Wednesday, July 29, 2015

 

Oscar Quiroga - 2713

Monstros e glórias


Confessar abertamente tuas mentiras não te libertará, assim como tampouco ocultá-las para, decidindo não repeti-las, confiar em que o esquecimento as desintegraria. Por que nossa humanidade mente? Por que insiste na mentira como moeda corrente dos relacionamentos sociais? Em parte, a mentira se deve à própria natureza humana, feita de uma potência criativa que, por isso, não tem razão de ajustar-se à como as coisas são, mas inventa sempre algo que não existe. Graças a essa potência criativa a própria civilização veio a ser, com suas glórias e horrores. As criações monstruosas se voltam contra os criadores e os destroem, as criações gloriosas glorificam seus criadores. Monstros e glórias há na consciência de toda nossa humanidade; ninguém é absolutamente santo, ninguém é completamente demônio.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?