Tuesday, September 27, 2016

 

Oscar Quiroga - 3125

Entra em ação!


Nas próximas 7 semanas, contando a partir de hoje, não terás como justificar tua inação, a não ser com os argumentos da indolência e do velho e desgastado hábito de culpares as circunstâncias, o mundo, as pessoas, etc. Nada esperes da Vida, não aguardes por algo acontecer, neste período tu tens de fazer, com teu esforço e empenho, acontecer o que pretendas obter. Isso não te garantirá êxito imediato, mas consolidará um patamar mais elevado de realização e só isso importa. Age! Luta! Faz o que estiver ao teu alcance, aproveita cada instante como se fosse o derradeiro, porque talvez o seja. Deixa de lado o encantamento de te regozijares com a imaginação, ela cumpriu seu papel e neste momento não pode te ajudar mais. Usa teus instrumentos de ação, tua voz, teus braços e pernas.

Labels:


Monday, September 26, 2016

 

Oscar Quiroga - 3124

Uma ponte para a consciência


A incongruência de perceberes que a natureza prospera de forma incansável enquanto tu apenas te cansas e não prosperas, só aprofunda o mal-estar e o equívoco de te convenceres de existir além do alcance dessa onda magnífica de vida na qual te movimentas e experimentas ser. Como ter acesso a essa onda? A cada dia precisas substituir tua angústia, teu desespero silencioso, por respirações mediante as quais colocas para dentro de ti a magnificência do Universo e expeles tudo que em ti existe como representação de teu exílio, de teu distanciamento artificial da Vida de tua vida. O fio que alinhava tua presença à magnificência universal, que chamas de prosperidade, está aí, mas isso não é suficiente, sobre esse fio tu precisas construir intencionalmente uma ponte para tua consciência.

Labels:


Sunday, September 25, 2016

 

Informações dos Wingmakers ("Construtures de Asas")


O que segue abaixo é meu resumo da entrevista da jornalista Sarah feita com o Dr. Jamission Neruda em 2 de janeiro de 1998. Estas informações não foram divulgadas até 4 de março de 2014. O Dr. Neruda teve contato direto com os Wingmakers, para poder liberar essas informações [1],[2].

A Terra foi e é um planeta muito único. Ela foi inteiramente coberta por água originalmente. Mas o que a fez interessante para seres foi o fato que o seu núcleo permitiu a ela ter uma força gravitacional que permitia a manifestação. Portanto, a Terra começou como um planeta de água e ela não era física. Nesta ocasião os Atlanteanos viviam no interior do planeta. Eles eram a raça de seres que habitavam a Terra nesta época de sua formação. Os Anunnaki vieram até eles e negociaram um tratado que permitiam aos anunnaki extrair uma substância próxima do núcleo do planeta que hoje nós chamaríamos de ouro. Os anunnaki precisavam do ouro. A razão exata disso é desconhecida, mas tinha algo a ver com a forma como o ouro modulava a frequência de seus corpos.

Os anunnaki eram uma raça de seres que não eram físicos, mas etéricos, seres interdimensionais. Como os atlanteanos (atlantes) eram a única raça de seres na Terra nesta ocasião, os anunnaki pediram permissão para minerar aqui na Terra, e os atlanteanos concordaram com isso. Eles não viram qualquer prejuízo em ajudar a raça anunnaki. Os anunnaki não eram competidores, já que os atlantes eram maiores e mais numerosos. Os atlantes desejavam ter um acordo com os anunnaki por causa da tecnologia deles.

Com o tempo a Terra começou a se materializar mais e mais. Em um certo sentido, ela começou a endurecer; e o ouro com ela. A Terra, e tudo nela, estava solidificando-se. A mineração do ouro iria logo se tornar impossível para os anunnaki, pois eles não conseguiriam extrair o ouro se ele estivesse em um estado físico denso. Isso porque seus corpos eram etéricos. Eles não conseguiriam extrair o ouro se ele fosse físico. Eles precisavam ter corpos que pudessem operar na Terra e extrair o ouro. Eles precisavam criar um instrumento físico da mesma forma que um astronauta precisa ter um traje espacial para viver no espaço sideral. Eles tentaram centenas de experimentos e tiveram a ajuda tanto dos atlantes como dos sirianos. Este instrumento é o corpo humano. Os Wingmakers referem-se a eles como instrumentos humanos (uniformes físicos).

Portanto, os anunnaki criaram o corpo físico para extrair ouro. Ele não era como um robô, mas era equivalente aos homens-macacos. Eles eram pré-humanos, mas eram nossos predecessores. Algumas vezes eles são chamados humano 1.0. Eles não eram robôs, mas completamente biológicos. Os humanos 1.0 não eram completamente físicos, eles possuíam uma parte etérica. Os anunnaki e os sirianos projetaram eles para sincronizar com a densificação em andamento da Terra. Logo, enquanto a Terra se solidificava, assim também ocorria com os instrumentos humanos. Eles tinham uma alma, caso contrário não podíamos chamá-los de humanos.

Os anunnaki e os sirianos colocaram os atlantes dentro desses uniformes humanos (humanos 1.0). Os atlantes eram seres muito avançados, mas aparentemente muito ingênuos. Eles disseram aos anunnaki que se eles (anunnaki) pudessem construir uma vestimenta que permitissem eles (atlantes) continuar a extrair ouro para eles, isso seria aceitável, mas em uma pequena escala.

Os anunnaki começaram a conspirar com os sirianos e com uma outra raça conhecida como Serpentes. Todas estas três raças estavam interessadas em descobrir com ter corpo em planetas físicos. Eles viram a Terra como um laboratório para descobrir isso. Os anunnaki já tinham um uniforme humano; agora eles simplesmente precisavam energizar ele com uma fonte de vida ou alma. O principal problema era como colocar os atlantes nesses corpos e os manter lá. Essas três raças conspiraram para escravizar os atlantes dentro desses vasos pré-humanos. Os atlantes eram os geradores de potência que faziam essas entidades biológicas operarem.

[continua]

Referências: 
[1] The Anunnaki, Mankind's Enslavement and the Afterlife Deception and Origins, site address: http://beforeitsnews.com/paranormal/2016/06/the-anunnaki-mankinds-enslavement-and-the-afterlife-deception-origins-video-2510480.html?currentSplittedPage=2
[2] A entrevista [1] completa em vídeo:  https://www.youtube.com/watch?v=LvMrotmqdZo

Labels: , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3123

O poder que vê


Quando te atrevas a olhar além de tua temporária presença entre o céu e a terra começarás a compreender um pouco melhor como funciona o Universo do qual tua alma e teu corpo são feitos. Então e somente então deixará de ser teu olhar limitado pela temporalidade o que tentará compreender o ilimitado Universo, pois, permitirás que o infinito enxergue através de teus olhos. Conhecerás assim a sutil diferença entre o poder de ver e o poder que vê. Isso não é uma poesia, é uma condição que qualquer ser humano está capacitado a experimentar, o conhecimento que não ingressa através da teoria, mas que se consolida através da prática. Tu precisas praticar, e o podes fazer em qualquer lugar, não precisas de ambientes refinados, podes fazê-lo num ônibus lotado enquanto as pessoas se queixam da vida.

Labels:


Saturday, September 24, 2016

 

Oscar Quiroga - 3122

Tudo leve e gracioso

Ainda que te pareça tentador urdir estratégias mirabolantes e te lançares a assumir riscos enormes para obter o que pretendes, te afirmo aqui e agora, tudo isso é uma miragem. Neste momento te convém fazer tudo no maior equilíbrio possível, com economia de recursos materiais e emocionais, evitando desgaste. Aos poucos, mas com segurança, avança na direção do que pretendes, pois, não é necessário que demonstres coragem a ninguém, nem sequer à tua própria alma. Neste momento não precisas de coragem, mas de manter a cabeça no lugar, optando por tornar tudo leve e gracioso em vez de te lançares à vida como se fosse um esporte radical. Como te disse, é tentador pensar que o sucesso dependa de te atreveres a fazer o impossível, mas dessa vez o sucesso reside em agir com parcimônia e comedimento.

Labels:


Friday, September 23, 2016

 

Oscar Quiroga - 3121

Harmonia


A harmonia com que sonhas não é um estado paradisíaco no qual te acomodarás um dia para nada nem ninguém te remover de lá. A harmonia é como andar na corda bamba, se tu não te movimentas continuamente, fazendo os ajustes que se tornarem necessários, é certo que cairás dela. Essa harmonia sonhada também requer que faças todos os ajustes que a necessidade determinar a cada momento, sem nunca te cansares. Bem-aventuradas sejam as almas incansáveis! Elas conhecem o verdadeiro significado do equilíbrio. Saberás que te apropriaste dessa dinâmica e a exercitas continuamente quando te tornares tão leve que nada afete teu bom humor, quando sejas capaz de rir de ti e de teus problemas, quando não permitas que nada assuma uma proporção que só seria adequada em filmes melodramáticos.

Labels:


Thursday, September 22, 2016

 

Oscar Quiroga - 3120


PRESERVA A LUCIDEZ

Recupera o tempo perdido.

Encontrarás todas as oportunidades que precisas para isso, mas nada acontecerá de forma automática, tanto que, talvez, essas oportunidades estejam na tua frente e tu continues te preocupando por elas não aparecerem. 


Preserva tua lucidez, cada momento é importante, cada instante requer alguma decisão de tua parte, perder tempo se baseia na hipótese de que nunca acontece nada importante, que a maior parte da existência esteja fadada a ser um tédio.


