Wednesday, November 30, 2011

 

Oscar Quiroga - 1456


DE VAMPIROS E OUTROS MONSTRENGOS


É inegável que nossa humanidade é chegada a uma dimensão sombria, haja vista o sucesso que fazem filmes e histórias de vampiros e outros monstrengos. Nossa humanidade se sente mais familiarizada e à vontade com o que essas histórias lhe transmitem, reconhece sem necessidade de confessar que vê a si mesma nessa dinâmica. Por trás dessa admiração reside a cobiça e a sede de poder, as manchas que rebaixam nossa humanidade de um estado sublime ao nível de monstrengo. Quem se convence de um vampiro ser poderoso não atenta ao fato de sua escravidão ao sangue. Que tipo de poder é esse que escraviza? A cobiça e a sede de poder são as sombras distorcidas do verdadeiro alvo de busca de nossa humanidade, o avesso impossível de enxergar enquanto a mancha produzida pela cobiça e sede de poder não for purificada.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?