Sunday, May 17, 2015

 

Oscar Quiroga - 2642

Verdadeiro amor


Quando o verdadeiro amor é perdido a vida sangra seu significado e a violência começa, cabeças são perdidas, palavras cruéis substituem a delicadeza, porém, mesmo no meio desse cenário absurdo o destino permanece no subsolo aguardando por um novo encontro. Nada aniquila a esperança, é a última que morre e também é a primeira a renascer das cinzas do que parecia perdido para sempre. Por que estamos vivos se somos infelizes? Não deveríamos ter deixado de respirar quando aniquilamos o verdadeiro amor? Acontece que na arrogância da violência que empreendemos nesse momento não percebemos que é impossível aniquilar a Vida de nossas vidas e que ela não se importa com nossas manobras esquisitas, continua por aí, sustentando tudo e todos e aguardando com infinita paciência o reencontro.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?