Preserva tua lucidez, observa o que acontece, observa como tratas o que acontece, observa que o tempo inteiro estás tomando decisões e que o teor de tuas atitudes determina o rumo que as coisas tomam.


Preserva a lucidez, evita te repetir, pois, o tempo não espera por ninguém, ou tu o aproveitas para navegar, ou ele te arrasta.

Labels:


Wednesday, September 21, 2016

 

Oscar Quiroga - 3119

Sem lucidez suficiente


A esta altura da vida já deve ter ficado evidente que nem todos os dias é possível manter a lucidez nem sequer o necessário nível de atenção para que tuas obras sejam primorosas. Isso não é problema. Porém, em dias como hoje, em que tudo parece requerer que tu sejas brilhante e tua alma assertiva, mas não te sentes assim, aí sim tens um problema imediato para resolver. É como entrar no palco e esquecer o que deves dizer ou te atrapalhares tanto que a pessoa frágil aparece mais do que o personagem que deverias representar. Até aí nem haveria tanto problema, se fosses capaz de te livrar do constrangimento por meio de uma tangente cômica, ou se a plateia compreendesse tua fragilidade. O mundo, porém, é mais selvagem do que isso, mas nunca assumirá a crueldade com que trata a fragilidade.

Labels:


Tuesday, September 20, 2016

 

Oscar Quiroga - 3118


HÁ MEDOS E MEDOS...

Prefere conhecer o que te dá medo, faz isso em vez de tentar fugir de algo que, mesmo quando estiveres sonhando, aparecerá para te atormentar. 

Dá um basta às formas sofisticadas e inteligentes de escapar, pois, por trás dos teus medos há um poder que é teu, algo que é o oposto do que sentes quando estás com medo. 


Com a mesma intensidade com que o medo te faz sentir frágil, o que essa fantasmagórica entidade faz é ocultar um poder que te faria sentir no domínio da situação. 


Nem sempre o medo é uma profecia de que algo ruim está para acontecer, muito poucos são os medos que realmente servem para te absteres de continuar em frente.


A maioria dos medos que te atormenta é uma forma de provares teu valor e reclamares da vida a posse de um poder que aumentaria tua capacidade de realização.

Labels:


Monday, September 19, 2016

 

Oscar Quiroga - 3117

Teu verdadeiro desejo


Pensa bem, não terias tempo suficiente para realizar todos e cada um dos desejos que te motivam a imaginar que, aqui e agora, tua vida esteja limitada por não conseguires obter teus anseios. Por isso, para começo de conversa e em nome de não teres tua alma esmagada pela frustração, escolhe um, dentre os milhares de desejos e caprichos, e te dedica a realiza-lo, ciente de que não deves esperar que a sorte te sorria ou de que algo misterioso aconteça, mas que tu és a alma que deseja, portanto, tu também és a alma responsável por realizar o que deseja. Contra isso, que é uma realidade inquestionável, tua mente oporá milhares de argumentos e justificativas em torno das quais te convencerás de tudo ser tão difícil que nunca conseguirás. Se assim for, lamento te dizer, teu verdadeiro desejo é a frustração.

Labels:


Sunday, September 18, 2016

 

Oscar Quiroga - 3116

Leveza e intimidação


Quando sentires que a leveza de outrem te ofende, então saberás que precisas fazer alguns ajustes, porque teu coração se tornou amargo demais para aceitar que, mesmo que tudo seja sério, ainda assim se pode rir e passar bons momentos. Bons irmãos tiram sarro uns dos outros, porque conhecem que por trás da pose de pessoas sérias, ainda estão as crianças que fazem xixi na cama. Não se pode tratar com severidade as piadas e a leveza com que se abordam assuntos sérios, porém, há de se observar, também, que há pessoas que levam isso a extremos grotescos e violentos, ofendendo intencionalmente. Nesse momento a leveza é perdida e a situação se transforma em intimidação feita por alguém de natureza patológica, que sente prazer em diminuir seus semelhantes para reafirmar uma suposta superioridade.

Labels:


Saturday, September 17, 2016

 

A Agenda Facista Global: As Vacinações Obrigatórias


Se você não pode decidir o que vai para dentro do seu corpo, o que te sobrou de liberdade? Vacina não é aquilo que você pensa e que te contaram. Não são as pessoas não vacinadas que são um perigo para as demais, mas o inverso: as pessoas vacinadas são um perigo para as demais, pois foram inoculadas com o vírus da doença que se pretende combater. Uma inversão total dos fatos!

Veja esta estatística do cérebro vacinado:

1983: média de 10 vacinas nas crianças dos Estados Unidos da América.
          taxa de autismo: 1 em 10.000
2008: média de 36 vacinas nas crianças dos EUA.
          taxa de autismo: 1 em 150
2013: média de 46 vacinas nas crianças dos EUA.
          taxa de autismo: 1 em 88

Você acha que isso é apenas uma coincidência? Não há nada com que se preocupar?

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=zLFsrkAQRKI

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 3115


RESPIRA O MISTÉRIO

Amplia tuas perspectivas, pensa além de ti, tua vida não começou na primeira respiração nem terminará no último suspiro. 

Tua presença é um elo de continuidade entre o passado remoto e o futuro fértil.


Nada te obriga, a não ser teus convencimentos equivocados, a permaneceres dentro das limitações que te constrangem e atormentam.


Tu vais precisar continuar lidando com elas, mas não tens obrigação de te convencer de que tua vida se resume a isso.


A cada dia insere em tua mente, intencionalmente, uma ampliação de tuas perspectivas, pensando além de ti, muito além de teu falecimento, no legado que deixarás para as futuras gerações que, pelo sortilégio da reencarnação, talvez sejas tu, novamente, uma delas.


Respira o mistério, que cada célula de ti vibre na eternidade.

Labels:


Friday, September 16, 2016

 

Oscar Quiroga - 3114

Que dramáticos!


Muito tortuosas têm de ser as argumentações mentais e emocionais que te levem ao convencimento de tua presença estar desconectada e isolada do Universo e de teus semelhantes ou diferentes. Por ti passam as sensações de toda nossa humanidade e de dimensões que ainda não nos atrevemos a explorar, se houver um isolamento esse é apenas fruto de nossa ignorância; ao não sabermos decifrar o que sentimos e pressentimos, logo concluímos que estamos desconectados e isolados. Que dramáticos! Um dia ninguém mais vai achar graça em tanto drama e, pelo contrário, acharemos graça e riremos por termos levado tão a sério coisas que, na prática, eram irrelevantes, mas que as transformávamos em pontos cruciais, sem os quais tudo o mais perderia o sentido. Quanta inteligência posta a perder em questiúnculas!

Labels:


Thursday, September 15, 2016

 

Oscar Quiroga - 3113

Alegra-te!

Alegra-te! Não tens escolha, a opressão que sentes é real, tu és uma partícula do Infinito encerrada em limitações. Alegra-te! Já que não podes mudar o que é real e indiscutível. Ao fazer drama em cima de situações que, vistas com distanciamento, se mostrariam irrelevantes, tu te rendes a essa opressão e, inclusive, a aumentas. A não ser que sejas masoquista, é inexplicável que faças isso. Alegra-te! Pois, tuas limitações são temporárias, não lhes outorgues uma importância que elas não têm em si mesmas. Alegra-te! Tu levitas entre o nada e a eternidade o tempo inteiro, essa é a verdade, o resto parece muito sólido e permanente, mas no centro de teu peito há uma faísca de infinito que te autoriza a transcender as limitações e ingressar na realidade que não tem princípio nem fim.

Labels:


Wednesday, September 14, 2016

 

Oscar Quiroga - 3112


OBSERVA AS LUAS VAZIAS

Aproveita o período da manhã para dar um bom encaminhamento aos assuntos que mais te interessem, depois almoça com tranquilidade e te prepara para uma tarde de despreocupação.

Nesse período observa com distanciamento o quanto as coisas degringolam e as pessoas se desorientam, porque inconscientes de que se movimentam e experimentam ser numa dimensão muito maior da que percebem e imaginam haver. 


Enquanto insistem estar no domínio de tudo se submetem a agendas de compromissos desvinculadas do Universo de que são feitas.


São como células cancerosas, que não se importam com o corpo ao que estão integradas, o violentam e, por fim, se autodestroem ao destruir o veículo ao qual pertencem. 


Que o Universo as perdoe, elas não sabem o que fazem! Tu não tens desculpa, observa as Luas Vazias.

Labels:


Tuesday, September 13, 2016

 

Mensagem de Mãe Maria - 15/2016


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Mergulhar nas águas do mundo novo requer, de cada um de vós, total purificação do passado vivenciado na consciência de vossos egos.

O ego somente oferece uma visão limitada e deturpada da realidade a ser vivida por todos vós nesse planeta.

Até este tempo enxergastes falta, limite, culpa, medo, desilusão.

Vossos corpos se limitaram a alimentar o limite, e no limite eles perderam o vigor, abrindo brechas para as doenças e para o envelhecimento, levando-vos ao ápice da decadência onde perecer se tornou natural.

Hoje, neste tempo, vossos egos perderam força, vossas almas começam a se fazer ouvir, e vossas células já não mais se reproduzem com a consciência do limite.

Sim, amados, o limite pode ser ultrapassado por cada um de vós, capacitando-vos a vivenciar tudo aquilo que vossas almas precisam, para que a morte deixe de se uma constante em vossas vidas.

