Monday, November 12, 2012

 

Oscar Quiroga - 1779


INQUIETAÇÃO


É propício inquietar-se porque a existência está distante dos ideais que orientam a busca.
A inquietação, nesse caso, é o bom sinal de que a alma ainda pers

iste nessa busca e que experimenta momentos de desassossego ao contemplar o quanto falta e o quanto as circunstâncias drenam tempo e energia sem dar em troca nada que sirva ao propósito.
A inquietação é sagrada, se refere à vaga sensação de que algo não está certo, como uma experiência estranha num sonho no qual a alma se pergunta a razão de participar de tal situação, identificando que nada tem a ver com essa.
Porém, mesmo a inquietação sendo positiva, em si ela nada resolve, apenas serve para apontar que algo precisa ser feito.
Esse algo a ser feito, contudo, não será processado automaticamente, cada alma terá de ir além da inquietação.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?