Saturday, April 18, 2015

 

Oscar Quiroga - 2613


Amor


Se alguma vez tua alma amou é porque o amor amou através dela, o mesmo amor que ama através de todos os seres e de todas as coisas, a teia universal que interconecta tudo e todos. É uma realidade da qual te tornas consciente quando teu orgulho se cansa e desiste de ser maior, quando tua vaidade se cala e dá passagem, por pura vergonha de continuar falando bobagens e percebe o ridículo. Evita o ridículo, todos os dias ergue as mãos e oculta teu rosto na terra preparando-te para o momento de entregar-te ao que te torna quem Tu és de verdade, um ponto de interconexão, de distribuição de glória, de verdade, de beleza. Quando tu amas não és tu que amas, é o amor que ama como sempre amou, como ama e continuará amando para todo o sempre. Nesse instante sabes que não tens nem princípio nem fim.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?