Tuesday, June 14, 2011

 

Oscar Quiroga - 1303


PERDER A CABEÇA


Perder a cabeça é, hoje em dia, uma frase de sentido figurado, mas que durante séculos foi literal. Na França se inventou o instrumento que industrializou o processo, a guilhotina. Perder a cabeça agora é não ter a capacidade de entrar em razão, perder de vista o bom senso, situações que sempre estão associadas à violência súbita. Quantos humanos poderiam afirmar que nunca perderam a cabeça? Todos já experimentamos o momento de fúria que não deseja se conter, mas que busca se expandir e saciar sua sede de sangue. Os motivos que conduzem a essa situação são torpes para quem testemunha o acontecimento, mas para quem se envolve nele a experiência tem um quê de mística, é uma força maior encarnando em seu ser e que o domina, por isso o sentido figurado de perder a cabeça.

Observação minha: A expressão "cabeça vai rolar" (no sentido figurado significando demissão de alguém do seu cargo) vem literalmente da tradição maia de jogar as cabeças das pessoas sacrificadas no topo das pirâmides...as cabeças dos sacrificados vinham literalmente rolando do topo da pirâmide...

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?