Thursday, May 31, 2018

 

Oscar Quiroga - 3727

A EVOLUÇÃO


Evoluir nada mais é do que ampliar a capacidade de percepção e, por isso, receber mais informações, ao mesmo tempo as transmitindo da melhor maneira possível na forma da influência que é irradiada através da expressão de nossos pensamentos, desejos e obras. 

Tudo isso vai acontecendo de forma fragmentada e aparentemente os eventos não têm conexão entre si, porém, há um único fio de vida que alinhava tudo e todos, seja em tamanho colossal ou infinitesimalmente. 


Ampliar a capacidade de percepção não ocorre, nos seres humanos, de forma natural, como um processo automático, é algo que há de ser construído, sobre o aproveitamento das experiências e do pressentimento realista de que por trás da desconexão e desintegração está esse único fio de vida que alinhava tudo e todos.

Labels:


Wednesday, May 30, 2018

 

Oscar Quiroga - 3726

Tudo o que é necessário saber

O Universo é e existe em três condições; como uma presença objetiva e formal; como uma informação dinâmica de criação, preservação e destruição que é imanente em todas as entidades que o compõem, sejam essas colossais como galáxias, ou infinitesimais como átomos; e numa condição transcendental, que não se envolve em nada, permanecendo além de toda compreensão, pois, qualquer tentativa de a compreender nunca a definiria. Graças a esta percepção, nós, seres humanos, assumimos a responsabilidade de funcionar como o Universo; tu podes chamar a isso de caminho espiritual, mas que não é necessariamente algo místico, é um processo de nos integrarmos a conjuntos maiores e mais sofisticados de experiência, aumentando nossa capacidade de recepção e transmissão das potências cosmogônicas.

Labels:


Tuesday, May 29, 2018

 

Mensagem de Mãe Maria - 07/2018


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Orai filhos amados, eis que nunca em vosso tempo as orações foram tão necessárias para gerar luz e envolver todas as mentes e corações dos filhos da Terra.

Vosso planeta e todos vós que o habitais passais por enormes e profundas alterações em vossas vibrações, vibrações que expurgam a densidade que ainda carregais em vossos corpos, e que não têm mais espaço neste novo momento planetário.

É preciso que possais compreender que chegou o momento de vossa Mãe Terra, e todos que nela habitam, de expurgar toda dor, sofrimento, doenças, e toda sorte de limites que foram criados e alimentados ao longo de muitas gerações.

O ser humano contou com o tempo da misericórdia para compreender a lei da causa e efeito que governa o universo e, assim fazendo, viver em harmonia, em fraternidade, utilizando a sabedoria divina para pautar sua jornada e expandindo amor para cumprir a vontade do Pai.

Todavia, poucos o fizeram, e o que se vê hoje em vosso planeta são guerras, discórdia, injustiças, ganância, incompreensão e um número cada vez maior de sentimentos que só produzem e refletem a escuridão.

A vida, contudo, é para ser vivida por ciclos que se desdobram em múltiplas espirais para elevar, sim elevar a consciência daqueles que escolheram aprender na Mãe Terra.

Assim sendo, é preciso que o corpo da Mãe Terra e de seus filhos se despoje do lixo acumulado, para tornar possível a continuidade de vossas jornadas em vosso planeta.

Vês hoje o caos imperando por todo o planeta, sacrificando vidas, gerando a fome, a doença, as guerras, alimentando o ódio, a indiferença, o cinismo, a intolerância, permitindo que os desonestos, os egoístas, os sem caráter usurpem da maioria os bens que são de todos, que deveriam estar à disposição dos milhões de seres que, como filhos de Deus, habitam a Mãe Terra por Direito Divino, e precisam não só sobreviver, mas sim viver, viver com dignidade, com respeito, em harmonia com o todo, na compreensão de que o todo reflete aquilo que todos os seus componentes são.

Hoje o todo reflete o caos, e todos vós que já compreenderam e resgataram o propósito de viver precisam ser os arautos do novo tempo que atuam para harmonizar esse vosso planeta recriando a paz, recriando a compreensão, recriando o amor e a prosperidade que geram tolerância e harmonia entre todos os habitantes desse planeta.

Fazei, pois, vossa parte, amados, primeiramente harmonizando vossas vidas, alimentando o amor em vossos corações, equilibrando vossas polaridades, para que possais deixar transparecer a luz da sabedoria, que precisa ser refletida por todas as mentes, luz que envolve a todos nesta lua cheia de Gêmeos, luz necessária para atrair todos os filhos que se desviaram do caminho para o retorno ao reto pensar, sentir e agir, para que a presença de Lord Gautama e Cristo Maietréia possam ser ancoradas e expandidas por todos vós, mudando o rosto denso desse planeta para a cristalinidade que só o amor e a verdade podem tornar realidade no novo tempo, a era da luz.

Que cada palavra, de cada oração pronunciada por cada um de vós, carregue a força do poder-amor-sabedoria do Pai Criador, para que a luz se faça presente, dissolvendo a escuridão gerada pelo caos, deixando que a transparência refletida por cada ser possa ser o suporte para vossas escolhas conscientes, escolhas que transformarão o egoísmo em solidariedade, as injustiças em equilíbrio, o medo, a dor, a violência e a escassez em amor. 
  
Que possais, pois, expressar uma prece todos os dias, especialmente nos horários de quadrante, colocando nela vossa intenção de transformar todo caos em luz.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe. 

Sp-Mensagem de Mãe Maria-07-2018 recebida por Jane M. Ribeiro aos 29/05/2018.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3725

Entidades criativas

A mais realista das realidades que teria de ser o suporte de tuas decisões é a de que estamos todos levitando no colossal Universo, protegidos por uma fina camada de atmosfera e, graças à força gravitacional, não somos expelidos ao vazio. No entanto, apesar da aparente fragilidade de nossa condição, está tudo em equilíbrio e esse nos brinda com a possibilidade de sermos quem somos, entidades cósmicas especializadas em trazer para a realidade concreta o que a natureza não obraria per se. Para o bem ou para o mal, somos seres criadores e, se em muitos casos nossas criaturas se voltam contra nós, não é por isso que temos de ser julgados exclusivamente, porque maravilhas também somos capazes de obrar. Não somos frágeis nem onipotentes, somos seres humanos criando e recriando um Universo inacabado.

