Monday, October 22, 2012

 

Oscar Quiroga - 1760


O caminho perfeito

Nossa humanidade quer mais vida, quer intensidade, quer beleza, quer sentir que seu esforço vale a pena. Porém, a inércia da mediocridade é tremenda, o montão de barulhentos atiradores de pedras nivela o empenho de nossa humanidade de boa vontade num patamar em que se prolonga desnecessariamente o discurso de que a vida deva se resumir no “uns contra outros”. Ora! Essa viagem pode até ter tido início digno e justo, mas é comprovado que quanto mais ódio investimos na guerra contra os demônios, um dia acordamos e não mais percebemos que nos transformamos nos demônios que combatíamos. No fim, e com a mão no coração, só podemos observar que no mundo humano o bem não era tão puro quanto parecia nem o mal tão sinistro quanto o pintavam e, também, que Espírito não é neutralidade, mas caminho perfeito.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?