Wednesday, January 09, 2013

 

Oscar Quiroga - 1832

Patinando no infinito


Data estelar: Vênus e Netuno em sextil; a Lua é Vazia o dia inteiro

Se as coisas que você pretendia objetivar hoje começam a patinar e dar claros sinais de contratempo, o melhor que você poderá fazer será patinar também, como se o tempo fosse uma pista de gelo e você tivesse o maior talento do Universo para fazer piruetas e acrobacias enquanto uma música celestial toca de fundo. Nada, absolutamente nada obriga você a reagir com enfado e mau humor quando os contratempos surgem, essa é uma decisão íntima. Ao mesmo tempo, nada obriga você a reagir de forma sublime, essa também seria uma decisão íntima. Está tudo nas mãos de sua consciência, como sempre, só que também há um clima propício para você não se deixar vencer pelas aparentes adversidades, aproveitando-as para evocar o espírito infantil e brincar, simplesmente brincar de levitar graciosamente no infinito.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?