Labels:


Monday, May 28, 2018

 

Onde está o Poder?


Quando os escravos (nós, o povo) se organizam e agem em conjunto sincronizadamente (usando a internet), os supostos "donos" do poder são obrigados a ceder o poder aos seus verdadeiros donos, o povo. Um povo unido é invencível. É exatamente por causa disso que em todos os países do mundo existem vários "partidos" (políticos, principalmente, mas também de futebol, etc) para desunir o povo e, desta forma, conquistar o poder desse povo [Literalmente: "partido" é o particípio passado do verbo "partir", que significa "dividir", dividir para enfraquecer e conquistar]. Não caiamos na armadilha de adotar qualquer partido político, religioso, de futebol, etc. para defendermos ("tomar uma posição!") pois, neste caso, iremos entrar em guerra com todos  "os outros" partidos, exatamente o que os controladores do poder querem, para se manterem no poder eternamente ("dividir para conquistar"). Não sejamos tão inocentes! Alguém disse: "Todo poder emana do povo, e em seu nome deve ser exercido". Infelizmente, esse poder tem sido sequestrado continuamente...

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3724

Sem diálogo, há congestão

De tanto pensar e pouco fazer, tua alma está congestionada e se irrita com coisas que não mereceriam tanto desgaste, nem sequer atenção. Enquanto não treinares cotidianamente para que tua alma subjetiva e tua personalidade objetiva dialoguem, continuarás também vivendo de forma fragmentada, sem fio condutor que alinhave teus pensamentos, desejos e obras. Esse diálogo há de ser um treino constante, começando por considerares que tua alma subjetiva é tão real quanto tua personalidade objetiva. Essa afirmação pode te parecer uma platitude, mas não é, porque se observas teus movimentos, perceberás que a maior parte do tempo tua consciência se apoia na personalidade objetiva, desconsiderando as informações reais, porém, sutis, que tua alma te informa. Sem diálogo, há congestão.

Labels:


Sunday, May 27, 2018

 

Oscar Quiroga - 3723

Rechaço e aceitação

Ainda que te enoje a posição e atitude de certas pessoas, mesmo assim parte do princípio da aceitação. Tuas emoções viscerais não hão de fazer as escolhas que tu precisas assumir e te responsabilizar por elas. Tua alma não é uma unanimidade, tu não agradas todo mundo, pelo contrário, há quem se desagrade muito com o mero fato de existires. Isso não há de servir de base para os relacionamentos humanos, isso há de, apenas, ser considerado uma pequena parte da realidade, mas que não precisa ser a nota dominante. Se tu deixas que tuas vísceras pensem por ti, por que alguém deveria te levar a sério? Que tipo de autoridade queres ter para deixar de aceitar aqueles que, de tão diferentes de ti, te provocam rechaço? Se tu fazes isso, concede também autoridade aos teus diferentes para que te rechacem.

Labels:


Saturday, May 26, 2018

 

Oscar Quiroga - 3722

Conceitos e preconceitos

Ocupa o lugar de um livre pensador, não permitas que ideologia nenhuma pense por ti, nunca deixes que tua mente seja limitada por definições, nem tampouco caias no extremo oposto de não ter opinião nenhuma formada. Forma tuas opiniões com liberdade, sem temor de que algumas pessoas te acusem disso ou daquilo, porque se tu tens opiniões, é certo que não agradarás a todos. Porém, não te salvará tampouco que por te agrupares apenas com os que pensam igual a ti, fiques reforçando e cristalizando tuas opiniões, já que isso te impedirá de continuar sendo um livre pensador. Considera que tuas opiniões e pontos de vista precisam ser reinventados de tempos em tempos, porque conceitos que não são revistos e verificados na realidade prática, são aqueles que a força do tempo transforma em preconceitos.

Labels:


Friday, May 25, 2018

 

Oscar Quiroga - 3721

Tratamento respeitoso

De tanto as pessoas se ofenderem mutuamente se acusando de ser isso ou aquilo; feministas, machistas, viadas, racistas e o escambau, quem ganha com isso são os que, desde sempre, lucram com as divisões. Aqueles que, sem pudor, imaginam que o mundo seja isso mesmo, uma divisão de castas onde as pessoas nascem destinadas a ocupar um lugar específico na sociedade, esses ganham com os insultos circulando à solta no discurso que deveria ser posto à serviço do diálogo. Não se pode pretender um mundo homogêneo, não se pode exigir que as pessoas gostem de tudo que acontece, não há de se imaginar que um dia todos serão tratados com uma naturalidade que beiraria a indiferença. Os seres humanos somos visceralmente emocionais, mas se formos tratados com respeito, também respeitamos a todos.

Labels:


Thursday, May 24, 2018

 

Oscar Quiroga - 3720

Monólogos e diálogos

Sem diálogo nunca haverá um novo mundo. Por isso, se tu és uma das almas que sonha com um mundo maior e melhor, te dedica a aprimorar a ciência do diálogo, aceita por princípio que a única verdade do Universo é um diamante lapidado com milhões de facetas. Os seres humanos enxergam através de umas ou de outras, todas as visões são parciais e requerem exame, por isso, a única coisa que há de ser evitada é que as visões parciais se arroguem o direito de serem totais e que sirvam para oprimir os semelhantes, tratados como diferentes. Tua alma quer transmitir uma mensagem? Fala por ti, não cites pensadores nem tampouco pretendas ter recebido informações do além, tu és ser humano e te cabe apenas falar por ti e aprender a ouvir o diferente. Até isso não acontecer o diálogo continuará sendo monólogo.

