Thursday, December 13, 2012

 

Oscar Quiroga - 1807

A prisão


A fofoca é um murmúrio cruel, um veneno que atinge as vítimas e também os executores. A retidão do pensamento, a restrição da palavra e a consequente inofensividade resultam na libertação da ignorância. Enquanto isso não for assim, acostumados a falar do que não sabemos munidos de opiniões precipitadas, continuamos encerrados em nossos equívocos, sendo todos vizinhos numa prisão colossal, imaginando ser livres. Nada externo nos prende a esse calabouço, só nossos pensamentos, só nossa tola imaginação. Só quando nos abstemos de dizer coisas erradas, que nunca deveriam ter sido ditas; só quando deixamos de pensar tolices que não precisam ser pensadas; só então começaremos a ser livres, senhores e senhoras de nossas mentes, cavaleiros e amazonas cósmicas, elegantes expoentes de uma espécie luminosa.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?