Friday, November 25, 2011

 

Oscar Quiroga - 1451


EQUILÍBRIO


Divertir-se é necessário, a espiritualidade não é o caminho mediante o qual o ser humano deva renunciar à beleza ou a quaisquer motivações alegres e prazerosas da vida. Porém, se a diversão se converte no assunto primordial do ser humano, então se promove a dissipação dos recursos e isso nunca poderia ser algo bom. Manter o foco nos assuntos que exigem atenção e empenho não será nada fácil, foram longos anos sob pressão e a iminência das festas de fim de ano começa a exercer sua dispersiva influência. Contudo, em nome da preservação dos assuntos importantes que estão em andamento, seria sábio organizar o tempo para que sobre o suficiente para divertir-se sem que isso anule a necessária atenção que os deveres exigem. Assim como espírito e matéria não são inimigos, prazer e dever tampouco devem sê-lo.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?