Viver o ilimitado, a plenitude, na alegria que emerge quando a consciência vos impulsiona a um novo patamar de compreensão, onde todas as barreiras se dissolvem, onde inexistem limites para as conquistas que levam ao bem comum, onde a verdade se abre para ser reconhecida e vivenciada no mundo da ação.

A verdade, e só ela, vos revela o propósito de estardes encarnado em um mundo onde as polaridades existem, e precisam ser neutralizadas no equilíbrio daqueles que reconhecem já o caminho da luz.
A luz vos leva ao Pai, e o Pai vos oferece o viver pleno, sem restrições, sem medos ou culpas, sem dores e sofrimentos, sem limites de qualquer espécie; o Pai vos faz antever o mundo novo, aquele onde a palavra igualdade é vivenciada, e o amor é o polo central que atrai os iguais.
Este é o momento de deixar para trás as contradições geradas em um mundo onde tudo se resume em ter.
Buscai, pois, transformar o ter em ser, amados, concluindo a purificação de todos os falsos pensamentos, sentimentos e ações que alimentaram um mundo onde a ilusão se sobrepõe à verdade, onde tudo é finito, onde a alegria é efêmera e sempre se dissolve na tristeza e na desesperança decorrente do findar daquilo que parecia importante para vós.
Resgatar a coragem é fundamental para concluírdes este período de vossa evolução, eis que o falso emerge das profundezas de vosso ser, e o castelo de areia que edificastes, ao longo das eras, desmorona rapidamente, exigindo de vós muita fé e determinação para não vos entregar a inércia que paralisa, mas seguir em frente, agindo, mudando, transformando, buscando corrigir o passado para não ser paralisado pelo presente que exige ação, ação, ação.
Agir deve ser vosso propósito diário, amados, agir sempre, buscando superar a paralisia que decorre da descrença na vossa filiação divina; sois humanos e sois divinos, e é o casamento perfeito dessas duas virtudes que pode vos levar a manifestar a divindade no mundo da ilusão.
É hora, pois, de deixardes que vossas almas sejam as condutoras das vossas ações, para que o agir venha sempre acompanhado das virtudes do divino, onde o amor e o servir estão sempre presentes na jornada de todos os Filhos da Luz.
Bem amados, aproveitai este momento único para seguir em frente, superando as barreiras que criastes, seguindo sempre a voz de vossos corações, mostrando aos vossos irmãos que tudo é possível para aqueles que agem em nome da luz.
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos, e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
SP-13/09/2016-Mensagem de Mãe Maria-15-2016 recebida por Jane M. Ribeiro.

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3111

A irritação


É insuficiente que tenhas vontade de fazer algo se nunca te atreverás a realiza-lo. Em dias como hoje essa incongruência entre teus quereres e tuas atitudes práticas resulta em irritação descomunal, já que há uma oferta mais generosa de combustível cósmico, ao passo que por argumentações morais e falsos pudores emocionais evitas fazer o que desejas. Tenho de te repetir, enquanto existas entre o céu e a terra na qualidade de ser humano a regra continuará sendo: mais vale errares por tentar do que cometeres o erro de te abster de agir. Pensas demais, te emocionas aos montes, mas pouco fazes para que tua vida concreta seja o fiel reflexo de tua vida interior. A irritação não te ajudará, mas te sinalizará o caminho.

Labels:


Monday, September 12, 2016

 

Oscar Quiroga - 3110

Tragédia ou comédia?


A irritação e o pavio curto sinalizarão que hoje tens mais energia disponível, ao passo que as circunstâncias são adversas para realizar o que pretendes. Diante da incongruência o conselho da estupidez será explodires desproporcionalmente como resultado de ninharias. A sugestão da sabedoria, por outro lado, será a de rires com as trapalhadas em que te envolves e que, talvez, tu provoques também. Quando sejas capaz de rir de ti e das bobagens que fazes, então terás atingido um patamar de sabedoria que tornará tua existência melhor, o que se estenderá a todos teus relacionamentos. Rir de ti é necessário, pois, se te levas a sério tens de aceitar que teus movimentos são desengonçados e que, em momentos como hoje, são ainda mais atrapalhados. A vida pode ser comédia, não a transformes em tragédia.

Labels:


Sunday, September 11, 2016

 

Oscar Quiroga - 3109

Descansa tua ambição


Descansa teus músculos, mas também descansa a ambição, porque de tanto cobiçares e de tanto ocultares tua cobiça, tanto quanto te decepcionares por não obteres tuas pretensões, o desespero de veres o tempo escorrer por entre teus dedos te leva, sob tensão, a produzires atos violentos, inclusive contra as pessoas que afirmas amar. Descansa teus músculos, dá férias à ambição, te dedica, durante algumas horas, a desfrutar do que está disponível em vez de ansiares o que ainda não está ao teu alcance. Detém a voragem do descontrole emocional que circula à solta na alma do mundo, à qual tua alma individual está conectada e, por isso, sentes sensações que não sabes interpretar direito, porque não estão relacionadas diretamente a nada que conheces. Descansa teus músculos e descansa tua ambição.

Labels:


Saturday, September 10, 2016

 

Oscar Quiroga - 3108

Beneficia quem desconheces


Podes estar com todos os argumentos prontos para explicar tua decepção e consequente desânimo, porém, isso te levará a personalizar uma angústia que não é tua em particular, é o somatório de todos os desânimos de nossa humanidade. Então, se insistires em personalizar essa angústia te cobrindo de argumentos, tua alma acabará soterrada pela desproporção entre o acontecimento que te diz respeito e o tamanho do desânimo. Tampouco te ajudará fingir que não te importas com o que acontece ao resto da humanidade, tua alma será invadida e assombrada por isso de todas as maneiras, já que não há como isolar-se, o reino humano é um só. O que tu podes fazer é aliviar essa angústia desanimadora, fazê-lo em teu nome e no de pessoas que nunca conhecerás diretamente, mas que podes beneficiar mesmo assim.

Labels:


Friday, September 09, 2016

 

Oscar Quiroga - 3107

Tu és relacionamento


As diferenças que te fazem discordar daqueles que são teus semelhantes, mas que preferes considera-los teus diferentes, demonstram de forma cabal haver vínculos inabaláveis, não importa quanto esforço faças para te distinguir deles ou delas. Em ti convivem a mais abjeta condição do mais baixo e sórdido de nossa humanidade e também a mais elevada e sublime visão e realidade humanas. Tua realidade é essa conexão que de vez em quando te faz despertar no meio da madrugada com o peito apertado por uma angústia estranha. Tua realidade é a conexão que te faz sonhar com beleza sublime. Em ti está o poder de decidir como equilibrar esses aparentes opostos, em ti se decide, a cada instante, qual é a distância entre o céu e a terra. Porém, nenhuma decisão pode te isolar. Tu és relacionamento.

Labels:


Thursday, September 08, 2016

 

Oscar Quiroga - 3106

Muita ajuda é oferecida



Há três coisas que precisas saber e que não encontrarás em nenhum livro escrito por humano algum, essa sabedoria está escrita em cada átomo que fundamenta tua constituição, assim como a de planetas, estrelas e galáxias. A primeira é que uma única Vida subjaz imanente em todas as manifestações diversas do Universo. A segunda é que dessa única Vida que alinhava átomos e galáxias resulta um vínculo de fraternidade do qual nada nem ninguém escapa. Por isso, são vãos teus esforços de te distinguires dos teus semelhantes tanto quanto de te distanciares do que te causa antipatia ou desgosto. A terceira e, talvez, mais importante, é que existes para que estas afirmações não sejam meras hipóteses, mas para que desenvolvas a percepção da realidade cósmica. Muita ajuda é oferecida neste sentido.

Labels:


 

Mensagem de Mãe Maria - 14/2016


Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Abracem a vida, amados, para absorver em vossos corações todas as bênçãos que se derramam em vosso planeta.

O coração precisa receber o “novo”, para por um fim ao sofrimento e à separação.

Permiti, pois, que a porta de vossos corações se escancare, para que possais abrir vossa visão e reconhecer os limites que ainda restam em vossas vidas.

Onde está escondido o limite, amados? Em vossas mentes, em vossos relacionamentos, em vossas ações?

Onde se origina a resistência que vos mantém distantes da plenitude? No medo, na desconfiança, no apego, na ilusão de que o sofrimento é a única porta para a salvação?

É tempo de recordar o exemplo legado por vosso irmão, Mestre Jesus.

Ele renasce, mais uma vez neste tempo trazendo as bênçãos da Era da Liberdade, oferecendo-vos o suporte de Sua experiência, para que possais resgatar fé, tolerância, amor e paz em vossas vidas.

A fé, alimentada pela tolerância e pelo amor, vos devolve a verdade de vossa filiação e herança divinas, e elas precisam ser manifestadas agora, para possibilitar o retorno da paz e da fraternidade entre os homens na Terra.

É tempo do emergir do homem crístico, o homem que não se deixa envolver pelo medo, o homem que não permite a entrada da desconfiança, o homem que resgata seu passado na compreensão que os erros do passado não se repetirão em suas novas escolhas se estiver consolidada a unidade perfeita entre suas mentes e corações.

Mente e coração em uma mesma sintonia, eis o segredo para dissolver medos, dores, doenças, limites; eis o caminho da liberdade disponível para todos vós.

