Monday, July 18, 2011

 

Oscar Quiroga - 1337


O DESÂNIMO


A ponta de desânimo se transforma em corda de amarrar navios, qualquer alma medianamente sensível se desanimaria diante dos acontecimentos em curso. Não é necessário compreender a lógica, pois essa inexiste, as sensações são informações preciosas, mas por termos nos convencido de que essas seriam “apenas sensações” temos de lidar com o desânimo como se fosse algo exclusivo de cada uma de nossas almas e não a expressão do somatório de injustiças gritantes praticadas diariamente por aquelas instituições originariamente destinadas a nos proteger e fornecer meios eficientes para o progresso. Nossa espécie é uma só, o que acontece conosco se dissemina através de todas as partes, cada um de nós. Porém, como isso é desconsiderado temos todos de lidar com essas sensações gritantes como se fossem problemas particulares.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?