Labels:


Wednesday, May 23, 2018

 

Oscar Quiroga - 3719

O livre pensar

Chama alguém de machista e o diálogo estará encerrado. Chama alguém de racista e o diálogo estará encerrado. Chama alguém de feminista e o diálogo estará encerrado. Define uma pessoa por inteiro te baseando em apenas uma parte do que ela diz ou é e, assim, tu encerrarás o diálogo, porque todo ser humano tem direito natural de tentar impedir que venha alguém a encerrá-lo dentro de uma moldura, lhe impedindo o livre pensar que conduz à constante reinvenção dos pontos de vista. Se tu queres que o mundo seja melhor, procura te dedicar a aprimorar a ciência do diálogo, nunca fazendo o que, se fosse feito a ti, te produziria rejeição e desgaste. O mundo não mudará aprofundando ressentimentos, mas fomentando o livre pensar.

Labels:


Tuesday, May 22, 2018

 

Oscar Quiroga - 3718

Julgar

Seja pela comparação, pelo senso de hierarquia, pela negação ou pela identificação, nós, seres humanos, julgamos a nós mesmos e aos nossos semelhantes. Decretar com palavras espiritualmente estilizadas que não se deve julgar ninguém não muda a realidade, ela é o que é, mentalmente somos equipados com a capacidade de julgar e, na melhor das hipóteses, essa servirá para fazer o que somos destinados a fazer, tomar decisões a cada solitário instante de nossas existências. Na pior das hipóteses e porque tomados de enfado existencial e mau humor, a virtude mental de julgar a destinamos a colocar nossos semelhantes dentro de molduras, pinçando algumas palavras de seus discursos e os condenando a ser dessa ou daquela turma por isso.

Labels:


Monday, May 21, 2018

 

Oscar Quiroga - 3717

Epítetos

No momento em que tu defines a posição de um interlocutor com epítetos tais como machista, feminista, liberal, conservador, racista, comunista, fascista, o diálogo é interrompido de imediato, pois, todo ser humano reage ao se tentar encaixá-lo dentro de uma moldura. Os epítetos provocam ressentimento e com toda razão, porque essas acusações impedem que uma pessoa tenha a liberdade de, talvez, mudar de opinião durante o diálogo. Por isso, se tu queres dialogar, não uses mais nenhum epíteto para definir teus interlocutores. Porém, se não te interessa dialogar com ninguém, mas causar reações agressivas e ressentimento, então continua a usar os epítetos na tentativa de impedir que as pessoas sejam pessoas e que possam eventualmente rever seus pontos de vista e os modificar. Não é isso que gostarias para ti?

Labels:


Sunday, May 20, 2018

 

Oscar Quiroga - 3716

A elevação

Os deuses e deusas não caminham mais entre nós porque se o fizessem nós os destruiríamos, pois, suas excelências nos ofenderiam ao tornar evidente o quanto chafurdamos numa dimensão miserável e ignorante. Diante da glória de suas presenças sentiríamos inveja e nos ressentiríamos por estar tão distantes desse brilho. Contudo, apesar da feiura de nossa condição e postura, algo nobre emerge desse inferno, nós não poderíamos sentir inveja se não percebêssemos com clareza a realidade dos mundos que a divindade apresenta, nem tampouco sentiríamos inveja se não quiséssemos participar do brilho e fausto. Cabe a nós, então, montar sobre essas emoções contraditórias e paradoxais e as usarmos para nos aproximarmos de nossas pretensões, não para destruir a divindade, mas para nos elevarmos até ela.

Labels:


Saturday, May 19, 2018

 

Oscar Quiroga - 3715

Teu aprimoramento

As emoções celestiais como a generosidade, compaixão, altruísmo e fraternidade, todas elas foram um dia seu oposto, mesquinharia, auto piedade, inveja e egoísmo. Por isso, não penses que por sentir emoções que hoje não preferes, porque a estrutura moral de tua educação não te permite senti-las em liberdade e te agrega culpa por sentir o que sentes, não penses que isso seja tempo perdido e que te condena a ser inferior. Nada disso, sentes inveja, por exemplo, porque há nela uma secreta admiração pela excelência que outros experimentam. A inveja não te exila dessa excelência, porque se não sentisses inveja significaria que não tens percepção de um mundo melhor. Nesse inferno subterrâneo de emoções que sentes, mas não preferes, está a chave alquímica de teu aprimoramento. 

Dilemas sempre haverá, não é possível pretender ter apenas certezas sobre tudo e todos. Porém, não é necessário que você fique dialogando o tempo todo com os dilemas, você pode simplesmente os desconsiderar.

Labels:


Friday, May 18, 2018

 

Oscar Quiroga - 3714

Sentimentos e ressentimentos

Teus sentimentos te enriquecem, teus ressentimentos te empobrecem. Não importa que não gostes das emoções que experimentas, tu precisas aceita-las porque elas são tuas verdades viscerais, informações preciosas que indicam o que tu queres conquistar, mas que eventualmente está fora de teu alcance. Se diante dessas emoções que tens dificuldade de aceitar, porque distorcem a imagem cuidadosamente arquitetada por ti, para que pareças moralmente superior, tu começas a renegar o que sentes, com o tempo o mal-estar se arraigará em ti na forma de sintomas físicos e psíquicos, que te custará tempo e recursos financeiros para tratar. Ou seja, negar teus sentimentos os transforma em ressentimentos e assim tu empobreces. Não se trata de vomitares emoções, trata-se de decifrar suas importantes informações.

Labels:


Thursday, May 17, 2018

 

Oscar Quiroga - 3713

Conversa com tuas emoções

As emoções te enriquecem, porque te colocam diante de universos implacáveis, que tu não tens como evitar, te apresentam o dilema de se realmente és livre ou se a liberdade não passa de uma farsa bem montada que te obriga a levar uma vida mentirosa, de negação do que verdadeiramente sentes e experimentas. As emoções são universos, elas estão em ti e tu estás nelas, negá-las é o princípio de todos os sintomas que te provocam mal-estar e que limitam tua capacidade de perceber como as coisas são. Nunca negues tuas emoções, porém, tampouco naufragues nelas, pois, ainda que não possas escolher o que sentes, tua liberdade reside em ter opções a respeito de como administrar tuas emoções. Renega-las, por exemplo, é uma opção, mas não a melhor. As emoções apontam caminhos, conversa com elas.