Entregai-vos, pois, a este novo momentum, e agarrai esta oportunidade única que a vida vos oferece, a oportunidade de compreender o passado, transformar o presente e permitir que o futuro traga a realidade da integração de todos os seres, na comunhão perfeita de todas as mentes e corações.

Que o “novo” encontre cada um de vós totalmente purificado do peso de um passado onde as experiências foram sustentadas na cegueira imposta por vossos sentidos físicos, e que elas possam se dissolver no agora da vida de todos aqueles que aceitam o desafio de dissipar o véu da ilusão, e assumir sua responsabilidade na construção de um mundo onde a frequência se resume na manifestação do puro amor.

Bem amados, que vossas orações alimentem a verdade, e na verdade todos ousem encontrar o seu caminho no resgate da Luz.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe. 

SP-05/09/16-Mensagem de Mãe Maria-14-2016 recebida por Jane M. Ribeiro.

Labels:


Wednesday, September 07, 2016

 

Oscar Quiroga - 3105

Servidor da humanidade


Todo esforço que fizeres para te distinguir dos teus semelhantes será em vão, pois, vivemos todos numa época em que o regime de castas foi demolido e, mesmo que subsista de várias maneiras ao redor do mundo, isso acontece por inércia, ou seja, acabará inevitavelmente a distinção entre as pessoas, seja pela cor da pele, por religião, por medidas de inteligência ou quantidade de bens materiais. Só há uma maneira de obteres distinção e essa se fundamenta na percepção clara e consistente, de forma prática, de que a única Vida de todas as vidas é imanente em todos os seres e objetos, de onde resulta um vínculo de fraternidade. Por isso mesmo não há nada que possa distinguir um ser humano do outro. A percepção desse vínculo te distinguirá, mas também te tornará um servidor da humanidade.

Labels:


Tuesday, September 06, 2016

 

Oscar Quiroga - 3104

Reconhece teus instrumentos


Tu nunca conseguirás deixar de sentir o que sentes, porém, está ao teu dispor o poder de decidir o que fazer com tuas percepções. Reconhece os instrumentos que são inerentes à tua humanidade, interrompe o equivocado conceito que te faz insistir em ser uma vítima dos acontecimentos, como se tudo simplesmente acontecesse e tu não tivesses como fazer acontecer o que te interessa. A Vida de nossas vidas é o fio que nos conecta, nossas sensações confirmam essa conexão, o tempo todo sentimos o que toda nossa humanidade está produzindo. Isso é inevitável, mas nenhum de nós tem obrigação de naufragar nesse oceano de sensações aumentando o grupo das patologias psicológicas. Da mesma forma com que somos invadidos por péssimas sensações podemos, também, devolvê-las ao mundo melhoradas e aliviadas.

Labels:


Monday, September 05, 2016

 

Oscar Quiroga - 3103

EXORCIZA A ANGÚSTIA

Exorciza sumariamente toda e qualquer angústia que te assombrar logo que despertes, quaisquer problemas e dificuldades que tenhas de enfrentar durante a semana não merecem a proporção dessa angústia, ela não é tua, é o somatório de terrores de nossa humanidade que, ignorante das conexões que a Vida de cada vida estabelece, se equivoca imaginando estar só, lançada à própria sorte e que essa, certamente, seria uma desgraça. 

Devolve essa angústia ao mundo, porém, não sem antes depositar nela uma semente de alívio.

Alguém em algum lugar do mundo está fazendo isso por ti todos os dias sem saber teu nome nem o lugar em que moras, tu te beneficias com a irradiação de luz de essas pessoas. 

Une-te a elas, interrompe a corrente de angústia que só terá fim quando todos decidamos interrompê-la.

Labels:


Sunday, September 04, 2016

 

Oscar Quiroga - 3102

DINÂMICAS INEVITÁVEIS

Há dinâmicas que são inevitáveis, a despeito de nós não as apreciarmos. 

Por exemplo, ao não termos encontrado uma forma de nos exercitarmos na coordenação das duas realidades com que nossa consciência precisa lidar e administrar, objetiva e subjetiva, o resultado disso também é o de não encontrarmos a nós mesmos.

Aí, quando buscamos nos relacionarmos com alguém, em vez de buscar outrem, buscamos a nós mesmos e como não nos encontramos previamente, o relacionamento com outrem é fundamentado na dinâmica do desencontro, não importa quão boas sejam as vontades envolvidas nem quão puras sejam as intenções.


Assim terminam mal os relacionamentos que começam bem.

Se queres provar teu amor a outrem, começa e termina cada dia exercitando tua consciência no equilíbrio das vidas subjetiva e objetiva.

Labels:


Saturday, September 03, 2016

 

Oscar Quiroga - 3101

A TERCEIRA INSTÂNCIA


O verdadeiro sentido da afirmação de que não poderias te relacionar bem com outrem até que te relaciones bem com tua própria alma é que, sem coordenar e sincronizar tuas vidas subjetiva e objetiva não compreenderias o que é relacionar-se com outras pessoas. Essa descoordenação, apesar de normal, não por isso é saudável e te torna incoerente e todas tuas atitudes são ambíguas por isso. Na dinâmica do relacionamento com outrem essas incoerências se multiplicam e nenhuma discussão conseguiria resolvê-las. Parte do princípio de que, a todo momento, tua consciência precisa se haver com dois mundos, objetivo e subjetivo, que não estão fadados a existir em conflito, porque tu, como consciência, és a terceira instância, capaz de construir uma ponte e outorgar equilíbrio.

Labels:


Friday, September 02, 2016

 

Oscar Quiroga - 3100

MESTRIA NAS OBRAS


Enquanto não houver mínima coordenação entre tuas vidas subjetiva e objetiva, interiormente cultivarás fantasias, algumas belas, outras perversas, que te desorientarão e motivarão a que, na vida objetiva, empreendas atividades decepcionantes, ao passo que as essenciais tenham de ser repetidas uma e outra vez, porque os resultados são pífios. Me perdoa, porém, devo te dizer algo que não é segredo, mas que tampouco é dito com todas as letras: a vida não é assim, tu não nasceste humano para te acomodar nessa descoordenação toda. Todas as decepções e regozijos te conduzem a um só objetivo, tua alma ser dona de seu próprio destino, coordenando tuas vidas objetiva e subjetiva a tal ponto que isso se manifeste pela mestria de tuas obras. A coordenação é mestria nas obras.

Labels:


Thursday, September 01, 2016

 

Oscar Quiroga - 3099

REGOZIJA-TE NO QUE ÉS


Ouves repetidamente que está em ti o poder de mudar para melhor tua vida, mas em vez de isso te libertar acaba agregando um peso enorme e te isola ainda mais num complexo de inferioridade por teres de lidar com o conhecimento de todo o poder que buscas estar em ti, mas seres incompetente para acessá-lo. Pois é! Então tira de ti esse peso, não precisas dar satisfação a ninguém; se erras, se tuas atitudes são desengonçadas, se mesmo seguindo à risca os segredos de prosperidade que dão certo por aí tu continuas na pindaíba, pelo menos uma coisa podes fazer e nessa terás sucesso. Diz um não sonoro à culpa que te atormenta! Tu não precisas ser grande, tu podes ser pequeno; tão fundamental, imprescindível e inestimável como um átomo é. Regozija-te no que és, não faças comparações

Labels:


Wednesday, August 31, 2016

 

Oscar Quiroga - 3098

ATIVIDADES SUBJETIVAS

Para te exercitares na proeza de coordenares tuas vidas subjetiva e objetiva tens de saber alternar as atividades representativas de cada um desses mundos, em primeiro lugar para conhece-los a fundo e constatar suas realidades, em segundo lugar para superar a dicotomia da oposição, como se ambos estivessem fadados a viver em conflito.

Precisas saber, por isso, que apesar de viveres numa civilização cujas regras não contemplam horários para as atividades subjetivas, só para as objetivas, o Universo te concede autorização para que sejas maior do que a civilização. 


Encontrarás em todos os períodos de Lua Vazia essa autorização e te convirá aproveitá-los para, por exemplo, colocar em dia tuas orações, estudos e diálogos sinceros e descompromissados. 


Essas são atividades subjetivas.

Labels:


Tuesday, August 30, 2016

 

Oscar Quiroga - 3097

INTENSA IRRADIAÇÃO

Uns parecem mais do que são, outros parecem menos do que são; raras, porém, são as pessoas que encontrarás por aí em que as vidas interior e exterior estão tão bem coordenadas que seus atos representam com fidelidade o universo subjetivo de pensamentos e emoções. 

Essa coordenação fina torna essas presenças intensas demais para passarem despercebidas e, talvez, tu não atines a entender que mistério haveria por trás delas, nem tampouco a fonte de onde provém tão vibrante carisma.

Pode te parecer que elas sejam especiais, ou que tenham sido abençoadas por alguma graça, ou que a sorte lhes sorria.

Precisas saber que essa irradiação intensa e graciosa não lhes foi concedida por nada nem ninguém, resulta do esforço constante que empenharam em coordenar suas vidas objetiva e subjetiva.

Labels:


Monday, August 29, 2016

 

Oscar Quiroga - 3096

A COORDENAÇÃO


Enquanto não deres à tua vida subjetiva o mesmo status de realidade que outorgas à vida objetiva, não terás como coordenar devida e harmoniosamente esses dois mundos com os quais tua consciência precisa lidar e administrar. A falta dessa coordenação te torna incoerente, todos teus atos são parciais, tuas opiniões são ambíguas e, por isso, precisas repetir de forma incessante as mesmas experiências, como se a história estivesse fadada a se repetir, o que não é verdade, ou melhor, é uma verdade parcial, como tudo o mais que é calcado na falta de coordenação entre as vidas subjetiva e objetiva. Nada há de mais importante do que te esforçares constantemente em nome dessa coordenação, pois, dela depende tudo que queres ser, é nela que se fundamenta a perspectiva de seres algo mais.

