Saturday, June 25, 2011

 

Fertilidade e Alimentação



Estudo aponta o consumo de carne e laticínios como responsável pela infertilidade de homens


Se você pensa em ter filhos, é bom estar atento ao que você vem comendo. Pelo menos, essa é a recomendação de alguns pesquisadores do Departamento de Reprodução Biológica e Medicina, do Instituto Bernabeu, na Espanha. Segundo o estudo realizado entre 2005 e 2007 com 61 homens, aqueles que consumiram mais iogurte e produtos derivados da carne apresentaram mais problemas de fertilidade em relação aos que possíam uma dieta rica em frutas e vegetais crus e cozidos.


Publicado no periódico American Society for Reproductive Medicine, o estudo aponta a presença de um hormônio conhecido como xenoestrógeno e de antibióticos, comumente encontrados na carne e no leite, como os responsáveis pela diminuição da qualidade do sêmen. De acordo com o diretor do Centro de Reprodução Humana, do Instituto Paulista de Ginecologia, Obstetrícia e Medicina da Reprodução (IPGO), Dr. Arnaldo Schizzi Cambiaghi, apesar de o estudo ter sido feito com homens, esses elementos também podem afetar as mulheres. "Todos os antibióticos e hormônios interferem no ciclo reprodutivo. Há poucos anos, um levantamento sobre casais que tinham dificuldade de engravidar observou um aumento maior destes problemas em casais com menos de 25 anos (42%). Comparado com um aumento de 12% em casais entre 25 e 34 anos e de 6% para casais entre 35 e 44 anos. Isto pode sugerir que as alterações ambientais nos últimos anos prejudicam mais os casais jovens por terem sido expostos a substâncias tóxicas no período de vida mais precoce".


Cambiaghi acrescenta que a degradação ambiental vem contribuindo em muito para os níveis cada vez mais baixos de fertilidade. "Substâncias tóxicas, como a dioxina (um tipo de defensivo agrícola) que existe até hoje, propagam-se pela natureza e se depositam no solo e no meio aquático. Por serem pouco solúveis, acumulam-se em sedimentos na natureza e em regiões do organismo dos seres vivos como no tecido gorduroso dos animais. E podem ser transmitidas ao ser humano por alimentos como a linguiça, leite, carne e derivados".


Além de prejudicar a fertilidade, essas substâncias podem levar ao aborto, alterações do sistema endócrino e câncer do sistema reprodutor, afirma o médico, que recomenda atenção na alimentação em todas as idades e o consumo de alimentos orgânicos.


Em postagem anterior deste blog (Amor e Sexo, de 25 de julho de 2005) mostramos que a prática periódica do sexo anal pode levar à infertilidade feminina.

Fonte:
Fertilidade em xeque, Revista dos Vegetarianos, Ano 3, Número 31, pg.12, maio 2009.

Labels: , , , , , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?