Wednesday, October 31, 2018

 

Oscar Quiroga - 3877

A natureza da vida

Os sonhos são lindos e tu deves honrar o ardor que infundem em teu coração, fazendo tudo que estiver ao teu alcance para os realizar. O mundo, por seu lado, é duro e estreito e não abre os braços para acolher teus sonhos. Tu és feito de sonhos e de mundo, há algo em ti que se abre ao infinito, mas também há algo que resiste a ser mudado, permanece inerte conservando o lugar conquistado, o ponto de vista consolidado. Se para ti for impossível aceitar esta dualidade e, por isso, não conseguires administrar a dinâmica que resulta dela, então continuarás errando e não conseguindo aprender nada com teus erros. A experiência de vida não pode ser apreciada com parcialidade, porque não é assim que ela é. Observa e comprova, a vida dá lugar para tudo e para todos. Essa é sua natureza.

Labels:


Tuesday, October 30, 2018

 

Oscar Quiroga - 3876

Nunca entenderás

Para quem não desenvolve uma visão ampla e inclusiva do mundo não há garantia de que os erros cometidos tragam o aprendizado que resulte em sabedoria. É possível chegar a idade avançada sem sabedoria, os cabelos brancos não garantem nada por si sós. Tu podes passar a existência inteira te apegando aos teus erros só para não dar o braço a torcer, confiando em que teu fingimento se consolidará com o passar dos anos. Sim, se consolidará, mas tu terás desperdiçado uma existência inteira gastando vitalidade em sustentar o fingimento em vez de permitir que a Vida de tua vida te abra mente e coração para aceitar a multiplicidade de contradições que o mundo te apresenta e que provoca perplexidade em tua alma. Nunca entenderás o que te deixa perplexo sem abandonar teu ponto de vista particular.

Labels:


Monday, October 29, 2018

 

Oscar Quiroga - 3875

O equilíbrio da sabedoria

Observa o mundo com distanciamento, porque sem um ponto de vista amplo e inclusivo tu continuarás sendo peça de manobra dos grupos mais astutos que competem para ter domínio da comunicação, da política, dos recursos econômicos, das ideias e, claro está, dos privilégios que todos buscam possuir, mas poucos alcançam. O mundo não é o que deveria ser, nunca foi e nunca será, não é conveniente que estaciones em idealizações que não passam de quimeras. Procura ser realista, isso sim, só essa atitude garantirá que aprendas com os erros que cometas, senão, os continuarás repetindo à exaustão. Chora à vontade com as decepções e frustrações, arranca o amargo de teu coração. Celebra também, com toda pompa, tuas vitórias, mas no fim do dia, quando estiveres à sós, busca o equilíbrio da sabedoria.

Labels:


Sunday, October 28, 2018

 

Oscar Quiroga - 3874

O Mistério

E lá vamos nós, habitantes do trópico, executar uma atividade, como o segundo turno das eleições presidenciais, da qual se esperam resultados objetivos e definidos, num momento cósmico que não lhe dá sustentação, o fenômeno da Lua Vazia. A imprevisibilidade é resultado da falta de objetividade e definição, mas ao mesmo tempo apresenta o mistério, a enorme dimensão que para nós, seres humanos, é inatingível, a que denuncia nossa ignorância. O mistério sempre estará um passo à frente, quando imaginemos ter decifrado uma parte desse, imediatamente nos apresentará pistas de que tudo possa ser diferente. Aprende a lidar com o mistério, não tentes te convencer de que sabes tudo nem tampouco adotes a falsa humildade de quem não sabe nada. O mistério te dá a oportunidade de seres real.

Labels:


Saturday, October 27, 2018

 

Oscar Quiroga - 3873

Semelhantes e diferentes

Tuas convicções são sagradas, igualmente o são as convicções dos outros. Da mesma forma com que em ti, por ser humano, se combinam ingredientes discordantes numa fórmula alquímica que os integra, igualmente nossa humanidade tem de fazer com que a convivência dos diferentes, no seu próprio reino, expresse essa alquimia com excelência. Esse é o mistério do mundo e absolutamente nada pode te salvar de participar nele. Ao contrário, quanto mais fizeres para te distanciar e negligenciares a parte que te toca, mais desgraçada se tornará tua existência, e nem sequer terás a lucidez de perceber a verdadeira causa de tua desgraça. Assim como as paixões e a razão colaboram entre si para que te tornes um ser humano excelente, igualmente terás de te relacionar com semelhantes e diferentes.

Labels:


Friday, October 26, 2018

 

Mensagem de Mãe Maria - 14/2018


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Serenidade, o ser humano precisa cultivar a serenidade!

A vida em vosso mundo se revela, neste tempo, como um furacão que invade todos os espaços, separando, destruindo, derrubando toda e qualquer barreira que represente uma falsa proteção.

Tudo está desmoronando, amados, todas as certezas, toda falsa segurança, todo controle sobre vossa realidade, mas é preciso que possais compreender que esse tsunami em vossas vidas aí está para vos trazer a possibilidade de recomeçar vossas jornadas, com uma nova compreensão do que vos trouxe a este mundo ilusório.

Todavia, faz-se mister que possais acalmar vossas mentes e serenar vossos corações, para que possais parar de lutar com tudo que vos cerca, para compreender este momentum como uma necessidade de purificação do que não vos serve mais, daquela bagagem que já não tem espaço para vos acompanhar neste novo capítulo que se inicia para os Filhos da Terra.

Sim amados, vos despojar do velho representa a única maneira de reconhecer o novo, aquilo que faz sentido neste novo tempo na vida dos Filhos da Terra.

Tendes buscado muitas respostas para as muitas situações que vos tem acompanhado neste tempo.

É momento de compreender que as respostas aí estão, em tudo que tem se manifestado em vosso dia a dia, em toda dor que emergiu das profundezas e aí estão, transparentes, cristalinas, gritando por compreensão, para que possam ser transformadas e, assim, deixem de interferir neste novo tempo que conquistastes através de tantos erros e acertos ao longo do caminho.

Urge entender, amados, que a vida está vos mostrando o que precisa mudar, o que precisa ser liberado, o que não faz mais sentido no vosso viver; pensamentos, sentimentos, ações equivocadas, ao longo da jornada, precisam ser compreendidas para que não voltem a se repetir no vosso agora.

Vossa vida se reflete no espelho representado por tudo que vos cerca.

O que vos cerca foi atraído por vós.

Não adianta, pois, quebrar o espelho, eis que ele se refaz para refletir a mesma imagem enquanto não entenderdes a mensagem que ele libera a vós, e que precisa ser compreendida e trabalhada para deixar de se refletir em vossas vidas.

Essa compreensão precisa emergir em vossas mentes e em vossos corações, para que a serenidade possa se revelar e com ela possais perceber que o furacão já se foi, e que é hora de olhar para o que sobrou e, se sobrou, vai vos acompanhar no agora, para que possais construir um novo tempo e um novo momento, onde as dores dão lugar à temperança, onde a confusão se dissipa pela certeza do que necessitais para continuar, onde os limites dão lugar à manifestação do amor e da fraternidade, onde a vida volta a ser desejada como a única e maravilhosa oportunidade para que possais evoluir.

Bem amados, acalmai, pois, vossas mentes e vossos corações e buscai alimentar a vossa fé, fé que a conquista esta próxima e é merecida, e que todos os desafios, quando aceitos com serenidade, vos levarão a mais rapidamente reencontrar o caminho da luz.

Bem amados, que vossas orações continuem a ser o alimento que vos permite não esmorecer, e que a luz que emerge do fundo do túnel possa ser o incentivo para que possais implementar todas as transformações necessárias que vos libere o reto viver.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.   

SP-23/10/2018-Mensagem de Mãe Maria-14-2018 recebida por Jane M. Ribeiro.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3872

Dividir o indivisível

Em nome do progresso que almejas, assume que nem tudo é claro e lúcido em ti. Em nome de honrar o regozijo que as paixões provocam em ti, assume que não estás no domínio de ti o tempo inteiro e que, em muitos casos, buscas freneticamente perder esse domínio, só para experimentares mais uma vez o absoluto de tuas emoções. Se a educação moralista inseriu em ti uma fenda que separa artificialmente as paixões e a razão, então todo santo dia teria de ser consagrado a superar esse artifício que não te deixa funcionar de forma integral. As paixões e a razão só estão em guerra porque se tenta dividir o indivisível, por meio de artifícios, encantamentos e sortilégios de todos os tipos, que consomem vitalidade para serem sustentados.