Labels:


Sunday, August 28, 2016

 

Oscar Quiroga - 3095

Experiência transcendental


Oferece, em sacrifício, tua vontade, teu desejo e tua ação ao que de mais puro, elevado e sublime consigas conceber. Permite que teus olhos enxerguem a plenitude da Vida se distribuindo graciosamente através de todas as entidades e objetos, independentemente de tuas preferências e antipatias. Por um momento, deixa de lado essa oscilação, tu não precisas reprimi-la nem tampouco esvaziá-la, apenas não lhe prestar atenção. Assim consagrarás teus sentidos e percepção para que o mais puro, elevado e sublime se aproprie de teu conhecimento, desejo e ação, te fornecendo uma experiência que transcende qualquer regozijo que tu tenhas conquistado no passado através da satisfação de desejos. Essa experiência está disponível a quem quiser, mas não acontece de forma automática, é preciso exercitá-la.

Labels:


Saturday, August 27, 2016

 

Oscar Quiroga - 3094

Crescer e diminuir


Tua real chance de prosperar consiste em fazeres tudo o necessário para ser maior do que ti, pois, enquanto imaginares tua prosperidade orbitando em torno da satisfação de teus desejos, continuarás também sendo menor do que poderias ser. Eventualmente prosperarás assim mesmo, teimando em ser menor do que poderias ser, mas esse estado será temporário e te atormentará com a perspectiva de um dia acabar. Ser maior do que ti não é um enigma impossível de decifrar, a todo momento tens em tuas mãos essa oportunidade, pois, quando percebes uma necessidade e a supres, mesmo que não a desejes, nesse momento te tornas maior do que ti. Ao contrário, quando insistes em satisfazer teus desejos na mão oposta das necessidades que se apresentam, nesse momento te tornas menor do que poderias ser.

Labels:


Friday, August 26, 2016

 

"A vida só vem da vida, e da morte só vem morte"


Esta frase foi supostamente dita por Jesus [1]. Já comentei sobre ela em várias ocasiões neste blog. Mas, devido à sua importância, volto novamente a tirar novas conclusões sobre ela. Vou escrever esta frase em uma forma mais explícita: "A saúde e a vida só vem da vida (de coisas vivas) e da morte (de coisas mortas) só vem doenças e morte". Vejamos o que podemos concluir disso.

Primeira conclusão: o planeta Terra é um organismo vivo, pois dele vêm coisas vivas, como a vegetação. A frase inicial de Jesus foi dita no contexto de saúde humana: um doente foi pedir a Jesus o que deveria fazer para recuperar a saúde. Resposta de Jesus: "Não matarás a comida que levares à boca" (uma das interpretações válidas do mandamento bíblico "Não matarás"). Jesus explica o que é "matar a comida": passar o alimento por uma temperatura acima da temperatura do seu corpo físico, isto é, cozinhar no fogão (ou microondas) os alimentos que vão ser ingeridos posteriormente. Esse procedimento elimina as enzimas do alimento, necessárias para a digestão adequada desse alimento. Conclusão: deve-se ingerir apenas alimentos crus (vivos), cheios de enzimas digestivas. Comer carne de qualquer animal é duplamente desaconselhável: mata-se o animal inicialmente e mata-se novamente ao cozinhar (ou queimar, como no famoso "churrasco") sua carne; prejuízo duplo para a saúde!

Outro ponto extremamente importante: não deveríamos tocar constantemente nosso corpo com coisas mortas. Ter relação sexual com outra pessoa viva é, portanto, algo salutar, se não houver excessos. Andar calçado (algo morto) a maior parte do tempo é algo prejudicial à nossa saúde. Procure ficar descalço, sempre que possível (como os japoneses, dentro de casa). Ficar com roupa (algo morto) a maior parte do tempo é prejudicial à saúde (transforme sua casa num campo de nudismo). O colchão onde você dorme também é algo morto. Tudo o que você não pode engolir, por te prejudicar a saúde, também não deveria entrar em contato com a sua pele, como shampoo, sabonete, cremes faciais, desodorante, creme dental, detergente, água sanitária, etc. A água pura você pode engolir e, portanto, você pode tomar seus banhos com ela sem prejudicar sua saúde.


Referência:
[1] Edmond Bordeaux Szekely, "O Evangelho Essênio da Paz (no  Livro I)", Editora Pensamento, São Paulo, 2005.

Labels: ,


 

Oscar Quiroga - 3093

Preferências e antipatias


Tu tens tuas preferências e antipatias, nada mais normal do que isso. Porém, a todo momento tu encontras oportunidades de transcender essa oscilação e essas se apresentam na forma de necessidades, porque o Universo é um sofisticado sistema de distribuição de Vida que, independente de preferências e antipatias, supre as necessidades que surgirem em quaisquer formas que se apresentarem. Imagina só se o Universo também tivesse suas preferências e antipatias e o que tocaria a ti se eventualmente tu caísses na desgraça de sua onipresença não te preferir? Tudo que existe responde a uma necessidade e, enquanto essa persistir, a Vida se distribuirá através dessa presença. Tu continuarás tendo tuas preferências e antipatias, mas essa oscilação impedirá que compreendas a verdade.

Labels:


Thursday, August 25, 2016

 

Oscar Quiroga - 3092

Transcendência


Nunca saberás antecipadamente o resultado de teus atos, não importa que oráculos, videntes ou astrólogos consultes, é inerente à tua humanidade que tenhas de lidar com a incerteza. Essa realidade não há de ser considerada um castigo, mas a oportunidade de constatares, através dos resultados, que há ações que te diminuem enquanto há outras que te engrandecem, porém, ainda mais importante do que tua diminuição ou engrandecimento será o entendimento de que há ações que são necessárias. Teus desejos te fazem ter preferências e antipatias, mas as necessidades te apontam um caminho de transcendência, mediante o qual tu te conectas a uma dimensão mais abrangente e sofisticada de experiências. Essa é tua oportunidade.

Labels:


Wednesday, August 24, 2016

 

Oscar Quiroga - 3091

Supre necessidades


Enquanto continuares consagrando a maior parte do teu tempo a satisfazer teus desejos, o pressentimento de teres de te integrar a algo maior continuará sendo uma potencialidade conjugada em tempo futuro. Cada solitário instante é uma oportunidade para, não apenas te integrares a algo maior e com isso suprires a necessidade que chamas de espiritual, como também ingressares no caminho da prosperidade que tanto anseias, mas que tão pouco fazes acontecer. Essa prosperidade nunca será fruto de qualquer desejo, pois, ainda que eventualmente isso aconteça, ela será temporária. A prosperidade com que sonhas resulta de te integrares ao funcionamento do Universo em que te movimentas e experimentas ser, o qual é uma complexa arquitetura de necessidades. Supre necessidades em vez de satisfazer desejos.

Labels:


Tuesday, August 23, 2016

 

Oscar Quiroga - 3090

Desejos e necessidades


Desejos são motivações particulares, necessidades conectam tua presença a um conjunto maior e mais sofisticado de experiências. Nem sempre desejas o que é necessário fazer, porque não compreendes que o bem maior possa ser mais importante do que teu bem em particular. Ainda que apregoes o amor ao próximo e que ergas teorias de o quanto o mundo precisa ser mais pacífico, enquanto colocares teus desejos acima das necessidades tu não serás um agente de verdadeira mudança desse mundo que está aí. Não é pecado satisfazeres teus desejos, mas quando teimas em fazer valer mais teus desejos do que o suprimento das necessidades que percebes, aí sim tua presença atenta contra o bem comum. Nem sempre desejas o que é necessário, nem sempre é necessário o que desejas. Assim é a desconexão.

Labels:


Monday, August 22, 2016

 

Oscar Quiroga - 3089

As oportunidades


As oportunidades não se perdem, mas se renovam, só que quando tu não as aproveitas na hora em que aparecem, depois se tornam mais dramáticas para atrair tua atenção. Enquanto tu te lamentas porque o destino não te sorri com facilidades nem nada de bom ou glorioso te acontece, ao teu redor estão todos os instrumentos que precisas para prosperar, além de tu também ser um desses instrumentos. Entende de uma vez por todas, é inerente à tua humanidade que tu tenhas de inventar a forma de fazer uso dos ingredientes disponíveis para prosperar, essa é uma lei insuperável, tu não podes te posicionar num lugar em que dependas da sorte e imaginar que essa postura resultaria em qualquer outra coisa que decepção e sofrimento. Estás aqui para provar teu valor e cada solitário instante te fornece as oportunidades.

Labels:


Sunday, August 21, 2016

 

Oscar Quiroga - 3088

TUDO ESTÁ MELHOR


Está tudo melhor do que te parece, mas te pesa o somatório de preocupações e angústias que a espécie à qual pertences está produzindo a todo momento e, por isso, sentes que se avizinha um cataclismo. É preciso que saibas que o mundo não está no fim nem tampouco um desastre de proporções planetárias ajudará nossa humanidade a zerar tudo e recomeçar. Está tudo melhor do que te parece; hoje em dia, apesar dos radicalismos que surgem acolá, os relacionamentos humanos são muito mais sofisticados e há um mínimo de respeito pela vida alheia. Pode te surpreender esta afirmação, mas é necessário que medites profundamente a respeito de como eram as coisas há um século atrás e como são agora. O convencimento de tudo estar errado não ajuda a ti nem tampouco a acelerar o processo de melhora em andamento.

