Thursday, July 05, 2012

 

Oscar Quiroga - 1656

A turma


O sentimento de familiaridade nem sempre surge dentro do seio da família em que nascemos, milhares de pessoas estão convencidas de ter nascido na família errada e todos, sem exceção, em algum momento da infância imaginamos ter sido adotados, dada a pouca identidade que temos com as pessoas com que convivemos. Porém, o assunto não é saber se a nossa seria a família certa ou não, mas afirmar a busca que propõe o sentimento de familiaridade, a qual, se bem administrada, vai nos conduzir à nossa turma, o grupo de almas que se afina conosco e com as quais será necessário estabelecer os melhores vínculos possíveis. Isso não significa apenas sair a tomar cervejinha com eles e elas, mas se congregar para prestar serviço desinteressado, passando para as futuras gerações um mundo em melhores condições.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?