Saturday, March 20, 2010

 

Oscar Quiroga - 873


O INFINITO


Perante o oceano infinito da Vida, nosso egoísmo e irritabilidade não tem cabimento, são apropriações indevidas de recursos energéticos para alimentar a vaidade. É impossível deixar de enfrentar o produto de nossos erros, porque o que pensamos se transforma em fatos e esses são nossos filhos que nos seguem pela eternidade afora até darmos conta dos mesmos. Se quisermos reinventar o mundo, teremos de tirar da mão das religiões o conceito de Vida Eterna para que sua verdade científica seja propagada nas famílias, escolas, empresas e instituições políticas. Ao pensarmos na morte como fim de tudo é isso mesmo que produzimos, mas ao idealizarmos a vida eterna, abrimos as comportas da beleza que nos carrega pelo infinito afora.

O objetivo é a união e não a discórdia. Por isso, ainda que você tenha toda a razão do seu lado, isso não deve servir para impor-se sobre as pessoas. Você deve ajudar todo mundo a voltar ao caminho da colaboração.

Labels:


Comments:
Olá, Fragassi
um otimo dia para voce!
faz tempo que usas oxigenada.
entao me responde por favor >
> ela clareou teus dentes ?
clareou muito ou pouco ?
aguardo tua resposta

teu amigo > JÓ

fregues10@gmail.com

Sim! veja a materia do fantastico neste domingo (20-03-2010)
fala sobre RADICAIS LIVRES E AGUA OXIGENADA injetada nas veias e a opiniao de varios especialistas

forte abraço!
 
Fragassi,
é porque meus dentes ficaram amarelados
devido tomar muito suco de limão
sem canudinho (mesmo tendo toda higiene)

bem sabes que é perigoso e caro o tratamento clareador em clinicas
peço tua ajuda

Teu amigo que te admira muito > Jó
 
Olá Jó,

Uso água oxigenada (10 volumes) para escovar os dentes há mais de um ano e notei um clareamento dos meus dentes (sem qualquer efeito negativo) e melhora em minha gengivite. Geralmente, os produtos que os dentistas usam para clarear dentes contém peróxido de hidrogênio, que conhecemos como água oxigenada.

Abraço, Rui.
 
Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?