Labels:


Saturday, August 20, 2016

 

Oscar Quiroga - 3087

BRINCANDO


A Vida de tua vida te convida a brincares com ela nos campos infinitos onde te movimentas e experimentas ser. Para que te levas tão a sério? Quando deixaste de acreditar no olhar inocente que buscava profundidade em grãos de areia e personificava entidades em plantas e pedras? Perdeste a vontade de brincar e junto com ela se perdeu tua criatividade, esse fogo cósmico que te permite ser maior do que quaisquer limitações e constrangimentos. Este é o momento em que, por tudo estar de pernas para o ar, tu podes, com uma gargalhada cristalina, tão luminosa que nenhuma sombra a enfrentaria, romper o encantamento vil que te aprisiona. A Vida de tua vida te convida a brincares com ela, se manifesta através de teus olhos e de todos os sentidos, físicos e sutis. Permite que a Vida enxergue através de ti.

Labels:


Friday, August 19, 2016

 

Oscar Quiroga - 3086

POR TRÁS DA DESORDEM

Permite a desordem, pois, essa atitude te servirá para verificares que nem sempre é necessário estar no comando da situação, controlando todos os detalhes. 

Há momentos, como este, em que são tantas as coisas que acontecem ao mesmo tempo, te desorganizando, que se tu corresses atrás de manter tudo em ordem, só te estressarias. 


Permite a desordem, ela pode ser incômoda, porém, pior seria que concentrasses tudo em ti na tentativa de não perder o controle. 


Descontrola-te, permite a desordem, ela não é de uma estética agradável, mas te apresentará tudo que não se sustenta mais por si só e que precisa ser substituído por uma administração mais eficiente.


Este é o momento em que tu tens a chance de descobrir essa administração, que está, por enquanto, oculta por trás da desordem.

Labels:


Thursday, August 18, 2016

 

Oscar Quiroga - 3085

TEU SERVIÇO


Ainda que te isoles no mais recôndito dos esconderijos da Terra, não poderás deixar de sentir o que nossa humanidade produz, pois, tua alma individual é parte integrante da alma do mundo. Essa perplexidade que te acomete diante das incongruências que percebes é a perplexidade que nossa humanidade sente ao constatar que chegou ao ponto de ruptura com um modo de fazer as coisas, mas que ao mesmo tempo não sabe como fazer para conduzir o mundo na direção de uma maneira mais sábia de administração. Tudo passa por ti, mas tu não precisas prender as ideias e sentimentos em ti, o que tu precisas é plantar uma semente de leveza em todas as angústias que sentires para, ao devolvê-las ao mundo, elas não sejam tão sinistras quanto foram quando passaram por ti. É um serviço que tu podes prestar.

Labels:


Wednesday, August 17, 2016

 

Oscar Quiroga - 3084

EXPERIÊNCIA DEGRADANTE


Olha nos olhos do que te atormenta, assusta o que te assusta, sufoca o que te sufoca, te ergue sobre a dignidade do que te faz viver, tu és a entidade que nasceu entre o céu e a terra para conhecer a verdade. Viver com medo é uma experiência degradante, é um silencioso desespero que circula na alma de nossa humanidade e que não poupa ninguém. Tu não deves te curvar a essa experiência, pois, por mais avassaladora que ela te pareça, o medo tem medo do momento em que tu te ergas e olhes fundo nos seus olhos declarando que a partir desse momento tu não te curvarás mais a ele nem tampouco seguirás seus conselhos, sempre insidiosos, te dando a ideia de que precisas do medo como se esse fosse a intuição que te avisasse dos perigos do caminho. Cuidado com as armadilhas sensatas do medo.

Labels:


Tuesday, August 16, 2016

 

Oscar Quiroga - 3083

A LEVEZA

A leveza que anseias experimentar não está vinculada a um retiro do mundo em lugares paradisíacos, tu mereces experimentar esse ambiente, mas não fantasies que esse seria teu objetivo final, que lá as coisas se acertariam para sempre. Nesse ambiente paradisíaco estarias tu e todas as outras pessoas que carregam seus dilemas e dificuldades de percepção, o que resulta em conflitos constantes nos relacionamentos que desenvolvem. A leveza que anseias experimentar está vinculada estritamente ao momento em que aceitares tudo que te acontece, sem achar que nada é castigo nem tampouco recompensa, mas o cenário em que tens a chance de demonstrar teu valor. Tu hás de ser incansável, em vez de te convencer de que tua alma está esgotada e precisa ter como objetivo o descanso interminável.

Labels:


Sunday, August 14, 2016

 

Oscar Quiroga - 3082

EQUILÍBRIO


Tu sonhas porque uma parte de ti comunga no infinito e desconhece limites. Outra parte de ti está no outro extremo da manifestação, é feita de limitações, não acredita haver nada parecido com total liberdade. Tu és a entidade que está a meio caminho entre o infinito e o constrangimento das limitações e te cabe buscar o equilíbrio. Alguns te dirão que a realidade é o infinito e que as limitações são ilusórias. Com a mesma autoridade outros te dirão que falar de infinito é balela, que a vida é isso aí que termina com o falecimento. Precisas saber que tu és a entidade que precisa equilibrar esses opostos através de decisões criativas, pois, não está escrito em lugar algum qual seria a fórmula para isso, tu precisas descobri-la e praticá-la a todo momento de tua existência.

Labels:


Saturday, August 13, 2016

 

Oscar Quiroga - 3081

IMAGINAÇÃO E REALIZAÇÃO


Dentre tudo que imaginaste e que te tomou tempo e recursos energéticos para te regozijar com a perspectiva de realizar, quanto concluíste? Pouca coisa, certamente, muito menos do que a imaginação produziu. Isso não seria problema, não fosse que cada uma dessas imaginações que te fertilizou com entusiasmo de realiza-la, ao não ser concluída se voltou contra ti na forma de uma decepção que foi se somando a todas as outras. Esse é teu silencioso desespero, mas não precisas estacionar nele, o que tu precisas é te focar naquilo que tiver verdadeiras chances de realização. Usa teu discernimento, não espera que a Vida, com seus misteriosos mecanismos venha a te demonstrar que a distração tomou conta do teu ser, te oferecendo problemas que te ajudem a focar novamente no que vale a pena.

Labels:


Friday, August 12, 2016

 

Oscar Quiroga - 3080

O FOCO


Talvez seja necessário te refrescar a consciência, não vieste ao planeta Terra a descanso, mas a te conectar com esse Algo Maior que pressentes. Não importa que não tenhas encontrado uma forma consistente de fazer essa conexão, não importa que em muitos casos tenhas te abandonado sob a duvidosa autorização de raciocínios intrincados mediante os quais tentas te convencer de que esse pressentimento é apenas imaginação, algo que não deverias valorizar. O que importa é que comeces a pensar baseando-te na hipótese de que nenhum dos problemas que te afligem são castigos por algo que fizeste errado. Esses problemas têm um único destino, fazer com que te foques novamente no que importa, fazer com que superes o estado distraído em que existes, como se tivesses todo o tempo ao teu dispor.

Labels:


Thursday, August 11, 2016

 

Oscar Quiroga - 3079

LUA VAZIA PARA DESCANSAR


No exato instante em que tua ansiedade te convencer de tudo estar atrasado e não teres tempo disponível para fazer o que deves ou desejas, respira fundo e te dedica a observar ao teu redor o comportamento de teus congêneres. Verificarás que está tudo de pernas para o ar, que as coisas simples que normalmente sequer são notadas, porque feitas automaticamente, até essas parecem se complicar. Pois é, a Lua está Vazia e se nossa humanidade não teimasse em pretender ser objetiva quando o clima cósmico não serve para isso, tudo seria agradável e sereno. Porém, como nossos calendários estão fora de sincronia com os movimentos cósmicos que os referendam, tentamos funcionar como máquinas. Só que não somos máquinas; independentemente de ser horário de trabalho, a Lua Vazia é para descansar.

Labels:


Wednesday, August 10, 2016

 

Oscar Quiroga - 3078

DOÇURA


Há certa doçura até no mais gélido dos infernos, tu podes verificar isso a qualquer momento em que te encontres sob o peso dos mais indizíveis tormentos. 

Porém, só encontrarás essa doçura driblando a tua raiva e, principalmente, a fonte dessa raiva, que é o convencimento de te encontrares onde estás como resultado da culpa de outrem. 


O abraço cálido e amistoso só te será oferecido quando demonstrares tua vulnerabilidade, pois, uma corrente universal funciona para te proteger.


Por isso mesmo, se tu, em vez de buscar essa proteção te dedicas a infernizar teus semelhantes e diferentes, nunca serás capaz de experimentar essa doçura. Um aviso, porém, não cometas a tolice de demonstrar tua vulnerabilidade a aqueles assanhados em buscar culpados e vítimas para descarregarem suas raivas.

Labels:


Tuesday, August 09, 2016

 

Oscar Quiroga - 3077


ALMAS CONTURBADAS


Se tu és uma alma conturbada, de pouco te adianta espalhar perturbação por aí para que todo mundo se contamine com teu estado de ânimo de duvidosa reputação. 

