Monday, February 23, 2015

 

Oscar Quiroga - 2560

Deveres e quereres



Despertas e em seguida as obrigações te pesam na alma, são tantas coisas que precisas fazer e que, ao mesmo tempo, não as farás porque queres, mas porque deves. Esse é um castigo cotidiano, ter de fazer o que não se quer. Apesar de compreenderes que as obrigações são necessárias e que se não fosse a existência dessa necessidade já terias chutado o balde há muito tempo, mesmo assim constatas diariamente, e em alguns dias como hoje de maneira mais densa ainda, que empreender ações sem o devido ardor interior que as motive é ir criando uma vida desprovida de sentido. Para contrabalançar esse ritmo procuras as férias, os finais de semana e todo momento que te outorgue um descanso, porém, de tanto esmagares tua consciência com atos sem sentido, quando chega a hora do equilíbrio esse tampouco acontece.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?