Labels:


Wednesday, May 16, 2018

 

Oscar Quiroga - 3712

Transmutação

Há um lado luminoso por trás das emoções viscerais e subterrâneas como a inveja, ciúme, desprezo, ódio e nem vale a pena listar todas elas, apenas reconhecer que estão aí, são verdadeiras e não adianta fingir que somos imunes. O lado luminoso dessas emoções tem suas raízes no reconhecimento de haver algo melhor, uma comparação do estado atual, que essas emoções denunciam ser menor, com uma excelência que parece ter sido destinada a outras pessoas e não a nós, que no fundo nos consideramos merecedores dela. Esta é a transmutação do subterrâneo visceral num céu amplo e luminoso; aceitar, por essas emoções, que tu reconheces a existência de algo melhor e que sentes ter o merecimento dessa dimensão. Assim, o gosto amargo das emoções viscerais pode te conduzir ao doce elixir da libertação.

Nada poderá ser bem feito às pressas, por isso, assuma logo que as demoras não serão negativas, mas que brindarão com a oportunidade de você ir aprimorando, aos poucos, tudo que precisa ser feito. Muito bem feito.

Labels:


Tuesday, May 15, 2018

 

Oscar Quiroga - 3711

Verdades viscerais

Quando fores capaz de celebrar a boa fortuna alheia como se fosse a tua própria, somente então poderás dizer que evoluíste e te tornaste uma pessoa espiritualizada. Enquanto isso, a dificuldade de aceitar que outras pessoas tenham conquistado o que conquistaram, por ser afortunadas e por ter se esforçado para isso, será equivalente ao inconfesso desejo de esperar que uma desgraça caia sobre elas, as arruinando. A ruína alheia nunca será tua vitória, apenas a declaração visceral de que tu não evoluíste espiritualmente, que ainda chafurdas em emoções que não controlas, mas que estão aí, como verdades profundas e viscerais te amarrando a uma dinâmica que preferes imaginar seja coisa dos outros. Não é. Somos visceralmente telepáticos em emoções que nos nivelam num mundo subterrâneo.

Labels:


Monday, May 14, 2018

 

Oscar Quiroga - 3710

Tuas emoções

Sentes o que sentes, não podes escolher tuas emoções, elas são tuas verdades viscerais, te informando com clareza impressionante que não importa o quanto tentes te posicionar em torno de como as coisas deveriam ser, no fundo e na prática tu continuarás recebendo o açoite de emoções que preferirias não experimentar. Por exemplo, não importa quanto tu arvores a afirmação de que não se deve julgar ninguém, pois, enquanto a boa fortuna alheia te fizer sentir uma ponta de desprezo e, também, a desgraça alheia provocar em ti uma ponta de regozijo, isso declarará sem dúvida alguma que tu te comparas às outras pessoas. Comparação é um julgamento de valor. Procura aceitar tuas emoções, porque mesmo que te seja impossível muda-las, pelo menos terás sempre capacidade de decidir o que fazer com elas. 

Procure dar uma forma mais explícita às suas ideias, pense que o que você disser deveria ser entendido por qualquer pessoa, de qualquer tipo de classe ou nível de instrução. Isso ajudará a você organizar melhor tudo. 

Labels:


Sunday, May 13, 2018

 

Oscar Quiroga - 3709

Preferências e aversões

Se tu partes do princípio de que o mundo seria melhor sem esses ou aqueles, apesar de teres argumentos insofismáveis para tanto, tu engrossas a fileira da ignorância. Afinal, seguindo a linha do teu raciocínio, nada te livra de tu também seres objeto, não sujeito, de que alguém imagine que o mundo seria melhor sem ti. O mundo é o que é, um agregado de múltiplas tendências e de pessoas que as representam. O mundo nunca será melhor sendo homogêneo, contendo apenas tuas preferências e eliminando aqueles que representem tuas aversões. O mundo nunca será homogêneo, o mundo é mundo pela sua heterogeneidade e se tu não podes conviver com essa, tu és parte do problema e não da solução. Tuas preferências e aversões cabem no mundo, porém, o mundo não cabe em tuas preferências e aversões.

Labels:


Saturday, May 12, 2018

 

Eu Estive em Marte


Este é o título do livro [1] de Narciso Genovese, de 1958, que descreve sua viagem de ida e volta ao planeta Marte (com escala na Lua), usando três espaçonaves construídas com informações do italiano Guilhermo Marconi, que estavam armazenadas no Arquivo Secreto do Vaticano, e que contou também com ajuda de marcianos. O Papa Pio XI liberou os apontamentos de Marconi para pesquisadores, que construíram as naves para essa viagem nas florestas do Estado de Mato Grosso, no Brasil. A viagem de ida foi iniciada em 12 de outubro de 1956, voltando em 19 de outubro, tendo percorrido 126 milhões de quilômetros em 46 horas de voo efetivo e 134 horas de permanência em Marte. Uma entrevista com Narciso Genovese pode ser assistida no vídeo [2]. Abaixo algumas informações de [1].

A humanidade conta com forças superiores para sua proteção. Este poder está protegido com o máximo segredo, um segredo inviolável.

Nos últimos 5 anos de sua vida, Marconi focou suas pesquisas no estudo da energia solar:
- As mesmas leis que governam a harmonia entre o Sol e seus planetas são as que regem as relações entre o núcleo e os demais componentes do átomo.
- Pode-se obter mais energia de um raio de sol do que de todos os átomos da matéria.
- Onde chega um raio de sol pode chegar o homem.
- A desintegração do átomo é uma loucura científica e suas consequências são catastróficas. 

Existe uma infinidade de seres que habitam os outros planetas do sistema solar.

