Sunday, March 22, 2015

 

Oscar Quiroga - 2587

Os demônios


Teus demônios pessoais não são diferentes dos meus nem tampouco dos demônios oficiais que atormentam nossa humanidade desde o início dos tempos, todos funcionam alimentados pela mesma tendência, nossa recusa a enxergar a obra do Divino que unifica todos os reinos e lhes brinda com proteção, inclusive ao
reino dos demônios, e vai tentar descansar com um paradoxo desses na alma! Sermos incapazes de enxergar o que nos une, esse é o alimento dos demônios, que engordamos todos os dias através da sustentação de conflitos em vez de procurar conquistar a harmonia disponível. Os ingredientes da harmonia são exatamente os mesmos que os dos conflitos, porém, dosados de tal maneira que, em vez de
produzirem discórdia, resultam em manifestações de beleza. A beleza que os demônios detestam.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?