Busca boas companhias, aquelas que te arranquem o riso que está soterrado sob tuas preocupações e raciocínios cheios de ressentimento, um que nem te atreves a confessar. 


Um pouco de conforto, a estrada é longa e não está fácil para ninguém, nem para ti. 


Escuta, porém, se teu conforto é saber que provocas desconforto em teus semelhantes e diferentes, tens de saber que não há castigo para ti, ninguém pode te fazer sentir culpa por fazeres o que gostas.


Contudo, essa tua atitude vai contra o próprio funcionamento do Universo em que te movimentas e experimentas ser e, cedo ou tarde, verificarás tua profunda solidão.

Labels:


Monday, August 08, 2016

 

Oscar Quiroga - 3076

Sinfonia Cósmica


Pela manhã, que se irradie o centro divino do teu coração, que reine o frescor absoluto e puro, que se reproduza o mistério das cores pelas paredes da tua casa e de teu lugar de trabalho, que belezas insólitas surjam em lugares especialmente feios. Que não restem ângulos descabidos nos encaixes e que saibas resolver as insolvências, calculando com tranquilidade a matemática do dia. Pelas ruas, que se definam caminhos e que os amigos sejam devidamente ouvidos. Que se mantenham alimentados animais domésticos, os jardins molhados, as casas e os espíritos claros. Poderás, então e somente então, receber o convite de uma alma conturbada e tu a farás ter riso fácil. Vive tua vida como uma constante sinfonia, participas de uma coreografia de dimensões cósmicas que te convida a dançar o tempo inteiro.

Labels:


Sunday, August 07, 2016

 

A Oração Mântrica



1.  EU SOU a Divina Presença em Ação

2.  EU SOU o Poder, a Sabedoria e o Amor

3.  EU SOU a Porta Aberta que Nada nem Ninguém poderá Fechar

4.  EU SOU o que EU SOU

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3075

Age como a vida


Confia, a Vida de tua vida te protege e incentiva a prosperar, porém, tu precisas reconhecer que ela só te protegerá e incentivará a prosperar na mesma medida em que tu também agires como ela, protegendo teus semelhantes e diferentes, incentivando tudo e todos a prosperar mediante tua prosperidade. Age como a Vida de tua vida age através de ti e experimentarás o que, por enquanto, buscas como alguém que deseja a luz ao passo que flerta com as sombras. Está tudo aí, disponível, em apenas uma de tuas células há mais energia da que poderias usar em toda tua existência. É tudo acessível, mas tu precisas fazer uso de tua consciência para construir com persistência e firmeza de propósito a ponte que faça a Vida de tua vida se expressar com plenitude através de tua presença.

Labels:


Saturday, August 06, 2016

 

Oscar Quiroga - 3074

Mentira


A mentira é um recurso de duvidosa reputação, por isso não deverias te meter com ela, a não ser com a obscura motivação de, um dia, ela se voltar contra ti. Isso acontecerá, não deverias ter dúvida alguma a esse respeito, pode demorar tanto que tu percas o fio da meada e te consideres a salvo dos seus efeitos nocivos, mas a mentira te trairá, ela é de duvidosa reputação, não deve fidelidade a ninguém, só à traição, se é que me entendes. É um estranho recurso esse da mentira, só perdura porque nossa humanidade finge que não sente o que sente, que não pode intuir o que os outros pensam, que a mente seja impenetrável e individual. Experimenta passar uma semana inteira te monitorando para não dizer nenhuma mentira.

Labels:


Friday, August 05, 2016

 

Oscar Quiroga - 3073

A verdade é simples


A Vida de tua vida é o poder que vê através dos olhos de todas as entidades do Universo, é a conhecedora, a fazedora de todos os mundos, a provedora de toda a energia para que tudo prospere e atinja o objetivo que lhe seja inerente. A verdade é simples, por que nossa humanidade não utiliza seu poder de ver para sintonizar-se com o poder que vê através de seus olhos? A resposta também é simples, porque nossa humanidade prefere destacar as diferenças e fingir que não há um fio de Vida que conecta todas elas. Não admira que sobre a simplicidade com que o Universo funciona nossa humanidade só complique nem que tenha inventado um sistema econômico que produz dificuldades para tornar nossa humanidade dependente das facilidades que supostamente lhe servirão para superar os problemas inventados.

Labels:


Thursday, August 04, 2016

 

Oscar Quiroga - 3072

A construção da ponte


O fio da Vida de tua vida que conecta tua presença a todas as entidades e objetos do Universo, infinitesimais e infinitos, está aí. Por que tu não o enxergas? Porque estar aí não é suficiente, tu precisas construir o fio do entendimento dessa realidade, esse é o trabalho de consciência que te faz humano. Todas as experiências te conduzem a isso, nada é descartável, tuas alegrias e penas, se aproveitadas, servem como instrumentos eficientes para que, apoiando-te sobre a realidade de que a Vida de tua vida conecta tudo e todos, tu construas uma ponte entre essa verdade e tua ignorância que impede a visão de como as coisas são e funcionam. Enquanto não construíres essa ponte continuarás imaginando que estás à deriva, sem ninguém e com a alma desprovida dos recursos que a Vida oferece.

Labels:


Wednesday, August 03, 2016

 

Mensagem de Mãe Maria - 13/2016


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Tempo de liberação, tempo de perdão, tempo de reconquistar a liberdade, tempo de consolidar o amor em vossas vidas.

O amor não desabrocha nos corações que carregam mágoas, tristezas, dores que não cicatrizaram, dada a ausência do perdão.

Só perdoa aquele que reconhece que o amor é o único caminho para a conquista da redenção, e o amor emerge quando a compreensão se faz presente, mostrando que tudo tem um por que, eis que tudo que se revela em vossas vidas é resultado de vossos erros e acertos ao longo da jornada.

Quando o perdão se faz presente, a vida readquire a beleza contida em todas as manifestações de vida, permitindo entender que cada um aí está para cumprir uma missão, e é na diversidade resultante das escolhas de cada um que o divino se revela, e perceber o divino em tudo e em todos é o grande desafio de todos vós.

Nada e nem ninguém é bom ou ruim em essência.

Todos são filhos do mesmo Pai, todos são irmãos que buscam a verdade, e na verdade precisam reconhecer que o ódio, o rancor, a mágoa só servem para aumentar o fosso da separação que torna a todos vulneráveis às desavenças que geram desentendimentos, que fomentam as guerras, que exercitam a barbárie que levam à matança inútil de tantas formas de vida.

Sem amor a vida perde o sentido, a desolação invade corações, a tristeza alimenta a desesperança, e a solidão emerge triste e sombria, isolando os iguais, alimentando o pensamento que engrossa a separação e faz crescer o desentendimento.

A vida tem cobrado um preço alto para os Filhos da Terra que se recusam a compreender e perdoar.

O não perdão corrói as entranhas de vossos corpos, gerando doenças, revolta, dor e sofrimento, engrossando o véu da escuridão que torna impossível o manifestar do amor.

Só existe uma saída para o mergulho na energia amorosa que alimenta a vida, devolve o equilíbrio e faz renascer a esperança, e a saída passa necessariamente pela manifestação do perdão.

Perdoar, eis o sentimento que necessita brotar em todas as mentes e corações dos Filhos da Terra.

Perdoar a tudo e a todos para ver dissolver a espessa camada de escuridão que não vos permite enxergar a luz do sol que aquece e alimenta a vida.

Perdoar para resgatar a liberdade de seguir em frente com o coração leve e a mente limpa.

Perdoar para ser perdoado, perdoar para seguir em frente, reconhecendo em cada habitante da Terra o irmão que vos serve de espelho para que possais enxergar a verdade e buscar alimentá-la em vossas vidas, para que possais assumir vossa responsabilidade sobre todos os eventos que se apresentam na vossa longa caminhada.

Bem amados, que possais compreender que este é o momento de orar, perdoar e amar, momento que vos permite reencontrar o caminho de volta ao LAR.

Que vossas orações alimentem a energia da compreensão, para que o perdão se faça presente na vida de vossos irmãos, permitindo o desabrochar do amor incondicional em todos os recantos de vosso amado planeta.

Bem Amados, Eu vos deixo agora, derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-01/08/2016- Mensagem de Mãe Maria-13-2016 recebida por Jane Monachesi Ribeiro

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3071

O poder que vê


O dia em que saíres de ti conhecerás o mundo e a vida que sustenta e outorga sentido a tudo. Te afirmaram que em primeiro lugar terias de te conhecer para, por agregado, conhecer o mundo. Talvez essa verdade tenha sido temporária e perdeu sua vigência, por isso, atualmente não rende os mesmos frutos de outrora. Tentar conhecer o mundo e a vida observando a ti e somente a ti só resultará num tipo de ensimesmamento neurótico que é a festa dos ambientes terapêuticos. Experimenta sair de ti, enxergar o mundo e as pessoas com os olhos do mundo e das pessoas. Isso te colocará numa posição muito especial, pois, deixarás de forçar as coisas para se ajustarem ao teu poder de vê-las e começarás a experimentar o poder que vê tudo através de todos os olhos do mundo e das pessoas.

Labels:


Tuesday, August 02, 2016

 

Oscar Quiroga - 3070

Em que pensaste?


