Thursday, December 22, 2011

 

Oscar Quiroga - 1478


O FIM


O tempo do prolongado domínio da corrupção sempre existiu no ventre do tempo infinito do Altíssimo e, por isso, está consumindo a si mesmo. Os erros são sempre transitórios, só que às vezes duram tanto que nossa humanidade se acostuma com a realidade, imaginando que realiza sua pretensão de ser maior do que o Universo em que vive. O tempo do prolongado domínio do erro de criar um mundo corrupto e miserável está no fim, mas o que parece uma catástrofe é na verdade o fim dela. Catastrófico foi viver durante séculos sob o domínio de uma perspectiva sórdida, mediante a qual o livre trânsito pelo planeta e usufruto de seus recursos foi limitado em nome de acumulações indevidas. Que isso chegue ao fim é motivo de celebração.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?