Wednesday, February 18, 2015

 

Oscar Quiroga - 2556

Teus sacrifícios



Os sacrifícios que fazes não são castigos, não precisas sentir culpa a respeito de absolutamente nada, liberta-te de imediato desse peso contraproducente. Diferente do que se pode pensar, a culpa não serve para organizar os relacionamentos sociais impedindo que as pessoas sejam brutais entre si, só agrega mais um peso à consciência que de toda maneira precisa lidar com a brutalidade cotidiana. Que a culpa retorne àquele que a inventou e que nossa humanidade se livre definitivamente de pagar direitos autorais por ela! Assim, os sacrifícios que terás de fazer não parecerão punições, mas concessões amorosas em nome das pessoas que queres ajudar e do bem maior que teu coração é capaz de idealizar. Ninguém compreenderá a natureza de teus sacrifícios, eles alimentam tua solidão existencial.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?