Marconi acreditava que o que nós conhecemos como eletricidade não é mais que uma chispa da energia solar, rusticamente aprisionada por nós; e sendo o sol o centro irradiador da mesma, essa energia bem poderia ser um veiculo para qualquer ponto do espaço dominado por ele mesmo

A energia elétrica é uma série de vibrações, o que constitui a existência, vida e movimento de toda matéria. Esta vibração geral tem um centro de emanação; essa fonte do nosso sistema emana do Sol

Nós conseguimos obter essa energia indiretamente, provocando a irritação da matéria, que acumula e devolve as moléculas do fluido misterioso que chamamos eletricidade. Obtemos assim a energia solar por reflexo da matéria. Não poderíamos obter essa mesma energia diretamente da fonte, sem recorrer à excitação da matéria?

A existência é movimento. Tudo que existe, vibra: as moléculas e as células nos corpos e os átomos na molécula; e quanta energia encerra um átomo de matéria nós já sabemos (bomba atômica)

A temperatura média em Marte corresponde a dez graus centígrados. Para os habitantes de Marte nosso clima é oprimente devido à sua atmosfera mais pesada. Os terrícolas, por sua vez, experimentam em Marte a sensação de quem vai a uma altura de seis mil metros acima do nível do mar.

Saída das naves da Terra para Marte: 12 de outubro de 1956.
Pouso intermediário na Lua, que é um astro morto com um clima muito frio.
A capital de Marte é Tanio e a população do planeta (em 1956) era de 600 milhões de habitantes. Marte é cinco vezes menor que a Terra e suas regiões polares congeladas são muito mais extensas que as nossas. A temperatura média em Marte é de 10º C, mas 4/5 da população vive sob um clima de 16 a 18º C. Tanio, a capital, é a única cidade verdadeiramente grande, com 250 mil habitantes. Nenhuma de suas casas possui mais de dois pisos e mesmo essas são muito poucas. Os marcianos, sem exceção, homens e mulheres, praticam esportes. É um planeta desportivo. Todos os exercícios físicos são executados sob os raios do Sol. Devido ao Sol existimos e vivemos. Todos os habitantes de Marte se dedicam a alguma forma de agricultura. Os alimentos de cada família são cultivados e preparados por ela mesma. Em Marte é desconhecida a dieta baseada em carnes quentes e não se conhece vestimentas baseadas em lã ou outras peles. O que é abundante na sua dieta é o pescado e vários produtos da flora marinha, que recebe uma proteção diligente. Em Marte não há fronteiras (entre países), nem partidos e nem seitas na religião. Note que a palavra "Partido" é o particípio passado do verbo "partir" que é sinônimo de dividir, sendo a divisão o melhor recurso para dominar (divide e impera), jamais para conseguir harmonia.

A doutrina deve estar a serviço do homem e não o homem a serviço da doutrina. Quando uma doutrina pretende obter a liberdade, mas imolando milhões de seres à ideia, teremos o monstro mais abominável na história de nossa cultura, o símbolo da degeneração do espírito. Os marcianos não possuem nossos sistemas de governo, e, para ser mais exato, não têm governo. Não existe em Marte as divisões territoriais, nem políticas e nem religiosas. Sua perfeição cívica poderia comparar-se unicamente, e por curioso paradoxo, com o sistema de convivência de algumas de nossas tribos selvagens. O direito privado, o respeito ao direito alheio e as normas mais elementares do direito natural são inatas e, pelo visto, jamais necessitarão de códigos legislativos, judiciais e nem penais. Sua conduta é natural. Os avanços científicos são comunicados a todos e todos participam de seus benefícios práticos, de modo que o padrão de vida em Marte é quase igual para todos seus habitantes. Desde 2.000 anos atrás, o indivíduo marciano que  tem dado mostras de desequilíbrio moral é isolado imediatamente e privado do direito e uso do matrimônio. 

Uma das razões que leva a humanidade sofrer atualmente o maior desequilíbrio de sua história é a instabilidade que padece; instabilidade política, religiosa, social e moral. Esta instabilidade tem lançado nações, sociedades e indivíduos em uma louca corrida de competição em todos os campos da possibilidade humana, para a conquista de adeptos, pelo domínio de mercados, pela supremacia do capital. Para sedimentar essas conquistas precisa-se sacrificar 90% de atividades e energias em uma guerra psicológica de nervos, à defesa ou à agressão sob mil desculpas. Não contribuímos para o bem estar geral, lutamos fanaticamente para explorar e eliminar o vizinho da contenda, no campo científico, cultural, comercial e industrial e esse campo de batalha se converte com frequência em uma orgia sangrenta (nada disso ocorre em Marte!). Este caos é o fruto da instabilidade geral de que está impregnada nossa atmosfera; e toda essa situação pode resumir-se em uma só palavra trágica: Medo! O progresso material sem uma sólida base moral não é mais que um suicídio para a sociedade. A família é a base da sociedade, é a célula vital pela qual tem a razão de ser do organismo social. A desintegração da família conduzirá forçosamente à desintegração social.

Toda evolução material deve ter por base a evolução espiritual. A idade média em Marte alcança uma média de 90 anos, passando dos 100 anos cerca de 30% da população e não chega a 20% os que não chegam aos 80 anos (lembrar: este livro foi escrito em 1958). Deus não vive, Deus é. Deus não muda por ser o princípio eterno. Deus não morre porque nunca começou a existir. Tudo existe por ele, com ele e em ele, Deus é o todo. Todo ser inteligente, todo investigador da natureza e de suas leis deve partir do princípio de que todo efeito tem sua causa e que todas as causas têm um só fim, que é a mesma causa suprema. Ao descer da causa para o efeito ou ao ascender do efeito à causa, é preciso ter sempre presente o fim de ambos, o que dá a ambos sua razão de ser.

Viagem interplanetária usando a energia solar é uma realidade.  Todas as nações desejam a paz; sentimos pelos humildes que sofre o jugo; sentimos pelos ignorantes que creem na mentira. Mas lembremos aqui que a paz foi prometida aos homens de boa vontade, não aos perversos nem aos covardes. São hoje vossas ambições o único obstáculo para o bem estar do mundo; aprenda com a história: o mal pode ganhar batalhas, mas nunca a última. Vocês só creem na matéria, e como vossa matéria perecereis putrefatos. Nós (os marcianos) cremos no espírito e, como o espírito, nossas ideias serão imortais.

