Friday, July 06, 2012

 

Oscar Quiroga - 1657

Ingenuidade culposa


Enquanto a mania de objetividade de nossa civilização faz cálculos de probabilidades, a alma subjetiva de nossa humanidade busca a verdade. Enquanto a mania de objetividade enxerga a verdade sempre relativa e parcial, a alma subjetiva se regozija com o absoluto estado de êxtase quando compreende, mesmo que parcialmente, algo que lhe interessava saber. A ingenuidade culposa com que nossa humanidade civilizada, aquela mesma que posa de moderna e sofisticada, trata os assuntos da alma é a mesma que, no fim, produzirá a dolorosa experiência de viver sem saber até o momento de também decidir buscar a verdade por meio da alma subjetiva. Um dia, infalível, a percepção objetiva se transforma em consciência, supera a passividade e conquista intenção tão firme, que nunca mais consegue ser demovida do caminho que escolheu.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?