosso mundo, transmutá-la, mesmo porque não podemos prescindir do auxílio paradoxal do Astral inferior que, fustigando muitos seres, os estimula à evolução. Apesar da aparência caótica de nosso mundo físico e astral na atualidade terrena, o time da luz atua com melhor e mais qualificado número de seres, o que está exigindo das trevas tremendo esforço e desgaste de suas falanges, facilitando o socorro dos dissidentes cansados da luta. 

Erros passados são vento que já foi embora e a cada dia o Sol nasce de novo, trazendo vida e esperança. Ninguém tem o poder de mudar o outro, mas pode e deve mudar a si próprio e que essa mudança seja sempre para melhor. E a melhor maneira de ensinar é pelo exemplo. Quanto mais cedo nos aperfeiçoarmos, mais cedo sairemos da roda reencarnatória. Mas enquanto nela estiverem, abençoem o corpo físico que lhes permite adquirir novos aprendizados e ao mesmo tempo drenar os desajustes cármicos do corpo espiritual.

Todas as criaturas humanas reencarnadas no planeta têm os mesmos direitos e deveres em relação ao dinheiro. Ele existe para assegurar aos homens a evolução. Seu objetivo é nobre e salutar, mas para isso precisa que ele se movimente de mão em mão, assegurando o progresso e a evolução. Sendo a moeda a retribuição do esforço, do trabalho, do suor do homem, ela é abençoada. Muitas vezes as pessoas amaldiçoam o dinheiro, acusando-o das desgraças humanas, seja na falta dele ou no excesso, quando isso lhes causa transtornos, como o sequestro, o roubo, o latrocínio etc. Porém, a ele não podemos culpar, mas sim ao mau uso dele pelo homem, ainda muito egoísta. Tanto não sabe mover essa energia, aquele que o despreza, como aquele que o endeusa; aquele que não o valoriza quando o tem, gastando com coisas supérfluas, como aquele que o retém de maneira abusiva. A Lei da Ação e Reação, que equilibra o Universo, nos revela que o miserável de hoje pode ter sido o mau rico de ontem. O rico de hoje o é por merecimento ou por provação, e, dependendo de como agirá com essa energia,criará seu amanhã. Na matemática da vida, existem dois conjuntos de operações carmáticas e perigosas: a subtração e a adição são carmáticas, ou seja, o "tirar dos outros para acumular para si". Duas, no entanto, são evolutivas e benéficas: o dividir e o multiplicar, ou seja, "distribuindo os dons que me são confiados eu, consequentemente, os multiplico", promovendo o progresso. O homem, nos dias de hoje, em seu materialismo desenfreado, na sua ganância de "ter" em detrimento do "ser", esqueceu sua origem divina e nisso reside todo o seu equívoco. O deus-dinheiro tornou-se o único objetivo de todas as lutas e conquistas, a despeito de que "o que veio do pó, ao pó retornará". O que é perene e eterno é seu espírito e não seu corpo. Do outro lado da cortina que divisa a vida material da espiritual, a moeda é outra. Para lá, cada um vai levar "a vida que viveu na Terra". Enganam-se as criaturas que pensam que o dinheiro tudo compra e lhes dá poder acima do bem e do mal. Acima de nós, há um poder maior e absoluto que a tudo comanda, que visa somente ao bem de todos e que está atento e podendo interferir quando o livre-arbítrio dos homens extrapola os limites permitidos. Ismael, um preposto de Jesus, na condição de espírito evoluído,foi conclamado pelo Mestre para ser o anjo tutela do Brasil, a pátria do Cruzeiro do Sul, comandando esse projeto de luz. Esta terra é abençoada, pois apesar de todas as distorções e do egoísmo de alguns homens, nossa gente é pacífica e trabalhadora. As religiões aqui se multiplicam, dando suporte à fé e levando o Evangelho ao coração daqueles que os têm humildes.

Para crer é preciso conhecer. A ignorância e o bitolamento de ideias só recebem incentivo das trevas. Façamos um mundo melhor nos melhorando. A dor não tem só objetivo de resgatar ou drenar erros pretéritos, mas é, principalmente, a oportunidade de um "acordar" os nossos talentos ocultos, a capacidade interior que jaz escondida e que, por meio dela, pode vir à tona. Quando aproveitada como ensinamento, o resultado é  um salto evolutivo; é o crescimento do espírito que passa a compreender a necessidade de se manter no bem. O valor da voz, sendo ela um dos sentidos divinos dados ao homem, deveria ser usada somente para construir, jamais para destruir. 

Além da paz, busque a sabedoria. O homem não erra porque é ruim, mas porque é ignorante. Ignorante das leis, do amor, da vida. Enquanto o espírito não se educa, e isso quase sempre ocorre na dor, ele continua a se encarcerar, seja na carne ou fora dela. O modelo de prisão usado pelos homens, na sua maioria, não educa nem salva ninguém. Ela tem sido uma faculdade do crime, onde quem entra no primário sai de lá diplomado. Além disso, ninguém está lá injustamente. A Lei da Ação e Reação realiza a justiça independentemente das leis humanas. A mesma dor que os animais sentem, quando aprisionados e maltratados, sente o homem. 

O morto não morreu, pois somos todos imortais. A vida palpita ainda mais viva do lado de lá, onde estão os chamados mortos. A interferência existente entre os  dois mundos é muito maior do que a maioria dos homens supõem. Tudo que existe, pré-existe além da matéria. Nada se perde, tudo se renova. O planejamento sideral prevê com séculos de antecedência todos os acontecimentos que se desenrolarão no plano físico, incentivando sempre o progresso. Tudo o que o homem já conhece não significa nada diante daquilo que ele ainda virá a conhecer.

Referência:
[1] Leni W. Saviscki, Enquanto Dormes, Editora do Conhecimento, 2010. ISBN: 978-85-7618-196-5.

Labels: , , , , , , , ,


 

Ecos do Coração - 3


Quando o coração pulsa, ele envia energia (via sangue) para todas as partes do corpo. Ao tocarmos outro ser, compartilhamos essa energia. Quando isso é feito com amor, há um efeito terapêutico benéfico associado.

 
Related image

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3587

Generosidade e mesquinharia

Apesar de ser entranhado no sistema do mundo a atitude de promover dificuldades para vender soluções, com um pouco de atenção, boa vontade e menos vício de ser do contra, tu encontrarias sucesso para tuas pretensões e objetivos na simplicidade. O Universo é generoso, o mundo é mesquinho, porém, como o mundo é um invento humano, tu, como representante desse reino criativo, tens plena capacidade de encontrar teu próprio caminho, à margem das complicações e preocupações que o mundo inventar para depois te tornar dependente das soluções que ele te vender. Tu precisas escolher tuas próprias crenças, tu tens direito e merecimento a abrir caminho com tuas próprias armas, mas para isso precisas depositar um voto de confiança em ti, remando contra a maré, mas a favor de tuas visões.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?