Labels:


Thursday, October 25, 2018

 

O Câncer não é uma Doença, é um Mecanismo de Cura - 11


Abaixo trechos da Referência [1] e sequência de [2]. 

 As expectativas moldam a realidade

A cura tem íntima correlação com os sentimentos. Não somos robôs. Para curar um câncer, precisamos de apoio, estímulo e segurança do mundo ao redor a fim de que possamos gerar o tipo de expectativa (positiva) necessária para que a cura aconteça. Um diagnóstico ou prognóstico negativo que ameace o paciente dizendo que se não tomar certo remédio vai morrer ou que o torne uma vítima indefesa de uma doença terrível, além de não ajudar em nada, pode ser responsável pela piora da sua saúde ou, o que é pior, por sua morte.

Muitos fármacos só funcionam porque se espera isso deles, não porque tenham algum efeito bioquímico no organismo. Sem a crença de estar recebendo um benefício verdadeiro, o cérebro simplesmente irá bloquear o funcionamento do medicamento. Portanto, é a mente diz ao corpo para dar início ou não às reações bioquímicas necessárias para a cura.

Várias pesquisas confirmam que a cura do organismo é regulada pelo cérebro. Esse fato foi demonstrado repetidas vezes, inclusive por diversas pesquisas sobre antidepressivos, em que esses não conseguiram superar os efeitos do placebo. A boa notícia é que estamos no controle do nosso cérebro, que cumpre nossas instruções sob a forma de crenças e expectativas, positivas e negativas, conscientes e inconscientes. Ou seja, somos o que acreditamos. Assim, talvez, seja hora de mudar a maneira como pensamos no poder que temos sobre nossa própria capacidade de cura.

Referências:
[1] Andreas Moritz, O câncer não é uma doença, é um mecanismo de cura. Descubra a razão oculta do câncer, cure suas causas profundas e melhore sua saúde como nunca!, Madras Editora, 2018. ISBN: 978-85-370-1125-6.
[2] Postagem deste blog: Saúde Perfeita: O Câncer não é uma Doença, é um Mecanismo de Cura - 10

Labels: , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3871

Não dissocies

As paixões te inclinam às experiências absolutas, a razão te inclina à lucidez dos questionamentos. Por que haverias de confrontar estas duas dimensões de ti se tua presença, como ser humano, é resultado de se integrarem numa só entidade cósmica? É isso que te faz humano, não és totalmente selvagem nem tampouco absolutamente lúcido, tu és a presença cósmica onde ingredientes tão díspares se misturam em fórmula alquímica para que tua consciência resolva o mistério. Se isso é assim, não há de se tornar problema uma função que é inerente ao reino humano. Todos os problemas derivam de tentares dissociar as paixões da razão, de decidires que vais calar a voz de uma para atender à outra. Se relativizas todas as verdades, calas a voz absoluta da paixão. Se a paixão é tua deusa, perdes a lucidez.

Labels:


Wednesday, October 24, 2018

 

Oscar Quiroga - 3870

Não há compaixão no destino

O regozijo de experimentares a convicção absoluta de tuas paixões te outorga o direito a agires de acordo, isso é humano, sempre foi assim e não há por que pensar que um dia será diferente, essa é a história e futuro de nossa humanidade. As emoções são absolutas e inquestionáveis, não admitem mentira nem fingimento, são o que são. A razão observa e questiona a absoluta paixão, às vezes para a utilizar como instrumento que sirva a propósitos ulteriores, outras para testemunhar silenciosamente sua incompetência, por ser incapaz de apropriar-se da paixão, a contemplando como se fosse uma divindade com vida própria e não uma parte de si mesma. Teu destino está selado, não te cabe decidir entre a razão e a paixão, tua humanidade te obriga a lidar com as duas. Não há compaixão no destino.

Labels:


Tuesday, October 23, 2018

 

Oscar Quiroga - 3869

Paixões são absolutas

As paixões são absolutas, não admitem questionamentos, se alimentam desses para crescerem em tamanho, intensidade e efeitos colaterais que resultarem de sua manifestação. Como nossa humanidade não busca mais a perfeição no Divino, só lhe restam as paixões para experimentar a perfeição, pois, elas lhe brindam com o estado de ânimo focado, estabilizado e concentrado como raio laser no objetivo que venera. As paixões são divindades às quais nossa humanidade se rende e venera, isso é perfeição, não há separatividade nesse momento, experimenta-se a união almejada. Evidentemente, depois que as paixões se recolhem ficam os cacos para recolher. Quem, num ato passional, desfere golpe mortal em outrem, se rendendo à fúria que venera, depois tem de se haver com um cadáver que é difícil administrar.

Labels:


Monday, October 22, 2018

 

Oscar Quiroga - 3868

Cabeça e Coração

Sem o auxílio da razão para lhe brindar com argumentos, a paixão seria um caos que nada comunicaria, além de intensidade. Sem o auxílio da paixão, a razão seria um deserto enfadonho de análises desconectadas entre si. A cabeça e o coração não estão em conflito, nunca estiveram nem tampouco nunca estarão, em cada ser humano está tudo integrado, se tu imaginas que podes tomar decisões racionais enquanto recalcas tuas paixões, estás arrumando uma encrenca séria para ti, que se torna mais séria à medida em que insistes nesse caminho. Se tu imaginas que podes te lançar a decidir passionalmente tudo desconsiderando os argumentos com que a razão brinda, arrumas encrenca para ti também. Cabeça e coração só conflitam pela pretensão de agires parcialmente, que é a base de toda incompetência.

Labels:


Sunday, October 21, 2018

 

Oscar Quiroga - 3867

A manifestação do espírito

Observa a natureza dos personagens heroicos, eles e elas são os que representam a vulnerabilidade quando inseridos nas regras draconianas do jogo do mundo, mas é deles e delas que emerge o poder do espírito quando acontecem coisas que as pessoas adaptadas ao mundo não têm capacidade de administrar e perdem a cabeça. Observa também que essa vulnerabilidade dos potenciais heróis e heroínas não é maculada pelo ódio, é uma fragilidade aceita e acolhida pela alma, a lucidez de se saber marginal no jogo do mundo, mas sem que isso se transforme no ódio de quem pretende dominar esse jogo, sem saber como fazê-lo. Preserva a pureza de tua vulnerabilidade, porque é dela que o poder do espírito sempre emerge. Cuida para que o ódio não te afaste de onde o espírito se manifesta.

Labels:


Saturday, October 20, 2018

 

Oscar Quiroga - 3866

Acolhe tuas fraquezas

Acolhe tuas fraquezas e vulnerabilidades, não as temas nem tampouco as escondas de ti, porque ameaçariam a pretensão de conquistares o mundo, fato para o qual precisarias de força e não de fraquezas. Acolhe tuas vulnerabilidades e conversa com elas, porque ocultam o poder que tanto buscas e pouco encontras. Quando a vulnerabilidade é verdadeira, despida de ódio por si, mas aceita como uma dimensão que ameaça tuas pretensões, então precisas saber que será dela que surgirá o espírito como presença que atesta a credibilidade de que o mundo pode ter suas regras draconianas, mas que tu, como alguém que observa tudo de um ponto de vista mais abrangente e inclusivo, terás ao teu lado o poder do qual tudo emana, o Universo que é a fonte de toda a diversidade que infunde perplexidade e medo em ti.

Labels:


Friday, October 19, 2018

 

Oscar Quiroga - 3865

Medo e ódio

Viver com medo e nutrindo ódio pela sensação de inferioridade que o medo provoca, essa é a triste realidade íntima que move a imensa maioria de nossa humanidade. Tenta-se equilibrar essa tragédia com atributos exteriores, como fama, dinheiro, boas vestimentas e toda uma lista de adereços. Tentou-se, nas recentes décadas voltar-se ao mundo interior em busca de uma força renovada que os atributos exteriores não proveram, mas a tragédia continua aí, a imensa maioria de nossa humanidade vive com medo e nutre ódio por si, porque o medo é uma vulnerabilidade perigosa que coloca em risco todas as pretensões. O início da mudança desta realidade consiste em questionar as certezas e decisões que o medo e o ódio tentam impor.