Imagina que podes tudo, que nada te é vedado, que dispões de recursos ilimitados para fazer o que quiseres. Faz esse exercício muito à vontade, sem pressa, com o coração aberto e sincero, para encontrares uma imagem de ti sem distorções, sem limitações morais, sem deveres, sem regras a cumprir, sem nada a dever a ninguém. Transcende, durante esse exercício, a ansiedade de fazer escolhas motivadas pelas carências que sofres atualmente, pois, no momento do exercício tu podes tudo, nada te é vedado, essa ansiedade motivada pela carência seria uma limitação e não uma verdadeira motivação. Imagina que tens todo o tempo do mundo a tua disposição para desfrutar do que programares. Agora observa os resultados, pensaste em ti e somente em ti, ou pensaste em beneficiar o mundo com tua presença?

Labels:


Monday, August 01, 2016

 

Oscar Quiroga - 3069

A distância entre o céu e a Terra


A pretensão de estares no domínio do destino é tão absurda quanto a de abandonar-se à outra pretensão, a de tudo estar escrito e nada poder ser feito com tua força de vontade. Tu és o ser humano que está a meio caminho entre o céu e a terra e a distância entre o infinito abstrato e a limitação concreta é decidida no íntimo do teu coração a cada solitário instante. Entre tudo desejar e nada poder te encontras tu, o ser humano que decide o que fazer com os ingredientes existentes. Se quiseres deixar que as circunstâncias te definam, essa será tua decisão. Se quiseres ser maior do que as circunstâncias e tu irradiares uma poderosa influência que as supere, essa também será tua decisão. Mantém isso sempre em mente, no íntimo do teu coração se decide constantemente qual é a distância entre o céu e a terra.

Labels:


Sunday, July 31, 2016

 

Oscar Quiroga - 3068


TU SABES QUE DEVES MUDAR

Todas essas questões que tu sabes bem que deves mudar, não podem mais esperar por circunstâncias favoráveis para acontecer, tu tens de dar os passos necessários enfrentando adversidades e aproveitando facilidades, pois, está tudo misturado. 

É a desordem reinante a que te leva a desejares mudanças, é tudo estar desconectado e tu teres perdido o fio da meada o que te leva a ansiares mudanças drásticas. 


Então, o que esperas? O cenário não será mais favorável às mudanças do que esse que está aí. 


O medo de dar esse passo se alimenta da pressuposição de que seria melhor deixar tudo como está e se adaptar.


Isso te adoecerá lentamente, tanto que também perderás o fio da meada entre a decisão de te abandonares à inércia e o mal-estar, e imaginarás que esse será uma nova manifestação daquilo que “te acontece”.

Labels:


Saturday, July 30, 2016

 

Oscar Quiroga - 3067

Provérbios sobre provérbios


A persistência é uma virtude, mas persistir no erro é burrice. Além da persistência tu precisas usar o discernimento, pois, os momentos de tua vida são todos diferentes. Quando as coisas não saírem hoje do jeito que tu pretendes, procura enxergar nisso a mão compassiva da Vida, tentando te conduzir a outra situação completamente diferente da que planejaste. És livre, porém, e se quiseres insistir na tua pretensão, ciente de que proverbialmente a persistência seria uma forma virtuosa de enfrentar os obstáculos, preciso te alertar que nem os provérbios têm aplicação universal para todos os tempos. Há provérbios sobre provérbios, todos originados de um bom senso que está disponível em ti. Por isso, não te apoies no que estiver escrito em lugar algum, nem sequer aqui, segue o que a tua intuição disser.

Labels:


Friday, July 29, 2016

 

Oscar Quiroga - 3066

A irritação


A irritação é um fogo descontrolado que te consome a sanidade quando as coisas não resultam do jeito que pretendes. O alimento desse estado de ânimo é feito de ingredientes diversos que convergem ao mesmo tempo. Desejos insatisfeitos, circunstâncias adversas, impaciência, elevadas pretensões, anseio de controle e muitos outros. São ingredientes que nenhum de nós se atreveria a confessar, são política e socialmente incorretos, mas quando nos irritamos denunciamos abertamente que também podemos ser assim, totalmente incorretos. É inevitável isso acontecer, porém, cada um de nós decide o quanto a irritação tomará as rédeas das decisões que tomaremos. Num dia como hoje em que parece haver uma conspiração para que nos irritemos, vale a pena meditar sobre o alcance de nosso poder destrutivo.

Labels:


Thursday, July 28, 2016

 

Oscar Quiroga - 3065

A soneca


Na Europa os povos mediterrâneos são criticados porque tiram uma soneca após o almoço, porém, é um hábito saudável que todos deveriam seguir, para melhorar a saúde e o humor geral. A revolução industrial “coisificou” nossa humanidade, tornando-a uma extensão das colossais e magníficas máquinas inventadas. Acontece que todas as máquinas precisam de seres humanos para comandá-las e é muito diferente, por exemplo, uma pessoa saudável e bem-humorada dirigir um carro do que o contrário. A Lua Vazia de hoje é a da soneca, uma licença cósmica para a humanidade de uma boa parte do planeta relaxar, dormir ou simplesmente jogar conversa fora para recuperar o domínio sobre o tempo e, como resultado, se sentir muito melhor. Só falta combinar isso com o sistema que pouco se importa com a saúde do povo.

Labels:


Wednesday, July 27, 2016

 

Oscar Quiroga - 3064

A força dos desejos


Ainda que busques culpados para o que te acontece, só podes responsabilizar a ti por te encontrares onde estás, foram teus próprios passos que teceram o labirinto intrincado de desejos satisfeitos e decepções. Tu confias na força dos teus desejos e brincas de provar o quanto esses são eficientes, porém, és parcial, imaginas que sua eficiência se prova apenas na satisfação enquanto que também nas decepções os desejos são forças eficientes. Tu pensas estar no controle e isso não é assim, a força dos desejos que pensas ser tua é parte do funcionamento cósmico da Vida. Então, se queres culpar alguém, precisas culpar a própria Vida, mas de pouco adiantará. Eu teu sugiro que todos os dias glorifiques a Vida de tua vida lapidando teus desejos e os devolvendo a ela.

Labels:


Tuesday, July 26, 2016

 

Oscar Quiroga - 3063

Observa as luas vazias


Enquanto o mundo gira em torno de princípios desconectados da Vida em que se movimenta e pretende ser, tu, como parte integrante desse mundo, terás dificuldade de interpretar o que sentes, pois, por um lado precisas cumprir àquilo para o qual te programaram, seguir as regras do mundo e, pelo outro, também precisas atender os anseios da alma, que continua conectada à Vida. Porém, tu ainda não outorgas à alma o mesmo status de realidade que outorgas ao mundo e, por isso, quando tua alma, por exemplo, na manhã de hoje te avisa para brincares com as dificuldades, a primeira reação é de mau humor e irritação. Se pudesses evitar isso e te desapegar dessas emoções adversas, então não estragarias o resto do dia só porque começou com um período de Lua Vazia. Observa-te nos períodos de Lua Vazia.

Labels:


Monday, July 25, 2016

 

Oscar Quiroga - 3062

Faz valer tua presença


Faz valer tua presença entre o céu e a terra, expressa tua originalidade, aproveita a oportunidade de respirar e manifesta o que de melhor houver em ti. Faz isso sem medir forças com ninguém, teu valor não depende de competir com ninguém, pois, se assim fizeres não haverá nada de original em ti, apenas mais do mesmo que circula nos relacionamentos que envolvem pessoas que não reconhecem o próprio valor e, por isso, precisam demonstrá-lo sobre a ruína alheia. Nunca jamais a derrota de teus inimigos significará tua vitória, pois, enquanto continuares desenvolvendo teu valor tendo em vista a diminuição de outrem, tu também te diminuirás. Esquece o mundo e suas regras malucas, começa o dia irradiando teu ser do fundo de teu coração e te envolve com intensidade, por inteiro, em cada detalhe.

Labels:


Sunday, July 24, 2016

 

Oscar Quiroga - 3061

Estás aqui para isso


É difícil e desanimador chegar ao ponto em que tenhas de assumir que maquiaste tua ignorância com frases inteligentes que outros disseram. É difícil e desanimador assumir que tua agressividade mascare teu medo. Porém, mais desanimador seria te acomodares nessa dinâmica e a tornares consolidada em teu caráter, essa seria a tumba onde enterrarias a oportunidade maravilhosa que é existir entre o céu e a terra. Através de ti uma parte da ordem cósmica está pronta para se manifestar e irradiar-se ao mundo com glória e esplendor. Porém, tu deves lhe dar passagem e isso só poderia acontecer transcendendo o lugar comum. Teu medo nunca te fará melhor, tua ignorância menos ainda, tu sabes disso, porém, saber não é suficiente, tens de agir. Por isso, luta ser humano! Estás aqui para isso.

Labels:


Saturday, July 23, 2016

 

Oscar Quiroga - 3060

Usa tua inteligência


Reúne todos teus convencimentos e faz um catálogo de tudo o que dás por garantido, os fundamentos que sustentam tudo que chamas de realidade. Após fazer esse exercício, questiona a origem dessas certezas. Muito provavelmente compreenderás que a grande maioria de tuas certezas tem origem desconhecida, que tu apenas as reproduzes sem sequer fazer uma pesquisa para verificar se precisas sustenta-las. Chegou a hora de começares a pensar melhor sobre tudo para, pelo menos, não sair por aí como um ridículo papagaio repetindo chavões na tentativa de pareceres inteligente. Entende, é digno que queiras ser inteligente, e é por isso mesmo que te sugiro que trilhes esse caminho com teus próprios pés, pois não há nada inteligente na repetição, porém, em abrir-se caminho com o próprio esforço.

Labels:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?