Saturday, August 14, 2010

 

Oscar Quiroga - 1008


A NATUREZA DO AMOR


Toda coalescência é uma negação das diferenças. Por isso, o ódio que adere os inimigos, a raiva que faz os adversários e competidores se relacionarem, tudo isso é uma declaração de amor, o elemento cósmico que promulga o reconhecimento da Unidade Infinita na qual todas as diferenças navegam, se movimentam e experimentam ser. É proverbial, o ódio faz as almas grudarem, porque não importa se elas se detestam ou apreciam, a força que as repele ou atrai é uma só, o Amor. Então, pergunta a alma curiosa, por que tantas diferenças? Porque esta é a essência da manifestação, o propósito inicial que ainda está em marcha é a Unidade onisciente ser muitos e cada uma das partes enriquecer-se com a experiência. Que graça divina é a experiência!

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?