Saturday, September 27, 2014

 

Oscar Quiroga - 2419

Humanos


Nem a ciência, nem a filosofia, nem a religião esgotariam o conhecimento do que é ser humano. Cada ramo do saber se ocupa em explicar do jeito que imagina a melhor aproximação da verdade e, como é habitual, um olha o outro com desconfiança. Todas as aproximações, contudo, são parciais, nada esgota o conhecimento do que é ser humano, nós somos uma fonte imprevisível que se transfigura, às vezes nos brindando com esperança enquanto noutras nos enche de horror. É impossível compreender nossa humanidade se distanciando dela, como se a objetividade fosse competente. Acontece que nossa humanidade não é um objeto e só poderíamos compreendê-la sendo humanos mesmo, compartilhando o sabor e o sentido das coisas, orientando-nos por dentro da própria experiência de sermos desorientados, belos e imperfeitos.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?