Tuesday, December 06, 2011

 

Oscar Quiroga - 1462


A SUBJETIVIDADE


Ao contemplarmos a selvageria que nossa humanidade é capaz de perpetrar nos revoltamos e espontaneamente desprezamos a espécie humana, mas ao fazê-lo desprezamos a nós mesmos também. Que vantagem haveria nisso? Se um grave defeito precisa ser corrigido, em primeiro lugar se deve assumir a existência desse defeito, não como algo desvinculado de nossas presenças, culpando o mundo pela existência, mas como uma unha encarnada no próprio ser. O mundo não se limita à experiência física, há todo um Universo invisível no qual navegamos a maior parte do tempo e que não estabelece limites e distinções objetivas, é o mundo subjetivo. Quem não considera a subjetividade tão real quanto a objetividade vive desorientado.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?