Friday, July 12, 2013

 

Oscar Quiroga - 2005

As necessidades



O destino é filho da necessidade, que o nutre e coloca em movimento até que seja saciada. É de necessidades que se fazem os inventos, é de necessidades que se fazem as verdadeiras revoluções. Cientes disso, não foram poucos os humanos ao longo do tempo que tentaram inventar necessidades artificiais para fornecer soluções irrelevantes. É bastante fácil confundir a mente humana até se tornar complicado discernir entre uma necessidade real e outra artificial, nem sequer as necessidades básicas garantem facilidade nesse sentido. Comer, por exemplo, vai muito além dos nutrientes básicos, o ato pode ser conduzido ao labirinto dos prazeres e por aí se perderem até os nutrientes ser substituídos por alimentos tóxicos, com cara de imprescindíveis, porém. Conhecer as reais necessidades e guiar os passos por essas é a orientação básica.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?