Nos centros científicos e industriais marcianos não existe reserva alguma; tudo, até o último detalhe, está ao alcance de todos. O marciano viaja pouco; quase todo o tráfego é aéreo e os veículos silenciosos. O cima em Tanio (capital de Marte) corresponde a cerca de 12°C. No citado livro [1], fala-se sobre o idioma marciano (e apresenta-se todo o seu alfabeto) e seus cálculos matemáticos usam apenas seis símbolos. O ouro em Marte é um metal abundante e de variadíssimas aplicações por suas qualidades peculiares, porém não é, como na Terra, uma unidade de valor. Guillermo Marconi abandonou seus despojos carnais em 20 de julho de 1937. Suas últimas palavras, lançadas na cara do Dulce (Musolini): " Não trabalhei 30 anos para converter-me em verdugo do gênero humano".

Habitantes da Terra, joguem as armas destruidoras na cara dos tiranos. O despertar está próximo. A matéria é impotente ante o espírito, porque o espírito é infinito. A aliança entre o espírito e a matéria nos dará a paz desejada. O mundo é belo, é grande. Acordemos, pois a noite e circunstancial mas o Sol ilumina para sempre.

Referências:
[1] Narciso Genovese, Yo He Estado en Marte, 1958. Disponível em: http://www.gnosis2002.com/ovni/Yo%20he%20estado%20en%20Marte%20-%20Narciso%20Genovese.pdf
[2]  https://www.youtube.com/watch?v=aklXiYdSZHU

Labels: , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3708

Ganhaste voz e agora?

É muito bom que ganhes voz e que possas falar de ti, isso te brinda com um sentimento de importância que, talvez, nunca tenhas tido. Agora precisas dar o próximo passo, pois, já que ganhaste voz, se queres preservar essa condição terás de, gradativamente, falar menos de ti e de tuas preferências e aversões particulares e cada vez mais do que pressentes ser necessário para que todas as pessoas, tanto as que preferes quanto as que te são antipáticas, desenvolvam uma convivência saudável entre o céu e a terra. Tuas preferências e aversões, ainda que não tenhas coragem de o admitir, tendem a imaginar que o mundo seria melhor reduzindo o contingente humano àqueles que tu preferes e extinguindo sumariamente os que te são antipáticos. Todos os governos totalitários são assim.

Labels:


Friday, May 11, 2018

 

Oscar Quiroga - 3707

O valor da tecnologia

O valor da tecnologia reside no ser humano que a utilizar. Se tu utilizas a tecnologia da comunicação para estabelecer canais de interlocução que sirvam ao propósito do esclarecimento e do aumento de teu conhecimento do mundo, então a tecnologia será muito valiosa. Se tu utilizas a tecnologia da comunicação para falar exclusivamente de ti e de tuas crenças pessoais, e te dedicas a brigar com os que, como tu, fazem o mesmo, então a tecnologia é posta ao serviço de interesses mesquinhos e, não importa o quanto tu acredites em tuas verdades pequenas e o brilho que ponhas nelas, essa tecnologia não terá nenhum valor. Se a tecnologia não for posta ao serviço da visão universal, ela serve apenas para amplificar e dar visibilidade a uma janela que dá para dentro de um quarto muito pequeno.

Labels:


Thursday, May 10, 2018

 

Oscar Quiroga - 3706

Sair de nós mesmos

No mínimo, se tu pretendes ser uma alma que transita pelo caminho da evolução, a esta altura da história terias de ter adotado uma postura humilde diante da constatação da complexidade da experiência de vida, porque essa te salvaria de adotares posturas simplistas baseadas em tuas crenças pessoais. Definitivamente, nós desconhecemos a intrincada fisiologia da Vida de nossas vidas e apesar de pressentirmos uma ordem oculta por trás das aparências, mesmo assim vamos nos acomodando em nossas crenças para não termos de pensar demais. De que adianta apregoar frases altissonantes que enunciam verdades universais se na prática cotidiana continuamos pautando nossos relacionamentos pelas nossas preferências e aversões? A pretensão de evoluir há de conduzir a cada um de nós a sair de nós mesmos.

Labels:


Wednesday, May 09, 2018

 

Oscar Quiroga - 3705

Existe tudo o que existe

Existe tudo que existe e tu não podes fazer nada a respeito além de tentar encontrar uma maneira imparcial de julgar os acontecimentos, pois, cada porção de realidade que não consigas aceitar é a que denuncia que tuas crenças pessoais são colocadas acima dos fatos. É nessa região da consciência que tu és uma alma ignorante, não porque não tenhas capacidade de entender, mas porque não aceitas o que existe, apesar de existir. De onde tiras entusiasmo e energia para dividir o Universo e o julgar de acordo com tuas preferências? As tuas preferências te tornam parcial, e o Universo é total. Entende, por favor, é inevitável termos preferências e aversões, porém, isso não nos dá o direito de condenar o que não preferimos. A naturalidade de nossas preferências a aversões não há de nos tornar tiranos. 

As pessoas se enganam porque no fundo querem ser enganadas, já que preferem acalentar a ideia de que tudo deva acontecer sem esforço, vindo pela mão da sorte. A sorte, na prática, só ajuda quem ajudar a si mesmo.

Labels:


Tuesday, May 08, 2018

 

Oscar Quiroga - 3704

A guerra dos ignorantes

A realidade objetiva há de te servir de ponto de apoio para testares o alcance de tuas crenças pessoais e encontrares a oportunidade de ajustares teus pensamentos, porque se tu desprezas a realidade objetiva, já que ela não se adequa às tuas crenças, então tu não passas de mais uma alma da longa linhagem de ignorantes que atropela o mundo para impor suas crenças. É essa ignorância a base de todas as guerras, porque sempre haverá outros ignorantes que se oporão a esse movimento, não em busca do esclarecimento, mas para competir. É a ignorância competindo com ela mesma através de seres humanos que se convencem de surfar na crista da onda. Desprezar a realidade objetiva que é onde o senso comum se nutre é pretender a construção de um mundo de tiranos narcisistas que só acreditam em si mesmos.