Labels:


Thursday, October 18, 2018

 

Oscar Quiroga - 3864

O espírito

A presença do espírito em nossa humanidade, tanto na história particular e individual como também na história do mundo, se comprova através de o quanto a parte mais fraca, da qual nada demais se esperaria e que, por isso, acaba se tornando oprimida pela parte mais forte, que é dela que surge o inesperado, o milagre, o evento que provoca perplexidade e lucidez, pela constatação de que o espírito quebra a lógica e fortalece aqueles que eventualmente, por essa lógica, estariam condenados a perder. Oprime uma minoria que não mereça essa opressão e não demorará muito até teres de enfrentar uma força que surgirá da vulnerabilidade do oprimido e que te derrotará. O espírito, porém, não prefere ideologias nem tampouco doutrinas, sempre está do lado da minoria oprimida, sem importar qual seja sua orientação.

Labels:


Wednesday, October 17, 2018

 

No meu corpo, minhas regras


Em um país democrático e que respeita as liberdades individuais, deveria valer o ditado: "No meu corpo vale as minhas regras".  Se você não tem liberdade com o seu corpo, você é um escravo e vive em um ambiente escravagista. Infelizmente, em todos os países do mundo o indivíduo, cidadão honesto, é tratado como escravo em inúmeros setores da sociedade. Vamos analisar aqui apenas um setor, o setor da saúde. O Ministério da Saúde é o que tem alocado a maior quantidade do dinheiro arrecadado da população. Uma regra sem exceção: onde há muito dinheiro, existe muita corrupção! Portanto, no Ministério da Saúde (federal) e nas Secretarias de Saúde (estaduais) é onde se concentra o maior desvio de dinheiro público (corrupção) para o enriquecimento ilícito de algumas poucas pessoas. Para início de conversa: não deveria ser nomeado médicos para o Ministério da Saúde e nem para as Secretarias Estaduais de Saúde, pois assim se estará "colocando raposas para tomar conta de galinheiro". Médico não entende de saúde, médico entende de doenças, devido à sua formação. Médicos somente deveriam ser nomeados para o Ministério da Doença ou Secretarias da Doença, se existissem.

Os médicos da medicina oficial (alopática) se especializam em receitar drogas medicinais para tratar (fazer desaparecer sintomas, sem tratar as causas) doenças e fazer surgir inúmeras outras, através do mecanismo de "efeitos colaterais": leia a bula de qualquer remédio e você irá verificar todas as doenças que você estará criando tomando repetidamente o remédio escolhido! 

Todos os anos o governo federal, através do Ministério da Saúde, faz campanhas de medo e terror na população do país, para convencer a população a se submeter a uma vacinação em massa de toda a população. Para os menos avisados: vacina é remédio! E, como todo remédio, possui inúmeros efeitos colaterais! A vacina visa combater doenças geralmente comuns em crianças pequenas, que são males agudos de curta duração, que visa livrar o corpo de um excesso de toxinas acumuladas (como as gripes e resfriados). Geralmente, essas doenças passam sem causar maiores danos (sem serem letais). Ao se aplicar uma vacina contra uma doença, impede-se o corpo de se livrar de uma carga tóxica (injetando-se uma carga adicional de toxinas!), o que pode gerar uma doença crônica (como autismo) que terá que se conviver para o resto da vida, gerando um cidadão que não irá contribuir para o progresso do país, mas será um peso distribuído para toda a população (e, principalmente, para os pais). Vacinar toda a população para evitar uma doença que talvez não ocorra em ninguém, não faz nenhum sentido, principalmente econômico. O correto, moral e economicamente falando, é não vacinar as pessoas contra determinadas doenças e, se elas aparecerem, usar do o aparato científico e tecnológico médico mais avançado e caro para combater fortemente esses poucos casos de doenças que surgirem associadas às vacinas (vai custar muito muito menos do que vacinar toda a população). Mas isso não interessa às indústrias farmacêuticas que fabricam as vacinas e as enriquecem enormemente. Essas empresas facilmente subornam o ministro da saúde (geralmente, um médico) - através de seus parentes, conhecidos e "laranjas" - para comprarem as vacinas (e os demais remédios) delas, com o dinheiro do povo. Com isso adoecem e emburrecem ainda mais toda a população. Um povo doente e emburrecido é facilmente manipulável por um governo central.

Voltando ao caso do remédio chamado vacina. Como trata-se do meu corpo físico, eu deveria ter a liberdade de decidir o que eu acho melhor para o meu corpo. O governo central, no entanto, me trata como um estúpido, que nada sei sobre saúde, e adota o ditado "No seu corpo aplica-se as minhas regras (as regras do governo central)". Nestas condições eu sou um mero escravo desse governo central, sem poder exercer meu livre arbítrio. Um detalhe: as vacinas não deveriam ser aplicadas em crianças pequenas, com o corpo e sistema imunológico em formação, devido à potencialização de seus efeitos negativos. É exatamente o oposto aquilo que ocorre na prática! A maioria das vacinas é inoculada em crianças pequenas (a primeira vacina já é dada no bebê antes de sair do hospital onde foi feito o parto! Para os médicos, o leite da mãe não gera qualquer proteção imunológica! Deus errou! É preciso corrigir o que Deus fez!). Daí a explosão dos casos de autismo!

Esta frase, em princípio correta, "meu corpo, minhas regras", tem sido usada erradamente pelas mulheres que apoiam o aborto de fetos humanos, que crescem no interior de seu corpo. Um corpo humano é caracterizado pela circulação de um tipo de sangue específico em seu interior. A mãe tem um certo tipo de sangue (por exemplo, tipo O) e o feto que se desenvolve em seu útero pode ter um outro tipo de sangue (por exemplo, tipo B). Portanto, trata-se de dois corpos humanos distintos (mãe e feto). Matar o próprio corpo se chama "suicídio", mas matar o corpo de outro ser humano é chamado de "assassinato".

Labels: , , , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3863

Laboratório da diversidade

Eu estou certo, tu estás certo, ele está certo, ela está certa, nós somos todos assolados pela incerteza, mas fingimos que isso não nos atinge porque temos razões poderosas como tigres na escuridão que pulam sobre aqueles que representam certezas que não se sintonizam com as nossas. Se eu te afirmar que tudo continua procedendo da melhor maneira possível do ponto de vista universal, que compreende todas as diferenças e que disponibilizou o planeta Terra como laboratório de convivência para as diferenças, como argumentarás a favor de tuas paixões, de teu medo, de teu ódio? Essas paixões são contrárias ao laboratório da diversidade, tu defendes teus semelhantes, mas que direito tens de abominar os diferentes e de, secretamente, pretender que deixem de existir neste planeta?

Labels:


Tuesday, October 16, 2018

 

Relatório de Inteligência - Benjamin Fulford - 15.10.2018


 
BENJAMIN FULFORD - "A QUEDA SIONISTA CASA DE SAUD, SOMADA À POSSÍVEL TENTATIVA DE GOLPE NA RUSSIA" - 15.10.2018
Posted: 15 Oct 2018 02:32 PM PDT


Os acontecimentos mundiais, rapidamente, estão chegando ao auge, com um importante movimento contra a Casa de Saud e uma possível tentativa de golpe contra o Presidente Russo, Vladimir Putin, dizem fontes do Pentágono, da CIA e do FSB.

Primeiramente, o assassinato (ou uma Psy-Ops encenando assassinato) do colunista Jamal Khashoggi, do Washington Post, faz parte de uma medida para remover a Sionista/Satânica Casa de Saud do controle da Arábia Saudita e do petróleo do Oriente Médio, segundo fontes do Pentágono e da CIA. Uma  operação que, também, visa angariar fundos para manter o falido EUA na tona, disseram fontes da CIA.

É assim que a CIA resumiu a situação:

“O Tesouro dos EUA está retendo entre US $ 3 a 5 TRILHÕES dos petrodólares da Arábia Saudita, que se acumulam desde os anos 70, quando toda essa mágica dos petrodólares começou (na mesma época em que Nixon fechou a janela do ouro). Esses trilhões foram confiscados e não serão devolvidos. O mesmo vale para as milhares de toneladas de ouro armazenadas nos bancos Credit Suisse e UBS, na Suíça, pertencentes à Arábia Saudita que, também, foram confiscadas.  Financeiramente, este é um fim de jogo para a khazariana Casa Saudita de Saud. Realmente um  Jogo - Set - Match.”

Também, não é coincidência que o incidente de Khashoggi tenha acontecido no momento em que o chefe da CIA na Turquia, o “Pastor” Andrew Brunson, foi libertado de uma prisão turca. O cenário de longo prazo será para a Turquia retomar o controle de suas antigas propriedades na Arábia Saudita e nos Estados do Golfo, enquanto Israel se torna uma zona autônoma judaica sob proteção turca, dizem as fontes.

