Sunday, December 18, 2011

 

Oscar Quiroga - 1474


A CIVILIZAÇÃO


Sempre que desejos ou interesses pessoais entrarem em conflito com o que sabidamente for inerente ao caminho da retidão, não deve haver dúvida nem dilema, se devem descartar tais desejos ou interesses pessoais. Nesse momento a voz da autoindulgência se elevará e argumentará com raciocínios sofisticados o quanto a alma em questão seria merecedora de um pouco mais para si, em detrimento de continuar preservando e sustentando princípios nobres e dignos. Este é um momento íntimo de natureza crucial que acontece sistematicamente com todos nós, ninguém está livre disso porque é aí que se resolve a tendência da própria civilização, que é o somatório de como nós fazemos para lidar com essa questão. A civilização é uma entidade abstrata vinculada à nossa intimidade.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?