Monday, October 01, 2012

 

Oscar Quiroga - 1740

Humanos belos e imperfeitos


Não somos pessoas brilhantes e interessantes o tempo inteiro, nem somos sequer o tempo inteiro as pessoas que adoraríamos conhecer, nada disso! A maior parte do tempo somos pessoas comuns, esmagadas sob o peso da normalidade, da rotina, dos afazeres ordinários e pela banalidade de nossas visões e expectativas. Somos, por isso, inseguros, somos humanos, somos belos e imperfeitos. Não deveria haver novidade alguma nessas afirmações nem tampouco deveriam provocar surpresa, porém, como nos esforçamos constantemente para posar de brilhantes, interessantes e magníficos, o reconhecimento da realidade por trás dos bastidores pode soar inconveniente, tal qual essas verdades que podem ser praticadas, mas que é proibido falar delas. Porém, se não falarmos a verdade, para que termos voz?

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?