Como medida preliminar, “o Príncipe saudita Mohammad bin Salman (MBS) pode ser expurgado, numa drenagem de pântano na Arábia Saudita, que enfrentará sanções Ocidentais e boicotes, do ataque a Israel, quando os documentos do 11 de Setembro forem desclassificados”, acrescentam fontes do Pentágono.

Discutiremos isso mais adiante, uma vez que, quando este boletim estava prestes a ser publicado, recebemos comunicações urgentes de fontes do FSB, sobre uma tentativa de golpe, neste final de semana, contra o Presidente Russo, Vladimir Putin. Segundo as fontes, uma grande ação contra a região autônoma de Donbass, da Ucrânia, pelas “forças Rothschild” levou a uma “grande disputa dentro do Estado-Maior Russo, com o Ministro da Defesa, Sergei Shoigu apoiando o ex-chefe da FSB e Secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, como o novo líder russo", dizem as fontes. No entanto, Putin foi evacuado de Moscou, apoiado por "três generais patriotas" e o golpe foi evitado com a ajuda de forças especiais russas, dizem as fontes.

Esta informação preliminar pode estar ligada ao seguinte relatório das fontes da CIA, que reivindicam que "vários líderes mundiais foram chamados à Rússia, para uma reunião com Putin, todavia, ninguém dos EUA foi, porque não  foi permitida qualquer representação. O que o Putin planejaria com o restante dos líderes mundiais?"

A tentativa de golpe relatada, coincide com um repentino aumento da luta na Ucrânia Oriental, como relatado por múltiplas agencias de notícia regionais.

http://TASS.com/emergencies/1025467
https://www.kyivpost.com/Ukraine-Politics/Volker-Says-Russia-continues-to-Fuel-Fighting-in-Eastern-Ukraine.html

Fontes russas dizem que um lançamento de 5.000 paraquedistas ao longo da fronteira da Ucrânia Oriental e Rússia foi repelido. Na Ucrânia, a luta foi parte de uma tentativa de provocar um ataque da OTAN à Rússia, para distrair a atenção russa da tentativa do golpe. Contatamos fontes da Sociedade Dragão Branco – SDB no FSB para confirmação, todavia nada havia sido recebido, até quando este boletim foi publicado. Forneceremos atualizações em caráter extraordinário, caso seja necessário.

Em todo caso, os Rothschilds podem ter tentado derrubar Putin, face ao resultado da situação terrível, enfrentada por sua colônia de escravos, Israel. Lá, o primeiro-ministro adorador de Satanás, Benjamin Netanyahu, está sob  ataque em várias frentes. Sua esposa, Sara Netanyahu, está sendo submetida a julgamento criminal por acusações de fraude, iniciado no Domingo. Benyamin Netanyahu foi interrogado pela polícia doze vezes, em várias investigações relacionadas a fraudes e se espera que seja preso em breve, dizem fontes do Mossad.

https://www.reuters.com/article/U.S.-israel-netanyahu-wife/wife-of-israeli-prime-minister-goes-on-trial-for-fraud-idUSKCN1MH0IJ?utm_source=reddit.com

Além disso, "a embaixatriz dos EUA, na ONU, Nikki Haley renunciou por causa das acusações de corrupção em que será acusada por sua participação no caso das fraudes de Benjamin e Sara Netanyahu", dizem fontes da CIA. "Parece que ela será julgada muito em breve, acerca de ato de corrupção e desvio de US $20 milhões de fundos do U.S AIDS destinados para ajudar o Povo Palestino. Ambos sabemos que o U.S. AIDS é uma organização de fachada da CIA", dizem.

Essa, é como fontes do Pentágono resumem a situação: "O expurgo começa com a fantoche israelense Nikki Haley sendo expulsa da ONU, cuja saída está muito atrasada, enquanto sua substituta preferida, a  globalista Goldmanite, Dina Powell, foi rejeitada."

Na Síria, tropas russas usando  guerra eletrônica, também, encerraram todas as atividades da Força Aérea Israelense, como relatado pelo Debka, site ligado ao Mossad.

https://www.Debka.com/no-Israeli-Air-Strikes-during-Past-month-Iran-replenishes-Destroyed-Arms-stocks/

Isso pode ter algo a ver com a permanência em solo de toda a frota de caças americanos F-35, em todo o mundo.

https://www.militarytimes.com/News/Your-Military/2018/10/11/DOD-Announces-global-Grounding-of-All-f-35S/

Também, pode ser por isso que a tentativa de golpe projetada contra a Rússia tenha sido em um último esforço para salvar o governo satânico de Israel. Entretanto, esta tentativa de último-suspiro perpetrada pelos Sionistas/Satanistas, para  começar uma 3ª Guerra Mundial, não será permitida acontecer, coisa que todas as fontes militares Russas, Americanas e Chinesas afirmam.


Voltando à situação Saudita, sabemos de nossas fontes da CIA que Mohammad bin Salman (MBS) foi instalado no poder pelas forças especiais israelenses. Também, existe uma possibilidade muito forte que tenha sido morto em Abril, próximo passado, quando tiros foram relatados em seu palácio. Na semana passada, por exemplo, a Bloomberg News publicou o que alegou ser uma entrevista exclusiva com ele, todavia, a pessoa mostrada como MBS tem pouca semelhança com a que se vê em público, antes de Abril.

https://www.Bloomberg.com/news/articles/2018-10-05/Saudi-Crown-Prince-discusses-Trump-Aramco-arrests-Transcript

Da mesma forma, anotamos que o jornalista possivelmente assassinado, Jamal Khashoggi, seria sobrinho ou primo, dependendo da fonte (talvez ambos, dada as relações de parentesco na Arábia) do negociante de armas do famoso caso Irã Contra, Adnan Khashoggi, que uma vez enviou uma armadilha de mel para este escritor (para dar-lhe crédito, foi a mais bela armadilha de mel já a mim enviada). Enquanto eu evitava o mel e, portanto, a armadilha, ela me deu um livro, em francês, de Khashoggi, relatando que os Judeus, realmente, são originários do Egito. Em outras palavras, ela parecia estar tentando me alertar que eles eram ninguém menos do que adoradores hicsos da tríade (Satanás, Baal, Moloque). Na semana passada, fontes japonesas, também, informaram aos EUA, de sua pesquisa, revelando que pessoas se denominando Judeus, foram divididas em facções de adoradores de Satanás e de Jeová (Deus).

Isso nos leva de volta ao relatório da semana passada, de várias fontes de Hillary Clinton e outros membros da elite dos EUA realizando terríveis sacrifícios e rituais satânicos. Lembrem-se que o arco de Baal esteve em exposição em Washington, DC quando a disputa para instalar o Juiz da Suprema Corte, Brett Kavanaugh, atingiu o seu clímax.

http://digitalarchaeology.org.uk/Events/2018/9/26/The-Triumphal-Arch-of-Palmyra-in-Washington-DC

"Jonathan Cahn, autor do livro O Paradigma, apontou que Baal era o Deus do poder, fertilidade e do sacrifício de crianças," de acordo com este Website e muitas outras fontes.

https://www1.CBN.com/CBNNews/2018/October/Arch-of-Palmyra-in-DC-Coincidence-or-Pagan-Invitation-nbsp

Este mesmo arco de Baal já esteve em exposição na frente de vários encontros de "globalistas", incluindo uma "Cúpula do Governo Mundial", nos Emirados Árabes Unidos, em 2017.

https://www.thenewamerican.com/World-News/Asia/item/25404-at-World-Government-Summit-Top-globalists-Drop-the-Mask

Pode ser apenas uma coincidência, mas na semana passada, na medida em que o globalista Banco Mundial e o FMI realizaram sua reunião de cúpula anual em Bali, Indonésia, a ilha foi atingida por um terremoto.

https://www.Bloomberg.com/news/articles/2018-10-10/the-latest-Earthquake-Strikes-off-Bali-Indonesia

Como uma fonte da CIA comentou: "No meu mundo não existem coincidências".

Mesmo que o terremoto fosse apenas uma coincidência, como o relâmpago que atingiu o Vaticano quando o Papa Francisco estava sendo escolhido, não pode haver dúvida de que os bons estão ganhando.

