Sunday, October 18, 2015

 

Oscar Quiroga - 2793

O mal é violento

O bem é libertário, pois é inadmissível obedecer ao que a alma reconhece ser injusto. Quanto mais injusta for uma condição, mais violência precisa ser imposta para sustentá-la, vide o exemplo da escravatura, imposta com violência física aos escravos, mas também preservada mediante violência moral e psíquica entre os senhores e senhoras de escravos, para que suas futuras gerações reproduzissem algo que, não importa de que ponto de vista se analise, não há como aceitar. O mal depende de obediência para se organizar, utilizando-se da violência, do medo e da chantagem para preservar sua organização. O bem é libertário, fica dormente e acuado porque qualquer tentativa de imposição o anularia, mas em algum momento, pela transgressão, desbarata o mal.

Labels:


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?