Labels:


Monday, May 07, 2018

 

Oscar Quiroga - 3703

O paradoxo

Valoriza a experiência, investiga os fatos, busca julgar com imparcialidade os eventos do mundo e as tendências que esses apontam, porque se tuas emoções e crenças pessoais forem exclusivamente tuas estrelas orientadoras, então tu, de forma inadvertida, estás agregando um tijolinho cotidiano à construção do caminho que conduz a uma nova guerra global, agora de consequências inimagináveis. Os pontos de vista pessoais hão de ser incentivados e respeitados, mas sem o ponto em comum que representam os fatos e as experiências, o mundo humano despreza a comunicação e o diálogo, o que é o paradoxo de nosso tempo, pois, nunca tivemos tantos meios de comunicação. Porém, de que serve ter aparelhos de comunicação de última geração se os humanos que os usam vão falar apenas de si mesmos?

Labels:


Sunday, May 06, 2018

 

Oscar Quiroga - 3702

É um mistério

Como administrar tua experiência individual no imenso universo sem que tu te sintas uma alma pequena, indefesa ao sabor de eventos que te escapam à compreensão? É um mistério, não penses que alguém te dirá como fazer isso, pois, não é algo que possa ser ensinado. O mistério da administração de tamanha complexidade com que nossa consciência humana tem de lidar é uma prática que há de ser construída, tendo como objetivo nos inserirmos no infinito de que somos verdadeiramente feitos, integrando nesse caminho todas as partes que vamos experimentando. Essa é uma construção individual, mas ao mesmo tempo coletiva também, porque é para isso que todos nascemos humanos. Faz o possível para ajudar a ti e aos outros nessa empreitada, mas se não queres ajudar, pelo menos não atrapalhes.

Labels:


Saturday, May 05, 2018

 

Uma Proteção contra Poluição Eletromagnética (pouco divulgada)


O uso de meios naturais gratuitos e eficientes para melhorar a saúde são pouco divulgados, por não oferecer um meio de se obter lucros financeiros com eles. É o caso, por exemplo, das terapias usando o Sol [1], a superfície da Terra [2], a ingestão da própria urina [3], técnicas de respiração [4],[5],[6],[7] e jejum [8].

Nossa atual sociedade está totalmente dependente da eletricidade. A geração, transmissão e o uso dessa eletricidade na indústria, comércio, escolas, hospitais, instituições públicas e em nossas residências gera uma enorme quantidade de poluição eletromagnética que prejudica nossa saúde. A poluição eletromagnética que geramos em nossas residências (chamada de eletricidade suja) pode ser parcialmente reduzida se tomarmos alguns cuidados, como não termos em casa telefones sem fio (usar apenas telefones com fio), desligarmos o roteador Wi-Fi quando não estivermos usando a internet, desligar os disjuntores da casa ao ir dormir, etc. No entanto, as fontes de poluição eletromagnética fora de nossas residências não podem ser amenizadas, tais como, torres de celulares e de telecomunicações, linhas de transmissão de energia elétrica de alta tensão, medidores inteligentes de consumo de energia elétrica dos nossos vizinhos, etc. Algumas técnicas podem ser usadas para diminuir a poluição eletromagnética externa aos nossos lares, como pintar com tinta condutiva as paredes da casa e aterrando-as (para blindar a casa dessas radiações), usar mosquiteiro condutivo para dormir, etc. No entanto, sempre haverá um certo grau de neblina eletromagnética tóxica presente no nosso ambiente doméstico durante boa parte do dia. Será que podemos fazer algo para que esse ruído eletromagnético não atue negativamente sobre nosso corpo? Sim, podemos fazer algo muito simples para nos isolarmos dessa praga eletromagnética. O que é?

Antes de dar a resposta a essa pergunta, vamos reproduzir alguns trechos da Referência [2].

O Sr. Clint Ober era um engenheiro executivo de uma empresa de TV a cabo. Portanto, ele sabia que a interferência estática  na transmissão de sinais era causada pelo acúmulo de campos eletromagnéticos que não estivessem adequadamente aterrados. Ele se perguntou se algo semelhante ocorreria com as pessoas e foi enquanto ele estava investigando essa possibilidade que ele tomou conhecimento do fato intrigante de que as pessoas que viviam logo abaixo de linhas elétricas de alta tensão geralmente sofriam de uma grande quantidade de doenças [como leucemia, por exemplo, em um estudo feito na Suécia] causadas pela proximidade delas da interferência elétrica, enquanto os animais, na mesma proximidade, não tinham esse problema.

O que está acontecendo aqui? O que tem de tão especial em animais, que eles ficam imunes desta forma? Isto tornou-se um desafio para ele, mas um dia ele teve uma inspiração: não existia nada de especial com os animais, a diferença era que os animais estavam em contato direto com a terra quase 24h/7dias por semana, enquanto os seres humanos estão isolados da terra através do piso das construções e pelos sapatos com solas sintéticas. Eureca! Animais não usam calçados, vivem, portanto, sempre aterrados!

Ficou claro o problema? Existe uma semelhança entre o corpo humano e um cabo de TV a cabo. O cabo da TV tem centenas de canais de informação fluindo através dele. Similarmente, o nosso corpo tem quilômetros de nervos, sangue, vasos e outros canais que conduzem sinais elétricos. Quando a nossa pele é aterrada, isso evita a entrada de "ruído" (poluição eletromagnética) para dentro do nosso corpo, o que poderia perturbar a sinalização fisiológica correta, correspondente à boa saúde.

Portanto, a resposta para a pergunta proposta inicialmente acima é: para ficar blindado de todo ruído eletromagnético ambiente, gerado no nosso lar ou externamente, basta aterrar o seu corpo! Basta tirar os calçados, ficar descalço sobre o solo terrestre. Se você está dentro de casa, basta levar o "referencial terra" [9] para dentro da sua casa.

Problema resolvido!