Nesta frente, nossas fontes do Pentágono desejam compartilhar duas seguintes fotografias de Melania Trump com nossos leitores, com a seguinte explicação: "Pode ser Outubro Vermelho, no entanto, Melania usou chapéus brancos no Quênia e no Egito. Usou um capacete branco de Safari no Quênia, para advertir China sobre suas ambições coloniais na África, e um chapéu Fedora branco, na frente de uma pirâmide, numa declaração de guerra à cabala escura".



Como de costume, há muito que não podemos relatar ainda, a fim de proteger nossas operações, todavia, existe a certeza de que o mal está sendo sistematicamente removido deste planeta.


Auxilie curtindo e compartilhando essa publicação no rodapé da postagem, para que ela possa alcançar cada vez mais Sementes! Gratidão! ❤
Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Labels:


 

O Câncer não é uma Doença, é um Mecanismo de Cura - 10


Abaixo trechos da Referência [1] e sequência de [2].

O mecanismo da remissão espontânea

A tríade mente/corpo/espírito demonstra-se claramente nos milhares de pacientes de câncer que experimentam remissões espontâneas. Pesquisas mostraram que, em algumas horas de tratamento holístico, é possível reduzir drasticamente um tumor quando o desenvolvimento pessoal motiva o paciente. Basta que ele perceba um propósito espiritual em sua doença para que ela entre em remissão.  

Em geral, isso acontece quando a doença não é mais considerada uma ameaça, mas uma bênção disfarçada. Em outras palavras, em vez de se sentir uma vítima de uma doença sem sentido, o paciente torna-se um participante ativo no processo de cura. A expectativa de ser abençoado por algo que antes considerava uma maldição estimula algumas das reações mais poderosas de cura que o organismo tem à sua disposição.

Presenciei a desintegração e desaparecimento total de um tumor de bexiga do tamanho de uma laranja, em um ultrassom ao vivo, durante uma sessão de 15 minutos de energia sonora feita por mestres chineses de Qiqong. É óbvio que, sem a expectativa esperançosa e receptiva do paciente de que a cura irá ocorrer, nada aconteceria. Se a porta estiver fechada, ninguém entra na casa.

Em vez de instilar o medo da morte em um paciente, é dever do médico ajudá-lo a desenvolver expectativas positivas que se traduzirão em reações bioquímicas no cérebro e no coração, necessárias para a cura completa de seu organismo. Por outro lado, informar ao paciente que ele sofre de uma doença incurável introduz uma expectativa capaz de dar uma sentença de morte não intencional.

Se o médico ou, pior, uma máquina como a TC (pois máquinas não mentem) passa uma sentença de morte a um paciente, só a expectativa natural de que isso venha a acontecer é capaz de causar sua morte, não a doença em si. Em vista dessa vulnerabilidade, o paciente passa a ver o médico como seu salvador, como seu Deus. E, se Deus me diz que estou morrendo, provavelmente é verdade. Renunciar nosso poder em favor de alguém que se faz de Deus, nos torna escravos, incapazes e dependentes. O cerne da atual crise da saúde está no fato de permitirmos que um diagnóstico, ou melhor, sua interpretação negativa governe nossa vida.

A verdadeira prática da medicina deveria ser transformar uma expectativa negativa em positiva. Graças a vários pesquisadores brilhantes, agora temos um modelo para explicar cientificamente que a cura de uma doença depende da expectativa, estado mental e atitude do paciente, e não do médico e de seus tratamentos medicamentosos.

Referências:
[1] Andreas Moritz, O câncer não é uma doença, é um mecanismo de cura. Descubra a razão oculta do câncer, cure suas causas profundas e melhore sua saúde como nunca!, Madras Editora, 2018. ISBN: 978-85-370-1125-6.
[2] Postagem deste blog: Saúde Perfeita: O Câncer não é uma Doença, é um Mecanismo de Cura - 9

Labels: , , ,


 

Oscar Quiroga - 3862

A reinvenção humana

Sempre será muito difícil para o ser humano apreciar a dimensão histórica do que experimenta enquanto isso está em andamento. Só depois de passadas várias gerações se consegue dimensionar a realidade que foi criada em determinada época e, assim, também se pode lhe dar nome. Para os que se angustiam com a sensação de que vivemos uma época de atraso e de retrocesso, sugiro estudar com objetividade a linha da história humana, pois, não procede a afirmação do retrocesso, já que apesar das razões arvoradas e das paixões, como ódio e medo, utilizadas para embasar as afirmações, nossa história moderna é feita de reinvenções profundas. Quando nossa humanidade amplia sua percepção nunca volta atrás, não pode fingir que não percebeu o que percebeu. Evita o desgaste, tudo continua sendo recriado.

Labels:


Monday, October 15, 2018

 

Oscar Quiroga - 3861

A VERDADE É ÓBVIA


A verdade é óbvia, mas só pode ser apreciada de um ponto de vista amplo, abrangente, inclusivo e que percebe ciclos maiores do que a existência limitada do ser humano que a busca, além de requerer, de forma imprescindível, que o buscador não se ponha no centro do Universo, mas que se imagine integrado a um corpo cósmico de dimensões fabulosas e colossais.

Só assim a verdade pode ser apreciada e aproveitada, enquanto isso não for assim, a única verdade que o ser humano consegue perceber é de tudo ser relativo ao ser que percebe, ajustando o Universo inteiro ao alcance de sua percepção. 


Por isso, todo esforço que fizeres para ires além do horizonte que teu limitado entendimento percebe será também o processo mediante o qual sairás de ti e te aventurarás no Universo do qual és integrante.

Labels:


Sunday, October 14, 2018

 

Políticos no Além



Quando as pessoas, e os políticos em particular, despertam no além, geralmente percebem quantas besteiras fizeram enquanto possuíam um corpo físico [1].

A verdadeira revolução não derrama sangue e foi deflagrada há quase dois mil anos. A não-violência (adotada por Martin Luther King e mahatma Gandhi) é o único caminho, embora mais longo. Quando tivermos que erguer a cabeça contra o poder corrupto, contra a tirania, contra o despotismo, não nos esqueçamos de que a tirania, o despotismo e o poder corrupto são doenças. Evidentemente, se alguém tem um acesso de loucura que ameaça destruir bens e seres humanos, é preciso contê-lo, mas é necessário que o amemos. Conter os loucos não é violentá-los nem matá-los.

Os sistemas autoritários de todos os tempos têm como pretexto para sua implantação a segurança. Essa é a palavra chave de todos eles. A propósito de segurança, eles impõem a insegurança e o medo. A segurança deles se nutre de insegurança daqueles a quem dominam. Os sistemas autoritários, reinem eles nos países ou nas famílias, têm como protótipos o medo e a insegurança, principais responsáveis por sua implantação. 

Decepcionar é, também, cometer violência. É possível matar sem dar um tiro e sem provocar uma lesão no corpo. O assassínio também se verifica quando destruímos a fé, quando falseamos a verdade em nosso proveito, quando não somos fiéis a nós mesmos. 

Hipocrisia é também uma forma de violência; tripúdio sobre os sentimentos alheios é, igualmente, uma das formas mais repulsivas de violência. E a não-violência é o mais difícil, é o mais longo, mas é o único e o melhor dos caminhos. 

Há, no plano espiritual que cerca os mundos, um nível em que são registrados pensamentos, palavras e emoções dos habitantes desses mundos. Os ocultistas chamam a esse nível de registro acásico, memória da natureza, o nome não importa. No além, um orador, inflamado, era sustentado por entidades tenebrosas que, igualmente, lhe usavam as forças para a vampirização e toda espécie de malefícios, inclusive a incrementação de profundas discórdias sociais e a potencialização de vírus maléficos, que provocavam doenças. As forças expedidas pelo orador casam-se às forças semelhantes a ele. Essas energias combinam-se e constituem uma psicosfera carregada de negatividade, de ódio. Toda essa dinâmica do mal provoca verdadeiras catástrofes, convulsões sociais, guerras, e até fenômenos naturais de consequências funestas que têm, como contribuição e componente, essas forças que partem da alma humana. A palavra, o pensamento e a emoção podem matar, podem arruinar e podem destruir.

