Monday, June 29, 2015

 

Oscar Quiroga - 2683

Novas buscas


Como regra geral ninguém busca o divino pela sua beleza, glória e transcendência, mas para tentar fugir da dor que oprime as almas a maior parte do tempo e que ao longo dos anos cria um desassossego abissal. O mesmo acontece com a liberdade, ninguém a procura ativamente porque esse seria o melhor estado existencial, mas como resultado do cansaço que dá existir em estado de constante limitação. De fato, pouco importa se nossas buscas pelo divino ou pela liberdade sejam negativas ou positivas, isto é, por fugir de seus contrários ou porque realmente ansiamos nos aproximar do que idealizamos. O que importa mesmo é que busquemos, que respondamos a esse ardor que não nos outorga sossego até tomarmos a atitude de lutar contra o que nos oprime em nome de algo desconhecido, que não tememos, mas ansiamos.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?