Referências:
[1] Andreas Moritz, Heal Yourself with Sunlight: Use the Sun's Medicinal Powers to Help Cure Cancer, Heart Disease, Diabetes, Arthritis, Infectious Diseases, and Much More! Your Health is in Your Hands, Ener-chi Wellness Press, 2010. ISBN: 978-0-9821801-9-8. 
[2] James Edgar, Grounding Therapy: Nature's most POWERFUL health secret Rediscovered!, Wyeland Publishing, 2014. 
[3] Martha M. Christy, Your Own Perfect Medicine: The Incredible Proven Natural Miracle Cure That Medical Science Has Never Revealed!, Future Med., Inc., Arizona-USA, 1994. ISBN: 0-9632091-1-6. 
[4] Jasmuheen, Viver de Luz (Living on Light), Editora Aquariana, São Paulo, 2000. ISBN: 85-7217-084-2. 
[5] Chandra Shekhar Kumar, Drink Air Therapy to Kill Diabetes: A Path To Self-Cure and Immortality, Ancient Kriya Yoga Mission, 2015. 
[6] Breatharian Studies, Complete Science of Breatharianism, The Book Shed Publ., 2015.
[7] Russell Symonds (Yogi Shaktivirya), Breatharianism, Ionized Water and Pranic Nourishment, 2016.
[8] Thierry de Lestrade, Jejum: Uma nova terapia?, L&PM Editores, Porto Alegre-RS, 2015. ISBN: 978.85.254.3172-1.
[9] Postegem anterior deste blog: Medição do Aterramento Corporal,  http://saudeperfeitarfs.blogspot.com.br/2018/04/medicao-do-aterramento-corporal.html

Labels: , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3701

A saída é universal

Se buscas uma saída para os problemas que te afetam negativamente, então busca o que for mais amplo, mais abrangente, busca o que for universal. Se tu te encerras em teus problemas pelo convencimento de que são teus em particular, contarás apenas com a força que tu, pessoalmente, obterias sobre os recursos disponíveis. A saída dos teus problemas é universal, pois, esses estão em comunhão com milhares de outras pessoas e se tu vislumbras esse conjunto mais amplo e sofisticado de acontecimentos, encontrarás também uma força maior para te ajudar. A saída vai do individual ao universal e na volta ao individual, com a alma enriquecida da constatação de que tua existência é interdependente e interativa. Não é mera coincidência que tenham te ensinado a ajudar outrem para ajudar a ti mesma.

Labels:


Friday, May 04, 2018

 

Oscar Quiroga - 3700

Intimida o que te intimidar

Hoje é um daqueles dias em que, se tu o decides e colocas em prática, o tempo renderá muito mais do que normalmente. Fazer muito em pouco tempo, esta é a magia de hoje. Porém, não esperes que essa força toda aconteça de forma automática, tu precisas ir ao encontro dela, acenar de dentro com força de vontade, e fazer o gesto concreto de arregaçar as mangas e domar à unha os problemas que te atazanam há muito tempo. Hoje é um daqueles dias em que tua alma subjetiva e tua personalidade objetiva podem dançar em sincronia, sem se atrapalharem mutuamente, como acontece na maioria do tempo. O ponto de apoio para essa sincronia são os problemas que tu precisas solucionar. Em vez de fugir, vai ao encontro deles, não te permitas a paralisia da intimidação. Hoje és tu que hás de intimidar o que te intimida.

Labels:


Thursday, May 03, 2018

 

Oscar Quiroga - 3699

Conhece tua mente

Conhece tua mente, dedica tempo a isso, pois, é aí que te enganas, mas também é aí que acontece o esclarecimento. Tua mente é problema e solução ao mesmo tempo. É problema porque te atordoa tanto que te esqueces que os pensamentos não se pensam sozinhos, te esqueces que tu és a alma interior que pensa. Tua mente é solução porque é com ela que te tornas capaz de perceber que tu és essa alma interior que pensa, que decide, que percebe a ordem oculta por trás dos acontecimentos, é na mente que tu te tornas responsável pela arquitetura do destino. Se tu te abandonas e te deixas carregar pela inércia, tua mente continuará sendo um problema que se agravará ao longo do tempo. Se tu te ergues e decides entender melhor o funcionamento de tua mente, te apossarás de um instrumento divino de transformação.

Labels:


Wednesday, May 02, 2018

 

Oscar Quiroga - 3698

A real realidade

Havendo mundos interior e exterior, havendo percepções subjetiva e objetiva, que razão distorcida te levaria ao convencimento de que para evoluir tu deverias rejeitar um e preferir o outro? Equivocados estão os que preferem se agarrar a conceitos materialistas e tratar a subjetividade como uma informação relevante. Equivocados também estão os que se autodenominam espiritualistas e ensinam que o mundo exterior é uma ilusão que deve ser rejeitada para que fique apenas a verdadeira realidade, que é a interior. Matéria e espírito, interior e exterior, subjetividade e objetividade, os aparentes pares de opostos estão unidos para sempre num casamento indissolúvel. Se tu queres evoluir, então aprende a lidar com isso, pois, a real realidade é essa mesma, dois mundos unidos para sempre.

Labels:


Tuesday, May 01, 2018

 

Oscar Quiroga - 3697

O lugar de equilíbrio

Quando te afirmam que a saída é para dentro e tu pressentes haver uma verdade contida nessa afirmação, ela indica que tu precisas aprender a utilizar uma parte de tua mente que está aí, aguardando por ti. Tua mente se alimenta das informações que ingressam pelos cinco sentidos físicos e percebe a diversidade dos acontecimentos, este é o modo que conheces bem. O modo que desconheces e que precisas aprender a utilizar é o de utilizar a mente que sintetiza, pois, recebe informações das operações subjetivas e invisíveis do Universo. Essa é a saída para dentro. Porém, nem muito para lá nem tanto para cá, não se trata de negares a percepção objetiva dos cinco sentidos para aprenderes a utilizar a subjetiva. Trata-se de encontrares o lugar de equilíbrio entre as duas experiências.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?