Monday, January 31, 2011

 

Oscar Quiroga - 1174


EM NOME DE MAIOR HARMONIA


Egoísmo e altruísmo, o lucro de uns e a perda dos outros, aceitação e rebeldia, pecado e virtude, céu e inferno, destruição e proteção, tudo tem seu lugar e função no processo universal, que é a manifestação de um plano de tamanha magnitude que mente humana alguma seria capaz de imaginar. Porém, que não haja precipitação anunciando-se que então daria na mesma ser criminoso ou benfeitor; no plano maior tudo encontra lugar, mas na prática periférica, onde nós habitamos, os resultados de uns papéis são diferentes dos outros. Em nome da harmonia precisamos descobrir a unidade que subjaz por trás da aparente diversidade, reconhecendo que papel acelera a conquista deste objetivo e qual se torna obstáculo para tal reconhecimento.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?