O homem realizou maravilhosas conquistas na área da tecnologia e, sob alguns aspectos, no campo social, mas nada avançou no que se refere ao seu lado transcendente e espiritual. Os monstros por ele gerados, ontem, continuam vivos hoje no cerne do seu ser, e ele não se aplicou ao trabalho alquímico da transmutação dessas energias; por isso, elas o perseguem. Ele terá que se haver com elas para transmutá-las e não para lhes ceder campo. Se essa segunda coisa acontece, ele retém sua marcha evolutiva, retarda-se, porém não recua (não retrocede); vai recapitular, recapitular, até aprender. Os enigmas que você traz em sua alma, só você pode decifrá-los; as charadas que você construiu para si mesmo, só você pode resolvê-las; ninguém as resolverá por você. Nos bancos escolares da vida espiritual, não existe a cola, e ai daquele que, por travessura estudantil, tente recorrer a ela! Será compelido, pelo azorrague da vida e da Lei, a avançar, porque não avançar seria morrer, e a morte é  uma palavra que não existe no dicionário cósmico. 

O esquecimento do passado é uma bênção, quando ainda não se está suficientemente maduro para compreendê-lo e ultrapassá-lo. O que está dentro de nós não morre, transforma-se! 

O totalitarismo é a presença absoluta do estado não só na economia, mas nas consciências. É a sufocação de todas as liberdades em função de uma só ideologia e de um só modo de viver. Às vezes até de um só modo de se vestir. O totalitarismo pretendia que alguns cidadãos constituíssem uma espécie de elite, não a propósito de suas virtudes ou da sua sabedoria, mas a propósito de sua inteligência e de seu poder; essa elite devia dominar as massas. Saiba que, quanto mais livre for sua alma, tanto mais rapidamente ela evoluirá. O totalitarismo, na maioria dos casos, muda de direção; quando não consegue oprimir pelo estado, oprime pelas grandes corporações.

Aos tiranos, lembrai-vos de que vossos pretensos serviçais vos temem, vos bajulam, mas vos odeiam. Não digo que vos amam, afirmo que vos odeiam. Sem o saberdes, estais sendo apunhalados pelas costas por aqueles que dizem obedecer-vos, porque ninguém suporta o jugo de uma tirania. Apercebei-vos de vossa própria escravidão e não mais escravizareis os outros. Que os violentos de todas as procedências ouçam a voz que, há dois mil anos, se levantou no monte, afirmando: "Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a Terra". Que sejamos felicitados pela nossa paz e que não nos esqueçamos de que a não-violência é o mais longo, é o mais difícil de todos os caminhos, mas é o único caminho. 

Os xenófobos são bitolados, a ninguém mais vêem senão ao seu povo: "Tudo pelo meu país, o resto que se arranje". Os apátridas são soltos, desenraizados, não se prendem a nada, porque tanto se lhes dá. O seu egoísmo não lhes permitem olhar senão para si mesmos. Os patriotas ou nacionalistas, os "verdadeiros nacionalistas e patriotas", cultuam o universo a partir do seu quintal, porque sabem que matar um povo ou uma cultura é matar a humanidade. Os xenófobos são doentes, porque nada vêem senão o seu próprio umbigo cultural e se apegam às suas pátrias, não tanto pela cultura, mas pelas riquezas de que possam desfrutar, por serem filhos dessas pátrias. Soltos, os apátridas estão desorientados. Quem é solto vai para onde o vento o leva, não tem destino certo; seu destino não é o da evolução, mas o da dispersão. Ao contrário, os verdadeiros patriotas ou nacionalistas sabem desferir altos vôos, porque se lembram de onde aprenderam a construir as suas próprias asas, sabem compartilhar com os outros aquilo que é só seu, sabem ser livres, sendo ao mesmo tempo solidários.

Que sejamos felicitados pela paz. Oremos pelo país e pelo mundo.

Que a paz esteja convosco!

Referência:
[1] Luiz Antônio Millecco (1932-2005), Políticos no Além, Editora Lachâtre, 2018.

Labels: , , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3860

Sinto te dizer

Se abdicaste da religião porque a consideraste hipócrita e recalcitrante, mas foste parar em ambientes que sob a coberta do misticismo oriental promovem a descoberta do paraíso pela sexualidade, sinto te dizer, trocaste seis por meia dúzia. Se abdicaste da política porque te enfada tudo isso que está aí e vociferas tuas razões para excluir tais ou quais grupos que pensam diferente de ti, sinto te dizer, tu és mais uma alma a engrossar o caldo do moralismo hipócrita. Sinto te dizer, a realidade está em frangalhos, ninguém está com a razão e, ao mesmo tempo, é urgente fazer escolhas e tomar decisões. Na prática, a experiência do indivíduo humano se resume a estar sozinho e com medo. Acobertar isso aos gritos e erguendo dedos acusadores que vaticinam o fim do mundo não vai melhorar em nada tua condição.

Labels:


Saturday, October 13, 2018

 

Oscar Quiroga - 3859

No discurso moral

Num mundo civilizado, se tu pagas impostos e cumpres teus deveres de cidadão, ruas e parques estarão bem cuidados; hidráulica, elétrica, esgoto e lixo serão serviços cumpridos à risca e com a perfeição que os recursos financeiros obtidos pelos impostos obrigarão. Num mundo civilizado, o crime seria punido com severidade em vez de ser relativizado com argumentos, para não dar margem a que se entenda que o crime possa compensar o risco. Essa civilização ainda não existe em sua totalidade, mas é por ela que nossa humanidade há de lutar, por ela mesma enquanto existir e pelos descendentes que virão depois. O problema da civilização reside em que se cada pessoa pensar apenas em seu próprio benefício e pouco ou nada no coletivo, o mundo ideal continuará ficando apenas no discurso moral.

Labels:


Friday, October 12, 2018

 

Oscar Quiroga - 3858

A farsa

Se no teu íntimo imaginas que o mundo seria melhor se tais ou quais pessoas deixassem de existir, sinto te informar que tua alma não é apta para ser parte do reino humano e, por isso, em nome de tua sanidade, te conviria assumir uma postura mais fiel aos teus princípios íntimos. Ou a Terra é um lugar com voz para todos os grupos sociais, ou estamos em desencanto com nosso propósito de vida. O propósito do planeta Terra é oferecer suporte para a diversidade de todos os que aqui existem, sem distinção alguma. A farsa que o mundo civilizado vem sustentando tem se apoiado na competição para ver com quem fica a fatia dos privilégios e quem vai ficar de fora. Antigamente se conquistavam os privilégios por direito de sangue, por decreto divino ou pela força bruta; hoje em dia é pelo voto popular.

Labels:


Thursday, October 11, 2018

 

Oscar Quiroga - 3857

A supremacia moral

A esta altura, que mais poderia te escandalizar? Nos últimos anos tua alma foi entorpecida porque escancarou-se o que só era sussurrado ao pé do ouvido. Assim, tua alma foi criando uma casca grossa e não se escandaliza mais. O jogo da supremacia moral capaz de julgar o mundo se tornou vão e fútil. Não nos cabe fingir que tudo poderia voltar a ser como deveria ser, porque nunca foi como deveria ser. Nos cabe, contudo, evitar que o jogo do fingimento seja perpetuado, com cada um de nós ainda se arrogando o direito à supremacia moral de determinar o rumo do mundo e de excluir todos os que pensarem diferente de nós. Isso nunca mais vai acontecer, ou nos acostumamos a conviver com os diferentes, ou precisaremos de novas ideologias, religiões e ciência para acobertar nossa hipocrisia.

Labels:


Wednesday, October 10, 2018

 

Oscar Quiroga - 3856

De que lado é melhor estar?

Sinto muito te dizer, mas se te enojasse a qualidade das instituições que governam o mundo, então não descansarias, teu dia a dia haveria de se sintonizar com a tua visão e te mobilizarias de forma constante para mudar tudo isso que está aí. Porém, se acobertas tua preguiça escolhendo uma ideologia sobre a qual reclamar uma posição de supremacia moral para julgar a que for contrária a essa, e resumes tua cidadania a vociferar contra os opressores, sinto te dizer, escolheste ser uma peça de manobra. Não existe nada parecido com supremacia moral que autorize a, num mundo que se gaba de moderno, eliminar aos que sejam contrários a ti, isso não passa de hipocrisia, que se tornou normal e escorrega nas entrelinhas dos discursos. Difícil aguentar a verdade e constatar que a decadência do mundo é feita de omissões.

Labels:


Tuesday, October 09, 2018

 

Transgênicos: As Sementes do Mal - 1


Segue abaixo algumas informações contidas na Referência [1].

O milho que matou as vacas

O alemão Gottfried Glöckner, a partir de 1997, começou a plantar o milho transgênico Bt 176 da multinacional suíça de sementes e de produtos químicos Syngenta, para alimentar suas vacas leiteiras.

