Thursday, August 16, 2012

 

Oscar Quiroga - 1697

Lealdade


A lealdade não é devida aos desonestos nem aos que ferem os princípios fundamentais que fazem nossa espécie merecer o nome de humana. Não fosse assim, apenas no crime e na formação de quadrilhas e máfias encontraríamos verdadeiros representantes da lealdade. Essa virtude só é devida aos humanos honestos, àqueles que apesar das circunstâncias tentadoras sustentam as virtudes e são maiores do que as tentações. Quando a lealdade é oferecida a alguém assim, essa virtude circula disseminando proteção e benefícios ao mundo. Se por acaso alguém deixar de ser honesto e digno, a lealdade não é mais devida a essa pessoa, e se cometeu um crime, ela deve ser denunciada, independente de quanto isso significar o fim do que parecia ser um bom relacionamento. Pessoas vão e vêm, os princípios ficam.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?