Saturday, October 05, 2013

 

Oscar Quiroga - 2081

Uma única busca


Ainda que tenhas te acostumado a desconfiar das promessas de amor, inclusive porque desconfias das que tua própria alma faz, o encanto não se dilui. Na hora em que surgir essa perspectiva, tua alma renovará o anseio de proteger e de ser protegida, de conhecer a intimidade, de ser feliz, renovará o anseio de se libertar das opressões e constrangimentos. No final de cada dia, quando a alma está só consigo mesma e não há fingimentos nem simulações, ela reconhece que seu único anseio é experimentar o amor pleno, por isso a atenção e o valor dado a todas as promessas de amor, mesmo as que são feitas em filmes, puras encenações, mas que emulam algo que é o motivo de todas as buscas. Por que, então, se tua busca é de amor, sucumbes ao medo de não encontrá-lo, sucumbes à covarde atitude de desmerecê-lo?

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?