Saturday, August 25, 2012

 

Oscar Quiroga - 1706

Domínio e libertação


Enquanto nossa humanidade continuar vivendo em dependência de agrados e desagrados, de simpatias e antipatias, continuará também sendo passível de controle absoluto e perderá toda a independência e autonomia que ama, pois sempre terá alguém por aí a lhe fornecer recompensas e castigos para dominá-la. Porém, esse sistema de domínio, que é tão velho quanto a criação do Estado, tem uma falha, que consiste em nossa humanidade também possuir um ardor que lhe é inerente, algo que a faz, eventualmente, sacrificar tudo em nome de um ideal. Nesse momento de paixão o sistema de domínio, motivado por recompensas e castigos, se torna inútil, passando a fazer uso da violência para apaziguar os ânimos de nossa humanidade exaltada pelo idealismo, sem o qual tudo continuaria eternamente igual.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?