O milho Bt (Bt = Bacillus thuringiensis) provoca em toda a planta a produção de uma toxina que a protege contra a "lagarta do cartucho". O Bacillus Thuringiensis contido nas "plantas assassinas" destrói o aparelho digestivo dos insetos (e o que será que provoca no aparelho digestivo dos humanos?).

Por solicitação de Glöckner, um instituto público de análises constatou que o seu milho verde continha 8,3 mg de toxina por quilograma. O veneno foi encontrado em todo lugar, na urina, no esterco, bem como no sangue e nos gânglios linfáticos dos animais. Uma vez estando essas toxinas já presentes na estrutura do solo, na ração e no esterco, já não há como preservar sequer, os seres humanos. Análises do leite resultaram em comprovação de que também nele há elementos da toxina. Neste contexto, em outro laboratório, da Universidade de Göttingen, desapareceram, sem explicações, as amostras de tecidos fornecidas para a análise. Apesar de anos de tentativas para reverter essa situação, o rebanho de 70 cabeças finalmente teve que ser sacrificado, em 13 de dezembro de 2004.

Antes desse sacrifício final, causou estranheza ao agricultor que, em pleno verão, as vacas deixaram o pasto e se recolheram ao estábulo, permanecendo por lá. Elas poderiam ter-se locomovido à luz do sol, tomado ar fresco e comido pasto verde. Pela primeira vez, ele suspeitou que também o pasto pudesse estar contaminado com veneno. Até o ano de 2002, ele havia jogado anualmente esterco (envenenado) nas áreas verdes, contaminando assim também o pasto com as toxinas Bt. Portanto, as vacas não se contaminaram apenas pela alimentação com milho Bt 176, mas igualmente comendo a grama verde do pasto, bem como pela forragem ou o feno ensilado.  Esse ciclo do envenenamento foi, inicialmente, negado pela Syngenta.

Nos EUA, em 2001, expirou o prazo da liberação do milho Bt 176. Na Europa, tanto na Áustria, quanto em Luxemburgo e na Itália, proibiram seu cultivo. Na Alemanha, o milho Bt 176 pode ser cultivado, exclusivamente, para experimentos. Com grande atraso, o Instituto Robert Koch, da Alemanha, determinou a suspensão da liberação dessa variedade de milho para circulação, incluindo seus derivados.

Cinco pesquisas realizadas nos EUA demonstraram, no Corn Belt, situado entre Kansas, Nebraska, perpassando Iowa, até Nova York, que borboletas estão sendo ameaçadas pelo milho transgênico. Nessas lavouras, são colhidos 88% de todo milho dos EUA. 45% deles (em 2005) foram das variedades Bt (Bt 11 da Syngenta e MON 810 da Monsanto). Primeiramente em laboratórios, depois também em ambiente natural, foi constatado que as larvas da borboleta Monarca tiveram elevado risco de mortalidade. A borboleta nasce com menor peso e, também, apresenta reduzida fertilidade. Quando essa informação foi divulgada na revista Nature e, posteriormente, também na grande mídia, ocorreram consideráveis quedas nas ações da Monsanto.

Já em outubro de 2004, em apressada decisão da Comissão Europeia, foi liberado um produto da Monsanto, o milho NK 603, para alimentação e forragem. Também esse caso carecia de estudos de longo prazo sobre os efeitos tóxicos para a saúde humana. Em setembro de 2004, a Comissão Europeia liberou a inscrição, na lista de variedades liberadas pela União Europeia, de 17 variedades de milho transfênico MON 810, da Monsanto. Também em Berlin, o Ministério da Agricultura permitiu, em fevereiro de 2005, a liberação do plantio e comercialização de seis variedades de milho transgênico das empresas Pioneer, Monsanto (EUA) e KWS (Alemanha), todos baseados na modificação transgênica MON 810.

A nocividade e os riscos dos alimentos e forragens transgênicas não foram suficientemente analisados, configurando, assim, um abuso contra os consumidores, ao fazer deles cobaias involuntárias e desinformadas. Os processos de liberação desses produtos não são padronizados e muito menos tornados públicos.

Lá no Canadá e nos EUA, a agricultura ecológica foi quase que completamente extinguida em função da contaminação transgênica. Um olhar na prática transgênica de 10 anos dos EUA deveria ser o suficiente para os políticos dos Estados Europeus posicionarem-se contra o cultivo de qualquer variedade de planta transgênica e a favor de sua proibição. Nenhuma das promessas originais dos transgênicos pôde ser honrada. Ocorreram e continuam ocorrendo perdas na colheita e, particularmente, verifica-se o aumento do uso de agrotóxicos. A coexistência entre cultivos convencionais e transgênicos revelou-se uma mera ilusão. Quase não existem mais variedades convencionais de boa qualidade no comércio.

No entanto, na Europa existem movimentos de resistência, tais como o Faucheurs Volontaires (ceifadores voluntários).  Na Alemanha, a organização Gendreck-weg chama tais ações de "libertação de lavouras". O movimento de desobediência civil, surgido em 2003, no Larzac, conta hoje com cinco mil ativistas, os "libertadores de lavouras".

Referência:
[1] Antônio Inácio Andrioli e Richard Fuchs, Transgênicos: As Sementes do Mal - A silenciosa contaminação dos solos e alimentos,  Editora Expressão Popular, abril de 2018. ISBN: 978-85-7743-061-1.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3855

Superiores e inferiores

Nossa humanidade mente porque na fogueira de sua vaidade ela se convence de estar no topo das razões morais que a autorizam a decidir quem deve ser parte da sociedade e quem haveria de ser marginalizado, até um dia ser domesticado e participar dos privilégios. Evita te precipitar imaginando que esta verdade seja dirigida a algum grupo específico, apenas é a fiel descrição do que se viu na história do mundo e do que continuará se vendo, de forma independente da ideologia que governar ou da doutrina religiosa ou científica que as pessoas professarem. Ideologias, doutrinas ou pensamento científico, tudo servirá para nossa humanidade mentirosa acobertar sua hipocrisia, sua recusa a aceitar que, a despeito da retidão, ela se convence de que uns são superiores e outros são inferiores.

Labels:


Monday, October 08, 2018

 

Oscar Quiroga - 3854

Nossa humanidade mente

Em quem depositarias teu voto de confiança? Nossa humanidade é exímia mentirosa, tu sabes disso, tu também participas dessa dinâmica, pois, à mentira recorres quando a urgência dá as cartas. Se quisesses ter a verdade como orientadora de teus passos e decisões, tu terias de colocar o tempo a trabalhar ao teu favor e investigar, mas como isso normalmente te dá preguiça, preferes decidir por paixões e não pensar. Nesta batalha passional pela supremacia das razões e pela capacidade de profetizar sobre o futuro da civilização, tu, que no jogo do mundo és peça de manobra, tens de garimpar e explorar tua margem de decisões livres. Porém, se te colocares no impossível lugar de alguém moralmente superior que há de mostrar a verdade ao mundo, pelo menos reconhece que tuas verdades são temporárias.

Labels:


Sunday, October 07, 2018

 

O Câncer não é uma Doença, é um Mecanismo de Cura - 9


Abaixo trechos da Referência [1] e sequência de [2].

A maioria das pesquisas sobre medicamentos é fraudulenta

A validade de todos os estudos já conduzidos é solapada por deixar de incluir esse fator crucial: a expectativa do paciente ou do sujeito da pesquisa que toma a medicação verdadeira (e não o placebo). Ter um grupo placebo para comparação não torna um teste clínico de medicamento confiável ou científico, nem pode assegurar a verdadeira eficácia da medicação. Os sujeitos da pesquisa que recebem a droga verdadeira têm as mesmas expectativas subjetivas e imprevisíveis que os membros do grupo placebo. As empresas farmacêuticas gostam de dar a impressão de que o efeito placebo ocorre apenas no grupo com placebo e não no grupo com medicamento. Mas como os membros de ambos os grupos não sabem, de início, se estão tomando a droga verdadeira ou não, os resultados da pesquisa são, em última instância, determinados pela expectativa de cada pessoa sobre o resultado benéfico, independentemente do grupo a que ela pertence. Mesmo se uma droga testada mostrar maiores benefícios que o placebo, isso ainda não prova sua eficácia. Pelo contrário, pode meramente sugerir que o efeito placebo é mais forte no grupo com medicamento - o que é uma grande descoberta, em si. 

