Sunday, February 20, 2011

 

Oscar Quiroga - 1194


SEM IDEALISTAS, NADA DE PROGRESSO


Sem os idealistas nossa humanidade nunca teria saído das cavernas. As almas que enxergam na imaginação e que se atrevem a dar os passos necessários para realizar os ideais são os essenciais estopins de profundas transformações. Sem os idealistas, nada de progresso. A essas almas se contrapõem os burocratas, que recebem todos os prêmios pela competência com que desempenham a preservação do estado injusto de coisas mediante o qual os cidadãos de bem são explorados em nome de nada, porque o dinheiro público nunca se transforma no bem da maioria do povo, mas no bem pessoal de alguns poucos. A revolta dos países árabes contra os tiranos é o início da revolta ocidental contra a tirania da burocracia que emperra o progresso.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?