Como a expectativa do paciente é um fator relevante, todos os estudos científicos previamente conduzidos que não levaram em conta esse fator são enganosos e devem ser descartados, como inválido. Isso se aplica a praticamente todos os estudos controlados do tipo duplo-cego já feitos.

A fim de impedir resultados decepcionantes para o medicamento testado, as indústrias farmacêuticas instruem os pesquisadores a escolher participantes mais jovens e saudáveis para testes contra uma doença-alvo. Contudo, essa prática é irrealista e enganosa. Na vida real, a maioria dos medicamentos é prescrita a pacientes doentes, fracos e idosos, muito menos propensos a ter expectativas positivas. A doença nos torna desanimados e deprimidos.

As empresas farmacêuticas conhecem esse segredinho e, portanto, recusam pacientes verdadeiramente doentes ou deprimidos em seus estudos clínicos. Lembre-se de quando você teve uma gripe ou qualquer outra doença. Com certeza, deve ter se sentido fraco e desinteressado nas coisas que normalmente gostava. Como todos sabemos, é preciso estar entusiasmado com um tratamento (expectativa positiva) para tirar benefícios legítimos dele, ou melhor, da reação placebo que pode ser desencadeada em você.

A verdade é que todos os estudos conduzidos dessa forma são forjados, inúteis e potencialmente arriscados para a população de pacientes, causando sérios efeitos colaterais, inclusive a morte. Portanto, não é de se admirar que, todos os anos, o FDA seja compelido a retirar do mercado inúmeras medicações em virtude de sua toxidade ou periculosidade. Centenas de milhares de americanos morrem por ano, envenenados por essas drogas perigosas.
 
Referências:  [1] Andreas Moritz, O câncer não é uma doença, é um mecanismo de cura. Descubra a razão oculta do câncer, cure suas causas profundas e melhore sua saúde como nunca!, Madras Editora, 2018. ISBN: 978-85-370-1125-6.
[2] Postagem "O Câncer não é uma Doença, é um Mecanismo de Cura - 8", deste blog: Saúde Perfeita: O Câncer não é uma Doença, é um Mecanismo de Cura - 8

Labels: , , ,


 

Oscar Quiroga - 3853

O desequilíbrio

Deveria ser proibido marcar eventos importantes, dos quais se esperem resultados objetivos e definidos, em períodos de Lua Vazia. É, porém, o que temos, uma sucessão quase ininterrupta de eventos patrocinados pela pretensão humana de impor suas regras limitadas ao Universo infinito. Que se colham os frutos, ora pois! E vamos que vamos, porque a fila anda e o tempo não para nem espera por ninguém. Aos vencedores cairá no colo o abacaxi espinhoso que terá de ser descascado e aos perdedores o discurso dos ressentidos, prosseguindo a vida com o plano que lhe é inerente, sem importar-se com o quanto nossa humanidade negligencia sempre o que é mais importante, para colocar em seu lugar as limitações do seu entendimento. Porém, está começando a dar para melhorar um pouco esse desequilíbrio, não é? 

Labels:


Saturday, October 06, 2018

 

Oscar Quiroga - 3852

Idealismo e pragmatismo

Apesar de a palavra política ter se transformado em insulto por estas terras tropicais, é ela a que detém a capacidade de consolidar uma ponte entre o idealismo e o pragmatismo, para que a civilização continue se aprimorando e conectando todas as camadas sociais, brindando com suporte para os humanos de boa vontade progredirem sob proteção. Visões idealistas de um mundo melhor todas as pessoas têm, mas a todas elas chega o momento em que o idealismo tem de passar pelo estreito buraco das realizações, no qual se recortam as ideias ao ponto de não mais sobrar nada da elevação original. A política é o lugar da consciência, pois, em teu íntimo tu também tens de negociar de forma constante o quanto sacrificarás para realizar, e o quanto tuas realizações serão santificadas pelo ideal.

Labels:


Friday, October 05, 2018

 

Mensagem de Mãe Maria - 13/2018


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Abri vossos corações, para que o amor que dele jorra possa ajudar a neutralizar a onda de ódio e separação, de raiva e ressentimento, de descaso com a natureza e de exploração que grassam vosso planeta e vossas vidas.

Olhai ao redor, amados!

O caos impera, a Mãe Natureza reage, o ser humano volta ao estado da barbárie deixando emergir a incompreensão ao invés do entendimento.

Tsunamis, vulcões em erupção, terremotos, secas, chuvas intensas dão o testemunho cabal do momentum que vive a raça humana, momento que se repete, mais uma vez na história da humanidade.

Hoje, como antes e sempre, o ser humano tem mais uma oportunidade de viver o divino de que é parte, a essência crística que só reflete luz, mas é preciso que a humanidade queira o novo, queira uma nova forma de vida, queira a temperança, queira compartilhar a sabedoria que ainda jaz latente em cada um, sabedoria que guarda a semente do amor incondicional.

Vós, Filhos da Luz que já resgataram esta compreensão, precisais demonstrar vosso querer, para que vossos irmãos, que vivem ainda a era das trevas, possam reconhecer um novo caminho e uma nova forma de agir pautados no vosso exemplo, exemplo que precisa emergir sem medo.

Sim amados, o medo tomou conta de vossas mentes e corações, e é preciso neutralizar o medo.

De nada adianta reconhecerdes a delicadeza do momentum por que passa a humanidade, se não agirdes em prol do entendimento, em prol da compreensão, em prol da verdade, em prol da unidade que precisa ser reincorporada na vida dos habitantes de vosso planeta.

É tempo, pois, de não mais alimentardes a separação, não mais alimentardes a discórdia, não mais alimentardes as disputas que só beneficiam aqueles que têm a intenção de continuar exercitando o falso poder.

O equilíbrio de mente e coração é fundamental neste tempo! Buscai resgatar vosso equilíbrio, buscai, através de vossas atitudes e orações, neutralizar a negatividade que grassa a mente e coração de vossos irmãos, e que alimenta a nuvem negra que paira sobre todos vós.

É tempo de colaborardes com a unificação de todos os povos e nações, todas as crenças e religiões, todos os países e continentes de vosso planeta.

Sabeis que unificar não é simplesmente juntar; juntar nações, juntar pessoas, juntar religiões!

Não, amados! Esse entendimento nada mais é que o exercício da força em prol de alguns, esse modelo decorre da falsa compreensão que a força tudo pode mudar.

Não! O que pode mudar não é a força da imposição, mas sim a força do amor.

O amor que reconhece a falsa verdade da separação, o amor que respeita a individualidade visando o bem comum, o amor que revela a compreensão.

Sim, o ser humano precisa resgatar e compreender sua história neste planeta; precisa buscar a origem de suas presenças neste ser a que chamais Mãe Terra, precisa buscar o entendimento da universalidade do Pai, contido em todas as Escrituras, em todos os Livros Sagrados, precisa compreender o que deu origem a tanta separação, descobrindo que a semente de onde todas as formas de vida existentes na Mãe Terra se originaram é a mesma.

Vivestes antes esta unidade amados, e é tempo de voltar à vossa origem para dar um basta à separação que causa tanta destruição.

Trabalhai, pois, fervorosamente pela unidade de tudo e de todos, estimulando o diálogo, gerando a energia de amor e paz através de vossas orações, mantendo-vos firmes na balança que tem jogado irmãos contra irmãos, lembrando que a solução dos problemas do vosso mundo não está pautada na violência e no ódio, mas sim no amor e na retidão.

É tempo de voltar a exercitar a leveza dos humildes de coração que se abrem para manter a harmonia na Mãe Natureza, cuidando, preservando, restaurando a vida exuberante e necessária para harmonizar todas as formas de vida que necessitam retornar a fazer parte de um mundo equilibrado, um mundo alegre onde a vida transcorre em total liberdade, harmonia e compreensão.

Bem amados, que as orações sustentadas por esse grupo harmonioso*, nestes 22 anos de vosso tempo, revelem os frutos que engrandecem a alma, e que o exemplo aí gerado, exemplo de fé, amor e compreensão, possa continuar se expandindo por toda Mãe Terra com as minhas bênçãos, e as bênçãos de todos os Mestres e Guias que vos acompanham.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

*Mãe Maria se refere ao grupo de pessoas que se reune, semanalmente, desde 01 de outubro de 1996 sob sua orientação, e que tem como objetivo enviar amor, paz, cura e compaixão a todo
planeta e seus habitantes.  

Sp-30/09/2018 – Mensagem de Mãe Maria-13-2018 recebida por Jane M. Ribeiro  

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?